Ir para conteúdo
saravnsantos

Memória muscular: que bicho é esse?

Avalie este tópico:

Post Destacado

Então, eu já fui mais participativa no grupo, estava ficando num corpo massa, 10 meses focada em ter o melhor de mim, 56kg, 22% de BF, perdi os titi e resolvi colocar silicone, aproveitei para corrigir desvio no septo o que melhoraria meu desempenho na academia também!

Na preparação para a cirurgia, ao invés de malhar para compensar o tempo que ficaria depois de molho, coincidiu com a entrega de TCC, daí foi aquela coisa: não comia direito, não dormia, cortisol nas alturas e aquela bagaceira. Entrei para a sala de cirurgia com 59kg. Depois da cirurgia, fui acometida por depressão, término de namoro, etc etc.

De la pra cá, iniciei as tentativas de retorno: iniciava academia, vinha o trabalho e travava. Resultado: 66kg.

Mas devido a minha logística pela falta de carro, pego carona com meu pai às 6:20 britanicamente e ele me deixa na academia, de lá fica mais fácil ir para o trabalho. Querendo ou não, encaixei o treino na rotina novamente. Complemento os treinos com Muay Thai 3x na semana.

O que é o problema: a balança. Estou retomando minha alimentação, comendo bem menos besteira e diminui o alcóol (1x na semana no máximo, já passei 2 semanas sem e estou bebendo menos alcóol) e bebo no mínimo 2L de água/dia. Em 1 mês, o ponteiro da balança não mudou, mas todos estão dizendo que eu estou mais fina...

Perdi minha fita métrica pra confirmar, mas a dúvida é a seguinte: memória muscular age em tão pouco tempo? Pois é a única razão de eu não estar perdendo peso, mas medidas.
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá amiga, boa sorte na sua caminhada.

Eu não sou grande especialista nessa matéria, mas o que posso dizer baseado no que se passou comigo é que sim, quando o nosso corpo atinge um certo patamar, se regredir quando voltar de novo na rotina vai ser muito mais rápido a "evolução", pelo menos, até ao estado em que se encontrava. Comigo foi assim por 2 vezes e sempre que voltei foi sempre muito mais rápido até ficar como estava anteriormente. Abraço e tudo de bom

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ajuda sim colega. Tanto para crescer quanto para diminuir....É uma eespécie de metabolismo salvo. Que qd se entra em um ambiente fisiológico anteriormente vivenciado pelo teu corpo, o msm tende a se comportar adaptando se da maneira em que o era ao tempo em que se foi forte, ou fraco, ou magro, ou gorda, ou resistente, ou explosivo ...etc...São ttécnicas humanas de sobrevivência. O ser humano está no mundo para sobreviver!! e ele faz isso coMo?? Adaptando se....

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, TonyMontana disse:

O ser humano está no mundo para sobreviver!!

Infelizmente é esse o  triste pensamento que nos passa a sociedade e que querem que nós acreditemos!

Existe uma diferença abismal entre viver e sobreviver!

Na sobrevivência tudo é possível, até o mal ao próximo se faz explicável quando se trata de sobreviver!

Mas eu em nada acredito nisso.! Eu existo para VIVER, ser feliz, como eu quero ser e VIVER, exactamente como eu quero. O ser humano nasceu para VIVER feliz e em harmonia com o universo! Mas infelizmente devido a ganância do homem e de todas as suas artimanhas para governar o mundo, fazem nos pensar exactamente como pensa o amigo, que vivemos para sobreviver e para tal tudo é possível! Até matar é plausível aos olhos da sobrevivência! E isso é mau MUITO MAU.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Verdade Arnaldo.

Entretanto  a máxima " o ser humano nasceu para sobreviver " É um polígono, ou seja uma moeda de dois ou até mais lados.....por  exemplo

Quando vc diz q o ser humano deve ser feliz e harmônico com seu ambiente, existe razão sob o ângulo filosófico social, dentre outros ângulos que assim também plausível enquanto seres racionais portadores de raciocínio voluntários. Viver é o mais almejado. Viver feliz e em harmonia com todas as coisas do universo.( como diz a sheicho-no-ie e o Dr. Masaharu Taniguchi.

entanto, todavia, sob o ângulo fisiológico natural, enquanto seres vivos portadores de DNA como todo e qualquer ser vivo desde mundo, nosso corpo enquanto agente involuntário, ele não imagina oque nos pensamos para nossa sociedade. Para nossa família ou para nos msm..por exemplo. Nosso corpo nao fica sarado, forte, grande simplesmente por que nós imaginamos que isto seja bonito.... nosso corpo nao vai perder gordura soh pq a gnt quer na moda fitness.... nosso organismo enquanto subconsciente involuntário, ou seja , sob o ângulo animal que somos.( como todos seres que se alimentam de alguma coisa e depois faz coco)

Sob esta perspectiva nos estamos no.mundo para sobreviver e nossa ferramenta natural é a adaptação ao ambiente que estamos vivenciando.

Por exemplo. A gnt ganha musculos maiores por que nosso corpo esta respondendo ao ambiente de esforço físico que esta vivendo. Isto é o organismo se adaptando para o ambiente que ele vive.....ou seja em tese ele inconscientemente está lutando para sobreviver ao meio que ele foi lançado.

Somos ao mesmo tempo corpo e mente Arnaldo. Animais e ao mesmo tempo racionais.

"" mente sam corpo são"" 

Sempre existirá nos humanos o ing e o yong. 

Grande abraço Arnaldo . Bons treinos!

E obrigado pela abertura ao debate. Vc tem bons argumentos. Gosto dos teus posts.

Espero ter contribuído no raciocínio.

1 hora atrás, Arnaldo Santos disse:

Infelizmente é esse o  triste pensamento que nos passa a sociedade e que querem que nós acreditemos!

Existe uma diferença abismal entre viver e sobreviver!

Na sobrevivência tudo é possível, até o mal ao próximo se faz explicável quando se trata de sobreviver!

Mas eu em nada acredito nisso.! Eu existo para VIVER, ser feliz, como eu quero ser e VIVER, exactamente como eu quero. O ser humano nasceu para VIVER feliz e em harmonia com o universo! Mas infelizmente devido a ganância do homem e de todas as suas artimanhas para governar o mundo, fazem nos pensar exactamente como pensa o amigo, que vivemos para sobreviver e para tal tudo é possível! Até matar é plausível aos olhos da sobrevivência! E isso é mau MUITO MAU.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, TonyMontana disse:

Verdade Arnaldo.

Entretanto  a máxima " o ser humano nasceu para sobreviver " É um polígono, ou seja uma moeda de dois ou até mais lados.....por  exemplo

Quando vc diz q o ser humano deve ser feliz e harmônico com seu ambiente, existe razão sob o ângulo filosófico social, dentre outros ângulos que assim também plausível enquanto seres racionais portadores de raciocínio voluntários. Viver é o mais almejado. Viver feliz e em harmonia com todas as coisas do universo.( como diz a sheicho-no-ie e o Dr. Masaharu Taniguchi.

entanto, todavia, sob o ângulo fisiológico natural, enquanto seres vivos portadores de DNA como todo e qualquer ser vivo desde mundo, nosso corpo enquanto agente involuntário, ele não imagina oque nos pensamos para nossa sociedade. Para nossa família ou para nos msm..por exemplo. Nosso corpo nao fica sarado, forte, grande simplesmente por que nós imaginamos que isto seja bonito.... nosso corpo nao vai perder gordura soh pq a gnt quer na moda fitness.... nosso organismo enquanto subconsciente involuntário, ou seja , sob o ângulo animal que somos.( como todos seres que se alimentam de alguma coisa e depois faz coco)

Sob esta perspectiva nos estamos no.mundo para sobreviver e nossa ferramenta natural é a adaptação ao ambiente que estamos vivenciando.

Por exemplo. A gnt ganha musculos maiores por que nosso corpo esta respondendo ao ambiente de esforço físico que esta vivendo. Isto é o organismo se adaptando para o ambiente que ele vive.....ou seja em tese ele inconscientemente está lutando para sobreviver ao meio que ele foi lançado.

Somos ao mesmo tempo corpo e mente Arnaldo. Animais e ao mesmo tempo racionais.

"" mente sam corpo são"" 

Sempre existirá nos humanos o ing e o yong. 

Grande abraço Arnaldo . Bons treinos!

E obrigado pela abertura ao debate. Vc tem bons argumentos. Gosto dos teus posts.

Espero ter contribuído no raciocínio.

 

Concordo com tudo, excepto quando diz que, e passo a citar "por exemplo. Nosso corpo nao fica sarado, forte, grande simplesmente por que nós imaginamos que isto seja bonito..."

Eu acredito, assim como o ar que respiro, que nos somos exactamente o que pensamos ser! Assim como acredito que possamos melhorar ou até mesmo curar uma doença por exemplo, (assim como tê-la) através do pensamento positivo e do acreditar! Mas isso seria preciso contar uma história MUITO LONGA para que pudesse ser compreendido o meu ponto de vista! Talvez ainda abra aí um tópico sobre A VERDADE PROIBIDA!!??

Amigo TonyMontana o pensamento ou consciência do homem, é uma coisa muito poderosa. Um poeta português dizia ou disse que " o homem sonha a obra nasce".

O amigo disse e muito bem que, nós  somos corpo e ao mesmo tempo mente, mas também somos um todo, e esse todo é  regido pela mente pela nossa consciência inconsciente. Por exemplo não adianta em nada dizerem que o Tony é grande se o Tony pensar e estiver convicto de que é pequeno. Ou se todos disserem que o Tony e um bom homem quando na verdade o amigo se acha um lixo!

Por isso o mais importante de tudo é aquilo que você acredita!

Talvez não acredite que o seu músculo possa crescer directamente só com o imaginar, mas de certeza que será mais difícil ele crescer se você não acreditar ser possivel ele crescer. Então, directa ou indirectamente a consciência ou pensamento é o que importa!

A consciência é tudo! E muitas coisas  "magicas" podem acontecer quando se acredita!

O próprio Arnold dizia que quando estava a fazer Bíceps por exemplo, ele imaginava que o bicip que estava a treinar era uma montanha. E eram??.

O ser humano nasceu para ser livre em todos os aspectos, mas apareceu alguém sem escrúpulos e decidiu roubar esse direito ao homem, para seu benefício próprio. Fazendo do homem um ser materialista e descrente nele próprio e por mais que procurem respostas, nunca estarão saciados porque as respostas não estão em, igrejas, religiões, politica ou no que quer que a sociedade nos ofereça. As respostas estão todas em nós na nossa consciência inconsciente, que precisa ser activada através da meditação e do auto conhecimento.

Tudo é possível quando a crença é maior que o obstáculos.

Muito obrigado pelo comentário, é sempre bom ouvir novas opinião e ideias. Um abraço e tudo de bom 

Editado por Arnaldo Santos
Distraído?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Arnaldo Santos disse:

 

 

2 horas atrás, Arnaldo Santos disse:

Concordo com tudo, excepto quando diz que, e passo a citar "por exemplo. Nosso corpo nao fica sarado, forte, grande simplesmente por que nós imaginamos que isto seja bonito..."

Eu acredito, assim como o ar que respiro, que nos somos exactamente o que pensamos ser! Assim como acredito que possamos melhorar ou até mesmo curar uma doença por exemplo, (assim como tê-la) através do pensamento positivo e do acreditar! Mas isso seria preciso contar uma história MUITO LONGA para que pudesse ser compreendido o meu ponto de vista! Talvez ainda abra aí um tópico sobre A VERDADE PROIBIDA!!??

Amigo TonyMontana o pensamento ou consciência do homem, é uma coisa muito poderosa. Um poeta português dizia ou disse que " o homem sonha a obra nasce".

O amigo disse e muito bem que, nós  somos corpo e ao mesmo tempo mente, mas também somos um todo, e esse todo é  regido pela mente pela nossa consciência inconsciente. Por exemplo não adianta em nada dizerem que o Tony é grande se o Tony pensar e estiver convicto de que é pequeno. Ou se todos disserem que o Tony e um bom homem quando na verdade o amigo se acha um lixo!

Por isso o mais importante de tudo é aquilo que você acredita!

Talvez não acredite que o seu músculo possa crescer directamente só com o imaginar, mas de certeza que será mais difícil ele crescer se você não acreditar ser possivel ele crescer. Então, directa ou indirectamente a consciência ou pensamento é o que importa!

A consciência é tudo! E muitas coisas  "magicas" podem acontecer quando se acredita!

O próprio Arnold dizia que quando estava a fazer Bíceps por exemplo, ele imaginava que o bicip que estava a treinar era uma montanha. E eram??.

O ser humano nasceu para ser livre em todos os aspectos, mas apareceu alguém sem escrúpulos e decidiu roubar esse direito ao homem, para seu benefício próprio. Fazendo do homem um ser materialista e descrente nele próprio e por mais que procurem respostas, nunca estarão saciados porque as respostas não estão em, igrejas, religiões, politica ou no que quer que a sociedade nos ofereça. As respostas estão todas em nós na nossa consciência inconsciente, que precisa ser activada através da meditação e do auto conhecimento.

Tudo é possível quando a crença é maior que o obstáculos.

Muito obrigado pelo comentário, é sempre bom ouvir novas opinião e ideias. Um abraço e tudo de bom 

Uauuu cara essa vc realmente bem !

Muito bom. Irmão.Agora vamos  à réplica. ...

1 - Arnaldo, dissecompreender algumas coisas que tentei ventilar no post anterior, correto? No entanto se prendeu a um ponto e dele abriu discordância. Citando o trecho "por exemplo. Nosso corpo nao fica sarado, forte, grande simplesmente por que nós imaginamos que isto seja bonito..." Correto?

2- disse categoricamente que acredita no poder da mente para curar e e para adoecer o aer humano. Correto? Porem nao haveria espaço para explicar melhor a ideia e que talvez abriria outro post. Correto?

3-  afirmou  prontamente que a consciência é tudo. E que o proprio ARNOLD. Usava sua mente para ajudar a fica lo mais forte..correto?

 1 R) - Bom assim pontuados......peço agora que volte à citação do item 1 e de mais ênfase à expressão (simplesmente) reforce esta palavra na interpretação do trecho citado.

Notamos que ela é de fundamental importância para o nexo do trecho como um todo....ou seja ela (a palavra simplesmente) remonta a ideia de apenas, unicamente, só com, sozinha,..logo entende se que a ideia é que nao basta apenas pensar,querer, desejar, sonhar ou qualquer esforço mental simplesmente. É preciso também, em conjunto haver esforço físico!... é isso que o trecho reflete.

Correto?

2 R) sobre o poder da mente de curar ou adoecer, isto  realmente acontece e é muito poderoso para muitas coisas e realmente levaria um bom tempo para agente explicar isso aki,porém para aquelea mais curiosos que quiserem saber sobre o assunto o nome dele técnicamente é poder de somatização. Ou tb chamado de somatização mental, ai existem dois tipos a somatizaçao maligna e a benéfica. E eu afirmo isto realmente acontece... entretanto experimentem ficarem sábios, mestres na arte da somatizacao para deaenvolverem  músculos e nao levantar pesso pra ver se vc cresce irmão..

Tenta ficar apenas imaginando que é forte e nao treinar como força bruta, pra ver o que acontece. Pode até fazer um ciclo de Aes 10 semanas e fica soh na força do pensamento depois passa o relato pra nois aqui....rsss

3 R) - Cara não rola...não funciona. E assim como vc citou o Arnold. Vc msm disse que ele mentalizava no momento em que MALHAVA bíceps...( está é a chave do raciocínio escrito no trecho acima, a União de corpo e mente. ) como o vc msm mencionou somos ao msm tempo corpo e mente. Somos um todo. Porém nem rodoa conseguem unifica los...

O poder da mente no desempenho físico é real e mt forte. Por exemplo .se vejo uma gostosa na rua soh com o pensamento eu ja fico de pau duro. Isso é a mente , porém é preciso que eu a corteje lhe envolva e me esforce fisicamente (suar literalmente) para que o negócio seja mágico. (Tem que juntar corpo e mente. Simplesmente um ou outro nao resolve)

 E sobre o fato de agt aer o que agt pensa ser e o que os outros pensam da gente, se somos como pensamos ou somos como pensam que somos.......

Aki eh preciso diatinguir 2 coisas . 2 conceitos básicos. 

1.Consciência subjetiva. É aquela que reflete o que nós msm pensamos sobre nós.

2.Consciência objetiva. É aquela que reflete o que os outros pensam sobre nós. 

Uma vez entendido estadistinção fica mais fácil vida em sociedade, pois temos o poder de priorizar aquele que mais nos favorece.

Ou seja. A depender do local,situação,que estamos iremosenfatizar nossa consciência subjetiva ou objetiva....

.(por exemplo neste momento eu estou valorizando minha consciência objetiva. Oque os membros do fórum e visitantes iram pensar sobre mim. ) 

Em locais como por exemplo no momento em que estou orando a Deus, ou até msm quando estou malhando, foco minha consciência naquilo que eu penso sobre mim ou seja a consciência subjetiva..........

Agora notem que a todo momento usa se a consciência. Pois seja ela subjetiva ou objetiva, ele é a consciência. E deve estar em sintonia com o corpo.

Sabendo disso agora me parece que não estavamos discordando. Não é msm amigo?? Agora parece nao haver mais discordâncias entre o que eu falei e o que vc falou, aparece que apenas estávamos falando a msm coisa o tempo todo.porém de formas diferentes , não parece??

Muito bom fzr ohorário de almoço aki.obrigado pela abertura Arnaldo. Vc tem boa disposição ao diálogo e Isso é bom para todos. 

 

Grande abraço a todos 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, TonyMontana disse:

 

Uauuu cara essa vc realmente bem !

Muito bom. Irmão.Agora vamos  à réplica. ...

1 - Arnaldo, dissecompreender algumas coisas que tentei ventilar no post anterior, correto? No entanto se prendeu a um ponto e dele abriu discordância. Citando o trecho "por exemplo. Nosso corpo nao fica sarado, forte, grande simplesmente por que nós imaginamos que isto seja bonito..." Correto?

2- disse categoricamente que acredita no poder da mente para curar e e para adoecer o aer humano. Correto? Porem nao haveria espaço para explicar melhor a ideia e que talvez abriria outro post. Correto?

3-  afirmou  prontamente que a consciência é tudo. E que o proprio ARNOLD. Usava sua mente para ajudar a fica lo mais forte..correto?

 1 R) - Bom assim pontuados......peço agora que volte à citação do item 1 e de mais ênfase à expressão (simplesmente) reforce esta palavra na interpretação do trecho citado.

Notamos que ela é de fundamental importância para o nexo do trecho como um todo....ou seja ela (a palavra simplesmente) remonta a ideia de apenas, unicamente, só com, sozinha,..logo entende se que a ideia é que nao basta apenas pensar,querer, desejar, sonhar ou qualquer esforço mental simplesmente. É preciso também, em conjunto haver esforço físico!... é isso que o trecho reflete.

Correto?

2 R) sobre o poder da mente de curar ou adoecer, isto  realmente acontece e é muito poderoso para muitas coisas e realmente levaria um bom tempo para agente explicar isso aki,porém para aquelea mais curiosos que quiserem saber sobre o assunto o nome dele técnicamente é poder de somatização. Ou tb chamado de somatização mental, ai existem dois tipos a somatizaçao maligna e a benéfica. E eu afirmo isto realmente acontece... entretanto experimentem ficarem sábios, mestres na arte da somatizacao para deaenvolverem  músculos e nao levantar pesso pra ver se vc cresce irmão..

Tenta ficar apenas imaginando que é forte e nao treinar como força bruta, pra ver o que acontece. Pode até fazer um ciclo de Aes 10 semanas e fica soh na força do pensamento depois passa o relato pra nois aqui....rsss

3 R) - Cara não rola...não funciona. E assim como vc citou o Arnold. Vc msm disse que ele mentalizava no momento em que MALHAVA bíceps...( está é a chave do raciocínio escrito no trecho acima, a União de corpo e mente. ) como o vc msm mencionou somos ao msm tempo corpo e mente. Somos um todo. Porém nem rodoa conseguem unifica los...

O poder da mente no desempenho físico é real e mt forte. Por exemplo .se vejo uma gostosa na rua soh com o pensamento eu ja fico de pau duro. Isso é a mente , porém é preciso que eu a corteje lhe envolva e me esforce fisicamente (suar literalmente) para que o negócio seja mágico. (Tem que juntar corpo e mente. Simplesmente um ou outro nao resolve)

 E sobre o fato de agt aer o que agt pensa ser e o que os outros pensam da gente, se somos como pensamos ou somos como pensam que somos.......

Aki eh preciso diatinguir 2 coisas . 2 conceitos básicos. 

1.Consciência subjetiva. É aquela que reflete o que nós msm pensamos sobre nós.

2.Consciência objetiva. É aquela que reflete o que os outros pensam sobre nós. 

Uma vez entendido estadistinção fica mais fácil vida em sociedade, pois temos o poder de priorizar aquele que mais nos favorece.

Ou seja. A depender do local,situação,que estamos iremosenfatizar nossa consciência subjetiva ou objetiva....

.(por exemplo neste momento eu estou valorizando minha consciência objetiva. Oque os membros do fórum e visitantes iram pensar sobre mim. ) 

Em locais como por exemplo no momento em que estou orando a Deus, ou até msm quando estou malhando, foco minha consciência naquilo que eu penso sobre mim ou seja a consciência subjetiva..........

Agora notem que a todo momento usa se a consciência. Pois seja ela subjetiva ou objetiva, ele é a consciência. E deve estar em sintonia com o corpo.

Sabendo disso agora me parece que não estavamos discordando. Não é msm amigo?? Agora parece nao haver mais discordâncias entre o que eu falei e o que vc falou, aparece que apenas estávamos falando a msm coisa o tempo todo.porém de formas diferentes , não parece??

Muito bom fzr ohorário de almoço aki.obrigado pela abertura Arnaldo. Vc tem boa disposição ao diálogo e Isso é bom para todos. 

 

Grande abraço a todos 

Sei como é difícil acreditar em certas coisas, se não forem padronizadas com o tipo de mentalidade da época!

Se eu lhe disse-se à 80 anos atrás que era possível conversar com uma pessoa de qualquer parte do mundo, em tempo real e ver a pessoa, o mais provável era chamarem me de maluco, ou à 150 anos atrás que poderiamos encomendar comida através de um aparelho...(apedrejado no minimo?) Hoje é banal.

Muito obrigado pela explicação, muito bem esposta a sua ideia, obrigado pela participação, peço desculpa por não estar de acordo mas compreendo perfeitamente a sua ideia e maneira de ver as coisas. A vida é mesmo assim as pessoas precisam de tempo para se abrirem a novas ideias, para conseguirem ter uma percepção diferente, do que realmente acontece. Grande abraço e boa continuação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante R100 - Treinamento para Hipertrofia Muscular
Em 19/11/2016 at 14:20, saravnsantos disse:

Oláaaaa, marombeiros e marombeiras!

Então, eu já fui mais participativa no grupo, estava ficando num corpo massa, 10 meses focada em ter o melhor de mim, 56kg, 22% de BF, perdi os titi e resolvi colocar silicone, aproveitei para corrigir desvio no septo o que melhoraria meu desempenho na academia também!
Na preparação para a cirurgia, ao invés de malhar para compensar o tempo que ficaria depois de molho, coincidiu com a entrega de TCC, daí foi aquela coisa: não comia direito, não dormia, cortisol nas alturas e aquela bagaceira. Entrei para a sala de cirurgia com 59kg. Depois da cirurgia, fui acometida por depressão, término de namoro, etc etc.

De la pra cá, iniciei as tentativas de retorno: iniciava academia, vinha o trabalho e travava. Resultado: 66kg.

 

Mas devido a minha logística pela falta de carro, pego carona com meu pai às 6:20 britanicamente e ele me deixa na academia, de lá fica mais fácil ir para o trabalho. Querendo ou não, encaixei o treino na rotina novamente. Complemento os treinos com Muay Thai 3x na semana.

O que é o problema: a balança. Estou retomando minha alimentação, comendo bem menos besteira e diminui o alcóol (1x na semana no máximo, já passei 2 semanas sem e estou bebendo menos alcóol) e bebo no mínimo 2L de água/dia. Em 1 mês, o ponteiro da balança não mudou, mas todos estão dizendo que eu estou mais fina... Perdi minha fita métrica pra confirmar, mas a dúvida é a seguinte: memória muscular age em tão pouco tempo? Pois é a única razão de eu não estar perdendo peso, mas medidas.
 

 'Perdi minha fita métrica pra confirmar'!  SEM COMENTÁRIOS! 

'mas a dúvida é a seguinte: memória muscular age em tão pouco tempo'? Em média, em média... 03 meses! NÃO É CIÊNCIA EXATA!!! 

'e diminui o alcóol (1x na semana no máximo, já passei 2 semanas sem e estou bebendo menos alcóol'! SEM COMENTÁRIOS!!! 

Editado por Diego Rafael Furian

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 17/01/2017 em 10:12, Micael Silva disse:

A mulher sumiu pra contar o que houve. Mas sim, memória muscular so age em curtos prazos. Ela não vai te fazer ser melhor do que antes, ela vai te fazer chegar próximo do que já foi um dia.

Opa!

Desculpe a demora pra voltar, final de ano é tenso.

Então, com o fim do ano, tive alguns imprevistos no trabalho mas estava caminhando a passos de formiguinha! Não consegui dar continuidade à rotina de treinos

Cheguei a 67, já baixei pra 65kg.

Fiz bioimpedância hoje e meu metabolismo está bem baixo, menos de 1300kcal. Parei de tomar anticoncepcional pra ver se melhoro isso e os resultados na academia (não tenho namorado mesmo, não vai fazer diferença).

Antes de atingir os resultados anteriores (de 56kg que citei), estava com musculatura abaixo do normal pra minha idade e altura. Precisava ganhar 5kg de massa magra e perder 2kg de massa gorda. O objetivo foi atingido na época.

Com o exame de hoje, vi que SIM, recuperei meu monstrinho adormecido, preciso somente de 2kg DE MASSA MAGRA agora, mas em compensação perder 11kg DE GORDURA para atingir o equilíbrio do corpo. Ou seja, preciso perder 8kg e voltar para os 57kg (peso ideal).

Meu IMC diminuiu, idade do corpo caiu 2 anos (na data que postei estava com 36 anos, estou com 34 anos agora).

 

Vou postar minha evolução em breve, essa semana farei exames de sangue e tireóide também. OBRIGADA A TODOS PELAS RESPOSTAS E COMENTÁRIOS, sucesso galera!

 

Raio X 25/01/2017:


Peso: 65,8kg

Massa de Músculo Esquelético: 22,6kg
Massa de Gordura: 24,4kg

IMC: 24,8

BF: 37%

Metabolismo Basal: 1265 kcal

 

Segue foto do corpo atual:

 

20161223_113915.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, saravnsantos disse:

Opa!

Desculpe a demora pra voltar, final de ano é tenso.

Então, com o fim do ano, tive alguns imprevistos no trabalho mas estava caminhando a passos de formiguinha! Não consegui dar continuidade à rotina de treinos

Cheguei a 67, já baixei pra 65kg.

Fiz bioimpedância hoje e meu metabolismo está bem baixo, menos de 1300kcal. Parei de tomar anticoncepcional pra ver se melhoro isso e os resultados na academia (não tenho namorado mesmo, não vai fazer diferença).

Antes de atingir os resultados anteriores (de 56kg que citei), estava com musculatura abaixo do normal pra minha idade e altura. Precisava ganhar 5kg de massa magra e perder 2kg de massa gorda. O objetivo foi atingido na época.

Com o exame de hoje, vi que SIM, recuperei meu monstrinho adormecido, preciso somente de 2kg DE MASSA MAGRA agora, mas em compensação perder 11kg DE GORDURA para atingir o equilíbrio do corpo. Ou seja, preciso perder 8kg e voltar para os 57kg (peso ideal).

Meu IMC diminuiu, idade do corpo caiu 2 anos (na data que postei estava com 36 anos, estou com 34 anos agora).

 

Vou postar minha evolução em breve, essa semana farei exames de sangue e tireóide também. OBRIGADA A TODOS PELAS RESPOSTAS E COMENTÁRIOS, sucesso galera!

 

Raio X 25/01/2017:


Peso: 65,8kg

Massa de Músculo Esquelético: 22,6kg
Massa de Gordura: 24,4kg

IMC: 24,8

BF: 37%

Metabolismo Basal: 1265 kcal

 

Segue foto do corpo atual:

 

20161223_113915.jpg

Você tem a genética legal. Não abandone os treinos. Faça o que tem que ser feito. Talvez o anticoncepcional tenha afetado negativamente alguma coisa, mas isso é muito relativo, não creio que faça muita diferença. Treine que você tem potencial. Afinal, você tem que idade? Essa bioimpedância não é legal nessa parte de prever a idade da pessoa. E IMC é índice quantitativo, o IMC de um atleta sempre vai ser de um obeso porque não leva em consideração, nada alem do peso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
21 horas atrás, Micael Silva disse:

Você tem a genética legal. Não abandone os treinos. Faça o que tem que ser feito. Talvez o anticoncepcional tenha afetado negativamente alguma coisa, mas isso é muito relativo, não creio que faça muita diferença. Treine que você tem potencial. Afinal, você tem que idade? Essa bioimpedância não é legal nessa parte de prever a idade da pessoa. E IMC é índice quantitativo, o IMC de um atleta sempre vai ser de um obeso porque não leva em consideração, nada alem do peso.

Eu tenho 22 anos, a bioimpedância indica 34. =/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora


  • Conteúdo Similar

    • Por Madilson Medeiros
      Não, você não leu errado! A frase é exatamente esta! Seus músculos não são seus! "Mas o que isso significa?" - você deve estar se perguntando neste momento. Muito simples. O que, na verdade, esta sentença quer dizer é que (se você ainda não sabe) nossa musculatura – obtida a duras penas na academia – não faz parte de nossa gênica.
      E vale a pena ressaltar que me refiro a músculos de verdade, não aqueles ridículos depósitos de óleo que, infelizmente, temos visto por aí ultimamente... De volta ao assunto, vamos esclarecer a questão: Quando nascemos, as informações genéticas contidas no núcleo de cada célula de nosso corpo, nos dão as características que apresentaremos ao longo de nossa vida. Evidentemente, ao longo do período de duração de nossas vidas, há uma enorme influência de estímulos oriundos do meio em que vivemos. Este é um mecanismo que é conhecido como princípio de adaptabilidade.
      Às características que herdamos através da herança genética, damos o nome de genótipo, ou seja, são peculiaridades inatas, determinadas por nossos genes. Isto inclui desde a cor de sua pele, olhos e cabelos até detalhes de sua idiossincrasia. Em contrapartida, apresentamos características que adquirimos ao longo de nossa vida, ou seja, influenciadas pelo meio.
      A esta notável capacidade damos a denominação de fenótipo. Se, por exemplo, você tem a pele clara, mas se expõe com alguma freqüência ao Sol, ela certamente se tornará mais escura conforme você aumenta este tempo de exposição. Tudo bem até aí, mas e quanto aos meus músculos, como não podem ser "meus"? Isso soa absurdo se você, evidentemente, interpretar o enunciado da frase ao pé-da-letra.
      O que de fato quero dizer é, caso pratique alguma tipo de atividade resistida como a musculação – e provavelmente se você se deu ao luxo de ler até aqui, com certeza se inclui neste grupo – certamente possui uma musculatura mais desenvolvida que o normal. Pois bem! Estes músculos que você conquistou, não importa o tempo que você os cultiva, não fazem parte da sua estrutura gênica ou, em outras palavras, são apenas característica fenotípica.
      O estímulo que você regularmente proporciona através dos exercícios é que mantém o tamanho e a força da sua musculatura. Esta, portanto, não será mantida na ausência de estímulo, ou seja, do treinamento. SEUS MÚSCULOS SÃO RESPOSTA AO TREINAMENTO! Caso interrompa este estímulo, seu corpo gradualmente utilizará todo o excesso (excesso sim, porque o organismo não precisa de músculos além do necessário) e este será convertido em energia.
      Uma das coisas que nosso organismo – através do nosso metabolismo – mais sabe fazer é manter um estado de equilíbrio energético. Este estado é conhecido como homeostase. É obtido através de uma cadência de reações bioquímicas comandada eminentemente pelo fígado.
      Todas estas vias metabólicas contribuem para induzir o organismo a um estado onde ocorra o máximo de equilíbrio. Músculos em excesso, característica extra genética – a não ser, é claro, que você trabalhe-os com freqüência – são uma espécie de “luxo” para o organismo e custam muito caro pela sua simples manutenção.
      Qual é então, a mensagem escondida atrás de toda esta explanação preliminar? Muito embora a visão evolucionista moderna, através da teoria epigenética, nos revele que há ínfimas modificações advindas do meio, ou seja, alterações fenotípicas podem – em caráter irrisório – levar a mudanças na expressão gênica e, desta forma, influir no genótipo do indivíduo, isto não é garantia de se fixar tais alterações. Sabemos hoje que o fenótipo é expressão da soma genótipo + ambiente, mas ainda não há provas conclusivas da herança dos caracteres adquiridos.
      E quanto a memória muscular? A vantagem desta capacidade (todos nós a temos) é que, por ser também um mecanismo de adaptabilidade, assegura que nos preparemos mais rapidamente frente a estímulos a que já fomos expostos. Em outras palavras, quanto mais tempo foi aplicado o estímulo, mais facilmente você recobrará as aptidões perdidas ao ser novamente submetido a este após um período de inatividade. Isso se apresenta como uma notável estratégia de sobrevivência, adquirida em função de milhões de anos em nossa história evolutiva.
      É muito comum ouvirmos uma ou outra pessoa dizer: “Nossa, quando você ficar velho todos estes músculos vão murchar” – Isto é óbvio, não serão só os músculos que irão “murchar”. Todo o organismo entrará em declínio - isto é fato - mas certamente é possível assegurar uma velhice plena e saudável a partir de que semeamos hoje. Treinamento deve ser pensado, nesta perspectiva, como uma opção pessoal consciente, não como uma ditadura.
      Treinar por meses a fio, com dedicação religiosa, não se traduz como uma atividade temporária. No entanto, há pessoas que treinam SOMENTE com a intenção de estar bem durante algum período específico, no qual seja importante exibir uma boa aparência. Normalmente estas pessoas não conseguem manter sua forma, pois abandonam ou diminuem a freqüência dos treinos.
      Queixam-se da obrigação de continuar levantando pesos para manterem a forma! Outras ainda arriscam o clichê: “Se você parar de treinar, despenca tudo!” – e estão cobertos de razão, despencará mesmo! Ainda bem, por que isto é que nos diferencia dos demais! Não treinamos para manter músculos, isto é apenas um detalhe! Treinamos pelo prazer de treinar; os músculos são conseqüência! Provavelmente, quando chegar o dia em que a engenharia genética ofereça condições de mudanças corporais sem esforço, ninguém mais valorizará o esforço que empregamos nos dias atuais para estar em forma.
      É importante criarmos uma associação entre o treino e a necessidade de manter os músculos grandes e fortes, porém, ainda mais importante é fazer deste expediente uma ideologia, um hábito que faça parte de nossas vidas. Se nos prendermos a simples idéia de que é NECESSÁRIO treinar para manter o que conquistamos, estaremos nos tornando escravos do estímulo.
      Ora, não é muito mais interessante unirmos o útil ao agradável? Não foram exaustivamente comprovados pela comunidade científica – e continuam sendo – os benefícios da prática da musculação? Não se prenda a inflexível ditadura da NECESSIDADE do treinamento. Transforme esta necessidade, se você ainda a vê desta forma, numa prática prazerosa e agradável. Desta maneira você terá uma longa e, mais importante, saudável trajetória no esporte.
      “Aquilo que não nos mata, nos torna mais fortes” (Friedrich Nietzsche)
      BONS TREINOS E ATÉ A PRÓXIMA!
×
Esta popup será fechada em 10 segundos...