Jump to content

Rate this topic

Recommended Posts

Olá bom dia galera!

Não sei bem ainda como funciona aqui, mas sou bem curiosa e aprendo fácil

Bom...treino desde 2016 e já melhorei meu corpo e saúde absurdamente, agora tá aquela gordura teimosa da barriga que não quer sair....alguém tem uma indicação de algum suplemento ou medicamento a ser usado?

Já faço Aej e procuro me alimentar de forma mais saudável possível 

Desde já agradeço

Share this post


Link to post
Share on other sites
42 minutos atrás, Raisa Fernanda disse:

procuro me alimentar de forma mais saudável possível 

É aqui que você precisa se dedicar ao máximo... é sua alimentação que fará você perder essas gordurinhas difíceis...

Não tem necessidades de dietas malucas, basta calcular sua TMB "taxa de metabolismo basal" e seu GCD "gasto calórico diário"... depois deixar sua alimentação com um deficit calórico e continuar firme com os exercícios...

Evite produtos industrializados e carboidratos simples... use termogênicos naturais para ajudar a acelerar seu metabolismo como, gengibre, pimenta vermelha, canela, hibisco, chá verde, etc...

Coloque aqui seus dados : idade, peso, altura, tempo de treino, divisão de treinos e sua alimentação pro pessoal te ajudar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

O esforço que te fez chegar até aqui nao será o mesmo que te fará ir adiante. Portanto, quando mais exigimos de nós, mais temos que nos dedicar e isso incluiu dieta mais rigorosas, treinos mais puxados, rotinas mais regradas.

Como já foi solicitado, nos forneça seus dados. Detalhe a sua alimentação com os horários, alimentos e porções que come. Detalhe seu treino com a divisão muscular, exercícios, séries, repetições, dias da semana, etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Podemos te ajudar sim, porém padronize seu tópico com TODAS as informações exatamente conforme solicitadas ....(Copie e cole e responda ao lado)

Idade:

Altura:

Peso:

Medicações em uso (Anticoncepcional, etc...):

Problemas de Saúde:

Tempo de treino:

Ciclos FEITOS com dose e tempo:

Divisão de treino e horario do mesmo:

Dieta com quantidade de proteina/carboidrato/gordura por dia:

Fotos: Poste fotos com roupas de banho (sunga/biquini) ou que preferir (cueca/calcinha/sutiã) (sem mostrar o rosto com padrões frontal, lateral e Posterior).Enriquece, e é determinante para analise de cada caso.  As vezes podem ser abordadas outras indicações de treino/dieta/ciclo para seu caso.

Aguardamos TODAS as respostas para poder começar a te ajudar com alguma direção........


Abaixo modelo de como tirar as fotos.

 

elisfitness.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 17/03/2019 em 11:45, Locemar disse:

Como já foi solicitado, nos forneça seus dados. Detalhe a sua alimentação com os horários, alimentos e porções que come. Detalhe seu treino com a divisão muscular, exercícios, séries, repetições, dias da semana, etc.

Sem mais duvidas né!?!?

200.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estamos aqui oferecendo conhecimento GRATUITO a todos que tem SEDE e VONTADE de conhecimento. Muitas informações que postamos, analisamos e principalmente PROCESSAMOS para os usuários, aí no mercado de trabalho possuem ALTO CUSTO. O minimo que exigimos são informações e atualizações, o que seria exigido em qualquer consulta MEIA MEIA BOCA por ai!

Sucesso ai no planejamento.Tinha todas qualidades para ser um grande projeto.

Uma pena não colaborar mais conosco. Não podemos ajudar quem não quer ser ajudado.

o-que-aprendi-pelo-caminho-30-conselhos-que-todo-o-desenvolvedor-deve-levar-para-a-vida-profissional-21-638.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By Locemar
      ABDOMINAIS...AS 10 MENTIRAS !

      Mito 1:

      "Os abs são um grupo de massas de músculo nodosas. "

      De fato, o que é geralmente conhecido como o abs é um músculo, o rectus abdominis. Vem do fundo da cavidade costelas até a pélvis. A razão de se parecer com um "pacote de seis" músculos são aqueles tendões verticais e horizontais que criam seções. Os tendões são as linhas divisórias que você vê — bem, talvez você não as veja ainda, contudo, logo as verá!

      Mito 2:

      "Você precisa fazer centenas de reps para adquirir grandes abs."

      Errado! O rectus abdominis é um músculo como os bíceps, peitorais, deltóides e assim por diante. Para ter um abs definido, firme, você tem que construi-lo. Sim, eu disse construir, mas não se apavore. Você não terá uma pança saliente feita de músculos porque o rectus abdominis é relativamente plano, e está sustentado firmemente pelos tendões acima mencionados. Não obstante, para ter esses tendões sulcados a fundo com uma delineação inconfundível, você tem que construir os músculos do abdomen que crescem sobre esses tendões. E como você constrói um músculo? Com resistência progressiva — adicionando pesos aos seus exercícios abdominais sempre que possível — e fazendo entre 8 e 20 reps por série.

      Mito 3:

      "Para melhores resultados treine seu abs diariamente."

      Não mesmo!. Novamente, o rectus abdominis é um músculo como o peitoral, dorsais e assim por diante. Se você treinar seu abs intensamente com uma boa gama de movimentos, eles precisarão de descanso para se recuperar e regenerar. Nunca treine seus abs mais de três dias consecutivos na semana — e dois pode ser ainda melhor se a intensidade for alta.

      Mito 4:

      "O "crunch" (N.T. abdominais tradicionais) é o melhor exercício abdominal."

      Isso é o mesmo que dizer que extensão de pernas é o melhor exercício para quadríceps. Certamente, isola o músculo alvo, mas a maioria dos culturistas sabem que exercícios isoladores não são os melhores para ganho muscular. É o caso dos agachamentos e "leg press" para as coxas. Com o abs, estudos recentes de EMG (N.T. eletromielografia) mostraram que até mesmo o exercício de bicicleta, pedalando as pernas no ar, provê mais resposta elétrica, ou ativação de fibra, no rectus abdominis que o "crunch" plano. Por que? Os músculos são projetados para funcionar melhor em conjunto com outros músculos, o que, com o abs significa em conjunto com os flexores do quadril. Outros exercícios que possibilitam trabalho muscular conjunto são kneeups suspenso (N.T. Flexora em pé), kneeups inclinados e situps inclinados (N.T. Abdominal em prancha declinada). Claro que, se você fizer esses exercícios com impulso, jogando seu torso ou pernas pelo ar em todas as reps, então eles se tornam inferiores aos "crunches" tradicionais. Você tem que possuir completo controle completo para obter os melhores efeitos no abdomen.

      Mito 5:

      "O "crunch" padrão é um exercício completo para o rectus abdominis."

      Se você está fazendo crunches no chão ou em um banco plano, você está treinando só os dois-terços superiores do abs que são responsáveis pelo movimento. Para treinar o outro um-terço, tem que arquear suas costas em 30 graus do centro para colocar seu rectus abdominis em sua posição de extensão. Seu torso superior não pode rebaixar até o chão, assim você tem que fazer o exercício com um pequeno apoio atrás que permita arquear seu torso superior para trás. Isso é a premissa do Banco de Abdominal, ter um bloco arredondou atrás. O cabo puxa sua parte de trás para cima do bloco, assim sua parte de trás será ligeiramente curvada e seu rectus abdominis ficará esticado. De lá você pode puxar um crunch e poderá ter uma contração total de abdomen. Quase todo o mundo que tenta um crunch em um Banco de Ab não acredita como é diferente do exercício do crunch padrão. Tudo se resume na extensão. Bem como, o Banco de Ab torna muito mais fácil e confortável a adição de peso para fazer mais pesado.

      Lembre-se, você busca resistência progressiva para construir músculos. Se você não tiver um Banco de Ab, você pode simular o exercício com crunches no cabo feito com apoio baixo na parte de trás. Tenha um parceiro posicionado ou a mão dele na parte inferior de suas costas assim você pode arquear as costas para trás e uma extensão em todas as reps, ou faça seu crunch no cabo sentando em um banco de supino com apoio na parte de trás como suporte.


      Mito 6:

      "Elevação de pernas feito na ponta de um banco é um dos melhores exercícios de ab."

      Da anterior discussão sobre trabalho muscular em conjunto, poderia pensar você que elevações de perna possibilitariam trabalho muscular conjunto e bastante estímulo ao rectus abdominis, mas eles tendem a trabalhar só os flexores de quadril, e o rectus abdominis agindo como um estabilizador em uma contração estática. Em outras palavras, de qualquer movimento dinâmico de seu abs, você não ganha muito, somente seus flexores de quadril. Não é o mesmo para o inclinado e elevações suspensas? Pode ser se você não os fizer corretamente. Você tem que rolar seus quadris para cima de seu torso a cada rep — puxe seus joelhos de encontro a seu tórax. Se você não fizer esse rolamento de quadril, você não está treinando efetivamente seu abs, só seus flexores de quadril.

      A maioria dos iniciantes, a princípio não conseguem rolar os quadris quando na posição suspensa, assim comece com a versão inclinada. Com sua cabeça no final da prancha inclinada e suas pernas ligeiramente curvadas, levante seus joelhos em direção a seu tórax e role seus quadris para fora do banco. Dê uma pausa, então abaixe suas pernas extendendo-as. Você terá que agarrar o topo do banco para se estabilizar. Para a versão suspensa, você os executa o mesmo modo, enquanto aproxima seus joelhos de seu tórax, você rola seus quadris. Você não adquire o importante rolamento de quadril em exercícios de levantamento de perna — que são executados no banco ou no chão — os quais tornam os exercícios de ab ineficientes. Lembrese de rolar os quadris.


      Mito 7:

      "Tudo que importa são os situps — ou outro exercício composto para seção medial - para construir grandes abs."

      Enquanto você pode desenvolver bons abs fazendo um só exercício combinado como situps, que trabalham junto aos flexores de quadril, isto não é o meio mais eficiente para uma seção medial perfeita. A maioria dos iniciantes desenvolverão mais rapidamente trabalhando o rectus abdominis em três posições distintas a cada treinamento com a máxima eficiência de esforço:
      1) começe com um exercício de trabalho muscular conjunto, como situps ou kneeups (role seus quadris!).
      2) prossiga com um exercício que provê alongamento do rectus abdominis para aumentar o recrutamento de fibras e faixa de treino de movimento.
      3) isole o rectus abdominis e force-o a trabalhar em sua posição completamente contraída.

      Uma rotina que assimila todas essas exigências consiste em situps ou kneeups suspenso (midrange), crunches no cabo cabo com apoio traseiro baixo ou crunches com dois segundos de parada na posição superior (contraído). Veja “Dois Ataques Eficientes para Ab” na página 64 das rotinas. Nota: O crunche tradicional no banco trabalham os Ab nas duas últimas posições — alongado e contraído. Isso significa que você só precisa de um exercício combinado como kneeups suspensos e crunches no banco para um programa completo. Agora, isso é explosão abdominal eficiente!


      Mito 8:

      "Treinando abs constantemente com um programa completo, eventualmente lhe trará o "pacote de seis" que deseja."

      Não se você tem uma camada de gordura cobrindo sua seção medial. Assim esqueça os "pacotes de seis" se você quiser ter um "pacote de seis". Caso sua gordura corporal estiver acima de 12 por cento, seu abs ficarão escondidos não importa como desenvolveu os músculos abdominais. Você tem que fazer uma dieta de baixa gordura para ver seus abs desenvolvidos.

      Mito 9:

      "Abdominais laterais ajudarão na estética abdominal."

      Abdominais laterais pesados, executadas com um halter na mão, construirão os músculos oblíquos laterais de sua cintura, mas nada que fará sua cintura parecer mais larga e dê a ilusão de ombros estreitos. Eek! Não isso que um culturista deseja. Claro que, se você busca força abdominal funcional para um esporte e não se preocupa como olham para seu físico, adicione peso a todos os abdominais laterais de sua rotina. Você ganhará mais força em sua rotação de tronco, coisa que somente um atacante de futebol americano precisa. Também, não pense que abdominais laterais leves ou torções de ombro laterais com um cabo de vassoura queimarão esses amados "pneus".


      Mito 10:

      "Treinar abs com mais séries e reps queimarão a gordura e revelarão um "pacote de seis" perfeito."

      Desculpe, redução localizada só acontece em contos de fada — se deseja que isso de verdade não faça assim. Você não queima a gordura em seu estômago fazendo muitas reps em exercícios abdominais, periodize! Para a maioria dos iniciantes pesados, eles têm dietas restritas e/ou fazem que trabalhos cardio para queimar gordura por todo o corpo. 100 situps não contam como um cardio "queimador" de calorias? Não mesmo. Essas 100 reps queimam menos calorias do que contém uma maçã pequena.

      Uma estratégia melhor é gradualmente baixar suas calorias — corte 100 a 200 de sua ingestão diária a cada três semanas — e/ou acrescente alguma atividade aeróbia a seus treinamentos. Essa é a forma de eventualmente perder sua gorda seção medial. Quando você estiver com sua porcentagem de gordura corporal abaixo de 10 por cento, você verá seu abs. Se você quer ver seu abs que enquanto estiver relaxado, você terá que chegar em um porcentual de gordura corporal abaixo seis por cento. Para a maioria significará consumir menos calorias ou até mesmo corta-las por duas a três semanas até que calorias diárias fiquem na faixa de 2,000.

      Se seu nível de bodyfat ainda é inaceitável mesmo que tenha baixado para um nível mínimo de calorias, você terá que acrescentar mais atividade cardio e/ou suplementos termogênicos para elevar seu metabolismo e eliminar esse último pedaço de gordura. O pior em se ter um porcentual de gordura baixo, é continuar magro. Mas não desista. Com persistência, a rotina de treinamento certa e uma métodica redução de calorias, o abmômem perfeito pode ser seu — daí em diante com outros além de você para admirá-lo.


      TRINCAR SEU ABDÔMEN EM 7 PASSOS

      1º Passo: “ALIMENTAÇÃO”
      Se não estiver adequada, esqueça os resultados !!!
      Elimine de seu cardápio diário as Gorduras, Frituras, Doces, Açucares e Refrigerantes (todos). Deixe somente p/ Dia do Lixo e olha lá, mesmo assim, sem exageros.
      Faça uma re-educação alimentar a partir de já, se quer ter seu Famoso Tanquinho ou pare por aqui mesmo sua leitura neste tópico.

      2º Passo: “CARGA”
      Faça exercícios abdominais, c/ carga (Anilha ou Haltéres).
      Comece c/ Cargas mais baixas e vá subindo gradativamente, conforme sua Lombar aguentar.
      Se não colocar “carga” em seu abdômen, não conquistará seu Famoso Tanquinho.
      Não é fazendo 1 zilhão de abdominal por dia, que chegará a ter algum resultado, pelo contrario, pode estar prejudicando o desenvolvimento de seu abdômen.
      Muitas repetições, significará q vc, terá um abdômen firme e resistente, onde irá aguentar muita pancada, mas nada de definição nos músculos.

      3º Passo: “POUCAS REPETIÇÔES E SÉRIES”
      Quer realmente definir ??? Então siga este exemplo:
      De 3 a 4 séries no MÁXIMO.
      De 10 a 15 repetições no MÁXIMO.

      4º Passo: “TRABALHE OS 03 MÚSCULOS ABDOMINAIS”
      Nós temos 3 tipos de músculos no abdômen, q são:
      Superiores, Inferiores e Laterais.
      Vc não vai querer ficar só com uma parte do abdômen definido neh ???

      5º Passo: “ENFASE NA DESCIDA”
      Faça bem lentamente o exercício, PRINCIPALMENTE, na descida !!!
      Na descida, que se trabalham os músculos pra q se hipertrofiem (cresçam). Então não adianta fazer o abdominal com movimentos rápidos.
      Por isso, coloque exatamente a Carga que vc irá agüentar pra fazer de 10 a 15 repetições.
      PS: O Tempo da Descida, é o Dobro do Tempo da Subida !!!

      6º Passo: “FORTALECIMENTO DA LOMBAR”
      No começo, pode acontecer de sentir dores nas costas, mas isso é normal, pois vc não está acostumado(a) a fazer abdominal com Carga. Por isso, faça pelo menos 02 exercícios pra fortalecimento da Lombar.
      Ex. de exercícios:
      Stiff (concentre na Lombar e não nas pernas)
      Levantamento Dorsal ( Akele Deitado que vc põe a Carga (Halteres) na nuca e eleva o tronco pra cima)
      Faça ao menos 3x10, bem concentrados, mas cuidado pra não forçar/machucar a Lombar !!!

      7º Passo: “AERÓBICO”
      Corra de 15 a 20 minutos e depois Caminhe por 30 minutos, pra que vc consiga manter seus Batimentos Cardíacos numa média entre 60 e 70% (isso depois do abdominal, se possível). Pra controle dos Batimentos, use o da Esteira da Academia ou compre um Monitor Cardíaco.
      Lembrando que, não é somente os aeróbicos, q vão fazer essa gordura da frente da barriga sumirem por definitivo, logicamente q é primordial, mas acredite se quiser, o aeróbico, é apenas 30%, de seu resultado nessa região, pois a alimentação, se encarrega dos outros 70%.

      EM RESUMO:
      Alimentação + Exercícios Corretos + Aeróbicos + Força de Vontade e Determinação;
      São as Chaves pra se conseguir o sucesso nessa região.

    • By Ronaldo FIBRA
      Musculação e Perda de Gordura
      Maximizando a perda de gordura através da Musculação

      Geralmente quando o assunto é diminuição do peso corporal através da queima dos depósitos de gordura, o primeiro tipo de prescrição de treinamento que é proposto, é o da utilização dos exercícios aeróbios.
      Porém a musculação pode e promove uma perda de gordura corporal de uma amplitude as vezes maior que a do exercício aeróbio.
      Para que possamos entender a afirmação anterior é necessário analisarmos como ocorre a queima de gorduras pelo metabolismo orgânico, e como a musculação pode maximizar esta queima.
      A perda de gordura corporal implica em primeira instância na diminuição do percentual de gordura, que é determinado por diversos métodos e representa em porcentagem quanto do peso corporal é composto por gordura.
      Assim sendo, por exemplo caso tenhamos um indivíduo de 100kg e percentual de gordura igual a 20%, temos que este indivíduo possui 20kg do seu peso em gordura, e o objetivo de qualquer programa de perda de peso deveria ser a obtenção da queda deste percentual.
      Porém muitas vezes a perda de peso ocorre devido a canibalização de tecido magro, ou seja, perda de musculatura para gerar as calorias que foram restritas dentro da dieta e são necessárias ao organismo.
      Daí concluímos que dietas radicais ou de extrema restrição calórica produzem grande parte da perda de peso em forma de tecido magro, e ao final do processo por vezes o percentual de gordura terá aumentado pois o indivíduo perdeu mais músculos que gordura e a proporção destes acaba se alterando de forma negativa.
      Além disso, devido a perda de massa magra haverá um processo de flacidez visível e extremamente inadequado ao objetivo estético daquele indivíduo.
      Neste contexto é que a musculação mostra-se mais eficiente que o exercício aeróbio, apesar da solicitação aeróbia ser a única que utiliza as gorduras como combustível durante o exercício.
      Baseado nisto muitos supõe que a perda de gordura será maior através da solicitação aeróbia, porém caso analisemos o físico de um maratonista e um corredor de 100 metros, veremos que o sprinter possui uma maior definição muscular apesar de executar bem menos exercícios aeróbios que o maratonista.
      Obviamente o maratonista possui um percentual de gordura baixo, mas sua massa magra é extremamente inferior a de um corredor de 100 metros, pois a musculatura tem uma densidade e peso maior que a gordura, e caso o maratonista tivesse uma maior massa muscular isto representaria mais "peso" a ser transportado durante a corrida e uma menor eficiência devido ao aumento de gasto energético que isto acarretaria.
      Estudos têm demonstrado que durante a maratona ocorre um consumo do tecido magro afim de gerar-se a energia necessária ao esforço, sendo que após a prova ocorre o rompimento de várias fibras musculares e até um processo de necrose nas mesmas (Wilmore, J.H. and Costill, D.L.,1994).
      Esta perda de musculatura acarretará em uma queda do metabolismo basal, o qual representa o número de calorias que o organismo consome para permanecer em seu estado vegetativo, ou seja a quantidade de calorias gastas em um dia para os processos de manutenção do organismo (Keyes et al, 1973).
      O valor do metabolismo basal quando somado ao que gastamos com atividades diárias e exercícios físicos representará a necessidade total diária do organismo, e para ocorrer a perda de peso deveremos consumir menos calorias que este total.
      Já analisando a utilização da musculação, veremos que esta inibe tanto a perda de musculatura em adultos, sendo que esta ocorre na razão de 2 a 3kg a cada década ( Forbes,1976, Evans e Rosenberg,1992), quanto a queda que o metabolismo basal sofre em cada década que esta em torno de 2 a 5% (Keyes et al, 1973, Evans e Rosemberg,1992).
      Porém a musculação não irá apenas prevenir as perdas anteriormente citadas, e sim promoverá um aumento do metabolismo, sendo que ao se acrescentar 1,5kg de musculatura teremos um aumento aproximado de 7% no metabolismo e de 15% nas calórias necessárias diariamente (Campbell et al, 1994).
      Em decorrência disso teremos um aumento na capacidade e metabolização de gorduras já que as mesmas irão ser queimadas na musculatura durante o esforço e processo de regeneração, e quão maior for a quantidade de musculatura maior será a necessidade energética e a queima de gorduras, sendo que a musculação pode produzir a perda de 2kg de gorduras após 3 meses de treinamento, mesmo quando forem consumidos 15% a mais de calorias por dia, pois neste mesmo período a musculatura terá aumentado em aproximadamente 1,5kg. ( Campbell et al,1994).
      Obviamente não devemos abrir mão da execução de exercícios aeróbios, porém este não devem ser a prioridade em um programa de perda de peso, utilizando-os de 3 a 4 vezes por semana com duração de 20 a 30 minutos.
      Pois caso haja uma grande solicitação aeróbia o organismo não terá energia suficiente para entrar em anabolismo e não desfrutará dos benefícios anteriormente citados que são gerados pelo aumento da massa muscular.
      Caso seja alegado que o exercício com peso não promove a saúde cardiovascular, isto vêm sendo sistematicamente derrubado pela ciência sendo que o exercício com pesos trazem inúmeros benefícios cardíacos tais como: a melhora da capacidade de ejeção do miocárdio e melhora da elasticidade das paredes arteriais (Hatfield,1989), além de propiciar uma diminuição nos riscos de ocorrência de doenças coronárias (Hurley et al, 1988).
      Assim vemos, que para a diminuição da gordura corporal a musculação tem relativamente uma maior importância que o exercício aeróbio, e caso queiramos atingir o máximo de perda de gorduras devemos associar a musculação e exercício aeróbio a uma dieta de restrição calórica, porém a solicitação aeróbia deve ser utilizada em menor quantidade para não anular os efeitos benéficos da musculação.

      by RF
    • By Lilika43
      Oi, gente! Olha eu aqui outra vez☺️
      Gostaria que vocês avaliassem meu treino. Meu foco no momento é perder aquela gordurinha teimosa que não sai de jeito nenhum - abdômen e glúteos é onde mais pega.
      Segue meu treino - toda semana ele varia um pouco. Basicamente é: SEG - pernas / QUA - Superiores / QUI - Foco em quadríceps / SEX - Foco em posterior + superiores (só um exercício para cada MM)
      No final de todos os dias estou fazendo 15 minutos de HIIT na esteira ou na bike, isso é o que mais pega pra mim, principalmente em dias de pernas...
      SEGUNDA
      Flexora sentada 4 x12
      Stiff 4 x 12
      Agachamento livre + avanço 3 X 12
      Flexora deitada + abdutor inclinado 3 X 12
      Legpress 45º - 4 X 12
      Panturrilha no legpress 4 X 20 - 10 seg de intervalo.
       
      QUARTA
      Supino reto 4 X10
      Crucifixo inclinado 3X 15
      Tríceps corda 3 X 15
      Tríceps testa 3 X 15
      Tríceps cross 3 X 15
      Remada unilateral 3 X 15
      Puxada fechada 3 X 15
      Remada no banco 3 X 15
      Rosca cross 3 X 15
      Elevação frontal 3 X 15
       
      QUINTA
      Agachamento no Smith 4x12
      Avanço
      Extensora 3x15
      Leg press 45° unilateral 4x10 sem intervalo
      Abdutor slow 3x15
      Leg press 80 ° 4x12
       
      SEXTA
      Peck deck voador - 4 x10
      Remada baixa sup - 3 x10
      Rosca direta alternada c halter - 3 x 12
      Triceps testa c barra H - 3 x 15
      Desenvolvimento c halter - 3 x12
      Stiff - 4 x10
      Leg press 80 (pés altos) dois mov lentos e dois rápidos 3 x 12 + Stiff isométrico 40 segundos
      Flexora deitada (dois mov curtos e um completo) - 3 x 15
      Adutor slow - 3 x 20
      Panturrilha no leg 45 - 10 x 10 - 10 seg intervalo
      Panturrilha em pé - até a falha
      ABS não estou conseguindo fazer na academia, pois meus treinos tem durado 1h30, saio 21h pra ir pra casa ainda fazer o jantar... então tento fazer na terça, que tenho livre devido um compromisso à noite, e nos finais de semana. Aos sábados e domingos faço caminhada na rua, ou HIIT na sala.
      E aí, meus amigos? To errando? To acertando?
      Aguardo opiniões! 
       
    • By makaneiro
      Então pessual eu procuro emagrecer...
      estou com 79 kg e messo 1,67 jah perdi 10 kilos em 3 meses mais ainda não tive um esclarecimento

      qual seria a melhor opção levando em consideração meus objetivos?
      aerobico antes ou depois do treino?

      e qnto a duração?

      e qnto a intensidade?


      obrigado
    • By renanfsouza
      Esse é o meu primeiro post, perdoem se parece algo bobo mas é que sou bastante ignorante no assunto.

      Sou alto, 1,94. Atualmente peso 118kg mas malho há 6 anos. Não me considero gordo, mas também não sou rasgado. Faço ciclos de ganhar e perder peso. Quando comecei o meu último ciclo de ganho de peso, eu tinha uns 108kg. Agora está na hora de secar novamente mas tenho tido algumas dificuldades.

      Como pão francês todo dia de manhã e à noite. Gostaria de saber se isso é um fator decisivo para eu estar tendo dificuldades em perder gordura.

      Se sim, o que pode ser utilizado para substituir o pão pela manhã e à noite? Biscoitos cream cracker são melhores ?

      Comprei Ripped Fast pra me auxiliar na perda de gordura. Existe problema em tomar Ripped Fast junto com o Monster Nitro Pack e o GH ou devo suspender ?

      Perdoem tantas perguntas.

      Abraços.
×
×
  • Create New...