Ir para conteúdo
Ale1982

Uso da gestrinona para miomas e saúde da mulher

Avalie este tópico:

Post Destacado

Olá pessoal,

Estou pensando em colocar implantes de gestrinona (G6) para reduzir uns miomas e tentar fugir de uma cirurgia no útero. Minha maior preocupação são os efeitos colaterais. Como a gestrinona é um esteróide, acredito que o pessoal aqui possa me dar boas dicas sobre como lidar com os colaterais bem como informações de qualidade para eu tomar a decisão de colocar os implantes ou não. Já li muita coisa sobre essa tal gestrinona e no geral, vejo que os médicos que trabalham com os implantes falam só coisas boas, mas 90% das experiências que li na internet são negativas (mulheres que colocaram o implante para ganhar músculos e/ou evitar a TPM). Pois bem. O problema é que nesses depoimentos por aí falta informações detalhadas da saúde e idade da pessoa, então fica difícil tomar uma decisão com base nisso. E por tudo que li aqui, me passou bastante confiança o conhecimento de alguns usuários e por isso, aqui estou. 

Vamos lá, dados:

Idade: 36
Altura: 1,65m
Peso: 63kg
Não fumante, natureba de tudo

Medicações em uso: nehuma. Também não uso anticoncepcionais. Usei pílula há 17 anos durante 3 meses para cólicas menstruais (recomendação da ginecologista), mas me dava enjôos e dor de cabeça, daí parei e nunca mais nesses 17 anos.

Problemas de Saúde: miomas no útero

Tempo de treino: 6 meses, interrompido há 40 dias. Faço caminhadas diariamente 5 a 10 km. Nunca tomei nada, nem Whey. E nesse tempo de academia não ganhei massa (tirei as medidas com fita métrica em casa e nada mudou)

Dieta com calculo de macros: vou pesquisar o que é isso rsrs Mas não faço dieta, tenho uma alimentação que eu mesma defini com base no que acho que me cai bem e venho seguindo há quase 3 anos. Há 12 anos sem qualquer carne que não seja peixe.

Alimentação

Café da manhã/lanche 18h: tapioca com 1 fatia de mussarela e chá mate (ou leite em pó) c/ pouco açucar demerara; ou lentilha/quinoa com ovo; ou purê de mandioquinha com omelete. Vou comendo a mesma coisa até enjoar e trocar. Hoje estou na fase da tapioca rs

Almoço: salada + peixe no vapor (1 filé) ou 2 ovos + lentilha ou quinoa cozida

Jantar: não gosto / não tenho vontade, só um lanche parecido com o café da manhã ou algo doce como frutas

Ao longo do dia: eventualmente uma fruta, balas, brigadeiro de colher com certa frequência rs. Muito raramente algum pão ou bolacha. 

Praticamente nada de industrializados, óleos só de coco e azeite extra virgem, pouco sal (rosa) nos alimentos, temperos só naturais (cúrcuma, orégano, cebola, pimenta do reino. O gluten tinha parado de consumir desde 2016, esse ano tentei voltar, mas não me cai bem, sinto a barriga pesada e menos disposição física, então, prefiro evitar. 

Suplementos e vitaminas: comecei a tomar em julho, diariamente: lugol, zinco, selênio, magnésio e vitamina D, todos separados e em doses adequadas para meu peso e idade, que eu mesma defini conforme algumas pesquisas.

Exames de sangue recentes pouca alteração, alguns números:

Tetosterona total: 18,04 ng/dL (a livre não fiz)
Estradiol: 191 pg/mL
Colesterol ruim: 116 mg/dL (ideal abaixo de 100)... deve ser por consumir muito carbo né?
FSH: 4,92 mUI/mL
LH: 4,22 mUI/mL

Então, vamos ao caso. Já faz uns 3 anos que surgiram miomas no meu útero. Como são subserosos, não tenho sintomas e nenhum incômodo com sangramento, então, optei por acompanhar. Só que fiz ultrasson mês passado e a médica disse que meu útero está 10x maior que o tamanho normal, o equivalente a uma gravidez de 5 meses, segundo ela. Venho pesquisando tratamentos e a gestrinona me chamou a atenção. Queria evitar cirurgia, pois além de ter medo, acho que não vou ter o dinheiro para fazer agora e não tenho plano de saúde. Se for pelo SUS, o médico já me avisou que eles não tiram os miomas, mas o útero todo. Enfim. Esse problema já vem tirando minha paz há alguns anos e tenho que agir logo. Pensei em fazer embolização, mas ela também não elimina o mioma completamente e corre o risco de falência ovariana, o que me deixaria em menopausa aos 36 anos :( 

Voltando à gestrinona, teoricamente ela suprime a produção de estrogênio e progesterona, e com isso, os miomas e o volume do útero diminuem. A solução parece ótima, até por que, devo ter predominância estrogênica. O que me impede de decidir pelos implantes são 3 questões:

Primeiro, saber em quanto % essa droga poderia reduzir meus miomas e meu útero e qual a possibilidade do mioma desaparecer completamente (isso talvez vocês não possam me ajudar).

Segundo, se o tratamento der certo, posso usar isso para sempre ou teria que dar um descanso para o organismo de vez em quando?

Terceiro, é possível controlar os efeitos colaterais negativos (de preferência naturalmente - alimentação, exercícios, chás etc) ou não?

Os colaterais que mais me preocupam são a queda de cabelo (já tenho pouco cabelo e cai bastante), o crescimento de pêlos no rosto, a masculinização do rosto (aumento nos ossos da face e no nariz), e a acne (minha pele já é um pouco oleosa, mas sem acne). Li por aí uma mulher falando que usou o chip por 2 anos e na metade do 2º ano começou a notar mudança nos traços do rosto, ficando menos delicados e que mesmo depois de um tempo sem o implante os traços não voltaram como era antes. 

O fato de ter pouca testosterona pode significar que terei menos colaterais? E o aumento no colesterol ruim que vi em alguns relatos devido à gestrinona, será que isso é um efeito próprio da droga que não pode ser alterado, ou com dieta e exercícios dá para controlar?

O que eu tenho medo é de tentar contornar o problema do mioma e arranjar mais uma dezena de outros problemas (ficar com menos cabelo que já tenho, cheia de espinhas, hormônios e enzimas hepáticas alterados, colesterol alto, gorda etc). Li (não aqui) que uma moça que colocou gestrinona como "chip da beleza" engordou mesmo com dieta e exercícios e depois não conseguia emagrecer mesmo sem os chips, pois todos os seus hormônios ficaram alterados.

Enfim, quero ouvir opiniões de quem tem algum conhecimento sobre esteroides. Eu consigo ter disciplina para fazer o que for preciso, só preciso ter algum percentual de certeza para decidir.

Algumas fotos para complementar...

Todos os palpites e sugestões serão bem vindos. Desde já obrigada!

 


 

fotosshape.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom vamos lá. 

Primeiramente entendo que sua consulta é mais relacionada ao mioma do que o fitness em si. Está buscando algo para o tratamento de algo que está te incomodando  e não é o seu corpo visto que possui formas bem femininas e bem desenhadas.

Você só come peixe? 12 anos........ Porque? Omega 3? Cuidado que o peixe é o maior reservatorio de mercurio (metal pesado que quando acumulado interfere muito no seu ciclo de Krebs que o responsavel por gerar energia no seu corpo e que pode interferir no seu metabolismo). Inclua outras formas de proteina no seu cardapio......elas tbm possuem omega 3 (ovos, carne vermelha etc). Outra possibilidade seria, se seu corpo possui muito mercurio e baixas taxas de omega 3 seu risco cardiovascular aumenta.

Sobre a dieta ví que é curiosa então vou te passar um aplicativo chamado de "My fitness Pal". Coloque todos os alimentos no aplicativo e quantifique quanto de carboidrato, gordura e proteina tem na sua dieta exposta. Vou deixar isso de lição de casa. rs.

Sobre as vitaminas....quais as doses que está tomando? Dosou essas substancias com exames?  Selenio, magnesio, vit d, zinco......cuidado..........cuidado......

Exames de sangue recentes pouca alteração, alguns números:

Tetosterona total: 18,04 ng/dL (a livre não fiz) .. ok
Estradiol: 191 pg/m 
....folicular tbm
Colesterol ruim: 116 mg/dL (ideal abaixo de 100)... deve ser por consumir muito carbo né? e o HDL?
FSH: 4,92 mUI/mL provavelmente estava na fase folicular ......produzindo seus futuros ovulos
LH: 4,22 mUI/mL .. provavelmente estava na fase folicular ......produzindo seus futuros ovulos

....Quanto ao seu caso: Vou te ajudar na primeira duvida sua. O que a médica te sugeriu? Falou do implante com ela? Procurou um ginecologista? O que ele te sugeriu? Sendo sincero com voce acredito que a gestrinona possa te ajudar sim, assim como Ulipstral, assim como o famoso Citotec, assim como agonistas de GnRh, isso tudo voce tem que sentar e conversar com sua médica poque tem que ter um acompanhamento rigoroso com exames laboratorias principalmente da parte Hepatica. Quanto a reduçao dos miomas voce pode partir de 35 a 60% com agonistas do GnRh, 26 a 74 do citotec, gestrinona não tem nada relatado. POrtanto a resposta é : varia de pessoa a pessoa. O mioma não vai desaparecer é seu por direito adiquirido. Só sai com procedimento cirrugico já relatado.

...Pode usar Gestrinona o tanto que voce quiser se realizar acompanhamento medico.

...Pode tbm controlar os efeitos colaterais, porem tera que melhorar sua alimentação e frequencia em academia.....rs

...O rosto não fica de macho.......o que voce perde é gordura subcutanea pois hormonio tem efeito lipolise. O que ocorre tbm com os seios que possuem muita gordura.

...Sobre seu LDL tem que ver os outros exames de perfil lipidico (triglicerides, colesterol, hdl e vldl). Apenas assim conseguimos saber o que se passa. Perfil lipido pode ser revertido sim com dieta e treino e tbm com medicações. Sobre colaterais isso depende da sensibilidade de receptores de cada pessoa. 

... Se fizer um acompanhamento medico junto com a Gestrinona dificilmente estará sob região tenue. O que mais importa nÃo é o que se ve por fora e sim por dentro do corpo. O que se ve por fora é quando o que está dentro já está F.........

... Tenha ciencia que seu caso precisa de um feedback de um Ginecologista a respeito do mioma.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito obrigada pela resposta.

Sim, a prioridade é resolver os miomas. Mas claro que estou disposta a voltar a treinar e melhorar meu físico, para brindar a chegada dos 40 na melhor forma possível rs

Eu só como peixe porque nunca gostei de carne. Então, quando fui morar sozinha deixei de comer carne para sempre. Ovos só consigo comer 2 ou 3 por dia, acho que é insuficiente. E quase sempre escolho a tilápia, raramente salmão. Mas imagino que esses peixes sejam criados em tanques/cativeiro. Será que ainda assim tem esse problema do mercúrio? Preciso achar um bom nutricionista depois para ver se conseguiria a quantidade ideal de proteínas só com vegetais, por que na verdade não faço questão nem do peixe.

Falando em ômega 3, esse é outro item que estou analisando melhorar a ingestão, de preferência com alimentos. Essas cápsulas que vendem por aí não me passam muita confiança.

Yes sir, vou fazer a lição de casa :)  Mas já imagino que esteja exagerando nos carboidratos

Tenho um histórico de deficiência de vitamina D. Em 2011 o médico me passou 6 gotinhas de Dpura, algo em torno de 1.200 UI por dia. Anos depois eu saberia que essa dose é ridícula. Eu gostaria de fazer tudo acompanhada por um médico. Quando mencionei para meu último médico que estava suplementando magnésio, iodo, selênio etc ele disse que isso não fazia nem bem, nem mal, veja só. Então, enquanto não encontro o médico ideal, vou pesquisando e me arriscando na “autosuplementação” rs.

Vitamina D 10 a 20.000 UI por dia (capsulas softgel importada). Como no exame de sangue minha vitamina D foi 114,6 ng/mL, estou agora só com 10.000 UI. Eu poderia até manter as 20.000 UI, monitorando o paratormônio, que segundo do Dr. Cícero Coimbra, especialista no tratamento de doenças auto imune com altas doses de Vitamina D, o PTH perto do limite mínimo dentro da escala normal seria a margem de segurança para a quantidade de Vitamina D em superdose não tóxica. Meu PTH estava 15 pg/mL, ou seja, ainda em segurança.
Magnésio: cerca de 800mg na forma de cloreto de magnésio diluído em água, 180 ml 3 vezes ao dia. Sem diarréia
Lugol a 5%: 2 gotas (manipulado)
Selênio quelado: 80mcg (manipulado, pois as castanhas do Pará não são muito precisas)
Zinco quelado: 12mg (manipulado)

Tem perigo essas doses? Dessas substâncias só dosei a vitamina D 114,6 ng/mL e magnésio: 2,0 mg/dL. Parei com os suplementos 3 dias antes de coletar o sangue e voltei depois.

Será que não era fase lútea? Meu ciclo é de 27 dias e a coleta do sangue foi no 16º dia. Menstruei exatamente 11 dias depois. Se realmente era a fase folicular, esse estradiol estava acima do normal.

Quanto ao perfil lipídico:
LDL: 116 mg/dL
HDL: 79 mg/Dl
VLDL: 15 mg/dL
Colesterol total: 210 mg/dL

Triglicérides: 76 mg/dL
O que você acha? Estou supondo que seja o excesso de carboidrato porque não ingiro frituras nem alimentos gordurosos.

Quanto ao feedback do ginecologista é complicado chegar a um consenso. Os médicos do SUS falam para retirar o útero. Essa médica que fez o exame sugeriu embolização. Se eu for no especialista em tratamento cirúrgico,  ele vai me oferecer miomectomia (retirada só do mioma), embolização etc. Não achei um ginecologista que tenha uma abordagem completa sobre miomas, por isso, minha única opção é ouvir cada um, pesquisar e decidir sozinha, parece que não vou achar um médico que me indique o melhor tratamento tendo em vista todas as possibilidades.

Tá complicado. Todas as soluções que pesquisei tem um lado ruim. A embolização não elimina o mioma por completo e ainda tem o risco de perder o ovário (risco aumenta com a idade). A miomectomia seria interessante, pode-se tirar cada um dos miomas preservando o útero. Porém, além do custo e da sofrida recuperação pós cirúrgica, é quase certo que em até 5 anos apareçam outros miomas, pois tudo indica que a causa é hormonal.

Retirar o útero é complicado. Além da recuperação ser terrível, corre o risco de surgirem problemas como incontinência urinária, prolapso dos órgãos, não quero nem pensar. E ainda vai ficar lá o colo do útero, que pode ser um ponto vulnerável para um futuro câncer, mas se retirado, é comum ficar com vagina encurtada. Olha o tamanho do problema gente!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 13/09/2018 em 20:30, Ale1982 disse:

O fato de ter pouca testosterona pode significar que terei menos colaterais? E o aumento no colesterol ruim que vi em alguns relatos devido à gestrinona, será que isso é um efeito próprio da droga que não pode ser alterado, ou com dieta e exercícios dá para controlar?

O que eu tenho medo é de tentar contornar o problema do mioma e arranjar mais uma dezena de outros problemas (ficar com menos cabelo que já tenho, cheia de espinhas, hormônios e enzimas hepáticas alterados, colesterol alto, gorda etc). Li (não aqui) que uma moça que colocou gestrinona como "chip da beleza" engordou mesmo com dieta e exercícios e depois não conseguia emagrecer mesmo sem os chips, pois todos os seus hormônios ficaram alterados.

Enfim, quero ouvir opiniões de quem tem algum conhecimento sobre esteroides. Eu consigo ter disciplina para fazer o que for preciso, só preciso ter algum percentual de certeza para decidir.

A gestrinona tem respostas bem individualizadas: há quem tenha colaterais e há quem não apresente. Para evitar possíveis colaterais o caminho seria a gestrinona em gel de pentravan, cujo o médico principal nesta seara se chama Hugo Maia Filho ( https://www.instagram.com/hugomaiafilho/ ) de Salvador-BA. A vantagem da opção9 em gel é que você pode manipular a dose para apenas 01 mês e só o fazendo para o mês seguinte se apresentasse ou não os colaterais. Diversamente, a gestrinona em bastonetes, você paga um valor maior, porque a duração é para um ano, e, em havendo colaterais, você perde todo o investimento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acredito que se voce está tentando por conta a manipulação e controle de vários fatores endo. do seu organismo acredito que seria interessante o uso da Gestrinona em forma de gel Pentravan como o @Foston citou e ver quais serão as respostas serão apresentadas pelo seu corpo. Dentre as opções que voce tem acredito que essa será uma das do conjunto das menos invasivas junto com os outros que citei (Ulipstral, Misoprostol, Agosnistas de GnRh....etc). 

Quanto a suplementação de vitaminas eu ficaria apenas com a de Vit D então.  As outras na minha maneira de ver não acho saudavel. Recomendaria voce comprar um bom polivitaminico (estrangeiro) . 

Sobre seu perfil lipidico voce nÃo tem risco artero. se analisar sua relação 1 e 2. Acredito que de para melhorar seu LDL e Colesterol total com melhora no consumo dos cabroidratos como voce mesmo falou. E no seu caso tentaria modificar um pouco sua ingesta de proteina, deixa o peixe de lado um pouco e veja como seu corpo irá reagir . Suplemente com Whey, coma ovos e invista em um suplemento de Omega 3 da gringa tbm com bons niveis de EPA e DHE. 

BOm e isso......

Tem um colega que voltou a postar ontem que pode dar um ponto de vista tbm.........ou igual ou as vzs diferente do que demos aqui......mas serve para complementar e favorecer na reflexão @Bruno APC

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá @Apollo Galeno @Foston Essa semana estive lendo vários posts do fórum e aprendendo muito com vocês todos, só fera aqui 😉. Eu estou com medo dos colaterais, mas se tiver certeza que é possível administrá-los, colocaria os implantes sem problema, pois ainda que eu faça a cirurgia, os miomas sempre vão voltar, eu teria que achar um tratamento hormonal para toda a vida, seria a única forma de não voltar a ter miomas (é o que estou inferindo a partir do que já li sobre).

No começo de outubro vou ao médico em SP, mas acho que só trabalha com implantes, de qualquer forma, vou perguntar sobre o gel e o mais importante, em quanto % o útero pode reduzir. O Dr Hugo é o do vídeo que o @Foston me indicou, e é aluno do Dr. Elsimar, mas moro no interior de SP, ir até Salvador é complicado. 

12 minutes ago, Apollo Galeno said:

E no seu caso tentaria modificar um pouco sua ingesta de proteina, deixa o peixe de lado um pouco e veja como seu corpo irá reagir

Sim, vou fazer isso. Eu já fiquei sem o peixe por algumas semanas, substituindo por ovos (até 5 ovos ao dia), não senti diferença. Uma coisa que faz muita diferença é se fico sem a lentilha, sinto fraqueza generalizada, para correr, andar rápido. Vou ver essa questão das proteínas sim.

49 minutes ago, Apollo Galeno said:

Quanto a suplementação de vitaminas eu ficaria apenas com a de Vit D então.  As outras na minha maneira de ver não acho saudavel. Recomendaria voce comprar um bom polivitaminico (estrangeiro) . 

A vitamina D é da Healthy Origins. As outras são manipuladas. Por que não é saudável? Nem o lugol? Minha dose de selênio e zinco é bem baixa, ainda assim tem perigo?

@Apollo Galeno e @Foston sei que estou "sofrendo" por antecipação, mas o que vocês poderiam me dizer sobre essas dúvidas que tenho:

1) Os efeitos colaterais ocorrem enquanto estiver usando a droga ou o corpo se adapta com o tempo e os colaterais são amenizados? Ou isso também é imprevisível?

2) A queda de cabelo com uso de esteróides, sempre tem a ver com a conversão da testo livre em DHT e/ou por que são derivados da DHT? Como esse não é o caso da gestrinona (ser derivado), então só ocorreria queda de cabelo caso a TL fique muito alta a ponto de converter em DHT?

De todos os possíveis colaterais, está me parecendo que a queda de cabelo é o mais difícil de tratar. E no meu caso mais preocupante, visto que não tenho muito cabelo.

Vou fazer também os exames de DHT, testo livre e SHBG, que o médico não pediu, mas pelo que vi por aqui seria interessante acompanhar. Semana que vem volto para a academia após 40 dias parada. E estou vendo o que posso otimizar (além do que vocês já citaram) para tentar obter um bom proveito para além dos miomas.

Obrigada @Foston @Apollo Galeno, vou continuar lendo aqui porque tenho muito a aprender. @Bruno APC qualquer coisa que tiver a comentar ficarei muito grata. A qualquer momento volto com novidades.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Apollo Galeno disse:

Acredito que se voce está tentando por conta a manipulação e controle de vários fatores endo. do seu organismo acredito que seria interessante o uso da Gestrinona em forma de gel Pentravan como o @Foston citou e ver quais serão as respostas serão apresentadas pelo seu corpo. Dentre as opções que voce tem acredito que essa será uma das do conjunto das menos invasivas junto com os outros que citei (Ulipstral, Misoprostol, Agosnistas de GnRh....etc). 

Quanto a suplementação de vitaminas eu ficaria apenas com a de Vit D então.  As outras na minha maneira de ver não acho saudavel. Recomendaria voce comprar um bom polivitaminico (estrangeiro) . 

Sobre seu perfil lipidico voce nÃo tem risco artero. se analisar sua relação 1 e 2. Acredito que de para melhorar seu LDL e Colesterol total com melhora no consumo dos cabroidratos como voce mesmo falou. E no seu caso tentaria modificar um pouco sua ingesta de proteina, deixa o peixe de lado um pouco e veja como seu corpo irá reagir . Suplemente com Whey, coma ovos e invista em um suplemento de Omega 3 da gringa tbm com bons niveis de EPA e DHE. 

BOm e isso......

Tem um colega que voltou a postar ontem que pode dar um ponto de vista tbm.........ou igual ou as vzs diferente do que demos aqui......mas serve para complementar e favorecer na reflexão @Bruno APC

Vou dar uma olhada mais tarde quando chegar do trabalho e comento aqui 🤜🤛

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

×