Jump to content
contribuinte

Creatina faz mal para os rins? Existem estudos recentes?

Rate this topic

Recommended Posts

Seguindo orientação de minha endocrinologista, deixei de usar creatina. Meus exames sangüíneos apontavam uma taxa um pouco acima da normal para creatinina.

A suspeita era no sentido de que o uso de creatina estaria aumentando a creatinina.

Todavia, alguns meses depois de abandonar o uso da creatina, as taxas de creatinina continuam um pouco acima do normal, tendo sido descartada a relação deste pequeno desvio padrão com o uso de creatina.

Pretendo retomar a suplementação com creatina, porém, com certo receio quanto a possíveis prejuízos para os rins.

Alguém tem conhecimento sobre estudos recentes relacionando ou não o uso de creatina e eventuais danos aos rins?

Share this post


Link to post
Share on other sites

A creatina para fazer mal para os rins tem que ser utlizado em uma dose muito alta. Mas se você tomar na dose correta, você não terá problemas. O importante é respeitar o período de washout também, para que o suplemento seja mais efetivo. Pois depois de um tempo de uso, que vai depender do protocolo utilizado, seu corpo satura os estoques de creatina. Fazendo com que esse suplemento deixe de ser efetivo.

Até mesmo se você fizer uso crônico, para que faça mal, voê tem que utilizar em uma quantidade muito alta.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Pedro Alvim Neto disse:

tomar na dose correta, você não terá problemas

Qual é a dose correta?

 

1 hora atrás, Pedro Alvim Neto disse:

utilizar em uma quantidade muito alta

Qual é a dose exagerada?

Poderia postar algum estudo nesse sentido?

Obrigado!!!

proud season 11 GIF by RuPaul's Drag Race

Share this post


Link to post
Share on other sites

Algumas referencias.....algumas....

  1. Persky, AM & Brazeau, GA (2001). Farmacologia clínica do suplemento dietético creatina monohidratada. Pharmacological Reviews, 53 (2), 161-176.
  2. Gualano, B., Novaes, RB, Artioli, GG, Freire, TO, Coelho, DF, Scagliusi, FB, ... e Lancha Jr, AH (2008). Efeitos da suplementação de creatina sobre a tolerância à glicose e sensibilidade à insulina em homens saudáveis sedentários submetidos a treinamento aeróbico. Aminoácidos, 34 (2), 245-250.
  3. Antonio J, Ciccone V. "Os efeitos da suplementação pré-versus pós-treino de creatina monohidratada na composição corporal e força". J Int Soc Sports Nutr. 6 de agosto de 2013, 10: 36.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A dose correta vai depender do protocolo que você irá utilizar. 

1ª Protocolo (Hultman et al, 1996) Dose de sobrecarga:0,3g de Cr/kg peso/dia – (Duração de 5 dias) Dose de manutenção: 0,03g de Cr/kg peso/dia – (Duração de 28 dias)
2ª Protocolo (Hultman et al, 1996) 3g/ dia – (Duração de 28 dias) Aumentou em 20% a quantidade total de Cr muscular
3ª Protocolo (Pearson et al, 1999) 5g/ dia – (Durante 10 semanas)
4ª Protocolo (Burke et al, 2000) 0,1g/kg de massa corporal magra/dia – (Durante 21 dias) Gerou aumento significativo de força -Um dos primeiros estudos a sugerir que a suplementação de Cr fosse baseada em uma análise mais criteriosa da composição corporal
Washout period (Febraio et al, 1995; Volek et al, 1997 ;Maganaris CN, Maughan RJ, 1998) 28 a 30 dias são necessários após o término da suplementação de Cr para que os estoques musculares total de creatina voltem aos níveis basais.

Em relação a quantidade de creatina que começa a fazer mal para a saúde, não achei estudos que fale a partir de quanto que começa a fazer mal. Vai depender da individualidade biológica de cada um e de quanto cada organismo tolera. 

Respeitando- se o tempo de cada protocolo e o tempo de washout. Dificilimente você terá algum problema.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By ThaianMaldonado
      Qual suplemento é bom tomar para aumentar a carga nos aparelhos?
    • By Gaucho_Caliente
      Tomo creatina nos dias que não faço musculação e só corro?
    • By Pedro Alvim Neto
      O que é creatina
      A creatina é um dos suplementos alimentares mais vendidos no mundo. É uma substância composta por 3 aminoácidos:
      arginina; glicina; metionina. Como é produzida a creatina
      A creatina é originalmente sintetizada no fígado e no pâncreas, e pode ser encontrada em pequenas proporções nas fontes de proteínas animais, tais como:
      peixes; frango; carne vermelha. Para que serve a creatina
      A suplementação de creatina é uma excelente estratégia para pessoas que fazem treinamento de força, corredores de 100 metros, e nadadores de 50 ou 100 metros. A creatina vai repor os estoques do sistema fosfato (ATP-CP). Esse sistema tem duração máxima de 10 segundos. 
      Na musculação, é muito importante a utilização da creatina na fase do bulking, que é a fase em que o atleta quer aumentar a massa muscular.
      O que influencia no estoque de creatina
      Os fatores que influenciam no armazenamento e absorção da creatina no organismo são:
      os tipos de fibra muscular, sendo as fibras de contração rápida aquelas que confere força muscular. São elas as mais beneficiadas pela creatina; a idade: o envelhecimento do indivíduo reduz a quantidade de fibras de contração rápida; o tipo de treinamento: treinamento anaeróbico por utilizar o metabolismo anaeróbico favorecendo um aumento das fibras de contração rápida; a dieta consumida: é impossível obter quantidades suficientes de creatina nos alimentos para obtenção dos resultados esportivos (é necessária a suplementação para esse fim). Vegetarianos apresentam menores quantidades de creatina plasmáticas. Macronutrientes como carboidratos, aumentam o pico de insulina, que aumenta a atividade do transporte ativo secundário, favorecendo a entrada de creatina no meio intracelular. Benefícios da creatina
      Os benefícios que a creatina pode trazer são:
      aumento de massa magra; aumento de força muscular; aumento de quantidade de água intracelular; aumento dos estoques de glicogênio; aumento das cadeias de miosina das fibras tipo 1 e tipo 2; aumento na expressão de RNAm e no fator de regulação miogênica 4 (que induz o aumento da miosina); redução na degradação protéica; aumento na expressão gênica e a ativação de células satélites envolvidas na resposta hipertrófica. Como tomar a creatina (ciclos)
      As doses recomendadas dependem do protocolo que você irá utilizar.
      1. Primeiro protocolo (Hultman et al, 1996):
      Dose de sobrecarga: 0,3g de Cr/kg peso/dia - (duração de 5 dias); Dose de manutenção: 0,03g de Cr/kg peso/dia - (duração de 28 dias). 2. Segundo protocolo (Hultman et al, 1996):
      3g/dia - (duração de 28 dias - aumenta em 20% a quantidade total de creatina muscular). 3. Terceiro protocolo (Pearson et al, 1999):
      5g/dia - (durante 10 semanas). 4. Quarto protocolo (Burke et al, 2000):
      0,1g/kg de massa corporal magra/dia - (durante 21 dias). Período de washout com creatina
      A suplementação com creatina deve obedecer a um período de "washout" ou "limpeza" (Febraio et al, 1995; Volek et al, 1997; Maganaris CN, Maughan RJ, 1998). São necessários 28 a 30 dias após o término da suplementação de creatina para que os estoques musculares totais de creatina voltem aos níveis basais (níveis normais sem suplementação).
      Preços da creatina
      A creatina é um suplemento muito barato. Com a presença de marcas que vendem diretamente ao consumidor, tais como a New Nutrition e a Growth Supplements, é possível adquirir 100 gramas de creatina monohidratada por menos de R$ 20,00, com o selo CREAPURE (produto de origem alemã).
      REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
      ARAZI, Hamid. Et al. Effects of three, five and seven days of creatine loading on muscle volume and functional performance. Serbian Journal of Sports Sciences, Rasht, v. 5, n. 3, p. 99- 105, jan. 2011.
      COOPER, Robert. Et al. Creatine supplementation with specific view to exercise/ sports performance: an update. Journal of the International Society of Sports Nutrition, v. 9, n. 33, jul. 2012
      CRIBB, Paul J. et al. Effects of Whey Isolate, Creatine and Resistance Training on Muscle Hypertrophy. American College of Sports Medicine, Launceston, v. 39, n. 2, p. 298- 307, fev. 2007.
    • By evilwalk
      oi pessoal tô tomando 2 compri de hmb de manhã e 2 depois da musc a noite.tomo 5 g de creatina + malto meia hora antes do treino e uma medida de whey depois do treino...vc s acham q estou certo?tive muito pouca mudança corporal...estou mantendo meu peso e ganhei uns poucos musculos visiveis,mas empaquei e não consigo evoluir...
    • By AngryPlays
      Boa tarde 
      Pretendo começar tomar creatina apos ter lido umas coisas pela internet me disseram para tomar 5 g de creatina com 200ml de agua ate ai tudo bem 
      Eu li numa pesquisas que a creatina pode causar problemas nos rins ou figado eu fiquei pouco preocupado a creatina realmente tras problemas para o figado ou rins?
×
×
  • Create New...