Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  1. Joaninha

    Joaninha

  • Conteúdo similar

    • Por Amanda Mayrinck Hallak
      Conceito de meia-vida
      A meia-vida de um esteróide refere-se ao intervalo de tempo necessário para que metade da droga seja metabolizada. Quando uma droga tem meia-vida de 10 horas, isso significa que depois deste tempo sua concentração em nosso organismo cai pela metade, sendo que a quantidade restante não estará mais em condição de cumprir sua tarefa apropriadamente.
      Exemplo: O decanoato de nandrolona tem uma meia-vida de 15 dias. Sendo assim, se alguém aplicar 100 mg de decanoato de nandrolona após 15 dias a concentração desta droga diminuirá para aproximadamente 50mg, mais 15 dias para 25 mg e assim sucessivamente caso uma nova aplicação não seja feita.
      Vale lembrar que drogas orais possuem uma meia-vida atípica comparada a outras drogas injetáveis, pois seus cristais se dissolvem lentamente, mas tão logo tenham se dissolvido, a concentração da droga declina rapidamente. Um exemplo é o stanozolol oral, sua meia-vida é em torno de 1 dia.
      Tipos de ciclos
      Os ciclos podem ser: curtos, médios ou longos.
      Independente do ciclo vale lembrar que toda droga possui riscos conhecidos e desconhecidos em curto, médio ou longo prazo; algumas, inclusive podem provocar óbito. Existe uma crença que a combinação de esteróides funciona melhor do que a utilização de apenas um deles. Se por um lado essa crença parece ser indiscutível, por outro é bem certo que determinadas combinações, apesar de parecerem produzir melhores efeitos quanto ao aumento da força e massa muscular, também salientam os efeitos colaterais.
      Um ciclo curto tem um período de 8 a 10 semanas. Com 5 a 6 semanas de administração de drogas e de 3 a 4 semanas de intervalo pelo menos. No intervalo não se utilizam esteroides anabolizantes. Ciclos curtos permitem menores intervalos de descanso entre os ciclos.
      Um exemplo tradicional de ciclo curto é utilizando as drogas Deca Durabolin e Durateston. Deca durabolin possuiu meia-vida de 15 dias e durateston meia-vida de 15 a 18 dias. Este é um tipo de combinação muito comum entre aqueles que estão começando. Para pessoas absolutamente iniciantes, doses pequenas podem ocasionar ganhos espetaculares. Lembre-se quanto mais próximo do inicio, maior é a magnitude dos ganhos. Mulheres jamais devem se envolver com esta categoria de drogas, pois os efeitos colaterais seriam muito salientes.
      Deca Durabolin (Decanoato de Nandrolona)
      Deca é um preparado anabólico injetável. Após a injeção, o decanoato de nandrolona é gradualmente liberado do depósito intramuscular e subseqüentemente hidrolisado em nandrolona.
      A duração de ação é de cerca de 2 semanas. O perfil anabólico de DECA-DURABOLIN, segundo estudos metabólicos realizados em seres humanos, demonstra os efeitos anticatabólico e poupador de proteína, como também os efeitos favoráveis no metabolismo do cálcio (em casos de excreção).
      A Deca é modernamente androgênica, com boas propriedades anabólica e reduzido efeito aromatizante, sendo atípico o pronunciamento de efeitos colaterais.
      Por outro lado, esta droga reduz o desejo sexual e provoca infertilidade em homens mais do que qualquer outro esteroide anabólico em altas dosagens. É uma droga facilmente coletada em exames anti-doping.
      Durateston (Decanoato de testosterona, fenilproprionato de testosterona, isocaproato de testosterona e propionato de testosterona)
      Durateston é um preparado androgênico para administração intramuscular contendo quatro ésteres diferentes do hormônio natural, a testosterona. Pela combinação desses ésteres de testosterona, a ação de Durateston inicia-se logo após a injeção e é mantida por aproximadamente três semanas.
      O propionato e o fenilproprionato de testosterona tem uma ação imediata, mas, de curto período. Já o isocaproato e o decantado tem um inicio de ação mais lento, porem de longa duração. Esta droga pode mostrar excelentes resultados em aumento de forca e ganho de peso e parece não promover muita retenção hídrica como a maioria dos esteróides altamente androgênicos.
      Outra vantagem observada pelos usuários é que só se pode utilizar esta droga por maior período de tempo pelo fato de não causar maciço fechamento dos receptores celulares, como acontece com muitos esteróides. Durateston é geralmente bem tolerado.
      Ao planejar um ciclo, o entendimento da meia-vida das drogas é fundamental e muito importante, pois se não for assim o usuário poderá, dentre outros enganos, se manter dentro de um ciclo durante muito tempo salientando assim todos os possíveis efeitos colaterais.
      Esta informação também pode contribuir para que o ciclo planejado não tenha muita flutuação de drogas no sistema e na concentração sanguinea.
    • Por Mike Thor
      Comecei a tomar dura. Uma por semana. Posso tomar tribulus junto com a dura?
    • Por renanokz
      Bom, 
      Estou mais ou menos uns 2 ANOS fazendo TRT, 
      minha experiência é que a TRT, realmente não é para leigos, é um bicho de 7 cabeça sim ... 
      Pois já fui em N médicos, já testei N procedimentos, já testei N combinações de farmacos e doses como Dura e Deposteron,
      e enfim, acho que consegui o ''ápice'' porém ainda me encontro com problema, fui diagnosticado com hipogonadismo pelo endo, 30 anos minha testo total 190, e livre 5
      ai começou a saga e descobriu-se pq engordava muito fácil, indisposição falta de interesse sexual e etc...  sempre tive problemas para ''emagrecimento'' tenho 1,88 de altura, 130kg ( bf alto ) malho mais de 12 anos desde meus 18 rs,
      Tenho massa magra sim, porém tenho muita massa gorda tbm...    
      No passado já tinha feito ciclo, de Dura, Deca, Stano ...
      tomava N suplementos pois tinha loja de suplemetos, termogenicos e etc... 
      e com 21 anos fui internado, minha vesícula quase explodiu, tive que arrancar ela, na época tava fazendo o ciclo e finalizando com CLEMBUTEROL...
      Sequei tanto que minha vesícula foi pro espaço, ganhei um corte na barriga e superei!
      Conversei com o Endo sobre isso tudo, passou o seguinte protocolo, 
      1 dura a cada 15 dias, somente isso mesmo ele vendo meu BF alto, malho na raça, como pouquíssimo sal, evito besteira extremo mas não adianta...   

      primeira aplicação, segunda aplicação, terceira aplicação começando me sentir mais disposto, mais energia,  na quinta aplicação parece que tomei um soco na cara e vc ''morre'' kkkkkkkkkkkkk
      o tal bendito do ''ESTRADIOL'' ai volta no medico, ele diz que isso é psicológico, psicológico o krl! 

      Testo total 300 / Estradiol 130 disse que era normal o estradiol se elevar, devido a testo, pesquisando, pesquisando vi que isso era n era normal, ajustou as doses de testo para 1ampola a cada 10 dias,
      testo total 300 / estradiol 150, pensei será que esse cara não vê que tem algo de errado? mudei de medico passei por uns 3 e ambos informaram que eu estava impaciente...
       
      ai blz, resolvi pesquisar, pesquisar, fazer por conta própria comecei tomar anastrozol, começou diminuir, porém nunca ficou abaixo de 70, 
      passaram-se 6 meses de tratamento pedi uns kls, mais o saco murchou muito oq vi que era normal, em TRT, resolvi usar HCG, NOSSA ATINGI O SUPRASUMO DA FELICIDADE, GOZADAS FORTES, EREÇÕES FIRMES, me sentindo feito criança...   bemmmmmmmmmmm disposto, etc etc....    continuando TRT + ANASTRO + HCG  passou o HCG, comecei a sentir crises de ansiedade, aquela sensação que acha que vai morrer ... 
      irritabilidade, fui fazer exames e pimba, ESTRADIOL 120, mesmo tomando Anastrozol tomava 2mg semana e de farmacia... diminui as doses da testo e continuei com anastrozol,  diminuiu um pouco a irritabilidade e etc..  passaram-se + 6 meses pensei vou injetar hcg novamente ...    400ui a cada 3 dias...  durante 3 semanas, e pimba quando fui aplicar voltou as crises de ansiedade, irritabilidade, estradiol alto 130 / tt 250...
      Pensei, esse bendito estradiol sempre me fudendo! 
      Ai pensei vou ficar um tempo sem injetar nada fazer uma tpc pra ver como vai se sair meu corpo até pq esse Estradiol não abaixa por nada!!!  
      Fiz a tpc com tamox, polivitaminicos etc etc...      estradiol ficou em 50 testo total 200, e todos os sintomas da baixa testo, cansado, sem força, vc quer ir pra academia mas parece que te obrigam, vc n faz por prazer e eu amo musculação..
       
      Já tentei com DURA, antes de largar tudo e com dura é pior pq são vários ésteres e é difícil controlar ... 

      Ai comecei, um protocolo diferente do que li no fórum gringo, injeções SUBQ de testo e a cada 3 dias 60mg de deposteron, realmente não to sentindo tanto efeito, como a intra, porém olha os valores do meu ESTRADIOL ... estou tomando 0,5mg de anastro em cada aplicação de testo...  essa praga não baixa por nada, não sei mais oq fazer, até tenho vontade de tentar com exemestano porém não consigo ministrar as doses....
       
      Minha ajuda é com ESSE DHT, será que esta muito baixo? 
      e doses para baixar essa porcaria de ''ESTRADIOL''
       
        

















       




       
       
       
    • Por Thiago Carneiro
      O undecilenato de boldenona é um esteroide veterinário injetável que exibe propriedades anabólicas moderadas e propriedades androgênicas fracas. O éster undecilenato estende muito a atividade da droga (o éster undecilenato tem apenas um átomo de carbono a mais que o decanoato), de modo que as injeções precisam ser repetidas apenas uma vez a cada 3 ou 4 semanas.
      As propriedades anabólicas e androgênicas bem equilibradas dessa droga são muito apreciadas pelos atletas, que geralmente a consideram uma alternativa mais forte e um pouco mais androgênica ao Deca-Durabolin.
      Geralmente é mais barato e pode substituir o Deca na maioria dos ciclos sem alterar muito o resultado final. O undecilenato de boldenona também é comumente conhecido como uma droga capaz de aumentar a produção de glóbulos vermelhos, embora não deva haver confusão de que este é um efeito característico de quase todos os esteroides anabólicos androgênicos.
      A boldenona é uma forma modificada de testosterona. Difere da testosterona pela introdução de uma dupla ligação entre os carbonos 1 e 2, o que reduz sua relativa estrogenicidade e androgenicidade.
      A droga Equipoise contém boldenona modificada, com a adição de éster de ácido carboxílico (ácido undecilenóico) no grupo 17-beta hidroxila. O undecilenato de boldenona é projetado para fornecer um pico de liberação de boldenona dentro de alguns dias após a injeção e manter a liberação do hormônio por aproximadamente 21-28 dias.
      É interessante notar que estruturalmente boldenona e a metandrostenolona (Dianabol) são quase idênticas. No caso da boldenona (como aplicada aqui), o composto usa um 17-beta éster (undecilenato) para facilitar a administração, enquanto a metandrostenolona faz isso com o uso de um grupo 17-alfa alquil. Salvo essa diferença, as moléculas são as mesmas.
      Porém, essas drogas atuam de maneira bem diferente no corpo. A 17-metilação (da metandrostenolona) afeta mais do que apenas a eficácia oral de um esteroide anabólico androgênico.
      A Ciba patenteou a boldenona como um esteroide anabolizante sintético em 1949.
      Durante as décadas de 1950 e 60, a empresa desenvolveu vários ésteres experimentais da droga, e, mais tarde, lançaria uma forma de ação prolongada do agente ativo na forma de undecilenato de boldenona.
      Ele seria vendido sob a marca Parenabol, que provavelmente se referia às suas características como um agente anabolizante parenteral (injetável).
      O Parenabol teve algum uso clínico durante o final dos anos 60 e início dos anos 70, principalmente como um agente anabólico preservador de tecido magro e para a retenção de massa óssea de pessoas acometidas com osteoporose.
      O undecilenato de boldenona foi vendido em um período de curta duração nos mercados médicos humanos. Foi descontinuado globalmente antes do final da década de 1970.
      O laboratório Squibb acabou mais famoso por introduzir esse agente anabolizante no mercado veterinário, vendendo-o sob seu nome comercial mais famoso: Equipoise.
      No mercado veterinário, o undecilenato de boldenona é mais comumente aplicado em cavalos, embora em muitas regiões seja indicado para uso também em outros animais.
      Geralmente exibe um efeito pronunciado sobre o peso corporal magro, o apetite e a disposição geral do animal. A marca Equipoise foi vendida sob o rótulo Squibb até 1985, quando a Solvay adquiriu o negócio de saúde animal da Squibb nos EUA.
      A Equipoise foi vendida sob o rótulo Solvay nos anos seguintes, até que a Wyeth finalmente adquiriu a divisão de saúde animal da Solvay em 1995.
      A divisão foi formada pela Fort Dodge Animal Health, que continua a comercializar a Equipoise nos Estados Unidos e em alguns outros países até hoje.
      Muitas outras formas genéricas e de marca de undecilenato de boldenona existem em vários mercados internacionais de medicamentos, devido ao fato de que todas as patentes do undecilenato de boldenona terem expirado há muito tempo.
      O undecilenato de boldenona está amplamente disponível no mercado de medicamentos veterinários. A composição e dosagem podem variar de acordo com o país e o fabricante. A maioria dos produtos é fornecida em frascos de vidro multidose contendo uma solução oleosa, geralmente na concentração de 25 mg por ml ou 50 mg por ml.
      Ele é produzido principalmente nas Américas. Um pequeno número de preparações é feito em uma dosagem mais alta (normalmente 200 mg por ml), principalmente por empresas em mercados menos regulamentados da Ásia, onde a oferta é muitas vezes ditada pela demanda do mercado negro.
    • Por MikoBA
      Idade: 29 anos
      Altura:175cm
      Peso: 74Kg
      Bf: 14%
       
      Ciclo a ser feito:
      1-10 600mg/sem Dura GPP (Seg e Qui ou DSDN?) 
      1-10 600mg/sem Deca GPP (Seg e Qui) 
      1-4 40mg/dia dianabol TSD
      Anastrozol ds2n 
      TPC SERMS 
       
      Treino a uns 7 anos, porém parei de treinar em janeiro de 2020 e só retornei em setembro, nesse período perdi 6Kg e aumentei bastante meu Bf, dei uma focada na dieta e aumento de aeróbico, não ganhei nenhum Kg mas reduzi bastante o meu BF. Quero fazer um bulking nem tão sujo, mas quero recuperar meu volume.
       
      Pretendo fazer uma dieta 3200kcl, com apoio de Whey Basic da Growth no café da manhã, creatina, whey concentrada e dextrose.
       
      Já comprei os AEs, porém não iniciei o ciclo ainda pois a minha cidade está em lockdown, estou aguardando a reabertura das academias. 
       
      O que acham do ciclo, dosagem tá boa? GPP é um Lab confiável? E Durateston, posso deixar Seg e Qui ou DSDN? 
       
      https://ibb.co/b2NQRRg
      https://ibb.co/Km4DLvZ

×
×
  • Criar novo...