Jump to content
Xandaobarbosa

2 anos de sedentarismo , resultando num corpo disforme

Rate this topic

Recommended Posts

Boa noite  , acompanho a um tempo o fórum e vejo grandes evoluções , estava sem coragem pra escrever e pedir ajuda , mas resolvi deixar isso de lado e pedir ajuda .
Tenho 35 anos e servir aproximadamente 12 anos num batalhão de operações especiais das forças armadas onde eu era testado no meu limite sempre . Pesava por volta de 88 kg biotipo magro seco , porém de 2 anos pra cá e por pressão da família e necessidade de ver meu filho crescer,  pedir para fazer um trabalho administrativo e com isso veio o sedentarismo . Atualmente estou  com 103 kg uma barriga giga que me incomoda de mais e estou com o corpo  completamente disforme,  gostaria de ajudar pra ajustar minha alimentação e treinos, minha alimentação é basicamente 
Café : 2 ovos 
Almoço arroz integral e uma proteína e saída verde 
Jantar :  arroz integral e uma proteína 

As vezes pulo as refeições,  não tomo café e vou direto pro  almoço. Minha rotina começa por volta das 6h da manhã .
No momento estou evitando doces e carboidratos de alta glicemia e não sei se tem alguma relação,  mas minha libido foi la em baixo 
Já fiz uso de varios anabolizantes GH , testosterona , stano , trambolana com acompanhante profissional,  sei q no momento não devo usar nada , mas estou usando um termogenico chamado hell fire me dá uma disposição absurda , tomo 1 cápsula só pela manhã .
Meus treinos são basicamente em jejum pq faço de manhã cedo e não sinto fome pela manhã ,começo com aeróbico geralmente um spinning, quando não faço dou uma caminhada de 40 minutos nível moderado,  por causa do joelho medo de correr e fuder o joelho e depois malho dividido em ABC . 
Basicamente é isso 
 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Podemos te ajudar sim, porém padronize seu tópico com TODAS as informações exatamente conforme solicitadas ....

(Copie e cole e responda ao lado)

Idade:

Altura:

Peso:

Medicações em uso (Anticoncepcional, etc...):

Problemas de Saúde:

Tempo de treino:

Ciclos FEITOS com dose e tempo:

Ciclo PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo:

Divisão de treino e horario do mesmo:

Dieta com quantidade de proteina/carboidrato/gordura por dia:

Fotos: Poste fotos com roupas de banho (sunga/biquini) ou que preferir (cueca/calcinha/sutiã) (sem mostrar o rosto com padrões frontal, lateral e Posterior).Enriquece, e é determinante para analise de cada caso.  As vezes podem ser abordadas outras indicações de treino/dieta/ciclo para seu caso.

Aguardamos TODAS as respostas para poder começar a te ajudar com alguma direção........


Abaixo modelo de como tirar as fotos.

 

elisfitness.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Apollo Galeno disse:

Podemos te ajudar sim, porém padronize seu tópico com TODAS as informações exatamente conforme solicitadas ....

(Copie e cole e responda ao lado)

Idade:

Altura:

Peso:

Medicações em uso (Anticoncepcional, etc...):

Problemas de Saúde:

Tempo de treino:

Ciclos FEITOS com dose e tempo:

Ciclo PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo:

Divisão de treino e horario do mesmo:

Dieta com quantidade de proteina/carboidrato/gordura por dia:

Fotos: Poste fotos com roupas de banho (sunga/biquini) ou que preferir (cueca/calcinha/sutiã) (sem mostrar o rosto com padrões frontal, lateral e Posterior).Enriquece, e é determinante para analise de cada caso.  As vezes podem ser abordadas outras indicações de treino/dieta/ciclo para seu caso.

Aguardamos TODAS as respostas para poder começar a te ajudar com alguma direção........


Abaixo modelo de como tirar as fotos.

 

elisfitness.jpg

Idade: 35 

Altura: 1,74

Peso: 103

Medicações em uso (Anticoncepcional, etc...):

Hell fire 

Problemas de Saúde:

Nenhum 

Tempo de treino: 

20 anos entre idas e vindas 

Ciclos FEITOS com dose e tempo: 

Ciclo de GH

Trabolona 

Oxandrolona 

Não recordo o tempo nem quantidade 

Ciclo PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo:

Divisão de treino e horario do mesmo:

AxBC

Pela manhã , a partir 7h 

Dieta com quantidade de proteina/carboidrato/gordura por dia

Café: 

2 ovos + café 

Almoço 

Salada verde + 1proteina  aproximadamente 150g + Arroz integral 

Jantar 

Salada verde + 1 proteína  aproximadamente 150 g + Arroz integral 

20190910_224956.jpg

20190910_224908.jpg

20190910_224812.jpg

20190910_224736.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos apenas de dieta OK ???

E vou usar a dieta com a mesma simplicidade que vc digitou....

Café: 

6 ovos + 2 Banana + 30g de aveia + café sem açucar + 

Almoço 

Salada verde + 200g de carne de boi/frango/peixe + 100g  Arroz integral  + 2 colher sopa de azeite extra virgem + 30 g de amendoim

Jantar 

Salada verde + 200g de carne de boi/frango/peixe + 100g  Arroz integral  + 4 ovos + 2 colher sopa de azeite extra virgem

Agua= beber 4,5 litros de agua diaria pelo menos!! Durante o treino beber 1,2 litros dos 4,5 litros.

Treino= Faça HIT pós treino por 15 minutos apenas (Hit consiste em vc andar 1 minuto na velocidade 6 e depois acelerar a esteira para velocidade 10 por mais 1 minutos e depois voltar para velocidade 6 e repetir esse processo até dar 15 minutos!)OU faça caminhadas de 40 minutos em caminhar acelerado (não correndo). Fazer no Sabádo e Domingo também. Fazer 5 x na semana pelo menos!! ( MASTER IMPORTANTE). 

Vamos fazer um combinado que não sai por "não avisado" depois.......

As dietas podem ser modificadas a cada 15 dias.......depende de vc e suas postagens e resultados......

Se ficar mais de 15 dias sem atualizar ou postar entendo automaticamente que não quer mais ajuda, e pelo menos da MINHA parte não irei mais ajudar. Portanto, ponha celular para despertar, anote na parede, faça henna, mas se não atualizar ou avisar com antecedencia sumiços, a MINHA regra para poder ajudar a quem está realmente INTERESSADO é essa.

Próximas fotos= 27/09

TMJ

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, Apollo Galeno disse:

Vamos apenas de dieta OK ???

E vou usar a dieta com a mesma simplicidade que vc digitou....

Café: 

6 ovos + 2 Banana + 30g de aveia + café sem açucar + 

Almoço 

Salada verde + 200g de carne de boi/frango/peixe + 100g  Arroz integral  + 2 colher sopa de azeite extra virgem + 30 g de amendoim

Jantar 

Salada verde + 200g de carne de boi/frango/peixe + 100g  Arroz integral  + 4 ovos + 2 colher sopa de azeite extra virgem

Agua= beber 4,5 litros de agua diaria pelo menos!! Durante o treino beber 1,2 litros dos 4,5 litros.

Treino= Faça HIT pós treino por 15 minutos apenas (Hit consiste em vc andar 1 minuto na velocidade 6 e depois acelerar a esteira para velocidade 10 por mais 1 minutos e depois voltar para velocidade 6 e repetir esse processo até dar 15 minutos!)OU faça caminhadas de 40 minutos em caminhar acelerado (não correndo). Fazer no Sabádo e Domingo também. Fazer 5 x na semana pelo menos!! ( MASTER IMPORTANTE). 

Vamos fazer um combinado que não sai por "não avisado" depois.......

As dietas podem ser modificadas a cada 15 dias.......depende de vc e suas postagens e resultados......

Se ficar mais de 15 dias sem atualizar ou postar entendo automaticamente que não quer mais ajuda, e pelo menos da MINHA parte não irei mais ajudar. Portanto, ponha celular para despertar, anote na parede, faça henna, mas se não atualizar ou avisar com antecedencia sumiços, a MINHA regra para poder ajudar a quem está realmente INTERESSADO é essa.

Próximas fotos= 27/09

TMJ

Fechado , posso continuar tomando o termogenico, Hell fire ? 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By Xandaobarbosa
      Boa noite  , acompanho a um tempo o fórum e vejo grandes evoluções , estava sem coragem pra escrever e pedir ajuda , mas resolvi deixar isso de lado e pedir ajuda .
      Tenho 35 anos e servir aproximadamente 12 anos num batalhão de operações especiais das forças armadas onde eu era testado no meu limite sempre . Pesava por volta de 88 kg biotipo magro seco , porém de 2 anos pra cá e por pressão da família e necessidade de ver meu filho crescer,  pedir para fazer um trabalho administrativo e com isso veio o sedentarismo . Atualmente estou  com 103 kg uma barriga giga que me incomoda de mais e estou com o corpo  completamente disforme,  gostaria de ajudar pra ajustar minha alimentação e treinos, minha alimentação é basicamente 
      Café : 2 ovos 
      Almoço : arroz integral e uma proteína e saída verde 
      Jantar :  arroz integral e uma proteína 
      As vezes pulo as refeições,  não tomo café e vou direto pro  almoço. Minha rotina começa por volta das 6h da manhã .
      No momento estou evitando doces e carboidratos de alta glicemia e não sei se tem alguma relação,  mas minha libido foi la em baixo 
      Já fiz uso de varios anabolizantes GH , testosterona , stano , trambolana com acompanhante profissional,  sei q no momento não devo usar nada , mas estou usando um termogenico chamado hell fire me dá uma disposição absurda , tomo 1 cápsula só pela manhã .
      Meus treinos são basicamente em jejum pq faço de manhã cedo e não sinto fome pela manhã ,começo com aeróbico geralmente um spinning, quando não faço dou uma caminhada de 40 minutos nível moderado,  por causa do joelho medo de correr e fuder o joelho e depois malho dividido em ABC . 
      Basicamente é isso 
       




    • By Mayara França
      Pessoal, boa tarde!
      Sou sedentária e gostaria de voltar as atividades. Estou insatisfeita com minha barriga peso 54k, posso começar a caminhar dando umas corridas e tomar termogênico? Ou devo ter outro tipo de treino inicialmente?
      Obrigadaa!
    • By fisiculturismo
      Você sabia que o sedentarismo é tão ruim para o organismo quanto o vício em cigarro ou obesidade? Muitas pessoas com rotina de trabalho sentada ficam por oito ou mais horas por dia sentadas, e essa situação de sedentarismo causa mortes precoces.
      Mexa-se! Um estudo publicado na revista The Lancet revela que apenas 60 (sessenta) a 75 (setenta e cinco) minutos de atividades físicas moderadas (caminhar - 5,6 km/h - ou andar de bicicleta - 16 km/h) por dia são suficientes para afastar o risco do sedentarismo.
      Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores analisaram 16 (dezesseis) estudo com mais de um milhão de pessoas avaliadas. Pessoas que praticam mais de 60 (sessenta) minutos de atividades físicas moderadas não apresentam qualquer risco de morte precoce pelo fato de ficarem sentadas por 8 (oito) horas por dia.
      Quanto aos sedentários, independentemente da quantidade de horas que ficam sentados por dia, o risco de morte precoce identificado foi de 28% (vinte oito porcento) a 59% (cinquenta e nove porcento) maior do que as pessoas fisicamente ativas. Pasmem, tais percentuais de risco de morte precoce são similares àqueles ligados ao tabagismo e obesidade.
      Os pesquisadores afirmam que esses 60 (sessenta) minutos diários recomendados de atividades físicas diárias podem ser divididos em 6 (seis) períodos de 10 (dez) minutos cada. Lembre-se que tal período de tempo é contato para atividades moderadas (caminhada e pedalada), para atividades mais intensas, tais como musculação pesada ou HIIT, esse período de tempo é reduzido. 
      Fonte:
      ECKELUND, Ulf. Does physical activity attenuate, or even eliminate, the detrimental association of sitting time with mortality? A harmonized meta-analysis of data from more than 1 million men and women. Disponível em <http://www.thelancet.com/pdfs/journals/lancet/PIIS0140-6736(16)30370-1.pdf>. Acesso em: 31 de jul. 2016.
    • By C. Machado
      Olá galera do fórum, este é meu primeiro post, e desde já quero parabenizar a todos os envolvidos, pois pelo que estou vendo diariamente tem muita informação e gente legal ajudando. Peço desculpas caso esteja infringindo alguma regra do fórum me apresentando aqui.
      Bom tenho 29 anos, 181cm e peso 95kg, já treinei no passado onde tinha medidas melhores, mas o casamento e o sedentarismo me acharam hehehe...

      Voltei a treinar faz 30 dias e quero hipertrofiar, porém desejo perder massa gorda.

      Segue dieta para criticas:

      café da manhã: iogurte/leite e granola, uma fatia de pão integral.
      lanche: fruta, ou barra de cereais, ou 3 biscoitos salgados
      almoço: arroz, feijão, alface, cenoura, beterraba e um bife médio (tipo 200grs)
      lanche: fruta, ou barra de cereais, ou 3 biscoitos salgados
      janta: 2 fatias de pão integral e 4 colheres atum light
      ceia: 1 fruta

      Antes do treino: FB pela manhã antes de comer, 5g Creatina ao meio dia, FB antes do treino
      Depois do treino: Whey, maltodextrina, 5g creatina


      Devo mudar alguma coisa, nesse mês perdi 4kg.
    • By José Nunes Silva Filho
      Dados atuais sobre o sedentarismo

      Diga-se que o Brasil passa por uma fase indubitavelmente complicada, quando se fala em números de pessoas inativas, encontra-se numa estatística de 14 % dos brasileiros adultos, ou seja, quase 18 milhões de pessoas adultas são totalmente sedentárias no país, segundo resultados da pesquisa de “Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas”, feito pelo Ministério da Saúde, divulgado em Abril/2012, tendo entre essa fatia da população, pessoas que não fazem nenhum tipo de exercício físico, quer seja no trabalho, no deslocamento, em trabalho doméstico ou em tempo livre (CONFEF, 2012, p.04).

      Indo um pouco mais além, a mesma fonte ainda apresentou dados da Organização Mundial da Saúde (OMS, 2008), que rotulam não como sedentários, mas como “pessoas insuficientemente ativas”, os dados também são alarmantes, mostrando que 31% dos adultos acima de 15 anos, não são suficientemente ativos, não obstante, transparece que 3,2 milhões de mortes anualmente são atribuídas a falta de atividade física suficiente, tendo o sedentarismo como o quarto maior fator de risco de mortalidade global, incriminada de pelo menos 21% dos casos de tumores malignos na mama e no cólon, 27% dos registros de diabetes e 30% das queixas de doenças cardíacas.

      Em virtude destes dados catastróficos, observa-se que algumas mudanças globais, tendem a colaborar com uma vida inativa e danosa para saúde, tendo como os fatores ambientais, como os que influenciam diretamente no “andar da carruagem”, vejam-se: violência, tráfego de automóveis intensos, baixa qualidade do ar e poluição, falta de parques, calçadas e aparelhos esportivos ou de recreação, e o aumento de jornada de trabalho diária (OMS, 2008). Fica evidente, que a população mundial caminha cada vez mais para uma vida pouco saudável, tendo como fator principal, o sedentarismo desenfreado.

      E, é nesta fase, já que detectados índices alarmantes de atitudes e comportamentos atuais que levam a doenças sistêmicas, que os Órgãos Competentes, deveriam voltar seus holofotes aos profissionais de Educação Física, e nas construções de grandes centros esportivos e/ou academias comunitárias, sempre deixando a frente à figura do profissional de Educação Física, para que de maneira planejada e direcionada, possa ajudar de forma significativa a amenizar tais problemas de saúde num âmbito geral. Tendo em vista que já é solidificado, o quão é importante e o quão previne doenças à prática de atividades físicas quando bem orientada.

      Por que introduzir exercícios físicos para uma população sedentária

      Segundo Santarém (2012, p. 11), a atividade física habitual, pode colaborar de forma ímpar nas ocorrências de situações patológicas graves, evitando e também controlando doenças crônicas que evoluem outros casos clínicos tais como Aterosclerose (doença inflamatória crônica na qual ocorre a formação de ateromas dentro dos vasos sanguíneos), tendo entre estas doenças a Hipertensão arterial, o diabetes do tipo 2, e obesidade etc. O mesmo ainda afirma, que mesmo quando em predisposição genética, a atividade embora não possa evitá-las, esta poderá de forma significativa retardar/impedir possíveis evoluções.

      Para entendermos um pouco deste mecanismo de defesa dos exercícios físicos contra doenças crônicas, podemos citar que o sedentarismo leva o organismo a produzir substâncias chamadas citocinas pró-inflamatórias, sendo a mais conhecida o Fator de Necrose Tumoral (TNF-alfa), esta que esta diretamente relacionada com a origem da aterosclerose. O TNF-alfa, também aumenta a resistência à insulina, dificultando a entrada da glicose nas células de todo organismo, acarretando outras doenças crônicas. (PETERSEN & PEDERSEN, 2006, p. 43-51).

      Em contrapartida a estes malefícios do sedentarismo, a contração muscular produz substâncias denominadas MIOCINAS do grupo interleucinas, muito conhecidas por seus efeitos no sistema imunológico, as miocinas, agem ao contrário das citocinas, produzindo efeitos anti-inflamatórios, e com isso, pode-se afirmar que a contração muscular rotineira, oferece proteção contra doenças cardiovasculares, diabetes 2, obesidade, hipertensão arterial.

      Tabela para redução do risco para desenvolver doença arterial coronariana.

      MODALIDADE / FREQUENCIA / REDUÇÃO DO RISCO

      Corrida / 1 hora por semana / 42%
      Remo / 1 hora por semana / 18%
      Musculação / Meia hora por semana / 23%

      FONTE: (SANTARÉM, 2012, p. 12)

      Pode perceber que o exercício físico quando bem orientado pode contribuir de forma significativa na saúde de indivíduos praticantes regulares, evitando e diminuindo diversos fatores de predisposição a doenças sistêmicas.

      Conceito de algumas doenças crônicas degenerativas que evoluem para aterosclerose:

      Hipertensão arterial

      O Ministério da Saúde (2011) afirma que mais de &frac14; da população brasileira com mais de 34 anos é hipertensa e que este número talvez seja ainda maior devido ao baixo número de diagnósticos. Sabe-se também, que é uma patologia multifatorial, com causas genéticas, fisiológicas e psicológicas.

      Para Bittencourt (2009, p.205), conforme o Colégio Americano de Medicina do Esporte (2.000) “é a força na qual o coração bombeia o sangue através dos vasos, portanto podemos dizer que a pressão arterial e o produto de dois fatores: da resistência que o sangue encontra nas artérias versus volume de sangue que o coração bombeia a cada batida, ou seja, é determinada pelo débito cardíaco e pela resistência periférica. Para isso, entendemos que a resistência esta diretamente relacionada com a espessura e elasticidade, sendo que, quanto mais for à resistência, maior será a pressão”.

      Ao sabermos o que é pressão arterial, fica mais cristalino entendermos o que realmente significa a hipertensão: é uma condição sistêmica com alterações estruturais das artérias e do miocárdio, associadas à disfunção endotelial, constrição e remodelamento da musculatura lisa vascular, que quando aferidos obtiverem valores iguais ou superiores a 140/90 mmHg sustentados em mais de uma ocasião na ausência de medicamentos anti-hipertensivos (BITTENCOURT, 2009, P.205).

      E como já conhecida, podemos usar as afirmativas do Ministério da Saúde (2006), para evidenciar tais problemas que esta pode proporcionar, vejamos: a) doenças cardiovasculares, b ) cerebrovasculares, c) renais, sendo responsável de pelo menos 40% das mortes por acidentes vasculares encefálicos (AVE), 25% de doença arterial coronariana, e em combinação com a diabetes, 50% de insuficiência renal terminal.

      Diabetes 2

      Segundo Fischer (2012) & Santarém (2012, p.17) no diabetes tipo 2 (não insulinodependente) o pâncreas produz normalmente a insulina, e em muitos casos até produz uma quantidade maior que a normal, mas a glicose não consegue entrar pois as células dos tecidos não são sensíveis ao hormônio. Para a glicose chegar até o interior da célula é necessário estar presente em quantidades suficientes, além da insulina, alguns receptores chamados de GLUT4 (glucose transporter 4). É como se a insulina fosse a “chave” para entrada da glicose na célula, e o GLUT4 fosse a “fechadura”, ou seja, podem existir várias “chaves”, mas se as “fechaduras” não funcionarem ou não estiverem em quantidades suficientes à glicose não entra. Isso é chamado de resistência à insulina. O diabetes tipo 2 é responsável por mais de 90% dos casos de diabetes, e geralmente aparece depois dos 30 anos.

      O diabetes melito é a mais comum disfunção endócrina do pâncreas, atingindo mais de 150 milhões de pessoas em todo mundo, o que significa que quase 5% da população mundial tem essa doença. No Brasil 7.6% das pessoas entre 30 e 69 anos tem diabetes. O diabetes, se não bem controlado, pode trazer sérios riscos para saúde: como insuficiência renal, cegueira, amputações dos pés e pernas, lesões nervosas e doenças cardiovasculares, como hipertensão e derrame. (FISCHER, 2012).

      Obesidade

      A obesidade segundo Pollock & Wilmore (1993) apud Simão (2007, p. 138) pode ser definida como o aumento excessivo de gordura corporal. Os grandes estudiosos estipulam um padrão que acometem quando extrapolam os porcentuais de gordura de seu peso total. Tendo como estabelecido em 20% de gordura para os homens e 30% de gordura para as mulheres.

      Embora também sejam um dos fatores predominantes, os hábitos alimentares irregulares, não carrega sozinho o fator determinante para desenvolvimento da obesidade, pois, existem outros fatores que também são de grande influência para atuação da obesidade. As pesquisas mostram que diferentes fatores podem levar um indivíduo a obesidade, vejamos:

      - Padrões alimentares; - Ambiente Alimentar; - Comidas em conserva; - Imagem corporal; - Diferenças bioquímicas; - Termogênese induzida; - Nível de atividade física; - Temperatura corporal basal; - Níveis celulares de (ATP); - Hormônios sensitivo lípase (HSL); - Lipoproteína lípase (LPL), (SIMÃO, 2007, p. 138).

      Não obstante, Katch & Mcardle (1996) apud Simão (2007, p. 139); Santarém (2012, p. 19) falam dos riscos que essa doença que assola uma grande parcela da população pode proporcionar. Usaremos a classificação de um relatório elaborado por 14 membros do Instituto Nacional de Saúde Americano, que concluiu que a obesidade deve ser vista como doença, porque surpreendentemente existem vários riscos biológicos mesmos quando em baixos níveis de excesso de gordura corporal, veja-se:

      a) Hipertensão e enfarto do miocárdio;
      b ) Doenças renais;
      c) Doenças da vesícula biliar;
      d) Diabetes mellitus;
      e) Doenças pulmonares;
      f) Osteoartrite;
      g) Gota;
      h) Câncer do endométrio e seios;
      i) Lipoproteínas e lipídios plasmáticos anormais;
      k) Funções cardíacas diminuídas;
      j) Alterações menstruais;
      l) Toxemia na gravidez;
      m) Problemas psicológicos;
      n) infecções de pele;
      o) reduzida tolerância ao calor.

      Considerações finais

      Em virtude de tudo que foi mencionado, somos levados a crer, que a sociedade esta a cada dia desenfreadamente sendo forçada a ter uma vida cada vez mais sedentária, e com isso, colaborando de forma significativa com elevadas probabilidades de incluí-los nas estatísticas de pessoas portadores de doenças sistêmicas.

      Pensando nisso, deve-se evidenciar para as políticas públicas e órgãos competentes, tentando viabilizar alguma mudança nestes quadros, almejando proporcionar a estas pessoas uma vida mais ativa e equilibrada, tendo como algumas das ferramentas, as construções de centros esportivos e/ou academias comunitárias, parques e pistas de Cooper. Tendo já cientificado que o exercício físico habitual quando bem orientado, pode reduzir de forma sistematizada o número de pessoas propensas a portarem certas doenças crônicas degenerativas.

      E VOCÊ SEDENTÁRIO, depois destes dados alarmantes, mesmo assim irá continuar BUSCANDO UM FUTURO DOENTIO?. Reflita e matricule-se já numa academia que tenha profissionais devidamente capacitados e registrados no Sistema CREF/CONFEF.

      REFERÊNCIAS
      BITTENCOURT, V.F et al. Redução e manutenção da pressão arterial através de exercícios resistidos com pesos. Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício – Vol. 8 Núm. 4 – Out.Dez.2009: 205-211.

      CHEYNE E. DONGES , ROB DUFFIELD , ERIC J. DRINKWATER. Efeitos da resistência ou aeróbio sobre Interleucina-6, C-Reactive Protein e Composição Corporal. Medicine & Science in Sports & Exercise: Jornal Oficial do Colégio Americano de Medicina Esportiva, ISSN 0195-9131, vol. 42, N º. 2, 2010, págs. 304-313.

      FISCHER, Bruno. Diabetes: Introdução e a importância da atividade física na prevenção e tratamento. Disponível em: http://www.gease.pro...ar.php?id=102 Acessado em: 04.Ago.2012.

      KRAEMER, W. J; FLECK, S.J. Otimizando o treinamento de força: programas de periodização não linear. Barueri-SP: Manole, 2009.

      PETERSEN, A.M.W; PEDERSEN, B.K. The Role of IL-06 in mediating the anti-inflammatory effects of exercise. J Physiol Pharmacol. 2006; 57(10): 43-51.

      SANTARÉM, J.M. Musculação em todas as idades: Comece a praticar antes o seu médico recomende. Barueri-SP, Manole – 2012.

      SIMÃO, R. Treinamento de força na Saúde e Qualidade de Vida. São Paulo: Phorte, 2004.

      ________. Fisiologia e Prescrição de Exercícios para Grupos Especiais. 3.ed. Rio de Janeiro/RJ: Phorte, 2007.
×
×
  • Create New...