Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Post Destacado

  • Moderador
6 horas atrás, fisiculturismo disse:

Achei que fosse ler uma série de comentários interessantes sobre a dieta low carb e pra minha surpresa.... nada! rs

200.gif

Pois 🤔🤔🤔 

6 horas atrás, fisiculturismo disse:

Resumo: atletas não precisam de carboidratos, mas de proteínas e gorduras saturadas. Pessoas que querem emagrecer devem se preocupar não apenas com o balanço calórico negativo, mas com a redução da ingestão de carboidratos (em razão das implicações hormonais).

Na verdade, postei justamente pensando em trazer um conteúdo acerca dos efeitos deletérios dos alimentos superprocessados, das farinhas refinadas e , principalmente, do açúcar e, para além disso, a inversão daquilo que seria a pirâmide alimentar natural, dos antepassados. Ainda, a resistência insulínica está ligada a inúmeras doenças não transmissíveis.

Quanto às respostas hormonais, elas influenciam, inclusive, na saúde mental. Outro ponto importante são os processos de inflamação (ao nível celular). Ambos afetam negativamente o correto funcionamento do corpo em geral, bem como as patologias de ordem neurológica ou psiquiátrica (e há um novo interesse da comunidade científica em investigações neste sentido, apesar de que a alimentação cetogênica tem sido utilizada ao tratamento de epilepsia a mais de 100 anos).

A questão do treino se carbos, prefiro não comentar porque isso causará muita discussão descenessaria, mas basta olhar com cuidado o processo de síntese protéica para compreender que o glicogênio é secundário.

Por fim, o ponto é procurar não ingerir alimentos ultraprocessados, nem farináceos refinados e, muito menos, açúcar de mesa e alimentos que os contém.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
Receitas para secar

Emagreça 5kg a 10kg em 30 dias!

Conheça o programa de reeducação alimentar que funciona e que já ajudou milhares de pessoas a emagrecer de verdade

Clique aqui para conhecer

  • Moderador
12 horas atrás, fisiculturismo disse:

Achei que fosse ler uma série de comentários interessantes sobre a dieta low carb e pra minha surpresa.... nada! rs

Comentário = Low Carb......Ketogenic Diet.........Diety no Ketogenic (ocidental diety).....cicling carbs........dieta da pera....da uva......do pepino......etc.....são manobras dieteticas. Eu querer falar positivo ou negativo é dar um tiro na testa. Acredito que toda estratégia de dieta possui a hora certa para iniciar e terminar (adesão) e a pessoa certa a ser utilizada. Minha maior premissa é a Homeostase.....na qual o corpo é lider isolado em buscar o equilibrio. Ou seja, ficar tempo prolongado em um unico estilo de dieta é pedir para diminuir eficacia e eficiencia de uma dieta. 

O documentário........adota conhecimento para uma população mais aberta (obesos, que nã o sabem a diferença entre a e b na dietas, iniciantes, etc).......uma população que não posso usar como base de um forum de fisiculturismo. Sabe porque? Se vc analisar os estudos randomizados de dietas aplicadas em "atletas de treinos de resistencia" verá que a adesão dos mesmos é maior....por isso que são considerados otimo grupo controle. Mas pode ser utilzado muita coisa do documentário.

Como citado acima......não vou entrar em vias metabolicas ......

Estratégias= A boa estratégia é aquela que a pessoa consegue manter sem se sabotar.....tratamentos medicos ou atrelados a area de saúde eu ja calculo a taxa de "não adesão a qualquer protocolo"........temos um mundo "ideal" e um mundo "real"........para perder peso ......NÃO TENHO ESTRATÉGIA DIETETICA DE ESTIMAÇÃO.......minha mente é bem aberta a qualquer estratégia. O importante é conhecer bem o que está propondo......e não utilizar por longo periodo......pois as pessoas simplesmente "abandonam". Vc pode ter "dieta + exercicios" e vc poder ter "uma dieta que vc gosta e consegue fazer + exercicio que gosta de fazer" (aqui não defendo a suruba mental na qual vc come qualquer coisa...mas comer de maneira inteligente).....e aos poucos as pessoas vão descobrindo a delicia de fazer isso......e quando se vem estão nadando nesse mundo. Bem como tem a galera que bota o Foda-se rapidamento.......

GORDURAS FAZEM BEM........PROTEINAS FAZEM BEM......CARBOIDRATOS FAZEM BEM. 

Patologias= Não posso atrelar algumas patologias comuns unico e exclusivamente a uma dieta.....ou a exercicio....ou a uma medicação ....etc.....Isolar uma causa patologica chega a ser extremo na minha pequena e simplista vista. 

Sobre os processados= No mais......acredito que com o passar dos anos......a industria e os governos estão a cada que passa......favorecendo para com que as pessoas comam mais alimentos processados! Deixar as pessoas doentes ? Qual o interesse com isso ? Não sei........

 Exemplo=  Temos alimentos para cozinhar que custam 5 reais (vegetais/carnes/etc) e temos os processados prontos que é só colocar no microondas ou pedir no ifood e custa 2,5 reais. Temos uma garrafa de refrigerante que custa  quase a mesma coisa que uma garrafa de agua. E por ai vai.........

Outro exemplo= deixo imagem abaixo.......apenas para pensamento.......apenas para reflexão......sem atacar ou sem defender....apenas refletir. 

 

 

Sem título.jpg

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Moderador

Discordo apenas do gráfico. O engajamento da população é imensuravelmente maior aos alimentos superprocessados e, sobretudo, ao açúcar. Não se pode atribuir uma prevalência sobre a exceção.

98% da população come açúcar ou 98% da população come apenas carbos de baixo IG e comidade verdade??? Ou, ainda, 98% faz dieta low carb??? Percebe o que quero dizer???

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Moderador
Em 03/04/2021 em 17:37, Keto disse:

Discordo apenas do gráfico. O engajamento da população é imensuravelmente maior aos alimentos superprocessados e, sobretudo, ao açúcar. Não se pode atribuir uma prevalência sobre a exceção.

98% da população come açúcar ou 98% da população come apenas carbos de baixo IG e comidade verdade??? Ou, ainda, 98% faz dieta low carb??? Percebe o que quero dizer???

Entendi o que quis dizer sim.

O gráfico justamente mostra que por maior informação a população americana possui......menos consegue adesão.......pode ser low...keto....carb cicling.....etc.....

É uma luta de Davi contra Golias....e nessa luta o Golias sempre ganha.

E quase a mesma coisa que existe aqui dentro....por mais que ajudamos....damos o caminho....as pessoas não conseguem levar.....pode enfeitar de doce.....dar pirueta....etc etc....sempre tem uma desculpa grandiosamente esfarrapada para justificar a não adesão.

 

 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tentei reputar o vídeo mas aparece um aviso de que há um problema para reputar o vídeo.

Mas quero dizer que gostei muito mas não mudou minhas convicções.

Mas eu vou tentar simplificar o que eu penso.

Pra mim o problema do excesso de peso e dos problemas de saúde decorrentes é provocado pelos GRANDES SUPERÁVITS CALÓRICOS que são feitos na semana.

Se eu faço grandes superávits vários dias na semana, eu não terei nem saúde e nem um físico legal, seja comendo açúcar com refinados ou comendo como um cetogênico.

Todo grande superávit calórico gera acúmulo de gordura no corpo e isso é ruim para a saúde

Se eu gasto 1800 calorias em um dia e consumo 1 kg de carne, ovos, whey e saladinhas chegando a 3000 calorias vou ser gordo e doente do mesmo jeito que comendo ovo, whey, frango e batatas ou  comendo doces, tortas e etc.

Como quero resumir tudo vamos logo pra solução do problema.

Antes de mais nada eu tento equilibrar minha dieta, consumindo carnes, boas fontes de carbs como o arroz, frutas e verduras e um pouco de açúcar também de segunda a sábado.

Durante a semana faço dois dias de baixo carb e baixa caloria para perder peso e baixar o bf e não espero ganhar músculos nesses dias, mas faço meus exercício porque os carbs do dia anterior e do dia seguinte vão garantir o desenvolvimento ou a manutenção do físico.

Faço quatro dias de médio carb com equilíbrio ou um PEQUENO SUPERÁVIT CALÓRICO nesses dias para recuperar o pump e desenvolver ou manter a musculatura.

E apenas no domingão, relaxo e como coisas deliciosas com açúcar, refinados e por aí vai, consumindo maior quantidade de carbs.

Se eu fizer teleconsulta com um médico ortomolecular e com outros médicos de outras especialidades  e se  eles disserem que minha saúde está boa depois de muitos exames, então ficarei mais tranquilo, mas tudo pode acontecer quando se trata de saúde.

Se meu bf ficar em até 14% já ficarei muito satisfeito.

Simples assim sem esse papo de dieta cetogênica, dieta do homem pré-histórico, gordura em excesso é bom pra saúde e outras bobagens que falam em vídeos no youtub.

 

 

Editado por Pokoyô

ou para curtir

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
  • Conteúdo similar

    • Por fisiculturismo
      Somente quem está fazendo uma dieta restritiva em carboidratos (low carb) sabe o quanto o humor fica pessimamente alterado, além de ser evidente a queda no desempenho físico.
      A cafeína é bem conhecida como uma substância capaz de aumentar a performance nas atividades físicas por reduzir o grau subjetivo de fatiga e esforço.
      Um grupo na Griffith Universy In Australia estudou se a cafeína poderia superar a queda de performance dos indivíduos sujeitos a dietas restritivas em carboidratos.
      Foram analisadas pessoas em dietas restritivas em carboidratos e pessoas em dietas sem restrição de carbo. Além disso, dentro de cada grupo, algumas pessoas receberam uma pequena dose de cafeína (3mg por kg de peso corporal - ex. um indivíduo de 80 kg receberia 240mg) ou um placebo. Todos realizaram exercícios de alta intensidade.
      Os pesquisadores descobriram que os indivíduos que ingeriram cafeína tiveram aumento de performance, seja no grupo em dieta restritiva em carboidratos, sejam em dieta não restritiva.
      Os indivíduos em dieta restritiva em carboidratos não tiveram o mesmo desempenho daqueles em dieta sem restrição, mas a cafeína ajudou a melhorar a performance física.
      Concluíram os cientistas que a cafeína pode aumentar a performance física independentemente da concentração de glicogênio nos músculos, mas ainda assim não seria capaz de equiparar o desempenho do indivíduo em dieta restritiva em carbo com o indivíduo em dieta sem restrição.
      Fonte:
      Carb-Free Focus: Caffeine Enhances Performance onLow-Carb Diets. FLEX, pp. 128, maio de 2013.
    • Por Vladimir Viktorovitch
      Quando estão próximos da competição, os atletas seguem uma dieta de baixo teor de carboidratos. Uma pesquisa revelada pela Revista Flex mostrou que dieta com restrição de carboidratos e alto nível de proteínas e gorduras pode baixar a imunidade.
      A análise foi feita com queimados de incêndio. Os que seguiam dieta de baixo teor de carboidratos tiveram maior incidência de pneumonia em comparação aos que não restringiam carboidratos, nem proteínas, nem gordura.
      Embora o estudo se circunscreva a quadro de vítimas de incêndio, serviu para mostrar que a restrição de carboidratos pode reduzir a imunidade.
      Por isso, é recomendável que o atleta utilize suplemento de apoio à imunidade se aderir à dieta de restrição de carboidratos.
      Fonte: Revista Flex, abril 12. Referência a B. Masters et al., Cochrane Database System Revue 2012.
    • Por Leena Fabrini
      Quase dois terços dos americanos estão acima do peso ou obesos. Muitas dessas pessoas desenvolvem resistência à insulina e diabetes tipo 2, o que aumenta o risco de doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA).
      O aumento de gordura no fígado leva à inflamação e ao deficiente processamento metabólico de gorduras, carboidratos e proteínas.
      Um diagnóstico inicial da esteatose hepática é feita a partir do elevado número de enzimas hepáticas. Uma revisão da literatura por pesquisadores da University School of Medicine, em Whashington, St. Louis, concluiu que o baixo teor de carboidratos da dieta cetogênica pode causar DHGNA.
      No entanto, os efeitos dessas dietas são mínimos sobre a função do fígado se feitas a curto prazo.
      Fontes: Current Opinion Clinical Nutrition & Metabolic Care, 15: 374-380, 2012 e Revista Muscular Development, janeiro/2013, pg. 76.
    • Por BroOnze
      Numa tijela coloque 1 caixinha de creme de leite, acrescente a mesma medida da caixinha de polvilho azedo e finalize com duas medidas da caixinha de queijo meia cura ralado. 
       Unte uma forma com manteiga ghee e coloque com ajuda de uma colher as porções na forma com espaço entre elas (elas crescem no forno).
      Leve ao forno pré-aquecido 220° por aproximadamente 25 minutos.
       
      Observação: Pode acrescentar um pouco de sal caso o queijo esteja menos salgado.


    • Por BroOnze
      Forre o fundo da frigideira com aproximadamente 2 xícaras de queijo minas ralado (usei o meia-cura, mas pode ser o queijo coalho também); Quando o queijo começar a dourar, acrescente o molho de tomate (coloquei aproximadamente 2 colheres de sopa); Acrescente as 2 fatias de peito de peru; Cozinhe os ovos, amasse-os com um garfo, fazendo uma farofinha, e coloque-a sobre o peito de peru; Finalize com orégano. Guacamole - opcional:
      Amasse o abacate grosseiramente com um garfo; Acrescente os demais ingredientes (tomate, cebola, sal, limão e azeite).  
×
×
  • Criar novo...