Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Por que passo mal no treino das pernas ? - Entenda !


Lobeca
 Compartilhar

Post Destacado

Primeiramente saiba que isso é algo normal de acontecer com os adeptos do treino sério e não existe nada de errado com você. Quando eu digo que isso é normal de acontecer com aqueles que treinam sério quero dizer que, principalmente entre os homens, aqueles que levam o treino a sério são aqueles que também treinam pernas, e com a mesma intensidade e afinco que treinam peito e bíceps. Então aqui você já percebe que existe uma ligação, que já é bem conhecida pelos mais experientes,  entre o treino de pernas e passar mal.

Optar por treinar só pernas num dia especifico da semana e não misturar com a parte superior é uma estratégia amplamente utilizada e com sucesso nas academias do mundo inteiro. Dentro dos princípios do Treinamento descritos por Joe Weider, (Considerado o Pai da Musculação) treinar desse jeito compreende vários princípios, entre eles o Princípio do Treinamento por Fluxo, que significa direcionar todo o fluxo sanguíneo para a área a ser treinada, diferente de treinar misturando exercícios para superiores e inferiores, priorizar um grupo ou um segmento direciona mais sangue e nutrientes para a área, que permite que o treino seja mais efetivo em romper as fibras (que é o processo da hipertrofia muscular).

Porém no caso especifico do treino de pernas, direcionar todo o fluxo sanguíneo para a região de baixo faz ficar menos sangue no cérebro e sistema digestivo, gerando assim sensações de tontura e suor frio, misturado com um apagão que pode ser desde distúrbios visuais ou quase total. Então nesse dia é normal ficar meio ‘lesado‘ durante algum tempo, que depois normaliza e se transforma na falência e canseira das pernas durante o dia, e as dores nos dois dias seguintes. Quem treina sério sabe que é assim.

Mas tem algo que você pode fazer para atenuar um pouco essas sensações: Não faça apnéia, ou seja, não prenda a respiração durante os movimentos, principalmente agachamento e leg press. Tendemos naturalmente a fazer apnéia por causa do que é chamado de ‘manobra de Valsalva‘, que é quando prendemos a respiração e temos a contração do diafragma, que é um músculo que ajuda muito e da a sensação de uma ‘cinta‘ que ajuda a empurrar e se sentir seguro, porém se você não respirar entre os movimentos a contração do diafragma interrompe mais ainda o fluxo sanguíneo e somado ao efeito descrito anteriormente pioram muito as sensações  e podem facilmente ocasionar desmaios e vômitos. Portanto aprenda a contrair o diafragma  para ajudar a dar firmeza e estabilidade  aos movimentos mas tente respirar junto, tanto faz se inspira ou expira na subida ou descida, o importante é não prender a respiração.

Espero ter ajudado. Grande abraço

 

 

Fonte - https://www.tribunapr.com.br/blogs/andre-paje/por-que-passo-mal-no-treino-das-pernas/

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta 100% gratuita!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
 Compartilhar

×
×
  • Criar novo...