Jump to content
  • Similar Content

    • By Reinaldo.Gomes
      Levantamento terra

      O essencial sobre o levantamento terra:


      Importante:
      Ao fazer o levantamento terra, verifique a altura inicial da barra. Uma altura boa seria em torno de 23cm (o raio de uma anilha olímpica de 45lbs), variando poucos cm's de acordo com a altura da pessoa. Se a barra estiver numa altura menor que essa, você pode ter grandes dificuldade para realizar o movimento.
      Mas atenção: você não deve deixar a barra mais alta simplesmente para que se torne mais fácil a execução. Deve ser apenas o mínimo necessário para que se torne possível executar de forma correta. Quanto mais baixa você puder manter a posição inicial da barra, melhor.



      Agachamento


      A importância dos quadris no agachamento:


      Porque usar a posição de barra baixa (low bar) no agachamento:


      Para quem não sabe qual a diferença entre barra alta (high bar) e barra baixa (low bar) no agachamento:
      http://www.youtube.com/watch?v=OV3UdvXzSfY

      Na falta de um melhor, vai esse mesmo. Eu já vi um vídeo no youtube que é simplesmente perfeito pra mostrar a diferença, devido à definição da pessoa, mas não consigo mais encontrar esse vídeo.
      A diferença entre high e low bar é de poucos centímetros. A barra alta é em cima dos ombros/trapézio, bem encostada no pescoço. E a barra alta é encaixada no posterior do ombro.
      Simule a remada baixa no espelho e faça a contração total. Veja o músculo acima da axila que fica mais saliente nessa posição, é em cima dele que você acomoda a barra.
      Nessa posição, além de pegar mais peso, você aumenta a participação do posterior da perna e dos glúteos.

      A tensão tangencial citada no vídeo é o seguinte:
      Imagine uma vareta. Você a segura numa extremidade. Na outra extremidade você pendura um certo peso, de modo que ela se curva quase a ponto de quebrar. Se você pendurar esse peso no meio dessa vareta, a tensão vai ser menor, e portanto ela vai aguentar um peso maior antes de quebrar. E quanto mais próximo da extremidade onde você está segurando for colocado o peso, menor a tensão, e maior o peso que a vareta irá aguentar.
      Agora pense na sua coluna como sendo a vareta. Quanto mais alta a barra (e distante da lombar), maior a tensão na sua coluna. Esse é o maior motivo pra se usar a posição de barra baixa no agachamento.



      Desenvolvimento (Press)


      O básico sobre o desenvolvimento em pé:


      A postura do torso no shoulder press




      Supino


      A curvatura adequada no supino:


      Notas sobre o supino:

      * seu parceiro de treino está lá para ajudar a levantar a barra caso você não consiga mais fazer nenhuma repetição e impedir que ela trave no seu peito, e não pra puxar a barra desde a primeira repetição, a cada vez em que ela quica no seu peito.

      * não deixe seus cotovelos na altura dos ombros, descendo a barra entre o pescoço e o peitoral superior. assim:

      Essa é uma forma comum de supinar entre os fisiculturistas, pois isola mais o peito, mas é a principal causa de lesões no ombro.

      A barra deve tocar o peito logo abaixo dos mamilos, assim:


      Se por algum motivo você insistir em "isolar o peitoral" como na primeira foto, faça com halteres, jamais com barra.

      * a barra deve ficar exatamente acima dos cotovelos o tempo todo. Nem mais pra frente, nem mais pra trás.
      Correto:

      Errado:

      Errado:


      * faça a curvatura da lombar (como no vídeo lá em cima) e use a adução de escápulas. Basicamente as costas devem ficar na mesma posição do agachamento, ou do final da contração de uma puxada ou remada. Não é fácil manter essa adução com o peso da barra sobre você, principalmente no começo: requer mais concentração do que força.
      Isso trará seus ombros pra trás, lhe permitirá erguer mais peso, e ajudará a evitar lesões no ombro. Além disso, aumenta o trabalho do peitoral. E isso leva a um assunto interessante:

      Algumas pessoas reclamam que não sentem o peitoral trabalhar no supino, somente no crucifixo, peck deck, cross over, etc. Isso é porque muitas pessoas não aprendem a supinar com o peitoral. Isso acontece porque as costas estão retas no banco e os ombros estão pra frente.
      Pra qualquer exercício de peito ou costas é imprescindível manter a curvatura natural da lombar, a parte superior das costas rígidas e os ombros totalmente pra trás. Particularmente no caso do supino, isso desfaz a sugestão limitada de "empurre a barra pra cima", que resulta no mero trabalho de ombro e tríceps, e faz com que a pessoa se concentre em fazer o movimento de abraço, trazendo os braços pra junto do tórax, assim como fazemos no crucifixo, peck deck, cross over...
    • By andreef
      gostaria que alguem me indicasse alguns sites que mostram exercicios de musculação(fotos ou videos), desde já agradeço.
    • By Marciafit
      Gostaria de dicas sobre exercícios e dieta, treino a um ano e a 4 meses consegui finalmente parar de fumar, mas o ruim é que engordei 5kg e a gordura foi para o abdomem e flancos, estou tentando marcar nutricionista ou nutrologo pelo plano mas esta dificil, me falaram sobre ciclo de oxandrolona, mas o que me indicam de treino e dieta?
      Idade: 53 anos
      Altura: 1.65
      Peso: 67.300
      Medicações em uso: cloridrato de fexofenadina e norestin
      Problemas de Saúde: urticaria cronica espontanea
      Tempo de treino: a 1 ano 
       
    • By fisiculturismo
      Existem vários exercícios que podem ser feitos em uma sala de musculação, mas qual ou quais são os melhores, os mais eficazes e seguros a serem feitos é a questão! Estudos de eletromiografia conseguem apontar os mais eficazes, os exercícios que conseguem a máxima ativação de unidades motoras, por sinais elétricos, durante a contração muscular. 
      A seguir os três melhores exercícios, por grupo muscular e sua porcentagem máxima de estímulo neuromuscular, extraído do livro: Treinamento de Força Consciente de Tudor Bompa.   Peitoral maior   Supino declinado c/ halteres 93% Supino declinado c/ barra 89% Flexão de braços entre dois bancos 88%   Peitoral menor   Supino inclinado c/ halteres 91% Supino inclinado c/ barra 85% Crucifixo inclinado 83%   Grande dorsal   Remada curvada 93% Remada unilateral 91% Remada cavalinho 89%   Deltóide anterior   Desenvolvimento pela frente c/ halteres 79% Elevação frontal em pé c/ halteres 73% Desenv. pela frente sentado c/ barra 61%   Deltóide medial   Elevação lateral inclinado 66% Elevação lateral em pé 63% Elevação lateral sentado 62%   Deltóide posterior   Crucifixo inverso em pé 85% Crucifixo inverso sentado 83% Crucifixo inverso na roldana 77%   Quadríceps (reto femoral)   Agachamento 90º 88% Cadeira extensora 86% Agachamento Hack 90º 78%   Isquiotibiais (bíceps femoral)   Flexão de perna em pé 82% Mesa flexora deitado 71% Cadeira flexora sentado 58%   Semitendíneo   Cadeira flexora 88% Flexão de pernas em pé 79% Mesa flexora deitado 70%   Gastrocnêmio (panturrilha)   Panturrilha estilo “burrinho” 80% Panturrilha em pé unilateral 79% Panturrilha em pé 68%   Bíceps braquial   Rosca Scott c/ barra 90% Rosca alternada inclinado 88% Rosca direta c/ barra (pegada fechada) 86%   Tríceps braquial   Tríceps testa inclinado c/ barra 92% Tríceps na polia alta (barra triangular) 90% Mergulho entre dois bancos 87%   Estes exercícios produzem maior atividade neuromuscular durante a contração muscular, produzindo maior eficiência ao trabalho muscular, porém existem outros exercícios bem eficazes, que também devem ser feitos no programa de treino.   Na dúvida, procure um bom profissional de Educação Física para auxiliá-lo, com experiência em TREINAMENTO RESISTIDO (MUSCULAÇÃO).   No mais, seja inteligente ao treinar, lembre-se que levantar cargas elevadas não quer dizer que terá grandes resultados, mas a maneira como é feito o movimento é que determinará os melhores ganhos, pois aproveita-se ao máximo a contração muscular e recruta-se um maior número de U.N. (unidades motoras).    Suplemente-se bem e procure descansar, dando tempo ao seu corpo restaurar suas reservas energéticas, bom como seu anabolismo corporal.    Leia, informe-se, não siga conselhos de “fulano sabichão”. Alimente-se corretamente, na dúvida procure um profissional de nutrição com referências e experiência em NUTRIÇÃO ESPORTIVA.   Quase todos os exercícios mencionados nesta matéria foram abordados em vídeos no canal do FISIulturismo.com.br no YouTube, na playlist treinamento de musculação. Assista aos vídeos da playlist: 
       
    • By Rafael M
      Bom galera eu to "malhando" em casa por enquanto, e daqui um tempo vou iniciar na academia.. E todos os dias com exceção dos domingos, eu faço barra fixa e flexão, 5x10 na barra, e 4x12 flexões, e eu queria saber se tem algum problema, se ao invés de  ganhar eu vou perder, eu ja li em alguns artigos que esses exercícios feitos todos os dias dão bons resultados, e li tbm que fazendo todos os dias ocorre perca de massa magra.. Em alguns treinos atinge a falha em ambos exercícios.. 
×
×
  • Create New...