Ir para conteúdo

Ciclo Deposteron+Boldenona+Dianabol: não vou usar HCG! Anastrozol intra-ciclo?

Avalie este tópico:


Post Destacado

Em 05/05/2016 at 22:51, Mestre disse:

Eu colocaria esse Dianabol no final, e não no começo.

Como eu já havia dito, eu não colocaria o Dianabol no começo assim.

Em 05/05/2016 at 22:51, Mestre disse:

Dependendo do caso, eu creio que somente o Deposteron e o Dianabol já dariam ótimos resultados, e digo isso, pois já vi acontecer. E isso acontece, em casos onde a pessoa se esforça bastante em fazer a rotina geral que é alimentação, treino e descanso nota 10.

Outra coisa que eu havia comentado, e que continuo com a minha opinião, é que talvez apenas 2 Anabolizantes já dariam ótimos ganhos (1 só talvez já desse), e você agora ouvindo outras opiniões, já está elevando para 4 Anabolizantes, e pensando em Primobolan também junto.

Eu sinceramente acho que nesse meio tempo, você devia ter parado para pensar no mais importante, que é a rotina de treino e alimentação, e procurado montar a dieta. Pois se a dieta não for boa, de nada adianta tudo isso.

Uma pessoa que vai colocar o Anastrozol no ciclo, e cita que vai incluir outro Anabolizante para ajudar a "controlar a retenção" ouvindo conselhos de outras pessoas, pode parecer como um pretexto para incluir mais um Anabolizante na rotina, visto que o Anastrozol é muito capaz de controlar a retenção.

Outra coisa, é que quando se faz um ciclo bruto para ganho de volume, como parece ser o seu caso, onde no início da postagem você disse isso, o controle da retenção nem deveria ser uma preocupação muito grande. Mas se for uma preocupação, bem como a ginecomastia também for, concentre-se no Anastrozol que já pode cumprir essa função, e o ideal, seria durante o ciclo monitorar os níveis de Estrogênio com exames para ver se toma, ou como se toma o Anastrozol, pois assim acaba dando para avaliar melhor o uso do Anastrozol durante o ciclo.

No início você disse também, que fez um ciclo antes que não deu bem certo.

Geralmente pelo que vejo, quando um ciclo não dá certo na maioria das vezes, é porque algo na rotina geral como, alimentação, treino, descanso e disciplina não foram boas, pois já vi resultados ótimos com o uso apenas de Deposteron aliado a uma rotina geral de 100%. Portanto, não é a quantidade de Anabolizantes colocados no ciclo que vão ditar o resultado, e mesmo usando 4 Anabolizantes agora, se o seu erro anterior foi a rotina geral, e você nesse ciclo de agora não acertar isso, o seu resultado pode ser ruim do mesmo jeito.

Portanto dedique um tempo para planejar seu treino e montar sua dieta, e não fique tão ligado e preocupado apenas com a quantidade de Anabolizantes e a estrutura do ciclo.

Espero que aproveite bem esse seu período de férias, e desejo a você bons treinos e um bom resultado.

forte abraço colega.

ou para curtir

Link para o post
Compartilhar em outros sites

9 horas atrás, Mestre disse:

Como eu já havia dito, eu não colocaria o Dianabol no começo assim.

Outra coisa que eu havia comentado, e que continuo com a minha opinião, é que talvez apenas 2 Anabolizantes já dariam ótimos ganhos (1 só talvez já desse), e você agora ouvindo outras opiniões, já está elevando para 4 Anabolizantes, e pensando em Primobolan também junto.

Eu sinceramente acho que nesse meio tempo, você devia ter parado para pensar no mais importante, que é a rotina de treino e alimentação, e procurado montar a dieta. Pois se a dieta não for boa, de nada adianta tudo isso.

Uma pessoa que vai colocar o Anastrozol no ciclo, e cita que vai incluir outro Anabolizante para ajudar a "controlar a retenção" ouvindo conselhos de outras pessoas, pode parecer como um pretexto para incluir mais um Anabolizante na rotina, visto que o Anastrozol é muito capaz de controlar a retenção.

Outra coisa, é que quando se faz um ciclo bruto para ganho de volume, como parece ser o seu caso, onde no início da postagem você disse isso, o controle da retenção nem deveria ser uma preocupação muito grande. Mas se for uma preocupação, bem como a ginecomastia também for, concentre-se no Anastrozol que já pode cumprir essa função, e o ideal, seria durante o ciclo monitorar os níveis de Estrogênio com exames para ver se toma, ou como se toma o Anastrozol, pois assim acaba dando para avaliar melhor o uso do Anastrozol durante o ciclo.

No início você disse também, que fez um ciclo antes que não deu bem certo.

Geralmente pelo que vejo, quando um ciclo não dá certo na maioria das vezes, é porque algo na rotina geral como, alimentação, treino, descanso e disciplina não foram boas, pois já vi resultados ótimos com o uso apenas de Deposteron aliado a uma rotina geral de 100%. Portanto, não é a quantidade de Anabolizantes colocados no ciclo que vão ditar o resultado, e mesmo usando 4 Anabolizantes agora, se o seu erro anterior foi a rotina geral, e você nesse ciclo de agora não acertar isso, o seu resultado pode ser ruim do mesmo jeito.

Portanto dedique um tempo para planejar seu treino e montar sua dieta, e não fique tão ligado e preocupado apenas com a quantidade de Anabolizantes e a estrutura do ciclo.

Espero que aproveite bem esse seu período de férias, e desejo a você bons treinos e um bom resultado.

forte abraço colega.

Falou tudo mestre, por isso quer aproveitar as férias para me dedicar 100% aos treinos, alimentação e descanso!

entao as minhas duvidas:

1 O HCG 3-8 250ui a cada três dias vc acha q está na ideia??

2 Deixando o Dianabol para o final do ciclo, em que dosagens eu incluo ele??

3 A TPC, 1-14 40mg de tamox, 15-30 20mg de tamox e 50mg de proviron todos os dias!

agradeco a cooperação 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, ChoqueanoSR disse:

Falou tudo mestre, por isso quer aproveitar as férias para me dedicar 100% aos treinos, alimentação e descanso!

entao as minhas duvidas:

1 O HCG 3-8 250ui a cada três dias vc acha q está na ideia??

2 Deixando o Dianabol para o final do ciclo, em que dosagens eu incluo ele??

3 A TPC, 1-14 40mg de tamox, 15-30 20mg de tamox e 50mg de proviron todos os dias!

agradeco a cooperação 

Eu não sou muito de citar protocolos, pois no caso da TPC, vemos protocolos diferentes e com metodologia diversas até mesmo por parte dos especialistas.

Com relação ao Dianabol, vou citar o que existe de dosagem para o publico masculino, e que é parte integrante de um obra conceituada do famoso escritor William Llewellyn, onde ele coloca doses efetivas de Dianabol em cerca de 10mg a 30mg, mas já vi casos de homem ao longo dos anos de observação chegando com suas doses até 50mg.

abraços colega e boa sorte.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
  • Conteúdo similar

    • Por Joaninha
      Breve Relato Feminino
       
      Olá gente, resolvi abrir esse tópico para expor um pouco do que já passei e vivenciei , e para , de vez em quando relatar o que estou fazendo. O intuito é fornecer informações, e expor um pouco do que tenho feito. 
      A troca de informações é sempre um presente. Relatos femininos sobre algumas drogas ainda são um pouco escassos então, espero que de alguma forma isso seja útil para algumas. 
      Tenho 3 relatos ainda ativos no fórum, e muito ricos em detalhes. Tentei fazer algo completo como nunca tinha visto em nenhum outro forum.
      Resumo:

      Já tive experiência com : 

      -Boldenona ( king ,gold, farmacia, advanced labs) - King e Gold Labs foram duvidosas,e eu acredito que continham testo dentro de sua formulação,  resultados suspeitos, via sintomas e exames.  É possivel que ao realizar um exame de testosterona via quimioluminescencia, haja uma reação cruzada ( aumento de testo sendo causado pelo uso da boldenona), porém o % aceitável é muito pequeno, se não me engano, de cerca de 9% . Bold traz um resultado muito bom em termos de qualidade, densidade, abre o apetite, alguns reclamam que seja muito fraca. Talvez ela seja apenas mal compreendida.

      -Testosterona: propionato,enantato e cipionato da lander. Foram boas experiencias. A maioria das mulheres vai adorar usar testosterona.. ganhamos libido, coragem, uma personalidade mais marcante, as vezes ficamos mais apáticas.. A sensação é boa, porém , é necessário frisar que em algumas, há o desenvolvimento de uma dependência psicológica, e com o tempo podem surgir colaterais indesejados: novos pelos em locais indesejados, a textura da pele pode mudar,  é possível também que haja modifições na distribuição de gordura corporal e do formato do corpo.. superiores maiores, cinturas mais largas. É importante estar atento e prestar atenção aos sintomas e efeitos que vão surgindo ao longo do tempo.
      Como já usei os três ésteres , notei algumas diferenças entre eles: 
      Enantato seria o mais agressivo, mais explosivo(apesar de sua meia vida longa, em apenas um dia já é possivel notá-lo). Propionato ficaria em segundo lugar, e cipionato foi o mais tranquilo, e com certeza demoro mais para sentir os seus efeitos.

      - Nandrolona: Lander (DECA) e NPP(Advanceds). A nandrolona possui vários estudos realizados em mulheres, e é utilizada em tratamentos médicos em mulheres com osteoporose, por exemplo. Entretanto, isso não anula seus possíveis efeitos colaterais, mesmo quando utilizada em doses relativamente baixas(abaixo de 50mg por semana). E apesar de ser considerada relativamete segura, é uma das drogas mais virilizantes para mulheres. Vale lembrar que os colaterais, além de dose, também são tempo dependentes. Na prática, os colaterais mais comuns são o crescimento de mais pelos, acne, principalmente no colo e nas costas, aumento da oleosidade, garganta mais irritada e sensação de engrossamento da voz, e irritabilidade. 
      ***Deca ou NPP? Embora na literatura vocês sempre encontrem que se trata da mesma substância, e que apenas a meia vida seja outra, na prática não é bem assim. Muitas pessoas , inclusive eu,  preferem o NPP e costumam relatar menos efeitos colaterais ( sem inchaço, bem menos acne, sem modificações na voz, apenas o crescimento de pelos acho que foi o mesmo. No quesito força, também foi bem melhor).

       -Turinabol: Droga de difícil aquisição, "prima" da diana, porém com bem menos efeitos colaterais. Utilizei de dois laboratórios: black eagle(bel pharma) , e advanceds labs. Em ambos, achei o resultado excelente em termos de performance , disposição, foco, força, pump. Doses de no maximo 10mg são bem toleradas. Não notei efeito colateral nesta dose.

      - Oximetolona: Bom, ainda estou em uso então não posso dar um veredito final ainda. Porém, é uma bela adição , é possivel notar um aumento na força, disposição,musculos mais cheios. Muito poucos efeitos colaterais, quase nulos, boa adição em termos de volume e força. Doses costumam ficar entre 12.5 e 25mg , e seu uso pode ser feito em tomadas diarias, ou apenas em horários pre-treino. 
      Até então só posso falar com propriedade sobre essas.
       Por incrível que pareça, só tive uma experiência com oxan manipulada anos atrás, e acabei não tendo resultado significativo, talvez por não ser um produto confiável(fonte duvidosa). Geralmente vejo bons resultados nas meninas que usam entre 5-10mg de oxan da landerlan. Apenas alerto as que tiverem predisposição a queda de cabelo, pois, pode ser uma experiencia não muito agradável.
      Também há outro ponto importante: Geralmente procuramos drogas para ter ganhos de massa magra. Porém, com o tempo , você acaba descobrindo que , na verdade, o principal incremento das drogas aparece no treino. Elas ajudam sim, caso sua dieta seja permissiva, entretanto o principal efeito se dá no rendimento e na recuperação após as sessões de musculação.

      ATUALMENTE:
      Meu interesse é apenas ganhar volume em membros inferiores. Aumentei muito o volume de treino de gluteos, pernas e panturrilha. Concilio isso com algumas dores, mas sempre dou meu melhor. Meu foco sempre é em como melhorar meu treino. Isso me traz o resultado estético que busco. Mas, ainda há uma longa estrada pela frente. 
      Dieta: Estou controlando meu peso semanalmente, e controlo as kcal que ingiro atraves dele, e do espelho também. Como o de sempre : ovos, pão, frutas, iogurte, arroz, carnes, nuts, azeite, aveia... 
      Treino: Gluteo 3x por semana, quadriceps 1x, posterior 2x .. ombros e peito 2x por semana.  Mais isolados, menos compostos... periodizando.
      Aditivos: hemogenim (25mg nos dias de treino) acabando, e agora, enantato de trembo ( 16mg por semana). comecei agora e Estou fazendo uns testes. Por enquanto tudo está indo bem. Estou esperando mais um pouco antes de falar sobre minha experiência com a trembo, porém posso adiantar que me sinto um pouco mais nervosa e mais paranóica. Presumo que os colaterais neurodegenerativos sejam a parte mais crítica de alguns compostos(19-nor), em especial a trembo e a nandro.  
      Vou continuar fazendo fotos a cada 15 dias, e de vez em quando , quando puder contribuir e mostrar como estou ficando , volto por aqui. 
      Competir nunca foi o meu maior objetivo, mas amo o que faço, amo minha rotina, e levo tudo muito a sério.  Vou me esforçar para me enquadrar em uma categoria, porém, a pressa não combina muito com o que fazemos. 
       

         
       
      Por enquanto, isso é tudo
      "Motivação é o que te faz começar, disciplina é o que te faz continuar"
      Bons ganhos galera, amo voces!
       
    • Por Thiago Carneiro
      Dianabol é o nome comercial mais conhecido do medicamento metandrostenolona, também conhecido como metandienona em muitos países. A metandrostenolona é um derivado da testosterona, modificada para que as propriedades androgênicas (masculinização) do hormônio sejam reduzidas e suas propriedades anabólicas (construção de tecido) preservadas.
      A metandrostenolona foi descrita pela primeira vez em 1955. Foi lançada no mercado de medicamentos prescritos nos Estados Unidos em 1958, com o nome Dianabol, pelo laboratório Ciba Pharmaceuticals. A Ciba desenvolveu a metandrostenolona como medicamento com a ajuda do Dr. John Ziegler, que foi o médico da equipe de várias equipes olímpicas dos EUA, incluindo a equipe de levantamento de peso.
      Em 1965, o Dianabol já estava começando a cair sob o escrutínio da Food and Drug Administration (FDA) dos EUA. Naquele ano, o FDA solicitou que a Ciba esclarecesse os usos médicos do Dianabol. O laboratório afirmou que a finalidade da droga era no sentido de ajudar pacientes em estados debilitados (pouca massa muscular) e aqueles com ossos enfraquecidos.
      Em 1970, o FDA anotou que o Dianabol era “provavelmente eficaz” no tratamento da osteoporose pós-menopausa e do nanismo hipofisário.
      Essas mudanças se refletiram nas recomendações de prescrição do medicamento durante a década de 1970. A Ciba foi autorizada a continuar vendendo o Dinabol e estudando o agente ativo da droga.
      A Ciba patente do Dinabol expirou e empresas como a Parr, a Barr, e Bolar e a Rugby passaram a fabricar e distribuir a sua própria versão genérica do medicamento.
      No início dos anos 80, o FDA retirou a qualificação de "provavelmente eficaz" sobre o nanismo hipofisário e continuou a pressionar a Ciba por mais dados científicos.
      Como nunca foram apresentados os esclarecimentos do modo exigido pela FDA, em 1983, a Ciba retirou oficialmente o Dianabol do mercado dos EUA.
      É provável que o desinteresse financeiro (patente já expirada) tenha contribuído para o abandono do interesse em pesquisas e na manutenção da droga como medicamento aprovado nos EUA.
      O FDA proibiu todas as formas genéricas de metandrostenolona nos EUA em 1985.
      Nessa época, a maioria dos países ocidentais também proibia a droga, na medida em que muito utilizada para o doping esportivo.
      A metandrostenolona ainda é produzida, normalmente em países com regulamentações vagas para medicamentos controlados, e por empresas que atendem ao mercado atlético underground. Está amplamente disponível nos mercados de medicamentos humanos e veterinários.
      A composição e dosagem podem variar de acordo com o país e o fabricante.
      Como a metandrostenolona foi desenvolvida como um esteroide anabolizante oral, contendo 2,5 mg ou 5 mg de esteroide por comprimido (Dianabol), geralmente os laboratórios das marcas modernas fabricam comprimidos com 5 mg ou 10 mg.
      A metandrostenolona também pode ser encontrada em preparações veterinárias injetáveis, soluções tipicamente à base de óleo e que normalmente contêm 25 mg/ml de esteroide.
    • Por leeh_cardim
      ME AJUDA eu ganhei bebe há 1 ano e voltei a treinar depois de 2 meses que dei a luz, porem amamentando emagreci muito e agora que ele parou de mamar resolvi começar a fazer um ciclo, antes de engravidar fiz um ciclo de boldenona foi muito bom, pensei ate em retona a tomar porem não encontrei ninguem que possa aplicar, queria algum que fosse via oral, alguem pode me indicar alguma coisa?
    • Por Thays Neves
      Gente eu fiz um ciclo de oxan com bold . Meu cabelo tá caindo muito alguém me ajuda pf
    • Por AdrianoMenezes
      Fala pessoal!
      Preciso de ajuda. Primeiro ciclo com 47 anos. 
      Oxandrolona 40mg/dia 8 semanas e Deposteron 200mg/semana 8 semanas. Na foto com 5 semanas de ciclo
      Estou terminando o ciclo e preciso ideias para o TPC. Será que dá para continuar com a testosterona a cada 20 dias?
      Obs.: Tive ganhos consideráveis de massa muscular. 8kg na balança com baixo índice de gordura
      Valeu...
       
       
       

×
×
  • Criar novo...