Pular para conteúdo

Foto
- - - - -

queima de gordura/musculos


  • Por favor, faça o login para responder
6 respostas a este tópico

#1 Necr0Potenc3

Necr0Potenc3

    Expert

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPip
  • 1.601 posts

Postado 22 junho 2005 - 09:21

todo mundo ja sabe que aerobicos por 15mins pra cima (ideal 30 mins pra cima) queima gordura. durante o sono tambem


mas agora ficou essa duvida na minha cabeça. quando, durante o dia, nosso corpo usa a gordura em vez dos musculos ou qualquer outra fonte de energia?

que eu me lembre, o corpo soh usa a gordura em gliconeogenese promovida pelo glucagon... eeeeeeeentao me ajudem aqui, quando que isso acontece, tirando o sono e aerobicos?

acho que a pergunta mais correta seria, o que promove a liberaçao de glucagon e o que acontece se o glicogeneo liberado nao eh utilizado pelo corpo? volta a ser gordura?

vlw

1mr

#2 Boiader0

Boiader0

    Assíduo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 183 posts

Postado 22 junho 2005 - 10:10

O glucagon só é liberado quando há uma situação de hipoglicemia, ou seja, baixa de glicose no sangue. A sua função , como vc sabe, é promover a gliconeogênese, utilizando reservas do corpo, sendo primeiramente o glicogênio hepático e muscular, e depois as gorduras.

Logo, vc só vai ter glicogênio liberado quando necessitar de energia, então esse glicogênio será convertido em glicose e utilizado pelos seu sitema, não havendo brecha para a re-transformação em gordura ou glicogênio muscular ou hepático denovo.

Resumindo: vc tem só tem a gliconeogênese através de glucagon quando em situação de jejum (aqui mais de 4 hrs sem se alimentar) ou stress (aqui entra cortisol tb), e segundo o mcardle no seu livro Fisiologia do Exercício, vc começa a queimar gordura a partir de 2 minutos de atividade contínua.


Acho q fico meio confuso, mas qq coisa pergunta denovo q eu tento outra vez hehehe! Falou!

#3 Necr0Potenc3

Necr0Potenc3

    Expert

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPip
  • 1.601 posts

Postado 23 junho 2005 - 05:26

heh foi bem explicativo, vlw brother ^^

mas o que eu nao consigo entender eh, quando o glucagon promove a gliconeogenese o que faz ele escolher os musculos ou a gordura?

#4 Boiader0

Boiader0

    Assíduo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 183 posts

Postado 23 junho 2005 - 11:10

Ele age primeiramente sobre o glicogênio muscular e hepático (principalmente esse último quando estamos em repouso, isso é mt importante frisar) porque o glicogênio é nossa primeira fonte de armazenamento energético ! Sempre que iniciarmos um trabalho estaremos usando primeiramente o glicogênio do que os lipídeos.

Isso porque as gorduras são as principais fontes energéticas armazenadas no nosso organismo, tendo em vista que um grama de gordura tem 9 calorias, e a mesma quantidade de carboidrato e proteínas tem 4 !! Mais que o dobro! É ela que realmente segurará a onda se entramos numa situação de necessidade extrema. Olha o exemplo que o McArdle dá no mesmo livro, Fisiologia do Exercício :

"O conteúdo de gordura do corpo constitui cerca de 15% do peso corporal em homens e 25% em mulheres. Consequentemente, a energia potencial armazenada nas moléculas de gordura de um homen em torno de 20 anos pesando 70kgs é de aproximadamente 94.500 kcal (10.500 de gordura corporal x 9,0 kcal/g). A maior parte dessa energia fica disponível para o exercício e poderia alimentar uma corrida desde a cidade de Nova York até Madinson, Wisconsin, admitindo-se um gasto energético de aproximadamente 100 calorias por milha (~1,6km). Isso contrasta com a reserva limitada de 2000 calorias de carboidratos armazenados que poderiam fornecer energia para uma corrida de 20 milhas (~32km)! Vista de perspectivas diferentes, as reservas corporais de energia provenientes dos carboidratos poderia acionar uma corrida de maratona por apenas 1,6 hora, porém a reserva de gorduras poderia fornecer combustível por aproximadamente 120 horas! À semelhança do que ocorre com os carboidratos, a utilização de gorduras como combustível "poupa" a proteína para a realização de suas importantes funções de síntese e reparo de tecidos."

Essas escolhas foram moldadas por milhares de anos de evolução! Aí explica-se porque o glucagon age primeiro em cima do glicogênio do que das gorduras, e também como funciona aquela história do aeróbico de que "tem q correr 30 minutos" !

Imagina se a gente detonasse logo de cara todo o glicogênio do corpo! Não íamos aguentar lançar as lanças e flechas pra cima dos mamutes depois de 1 dia de caçada! auehuaehuea

auehue foi mau a bíblia mas acho q vai servir pra vc! Qualquer coisa tamos ae!

#5 gabows888

gabows888

    Expert

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPip
  • 1.853 posts

Postado 24 junho 2005 - 06:21

UP pro topico q tah interessantissimo! 8)

#6 Necr0Potenc3

Necr0Potenc3

    Expert

  • Membros
  • PipPipPipPipPipPip
  • 1.601 posts

Postado 24 junho 2005 - 12:53

sim, o topico tah mto legal ^^

mas assim, uma coisa que eu nao entendo eh quando o corpo usa cada coisa. a ordem de necessidade energetica eu sei. o que eu nao entendo eh quando o corpo faz a distinçao..

to ligado que a gordura demora pra ser quebrada e por isso ela tem menor ordem no uso energetico. mas eu to pensando nisso:

1 - glicogenio hepatico. liberado primeiro e principalmente no repouso
2 - glicogenio muscular. liberado durante os primeiros instantes (ou os curtos instantes) de atividade muscular
3 - gordura. quebrada pra periodos longos e de alta intensidade energetica como aerobicos (mas no sono tambem)


outra coisa, na gliconeogenese pelos musculos, sao usadas as proteinas dos musculos pra energia, certo? mas isso soh acontece quando o corpo precisa de energia imediatamente, tah certo?


e o mais importante, o que determina (na fisiologia msm) se a gliconeogenese vai ser feita pelos musculos ou gordura?

topico quente heh

#7 Boiader0

Boiader0

    Assíduo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 183 posts

Postado 25 junho 2005 - 01:01

Antes de responder queria deixar uma explanação aqui que esqueci acima pra quem ainda não sabe:

Glicólise: Processo de quebra de glicose em ATP na respiração celular.

Glicogênese: Processo pela qual a glicose passa à sua forma de armazenamento : o glicogênio.

Glicogenólise: Processo de conversão do glicogênio de volta para glicose.

Gliconeogênese: PRocesso pelo qual novas moléculas de glicose são formadas a partir de fontes que não são carboidratos.


Na verdade, as proteínas musculares só serão usadas no caso extremo de falta de glicogênio muscular, hepático e por fim, gordura! Se tivermos bom suprimentos de glicose sanguínea e glicogênio muscular o catabolismo das proteínas musculares será diminuída drasticamente, uma vez que vc não vai precisar quebrá-las para liberar energia pros processos de reparo ou utilização de mais energia pro trabalho! Daí o porque de beber Dextrose ou Malto antes e logo depois da atividade física intensa: elevar o nível de glicose sanguínea rapidamente para atuar como combustível no processo de reparo muscular, e voltar a completar as reservas musculares de glicogênio"

Olha o Tortora no livro Princípios de Anatomia e Fisiologia Humana:

"Embora algum catabolismo de triglicerídeos e proteínas ocorra normalmente, o catabolismo dos triglicerídeos e proteínas em larga escala, não ocorre a menos que o indivíduo esteja em jejum, faminto, ingerindo alimentos que contenham muito poucos carboidratos ou que seja portador de distúrbio endócrino."



Sobre a última pergunta EU, com meus humildes conhecimentos de fisiologia que tive na faculdade e pelo que leio nesses livros, acho que depende do tipo de gliconeogênese. Porque eu esqueci de falar, mas temos gliconeogênese mediadas por 2 hormônios basicamente : glucagon do pâncreas, e cortisol da glândula supra-renal.

O glucagon age mais em situações de jejum, e o cortisol em situações de stress (como a atividade física intensa).
Logo, eu imagino que o glucagon se utilizaria mais das gorduras do que das proteínas musculares pelo fato de não estar havendo uma situação de stress muito forte (claro que fome é stress, mas se temos uma alimentação regular isso é minimizado), com realização de trabalho ou outras fontes stressoras.

Já o cortisol, agiria mais sobre as proteínas porque além de promover a gliconeogênese ele tem outras funções, principalmente liberar ATP para combater jejum, medo, extremos de temperatura, altas atitudes, sangramento, infecções, cirugia, trauma e doenças.... Além de terem funções antiinflamatórias. Quadros que só ocorrem em situações de stress intenso, onde o corpo usa de todos os recursos disponíveis para manter a homeostase (equilíbrio do corpo como um todo).

Ai a intensidade ou ordem pelo qual a gliconeogênese se utilizaria dos recursos dependeria da situação. No caso de aeróbicos, com alimentação pré-treino, proteínas e gorduras meio a meio num primeiro instante, tendendo as gorduras com o passar do tempo. No caso de jejum, gorduras mais que proteínas por um longo período.

hehe só lembrando q essas últimas colocações é o meu ponto de vista!


Tópico show! falousss tamos ae




0 usuário(s) visualizando

0 membros, 0 visitantes, 0 utilizadores anônimos

Lipo 6