Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Post Destacado

Oi gente, então queria uma ajuda de vocês rss, malho a 6 anos e já fiz um ciclo de masteron 0,5 dia sim dia não por 6 semanas, tive queda de cabelo e pele oleosa a voz engrosou um pouquinho durante o ciclo mas volto quando parei fiz apenas um mês perdi 6 quilos, eu malhei por 6 anos em seguida e tive que da uma parada e tals e tinha engordado ai voltei com meu primeiro ciclo mas qse sem conhecimento e adorei e agora resolvi fazer um pra ganho comprei deca e comecei a tomar faz 10 dias, 0,3 a cada 3 dias querendo aumenta pra 0,5 a cada 3 dias oq acham? Nesses 10 dias ganhei 1 quilo e meio, estou pensando em aumenta minha alimentação, estou me sentindo um pouco inchada e sem definição. 

Tenho 1, 58 de altura 

Pesando 60 quilos

ou para curtir

Link para o post
Compartilhar em outros sites
Tudo sobre esteroides

Curso sobre esteroides anabolizantes!

Domine o uso de esteroides neste curso de 8 módulos do médico Dr. Luiz Tintore

Clique aqui para conhecer

1 hora atrás, Carolzinha12323 disse:

Oi gente, então queria uma ajuda de vocês rss, malho a 6 anos e já fiz um ciclo de masteron 0,5 dia sim dia não por 6 semanas, tive queda de cabelo e pele oleosa a voz engrosou um pouquinho durante o ciclo mas volto quando parei fiz apenas um mês perdi 6 quilos, eu malhei por 6 anos em seguida e tive que da uma parada e tals e tinha engordado ai voltei com meu primeiro ciclo mas qse sem conhecimento e adorei e agora resolvi fazer um pra ganho comprei deca e comecei a tomar faz 10 dias, 0,3 a cada 3 dias querendo aumenta pra 0,5 a cada 3 dias oq acham? Nesses 10 dias ganhei 1 quilo e meio, estou pensando em aumenta minha alimentação, estou me sentindo um pouco inchada e sem definição. 

Tenho 1, 58 de altura 

Pesando 60 quilos

Seja bem vinda !

Complete o tópico:

 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • fisiculturismo alterou o título para Ciclo de deca: inchada e sem definição
  • Administrador
1 hora atrás, Carolzinha12323 disse:

comprei deca e comecei a tomar faz 10 dias, 0,3 a cada 3 dias querendo aumenta pra 0,5 a cada 3 dias oq acham? Nesses 10 dias ganhei 1 quilo e meio, estou pensando em aumenta minha alimentação, estou me sentindo um pouco inchada e sem definição. 

Bem-vinda @Carolzinha12323! Já leu a matéria do dr. @Thiago Carneiro sobre a deca?

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 horas atrás, Carolzinha12323 disse:

comprei deca e comecei a tomar faz 10 dias

Oii Querida! Seja bem vinda! Tem uma mestra maravilhosa @Joaninha ele fez um Relato de suas experiências em diversos ciclos e um deles é a Deca, talvez ajude a esclarecer algumas de suas dúvidas e é importante padronizar seu tópico, pelo que vi não está tendo acompanhamento algum. O pessoal daqui é fera! Não perca essa oportunidade!!

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Moderador
8 minutos atrás, FaBHana disse:

O @Foston já deu a letra... Tem mais 5 dias para padronização.... prazo do mestre @Apollo Galeno

Se quiser ajuda, claro...

Isso ai........nem falei...e não sei onde falar....

Mas acredito que se a pessoa entra aqui em busca de algo......7 dias é um otimo periodo para demonstrar interesse. (poderia ser menos até....kkkkk)

Abriu post......perguntou....alguns dos foristas participativos lhe fez perguntass......não respondeu em 7 dias......ADIOS da minha parte pelo menos.......

Obrigado @FaBHana

Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 minutos atrás, Carolzinha12323 disse:

Desculpa n entendi..? 

  • PADRONIZAÇÃO dos POST NOVOS (Copie e cole e responda ao lado)

Idade:

Altura:

Peso:

Medicações em uso (Anticoncepcional, antidepressivo,anti hipertensivo, etc...):

Problemas de Saúde e histórico de cirurgias:

Exames de sangue hormonais recentes OU que tiver recente= POSTE FOTOS (não abrimos arquivos em PDF anexados)

Tempo de treino:

Ciclos FEITOS com dose e tempo:

Ciclo PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo:

Divisão de treino e horário do mesmo:

Dieta com quantidade de proteína/carboidrato/gordura por dia:

Fotos: Poste fotos com roupas de banho (sunga/biquíni) ou que preferir (cueca/calcinha/sutiã) (sem mostrar o rosto com padrões frontal, lateral e posterior). Enriquece, e é determinante para análise de cada caso.  As vezes podem ser abordadas outras indicações de treino/dieta/ciclo para seu caso.

Aguardamos TODAS as respostas para poder começar a te ajudar com alguma direção........


Abaixo modelo de como tirar as fotos.

 

elisfitness.jpg

 

 

2 minutos atrás, FaBHana disse:

Aguardamos TODAS as respostas para poder começar a te ajudar com alguma direção........

Se quiser uma orientação, não é obrigada viu, sinta-se a vontade para um acompanhamento ou só para adquirir conhecimento com o vasto conteúdo aqui do fórum 🌹

ou para curtir

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
  • Conteúdo similar

    • Por Gustavo Barquilha Joel
      Leia a matéria de Gustavo Barquilha Joel e Luis Gustavo da Silva Rodrigues sobre o Decaonato de Nandrolona (Deca Durabolin).

      Por Gustavo Barquilha Joel (gustavo_barquilha@hotmail.com)
      Preparador Físico do Bauru in Line Hockey
      Prof. Mestrando do Programa de Pós-Graduação
      em Ciências do Movimento Humano - Instituto de
      Ciências da Atividade Física e Esporte - Icafe/Unicsul

      Por Luis Gustavo da Silva Rodrigues (luis.gustavo.ef@hotmail.com)
      Preparador Físico formado pela UNIP
      Atleta de Fisiculturismo
      Nota importante:
      Ola amigos,
      A intenção desta coluna não é estimular ninguém a utilizar qualquer tipo de substância ilícita, muito pelo contrário, o objetivo é demonstrar os vários efeitos colaterais que elas trazem com seu uso. Tentamos também na coluna associar as informações cientificas disponíveis na literatura com as informações praticas de atletas e/ou praticantes de musculação do mundo underground das academias.
      DECAONATO DE NANDROLONA
      A pratica de exercícios físicos, em especial a musculação, vêm sendo amplamente realizada por pessoas que buscam uma melhor qualidade de vida.
      Porém, a musculação também é utilizada por atletas e pessoas que buscam um melhor rendimento físico ou estético, sendo muitas vezes a uso de drogas para maximizar seus resultados.
      Nesse sentido uma das drogas mais utilizadas por freqüentadores de academias é a Nandrolona (Barquilha, 2009).
      A nandrolona (também conhecida como deca-durabolin) é um andrógeno sintético, tendo ação anabolizante prolongada de até três semanas (Kutscher et al., 2002), podendo estimular o crescimento e a resistência celular.
      Sua estrutura é parecida com a testosterona, porém não possui o carbono da posição 19, daí o nome 19Nor-testosterona, essa pequena mudança é faz com que ela não seja convertida em DHT (dihidrotestosterona) pela enzima 5-alfa-reductase (5AR) como normalmente acontece com a testosterona, conferindo então menores efeitos androgênios se comparado a testosterona.
      Essa droga é utilizada na regeneração de diversos tecidos, como o sangüíneo, córneo e outros. Ela é classificada como um andrógeno não aromatizavel decorrente da baixa conversão a estrógeno, minimizando efeitos femininos em grandes doses desse hormônio (Kuhn, 2002; Cunha et al., 2006), e nas mulheres essa droga apresenta menor virilização quando comparada a testosterona, porém ainda assim pode causar tal efeito.
      A via de administração da nandrolona é intramuscular ou oral. Ele é encontrado na urina como 19-nortestosterona e seus metabólitos; 19 norandrosterona e 19-noretiocholanolona, que podem ser detectados por um longo período de tempo na urina, sendo geralmente a norandrosterona presente em maior concentração (Guimarães e Alves).
      Um dos principais benefícios com a prática de exercícios físicos é a cardioproteção, sendo que o uso da nandrolona parece anular esse efeito positivo decorrente do exercício, o que corrobora com o fato de serem encontradas lesões freqüentemente nos corações de indivíduos que fazem uso de altas doses de anabolizante (Chaves et al, 2007).
      Além disso, outros possíveis efeitos colaterais podem ser encontrados com o uso, como acnes, calvície, libido, possível ruptura de tendão decorrente do aumento exorbitante de massa muscular, aumento do colesterol LDL, infarto agudo do miocárdio, morte súbita por hipertrofia ventricular esquerda.
      Quando utilizados na puberdade, causam o fechamento das epífises ósseas, acarretando déficit final do crescimento em conseqüência do amadurecimento ósseo precoce, atrofia do tecido testicular, infertilidade, impotência, dificuldade ou dor para urinar e hipertrofia prostática, tumores hepáticos e de próstata.
      Na mulher, pode ocorrer a masculinização, evidenciada pelo engrossamento de voz e crescimento de pêlos no corpo no padrão de distribuição masculino; irregularidade menstrual e aumento do clitóris. (Fineschi et al., 2001). Fatores psicológicos também são alterados, como irritabilidade.
      A sua utilização fica geralmente entre 200 à 800mg por semana em homens, sendo que sua meia vida é geralmente de 6 dias.
      Geralmente essa droga á associada com alguma testosterona de ação média ou longa, como por exemplo a oximetolona (fabricado com o nome comercial de Hemogenin) e a metandrostenolona (conhecida como Dianabol).
      Sua dosagem então vai variar do período da forma como estiver usando e sua pré-disposição a ter ou não demasiada retenção hídrica com a mesma.
      A Deca-Durabolin é produzida no Brasil pela empresa farmacêutica Organon, em ampolas de um mililitro com a concentração de 25 ou 50 miligramas/ampola.
      REFERÊNCIAS
      LARSSON, C.E. et al. Terapêutica tópica e sistêmica: pele, ouvido e olho. In: ANDRADE, S.F. Manual de terapêutica veterinária. 2.ed. São Paulo : Roca, 2002. p.116-178.
      BARQUILHA, G. Uma analise da incidência de efeitos colaterais em usuários de anabolizante da cidade de Bauru. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício, v. 03, p. 146-153, 2009.
      CHAVES, E. A.; PEREIRA-JUNIOR, P. P.; FORTUNATO, R. S.; CARVALHO, D. P.; NASCIMENTO, J. H. M.; OLIVEIRA, M. F. Cardioproteção induzida pelo exercício é prejudicada pelo tratamento com o anabolizante decanoato de nandrolona. Brazilian Journal of Biomotricity. v. 1, n. 3, p. 46-55, 2007
      CUNHA TS, TANNO A.N, MARCONDES, F.K.; PEREZ, S.E.A., SELISTRE-ARAUJO, H.S. A administração de nandrolona não promove hipertrofia do músculo sóleo em ratos. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. 2006; 50(3): 532-540.
      FINESCHI V, BAROLDI G, MONCIOTTI F, PAGLICCI REATTELLI L, TURILLAZZI E. Anabolic steroid abuse and cardiac sudden death: a pathologic study. Arch Pathol Lab Med. 2001; 125(2): 253-255.
      GUIMARÃES WAM, ALVES SCC. Efeitos Crônicos do Treinamento de Forca Associado ao uso do Decanoato de Nandrolona sobre as Reservas de Glicogênio Muscular e Hepatico em Ratos. http://www.unimep.br/phpg/mostraacademica/anais/4mostra/pdfs/255.pdf
      KUTSCHER EC, LUND BC, PERRY PJ. Anabolic steroids: a review for the clinician. Sports Med. 2002; 32(5): 285-96.
      KUHN, CM. Anabolic steroids. Recent Prog Horm Res. 2002; 57: 411-434.
      1. Pharmacokinetic parameters of nandrolone (19-nortestosterone) after intramuscular administration of nandrolone decanoate (Deca-Durabolin) to healthy volunteers;
      2. Impact of Nandrolone Decanoate on Gene Expression in Endocrine Systems Related to the Adverse Effects of Anabolic Androgenic Steroids;
      3. Anabolic androgenic steroids differentially affect social behaviors in adolescent and adult male Syrian hamsters – Salas-Ramirez KY, Montalto PR, Sisk CL;
      Atenção:
      Anabolizantes esteróides são medicamentos e somente podem ser adquiridos em farmácias sob prescrição médica.
    • Por Amanda Mayrinck Hallak
      Conceito de meia-vida
      A meia-vida de um esteróide refere-se ao intervalo de tempo necessário para que metade da droga seja metabolizada. Quando uma droga tem meia-vida de 10 horas, isso significa que depois deste tempo sua concentração em nosso organismo cai pela metade, sendo que a quantidade restante não estará mais em condição de cumprir sua tarefa apropriadamente.
      Exemplo: O decanoato de nandrolona tem uma meia-vida de 15 dias. Sendo assim, se alguém aplicar 100 mg de decanoato de nandrolona após 15 dias a concentração desta droga diminuirá para aproximadamente 50mg, mais 15 dias para 25 mg e assim sucessivamente caso uma nova aplicação não seja feita.
      Vale lembrar que drogas orais possuem uma meia-vida atípica comparada a outras drogas injetáveis, pois seus cristais se dissolvem lentamente, mas tão logo tenham se dissolvido, a concentração da droga declina rapidamente. Um exemplo é o stanozolol oral, sua meia-vida é em torno de 1 dia.
      Tipos de ciclos
      Os ciclos podem ser: curtos, médios ou longos.
      Independente do ciclo vale lembrar que toda droga possui riscos conhecidos e desconhecidos em curto, médio ou longo prazo; algumas, inclusive podem provocar óbito. Existe uma crença que a combinação de esteróides funciona melhor do que a utilização de apenas um deles. Se por um lado essa crença parece ser indiscutível, por outro é bem certo que determinadas combinações, apesar de parecerem produzir melhores efeitos quanto ao aumento da força e massa muscular, também salientam os efeitos colaterais.
      Um ciclo curto tem um período de 8 a 10 semanas. Com 5 a 6 semanas de administração de drogas e de 3 a 4 semanas de intervalo pelo menos. No intervalo não se utilizam esteroides anabolizantes. Ciclos curtos permitem menores intervalos de descanso entre os ciclos.
      Um exemplo tradicional de ciclo curto é utilizando as drogas Deca Durabolin e Durateston. Deca durabolin possuiu meia-vida de 15 dias e durateston meia-vida de 15 a 18 dias. Este é um tipo de combinação muito comum entre aqueles que estão começando. Para pessoas absolutamente iniciantes, doses pequenas podem ocasionar ganhos espetaculares. Lembre-se quanto mais próximo do inicio, maior é a magnitude dos ganhos. Mulheres jamais devem se envolver com esta categoria de drogas, pois os efeitos colaterais seriam muito salientes.
      Deca Durabolin (Decanoato de Nandrolona)
      Deca é um preparado anabólico injetável. Após a injeção, o decanoato de nandrolona é gradualmente liberado do depósito intramuscular e subseqüentemente hidrolisado em nandrolona.
      A duração de ação é de cerca de 2 semanas. O perfil anabólico de DECA-DURABOLIN, segundo estudos metabólicos realizados em seres humanos, demonstra os efeitos anticatabólico e poupador de proteína, como também os efeitos favoráveis no metabolismo do cálcio (em casos de excreção).
      A Deca é modernamente androgênica, com boas propriedades anabólica e reduzido efeito aromatizante, sendo atípico o pronunciamento de efeitos colaterais.
      Por outro lado, esta droga reduz o desejo sexual e provoca infertilidade em homens mais do que qualquer outro esteroide anabólico em altas dosagens. É uma droga facilmente coletada em exames anti-doping.
      Durateston (Decanoato de testosterona, fenilproprionato de testosterona, isocaproato de testosterona e propionato de testosterona)
      Durateston é um preparado androgênico para administração intramuscular contendo quatro ésteres diferentes do hormônio natural, a testosterona. Pela combinação desses ésteres de testosterona, a ação de Durateston inicia-se logo após a injeção e é mantida por aproximadamente três semanas.
      O propionato e o fenilproprionato de testosterona tem uma ação imediata, mas, de curto período. Já o isocaproato e o decantado tem um inicio de ação mais lento, porem de longa duração. Esta droga pode mostrar excelentes resultados em aumento de forca e ganho de peso e parece não promover muita retenção hídrica como a maioria dos esteróides altamente androgênicos.
      Outra vantagem observada pelos usuários é que só se pode utilizar esta droga por maior período de tempo pelo fato de não causar maciço fechamento dos receptores celulares, como acontece com muitos esteróides. Durateston é geralmente bem tolerado.
      Ao planejar um ciclo, o entendimento da meia-vida das drogas é fundamental e muito importante, pois se não for assim o usuário poderá, dentre outros enganos, se manter dentro de um ciclo durante muito tempo salientando assim todos os possíveis efeitos colaterais.
      Esta informação também pode contribuir para que o ciclo planejado não tenha muita flutuação de drogas no sistema e na concentração sanguinea.
    • Por fisiculturismo
      A Oxandrolona é a droga queridinha das mulheres, sendo muito procurada antes do réveillon, verão e carnaval. Alguns homens dizem que é droga de mulher e os fisiculturistas não gostam muito por ser uma "droga fraca" (a depender da dose). É fato que esta droga está circulando muito nas academias e boxes de crossfit, principalmente entre as mulheres.
      Os motivos pelos quais as mulheres "gostam" muito da droga esteroide Oxandrolona são, basicamente:
      aumenta a massa magra de maneira significativa; reduz bastante a gordura (aumento da lipólise); pouca aromatização e virilização (ganho de características do corpo masculino, ou masculinização). Isso é o sonho de todas as mulheres: ganhar massa magra e ao mesmo tempo perder gordura (e, sem dúvida, sonho dos homens também).
      A Oxandrolona é conhecida por ser um esteroide anabolizante "leve", com menor risco de efeitos colaterais comparada a outras drogas esteroides, apesar de ser uma droga comumente encontrada na forma oral. A forma injetável não é vista no mercado com facilidade. É um 17-alfa-alquilado e pode sobrecarregar o fígado.
      Historicamente, os primeiros textos da literatura sobre a Oxandrolona são de 1962, e a droga era conhecida e vendia com o nome Anavar. O Anavar original não é mais produzido, mas, no mercado, há uma série de drogas que contém 17-alfa-alquilado que usam o nome Anavar.
      A Oxandrolona pode ser legalmente manipulada em farmácia, desde que haja prescrição médica. Portanto, diferentemente do Winstrol e da Trembolona, cuja compra é proibida (as farmácias de manipulação que vendem essas drogas de forma ilegal cobram um preço muito alto por isso), a Oxandrolona é "liberada". Isso não quer dizer que seja barata, mas é menos cara que as demais drogas mencionadas.
      Em sua origem, a Oxandrolona foi desenvolvida para ser um esteroide leve, de uso oral, que poderia ser usado por crianças e mulheres. Ela é uma forma derivada da di-hidrotestosterona, cujas duas diferenças são: adição de um grupo metil no carbono 17 (proteção na primeira passagem pelo fígado) e uma substituição no carbono 2 (aumenta a meia-vida).
      Quanto aos efeitos colaterais da Oxandrolona, apesar de ser um anabolizante "leve", a droga não está livre dos efeitos indesejados. São os principais:
      aumento da oleosidade da pele (o que pode causar espinhas e acne); queda de cabelo; crescimento de pelos no corpo (rosto, braços, etc); redução do HDL (colesterol bom); alteração do ciclo menstrual. A utilização com a dose correta por diminuir significativamente o risco de efeitos colaterais. Deve-se tomar cuidado com as doses que são geralmente comentadas nas academias e nos fóruns da internet (doses absurdas, muito elevadas). Somente um médico especializado em hormônios pode indicar doses e tempo de uso (não confie no nutricionista, personal ou parceiro de treino para isso).
      A Oxandrolona não aumenta o clítoris e não causa o engrossamento da voz, como relatam algumas mulheres.
      Em homens muito jovens, com 17 ou 18 anos, fase em que a testosterona natural está muito elevada, o uso da Oxandrolona implica na redução da testosterona no organismo.
      Essa droga é muito utilizada pelos atletas que precisam de velocidade e potência (corredores, nadadores, ciclistas e ginastas). A testosterona aumenta a força, performance e diminui o tempo de recuperação entre os treinos. Ela causa aumento de peso pelo aumento da massa magra, mas não é algo muito exagerado, o que é vantajoso para esse tipo de atleta. E é muito comum o uso dessa droga pelos atletas olímpicos, com estratégias para evitar a descoberta pelo antidoping.
      Por ser largamente utilizada pelos atletas, o mais sensato seria a liberação para uso pelos atletas, com a estipulação de certas regras, tais como quantidades e tempo de uso (hoje para um "engana trouxa" ou hipocrisia).
      E com a massificação das redes sociais, o uso também é muito comum pelas blogueiras fitness, que muitas vezes proclamam que usam somente suplementos alimentares, como whey protein. Não acredite, para a construção daqueles shapes também há esteroides anabolizantes envolvidos, como a Oxandrolona. Exemplo clássico são aqueles das blogueiras que exibem barriga tanquinho 15 dias depois de parir. Não é photoshop apenas, é Oxandrolona também.
      Fonte:
      FONTENELLE, Gustavo e OLIVEIRA, Ewerton. Tudo sobre Oxandrolona. Youtube, 25 jan. 2017. Disponível em <https://youtu.be/ekxGw7r1adQ>. Acesso em: 16 mar. 18.
    • Por Dellys Amanda
      Bom dia! Me chamo Dellys Amanda, e estou querendo fazer um ciclo dom Deca. Pois bem, comprei o kit para 8 semanas de ampolas da deca, óbvio que clandestinamente com o dono de uma farmácia da cidade vizinha. 
      Só que eu não sabia a questão da concentração que viria, e veio alta. Veio 250mg/ml.. da Schering plough.
      queria saber como eu faço pra tomar a dosagem de forma a não ter colaterais pesados, pois nunca fiz ciclo, e já me consultei com nutricionista esportivo, cheguei no máximo de objetivo natural que meu corpo pode oferecer. 
      Meus dados:
      idade: 26 anos 
      Peso: 53 kg
      Altura: 1,60 m
      Medicações em uso: nenhuma no momento
      Problemas de saúde: nenhum no momento. 
      Nunca fiz ciclo
      Ciclo proposto: Deca por 8 semanas 
      Divisão do treino: inferiores com divisão entre quadríceps/ posterior e glúteo alternado na segunda, quarta e sexta. Superiores e abdominal na terça e quinta. 

      ainda não faço dieta, mas cortei refrigerante, gorduras e frituras. Como frango e ovos 95% do tempo, e arroz, feijão, macaxeira e batata. As vezes pão. Não como massas nem nada do tipo.
      Não tenho como postar Fotos agora, mas vou mandar uma atual.
       
       

    • Por Thiago Carneiro
      O propionato de drostanolona é um esteroide anabolizante injetável derivado da diidrotestosterona (DHT). O DHT foi modificado com um grupo 2-metil para aumentar suas propriedades anabólicas, tornando este agente significativamente mais eficaz na promoção do crescimento do tecido muscular do que seu pai DHT não metilado.
      É descrito na literatura como um “esteroide com poderosas propriedades anabólicas e antiestrogênicas” e, de fato, parece compartilhar ambas as propriedades. Reconhecidamente, no entanto, suas propriedades anabólicas são mais apropriadamente descritas como moderadas, especialmente quando colocadas no contexto de outros agentes esteroidais.
      A substância surgiu pela primeira vez em 1959. A Syntex desenvolveu o agente junto com outros esteroides bem conhecidos, como o Anadrol e a metildrostanolona (Superdrol).
      O propionato de drostanolona foi introduzido como um medicamento prescrito aproximadamente uma década depois, por volta de 1969.
      A farmacêutica Lilly tinha um acordo com a Syntex para dividir custos de pesquisa e desenvolvimento em troca de direitos de comercialização  da droga.
      A Lilly passou a vender o propionato de drostanolona nos EUA sob a marca Drolban, enquanto que a Syntex poderia vendê-lo em outros mercados. Os produtos incluíram o Masteron na Bélgica (Sarva-Syntex) e em Portugal (Cilag), o Masteril no Reino Unido e Bulgária, e o Metormon na Espanha.
      O propionato de drostanolona também foi encontrado em preparações populares como Permastril (Cassenne, França), Mastisol (Shionogi, Japão) e Masterid (Grunenthal, República Democrática da Alemanha). 
      A U.S. Food and Drug Administration aprovou o propionato de drostanolona para o tratamento de câncer de mama inoperável avançado em mulheres pós-menopáusicas. Esta permaneceu como a principal indicação clínica do agente em todos os mercados internacionais.
      A literatura de prescrição lembra médicos e pacientes do sexo feminino que há consideravelmente menos virilização com o propionato de drostanolona em comparação com doses iguais de propionato de testosterona, sugerindo que esta seria uma alternativa muito mais confortável às injeções de testosterona para um determinado público.
      Mesmo assim, o nível de dosagem ministrado (300 mg por semana) era relativamente alto, e a literatura também nos lembra que sintomas leves de virilização ainda ocorriam comumente, como voz grave, acne, crescimento de pelos faciais e aumento do clitóris.
      Também há relato de que a virilização acentuada às vezes ocorria após a terapia de longo prazo. 
      A meia-vida do propionato de drostanolona é de aproximadamente dois dias após a injeção.
      Embora muito popular entre os atletas durante os anos 1970 e 1980, o propionato de drostanolona teve sucesso limitado como um agente de prescrição.
      Os fabricantes começaram a interromper voluntariamente a venda do agente em vários mercados em pouco tempo, provavelmente devido ao advento de terapias mais eficazes para o câncer de mama.
      Uma das primeiras drogas a sair de circulação foi o Drolban, que foi retirado do mercado no final dos anos 1980.
      O Permastril e o Metormon também foram descontinuados.
      A última droga ocidental remanescente contendo propionato de drostanolona foi o Masteron da Bélgica, que desapareceu no final da década de 1990.
      O propionato de drostanolona permanece listado nas farmacopias dos EUA, sugerindo que atualmente não há nenhum obstáculo legal para sua venda. Mas seu ressurgimento como um medicamento de prescrição é improvável.
      Na época em que estava disponível, era fornecido na forma de ampolas de 1 mL e 2 mL, e em frascos de 10 mL contendo 50 mg/mL ou 100 mg/mL de esteroide em óleo.
      o propionato de drostanolona não está mais disponível atualmente como um medicamento de prescrição no Brasil. Todos os suprimentos deste medicamento vêm para o país de modo clandestino.
×
×
  • Criar novo...