Jump to content
Sign in to follow this  
Everton Santos

Anatomia do Tríceps Braquial

Rate this topic

Recommended Posts

Diante do exposto Everton, oque você sugere de exercícios em relação ao trabalho maior da cabeça longa, por exemplo, se eu trabalhar com o ombro em flexão tipo um triceps testa no cabo, a solicitação seria maior do que em um triceps pulley?

 

E no Pullover então, existe grande solicitação da porção longa do triceps.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Man, dá pra pensar na pré-ativação da cabeça longa do tríceps, que é quando trabalhamos com ela num ponto de alongamento, quanto maior o alongamento, maior o trabalho para tal cabeça.

 

Nesse caso o Testa é um bom exemplo, mas, o Francês por exemplo, vai fazer ele alongar mais ainda. E se analisarmos, o Coice acaba sendo um ótimo exercício também por exigir da cabeça longa do tríceps a sustentação da posição (com o cotovelo alto) fazendo com que ele atue também de forma isométrica.

 

E é normal mesmo vc sentir o tríceps quando faz um Pulldown ou Pullover, acho que só não dá pra dizer que há uma grande participação dele, pq o exercício tem Peitoral e Dorsal como primários.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • By Talles Sucesso
      Pegar a barra com as mãos em 90º com os cotovelos; Manter o tronco e quadril apoiados no banco; Firmar os pés no solo; Descer a barra até tocar na linha média do tórax; Estender os cotovelos, sem realizar o encaixe articular.
    • By Luan Viana
      Alinhar o punho ao cotovelo na abertura da pegada na barra; Descer a barra até tocar o peito na porção do terço inferior do externo; Empurrar até estender completamente os cotovelos, sem fazer o encaixe articular.
    • By Talles Sucesso
      Pegar a barra com abertura que considere o alinhamento dos punhos com os cotovelos no ângulo de 90º (formado entre braço e antebraço); Manter o tronco e quadril encostados no banco; Firmar os pés no solo; Descer a barra completamente até a linha média do tórax, com os cotovelos voltados para baixo; Estender completamente os cotovelos, sem fazer o encaixe articular.
    • By Luan Viana
      Alinhar os halteres ligeiramente mais abertos do que a linha dos ombros (os punhos devem estar alinhados com os cotovelos no ângulo de 90º); Manter o tronco e quadril encostados no banco (curvatura natural da coluna); Flexionar os cotovelos para baixo com o máximo de amplitude possível (descer os halteres além da linha do tronco) e na linha média do tórax; Estender os cotovelos ao máximo mantendo os halteres paralelos (sem encostar os halteres ao final e sem realizar o encaixe articular).
    • By Luan Viana
      Ajustar a pegada mais aberta (ênfase no peitoral) ou mais fechada (ênfase no tríceps) da máquina; Deixar as pernas flexionadas; Manter o tronco totalmente ereto; Descer mais do que 90º (usar a amplitude máxima possível); Subir sem fazer o encaixe articular.
×
×
  • Create New...