Jump to content

Rate this topic

Recommended Posts

Foi publicado, no dia 27/07, o novo marco regulatório dos suplementos alimentares. As novas regras vão melhorar o acesso dos consumidores brasileiros a produtos seguros e de qualidade.  Outro impacto esperado é a redução do desnível de informações observado nesse mercado, especialmente na veiculação de alegações sem comprovação científica.

A modernização da regulamentação também vai diminuir os obstáculos para comercialização e inovação desse setor, além de melhorar o controle sanitário e a gestão do risco desses produtos.

Algumas marcas estão aproveitando a mudança, para lançar novos produtos ou maiores concentrações, como o caso da NewNutrition marca nacional. Em conversa com o comercial da empresa, me apontaram os seguintes lançamentos e reformulações:

Vitamina D passou de 200 ui para 2000 ui, sem quase nenhuma alteração no valor final.

Vão lançar também a Vitamina C que antes da nova legislação era 45mg (100%) e agora vai passar a ser 1000mg.

Outro possível lançamento é a Arginina, que é um excelente aminoácido, muito usado em pré-treinos e tem uma boa ação vaso dilatadora.

Confira as principais mudanças

Se for para pessoa saudável, é suplemento

Todos os produtos apresentados em formas farmacêuticas e destinados a suplementar a alimentação de pessoas saudáveis com nutrientes, substâncias bioativas, enzimas ou probióticos deverão ser enquadrados como suplementos alimentares e atender regras específicas de composição e de rotulagem.

Lista define o que pode

Foram criadas listas positivas que contemplam 383 ingredientes fontes de nutrientes, substâncias bioativas ou enzimas, 249 aditivos alimentares e 70 coadjuvantes de tecnologia autorizados como suplementos. Além disso, a Diretoria Colegiada estabeleceu que essas listas serão atualizadas de forma periódica, desde que sejam demonstradas a segurança e a eficácia dos constituintes.

Limites mínimos e máximos

Também foram adotados limites mínimos e máximos para as quantidades de nutrientes, substâncias bioativas e enzimas para diferentes grupos populacionais, de forma a garantir que os suplementos forneçam quantidades significativas de constituintes sem oferecer risco à saúde dos consumidores.

Alegação de benefícios

Os benefícios à saúde que podem ser veiculados na rotulagem desses produtos foram definidos em lista positiva, também sujeita à atualização periódica. Foram autorizadas 189 alegações.

Os produtos que já se encontram no mercado terão o prazo de cinco anos para se adequarem às novas regras, tendo em vista que se trata de produtos seguros e já autorizados pela Agência. Os novos produtos devem se adequar imediatamente.

O novo marco legal para suplementos alimentares é formado por seis normas. Conheça.

Normas

Ementas

Resolução RDC 239/2018

Estabelece os aditivos alimentares e coadjuvantes de tecnologia autorizados para uso em suplementos alimentares.

Resolução RDC 240/2018

Categorias de alimentos e embalagens isentos e com obrigatoriedade de registro sanitário.

Altera a Resolução - RDC nº 27, de 6 de agosto de 2010.

Resolução RDC 241/2018

Dispõe sobre os requisitos para comprovação da segurança e dos benefícios à saúde dos probióticos para uso em alimentos.

Resolução RDC 242/2018

Regulamenta o registro de vitaminas, minerais, aminoácidos e proteínas de uso oral, classificados como medicamentos específicos.

Altera a Resolução - RDC  24, de 14 de junho de 2011, a Resolução - RDC  107, de 5 de setembro de 2016, a Instrução Normativa - IN  11, de 29 de setembro de 2016 e a Resolução - RDC  71, de 22 de dezembro de 2009.

Resolução RDC 243/2018

Dispõe sobre os requisitos sanitários dos suplementos alimentares.

Instrução Normativa 28/2018

Estabelece as listas de constituintes, de limites de uso, de alegações e de rotulagem complementar dos suplementos alimentares.

O próximo passo é a adoção de medidas para auxiliar na implementação dos novos regulamentos, como a elaboração de documentos de orientação e a realização de ações de capacitação do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By Rafael de carvalho lobato
      Ola galera tenho 4 meses de academia acho que chegou a hr de suplementar queria saber qual seria o ideal p mm quero toma um pré treino e um pos e também  toma alguma coisa pra que o na de gordura cm pouca cafeína o sem ela pos tenho alguns problemas cm cafeína muito alta quem puder me ajudar fico muito  agradecido! Ha só lembrar minha dieta e moderada só quero definir  um poco.
    • By alerau
      Boa tarde... tenho 22 anos... 1m70, +- 80kg... medidas: 40-41 braço, 60-61 perna, 112 peito, 42 panturrilha
      Gostaria de alguma dica sobre um "ciclo" com suplementos alimentares q eu poderia fazer pra ganhar massa em 1 mês (uns 3 kg)...
      Obrigado!
    • By Maurício Villarinho 😎✌️
      Gostaria de saber dos nobres foristas, quais opções de pré treino pra quem treina de manhã. Ciclo+treino intenso. Sobre treino em jejum, vocês acham contra produtivo ou existe protocolo que apoie essa técnica?
      grato desde já.
      @mvill_fit
    • By Danilo Barrelin
      <h2>O que é Maca Peruana?</h2> A Maca Peruana é um crucífero da família do Brócolis e é cultivado nas montanhas do Peru em grandes altitudes.
      Legenda <h2>Quais os Benefícios da Maca Peruana?</h2> A Maca Peruana é vendida como suplemento alimentar nas opções farinha ou em cápsulas, e tem vários benefícios como:
      Melhora do líbido Rico em fibras Rico em vitamina C Rico em Ferro Rico em Cobre Rico em bioativos  <h3>Como tomar a Maca Peruana?</h3> A Marca de suplementos NewNutrition indica 10g ao dia (Cerca de 1 colher de sopa) da versão Maca Peruana 300g  ou 4 cápsulas
      de Maca Power.
       

      <h3>Quanto custa a Maca Peruana</h3>  Em média custa R$59,04 e rende 30 porções (30 dias), o mesmo para versão em cápsulas.
       
      <h4>Conclusão sobre a Maca Peruana</h4> Para concluir, podemos afirmar que a Maca Peruana é um excelente suplementos para ser adicionado a dieta!
      Rico em nutrientes vitaminicos, minerais e bioativos que auxiliam na saúde e bem estar.
       
      Gostou? Veja o tópico sobre: Whey Isolado NewNutrition: versão natural e sabor amendoim
       
    • By Danilo Barrelin
      Na verdade este tópico serve para abordar a mal utilização e falta de conhecimento do que são os suplementos alimentares.
      O que são suplementos alimentares?
      São alimentos super concentrados, criados para suprir a deficiência de nutrientes essenciais para a saúde e performance. A suplementação muitas vezes serve como uma alimentação parcial, mas nunca pode ser substituição de uma alimentação sólida, sem a indicação de um Nutricionista.
      Como adicionar suplementos alimentares a minha alimentação?
      Uma vez que você identificou junto ao Nutri, as suas necessidades, é importante planejar junto com ao mesmo, como seguir essa dieta se baseando na sua rotina, assim podendo suplementar naqueles momentos que não é possível fazer uma alimentação mais adequada.
      Suplementos vs Alimentação
      Nunca um suplemento será melhor que uma alimentação! Mas em alguns momentos, realmente a suplementação faz muito sentido! Pois se usarmos o exemplo, de um atleta que precisa de uma grande quantidade de proteína por dia, mas tem uma rotina de treino pesada levando a desconforto estomacal, a suplementação pode ser uma boa opção, veja o exemplo:
      Ovo ou Albumina?
      Fulano, precisa de 25g de proteína por refeição:
      Ovo médio: 6g de proteínas (Clara + Gema) são cerca de 5 ovos
      Albumina (Proteína da clara do ovo) 30g do produto misturado em 200 ml de águam equivale a 25g de proteína.
      Whey Protein ou Leite?
      Um copo de leite (200 ml) possuí cerca de 6g de proteína (Em sua maioria caseína)
      Um copo de whey protein (30g em 200ml de água) possuí cerca de 24g de proteína.
      E o preço é um fator importante a se pensar, veja bem! Se um copo de leite tem 6g de proteína, para bater as 24g de proteína do whey protein, seria necessário 1 caixa de leite que é mais ou menos R$3,00 (SP), mesmo preço de uma dose de whey protein com 30g, que varia de R$2,53 A R$2,80.
      Referência: Whey Protein 900g NewNutrition.

       Ou seja, suplemento alimentar é praticidade! E serve sim como refeição parcial, pode ser usado entre refeições sólidas ou em pré e pós atividade física.
      Consulte um Nutricionista esportivo e use a suplementação com inteligência! Não perca dinheiro com produtos que você não precisa.
      Gostou? Veja também meus outros tópicos:
      Como comprar suplementos direto da fabrica?
       Whey protein para quem busca ganho de massa muscular
       
×
×
  • Create New...