Jump to content
Sign in to follow this  
Mestre

Diminuição de Gordura e os Anabolizantes - parte 2

Rate this topic

Recommended Posts

Eu havia escrito alguns anos atrás, sobre a diminuição de gordura e os Anabolizantes, abaixo:

Segundo as informações e referências colocadas no texto que eu disse ter escrito alguns anos atrás, é possível sim que Anabolizantes ajudem a diminuição de gordura, mas as pessoas confundem tudo, e o fato da enxurrada de perguntas que venho recebendo dentro desse tema e respondendo, meu motivou a escrever isso.

Vou ser claro e objetivo. Não adianta uma pessoa com sobrepeso(muita gordura), ou uma que não está fazendo a dieta correta para haver diminuição de gordura, querer usar Anabolizantes para diminuir o percentual de gordura, pois ele não irá agir de forma mágica queimando a gordura.

No caso de uma pessoa com % de gordura baixo, que faz a dieta condizente com o objetivo, e isso dentro de um ciclo de Anabolizantes, e essa pessoa também faz exercícios que ajudem nessa diminuição do % de gordura. Essa pessoa irá ter possivelmente um bom resultado, que se originam principalmente da dieta correta(POIS É A DIETA QUE REGE TUDO), e se originam também dos exercícios adequados para propiciar isso, e os Anabolizantes também estariam dando uma ajuda, mas é sem dúvida oque menos estaria tendo impacto nessa diminuição do % de gordura.

Definição é um conjunto de várias coisas, e se a pessoa não tem massa muscular, não há oque definir.

Definição é um conjunto de massa muscular em um corpo com baixo percentual de gordura, e uma pessoa fazer um ciclo, com nível grande de sobrepeso, achando que o ciclo vai "troca gordura por músculo", simplesmente diminuindo a gordura e ganhando massa muscular, é pura ilusão.

Agora uma pessoa que tem um nível baixo de gordura, boa quantidade de massa muscular, e está fazendo uma dieta condizente com o objetivo de perda de gordura, tem uma rotina de exercícios e treino adequados e alia tudo isso à um ciclo de Anabolizantes, provavelmente essa pessoa sairá do processo com uma razoável definição muscular, e neste caso o Anabolizante vai sim ajudar. 

Acontece até em alguns casos desse, da pessoa ainda ter um leve e bem discreto acréscimo de massa muscular, ou podendo estar minimizando um possível catabolismo proteico que possa ter neste período dessa rotina, podendo também com isso, melhorar a densidade muscular, e essa é a realidade do uso de Anabolizantes ajudando em rotinas de diminuição de gordura.

Não fiquem criando ilusões em suas cabeças(por coincidência ou não essas ilusões ocorrem perto do Verão) de que a coisa é tão fácil, e claro também que variações do que eu disse acima podem ocorrer, por causa das individualidades físicas e predisposição de cada indivíduo.

Elaborado por Mestre fórum FISIculturismo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Assim como as pílulas "comedoras" de gordura, vendidas nesses programas de fofoca, dos shakes mágicos vendidos por essas empresas de marketing multinível as pessoas compram na verdade é a idéia de emagrecimento rápido. Ao longo de meses e anos acumulamos gordura no cormo fruto exclusivamente de uma alimentação ruim e pensamos em perder TODO o peso acumulado em anos em apenas alguns poucos meses, alguns diriam semanas. Tem produto que se vende como redutor de até 15 kg em 9 dias !

Degradamos a saúde do corpo por anos, e na hora de mudar, de pensar em ser saudável, pioramos tudo, ferramos ainda mais com o organismo na ilusão do emagrecimento rápido, sem que os hábitos mudem.

Percebam que me incluo no texto, porque em algum momento da minha vida sedentária eu tive os mesmos pensamentos que leio pro vezes aqui no fórum. Só alcancei meu objetivo quando mudei minhas atitudes em relação a ele.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Frutuoso disse:

Assim como as pílulas "comedoras" de gordura, vendidas nesses programas de fofoca, dos shakes mágicos vendidos por essas empresas de marketing multinível as pessoas compram na verdade é a idéia de emagrecimento rápido. Ao longo de meses e anos acumulamos gordura no cormo fruto exclusivamente de uma alimentação ruim e pensamos em perder TODO o peso acumulado em anos em apenas alguns poucos meses, alguns diriam semanas. Tem produto que se vende como redutor de até 15 kg em 9 dias !

Degradamos a saúde do corpo por anos, e na hora de mudar, de pensar em ser saudável, pioramos tudo, ferramos ainda mais com o organismo na ilusão do emagrecimento rápido, sem que os hábitos mudem.

Percebam que me incluo no texto, porque em algum momento da minha vida sedentária eu tive os mesmos pensamentos que leio pro vezes aqui no fórum. Só alcancei meu objetivo quando mudei minhas atitudes em relação a ele.

Muito positivo isso!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em Wednesday, November 11, 2015 at 10:31, Mestre disse:

Eu havia escrito alguns anos atras, sobre a diminuição de gordura e os Anabolizantes, abaixo:

Segundo as informações e referências colocadas no texto que eu disse ter escrito alguns anos atras, é possível sim que Anabolizantes ajudem a diminuição de gordura, mas as pessoas confundem tudo, e o fato da enxurrada de perguntas que venho recebendo dentro desse tema e respondendo, meu motivou a escrever isso.

Vou ser claro e objetivo. Não adianta uma pessoa com sobrepeso(muita gordura), ou uma que não está fazendo a dieta correta para haver diminuição de gordura, querer usar Anabolizantes para diminuir o percentual de gordura, pois ele não irá agir de forma mágica queimando a gordura.

No caso de uma pessoa com % de gordura baixo, que faz a dieta condizente com o objetivo, e isso dentro de um ciclo de Anabolizantes, e essa pessoa também faz exercícios que ajudem nessa diminuição do % de gordura. Essa pessoa irá ter possivelmente um bom resultado, que se originam principalmente da dieta correta(POIS É A DIETA QUE REGE TUDO), e se originam também dos exercícios adequados para propiciar isso, e os Anabolizantes também estariam dando uma ajuda, mas é sem dúvida oque menos estaria tendo impacto nessa diminuição do % de gordura.

Definição é um conjunto de várias coisas, e se a pessoa não tem massa muscular, não há oque definir.

Definição é um conjunto de massa muscular em um corpo com baixo percentual de gordura, e uma pessoa fazer um ciclo, com nível grande de sobrepeso, achando que o ciclo vai "troca gordura por músculo", simplesmente diminuindo a gordura e ganhando massa muscular, é pura ilusão.

Agora uma pessoa que tem um nível baixo de gordura, boa quantidade de massa muscular, e está fazendo uma dieta condizente com o objetivo de perda de gordura, tem uma rotina de exercícios e treino adequados e alia tudo isso à um ciclo de Anabolizantes, provavelmente essa pessoa sairá do processo com uma razoável definição muscular, e neste caso o Anabolizante vai sim ajudar. 

Acontece até em alguns casos desse, da pessoa ainda ter um leve e bem discreto acréscimo de massa muscular, ou podendo estar minimizando um possível catabolismo proteico que possa ter neste período dessa rotina, podendo também com isso, melhorar a densidade muscular, e essa é a realidade do uso de Anabolizantes ajudando em rotinas de diminuição de gordura.

Não fiquem criando ilusões em suas cabeças(por coincidência ou não essas ilusões ocorrem perto do Verão) de que a coisa é tão fácil, e claro também que variações do que eu disse acima podem ocorrer, por causa das individualidades físicas e predisposição de cada indivíduo.

Elaborado por Mestre fórum FISIculturismo

Bem esclarecedor o texto ...

Já  fiz um ciclo com stand ano passado , onde eu estava  bem firme na dieta , e treinando todos os dias com personalidade ...

Por conta da crise , sai de um dos meus empregos e deixei o meu personalidade :( isso me desistimulou  muito , e passei 6 meses na loucura de comer e ser turista na academia. Tem 3 meses que retomei tudo , mas tenho me sentido sem força e me falaram que o oxandrolona pode me ajudar. Em fim , comprei e vou começar na segunda agora.

Tenho 1,58 de altura e 55kg

Postei hj minha foto do estado atual, se vc poder dá  uma olhada  , pq a dúvida que me bate é  , será  que eu estou com percentual de gordura alto para isso? 

Cheguei a ficar com 54kg e percentual de gordura 11% e o que me deixou muito feliz no ciclo com stand foi a regidez  no músculo. .. durinha e sem celulite....

Agora a situação  não está tão boa , não faço  idéia de quanto esta meu percentual... 

Vou procurar um lugar aqui que faça só a avaliação no aparelho de impedâncio sem cobrar outras avaliações. ...pq aqui geralmente  o nutricionista cobra o pacote....aí é  florida....

Suplementos +academia+ capsulas = caro...caro...caro 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, MelMene disse:

Bem esclarecedor o texto ...

Já  fiz um ciclo com stand ano passado , onde eu estava  bem firme na dieta , e treinando todos os dias com personalidade ...

Por conta da crise , sai de um dos meus empregos e deixei o meu personalidade :( isso me desistimulou  muito , e passei 6 meses na loucura de comer e ser turista na academia. Tem 3 meses que retomei tudo , mas tenho me sentido sem força e me falaram que o oxandrolona pode me ajudar. Em fim , comprei e vou começar na segunda agora.

Tenho 1,58 de altura e 55kg

Postei hj minha foto do estado atual, se vc poder dá  uma olhada  , pq a dúvida que me bate é  , será  que eu estou com percentual de gordura alto para isso? 

Cheguei a ficar com 54kg e percentual de gordura 11% e o que me deixou muito feliz no ciclo com stand foi a regidez  no músculo. .. durinha e sem celulite....

Agora a situação  não está tão boa , não faço  idéia de quanto esta meu percentual... 

Vou procurar um lugar aqui que faça só a avaliação no aparelho de impedâncio sem cobrar outras avaliações. ...pq aqui geralmente  o nutricionista cobra o pacote....aí é  florida....

Suplementos +academia+ capsulas = caro...caro...caro 

 

Eu vi a sua foto atual no seu tópico.

Eu acho que é válido sim você fazer um ciclo, se bem que acho que com um pouco de paciência, daria para você voltar ao corpo que tinha antes, ou perto disso, naturalmente mesmo sem Anabolizantes.

Mas como você disse que já comprou, sabemos que você vai usar mesmo de qualquer maneira.

Só procure fazer com sua rotina geral, que é a alimentação, treino e descanso, o mesmo que você fazia antes, e que tinha te dado um bom corpo que você tinha que comenta no seu tópico, pois se um dieta você acertou na sua rotina geral de alimentação, treino e descanso e com isso conseguiu um dia um bom corpo, você não desaprendeu como fazer, e agora é só colocar em prática isso aliado ao ciclo, pois o ciclo apenas vai potencializar uma boa rotina geral de alimentação, treino e descanso que a pessoa já esteja fazendo.

abraços e boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Mestre disse:

Eu vi a sua foto atual no seu tópico.

Eu acho que é válido sim você fazer um ciclo, se bem que acho que com um pouco de paciência, daria para você voltar ao corpo que tinha antes, ou perto disso, naturalmente mesmo sem Anabolizantes.

Mas como você disse que já comprou, sabemos que você vai usar mesmo de qualquer maneira.

Só procure fazer com sua rotina geral, que é a alimentação, treino e descanso, o mesmo que você fazia antes, e que tinha te dado um bom corpo que você tinha que comenta no seu tópico, pois se um dieta você acertou na sua rotina geral de alimentação, treino e descanso e com isso conseguiu um dia um bom corpo, você não desaprendeu como fazer, e agora é só colocar em prática isso aliado ao ciclo, pois o ciclo apenas vai potencializar uma boa rotina geral de alimentação, treino e descanso que a pessoa já esteja fazendo.

abraços e boa sorte.

Sim .... me sinto iniciando do 0 .... mas vou fazer tudo novamente ....

Espero que seja mais rápido que antes kkkkkk ( tá  eu sei , "paciência ")

Vou me dedicar direitinho e ir postando por aqui....

Amanhã início o ciclo ...e vou postando por aqui.

Muito grata pela resposta ...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 10/04/2016 em 15:01, MelMene disse:

Sim .... me sinto iniciando do 0 .... mas vou fazer tudo novamente ....

Espero que seja mais rápido que antes kkkkkk ( tá  eu sei , "paciência ")

Vou me dedicar direitinho e ir postando por aqui....

Amanhã início o ciclo ...e vou postando por aqui.

Muito grata pela resposta ...

Se for relatar, cria um tópico na seção de relatos (https://fisiculturismo.com.br/forum/forum/39-relatos-de-ciclos/), pois é comum as pessoas fazerem seus relatos ali, e assim fica mais fácil dos colegas irem acompanhando.

abraços e boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • By Meg ryan
      Bom dia Pessoal, bora lá pra mais um projeto? Rsrs
      Finalizamos ontem 123 dias de muito aprendizado e esforço, aprendi a me alimentar, ser mais regrada, ter paciencia e principalmente, aprendi que o ser humano quando motivado é capaz de tudo. Agora darei um passo muito importante no meu projeto e gostaria muito que todos me acompanhassem, afinal, sem vocês aqui eu nada seria! Aqueles que estiveram comigo meu muito obrigada @Apollo Galeno @Joaninha @Mullm @Bravo Costa @Cih_Pandora @Locemar @Foston @VNS @ResilientSoul. Que possamos juntos finalizar esse novo projeto com muito sucesso e motivação SEMPRE
      Segue....

      Idade: 24 anos
      Altura: 1,69
      Peso: 64,5
      Medicações em uso (Anticoncepcional, antidepressivo,anti hipertensivo, etc...): NENHUM
      Problemas de Saúde e história de cirurgias:NENHUM
      Exames de sangue hormonais recentes OU que tiver recente= POSTE FOTOS (ABAIXO)
      Tempo de treino:4,5 ANOS ( com muitas pausas, treinos corretos apenas 6 meses)
      Ciclos FEITOS com dose e tempo:
      Ciclo PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo: 1 a 8 semanas = OXANDRO. 10 MG/DIA. 1 COMPRIMIDO 5mg NO INICIO DO SEU TREINO E OUTRO de 5mg AS 19hs. 
      Divisão de treino e horario do mesmo:(ABAIXO)
      Dieta com quantidade de proteina/carboidrato/gordura por dia:(ABAIXO)
      Dieta:
      JEJUM: 04:40(antes de treinar)
      ·         300 ml de água morna misturado com 2 colheres de sopa de vinagre de maça (beber misturado!) 
      ·         200 ML CAFÉ s/ açúcar
      ·         5mg de Ioimbina
      DURANTE O TREINO: 05:30
      ·         dose de Whey com 25g de proteína (veja quantos scoops precisa para dar 25g)
      ·         3g de creatina
      ·         20g de dextrose ou maltodextrina misturado em 1 litro de água  (ir tomando essa treta durante o treino)
      PÓS TREINO, DENTRO DA ACADEMIA: 06:30
      ·         1 Banana
      ·         1 Maçã
      CAFÉ DA MANHÃ: 07:00
      ·         OMELETE 3 OVOS
      ·         30 g de aveia
      ·         2 bolachas de arroz 
      LANCHE DA MANHÃ: 11:30
      ·         250 ml Chá de Hibisco aqui vc pode adoçar.
      ALMOÇO: 12:00
      ·         130 GR PATINHO MOIDO OU FRANGO
      ·          LEGUMES
      ·          50 g de grão de bico
      ·          100 G de batata da sua escolha ou mandioca
      ·          1 COLHER DE SOPA DE AZEITE EXTRA VIRGEM
      ·          2 azeitonas+ SALADA  VERDE (SEMPRE) 
      ·          200 ML CAFÉ s/ açúcar 
      ·         (+ vitamina D3 durante o almoço)
      LANCHE DA TARDE 01: 15:00
      ·         2 colheres de pasta de amendoim   
      ·         200 ML CAFÉ s/ açúcar 
      LANCHE DA TARDE 02: 17:00 
      ·         250 ml Chá de Hibisco gelado PURO sem adoçar com nada
      ·         5mg de Ioimbina
      JANTAR: 18:00
      ·         130 GR DE TILAPIA GRELHADA OU BOI OU FRANGO
      ·          SALADA  VERDE (SEMPRE) + 2 azeitonas 
      ·         100 G de batata da sua escolha ou mandioca 
      CEIA: 21:00
      ·         30 G DE MILHO E FAZER PIPOCA
      ·         3 OVOS  





    • By R.Ortolan
      Fala Galera, meu nome é Rafael S Ortolan, sou relativamente conhecido no Face, sou atleta DHT (Dudu Haluch), não sei se tem alguem aqui que me acompanha la, mas vamos para oque interessa...
      Meu primeiro forum que participei assim que comecei a treinar foi esse, e sempre me ajudaram muito quando preciseis (a uns 3 anos atras) por isso resolvi voltar, para pode "retribuir" toda ajuda que foi me dada no inicio, dividindo um pouco do meu conhecimento com vcs, e ajudar no que for possivel.

      Hoje vou falar um pouco do metodo de dieta Cetogenica (Keto), espero que tenha serventia para alguem, e qualquer duvida podem comentar, que assim que possivel responderei. Abraços fellas !

      Metodos de Dieta - Cetogenica (KETO)
       
      A Dieta cetogenica, é na maioria das vezes utilizada na fase que chamamos de Cutting (Fase onde o objetivo é definição), basicamente e resumidamente é uma dieta onde cortamos o Carboidrato e consumimos apenas Proteinas e Gordura.
      Nossa principal fonte de energia vem dos carboidratos, quando os cortamos, entramos em um estado chamado de cetose, onde o nosso metabolismo passa a utilizar gordura como principal fonte de energia inves da glicose, devido ao esvaziamento do estoque de glicogenio, pela falta de carboidratos.
      Geralmente quem adota essa estrategia de dieta, costuma consumir proteina "a vontade", em excesso, e ai esta o erro. Primeiro, pq quando o objetivo é perca de BF, vc deve ingerir menas calorias do que gasta diariamente, e abusando de proteina vc talvez nao consiga isso (lembre, prot e carbo ambos possuem 4kcals por gr), mas principalmente, é porque vcs esquecem que proteina consumida em altas quantidades, tbm se transforma em glicose, assim bloqueando os corpos cetonicos que sao responsaveis por todo o processo de cetose.
      O grande segredo em qualquer estrategia que vc adote, é controlar os picos de insulina, que na maioria das vezes sao os grandes responsaveis pelo acumulo de gordura, vc tem que se programar para fazer com que os maiores picos aconteçam nos horarios corretos. Quando se esta em cetose, fica muito mais facil para os controlar, pois o carboidrato principal causador destes picos, estará escasso.
      Outra vantagem tambem da cetose é aumentar sua lipolise durante os treinamentos, pois como citei, seu metabolismo ira usar sua gordura como fonte de energia.
      Existem varias especulaçoes sobre a "keto" relacionado a saúde, muitos medicos sao a favor e indicam a pacientes com epilepsia, obesidade e até cancer, pois veem grandes vantagens em tratamentos com ela (pincipalmente em tratamentos de epilepsia, pois estudos mostram que os corpos cetônicos e seus componentes tem efeito neuroprotetor para doenças neurológicas agudas e crônicas. Então, a dieta cetogênica pode ser útil no tratamento de uma variedade de desordens
      neurológicas), porem tambem tem aqueles que são totalmente contra, alegando que é uma dieta pobre e não supri todas nossas nescessidades de sobrevivencia.
      Mas se pararmos e resgatarmos um pouco a historia da nossa especie ainda no periodo paleolitico, o homem sobrevivia da caça, hortaliças, frutas, castanhas etc, mas o mais abundante era a caça (carne -> proteina), a sua principal fonte de energia era a proteina, se realmente fosse prejudicial a saude, talvez nossa especie nao tivesse sobrevivido a essa epoca, e nao estariamos aqui hoje.
      Mas como tudo relacionado a saude, devemos levar em conta a individualidade biologica de cada individuo, então, se forem testar prestem atenção como ira reagir, na primeira semana é comum dores de cabeça, estresse, nauseas etc, mas se permanecer esses sintomas por um tempo prolongado e nao se adaptar, nao tem por que insistir, até pq existem diverssos metodos de dietas diferentes, e tao eficaz quanto.
      Lembrando tambem, que quantidades até 40Gr de carbo/dia nao interfere na cetose, ou seja não precisa se preocupar com aquele misera quantidade de carbo que tomate contem por exemplo.
      Nosso corpo demora em media de 3 dias para entrar em estado de cetose, a cada 7 ou 10 dias, é permitido um "Refeed" com carboidratos, de preferencia carboidratos "limpos" como arroz, macarrão, batata etc.. mas comer um doce sem exageiro não ira te matar, pelo ao contrario, pode ser muito benéfico para seu bem estar mental.
      Abaixo deixo alguns alimentos permitidos na Keto e sugestões de refs, que vc pode utilizar e adaptar de acordo com seu objetivo.
      Ovos
      Presunto
      Queijo
      Salaminho
      Bacon
      Linguiça caseira
      Peixe
      Carne Bovina
      Carne Suina
      Frango
      Camarao
      Cenoura
      Chuchu
      Vagem
      Brocolis
      Tomate
      Saladas verdes
      Etc...
      Se ficou alguma duvida, por favor, deixe nos comentários, que assim que possível respondo.
      No meu perfil no face tem varios outros artigos de minha autoria, caso alguém se interesse.
      PS: Se me adicionarem, avisem inbox que são do forum, abraços.
    • By fisiculturismo
      O site r7 noticiou que a russa Aleksandra Rudenko, que tem apenas 24 anos de idade, estaria envelhecida e com cabelos brancos em razão do uso de esteroides anabolizantes. O site não indica quais drogas teriam sido utilizadas pela russa, limita-se a apresentar fotos de Aleksandra, conhecida por Sasha, com 23 anos, e fotos da atleta com 24 anos.
      No curto período de um ano, a atleta teria ficado com o rosto visivelmente envelhecido e com os cabelos brancos. Seriam mesmo os cabelos brancos efeito colateral dos esteroides em mulheres? Ou teria a atleta simplesmente pintado os cabelos? Não temos suporte científico para rejeitar ou confirmar a notícia, mas fica o alerta para as mulheres que pretendem fazer uso de esteroides anabolizantes.
      Quanto ao envelhecimento, parece não haver dúvida que o uso abusivo de esteroides anabólicos por mulheres prejudica a pele, deixando-a muito oleosa, além de aumentar o crescimento de pelos no rosto, provocando o efeito visual do envelhecimento. Visivelmente também há a masculinização do rosto, com alterações no nariz e orelhas, o que também contribui para o efeito visual de envelhecimento.
      Fontes:
      Destruída pelas bombas? Garota fica sarada e choca ao aparecer de cabelos brancos e envelhecida Aleksandra Rudenko
    • By Madilson Medeiros
      O uso de anabolizantes esteroides e comum
      O mundo da utilização de ergogênicos voltados para o aumento do rendimento esportivo, especialmente no fisiculturismo, é repleto de mitos e mistérios. Hoje é de conhecimento público que (a época da ingenuidade já acabou) estas substâncias são largamente utilizadas como meio de melhora da performance pelos atletas profissionais – prática essa que logo se espalhou pelos praticantes amadores e recreacionais.
      Podemos afirmar com propriedade que este tipo de utilização é lugar-comum na maioria dos esportes, porém muito mais flagrante e evidente nas modalidades onde ocorrem mudanças na composição corporal, como é o caso do nosso Bodybuilding, atletismo e da natação – desculpem, foi inevitável não lembrar da Gusmão (Rebeca) – que, inclusive agora treina powerlifting. Nada mais justo!
      Mitos no uso de esteroides anabolizantes
      De um modo geral, o uso destes recursos reserva conhecimentos apurados em bioquímica, metabolismo e bioenergética – muitas vezes inacessíveis para a maioria da população. Empirismo e método de “tentativa e erro” tem sido empregados pelos que se aventuram nesse campo sem a devida bagagem teórica. Em face desta situação, vários tipos de visões equivocadas costumam surgir. Mitos são criados, falsas idéias e conceitos errôneos aparecem.
      Esteroides para ganhar massa muscular e esteroides para definição?
      Em relação ao uso de anabolizantes esteroides, há uma série destas lendas. Uma delas é a de que existem drogas que são próprias para definição e outras específicas para volume muscular. Você, a esta altura, deve estar pensando: “Mas isso realmente acontece! Ou não?” A resposta é: SIM, isto de fato ocorre, porém o erro reside em dizer que exista um esteroide anabólico exclusivamente formulado para “definir”, enquanto outro foi criado apenas para incrementar a musculatura. Na verdade, as coisas não funcionam assim e é sobre isto que discutiremos a seguir.
      Há algumas semanas atrás, recebi uma mensagem de e-mail no qual um leitor de meu blog, cheio de dúvidas a respeito de sua preparação, me perguntou se poderia chegar a um bom nível de definição muscular sem o uso do AAE Winstrol (Estanozolol). Muito provavelmente, a dúvida deste leitor representa um dos maiores mitos em relação ao estanozolol.
      Este fármaco, notoriamente, tem uma excelente reputação neste quesito, porém há certa confusão em relação aos seus efeitos no que diz respeito à mudança da composição corporal. Muitas pessoas atribuem um físico bem definido e com baixo percentual de gordura ao uso desta substância – “quantas ampolas de Winstrol você tomou para ficar rasgado assim?” – e esta idéia tem sido bastante disseminada pela grande maioria dos usuários deste tipo de recurso.
      Por um lado, é uma meia-verdade, já que o estanozolol realmente produz efeitos muito interessantes em relação à definição, porém isto não quer dizer que ela seja necessariamente produto de sua utilização.
      Todos os esteroides tem a finalidade de aumentar a síntese protéica
      Na realidade, os anabólicos esteroides, de um modo geral, não visam proporcionar máxima definição! TODOS, SEM EXCEÇÃO, foram desenvolvidos para favorecer o anabolismo através do aumento da síntese protéica. Alguns tipos, como a oximetolona, foram desenvolvidos não somente com este propósito, mas também aumentar a produção de hemácias nos quadros de anemia, por exemplo.
      Seu uso terapêutico se destina a vários estados de convalescença, como os observados nos traumas pós-operatórios, nos tratamentos de AIDS, leucemia, caquexias, queimaduras graves e extensas, hipogonadismos, castrações etc. Paralelamente, estas drogas influem também no metabolismo das gorduras, facilitando a lipólise (queima), especialmente pela diminuição da secreção insulínica, aumento da receptividade dos tecidos à glicose e diminuição da expressão de uma enzima denominada Lipoproteína Lipase (LLP).
      Diferença entre os esteroides: maior ou menor aromatização (retenção hídrica e acúmulo de gordura corporal)
      A grande diferença entre esses compostos é que alguns (todos são derivados do hormônio testosterona) tem uma probabilidade menor de conversão em ESTROGÊNIO. Portanto, os mais androgênicos (ésteres de testosterona, metandrostenolona, metandriol etc.) são mais passivos de causar retenção hídrica e aumento de gordura de padrão ginóide, enquanto com outros (conhecidos como anabólicos) não acontece o mesmo. Por quê?
      Ora, eles convertem mais facilmente em estrogênio – hormônio feminino – e este é que causa aumento de água e gordura subcutâneas, prejudicando a definição. Existem diversas enzimas que mediam outros tipos de conversão, porém algumas reações são mais fáceis de acontecer, enquanto outras são mais difíceis e outras até irreversíveis.
      Por exemplo, a conversão que leva testosterona até a formação de 5α ou 5β DHT (metabólito responsável por vários efeitos colaterais adversos), pode levar à formação de 5α ou 5β androstanadiol, que por sua vez, pode formar androsterona ou etiocolanona (duas substâncias muito utilizadas em fórmulas de pró-hormonais).
      Este é uma via enzimática de mão única, ou seja, irreversível. Como a testosterona pode formar DHT ou estradiol (também uma via irreversível), estas reações não se desfazem. É por essa razão que o estanozolol dificilmente levará a conversão em estradiol, pois é derivado do DHT e não apresenta possibilidade de retornar à sua forma original - a testosterona, esta sim, passiva formar estradiol.
      Estrógenos causam aumento de gordura corporal
      Testosterona em si não causa aumento de gordura corporal e retenção hídrica (pelo menos, não diretamente), quem provoca isso são os estrógenos produzidos pelo excesso deste hormônio. Por esta razão é que culturistas utilizam inibidores e bloqueadores de aromatase (enzima responsável pela conversão de testosterona em estradiol).
      Graças a essa confusão, muitos praticantes acham que o estanozolol e outros fármacos semelhantes (drostanolona, metenolona, boldenona, trembolona etc.) irão definir seu físico facilmente. Imaginemos um gordinho que utilize uma destas substâncias e continue com a ingestão calórica alta, comendo à vontade... Certamente se tornará um gordinho com um pouco a mais de músculos, porém ainda gordinho.
      Então, por qual razão é consenso utilizar este tipo de anabólicos em fase de definição muscular? A resposta é muito simples, inclusive é uma repetição do que já mencionamos acima. Estas drogas tendem a reter menos líquido e são propícias para esta fase.
      Mas lembre-se, isso não é regra geral. Existem alguns culturistas que utilizam drogas altamente androgênicas mesmo em períodos de preparação. A diferença é que ter de se lançar mão de mais recursos a fim de evitar retenção hídrica do que em uso de drogas menos androgênicas.
      Ambiente calórico
      Outro ponto importante é o AMBIENTE CALÓRICO em o atleta se encontra. Costumo dizer, nas rodas de conversa com os colegas, que é preferível utilizar substâncias anabólicas em situações de restrição calórica severa, como as que ocorrem em dietas pré-competição. Ocorre que, neste caso, há uma tendência em utilizar músculos como fonte energética – a temida neoglicogênese – e por esta razão o catabolismo é iminente.
      Neste contexto, o anabólico entra com a função de preservar (e na melhor das hipóteses, até aumentar) a massa magra obtida a tão duras penas. Não é por acaso que muitos estudiosos atribuem os ganhos proporcionados pelos AAEs muito mais pela sua capacidade anti-catabólica do que propriamente anabólica.
      Para se chegar a níveis extremos de definição muscular – e ainda assim, preservar massa magra – é fundamental que exista todo um contexto voltado a este propósito: dieta e treinamento específicos, sob adequadas condições metabólicas.
      Drogas para perda de gordura
      Entretanto, uma vez que afirmamos que os AAEs não são estritamente responsáveis pela definição muscular, também é importante ressaltar que existem drogas que são, por outro lado, de uso específico para perda de gordura e aumento da definição. Estas drogas, como os AAEs, não foram criadas para este fim, mas proporcionam um real efeito de queima de gordura e (ou) diminuição do percentual hídrico.
      É o caso de substâncias como os β-agonistas, hormônios tiroidianos, anfetaminas, diuréticos etc. Evidentemente, esta é uma situação de risco-benefício, considerando os perigos quanto à sua utilização.
      De qualquer maneira, a recomendação é que não se faça uso de substâncias ilícitas não simplesmente pelo fato de serem proibidas pela legislação anti-doping. O principal motivo pelo qual é necessário extremo cuidado na manipulação e administração destes recursos consiste na preservação da saúde, já que seu uso é restrito aos portadores de patologias.
      Poucos estudos científicos
      Os estudos conduzidos com estas substâncias são empregados no campo terapêutico e sua administração obedece à conduta condizente de cada caso. A utilização para aumento do rendimento atlético ainda é obscura, embora saibamos que existem, ao redor do mundo, experts que dominam o assunto. Fora deste cenário, pode-se dizer que o conhecimento necessário para lidar com tais recursos é totalmente underground.
      Conclusão
      Embora o uso de AAEs e outras substâncias otimizadoras do desempenho seja arriscado para a saúde, não podemos tapar o sol com uma peneira e simplesmente fingir que tal prática não aconteça. Seria extremamente leviano de nossa parte. Tampouco devemos fazer apologia ao uso destes recursos.
      Todavia, ao nos omitirmos quanto a divulgação de informação séria e verdadeira, teremos alguma responsabilidade quanto aos absurdos que usualmente acontecem. Neste caso, informar é melhor que proibir.
    • By fisiculturismo
      Em matéria publicada na revista FLEX, de dezembro de 2008, Joe Wuebben traz as oito maiores tolices de uma dieta e, ao mesmo tempo, explica como não cometê-las e o jeito correto de manter a boa forma.
      1º erro => ser sovina no café da manhã
      Comer pouco no café-da-manhã pode colocar o seu organismo em estado catabólico, o que causa a perda de massa muscular, retarda o metabolismo e impede a queima de gordura. Chris Aceto, autor do livro Championship Bodybuilding and Everything You Need to Know about Fat Loss, ensina que, com a baixa taxa de açúcar no sangue aliada à falta de proteínas recentemente digeridas, o corpo parece entrar num estado catabólico, no qual os músculos são mais queimados do que construídos. Aceto aconselha a comer grande quantidade de carboidratos pela manhã, o que aumenta o nível de açúcar na corrente sanguínea, aliviando, assim, a carga sobre as proteínas e a massa muscular.
      Veja-se que, quando se está dormindo, a condição de jejum faz com que o organismo, à procura de energia, recorra aos músculos. O ideal, segundo o artigo, é começar o dia com 80 ou 100g de carboidratos – os de rápida digestão irão imediatamente para o sangue e aqueles que são digeridos lentamente darão energia para passar o dia – e de 30 a 50g de proteínas.
      2º erro => ingerir pouca proteína
      Chega a ser ofensivo acreditar que é excessivo comer mais de 200g de proteína por dia. Aceto explica que “a proteína é igual a um reparador de danos – quando se vai para a academia, mesmo sendo um iniciante, a fibra muscular é danificada e o ingrediente primário para a sua reconstrução é a proteína”.
      A indicação da FLEX é de que o consumo de proteína precisa ser de, no mínimo, 1g por cada 1kg de nosso peso corporal todos os dias. Para hardgainers, a proporção deve ser de 1,5g a cada 1kg, por isso, a maioria dos fisiculturistas consomem, diariamente, shakes de proteína.
      3º erro => exagerar no carboidratos simples
      Wuebben clareia que a escolha dos tipos de carboidratos deve ser feita com atenção, pois, a ingestão de muitos carboidratos simples pode resultar no aumento da gordura corpórea. A melhor opção é comer carboidratos de digestão lenta, tais como inhame, batata-doce, aveia e pães integrais. Já o consumo de carboidratos simples – pão branco, doces, açúcares – deve ser mínimo, exceto, é claro, imediatamente após o treino, quando é aconselhável ingerir entre 40 e 100g de carboidratos de rápida absorção, a fim de iniciar-se a reconstrução muscular.
      4º erro => não balancear as refeições
      Em toda refeição, é preferível que a quantidade de proteínas esteja em equilíbrio com a de carboidratos, porque, consoante pontua Aceto, um prato constituído de carboidratos excessivos trará picos de açúcar no sangue, a diminuição de energia e barreiras à queima de gordura. De outro lado, quando a proteína encontra-se presente em grande número e ausentes são os carboidratos (por exemplo, tomar somente whey protein após a malhação), os aminoácidos não serão efetivamente absorvidos pelos músculos devido à carência de insulina.
      A recomendação é de que a porção de proteína seja exatamente igual a de carboidrato, um para um (1:1), com uma moderada combinação de gordura saudável. Todavia, Chris diz que “se você tem o metabolismo acelerado, sinta-se à vontade para comer mais carboidratos”.
      5º erro => eliminar as gorduras 
      É uma questão de lógica, comer gordura pode deixá-lo gordo, mas proteína e carboidrato em excesso também, logo, batatas fritas estão fora de cogitação e a boa gordura deve ser abraçada. Alimentos como ovos, salmão, carne vermelha magra e azeite de oliva são providos de “blocos de construção” para os hormônios que regulam o crescimento e a queima de gordura.
      É um erro eliminar por completo a gordura de uma dieta, pois o organismo está contantemente procurando gordura sadia, necessária à facilitação das mudanças positivas.
      A FLEX indica o consumo de uma a três gemas de ovos por dia, de carne magra uma vez ao dia – a gordura saturada encontrada num bife elevará o nível de testosterona –, de óleo de oliva em saladas, de nozes, amêndoas e amendoins. Em resumo, de 15 a 30% dos nutrientes diários devem ser provenientes da gordura saudável.
      6º erro => indisciplina 
      O fisiculturismo não é loteria; até mesmo aqueles que são agraciados geneticamente (Ronnie Coleman, Jay Cutler, Arnol Schwarzenegger) não moldaram seus físicos da noite para o dia. Isso leva tempo e, mais do que qualquer coisa, disciplina. Chris Aceto ensina que “você tem que ser disciplinado e comer corretamente todos os dias para atingir os seus objetivos e, assim, a seu tempo, o sucesso chegará”.
      7º erro => comer muito antes de dormir
      É fato que o metabolismo torna-se mais lento à noite, já que durante o dia, as pessoas são mais ativas. E, em função disso, as calorias consumidas ao final do dia ficam propensas a serem armazenadas em forma de gordura – o que acontece verdadeira e intensamente com os carboidratos.
      Isso não significa que tem-se de pular a última refeição, é só se manter longe dos carboidratos antes de ir para a cama. O ideal, de acordo com Joe, é ingerir de 20 a 40g da proteína caseína (de lenta disgestão), provendo aos músculos um afluxo constante de aminoácidos durante o sono, o que manterá o anabolismo, não o catabolismo.
      8º erro => não ter objetivo
      Em qualquer coisa que se faça, primeiramente deve-se delinear, jamais vagamente, uma meta. O objetivo precisa ser tangível, específico, claro. Com dietas não é diferente. Apenas dizer que quer ficar grande e enxuto não basta; requer-se uma dieta nutricional diferenciada. Por que os fisiculturistas devem seguir dietas diferentes antes de uma competição e fora de temporada?
      Não adianta fixar um objetivo de ganhar 10kg de massa muscular e comer como um passarinho. Você deve comer proteínas suficientes e fazer as outras coisas necessárias ao ganho de músculos, incluindo a quantia certa de carboidratos e gorduras, bem como de suplementos alimentares.
      FONTE do artigo: Revista FLEX de dezembro de 2008
×
×
  • Create New...