Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Implante de testo + Oxandrolona


Macedoma
 Compartilhar

Post Destacado

Olá pessoal, sou nova por aqui! Boa noite! 

Tenho 33 anos, 170,5 cm de altura, 64 kg (distribuídos de maneira uniforme, mas com um BF mal distribuído, hehehe - 20% com maior concentração nos Flancos). Treino musculação há mais de 10 anos e esse ano gostaria de melhorar o shape de vez, já com treino bem alinhado com personal e dieta com nutricionista esportista. Fui em um Nutrologo para ver se estava tudo em ordem e se eh poderia do ponto de vista de saúde iniciar um modulação hormonal, vimos que minha testo está abaixo do limite minimo... ele sugeriu implante de testosterona + oxandrolona (5mg - 3x ao dia) oral. O que vocês acham? Alguma mulher no fórum com experiência nessa combinação? 

Muito obrigada! 

Obs: o que Eu achei bem confuso foi ele ter me passado também Espirolactona (com a finalidade de evitar os possíveis efeitos colaterais da oxa - acne e queda de cabelo). Mas, sabemos que a espirolactona inibe a produção de testo e o efeito do implante certo? Acho que ele deu viajada, né? 

O que acham?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


  • Moderador

Pois é, seria o mesmo que você ciclar usando anticoncepcional. A espirolactona até pode ser usado em casos para reverter algum colateral mais agressivo, mas já suspendendo o ciclo para evitar agravantes.

Eu prefiro que você apenas comece com 1 única droga já que você nunca usou nada, mas como está com acompanhamento médico, faça o que ele indicou até porque a dose de ox está baixa e suponho que a concentração de testo também seja.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Moderador
8 minutos atrás, Macedoma disse:

Muito obrigada pelos seus comentários Locemar. Estou bem confusa se faço ou não esse implante. Ele não sou me dizer qual a liberação diária do implante por exemplo... 

E vc acha que nessa combinação teria muita chance de queda de cabelo?

Colateral é algo muito individual, não tem como prever.

Mas por que o implante e não a testosterona em gel que é mais fácil de controlar caso precise suspender o uso?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Entao, o gel parece ter ação menos eficaz. E o benefício do implante segundo o Dr. e o que eu tenho visto de informação é a disposição do hormônio de forma mais estável, sem tantas variações durante o dia. 

Putz confesso que estou bem medrosa (?) e acho que vou desencanar. Mas ao mesmo tempo não sei o que fazer com a testo baixa e os sintomas disso (baixa energia, baixa libido, sem tônus muscular apesar de treino e dieta controlada - faço flexible com acompanhamento de macros cerca de 205 g de carbo, 123 g de proteína e 37 g de gordura).

Os médicos (sejam endocrinologistas ou Nutrologos) todos vão por essa mesma linha... oxa + testo ou só oxa...  já passei em alguns.

E outra dúvida (já abusando da sua experiência Locemar) o implante e a oxa oral me darão testo enquanto eu tomar certo? Quando eu parar os níveis cairão Novamente? Como mantê-los sem tomar os hormônios?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Visitante FitCoupleHim
1 hora atrás, Macedoma disse:

 

... sem tônus muscular apesar de treino e dieta controlada - faço flexible com acompanhamento de macros cerca de 205 g de carbo, 123 g de proteína e 37 g de gordura).

 

Para o objetivo "ganhar massa muscular" você come pouquíssimo. Teria que elevar a ingestão energética em, ao menos, +800kcal/dia, acaso treine de 3 a 5x na semana.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Visitante FitCoupleHim
22 minutos atrás, Macedoma disse:

Obrigada pelo comentário @FitCoupleHim mas eh que o intuito é secar (diminuir BF que está em torno de 20%)... ? E por isso a testo e oxa para dar um força. Faz sentido? 

Obrigada pela ajuda! 

Ajudarão na manutenção de tua massa muscular atua e, eventualmente, a ter um certo aumento de massa muscular (ainda que em dieta hipocalórica). Ainda que estas drogas sejam dotadas de certo efeito lipolítico, este efeito faria sentido para alguém que está com 15% de BF e quer uma "ajuda extra" para chegar em 13%, entende?

O efeito lipolítico existe, mas não é representativo quando estamos falando de generosas reduções de BF, muito embora 20% em mulheres não seja ruim. Sem embargos, no teu caso, alimentação e treino serão os fatores preponderantes da perda de BF. 

Importante salientar que deve deixar a balança de lado e ter o espelho e as roupas como os teus "melhores amigos a partir ontem". isso porque a densidade da massa muscular é bem maior que a da gordura, portanto, um pouco de massa muscular que ganhar, na balança substituirá uma perda considerável de gordura, ou seja, as medidas reduzirão mas o peso se manterá ou, até, aumentará. Assim sendo, esqueça a balança e o fator peso e preste atenção nas roupas e no espelho. Só para você ter uma ideia, minha esposa tem 164cm de altura e  61kg. Ela é gorda??? De jeito nenhum e, ainda, terá outras 7 semanas de bulking, ou seja, "ganhando peso" (comendo cerca de 2.700kcal/dia) para, após, entrar em cutting ou "cortar BF".

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muuuito obrigada @FitCoupleHim pela generosidade na resposta em compartilhar conhecimento (estou impressionada com o fórum, vocês são incríveis).

Super Entendido! Esquecendo a balança mode on :)

Só mas uma questão... você acha então que com esse meu BF vale o ciclo proposto pelo médico: 

Implante subcutâneo de testo (duração de 12 meses) + oxa oral 15 mg/dia (divididos em 3 doses de 5mg de 8/8h por 8 semanas (depois disso tenho retorno com ele). 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Visitante FitCoupleHim
2 horas atrás, Macedoma disse:

Muuuito obrigada @FitCoupleHim pela generosidade na resposta em compartilhar conhecimento (estou impressionada com o fórum, vocês são incríveis).

Super Entendido! Esquecendo a balança mode on :)

Só mas uma questão... você acha então que com esse meu BF vale o ciclo proposto pelo médico: 

Implante subcutâneo de testo (duração de 12 meses) + oxa oral 15 mg/dia (divididos em 3 doses de 5mg de 8/8h por 8 semanas (depois disso tenho retorno com ele). 

Nós todos (aqui no fórum) temos nossas opiniões, entretanto, não estamos em posição de refutar ou corroborar as medidas propostas pelo teu médico, sobretudo, porque não somos médicos. O que eu posso dizer é: confie no teu médico ou ouça uma segunda opinião.

Falando em experiências pessoais, minha esposa utilizava testo 1% em creme pentravan (isso significa efetivamente 5mg/dia). Quando adicionou oxandrolona 5mg/dia em concomitância para com a testo, os colaterais vieram com força. Isso porque a oxandrolona reduz drasticamente os níveis de SHBG, responsável por "controlar" a testosterona livre no corpo. Ao reduzir o SHBG, houve "excesso" de testosterona livre circulante, o que resultou em espinhas (muitas), crescimento de pelos, aumento do clitóris, aumento da libido e rouquidão.

Trocando em miúdos, minha esposa não se deu bem com oxandrolona em concomitância para com a testosterona. Após essa combinação, ela trocou a testosterona em pentravan por testosterona 2.2% em gel de ultra absorção (isso significa efetivamente 11mg/dia), veículo o qual se mostrou tão eficiente quanto o pentravan, com a vantagem de levar cerca de 30 segundos para ser absorvido, e o local da aplicação ficar sequinho e cheiroso (ela aplicava nos antebraços, esfregando um no outro). A testo 2.2% em gel de ultra absorção, elevou a testosterona total dela para níveis acima de 400ng/dl. Achamos demais, pois, apesar da melhora nas espinhas, os demais colaterais permaneceram, à exceção do aumento do clitóris que foi um pouco mai severo. Por fim, faz cerca de 10 meses que minha esposa está constantemente hormonizada (doses pequenas por períodos prolongados, pois, às mulheres não é necessária sujeição ao sistema de ciclos, por não possuíres eixo HPT como os homens).

Contei essa experiência para demonstrar que:

a) existem, sim, médicos que prescrevem testosterona em gel/creme e que, tais veículos, são eficientes e eficazes, porém a um custo módico (cerca de R$90,00 para 30 dias de aplicações);

b) oxandrolona potencializa os efeitos da testosterona, além de ser um derivado de DHT, diretamente ligado a colaterais como oleosidade e espinhas.

c) 15mg de oxandrolona, por si só, já é uma dose generosa;

d) Doses pequenas em períodos prolongados trazem ganhos paulatinos, porém, consistentes, sólidos, com densidade.

 

Aliás, qual é a dosagem liberada diariamente (ou semanalmente) pelo teu implante?

 

Por derradeiro, sugiro a leitura deste tópico:

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta 100% gratuita!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
 Compartilhar

×
×
  • Criar novo...