Ir para conteúdo
Pokoyô

NOVO RELATO DO POKOYO e o segredo do emagrecimento.

Avalie este tópico:

Post Destacado

Olá pessoal!!!

Pra quem não me conhece eu sou veterano e faço musculação natural.

Resolvi voltar com esse tópico novo na área da nutrição.

Assim como todo marombeiro quero baixar meu bf.

Sou baixinho, tenho só 1,64 cm, estava com 71 kg.

Agora estou com 69,6 kg.

Acredito que com 68 kg estarei com um bom bf e 67 kg é meu sonho de consumo pois isso daria talvez uns 14% de bf.

Então preciso perder pelo menos  2 kg e não é fácil perder os últimos dois quilos.

Todo mundo tem coisas boas e ruins a dizer sobre dietas, dos bons e maus resultados.

Venho ajustando minha dieta desde 2011 e finalmente nessa última semana estou conseguindo resultados excepcionais o que me motivou a voltar ao fórum.

Não sigo nenhum dieta em especial mas já li muito sobre várias delas no google e nos fóruns como Atkins, metabólica, cetogênica, de saldo calórico, contagem de calorias etc e etc.

Quem quiser minha opinião sobre qualquer uma dessas dietas, alimentos e qualquer assunto relacionado é só perguntar.

Pretendo falar aos poucos sobre cada um dos itens que coloquei ou retirei da minha dieta.

E hoje vou falar do café.

Eu substituí o leite pelo café preto no café da manhã, mas procuro não exagerar.

Ele é um ótimo termogênico natural.

O café tem sido absolvido dos males que pensavam que ele causava, mas até hoje acho que exagerar pode não ser uma boa ideia.

No café da manhã tomo uma xícara daquelas em que se toma café com leite.

No emprego tomo na manhã e na tarde dois cafezinhos em cada turno, 1/2 copinho de cada vez e já deixo separados na minha mesa os copinhos.

À noite só uma xícara pequena de café.

Dica boa né?

Eu entrei no time dos cismados com leite...mas sem radicalismos. Continuo com alguns derivados do leite e foi por motivo de prevenção contra doenças bem específicas que eu imagino estar associadas ao leite,

Pois vou começar agora meu relato...a luta pra emagrecer, que posso perder e não emagrecer... ou ganhar e chegar aos 68 ou 67 kgs.

Partiu!!!!

 

 

 

 

Editado por Pokoyô

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Minha dieta tem de 1500 a 1600 calorias.

De 150 a 210 g de carbs e uso apenas cerca de 1 g/kg de proteínas.

Não tenho opinião formada se é uma boa ideia não usar alta proteína na musculação natural, afinal de contas músculos tem tudo a ver com proteínas que são ineficientes para gerar energia (só de 30 a 60% delas são convertidas em energia pela insulina), mas por outro lado, nós naturais temos poucos hormônios para aproveitar muita proteína e estou aberto a opiniões sobre isso e sobre qualquer outra coisa.

Eu ajustei minha dieta pra não sentir fome e não abrir mão da qualidade de vida e para poder evoluir LENTAMENTE meus pesos.

Se tivesse que colocar muita proteína nessas poucas calorias teria de reduzir muito os carbs.

Nunca me dei bem em reduzir carbs abaixo de 100 g, porque é difícil manter a saciedade abaixo desse nível e não estou disposto a testar nenhuma adaptação.

Se posso emagrecer com 200 g de carbs então está ótimo, é o suficiente para garantir a saciedade, a qualidade de vida e a evolução da força.

O difícil é ajustar a dieta para emagrecer com 200 g de carbs, 1500 a 1600 calorias e sem sentir fome, mesmo para alguém de 1,64 e 69 kg não é muita coisa, mas estou conseguindo.

Eu acompanhei a experiência de users de fóruns de musculação que fizeram, e alguns ainda fazem, uma alimentação com fases de muito baixo carbs, coisa de 20 a 70 g.

Eles usavam alta proteína.

O resultado é que realmente emagreceram rapidamente, mas relataram momentos de sofrimento em comer baixo carb, mas depois dizem que se adaptam, até porque fazem ciclo de carbs com dias de refeed.

Eu prefiro não fazer experiência como essa mas não desaprovo.

Eu busco a possibilidade de consumir uma certa quantidade de carbs para não ficar com fome, compulsão com carbs, fraqueza e o stress do medo de estar catabolizando.

Quanto aos que ainda preferem consumir mais carbs ainda...mais de  200 g ....resta o caminho de apelar para um nível de atividade mais intenso e este não é meu caminho porque não tenho muita disponibilidade de tempo pra isso e tenho muito receio de catabolização quando se pratica 2 horas de atividade dia ou mais do que isso.

Pra finalizar.... hoje consegui emagrecer  e falta perder 1,5 kg...mas todo mundo sabe que foi mais fácil perder os 3 primeiros quilos do que esses últimos 1,5 kgs.

 

 

 

Editado por Pokoyô

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso ae pokoyo, manda ver, bora baixar o %BF... devia ter continuado no seu antigo relato pois praticamente é uma sequencia dele que você está relatando aqui...

Meu lema você já conhece, comer feito um leão, treinar como um cavalo e dormir igual um urso...

Abraços...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, batataney disse:

Isso ae pokoyo, manda ver, bora baixar o %BF... devia ter continuado no seu antigo relato pois praticamente é uma sequencia dele que você está relatando aqui...

Meu lema você já conhece, comer feito um leão, treinar como um cavalo e dormir igual um urso...

Abraços...

Batata aqui eu tou discutindo mais a dieta pra baixar o bf.

É aquela coisa...tem gente ecto e endo. 

Você é ecto tanto que para de malhar e emagrece mesmo quarentão.

Gente assim tem que comer muita caloria e carb.

Mas pra endo como eu (não no sentido de ossos largos mas de tendência a engordar) tem que comer pouco se quiser ficar de cintura fina.

Vi um relato interessante.

O sujeito jovem e endo fez uma dieta ceto de semanas com 20 g de carbs e 1.100 a 1.300 calorias e o peso dele caiu de 84 pra 76, tendo ele 1,74.

Agora ele acha que vai ficar fino com 2.400 calorias....piada né? Já voltou pra 78.

Fazendo esteira não dá não...45 minutos de academia queima perto de 300 calorias.

E duas...três horas de atividade por dia ..sei não...será que não cataboliza não?

Tem que planejar direito as coisa ...mas não tem saída, às vezes baixar bem as calorias é o caminho...mas tem que ter muita técnica pra não catabolizar nem passar fome.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Outra coisa é que eu não tenho um nível de atividade elevada no dia a dia.

Faço apenas uma caminhada de doze minutos e musculação segunda, quarta e sexta e em 45 minutos de musculação gasta-se entre 250 a 350 calorias,

Gostaria de poder correr uma hora todos os dias o que daria mais umas 350 a 400 calorias de gasto calórico, mas não tenho disponibilidade de tempo por enquanto.

Então parto pras baixas calorias mas com o cuidado de manter os carbs aí entre 150 e 200 g que eu entendo suficiente pra alguém pequeno como eu e para evoluir os pesos e não me sentir indisposto na academia.

Isso faz com que eu não possa usar muita proteína porque as calorias são baixas, entre 1400 e 1500.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu já sou muito suscetível a quedas de performance na academia quando baixo o Carboidrato, mas eu acho que isso é de cada um mesmo, e creio que há casos onde a queda de performance não é tão grande como a de outras pessoas, e se você está se sentindo bem assim é o que importa.

abraços colega. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 horas atrás, Mestre disse:

Eu já sou muito suscetível a quedas de performance na academia quando baixo o Carboidrato, mas eu acho que isso é de cada um mesmo, e creio que há casos onde a queda de performance não é tão grande como a de outras pessoas, e se você está se sentindo bem assim é o que importa.

abraços colega. 

Mestre essa questão da energia com baixo carb é interessantíssima.

Tem gente adepto das dietas cetogênicas que dizem que não se ressentem da falta de carbohidratos e que isso não afeta a força.

Eu aprendi que temos que respeitar opiniões sejam embasadas em estudos ou mesmo na própria experiência se for bem documentada nos relatos.

Pode ser que seja possível.

Os sites pras pessoas que sofrem diabetes trazem informações muito confiáveis sobre controle de carbohidratos. O que diz neles é que os carbs são 100% convertidos em açúcar, as proteínas só de 30 a 60% e as gorduras menos ainda, só 10%.

O pessoal das dietas ceto consomem muito pouco carb, de 20 a 70 g, mas consomem muita proteína, mais de 200 g e às vezes uma boa quantidade de gordura.

Pode ser que no final das contas tenham mesmo energia .

Dizem também que com baixo carbs há uma adaptação do corpo para usar as gorduras como fonte de energia.

De qualquer forma teoricamente proteína usada como combustível é proteína que seria usada para reparar os músculos.

Uma dieta que vejo grandes resultados é a le gain.

O sujeito tá com o bf alto para os padrões dele então ele tem uma fase de muito sofrimento, várias semanas de adaptação, com menos de 50 g de carbs e às vezes menos de 1500 calorias, só na base da salada com carne, mas realmente a pessoa seca e se tiver músculos na barriga fica tanquinho rápido.

Para diminuir o stress eles fazem uns recargas de carbs (refeeds) de vez em quando.

Algumas semanas depois eles aumentam de novo as calorias, digamos que de 1500 para 2500 calorias, aumentam os carbs pra 150 g mais ou menso e mantém proteínas altas.

Com 150 g de proteínas pra quem gosta de carbs já dá pra sofrer um pouco menos, mas eu acho que 2500 calorias são 2500 calorias e bem diferentes de 1500.

Se o cara tava gordo e ficou magro, pode ser que agora com as 2500 calorias ele não volte a ficar gordo mas pra se manter no mesmo peso da fase de 1500 calorias ele vai ter que queimar as 1000 calorias adicionais com atividade física.

No fim das contas dieta tem muito a ver com o balanço calórico, ou seja, a diferença entre o que se consome e gasta de calorias.

Mas tem outros segredos que pretendo discutir mais pra frente no meu relato.

O que busco é a dieta sem fome, que busque a boa forma (músculos com bf baixo), saúde (tudo controlado nos exames médicos), longevidade (passar dos 80...loteria) e qualidade de vida (não se privar de tudo que é bom).

Me baseio em todo as as dietas que vejo por aí, mas estou desenvolvendo meu próprio protocolo.

Tou tentando ir com meu relato até o BF de 12 a 14% e documentarei aqui inclusive com fotos.

Quem luta contra a balança, seja lá que protocolo faça é bem vindo aqui pra me ensinar alguma coisa e dar uma espiada na minha experiência com dietas para naturais.

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Corrigindo:

 

......Com 150 g de carbohidratos pra quem gosta de carbs já dá pra sofrer um pouco menos, mas eu acho que 2500 calorias são 2500 calorias e bem diferentes de 1500......

Esse é um protocolo que vi por aí e não sei dizer se se trata de uma dieta le gain.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Além do fato do carboidrato ser uma importante fonte de energia, eu pessoalmente vejo ele também como importante, pois considero que ele acaba por poupar a Proteína.

Eu acho um extremo luxo usar a Proteína como fonte de energia, pois ela tem funções muito mais relevantes e específicas do que apenas servir de fonte de energia.

Além de ser reparadora e criadora de tecidos no corpo, inúmeras substâncias tem origem proteica, como alguns hormônios (Insulina e GH), e entre outros também, onde podemos citar alguns neurotransmissores.

Apesar da natureza ter feito o corpo com a capacidade de usar a Proteína como fonte de energia, eu acho um luxo usa-la para essa função de forma exagerada.

abraços mano.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Mestre disse:

Além do fato do carboidrato ser uma importante fonte de energia, eu pessoalmente vejo ele também como importante, pois considero que ele acaba por poupar a Proteína.

Eu acho um extremo luxo usar a Proteína como fonte de energia, pois ela tem funções muito mais relevantes e específicas do que apenas servir de fonte de energia.

Além de ser reparadora e criadora de tecidos no corpo, inúmeras substâncias tem origem proteica, como alguns hormônios (Insulina e GH), e entre outros também, onde podemos citar alguns neurotransmissores.

Apesar da natureza ter feito o corpo com a capacidade de usar a Proteína como fonte de energia, eu acho um luxo usa-la para essa função de forma exagerada.

abraços mano.

Concordo plenamente com você e é por isso que sou contra dieta com menos de 150/200 g carbs dia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse meu tópico é dedicado aos quarentões, cinquentões, sessentões que acreditam que podem ficar em BOA FORMA mesmo no avançado da idade e de forma natural

Acompanho alguns relatos de naturais e de gente que usa recursos ergogênicos porque sempre aprendo muito com eles.

Vejo que tem cada vez mais gente apostando nas dietas ceto (menos de 50 g carb dia) e low carb (até 100 g) com refeeds ocasionais para alcançar o famoso shape tanquinho.

E tem muita gente com bons resultados mesmo sem drogas.

Eu não escolhi esse caminho porque acho que os carbs têm muita relação com a força, a sensação de saciedade, a qualidade de vida, mas em excesso eles são a raiz de muitos males e doenças e do BF alto.

Me preocupa zoar, como o pessoal gosta de dizer, o sistema de regulação via insulina .

Acredito que pelo menos na fase de adaptação haveria muita fome, fraqueza e compulsão por carbs.

Além disso essas dietas usam alta proteína e pra quem tem mais de quarenta anos não sei se é uma boa ideia sobrecarregar os órgãos,  já que consumir muitas claras de ovo ou 400, 600 g de carne por dia pode ser meio complicado e há restrição a isso em sites sérios como os que tratam de diabéticos, mas há estudos pra tudo, pra aprovar e pra condenar já que comer muita proteína na ausência de carbs é diferente de comer muita proteínas com carbs...mas prefiro não arriscar.

Não sigo nenhum protocolo desses que se encontra na net e tenho procurado desenvolver minha própria técnica de alimentação com MÉDIO CARB, de 150 a 200 g pra mim que sou baixo 1,64 e o segredo da técnica é fazer isso sem fome,sem fraqueza, com saciedade e sem o stress de achar que a falta de carbs está prejudicando a evolução da força e do físico.

Estou com resultados animadores, meu peso está em 69,2, minha cintura uns 80 cm.

Mas eu estou esperançoso que posso conseguir melhores resultados breve, então pretendo postar uma foto mostrando uma cintura realmente diferenciada e quero usar minha blusa de compressão (na verdade de proteção solar) que uso na praia, piscina etc .

Minha técnica tem a ver com USO RACIONAL dos carbs.

Quero dizer que esse aqui é um site sério ao contrário de outros que têm por aí e que estão praticamente impedindo seus USERS de ter acesso a informações importantes sobre relatos de musculação natural.

Nesses outros sites as pessoas estão perdendo tempo tentando interpretar estudos ambíguos  e inconclusivos, acompanhando relatos de pessoas que tentam cetos e lows e  acabam desistindo e de falsos naturais.

Muitas dessas pessoas são obesas ou pessoas que poderiam estar mais satisfeitas com seus corpos e que não tem essa possibilidade por causa da truculência e intolerância dos moderadores daqueles sites.

A forma mais comum de alcançar a boa forma pra quem é natural sempre foi praticar atividade física mais intensa como aeróbicos, lutas, ciclismo, natação, crossfit, mas isso exige um desprendimento muito grande e muita logística, disponibilidade de tempo e há preocupações com a segurança, como por exemplo andar correndo ou andando de bicicleta em via pública.

Na musculação natural há muitos fatores INIBIDORES da hipertrofia como a crença de que levantamento de peso olímpico desenvolva bons físicos e isso não é verdade.

E  se você afina seu corpo com muita atividade física seus braços também afinam proporcionalmente, há sim um efeito de catabolização pra quem pratica, por exemplo mais de duas horas de atividade física por dia.

Não há relatos confiáveis sobre musculação natural, ou os resultados não são excepcionais ou não se trata de naturais.

Mas sabemos que é sim possível desenvolver grandes físicos naturais e Reg Park e Stevee Reeves provaram isso numa época (década de 40) em que se tinha quase certeza que os fisiculturistas eram naturais.

Hoje não podemos usar referências porque ninguém acredita nos "naturais" fortões de hoje em dia.

É claro que nenhum natural quer se comparar com trembolado de 30 claras dia e 600 a 800 g de carne mas dá sim pra se alcançar SAÚDE, BOA FORMA e QUALIDADE DE VIDA mesmo quarentão, cinquentão ou sessentão.

Minha técnica tem a ver com o USO RACIONAL de MÉDIO CARB, com o objetivo de baixar o bf sem atrapalhar em nada a evolução de força e conseguindo resultados pelo menos satisfatórios de hipertrofia já que não se usa ALTA PROTEÍNA e não há nenhum estudo conclusivo provando que NATURAIS precisam de enormes quantidades de proteínas para hipertrofiar.

Esse meu relato é de nutrição então não vou falar aqui do protocolo que também estou desenvolvendo para melhorar a força hipertrofia agora com novos ajustes.

Nesse campo os resultados também são promissores e têm a ver com a CAPACIDADE de REAÇÃO de um músculo natural a uma certa técnica de malhação.

Meu físico melhorou essa semana mas acho que só posso falar de bons resultados se meu braço sair dos 40 cm flexionado e por enquanto é cedo  para postar fotos, mas a ideia de emagrecer vem junta com a de hipertrofiar.

Pra quem está seco pode ser difícil hipertrofiar e emagrecer ao mesmo tempo mas pra quem ainda tem gordura pra queimar isso não é impossível e para um NATURAL a técnica pode até ser mais importante que a alimentação.

Mas não se iludam são os hormônios que CRIAM e MANTÉM os músculos e com 200 a 400 ng/dl de testo de um natural é bom não sonhar muito alto...mas dá pra levar se sentir mais satisfeito com o próprio físico.

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem muita gente por sofrendo na base da saladinha com carnes nas suas cetogênicas  ansiosos por seus reffeeds de fim de semana.

Outros acreditando em "estudos"  e cálculos de GCD (gasto calórico diário).

A verdade é que o fisiculturismo de competição é empírico e experimental e nele está cada vez mais se fixando uma dieta padrão que é arroz, peixe/filé de frango/carnes magras, brócolis, whey , claras, ovos e suplementos.

Eu tou fora disso, não sou fisiculturista de competição, não quero comer de 600 a 800 g de carnes, tomar 1 litro de claras por dia e comer vários ovos .

Eu faço musculação natural buscando força, boa forma, saúde,longevidade e qualidade de vida.

Essa dieta que falei dos fisiculturistas de competição  exige forte suplementação em vitaminas sintéticas.

Meus resultados estão bons em perda de peso e peso caiu mais ainda, já perdi quase três quilos e falta perder 1,9 kg.

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou muito satisfeito com os resultados dessa técnica que estou usando de emagrecimento numa abordagem de médio carb.

Fazia tempo que não ficava com um peso tão bom, mas quero perder ainda mais antes de postar fotos mostrando os resultados alcançados.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

  • Conteúdo Similar

    • Por Maria Izadora
      PADRONIZAÇÃO dos POST NOVOS 
      Idade: 46 anos 
      Altura: 1.60 cm
      Peso: 98 kg 
      Medicações em uso (Anticoncepcional, antidepressivo,anti hipertensivo, etc...): Anticoncepcional
      Problemas de Saúde e história de cirurgias: obesidade 
      Exames de sangue hormonais recentes OU que tiver recente= POSTE FOTOS
      Tempo de treino: sedentária
      Ciclos FEITOS com dose e tempo: Não
      Ciclo PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo: Não 
      Divisão de treino e horario do mesmo:
      Dieta com quantidade de proteina/carboidrato/gordura por dia: Aínda sem dieta 
      Fotos: Poste fotos com roupas de banho (sunga/biquini) ou que preferir (cueca/calcinha/sutiã) (sem mostrar o rosto com padrões frontal, lateral e Posterior).Enriquece, e é determinante para analise de cada caso.  As vezes podem ser abordadas outras indicações de treino/dieta/ciclo para seu caso.
      Aguardamos TODAS as respostas para poder começar a te ajudar com alguma direção........

      Abaixo modelo de como tirar as fotos.
       
         
           


    • Por janio
      Bom dia Galera, gostaria de auxílio com meu shape. Acompanho sempre o fórum e acho legal a ajuda e o feedback que dão.
      Idade: 42
      Altura: 1.71
      Peso: 68
      Medicações em uso (Anticoncepcional, antidepressivo,anti hipertensivo, etc...): nenhuma
      Problemas de Saúde e história de cirurgias: nenhuma
      Exames de sangue hormonais recentes OU que tiver recente= sem exames recentes.
      Tempo de treino: 15 anos, com interrupções sazonais. 
      Ciclos FEITOS com dose e tempo: enantato de testosterona 500mg/semana + stanozolol 300 mg/semana injetável, por 2 meses. Realizado há 5 anos.
      Ciclo PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo:  oxandrolona (manipulada) + cipionato (fármacia) ou enantato (Landerlan). Dúvida quanto a dosagem e tempo de ciclo.
       
      Divisão de treino e horario do mesmo: Segunda  a Sexta 11 horas - 12 horas (1 hora de treino) Aeróbico: 40 minutos -  Jejum dia sim /dia não
      Em média 4 exercícios para cada grupo muscular, com exceção panturrilha que são 2.
      A- Quadríceps (4x 8 a 12) Panturrilha (4x15)
      B- Peito, Anterior e Medial de Ombro (4x 8 a 12)
      C- Costas, Trapézio e Posterior de Ombro  (4x 8 a 12)
      D- Posterior de coxa (4x 8 a 12) Panturrilha (4x15)
      E- Bíceps e Tríceps (4x 8 a 12)
       
      Dieta com quantidade de proteina/carboidrato/gordura por dia:
      Proteína: 180gr
      Carboidrato: 200gr
      Gordura: 55gr
       
      Refeição 1: 100 gr frango+ 100 gr arroz branco
      Refeição 2: 4 ovos inteiros, mexidos + 120 gr banana nanica
      Refeição 3: 100gr filé de tilápia ou posta de arraia+ 100gr arroz branco + 25gr brócolis e 25gr quiabo
      Refeição 4: 100gr frango+ 4 fatias pão integral
      Refeição 5: 100 gr patinho ou filé suíno + 100 gr arroz  integral Raris + 25 gr cenoura + 25 gr tomate
      Refeição 6: 4 ovos inteiros, mexidos + 8 biscoitos cream cracker integral
       
      Líquidos: 2- 3 litros dia
       
       
       




    • Por Biancost
      Olá, me chamo Bianca ! 
      Altura: 1.60m 
      Peso : 75kg 
      Idade : 25 anos 
      Meu objetivo é ter o corpo que nunca tive , sempre fui ativa , e matia uma alimentação saudável, 2 anos atrás fiz 1 ano de anticoncepcional injetavel,  minha libido foi em embora e comecei a engordar bastante,  engordei 15kg desde lá.. 
      Gostaria de orientação de como repor essa testo da melhor forma . 





    • Por Anônima
      Olá a todas (os)!
      Estou seguindo uma dieta há algum tempo, e gostaria de fazer a acrescentar alguns alimentos porque o lanche da tarde está me deixando com fome e a ceia está intragável. Gostaria de acrescentar 20Gr de flocão de milho e 1 RAP10 Integral, alterando também os horários. Na primeira imagem é a dieta atual, na segunda é o que eu desejo KKKKKKKKKKKKK! Podem ver para mim se há como adaptar? Desde já agradeço!!!!
       
       
       
       
       


    • Por Karolines2
      olá , estou iniciando cutting 
      hc 2g x peso =
      P 2g x= peso =
      G  1g x peso 7=
       
      A duvida é sobre a absorção da proteína de soja.
      Encontrei a granel porção 10g ; 8,7 g proteína - 0g HC ( PROTEINA ISOLADA 39,90) . a granel porção de 40 g com 24 g de P + 10g de HC (proteina texturizada 13,80 kg )
      Mandando a real , preciso economizar (pandemia foda ) 
      Pesquisei e vi que a proteina de soja tem alto valor biológico.
      Alguém para me dar mais dicas para bater minha proteína diária?
×
×
  • Criar novo...