Jump to content

Agachamento livre com barra: como fazer [certo!] e benef√≠cios ūüŹč

Aprenda como fazer agachamento livre com barra da melhor maneira (execu√ß√£o correta) com nosso personal trainer Talles Sucesso. Conhe√ßa os erros mais comuns para conseguir mais benef√≠cios para os m√ļsculos quadr√≠ceps, posterior de coxa, adutores, gl√ļteo m√°ximo, panturrilha, paravertebrais lombares.

Talles Sucesso
  • , 4,887 views
Assinar nosso canal no YouTube

Imagens do movimento deste exercício:

  • Agachamento livre com barra: posi√ß√£o inicial
  • Agachamento livre com barra: posi√ß√£o intermedi√°ria
  • Agachamento livre com barra: posi√ß√£o final

Animação deste exercício:

Agachamento livre com barra: posição inicial Agachamento livre com barra: posição intermediária Agachamento livre com barra: posição final Agachamento livre com barra: posição intermediária
Baixar animação

Para fazer a execução correta do exercício agachamento livre com barra você deve seguir os seguintes passos:

  1. Posicionar a barra no trapézio (não posicionar na cervical);
  2. Colocar os cotovelos para baixo ou para frente;
  3. Fixar os pés paralelos, com abertura próxima à da largura dos ombros;
  4. Orientar a ponta dos p√©s ligeiramente para fora (posi√ß√£o mais anat√īmica);
  5. Manter a coluna ereta (lombar est√°vel, em isometria);
  6. Fazer a força nos calcanhares e não na ponta dos pés;
  7. Realizar o movimento completo de descida e subida, sem descansar embaixo ou em cima.

O exerc√≠cio agachamento livre com barra serve para para a hipertrofia, fortalecimento ou desenvolvimento dos seguintes m√ļsculos:

  • Quadr√≠ceps;
  • Posterior de coxa;
  • Adutores;
  • Gl√ļteo m√°ximo;
  • Panturrilha;
  • Paravertebrais lombares.

Para ter mais benef√≠cios com este exerc√≠cio e evitar les√Ķes, voc√™ tem que tomar cuidado com os seguintes movimentos errados:

  • Colocar os cotovelos para tr√°s (a barra pode rolar para a cervical);
  • Arredondar as costas;
  • Projetar a cabe√ßa para frente;
  • Fazer a adu√ß√£o do quadril (os joelhos devem ser mantidos¬†paralelos e equidistantes durante toda a execu√ß√£o);
  • Concentrar a for√ßa na ponta dos p√©s;
  • Usar o acolchoamento (a barra pode acabar sendo posicionada na cervical);
  • Realizar o movimento incompleto (destreina os √Ęngulos inferiores, promove o encurtamento muscular e diminui a qualidade muscular);
  • Aduzir (abrir) demasiadamente as pernas (causa perda na amplitude do movimento e movimento n√£o √© natural, n√£o √© anat√īmico e causa compress√£o desnecess√°ria);
  • Aproximar demasiadamente os p√©s (provoca perda de equil√≠brio e acentua a curvatura da lombar);
  • Ao usar a gaiola, jogar a barra para tr√°s na falha mec√Ęnica, a barra deve ser jogada para frente.

Participaram da produção do(a) Agachamento livre com barra:


User Feedback

Recommended Comments

O agachamento é chamado por muitos como "o rei dos exercícios". Todos os praticantes de musculação deveriam fazer o agachamento. Geralmente, homens costumam ser arredios aos treinos de coxa, e, muitas vezes, têm pavor do agachamento. A musculatura do quadríceps é muito grande, e executar o agachamento pode ser um grande desafio em razão do esforço que demanda e da vascularização que pode implicar na queda de pressão.

O grande Arnold Schwarzenegger costumava¬†dizer que a qualidade de seus treinos de coxa somente era¬†boa¬†quando ao menos sentia √Ęnsia de v√īmito ao terminar o treino. Mas Arnold era uma pessoa especial, fora da curva.

Quanto aos normais, inclua o agachamento em sua rotina de treinamentos, seguindo a execu√ß√£o correta explicada nesta p√°gina, e colha benef√≠cios muito mais do que est√©ticos (coxa e bunda grandes),¬†benef√≠cios relacionados com a sa√ļde, principalmente com desenvolvimento de for√ßa e aptid√£o para desempenhar com facilidade as tarefas do dia a dia.

Vale lembrar que o agachamento √© um dos exerc√≠cios mais aptos para desencadear maior produ√ß√£o natural de horm√īnios para a hipertrofia e emagrecimento:

E quanto à aqueles que gostam de debater qual seria o melhor exercícios de musculação, considerando entre o levantamento terra e agachamento, não se acanhe em fazer os dois:

 

Share this comment


Link to comment
Share on other sites

O agachamento com amplitude completa est√° sendo recomendado por muitos profissionais da educa√ß√£o f√≠sica, quebrando o mito de que o agachamento seguro √© at√© 90¬į. Veja mais um exemplo:

 

Share this comment


Link to comment
Share on other sites

Excelente vídeo.

 

Seguem algumas impress√Ķes pessoais. Coisa de leigo mas que, se ajudar, valeu ter escrito.

 

A moça não é humana, meu Deus. Essa mobilidade que ela tem assemelha-se às atletas chinesas de levantamento de peso olímpico. O butt-wink é mínimo, sem prejuízo praticamente nenhum. A profundidade que ela atinge mantendo a dorsal firme é tal, que eu aposto que lá embaixo, na transição excêntrica-concêntrica, ela consiga tranquilamente realizar uma série de desenvolvimento por trás da nuca! Enfim, é definitivamente a melhor atleta-modelo que eu vi realizando agachamento instrucional. Aliás foi a profundidade da foto do vídeo na página principal que me trouxe até aqui.

 

Penso que seria de grande valia o professor, quando for elaborar a versão v2, contar com uma representante do sexo feminino, preferivelmente a Ana novamente pra repetir essa performance impressionante, mas também, que traga um representante do sexo masculino, pois certamente o que foi chamado ali de agachamento menos eficaz (descer somente ao nível das paralelas ou "só mais um pouco abaixo disso) será o que ele irá realizar caso seja um atleta-modelo na faixa dos 90-100 kg. Tal agachamento "paralelo" seria inclusive representativo de uma parcela, provavelmente esmagadora, de alunos regulares de academia. Por esse motivo é que eu senti falta do professor atacar pra valer os agachamentos mais criminosos: os que sequer atingem o nível das paralelas, muito comum em pessoas que gostam de pagar imagem com grandes cargas que não têm capacidade de realizar um movimento completo ou, ao menos, até o nível das paralelas. E, por fim, com relação ainda a esse assunto das paralelas, penso que, como o professor comentou anteriormente, muitos até gostariam de descer mais, mas atingir o nível paralelo não foi uma opção. Foi o que puderam alcançar.

 

E finalizo com um pedido pra sua vers√£o v2: se √© pra descer at√© o talo, muitos v√£o precisar de dicas e recomenda√ß√Ķes sobre cal√ßados espec√≠ficos para agachamento: Nike Romaleos, Adidas Adipower, Rebook Lifter 2.0, FoostLifter (estes dois √ļltimos dispon√≠veis pra venda no BR). Tais dicas seriam importantes, penso eu, por causa exatamente daquilo que o professor comentou: o aumento do esfor√ßo na regi√£o patelar quando o centro de gravidade come√ßa a se deslocar devido ao aumento da press√£o na ponta dos p√©s. Se nada for dito, advinha se n√£o v√£o apelar para as ripinhas debaixo dos calcanhares? kkk

 

Abraços

Share this comment


Link to comment
Share on other sites


Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Add a comment...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By Cassio Schoen
      Agachamento
      O agachamento em si dispensa apresenta√ß√Ķes. √Č um exerc√≠cio excelente para o desenvolvimento de gl√ļteos e coxas. Um movimento funcional que qualquer indiv√≠duo pode executar. Desde iniciantes a¬†avan√ßados, mas, claro, que de acordo com os¬†limites de cada um. Mesmo sendo um movimento funcional, precisamos ter alguns cuidados durante a sua execu√ß√£o. O cuidado principal no agachamento √©¬†¬†com a coluna vertebral e com as articula√ß√Ķes do quadril, joelho e tornozelo. A¬†execu√ß√£o correta do agachamento est√° na se√ß√£o de exerc√≠cios.
      Afundo
      Por sua vez, o afundo tamb√©m surge como uma √≥tima pedida para quem deseja alcan√ßar coxas e gl√ļteos bem desenvolvidos. O afundo √© um exerc√≠cio multiarticular que se assemelha muito ao agachamento pelos m√ļsculos envolvidos. A execu√ß√£o correta do afundo est√° na se√ß√£o de exerc√≠cios.¬†
      Agachamento e afundo
      Tanto o agachamento quanto o afundo s√£o exerc√≠cios b√°sicos para quem busca hipertrofia de coxas e gl√ļteos (bumbum). N√£o h√° fichas de treinos que n√£o incluam esses dois. Ambos s√£o exerc√≠cios que possuem diversos tipos de varia√ß√Ķes para sua execu√ß√£o.
      Vamos analisar apenas o agachamento tradicional (pés alinhados, confortavelmente dispostos na linha dos ombros) e o afundo partindo de uma posição neutra com a projeção de um dos membros a frente.
      Qual é o melhor para hipertrofia?
      Qual é o mais eficiente para hipertrofia: agachamento ou afundo? Vamos comparar a ativação muscular de três grupos musculares:
      gl√ļteos; quadr√≠ceps; posteriores de coxa. Utilizamos¬†como base tr√™s autores que est√£o referenciados no final dessa mat√©ria. Cada pesquisa se utilizou de m√©todos diferentes de realiza√ß√£o do estudo,¬†¬†com cargas e n√ļmeros de repeti√ß√Ķes diferentes. Em todas as pesquisas foi¬†utilizado o exame de eletromiografia para coleta de dados.
      Ativa√ß√£o do gl√ļteo
      Em rela√ß√£o a ativa√ß√£o do gl√ļteo (bumbum):
      Dois dos autores evidenciaram, por conta de exames de eletromiografia (IMG), que o gl√ļteo m√°ximo teve uma maior ativa√ß√£o durante o exerc√≠cio afundo. Foi constatada¬†uma diferen√ßa acima de 20% em favor do¬†afundo em rela√ß√£o¬†ao agachamento. Todavia, um dos autores destacou que n√£o identificou diferen√ßa significativa com rela√ß√£o a ativa√ß√£o do gl√ļteo m√°ximo nos dois exerc√≠cios.
      Ponto para o afundo (afundo 1 x 0 agachamento). Ativação do quadríceps
      Em relação ao quadríceps:
      Um dos autores afirma que o afundo tem uma maior ativação do quadríceps. Outro autor novamente relata não haver diferença significativa entre os dois exercícios para ativação do quadríceps. O terceiro estudo não realizou esse tipo de comparação para esse grupo muscular.
      Ponto para o afundo (afundo 2 x 0 agachamento). Ativação dos posteriores de coxa
      Em relação ao grupo muscular dos posteriores de coxa:
      Nesse caso, os autores são divergentes. Um estudo aponta o afundo como maior ativador desse grupo muscular. Outro estudo aponta o agachamento. O percentual de divergência foi pequeno. O terceiro estudo conclui que o agachamento tem uma maior ativação durante a fase concêntrica apenas.
      Ponto para os dois (afundo 3 x 1 agachamento). Conclusão
      Ambos os exerc√≠cios s√£o excelentes para os tr√™s grupos musculares citados acima.¬†Por√©m, vale salientar que, segundo esses tr√™s autores, o exerc√≠cio afundo tem um percentual maior de ativa√ß√£o no quadr√≠ceps e no gl√ļteo. H√° uma pequena diverg√™ncia em rela√ß√£o ao grupo muscular da regi√£o posterior da coxa.
      Independentemente disso, os dois são excelentes exercícios que devemos incluir sempre no nosso treinamento, para qualquer objetivo na musculação. A ativação  das musculaturas nesses exercícios também depende de outros fatores como:
      amplitude de movimento; carga;¬† cad√™ncia do movimento; seu n√≠vel atual de treinamento. Tanto o agachamento quanto o afundo tamb√©m s√£o exerc√≠cios que fortalecem outras regi√Ķes do corpo, como, por exemplo, a regi√£o do core abdominal. Eles podem ser combinados em s√©ries de Bi Set ou Tri Set, por exemplo. Em resumo, fa√ßa os dois exerc√≠cios.
      Curta, compartilhe e comente no Instagram
       
      Estudos de referência:
      Cinesiologia e musculação / Cláudia Silveira Lima, Ronei Silveira Pinto. - Porto Alegre: Artmed, 2006.
      Compara√ß√£o da ativa√ß√£o mioel√©trica do gl√ļteo m√°ximo e b√≠ceps femoral entre os agachamentos paralelo e com passada √† frente - Rev. bras. educ. f√≠s. esporte vol.26 no.3 S√£o Paulo July/Sept. 2012.
      BRADLEY A. DeFOREST, GREGORY S. CANTRELL, BRIAN K. SCHILLING. Muscle Activity in Single VS. Duble Leg Squats. International Journal of Exercise Science 7(4) : 302-310, 2014.
    • By fisiculturismo
      Pode o joelho passar da linha da ponta do pé nos exercícios de agachamento? Isso é certo ou errado?
      O joelho pode sim passar da ponta do p√© nos agachamentos unilaterais e os joelhos podem sim passar das pontas dos p√©s nos agachamentos bilaterais. A orienta√ß√£o dada antigamente n√£o √© certa. O cuidado que se deve tomar √© com rela√ß√£o ao ponto de for√ßa.¬†√Č importante que o executante do agachamento fa√ßa a for√ßa no calcanhar ou no p√© inteiro. N√£o se deve fazer a for√ßa apenas na ponta dos p√©s. √Č esse ponto de for√ßa que tem que ser observado, sendo irrelevante se os joelhos ir√£o passar levemente da linha da ponta dos p√©s. √Č um movimento natural do corpo.
      Uma questão relevante a ser considerada é sobre a mobilidade de cada indivíduo. Algumas pessoas não conseguem fazer o agachamento completo por falta de alongamento. Pessoas com bom alongamento e sem nenhum problema motor podem realizar o alongamento com a amplitude máxima sem se preocupar com o fato de o joelho passar da linha do pé. Basta executar o movimento com naturalidade.
      Para que voc√™ n√£o tenha d√ļvidas, vamos apresentar dois v√≠deos explicativos sobre o tema. O primeiro v√≠deo foi gravado com nosso personal trainer Talles Sucesso. O segundo v√≠deo¬†foi gravado com o personal trainer Laercio Refundini. J√° postamos os v√≠deos no trecho em que os profissionais faltam sobre passar ou n√£o o joelho da linha a ponta do p√© no agachamento:
      Orienta√ß√Ķes do personal trainer Talles Sucesso:
      Orienta√ß√Ķes do personal trainer Laercio¬†Refundini:
      Esperamos que voc√™ n√£o tenha mais d√ļvida sobre essa quest√£o. O agachamento √© um exerc√≠cio complexo, cheio de detalhes para uma execu√ß√£o segura e eficiente, por isso, para saber mais sobre o agachamento, visite a nossa p√°gina sobre o exerc√≠cio:
       
    • By Talles Sucesso
      Colocar uma das pernas à frente, afundar com a coluna ereta e pegar os halteres; Posicionar os pés na largura dos ombros; Fixar um ponto à frente para se equilibrar; Manter a coluna ereta (fazendo isometria da lombar e do abdome); Flexionar a perna da frente concentrando a força no calcanhar e levando a outra perna atrás até encostar ou quase o joelho no chão; Fazer o movimento na vertical (para cima) e não para frente; Evitar fazer força com a pena de trás, concentrar a força na perna que está à frente; Trocar a perna à frente e repetir o afundo, progredindo em passadas.  
×
×
  • Create New...