Jump to content
Sign in to follow this  
Markus B

Qto custa um WHEY? ...um HONESTO!

Rate this topic

Recommended Posts

Seria bom se a loja de suplementos internacional usasse outro nome na embalagem que vai vir para o Brasil.

Já pensou você recebendo em casa uma caixa escrita Amino Sex Shop e sua mulher recebendo?

Aqui no Brasil a "enganação" é na fatura do cartão de crédito ou no papel que recebemos na hora quando pagamos no crédito.

Por exemplo: você vai na zona aqui em Belo Horizonte, no Novo Hotel, que é um hotel de prostituição na Rua Guaicurus e paga com cartão de crédito. Lá no papel ou na fatura vai vir escrito: Lanchonete Ferrense. Então sua mulher olha a fatura ou o papelzinho e pensa: nossa, como é que ele conseguiu comer por R$ 50,00 alguma coisa numa lanchonete?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo jeito tá faltando dinheiro pro governo, bando de corno..........

 

onte: http://www.estadao.c...b,1150344,0.htm

 

Receita vai apertar cerco às importações via web No primeiro bimestre, compras feitas pelos brasileiros no exterior e entregues pelos Correios cresceram 40% em relação ao ano passado

Lu Aiko Otta - O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA - Em janeiro e fevereiro deste ano, as compras de mercadorias feitas por brasileiros no exterior via internet e entregues pela via postal deram um salto da ordem de 40% sobre o ano passado, e alertaram a máquina de arrecadação do Fisco, que já prepara ações para atacar esse "nicho". O País tem recebido perto de 1,7 milhão de pacotes a cada mês, quando no início de 2013 o volume era da ordem de 1,2 milhão. No ano passado, foram 18,8 milhões no total, segundo dados da Receita Federal.

 

A maior parte dessa farra de consumo tem chegado ao comprador sem a cobrança de tributos, mas isso está prestes a mudar. Um sistema que está sendo montado em parceria com os Correios e a Receita vai automatizar a fiscalização, que hoje é feita por amostragem.

E, ao contrário do que muita gente pensa, o que se adquire de estabelecimentos comerciais no exterior é sujeito a tributação, independentemente do valor. Há exceções, como livros, periódicos, medicamentos com receita médica e bens enviados por pessoa física de valor até US$ 50,00.

O sistema deverá entrar em teste em setembro deste ano, segundo informou a chefe da Divisão de Controles Aduaneiros Especiais da Receita, Edna Beltrão Moratto. A previsão é que seja implantado em janeiro de 2015.

Segundo Edna, os impostos federais incidentes sobre as compras no exterior pela via postal são de 60%. Mas ainda tem o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é estadual. Os Correios poderão ser incumbidos de recolher essa parte.

Rapidez. A expectativa do governo é que, por outro lado, a liberação das mercadorias se torne mais rápida. Hoje, quando um produto chega e cai na amostragem, é calculado o valor do imposto e o comprador recebe um comunicado dos Correios em casa. Ele deve recolher o tributo e retirar a mercadoria na agência.

Com o novo sistema, o governo vai saber o que está sendo comprado antes mesmo de a mercadoria chegar, segundo explicou José Ademar de Souza, do Departamento Internacional dos Correios. "A partir da compra, o site repassa antecipadamente as informações para a Receita", informou.

Os dados, explicou ele, podem ser fornecidos tanto pelo exportador quanto pelo operador logístico - no caso, o correio do país de onde a mercadoria vem. Existe uma legislação internacional que prevê a troca de informações entre os serviços postais.

"Temos a possibilidade de, a partir da informação, fazer a parte da tributação", explicou Souza. "E fazer uma interação com o cliente via internet." A ideia é permitir que ele pague os tributos via internet e receba o bem em casa, em vez de ter de buscá-lo nos Correios.

Edna explicou que o sistema terá filtros para detectar as mercadorias que exigirão mais atenção dos fiscais. Por exemplo, se a compra está subfaturada, ou seja, com um valor declarado baixo, para diminuir o valor do imposto a pagar. Para isso, a Receita se baseia num parâmetro internacional de preços e outras fontes de informação. "Às vezes, a mercadoria está lá com um valor muito menor do que o que a loja anuncia no site", exemplificou Edna.

Hoje, todas as compras que chegam ao País passam por uma análise da Receita e, às vezes, de outros órgãos do governo, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Todos os pacotes passam por um raio X, onde se verifica se a mercadoria não é de importação proibida - como armas e drogas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Primeiramente, eu não sou defensor e nem crítico da marca Midway.

Ontem eu tinha entrado aqui no site e em postagens antigas vi o pessoal falando mal da marca Midway.

Tempos após, nas análises de suplementos, todos suplementos analisados da marca Midway foram aprovados. O que tem a dizer?

Aquele cara que muitos aqui conhecem que se chama Félix Bonfim, analisou o BCAA da Midway e passou muito bem passado em teste de laudo.

Enquanto o suplemento importado não chega, melhor recorrer aos nacionais. Não somente Midway, mas tem outros. Falo da Midway porque vi um papel de uma Drogaria aqui anunciando.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meu, até agora eu não to acreditando a q ponto chegou esse país, isso é muito absurdo. Fere o direito do cidadão ao consumo.

E ainda tem gente q duvida de uma possivel ditadura por parte do PT

Share this post


Link to post
Share on other sites

Simplesmente nós compramos no exterior porque temos um governo fraco e covarde que não tem coragem de mexer na altíssima carga tributária, que atrasa o desenvolvimento e trava o país. Como pode pagar por um whey farinha mais caro que um whey gringo top?? Inclusive com essa carga de impostos, as empresas tentam encontrar formas de obter lucros como por exemplo as farinheiras. Apesar que isso não é justificativa, pelo contrário, herdamos o maldito jeitinho brasileiro de sempre levar vantagem.

 

Engraçado que o governo não explica os bilhões jogados fora em obras inacabadas..... Mas fazer o que, eles tem q jogar pra mídia né?

 

Vão tributar tudo o que compramos no exterior, mas vão continuar deixando entrar o Brasil drogas, armas e todo aparato pro crime organizado.

 

Parece sim q estamos indo pra uma ditadura.... Tem jornalista indo pra geladeira por falar a verdade..........

Edited by Regis Rock

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que cabe fazer é uma mobilização entre as pessoas que praticam musculação, que seria não comprar absolutamente nada de marcas farinheiras e sim andar com a análise de suplementos para comprar a melhor nacional.

Se está dificultando importar, metendo a mão em impostos, basta ir nas melhores nacionais.

E nada de comprar de marcas novas no mercado, pois estas farinheiras estão criando novos produtos para enganar o consumidor e sinceramente

NÃO ACREDITEM DE FORMA ALGUMA EM LAUDO DENTRO DO SITE DO FABRICANTE DA WHEY PROTEIN.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Este aqui é o site de uma loja que tem fama aqui em Belo Horizonte http://www.pontodoatleta.com.br/4-whey-tech-atlhetica-evolution/p, a Ponto do Atleta. Estou querendo comprar uma Whey Protein e vi no site da marca Atlhetica Evolution a 4 Whey Tech. Fui ver as especificações (que nem vale nada ver direito na atualidade, tem que ser laudo) e me deparei que fala em cima a porção de 30g e embaixo o que tem. Fui ver o valor de proteínas que tem e é 32g. Como é que pode a porção de 30g ter 32g de proteína? 

VAI QUERER ENGANAR QUEM?

Share this post


Link to post
Share on other sites

...de qualquer forma eu ainda passo longe da marca Midway...não quero nem de graça.

qto a comprar...na boa ....vou acabar criando uma marca bulk pra atender os amigos...cansei de confiar nas marcas ditas idôneas e gastar 200 conto num pote de 900 g de WP.

Share this post


Link to post
Share on other sites

...de qualquer forma eu ainda passo longe da marca Midway...não quero nem de graça.

qto a comprar...na boa ....vou acabar criando uma marca bulk pra atender os amigos...cansei de confiar nas marcas ditas idôneas e gastar 200 conto num pote de 900 g de WP.

Porque que você não confia na marca Midway?

Share this post


Link to post
Share on other sites

...de qualquer forma eu ainda passo longe da marca Midway...não quero nem de graça.

qto a comprar...na boa ....vou acabar criando uma marca bulk pra atender os amigos...cansei de confiar nas marcas ditas idôneas e gastar 200 conto num pote de 900 g de WP.

Buso Bulk? Seria uma boa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

...de qualquer forma eu ainda passo longe da marca Midway...não quero nem de graça.

qto a comprar...na boa ....vou acabar criando uma marca bulk pra atender os amigos...cansei de confiar nas marcas ditas idôneas e gastar 200 conto num pote de 900 g de WP.

 

Salve-nos Markus pq parece que o governo em vez de punir os farinheiros está ajudando eles a nos deixar sem opções.....

 

E concordo contigo... Por mais q passaram nos laudos Midway e também Growth não me inspiram confiança.... Vamos ver se o Felix publica o resultado da analise de qual proteina tem nesses wheys..........

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então é 3

 

...de qualquer forma eu ainda passo longe da marca Midway...não quero nem de graça.

qto a comprar...na boa ....vou acabar criando uma marca bulk pra atender os amigos...cansei de confiar nas marcas ditas idôneas e gastar 200 conto num pote de 900 g de WP.

 

 

Salve-nos Markus pq parece que o governo em vez de punir os farinheiros está ajudando eles a nos deixar sem opções.....

 

E concordo contigo... Por mais q passaram nos laudos Midway e também Growth não me inspiram confiança.... Vamos ver se o Felix publica o resultado da analise de qual proteina tem nesses wheys..........

 

então é 3!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Porque que você não confia na marca Midway?

porque eu tenho 39 anos...desde os 12 procurava por suplementos (o meu primeiro foi no Natubolic da integral rsrsrs...achei que estava bombando)...portanto tenho um bom tempo q tomo e conheço as marcas...a Midway..apesar de ter um teste dando ok.. nunca foi uma empresa que primava por qualidade...a postura dela sempre foi preço...um monte de produto feito com albumina, um monte de produto com nomes estratégicos e pouco conteúdo. Enfim, nunca foi séria!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

a conversa do bulk é séria...sozinho eu não vou tomar tudo que comprar em matéria prima....melhor eu fracionar e vender pros camaradas que quiserem WP honesto...

gostei do BUSO BULK...kkkkkkk

como sei o que estou fazendo nada mais justo que assinar por isso....dando mais credibilidade e a cara pra bater.

Share this post


Link to post
Share on other sites

porque eu tenho 39 anos...desde os 12 procurava por suplementos (o meu primeiro foi no Natubolic da integral rsrsrs...achei que estava bombando)...portanto tenho um bom tempo q tomo e conheço as marcas...a Midway..apesar de ter um teste dando ok.. nunca foi uma empresa que primava por qualidade...a postura dela sempre foi preço...um monte de produto feito com albumina, um monte de produto com nomes estratégicos e pouco conteúdo. Enfim, nunca foi séria!!!

Ontem eu estava no ônibus conversando com meu colega e ele falou que estava tomando um termogênico. Perguntei qual era e me mostrou o frasco. Era da Midway, o Cafeíne. Ele falou que tomou à noite e vai dormir lá para as 4 da manhã. Só que tem uma contradição aí, realidade/suplemento. Ele me disse que toda hora toma café. De manhã, quando sai, à tarde, quanto vai embora e o suplemento. Será que o suplemento ajudou ou o tanto de café que ele toma acumula no organismo e "desconta" tudo à noite?

Há muitos anos atrás meu amigo tomava o Macist Vit 2600 da Midway. Ele era forte demais. Mas, ele falava que tinha que comer batatinha.

Os produtos da Midway são em si mais baratos. Na hora do aperto vou de Probiótica. Ou Midway, hahahahaha...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Renatobhmg,

meu velho...a cafeína é um neuroestimulante...no Brasil todo termogênico é isto aí...e diz pra nunca tomar depois das 16 horas justamente pra não te arrebentar no sono. Cafeína não acumula...a meia vida dela é curta...cerca de 3 horas.

Vc em outro tópico disse q está com barriga de elefante ...por isso nunca tome um hipercalórico (macist) da Midway......cuidado em conversar demais com amigos e tentar seguir as mesmas rotinas....o que serve pra um pode não servir pra outro...

vc conheçe de suples e finalidade de cada um???

Share this post


Link to post
Share on other sites

Renatobhmg,

meu velho...a cafeína é um neuroestimulante...no Brasil todo termogênico é isto aí...e diz pra nunca tomar depois das 16 horas justamente pra não te arrebentar no sono. Cafeína não acumula...a meia vida dela é curta...cerca de 3 horas.

Vc em outro tópico disse q está com barriga de elefante ...por isso nunca tome um hipercalórico (macist) da Midway......cuidado em conversar demais com amigos e tentar seguir as mesmas rotinas....o que serve pra um pode não servir pra outro...

vc conheçe de suples e finalidade de cada um???

Em uma dieta muito restrita vale tomar um bom hipercalorico em um cutting, mas não parece o caso do amigo em questão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lendo essas paradas dá pra ver como o marketing de suplementos é fortíssimo..... Incrivel como são poucos q dão crédito à dieta, treinos e descanso... Sempre que veêm alguém "grande" procuram saber qual o suples que tomou, atribuindo à ele o sucesso do cara..... E se o grandão dizer que tomou whey da Neo Nutri pelo nariz, o cara vai acreditar cegamente......

Share this post


Link to post
Share on other sites

Renatobhmg,

meu velho...a cafeína é um neuroestimulante...no Brasil todo termogênico é isto aí...e diz pra nunca tomar depois das 16 horas justamente pra não te arrebentar no sono. Cafeína não acumula...a meia vida dela é curta...cerca de 3 horas.

Vc em outro tópico disse q está com barriga de elefante ...por isso nunca tome um hipercalórico (macist) da Midway......cuidado em conversar demais com amigos e tentar seguir as mesmas rotinas....o que serve pra um pode não servir pra outro...

vc conheçe de suples e finalidade de cada um???

Bom saber da cafeína, a irmã do café.

Eu não estou com barriga de elefante não, só dei um exemplo de tipo de pessoa.

Sei certamente o que é bom para um não serve para outro.

Cafeína para mim não tira sono. Já do meu colega tira.

Eu sempre tive este raciocínio de que uma coisa que serve para um não serve para outro. Assim como as dietas.

Já tomei Super HD em um horário que não podia e não adiantou nada. Eu dormi normalmente.

Vamos fazer uma coisa: se eu tomei café na minha vida (em dias): 8653, a cafeína só me tirou o sono 2 dias.

Conheço sim de suplementos. Muita coisa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • By yalmeida
      Estou morando no Canada há alguns meses e gostaria da opnião de vocês sobre duas coisas:
      Qual é o melhor whey que poderia comprar aqui na América do Norte? Tenho pouco tempo aqui e tenho dificuldades de entender sobre custo benefício. Não quero simplesmente comprar o produto mais caro, porém sei que muitas pessoas gostariam de estar aqui pra comprar os produtos aqui oferecidos. Alguém pode me ajudar com relaçãoo às marcas? Eu reparei que a batata doce aqui tem uma cor diferente, muito mais cor de abóbora, sei lá! O gosto pode até ser parecido, mas a cor é bem diferente, porém, o que eu quero saber mesmo é se alguém com mais informação sabe dizer se estas possuem o mesmo perfil de nutrientes ou eu devo procurar o nosso tipo de batata doce por aqui? Se alguém mora ou já morou pela América do Norte e puder me ajudar com essas dúvidas, ficarei muito agradecido.
      forte abrcs!!!
       
       
    • By Rafael Pedro
      Ontem foi o 1º dia de suplementação, tomei uma medida de xpand 30min antes do treino e uma medida de proteina apos o treino.
      Senti um pequeno aumento da minha disposição, nada comparado com o therma pro, aumentei um pouco a carga dos exercícios, porém hoje achei que iria ficar dolorido como na semana passada e parece que não malhei.
    • By Bunitinho
      Uma "amiga" minha vai pros EUA , e eu estava pensando em pedir um Whey da Optimum de 2kg e 700 vale a pena, ela terá que dar alguma receita ou fornecer algo ??(receita Médica) ela terá que pagar algum imposto???
    • By fisiculturismo
      Matéria Sensacionalista: 14 de 15 Wheys Reprovadas?
      Mais uma notícia bombástica foi veiculada pela mídia contra a indústria de suplementos alimentares. Segundo as notícias veiculadas pelos grandes meios de comunicação, o INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) teria reprovado 14 wheys. Considerando-se que houve análises de 15 wheys, pode-se pensar que o resultado foi lastimável, desesperador, ou, pior ainda, que nenhuma whey presta. Veja a matéria que foi transmitida no Fantástico da Rede Globo, no domingo 24/8/2014:
      http://globotv.globo.com/rede-globo/fantastico/v/inmetro-testa-marcas-de-whey-protein/3584722/
      Nossa comunidade já desconfiava da péssima qualidade de alguns suplementos alimentares e já pedia a análise dos suplementos alimentares pelo INMETRO há mais de 10 anos (desde agosto de 2004: https://fisiculturismo.com.br/forum/topic/36837-análise-de-suplementos-nutricionais-pelo-inmetroentrem/).
      No entanto, ao dar publicidade aos resultados dos testes realizados pelo INMETRO, entendemos que as matérias veiculadas pela mídia foram exageradamente sensacionalistas. Produtos reprovados no teste não são, necessariamente, ruins. Muitos produtos de excelente qualidade foram considerados reprovados.

      Itens Analisados pelo INMETRO
      Os testes realizados anteriormente (Félix Bonfim e PROTESTE) consideraram, tão-somente, a quantidade de proteínas e a quantidade de carboidratos dos produtos, fazendo comparação entre os valores apresentados nos rótulos e valores efetivamente presentes nos produtos. Ao avaliar as wheys, o INMETRO trouxe análises inéditas, quais sejam: tipo de fonte de proteína, presença de cafeína e rotulagem.
      Alguns produtos reprovados tiveram excelente desempenho nas quantidades de proteínas e carboidratos, mas reprovaram por conter cafeína. Ou reprovaram por conter menos carboidratos. Ou pelo fato de o rótulo não apresentar as casas decimais determinas pelo sistema de uniformização. Na sua opinião, uma whey deve ser considerada reprovada por conter cafeína? Por conter menos carobidratos? Por não ter casas decimais uniformizadas no rótulo? Leia a matéria completa e saiba o motivo pelo qual nós aprovamos a maioria das wheys reprovadas pelo INMETRO.
      Analisaremos cada um dos resultados da avaliação das wheys para que possamos fazer os comentários pertinentes, de modo que os números e conclusões sejam consideramos de maneira crítica, sem sensacionalismos.
      Wheys que Foram Avaliadas
      A seguir, listamos os produtos que foram avaliados pelo INMETRO:
      100% Whey Protein da EAS 100% Whey Protein da Body Action 100% Pure Whey da Pró-Profissional Line (Probiótica) Super Whey 100% Pure da Integral Médica Extreme Whey Protein Refil da STN Steel Nutrition Iso Whey Protein da Solaris Whey Protein da Voxx Whey Dyn da Dynamic Lab Total Whey NO2 da Maxx Titanium Whey Protein Glutamax da DNA Ultra Whey Pro da Universal Supreme Whey da Met-Rx Just-Whey da SportPharma Whey Protein da New Millen Perfect Whey da Nature's Best





      Quantidade de Proteínas - Mais de 10 Gramas por Dose

      O primeiro parâmetro de avaliação se refere à quantidade de proteína presente no produto, conforme o art. 8°, inciso I, da Resolução ANVISA RDC-18, isto é, se cada dose do produto fornece pelo menos 10 gramas de proteína. Todas as wheys analisadas passaram neste teste.

      Entendemos que este parâmetro de avaliação é desnecessário. Todos os produtos avaliados indicam no rótulo quantidade superior a 10 gramas de proteína. Bastaria avaliação de conformidade com o rótulo como parâmetro. Nenhuma whey avaliada forneceu menos de 20 gramas de proteína (aproximados) por dose.



      Quantidade Real de Proteínas versus Quantidade Indicada no Rótulo

      Este é o parâmetro mais relevante. Muitos laudos de whey anteriores apontaram quantidades de proteínas muito inferiores àquelas prometidas nos rótulos. A margem de tolerância para aprovação foi pautada em 20%, para mais ou para menos, conforme Resolução ANVISA n° 360.

      Nesta avaliação foram reprovadas as wheys das marcas Solaris (-31,02%) e Voxx (-28,31%), com quantidades absolutas de proteína por dose em quantidade inferior a aproximados 5 gramas. Interessante notar que 10 das 15 wheys avaliadas apresentaram quantidade de proteína menor do que a prometida. A maioria das marcas se valeu da margem de erro para baixo.

      Das 5 wheys que apresentaram quantidade de proteínas em quantidade superior àquela indicada no rótulo, vale mencionar como destaque a EAS 100% (+6,97%), a STN Steel Nutrition (+5,05%) e a Universal (+5,03%).

      Portanto, no principal item de avaliação de whey, somente duas marcas foram reprovadas. Todas as demais foram aprovadas, desde que respeitada a margem de tolerância de 20% a menos de proteína.

      A maior margem de erro tolerada (-12,31%) foi apresentada pela Pró-Professional Line (Probiótica), o que sequer representa 2 gramas de proteínas a menos por dose.



      Quantidade Real de Carboidratos versus Quantidade Indicada no Rótulo

      Menos importante do que a conformidade de proteínas, a quantidade de carboidratos é relevante para os musculadores que estão em fase de cutting. Neste parâmetro de avaliação, respeitada a margem de erro aceitável de 20% para mais ou para menos, a grande maioria das whey foi reprovada.

      Somente foram aprovadas as wheys das marcas Body Action (+11,24%), Max Titanium (-16,92), DNA (-11,66%) e Met-Rx (-19,20%).

      Discordamos radicalmente deste parâmetro de avaliação. Os consumidores que compram suplementos hiperprotéicos como whey não querem consumir carboidratos pelo suplemento, mas proteínas. Por isso, entendemos que quanto menor a quantidade de carboidratos, melhor.

      Com esse raciocínio em mente, consideramos como aprovadas, além das wheys já mencionadas, as proteínas das marcas EAS (-50,14%), STN Steel Nutrition (-50,98%) e Universal (-37,94%).

      Este parâmetro de avaliação deve ser considerado com muito cuidado. Normalmente, os rótulos de whey indicam quantidades muito pequenas de carboidratos. Desse modo, se um rótulo indica uma quantidade de 2 gramas de carboidratos, e se o teste apontar 1 grama, a diferença percentual é de enormes -50%, todavia, 1 grama a mais ou a menos na dieta é irrelevante.

      Os resultados mais assustadores foram relacionados às wheys das marcas Solaris (+257,43%) e Voxx (+300,53%). Todavia, ao se observar os valores de carboidratos por dose que os testes apontaram, como valores reais, não há nada alarmante. São 3,5 gramas (Solaris) e 4,5 gramas (Voxx). Não são quantidades significativas.

      Merece atenção especial o caso da marca Nature's Best, reprovada por conter +52,46% de carboidratos sobre o valor declarado no rótulo. Trata-se de marca cuja reputação no mercado é muito elevada. A quantidade real de carboidratos por dose é de 2 gramas. Nada assustador.

      Também é interessante notar que as wheys aprovadas das marcas Maxx Titanium (-16,92%) e DNA (-11,66%), apesar de terem o rótulo em conformidade com o conteúdo, são suplementos hiperprotéicos com elevada quantidade de carboidratos por dose. Cada dose da Maxx Titanium apresenta 10 gramas de carboidratos, enquanto que cada dose da DNA apresenta 11 gramas de caboidratos, ou seja, quantidades maiores de carboidratos do que das marcas reprovadas.

      Por esse motivo, esse parâmetro de avaliação deve ser considerado com extremo cuidado. Um produto reprovado pode conter muito mais proteínas e muito menos carboidratos do que um produto que foi aprovado. Analise os números de modo crítico, considerando aquilo que é relevante para a sua dieta.

      Certamente que produtos reprovados neste parâmetro de avaliação são muito melhores, em termos nutricionais, do que suplementos que foram aprovados.

      Portanto, considerando este parâmetro, não reprovamos nenhuma whey avaliada. Apesar de alguns números percentuais serem muito elevados, a diferença de carboidratos em números absolutos por dose é muito pequena. É certo que 1 ou 2 gramas a mais de carboidratos numa dose de suplementação alimentar não fará nenhuma diferença na dieta de um musculador.





      Tipo de Proteína Usada na Fabricação

      Este é um critério de avaliacão inédito. Nenhum outro laudo anterior apurou a fonte de proteína empregada no produto. Infelizmente a avaliação se limitou a verificar se o produto continha whey ou outro tipo de proteína, sem considerar os tipos de whey e percentuais na composição (concentrada, isolada ou hidrolisada).

      Das 15 wheys avaliadas, somente 1 levou chumbo grosso neste teste. Reprovou a whey da DNA por conter, além da proteína do soro do leite, proteína proveniente do trigo e da soja.

      Este é um dado muito relevante, certo que a whey é uma proteína de elevadíssimo valor biológico (e muito cara), enquanto que as proteínas do trigo e da soja têm menor valor biológico (e são mais baratas). Os testes não indicaram os percentuais de proteína whey, trigo e soja presentes no produto.

      Não há qualquer defesa para a marca que anuncia whey e vende proteína de trigo e de soja. Segundo a DNA, houve erro na impressão do rótulo, e serão feitas as correções. Acredite se quiser.



      Presença de Cafeína

      Este critério de avaliação é risível, na nossa humilde opinião. A grande maioria dos musculadores toma suplementos estimulantes, os chamados pré-treino, cuja dose de cafeína por dose, comumente, chega a 600 miligramas. Apenas a título de exemplo, a dose recomendada de cafeína do suplemento termogênico Thermo Cuts Black da Absolute Nutrition é de 660 miligramas.

      O INMETRO reprovou as wheys da EAS, Pró-Professional Line, STN Steel Nutrition, Maxx Titanium e SportPharm por conterem menos de 2,61 miligramas de cafeína. Com todo respeito, isso parece piada. Ainda que se afirme que existem pessoas que não podem consumir cafeína, a quantidade da substância por dose é tão pequena que passa desapercebida pelo organismo.

      A quantidade mínima de cafeína nos suplementos pré-treino e termogênicos costuma ser superior a 100 miligramas, isto é, quantidade aproximadamente 40x superior à maior dose de cafeína encontrada nas wheys testadas. Logo, isso não deveria ser objeto de preocupação.

      O que pode deixar o consumidor com a pulga atrás da orelha é o motivo pelo qual há cafeína num suplemento de whey. Seria uma falta de isolamento adequado do processo produtivo na unidade fabril? Isso sim é preocupante, porque pode acarretar no acréscimo de impurezas no produto.





      Rotulagem Adequada

      Neste item foi avaliado se o suplemento alimentar apresentava no rótulo informações corretas sobre quantidade de calorias, proteínas, carboidratos, gorduras (totais, saturadas e trans), fibras e sódio.

      A maioria das wheys foi reprovada por haver "divergência de expressão de casas decimais". O laudo não é muito claro quanto ao tema, mas parece que, por exemplo, numa declaração que deveria ter sido feita em miligramas, por exemplo, as marcas apresentaram as quantidades medidas em gramas.

      Este é mais um parâmetro que nós consideramos secundário, burocrático e sem nenhuma razoabilidade para se reprovar um produto. A declaração por casas decimais diversas das determinadas pelo Sistema Internacional de Unidades não implica em declaração falsa e não prejudica o consumidor.

      A ausência de padronização, pode, apenas, dificultar a comparação entre as propriedades nutricionais dos produtos, mas está longe de tornar o produto fraudulento.

      Por este parâmetro foram aprovadas apenas as wheys das marcas Pró-Profissional Line (Probiótica), Solaris, Voxx e Met-Rx. Trata-se de mera divergência entre a unidade de medida declarada e a unidade de medida exigida pela normatização burocrática, o que pode ser facilmente solucionado pelas marcas.



      Conclusão: Aprovamos 12 de 15 Wheys Avaliadas

      Considerando os testes do INMETRO com as observações que fizemos nos tópicos anteriores, podemos afirmar que reprovamos apenas as wheys: Iso Whey Protein da Solaris (quantidade de proteína inferior à declarada) Whey Protein da Voxx (quantidade de proteína inferior à declarada) Whey Protein Glutamax da DNA (usa trigo e soja como matéria-prima) As demais aprovamos, por serem produtos hiperprotéicos que atendem às necessidades dos musculadores que buscam suplementar a alimentação com proteínas. Ignoramos quantidades absolutas mínimas a maior ou a menor de carboidratos, a mínima presença de cafeína e a distorção de casas decimais nos rótulos.
      Existe muito preconceito e inveja da sociedade em geral contra pessoas de físico vigoroso (pessoas malhadas, saradas, rasgadas, bombadas, fortes, musculosas, gostosas, etc), e esse preconceito acaba recaindo contra os suplementos alimentares (que alguns ainda chamam de bomba). A grande mídia bombardeia a suplementação alimentar, ao invés de trazer esclarecimentos e informações livres de números deturpados.
      Se você acha que a matéria veiculada pelo Fantástico com base no estudo do INMETRO é sensacionalista, e que a maioria das wheys avaliada deveria ter sido considerada adequada para o consumo, ao invés de ter sido reprovada, compartlhe esta matéria para esclarecer a questão na sua rede de contatos sociais.
      Fonte: Relatório Final Sobre a Análise de Suplementos Proteicos para Atletas - Whey Protein, Inmetro.
    • By Ricardo_trainer_iniciante
      Bom pessoal eu malho ha uns 03 anos, mas comecei a pegar firme mesmo, desde o Carnaval, desde la tomo Suplementos tais como Creatina, Whey, Malto e em Abril comprei um pote de Might One mas tomei só 1 pote
      tenho 1,85 67 Kg
      Oq vcs recomendariam axu que a Creatina + Malto + Whey esta bom??
      ou devo tomar algo preciso ganhar massa muscular e peso tbm, quem quiser ajudar ai eu agradeço
      Abs
      Ricardo
×
×
  • Create New...