Jump to content
Sign in to follow this  
duduhaluch

TPC Completa: drogas, ponte, dieta e treino (DUDU)

Rate this topic

Recommended Posts

Depois de escrever vários tópicos sobre as melhores alternativas, drogas, para uma terapia pós ciclo, vou fazer um resumo aqui das melhores estratégias para construir uma TPC poderosa, afim de recuperar seu eixo hormonal rapidamente e consolidar os ganhos de um ciclo.

Muitas pessoas me perguntam quais as drogas para se usar na TPC, e acabam se esquecendo que a dieta e o treino desempenham um papel muito importante na recuperação do eixo HPT (hipotálamo-pituítaria-testicular).

Recuperar o eixo hormonal rapidamente é fundamental não só para manutenção dos ganhos do ciclo, com também para se manter saudável, uma vez que grandes variações hormonais podem prejudicar sua saúde e destruir seus ganhos.

1) Drogas:

Várias drogas podem ser utilizadas durante a TPC, sendo que as principais são os anti-estrógenos (SERM´s e inibidores de aromatase). Para um ciclo comum de 8-12 semanas considero o Tamoxifeno como droga de base, devendo ser usado por 4-8 semanas (dependendo da meia-vida das drogas utilizadas no ciclo e do tempo que vc levou para iniciar a TPC), em uma dose de 20mg por dia.

Por ser muito semelhante, mas muito mais fraco q o tamox, considero o uso de clomid dispensável, com pouco ou nenhum benefício adicional e com maiores riscos de colaterais. 

O uso de inibidores de aromatase deve ser considerado em ciclos mais longos e pesados, seja durante o ciclo e/ou também nas primeiras semanas da TPC, tanto para controlar estradiol, progesterona, prolactina, como tb para estimular LH, FSH e testosterona, acelerando a recuperação pós-ciclo.

Seria recomendável o acompanhamento com exames, uma vez q os IA´s podem ser mto agressivos no controle do estradiol.

O uso de HCG também é de grande valia durante ciclos pesados e supressivos, além de evitar atrofia testicular, vai tornar a recuperação pós-ciclo mais fácil, já que ele imita o LH, mantendo seu eixo ligado, elevando níveis de testosterona endógena. Pode ser usado nas primeiras semanas da TPC (já que o HCG inibe o LH não é bom usar durante toda a TPC).

Cabergolina e Bromocriptina devem ser consideradas em ciclos com drogas q elevam os níveis de prolactina significativamente (deca, mas principalmente trembolona e hemogenin). No final do ciclo, e de preferência considerando exames ou sintomas relacionados à prolactina.

2) Ponte com esteroides:

Acredito q seja uma idéia interessante usar baixas doses de drogas de MV curta, durante o intervalo entre o ciclo (considerando um ciclo onde foram usadas drogas de meia-vida longa como dura, deca, boldenona, cipionato, etc) e a TPC.

A idéia é atingir a homeostase saindo do ciclo lentamente e também evitar um rebote do cortisol, principalmente enquanto os níveis hormonais exógenos estão caindo e sua testosterona natural está baixa.

Drogas como dianabol e oxandrolona em doses de 10-30mg /dia podem ser mto interessantes, uma vez q causam fraca inibição do eixo HPT, e poderiam ser usadas não só na ponte, mas tb durante as primeiras semanas da TPC, em paralelo com tamoxifeno. Usar em pirâmide decrescente é uma excelente idéia (2 semanas com 30mg/dia, 2semanas com 20mg/dia, etc).

3) Dieta:

Em geral a dieta não precisa sofrer muitas modificações, mesmo porque uma redução ou aumento das calorias podem levar a perda dos ganhos de massa muscular ou ao ganho de gordura. O principal aqui é manter a qualidade dos alimentos, uma vez q os esteróides podem prejudicar várias funções do organismo, como colesterol, função hepática e renal, pressão arterial.

Gorduras boas são fundamentais para elevar os níveis de testosterona, assim como normalizar os níveis de colesterol, então o uso de alimentos e suplementos ricos em ômega 3 e 6, azeite, castanhas, óleo de linhaça, óleo de prímula, etc, é fundamental para recuperação saudável do corpo na TPC.

O uso das vitaminas D e E também ajuda a elevar os níveis de testosterona de maneira significativa, assim como vitamina C para inibir cortisol, que é alto no pós ciclo. Tribulus é um auxiliar, que embora não tenha efeitos comprovados para elevar os níveis de testo, muitos usuários afirmam sentir uma melhora na libido. Silimarina pode ser considerada para melhorar função hepática em alguns casos, principalmente se houver abuso de drogas orais 17AA.

4) Treino:

O treino durante a TPC deve ser pouco volumoso, simples e pesado. A idéia é dar mais tempo de descanso e também estimular a produção de testosterona com séries de ~4-8 repetições. Treinar 3x por semana com exercícios básicos seria o ideal na minha opinião.

Exemplo de TPC para um ciclo básico de 10 semanas:

  • 1-10 testo 600mg
  • 1-10 deca 400mg
  • 4-8 dianabol 50mg tsd

HCG:

  • 1-10 500UI por semana (250UI segunda e quinta)

Ponte:

  • 11-13 diana 20mg tsd 
  • 14-16 diana 10mg tsd

Tamox:

  • 14-20 20mg tsd
  • vitamina E 1000UI por dia, 30 dias


abraços, DUDU HALUCH

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • By marcusvcf
      Galera estou fazendo um  ciclo de ciclo 6 + stano oral, de 8 semanas no total.
      Estou na terceira semana de ciclo. Ja apliquei 5 mls de ciclo 6 e estou sentindo o bico do peito sensível e maior. 
      Nada muito exagerado visualmente, mas dói quando raspo em algum lugar. 
      Minhas dúvidas são 
       
      1 - Eu metendo tamox durante o ciclo, isso pode diminuir ? Ou somente comprando um IA tipo letrozol ou anastrozol ? Pois ja tenho tamox sobrando, e comprar um IA é  uma opção mais cara.
       
      2- Se eu n tomar nada e levar assim até o final do ciclo, durante a tpc SERMS essa sensibilidade sai ? É reversível ou pode ser irreversível ?


      Tenho certeza que da pra levar assim até o final do ciclo do jeito que está, pode ser nóia da minha cabeça tbm né...
      O que aconselham ? 
       
    • By evoluindo
      Eu sei que existe anabolizante natural... pelo menos o nome existe, agora se realmente é natural eu não sei, gostaria de saber se ele faz mal? E se ele faz mal, qual os efeitos colaterais dele?
      https://www.corposflex.com/nutrex-tribulus-black-1300-120-caps-saponinas-testosterona
      Eu achei esse, pelo o que o site da venda fala ele é tudo de bom, mas como sempre eles querem vender né...

    • By Diego_aromatizado
      Feliz 2020 a todos, vou resumir pra não tomar tempo de vocês, fiz um ciclo a 2 anos atrás, Deca+enantato, fiz tudo errado sem pesquisar nada, enfim aplicava 1 ML de cada a cada 5 dias, quando terminei fiz TPC Sarms,e depois de então a mais de 2 anos não consigo manter um ereção firme pra um relação normal,pois bem a minha dúvida é o seguinte, alguém já tomou pregnenolona e HCG? Pois notei uma enorme diminuição dos testículos, logo pensei por ter inibido o eixo por muito tempo, pode ter ocorrido uma atrofia nos testículos, pensei em mandar 1 shot de 5000ui de HCG e junto pregnenolona pois li muito sobre eles, em recuperação após uso de anabolizantes, alguma dica? Alguém já fez uso? HCG em pós ciclo seria viável? Ele não trara algum Malefício? Desde de já muito obrigado, 
      e se caso alguém precisar de exames, eu tenho vários e muitos meses,pois mecheu com ereção já sabe né kkkkk vlw abraços 
    • By Mestre
      Não vou entrar no mérito da questão novamente sobre SERM(Moduladores Seletivos do Receptor de Estrogênio) e ficar aqui dizendo uma coisa bem batida atualmente que é o fato de que Tamoxifeno e Clomifeno podem ser usados na TPC para recuperação do eixo HPT, e dizendo que MSRE é uma classe de substancias que conta com vários outros MSRE´s e citando o nome dos demais. Pois isso eh uma coisa que já falo a mais de 10 anos e confesso que já estou um pouco cansado disso.
       
      A intenção desse texto é apenas tentar quantificar a intensidade de ação do Clomifeno e do Tamoxifeno no corpo do homem.
       
      Cheguei até a ver citações sobre uma possível diferença que existiria na ação do Clomifeno em Homens se comparado às Mulheres, e que a eficiência do Clomifeno na mulher para incremento de LH e FSH seria superior do que nos Homens, e por isso que Clomifeno é indicado no tratamento terapêutico em mulheres, e que para o tratamento de Hipogonadismo em homens, o ideal seria mais voltado terapeuticamente ao uso do Tamoxifeno.
       
      Mas não foi isso que um Estudo no tratamento de Hipogonadismo em homens conduzido com Clomifeno apontou, pois é relatado uma resposta normal ao Clomifeno, e seu uso em baixas doses por longo prazo(~60 dias) leva à normalização androgênica e melhora visível no aumento da produção de Testosterona1.
       
      Outro fator que se discute sobre Tamoxifeno e Clomifeno, é que a dosagem do Clomifeno eficaz no homem para recuperação do eixo HPT seria superior a do Tamoxifeno, e desta forma acabaria sendo mais vantajoso o uso do Tamoxifeno. E até podemos relacionar a dose eficaz na TPC de 40mg de Tamoxifeno com doses de 150mg de Clomifeno. E de fato na comparação miligrama por miligrama p Tamoxifeno se torna mais vantajoso.
       
      Mas lendo um estudo2 conduzido em um paciente que apresentava testosterona total (TT) de 316ng/dl, onde após ter sido submetido a apenas 25mg de Clomifeno/dia por 60 dias, onde esse paciente após os 60 dias de tratamento teve um aumento significativo de Testosterona, me fez repensar um pouco essa ideia anterior de que eh necessário uma dose mais alta de Clomifeno para fazer o mesmo efeito que uma dose menor de Tamoxifeno faria.
       
      Nesse mesmo estudo2, um paciente com TT de 280ng/dl onde foi administrado nele Tamoxifeno 20mg/dia por 30 dias, e ao final dos 30 dias o paciente já apresentava também um aumento significativo de Testosterona.
      Portanto baseado nessas informações acima, dá mesmo a impressão que o Tamoxifeno foi mais eficiente.
       
      Não estou aqui afirmando nada que Tamoxifeno é melhor que o Clomifeno para essa função ou vice-versa, e estou apenas tentando ilustrar melhor essa história, apresentando para isso referências de pesquisas e estudos de veracidade.
       
       EFEITOS COLATERAIS
       
      Vou citar abaixo alguns colaterais, e vou pegar os colaterais dessas substâncias que eu mais observo sendo citado pelas pessoas. Mas claro que pegando a bula dessas medicações, veremos um infinidade de outros colaterais. 
       
      Sobre os efeitos colaterais do Clomifeno
       
      É normal vermos comumente sendo citado pelas pessoas como efeitos colaterais do Clomifeno, Depressão e Alterações Visuais como Embaçamento Visual e Fotofobia.
       
      Algumas pessoas apontam a Depressão como colateral mais inconveniente do Clomifeno, já outras pessoas tendem a achar mais problemáticos os problemas relativos à visão, onde alguns afirmam que esses problemas de visão se acontecerem seriam irreversíveis, mas outras fontes apontam para o fato de que esses problemas visuais desaparecem rapidamente após a descontinuação do Clomifeno3. Salvo a raríssimas exceções onde a continuidade do tratamento com Clomifeno após o aparecimento de problema visual foi continuada por muito tempo; nesse quadro aconteceram algumas raras ocorrências de dano irreparável3.
      Mas segundo fontes, o raríssimo dano irreparável da visão é plenamente possível de ser evitado, se a pessoa descontinuar o uso do Clomifeno ao primeiro sinal de problema visual3.
       
      Sobre os efeitos colaterais do Tamoxifeno
       
      Vou citar também os colaterais do Tamoxifeno que mais vejo comentado, e um deles que também traz assim como o Clomifeno, são problemas visuais e também Tromboembolismo Venoso.
       
      Na parte visual oque pode acarretar o uso do Tamoxifeno, que segundo pesquisas ocorre em 10% dos casos do uso é a catarata onde a pessoa começa ter uma visão embaçada e turva. A Catarata ocorre quando a "lente" dos olhos que é utilizada para dar foco na luz da retina fica embaçada, e esse efeito colateral é bastante comum no uso do Tamoxifeno4.
      Mas devemos também salientar, que esse colateral ocorre em mulheres se tratando de câncer de mama, onde o uso de Tamoxifeno é bem prolongado, e não sei se no uso mais breve que se faz dele na TPC isso ocorreria tbm numa incidência de 10%.
      Com relação ao Tromboembolismo Venoso, os SERMS aumentam o risco de Tromboembolismo Venoso, uns mais e outros menos.
       
      Vou comparar aqui os dois SERMS que mais pegam nessa parte de Tromboembolismo Venoso, que são o Tamoxifeno e o Raloxifeno(que também pode ser usado na TPC).
      O Aumento na incidência nos casos de Tromboembolismo Venoso no comparativo, é de aproximadamente 3 vezes relativo ao Raloxifeno, e de 7 vezes se considerarmos o Tamoxifeno5,6.
       
      Sendo que essa incidência maior de Tromboembolismo Venoso por parte do Tamoxifeno, pode estar associada aos já executados tratamentos oncológicos em pacientes com câncer de mama, que pode ter distorcido esses números e creditado ao Tamoxifeno um maior potencial de Tromboembolismo Venoso5,6.
      Os SERMS tem sim o potencial de aumento de Tromboembolismo Venoso, inclusive o Clomifeno também pode causar tais efeitos, mas citado em algumas literaturas em menor escala que o Tamoxifeno e o Raloxifeno5,6.
      Considerações Finais:
      Como eu já citei acima, a ideia desse texto nem é ficar apontando para as pessoas qual é melhor ou pior para determinada função, e sim apresentar dados com referências, para que as pessoas com posse desses dados possam ter algo para formar um própria consciência do assunto.
      Colocando um resumo das pesquisas aqui apresentadas em humanos com Tamoxifeno e Clomifeno, podemos concluir também que ambos recuperaram a produção endógena de Testosterona dos pacientes, a diferença é que o Clomifeno fez isso em 60 dias com 25mg, enquanto o Tamoxifeno fez isso em 30 dias com 20mg.
      Elaborado por Mestre fórum FISIculturismo
      Referências:
      1- Guay AT, Bansal S, Heatley GJ. Effect of raising endogenous testosterone levels in impotent men with secondary hypogonadism: Double blind placebo-controlled trial with Clomiphene citrate J Clin Endocrinol Metab 1995
       2- Arq Bras Endocrinol Metab 2000;44/5: 440-444
       3- Bula do Clomid fabricado pela Medley Industria Farmacêutica Ltda.
       4- Alice Adler PhD e nbsp Senior- Scientist Emerito Schepens Eye Researc Institute Massachusets Eye and Ear- Harvard Medical School
      5- MEIER CR, JICK H. Tamoxifen and risk of idiopathic venous thromboembolism. Br J Clin Pharmacol. 1998
      6- PLU-BUREAU G, Hormonal contraception and risk of venous thromboembolism: When to ask for an asessment of hemostasis Which parameters Ginécologie Obstétrique & Fertelité 2008

×
×
  • Create New...