Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Post Destacado

Tudo sobre esteroides

Curso sobre esteroides anabolizantes!

Domine o uso de esteroides neste curso de 8 módulos do médico Dr. Luiz Tintore

Clique aqui para conhecer

  • Moderador
2 horas atrás, Alice Oliveira S. disse:

Estava assistindo ao vídeo do médico Samuel sobre o ovo e lá ele comenta que a creatina pode aumentar o DHT e aumentar a queda de cabelo:

Isso é verdade?

É possível que a creatina aumente o DHT, pelo menos de duas maneiras. Primeiro, a creatina pode aumentar não significativamente a testosterona livre, mas aumentar significativamente o DHT (ou seja, um pequeno aumento na testosterona livre, o material de base do DHT, pode levar a um aumento muito maior no DHT). Em segundo lugar, a creatina pode estar regulando positivamente a 5-alfa-redutase, a enzima que converte a testosterona livre em DHT. Uma ou ambas as hipóteses podem ser verdadeiras.

Ou nenhuma delas.

As evidências atuais simplesmente não permitem chegar a uma conclusão efetiva 

Esse medico deve basear a opinião dele neste estudo de 2009 👇👇👇

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/19741313/

Entretanto, além de ser o único estudo a correlacionar creatina com níveis de DHT, este estudo administrou 25g de creatina por dia nos participantes, o que é uma dose cavalar. E o estudo nada fala sobre queda de cabelo. Ah, além disso, embora os níveis de DHT tenham aumentado em 56%, ainda assim ficaram dentro dos valores de referência considerados normais.

Atualmente, há um estudo sendo realizado com doses de 3g/ durante 6 meses, para avaliar os efeitos de uma dose normal de creatina sobre o DHT 👇👇👇

https://clinicaltrials.gov/ct2/show/NCT04298840

Por fim, exceto naquele estudo de 2009 não há outras evidências cientificas quaisquer de que a creatina resultaria em aumento significativo do DHT.

Ou seja, até agora apenas um estudo examinou a ligação creatina-DHT, mas muitos outros mostraram que a creatina não afeta os níveis de testosterona, e como o DHT é um metabólito da testosterona, há dúvidas de que a creatina realmente aumenta o DHT. Se isso acontecer, então sim, pode contribuir para a queda de cabelo.

No entanto, lembre-se de que o DHT é apenas um dos muitos fatores que contribuem para a perda de cabelo; um aumento nos níveis de DHT no sangue não garante que seu cabelo vá cair. Aliás, até onde me consta, nenhum estudo examinou diretamente os efeitos da creatina na queda de cabelo até hoje.

Conclusão: pelos anos que tomei creatina, e por nunca ter ouvido de um/uma colega com tais problemas por uso da creatina, eu não acredito que isso seja algo a se preocupar.

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Moderador

Mandou bem @Ketona busca......

O tipo de estudo complicado de se fazer....kkkkk....muito compicado colocar um grupo de individuos e alinhar todos de maneira identica para fazer uma analise de creatina/dht.....

Fazer exercicio eleva o DHT, cardio, comer melhor, diminuir cortisol, se hidratar melhor, e por ai vai que a lista é longa....kkkk...e ai entra tbm a sensibilidade da pessoal INDIVIDUAL ao DHT...pois alguns com DHT elevadisso mantem cabelo porem possuir acne....ou as vzs não tem nada......e tem gente que com minima variação hormonal começa a apresentar os efeitos de modificação de DHT.

Resumindo= use creatina!Nada que desabone seu uso em normais.

 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tinha uma hipótese que a creatina poderia fazer o cabelo cair sim. Mas li um estudo refutando sobre essa hipótese. Esse estudo mostrou que a suplementação de creatina não tem relação nenhuma com a queda de cabelo. Portanto, não possui comprovação nenhuma que a creatina provoca queda de cabelo. 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Administrador
9 horas atrás, Pedro Alvim Neto disse:

Tinha uma hipótese que a creatina poderia fazer o cabelo cair sim. Mas li um estudo refutando sobre essa hipótese. Esse estudo mostrou que a suplementação de creatina não tem relação nenhuma com a queda de cabelo. Portanto, não possui comprovação nenhuma que a creatina provoca queda de cabelo. 

Você se recorda qual foi esse estudo? Poderia trazê-lo pra gente?

james franco please GIF

Link para o post
Compartilhar em outros sites

O artigo que eu li sobre a relação da queda de cabelo com consumo de creatina é: Three weeks of creatine monohydrate supplementation affects dihydrotestosterone to testosterone ratio in college-aged rugby players. Esse artigo demonstra que teve aumento de DHT com consumo de creatina, mas a amostra foi pequena. Foi um único estudo e como eles mesmo concluíram, mais estudos precisam ser feitos. Não se pode bater o martelo e dizer que a creatina realmente provoca queda de cabelo. Esse estudo que anexei é bem interessante, pois responde várias dúvidas sobre o uso da creatina.

s12970-021-00412-w.pdf

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Moderador
2 horas atrás, Pedro Alvim Neto disse:

O artigo que eu li sobre a relação da queda de cabelo com consumo de creatina é: Three weeks of creatine monohydrate supplementation affects dihydrotestosterone to testosterone ratio in college-aged rugby players. Esse artigo demonstra que teve aumento de DHT com consumo de creatina, mas a amostra foi pequena. Foi um único estudo e como eles mesmo concluíram, mais estudos precisam ser feitos. Não se pode bater o martelo e dizer que a creatina realmente provoca queda de cabelo. Esse estudo que anexei é bem interessante, pois responde várias dúvidas sobre o uso da creatina.

s12970-021-00412-w.pdf 854 kB · 0 downloads

É o mesmo cujo link eu havia postado na primeira resposta 😊

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em termo de saúde, independente do caso, para quem tem predisposição, um detalhe pode ser o estopim. Lembrei de um caso aqui do fórum que a menina tomou por alguns dias oxandrolona a 10mg e o cabelo nunca mais parou de cair.

Mas, falando desse estudo, ele tem tudo pra estar viciado, em se tratando de quem participou.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
  • Conteúdo similar

    • Por fisiculturismo
      Creatina 100g - Explode Nutrition
    • Por Carolina Machite
      A Oxandrolona é a droga queridinha das mulheres, sendo muito procurada antes do réveillon, verão e carnaval. Alguns homens dizem que é droga de mulher e os fisiculturistas não gostam muito por ser uma "droga fraca" (a depender da dose). É fato que esta droga está circulando muito nas academias e boxes de crossfit, principalmente entre as mulheres.
      Os motivos pelos quais as mulheres "gostam" muito da droga esteroide Oxandrolona são, basicamente:
      aumenta a massa magra de maneira significativa; reduz bastante a gordura (aumento da lipólise); pouca aromatização e virilização (ganho de características do corpo masculino, ou masculinização). Isso é o sonho de todas as mulheres: ganhar massa magra e ao mesmo tempo perder gordura (e, sem dúvida, sonho dos homens também).
      A Oxandrolona é conhecida por ser um esteroide anabolizante "leve", com menor risco de efeitos colaterais comparada a outras drogas esteroides, apesar de ser uma droga comumente encontrada na forma oral. A forma injetável não é vista no mercado com facilidade. É um 17-alfa-alquilado e pode sobrecarregar o fígado.
      Historicamente, os primeiros textos da literatura sobre a Oxandrolona são de 1962, e a droga era conhecida e vendia com o nome Anavar. O Anavar original não é mais produzido, mas, no mercado, há uma série de drogas que contém 17-alfa-alquilado que usam o nome Anavar.
      A Oxandrolona pode ser legalmente manipulada em farmácia, desde que haja prescrição médica. Portanto, diferentemente do Winstrol e da Trembolona, cuja compra é proibida (as farmácias de manipulação que vendem essas drogas de forma ilegal cobram um preço muito alto por isso), a Oxandrolona é "liberada". Isso não quer dizer que seja barata, mas é menos cara que as demais drogas mencionadas.
      Em sua origem, a Oxandrolona foi desenvolvida para ser um esteroide leve, de uso oral, que poderia ser usado por crianças e mulheres. Ela é uma forma derivada da di-hidrotestosterona, cujas duas diferenças são: adição de um grupo metil no carbono 17 (proteção na primeira passagem pelo fígado) e uma substituição no carbono 2 (aumenta a meia-vida).
      Quanto aos efeitos colaterais da Oxandrolona, apesar de ser um anabolizante "leve", a droga não está livre dos efeitos indesejados. São os principais:
      aumento da oleosidade da pele (o que pode causar espinhas e acne); queda de cabelo; crescimento de pelos no corpo (rosto, braços, etc); redução do HDL (colesterol bom); alteração do ciclo menstrual. A utilização com a dose correta por diminuir significativamente o risco de efeitos colaterais. Deve-se tomar cuidado com as doses que são geralmente comentadas nas academias e nos fóruns da internet (doses absurdas, muito elevadas). Somente um médico especializado em hormônios pode indicar doses e tempo de uso (não confie no nutricionista, personal ou parceiro de treino para isso).
      A Oxandrolona não aumenta o clítoris e não causa o engrossamento da voz, como relatam algumas mulheres.
      Em homens muito jovens, com 17 ou 18 anos, fase em que a testosterona natural está muito elevada, o uso da Oxandrolona implica na redução da testosterona no organismo.
      Essa droga é muito utilizada pelos atletas que precisam de velocidade e potência (corredores, nadadores, ciclistas e ginastas). A testosterona aumenta a força, performance e diminui o tempo de recuperação entre os treinos. Ela causa aumento de peso pelo aumento da massa magra, mas não é algo muito exagerado, o que é vantajoso para esse tipo de atleta. E é muito comum o uso dessa droga pelos atletas olímpicos, com estratégias para evitar a descoberta pelo antidoping.
      Por ser largamente utilizada pelos atletas, o mais sensato seria a liberação para uso pelos atletas, com a estipulação de certas regras, tais como quantidades e tempo de uso (hoje para um "engana trouxa" ou hipocrisia).
      E com a massificação das redes sociais, o uso também é muito comum pelas blogueiras fitness, que muitas vezes proclamam que usam somente suplementos alimentares, como whey protein. Não acredite, para a construção daqueles shapes também há esteroides anabolizantes envolvidos, como a Oxandrolona. Exemplo clássico são aqueles das blogueiras que exibem barriga tanquinho 15 dias depois de parir. Não é photoshop apenas, é Oxandrolona também.
      Fonte:
      FONTENELLE, Gustavo e OLIVEIRA, Ewerton. Tudo sobre Oxandrolona. Youtube, 25 jan. 2017. Disponível em <https://youtu.be/ekxGw7r1adQ>. Acesso em: 16 mar. 18.
    • Por fisiculturismo
      Creatina Power (300g) - ProFit Laboratórios
    • Por fisiculturismo
      Creatina 100% Pura Monohidratada (300g) - ProFit Laboratórios
    • Por fisiculturismo
      Creatina Pro Series 100% Pure 100 g - Atlhetica Nutrition
×
×
  • Criar novo...