Ir para conteúdo

Decanoato de nandrolona (Deca-Durabolin)


Saiba tudo sobre esta droga: como ciclar, efeitos colaterais, para que serve e mais.



Decanoato de nandrolona
Tabela resumida
Princípio ativo: Decanoato de nandrolona
Nomes comerciais no Brasil: Deca-Durabolin
Família: 19-nortestosterona
Forma: Solução injetável e cápsulas manipuladas
Meia-vida: 6 dias
Anabolismo (hipertrofia):
Androgenia (masculinização):
Aromatização (feminilização):
Hepatoxidade:
Efeito lipolítico (queima de gordura):
Retenção hídrica:
Distúrbios psicológicos:
Disponibilidade (acesso no mercado):
Preço (custo):

Introdução:

A nandrolona é muito semelhante à testosterona na estrutura, embora não tenha um átomo de carbono na posição 19 (daí seu outro nome, 19-nortestosterona). Como a testosterona, a nandrolona exibe propriedades anabólicas relativamente fortes.

Ao contrário da testosterona, no entanto, sua atividade de construção de tecidos é acompanhada por propriedades androgênicas fracas. Muito disso tem a ver com a redução da nandrolona a um esteroide mais fraco, diidronandrolona, nos mesmos tecidos-alvo responsivos a andrógenos que potencializam a ação da testosterona (convertendo-a em DHT).

As propriedades suaves do decanoato de nandrolona o tornaram um dos esteroides injetáveis mais populares em todo o mundo, altamente preferido por atletas por sua capacidade de promover força significativa e ganhos de massa muscular magra sem fortes efeitos colaterais androgênicos ou estrogênicos.

História: o decanoato de nandrolona foi descrito pela primeira vez em 1960. Tornou-se um medicamento de prescrição em 1962. Foi desenvolvido pela gigante farmacêutica internacional Organon e vendido sob a marca Deca-Durabolin.

O nome Deca-Durabolin denota que o produto contém uma variante do Durabolin injetável de nandrolona da Organon (fenilpropionato de nandrolona), usando um éster de 10 átomos de carbono.

Para que serve (efeitos esperados):

As aplicações médicas modernas, aprovadas, para o medicamento são ainda mais refinadas do que eram em meados da década de 1970.

Nos Estados Unidos, o medicamento agora é aprovado pela FDA apenas para o tratamento da anemia, embora também seja freqüentemente usado “off label” para preservar a massa magra em pacientes HIV positivos e outros que sofrem de doenças debilitantes.

Fora dos EUA, a Organon parece apoiar o uso desta droga principalmente em pacientes que sofrem de anemia grave, osteoporose e câncer de mama avançado.

O decanoato de nandrolona fornece um aumento acentuado na liberação de nandrolona 24-48 horas após a injeção intramuscular profunda, que diminui continuamente para perto dos níveis basais aproximadamente duas semanas depois. A meia-vida do decanoato de nandrolona é de 7 a 12 dias.

A nandrolona promove:

  • o aumento da síntese protéica (aumento nos níveis de colágeno e da densidade óssea);
  • estimulação da formação periosteal;
  • maior retenção de liquido sinovial;
  • redução as dores articulares e orevenção de inflamações dos tendões e ligamentos;
  • redução dos níveis de hormônios glicocorticoides;
  • aumento nos níveis de IGF-1;
  • aumento nas células vermelhas;
  • aumento no aproveitamento de nutrientes pelo corpo;
  • aumento de força.

Efeitos colaterais:

A nandrolona tem uma tendência baixa para a conversão de estrogênio, estimada em apenas 20% daquela observada com a testosterona. Isso ocorre porque, embora o fígado possa converter nandrolona em estradiol, e em outros locais mais ativos de aromatização de esteróides, como o tecido adiposo, a nandrolona está muito menos aberta a esse processo.

Consequentemente, os efeitos colaterais relacionados ao estrogênio são uma preocupação muito menor com essa droga do que com a testosterona. Níveis elevados de estrogênio ainda podem ser notados com doses mais altas, no entanto, podem causar efeitos colaterais como:

  • aumento da retenção de água;
  • ganho de gordura corporal;
  • ginecomastia.

É importante notar que a nandrolona tem alguma atividade como progesterona no corpo. Embora a progesterona seja um esteróide c-19, a remoção desse grupo, como na 19-norprogesterona, cria um hormônio com maior afinidade de ligação para seu receptor correspondente.

Compartilhando essa característica, muitos esteroides anabolizantes 19 também demonstraram ter alguma afinidade com o receptor de progesterona.  Os efeitos colaterais associados à progesterona são semelhantes aos do estrogênio, incluindo:

  • a inibição por feedback negativo da produção de testosterona;
  • aumento da taxa de armazenamento de gordura.

Os progestágenos também aumentam o efeito estimulador dos estrogênios no crescimento do tecido mamário (ginecomastia).

A nandrolona não é 17 alfa alquilado e não tem efeitos hepatotóxicos conhecidos em indivíduos saudáveis. A toxicidade hepática é improvável.

Efeitos colaterais (cardiovasculares): os esteróides anabólicos / androgênicos podem ter efeitos deletérios sobre o colesterol sérico. Isso inclui uma tendência de reduzir os valores do colesterol HDL (bom) e aumentar os valores do colesterol LDL (mau), o que pode mudar o equilíbrio de HDL para LDL em uma direção que favorece um maior risco de arteriosclerose.

Os esteroides anabólicos-androgênicos também podem afetar adversamente a pressão arterial e os triglicerídeos, reduzir o relaxamento endotelial e apoiar a hipertrofia ventricular esquerda, todos aumentando potencialmente o risco de doença cardiovascular e infarto do miocárdio.

Para ajudar a reduzir o esforço cardiovascular, é aconselhável manter um programa de exercícios cardiovasculares ativo e minimizar a ingestão de gorduras saturadas, colesterol e carboidratos simples em todos os momentos.

Acredita-se que a atividade progestínica da nandrolona contribua notavelmente para a supressão da síntese de testosterona durante a terapia, que pode ser acentuada apesar de uma baixa tendência à conversão de estrogênio. O hipogonadismo hipogonadotrófico prolongado pode se desenvolver secundário ao abuso de esteroides, necessitando de intervenção médica.

Por fim, existem fortes evidências que o uso da nandrolona no longo prazo pode causar redução da capacidade cognitiva e relacionado a memória. E, ainda, no curto prazo, pode causar efeito leve ansiolítico (a nandrolona tem reação negativa sobre a serotonina).

Ciclos comuns:

Administração em homens:

Para tratar a anemia renal, as diretrizes de prescrição do decanoato de nandrolona recomendam uma dosagem de 100-200 mg por semana.

A dosagem usual para propósitos de melhoria do físico ou desempenho é a faixa de 200-600 mg por semana, tomada em ciclos de 8 a 12 semanas de duração. Este nível é suficiente para a maioria dos usuários notar ganhos mensuráveis na massa muscular magra e força.

Sendo um construtor muscular moderadamente forte, a nandrolona também pode ser incorporada em ciclos de massa com resultados aceitáveis. A clássica pilha “Deca e D-bol” (geralmente 200-400 mg de decanoato de nandrolona por semana e 15-25 mg de Dianabol por dia) tem sido uma base de musculação por décadas e sempre parece fornecer excelente crescimento muscular.

Administração em mulheres:

Para efeitos anabólicos gerais, as diretrizes de prescrição precoce recomendam uma dosagem de 50-100 mg a cada semana durante 10 semanas.

Referências:

  1. Anabolics (William Llewellyn);
  2. Hormônios no Fisiculturismo (Dudu Haluch);
  3. Esteroides Anabólico Androgênicos (Lucas Caseri);
  4. Endocrinologia Feminina e Andrologia (Ruth Clapauch).

Nomes de referência: estrenolona.

Vídeos relevantes:

Indisponível.

Links relevantes:

Indisponível.

Publique seu conteúdo como colaborador


Comentários

Comentários Destacados

  • Moderador

Sem dúvida é um esteroide excelente. É preciso cuidar de perto da pressão arterial que tende a subir além da prolactina que em alguns indivíduos pode aumentar desenvolvendo ginecomastia.

A questão da retenção hídrica só vai atrapalhar quem não estiver cuidando da dieta ou tiver o percentual de gordura elevado. Mantendo o BF controlado, os ganhos de volume não atrapalham a qualidade muscular. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ainda não tomei coragem para seguir para o próximo nível, ainda tentando explorar meu limite genético. Mas quando achar que o shape já não cresce mais nem 1 cm sem alguns aditivos, a Deca está no radar. @Thiago Carneiro obrigado por compartilhar seu conhecimento sobre este anabolizante esteroide. Certamente visitarei muito esta seção nos próximos meses para saber mais sobre as drogas.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

  • Conteúdo similar

    • Por Joaninha
      Breve Relato Feminino
       
      Olá gente, resolvi abrir esse tópico para expor um pouco do que já passei e vivenciei , e para , de vez em quando relatar o que estou fazendo. O intuito é fornecer informações, e expor um pouco do que tenho feito. 
      A troca de informações é sempre um presente. Relatos femininos sobre algumas drogas ainda são um pouco escassos então, espero que de alguma forma isso seja útil para algumas. 
      Tenho 3 relatos ainda ativos no fórum, e muito ricos em detalhes. Tentei fazer algo completo como nunca tinha visto em nenhum outro forum.
      Resumo:

      Já tive experiência com : 

      -Boldenona ( king ,gold, farmacia, advanced labs) - King e Gold Labs foram duvidosas,e eu acredito que continham testo dentro de sua formulação,  resultados suspeitos, via sintomas e exames.  É possivel que ao realizar um exame de testosterona via quimioluminescencia, haja uma reação cruzada ( aumento de testo sendo causado pelo uso da boldenona), porém o % aceitável é muito pequeno, se não me engano, de cerca de 9% . Bold traz um resultado muito bom em termos de qualidade, densidade, abre o apetite, alguns reclamam que seja muito fraca. Talvez ela seja apenas mal compreendida.

      -Testosterona: propionato,enantato e cipionato da lander. Foram boas experiencias. A maioria das mulheres vai adorar usar testosterona.. ganhamos libido, coragem, uma personalidade mais marcante, as vezes ficamos mais apáticas.. A sensação é boa, porém , é necessário frisar que em algumas, há o desenvolvimento de uma dependência psicológica, e com o tempo podem surgir colaterais indesejados: novos pelos em locais indesejados, a textura da pele pode mudar,  é possível também que haja modifições na distribuição de gordura corporal e do formato do corpo.. superiores maiores, cinturas mais largas. É importante estar atento e prestar atenção aos sintomas e efeitos que vão surgindo ao longo do tempo.
      Como já usei os três ésteres , notei algumas diferenças entre eles: 
      Enantato seria o mais agressivo, mais explosivo(apesar de sua meia vida longa, em apenas um dia já é possivel notá-lo). Propionato ficaria em segundo lugar, e cipionato foi o mais tranquilo, e com certeza demoro mais para sentir os seus efeitos.

      - Nandrolona: Lander (DECA) e NPP(Advanceds). A nandrolona possui vários estudos realizados em mulheres, e é utilizada em tratamentos médicos em mulheres com osteoporose, por exemplo. Entretanto, isso não anula seus possíveis efeitos colaterais, mesmo quando utilizada em doses relativamente baixas(abaixo de 50mg por semana). E apesar de ser considerada relativamete segura, é uma das drogas mais virilizantes para mulheres. Vale lembrar que os colaterais, além de dose, também são tempo dependentes. Na prática, os colaterais mais comuns são o crescimento de mais pelos, acne, principalmente no colo e nas costas, aumento da oleosidade, garganta mais irritada e sensação de engrossamento da voz, e irritabilidade. 
      ***Deca ou NPP? Embora na literatura vocês sempre encontrem que se trata da mesma substância, e que apenas a meia vida seja outra, na prática não é bem assim. Muitas pessoas , inclusive eu,  preferem o NPP e costumam relatar menos efeitos colaterais ( sem inchaço, bem menos acne, sem modificações na voz, apenas o crescimento de pelos acho que foi o mesmo. No quesito força, também foi bem melhor).

       -Turinabol: Droga de difícil aquisição, "prima" da diana, porém com bem menos efeitos colaterais. Utilizei de dois laboratórios: black eagle(bel pharma) , e advanceds labs. Em ambos, achei o resultado excelente em termos de performance , disposição, foco, força, pump. Doses de no maximo 10mg são bem toleradas. Não notei efeito colateral nesta dose.

      - Oximetolona: Bom, ainda estou em uso então não posso dar um veredito final ainda. Porém, é uma bela adição , é possivel notar um aumento na força, disposição,musculos mais cheios. Muito poucos efeitos colaterais, quase nulos, boa adição em termos de volume e força. Doses costumam ficar entre 12.5 e 25mg , e seu uso pode ser feito em tomadas diarias, ou apenas em horários pre-treino. 
      Até então só posso falar com propriedade sobre essas.
       Por incrível que pareça, só tive uma experiência com oxan manipulada anos atrás, e acabei não tendo resultado significativo, talvez por não ser um produto confiável(fonte duvidosa). Geralmente vejo bons resultados nas meninas que usam entre 5-10mg de oxan da landerlan. Apenas alerto as que tiverem predisposição a queda de cabelo, pois, pode ser uma experiencia não muito agradável.
      Também há outro ponto importante: Geralmente procuramos drogas para ter ganhos de massa magra. Porém, com o tempo , você acaba descobrindo que , na verdade, o principal incremento das drogas aparece no treino. Elas ajudam sim, caso sua dieta seja permissiva, entretanto o principal efeito se dá no rendimento e na recuperação após as sessões de musculação.

      ATUALMENTE:
      Meu interesse é apenas ganhar volume em membros inferiores. Aumentei muito o volume de treino de gluteos, pernas e panturrilha. Concilio isso com algumas dores, mas sempre dou meu melhor. Meu foco sempre é em como melhorar meu treino. Isso me traz o resultado estético que busco. Mas, ainda há uma longa estrada pela frente. 
      Dieta: Estou controlando meu peso semanalmente, e controlo as kcal que ingiro atraves dele, e do espelho também. Como o de sempre : ovos, pão, frutas, iogurte, arroz, carnes, nuts, azeite, aveia... 
      Treino: Gluteo 3x por semana, quadriceps 1x, posterior 2x .. ombros e peito 2x por semana.  Mais isolados, menos compostos... periodizando.
      Aditivos: hemogenim (25mg nos dias de treino) acabando, e agora, enantato de trembo ( 16mg por semana). comecei agora e Estou fazendo uns testes. Por enquanto tudo está indo bem. Estou esperando mais um pouco antes de falar sobre minha experiência com a trembo, porém posso adiantar que me sinto um pouco mais nervosa e mais paranóica. Presumo que os colaterais neurodegenerativos sejam a parte mais crítica de alguns compostos(19-nor), em especial a trembo e a nandro.  
      Vou continuar fazendo fotos a cada 15 dias, e de vez em quando , quando puder contribuir e mostrar como estou ficando , volto por aqui. 
      Competir nunca foi o meu maior objetivo, mas amo o que faço, amo minha rotina, e levo tudo muito a sério.  Vou me esforçar para me enquadrar em uma categoria, porém, a pressa não combina muito com o que fazemos. 
       

         
       
      Por enquanto, isso é tudo
      "Motivação é o que te faz começar, disciplina é o que te faz continuar"
      Bons ganhos galera, amo voces!
       
    • Por VINICIUS SANTOS
      Por quê um ciclo com a deca como base é melhor do que testosterona como base?

      Sempre foi falado que ciclo tem que ter testosterona como a principal droga para que o indivíduo não sofra colaterais como: falta de desejo sexual (o mais temido), acne, ginecomastia, retenção de liquido e queda de cabelo. Porém, dificilmente vc vai encontrar alguém que não sofre/sofreu esses colaterais mesmo usando testosterona como base do ciclo.

      A deca tem sido usada para estudos de deficiência de andrôgenos em homens, e homens com HIV. Ela proporcionou crescimento muscular, menos efeitos colaterais e melhor qualidade de vida.

      Fisiculturistas dos anos 60 ao final dos anos 80 utilizavam somente deca ou deca como base e não sofriam os colaterias citados acima.

      Ginecomastia só acontece devido ao desequilibrio entre estrógenos e andrôgenos. Deca demostra não apresentar esse desequilibrio. Já com a testosterona isso acontece com facilidade.

      Os estudos com deca também mostraram que não houve aumento de prolactina, que também é causadora de ginecomastia.

      Não houve retenção de liquidos. Os fisiculturistas antigos utilizavam deca em preparação e não sofriam com retenção.

      Perda de libido não foi detectado, e fisiculturistas antigos também negaram que sofriam com falta de libido.

      Então se vc não se dá bem com testosterona pode ser que usar deca como base ou somente deca pode melhorar seus resultados.

      Referência: taeian.com/deca-base-cycle-no-testosterone-no-side
      Coach Vinicius Santos
      https://www.instagram.com/coach.vinicius.santos/
    • Por Coronavac
      Boa noite rapaziada.
      bom ontem eu comecei meu primeiro ciclo de 5 semana de durasteston e deca aplicando 1 ML de cada na terça e na quinta, porém minha ereção tá muito baixa acho que fiquei broxa, vocês que tem experiência nessa área podem me auxiliar? eu estava muito tranquilo referente ao ciclo creio que não seja psicólogico, porém hoje eu acordei e até agora não tenho vontade de fazer nada com a mulher e a merda também não sobe nem pra masturbar dá
       
      laboratório: evolution labs
      Minhatesto:746
    • Por Nipônica
      Olá pessoas, passando aqui nos fóruns vi que existem várias pessoas dispostas a ajudar, e é exatamente da experiência de vcs que eu preciso.
      Tenho 34 anos, 169 de altura e peso 66kg.
      Tenho tiroidite de Hashimoto, que me causa hipotireoidismo tomo T4 de 100mg todo dia e ainda assim sofro com T3 baixo nos últimos exames, já cansei de procurar endocrinologista bom "é difícil" o último me incentivou a tomar EAS mas não prescreve 🙄. 
      Cirurgia recente não tenho, bem antiga fiz cesárea com laqueadura, silicone nos seios e rinoplastia.
      Ciclos que já fiz: Oxan 20 mg  (não creio que era de boa precedência)
      Após assistir o 1° MEETING BODYBUILDING COACH . O Dr. Márcio Bacci me deixou com muita vontade de utilizar Deca Duarabolin , a pesar de mostrar na teoria que ele da bons resultados  mesmo quando administrado sozinho em mulheres, eu não encontrei bons resultados dele sozinho no fórum, e em lugar nenhum!  Então... Eu comprei só que pelos relatos que já li aqui tou achando até que é falso pois é de 300mg/ml. (Vou postar a foto)
      De qualquer forma decidi que vou usá-lo  E como quem entende disso fato e direito são vcs que utilizam, resolvi buscar ajuda e informações já que Não entendo quase nada , comecei a estuda-los e utilizá-los  agora.
      Estava emagrecendo , consegui baixar de 21% para 18% meu BF (com muito esforço diga-se de passagem) agora pretendo crescer.
      Minha dieta atual: 
      DIETA: 
      Ao acordar: Puran T4 30 min após 2 castanhas do Pará e 150mg de vitamina c
      Café:  1 banana + 40g de aveia + 3 ovos inteiros+ café sem açúcar + 25g de creme de leite + omega 3
      Almoço: 120g peito de frango  + 100g de arroz  + Vegetais + salada   + 1 colher sopa de Azeite  + 25g de creme de leite + 50ml suco de acerola + Vit D3 
      Janta: 120 g carne  vermelha + 100 g de inhame, macaxeira ou cará + 2 fatias de abacaxi com canela + 1 xícara de café sem açúcar + 25g de creme de leite
      Lanche : 1 fatia de melancia+ 2 fatias de presunto+ 1 fatia de queijo coalho + 3 amêndoas
      Ou 
       1/4 de papaia batido com 1 copo (200 ml) de água e 20g de proteína em pó (albumina) 
      Ou 
      Panqueca de aveia, banana, canela, chia e 3 ovos.
      Pre Treino:  + 200ml de suco de beterraba (90 min antes do treino)
      Pós Treino = 2 Bananas+ 40g de proteína em pó (whey)

      Antes de Dormir: 3 ovos +1 maça 
      Ou
      200 ml de suco de goiaba batido com 2 colheres de leite desnatado e 20 g de proteína em pó (albumina).
       
      Agua=  3,0 litros de água diária.
       
      Meu treino é adaptado pra minha rotina diária , sou professora de Jump tem dias que dou 3 aulas no mesmo dia, ou seja 3 horas de Jump.
      Treino de Domingo a Domingo.
      Seg - Peito 
      Terça - MMI (ênfase glúteo) 
      Quarta - Costas
      Quinta- Bíceps, tríceps e ombro
      Sexta - MMI (ênfase quadríceps)
      Sábado - Costas e Peito, seguido de 30 min corrida (esteira)
      Domingo- MMI (ênfase posterior de coxa)
      Faço 3 horas de Cardio intenso na segunda e 2 horas na quinta.
      Corro 2x na semana 
      Faço pole Dance 1x
      Então... Não descrevi o treino pq geralmente ele nunca é igual. E as vezes é nescessário dividi-lo em 2x no dia por conta do trabalho.
      Mas controlo o volume semanal. 
      Aceito sugestões sobre Dieta e treino.
      Preciso de norte para o ciclo.
      Da pra tentar fazer só Deca? 
      Esse meu é confiável (veja a foto)
      Eu gostei muito dele por (entre outras coisas) contribuir na produção de colágeno, meu buxo é muito flácido foram 5 gestações.
      Me perdoem o textao tá praticamente um livro 🤭
      Precisarem de mais alguma informação me avisem. 
      Segue foto do Deca e de como eu estou agora:
       
       


    • Por Thiago Carneiro
      O fenilpropionato de nandrolona tem as mesmas características do decaonato de nandrolona, sendo a meia-vida a principal diferença entre as drogas, decorrente de um ester acoplado de modo diverso.
      A meia-vida do decaonato de nandrolona é de 6 dias, enquanto que a meia-vida do fenilpropionato de nandrolona é de 3 dias.
      A droga não é disponibilizada no mercado, salvo de modo irregular no mercado underground (Durabolin, Fenabolin, Activin).
      Para mais informações, consulte decaonato de nandrolona.



×
×
  • Criar novo...