Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Ração para cão no lugar de whey protein!!


 Compartilhar

Post Destacado

  • 2 semanas depois...

kkkkkkkkkkk Essa é nova, nunca tinha visto. Investe em frango e ovos mano. Ração não eras, nem pros cachorros faz bem as vezes, imagina pra nós. Divida suas refeições de 3 em 3 horas, whey é complemento, se você não tem como comprar compre albumina ou ovo, frango, sardinha.

Conte mais sobre os resultados jsoajoa Fiquei curioso agora.

O que vai ter de gente comprando ração agora osjaojsoa

Abraço! 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu quando era mais novo e não tinha consciência roubava algumas do meu cão, mas em quantidades minúsculas em relação ao que você ingere.

Eu vivia com problemas intestinais, talvez por não ter resistência até na época, mas mesmo assim muito arriscado não estudar de onde está vindo e qual a própria "qualidade" desse "controle" que você diz ter na ração.

Talvez é aprovada para animais, mas e pra você?!

Eu sou meio cachorrão, mas não nesse sentido UHAHUHUAHUA

Desculpa a piadinha sem graça, mas interessei mano... Posta mais sobre a sua "dieta" mutcho louca e também seu treino, vamos analisar essa "massa magra" que você está ganhando, o que acha?


Abraço!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 semanas depois...
  • 4 semanas depois...
  • Administrador

Ração para cachorro foi desenvolvida para as necessidades nutricionais dos animais, considerando o seu organismo, principalmente o trato digestivo.

Certamente que a Whey Protein, carne vermelha, carne de frango, carne de peixes e ovos são a melhor opção para sua dieta. 

Encontramos uma matéria interessante sobre o tema:

Citar

Nutricionista come ração de cachorro para denunciar má alimentação nos EUA

Para denunciar a baixa qualidade da alimentação nos Estados Unidos, o nutricionista americano Mike Konowalski vai passar o mês de janeiro comendo apenas ração para cachorro. "Acho que a comida de cachorro que estou comendo agora é mais saudável do que a alimentação que tive no ano passado", afirmou Konowalski, de 32 e pai de dois filhos, em uma entrevista a um canal de televisão dos EUA. 

Konowalski, que mora em Las Vegas, no estado americano de Nevada, já havia realizado anteriormente uma dieta que consistia unicamente em comer todo tipo de fast-food sem se preocupar com seus ingredientes. O nutricionista de origem polonesa mantém um blog no sobre suas experiências com alimentação e pretende realizar um documentário sobre o tema, intitulado The Choice Project.

"Para ilustrar meu argumento e mostrar o que ocorre com o corpo e a mente humana (com este tipo de dieta), decidi servir como exemplo com a esperança de motivar as pessoas a mudarem seus hábitos de uma vez por todas", afirma em seu blog. Também está escrito na página: "viva saudavelmente ou morra gordo".

Atualmente, o menu do nutricionista consiste em bolachas e comida enlatada para cachorros. Os médicos advertiram Konowalski de que sua dieta poderia ocasionar problemas intestinais, mas descartam que possam surgir transtornos graves. Além disso, Konowalski tenta convencer o público de que não existem métodos mágicos para perder peso e que a solução passa por uma mudança de estilo de vida. "Os que riem de mim deveriam olhar para si mesmos e ver que eles são o que comem diariamente", afirmou.

O nutricionista rejeita os paralelismos com o documentário Super Size Me - A Dieta do Palhaço de 2004, em que Morgan Spurlock passou um mês comendo alimentos da rede de fast-food McDonald's para mostrar seus efeitos sobre o corpo humano. De acordo com Konowalski, Super Size Me erra ao culpar terceiros por nossos hábitos alimentares. "Nossa alimentação é uma coisa pessoal, e normalmente não escolhemos as comidas mais saudáveis", disse.

A obesidade é um problema de saúde pública nos EUA. O número de estados com mais de 30% de pessoas obesas triplicou em dois anos, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). O estudo mais recente mostra um aumento de 1,1% da população adulta obesa nos Estados Unidos (o que equivale a 2,4 milhões de pessoas) entre 2007 e 2009. De acordo a CDC, a despesa médica de uma pessoa obesa é de US$ 1,429 mil a mais ao ano do que a de uma pessoa com peso normal.

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI203217-15257,00.html

Já houve uma discussão como esta em nosso fórum:

Qual é a sua opinião @Dra. Elissa Amaral da Cunha?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 4 semanas depois...

Deus do céu, eu morro e não vejo tudo, em anos de fóruns eu pensava que já tinha visto muita bobagem, mas dieta a base de ração pra cachorro está entre as piores que já li.

 

O trato intestinal do cara vai pro saco, pode escrever, outra, a qualidade das 160gr de proteína que ele acha que ingere é uma "beleza" ....

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 semanas depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta 100% gratuita!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
 Compartilhar

×
×
  • Criar novo...