Ir para conteúdo
klaux

L-CARNITINE: tomei e sequei

Avalie este tópico:

Post Destacado

Pessoal..sei que muita gente diz que L-carnitina é apenas mito..mas acho que depende de cada organismo...eu tomei durante um mês, foi quando comecei a secar. Sequei braços, pernas e barriga...perdi 8kg ....então eu parei e comecei com creatina na musculação...comecei a ganhar musculos..mas comecei a engordar novamente...mas descobri que foi porquê eu abusei da alimentação...pois a musculação dá uma fome tremenda : ).

Existe agora Xenadrine sem efedrina...Será que funciona?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante primus

já usei e funcionou....

só q. tem o lado psicológico tb.....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Po pra dar disposição acho q funcioan tb apesar de muita gente falar q nao adianta nada..

O que não da é pra comparar com os E.C.A pq esses ai aceleram metabolismo né, e L-carnitina n

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante primus

quanto o gosto tem aquela da probiotica q. tem gosto de pessego..acho gostoso!

a da midway é ruim..

e da twin é boa tb.....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

esta historia de alergia naum tem nexo, pois todos nós possuimos carnitina produzida endogenamente. Se fosse assim vc ja teria alergia antes de usar a carnitina

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quando eu comecei a tomar l-carnitina da probiotica no terceiro dia me deu uma urticária crônica...o médico disse que foi por causa da carnitina...e então eu dei a mesma explicação de que ela é já existe no organismo e tal, mas ele me confirmou que a carnitina não, mas pode ter sido alguma outra substância que vem junto com o produto ou talvez alguma outra coisa que eu tinha comido junto com a carnitina...no caso foi a creatina...mas eu parei de tomar e nunca mais aconteceu. Com as outras marcas não tive esse problema.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante Rafael Bonifácio Franca

Compre Therma-Pro, é o melhor e mais concentrado ECA, não tem problema algum se não abusar é claro, somente duas cápsulas por dia, felicidades

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante Mestre

Quando tomei L-Carntina senti diferença, e o Xenadrine é Ma Huang, apesar de ser uma planta ele carrega naturalmente alguns alcaloides de Efedrina na sua constituição, é muito pouco mais tem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa galera que diz que l-carnitina é furada deve ter feito alguma coisa errada.

Ou não fizeram aeróbicos direito ou não maneiraram na alimentação.

A l-carnitina só faz efeito se aliada com aeróbicos (bem feitos) e uma boa alimentação. Eu to tomando da Integral Médica (que é uma marca bem vagabunda) e já to notando resultados. To na quarta semana.

Não adianta tomar o bagulho e ficar vendo TV no sofá galera, aí não tem suplemento que ajude. Toma carnitina tipo uma hora antes do treino (+ ou - 1,5 grama) e se puxa nos aeróbicos que você vai ver que ajuda mesmo.

Eu sinto o corpo esquentar e a energia pro treino aumenta legal. Quando acabar essa que to tomando, vou comprar uma de marca boa, importada, tipo twinlab. E to pensando em aliar também a algo tipo o Ripped fast da universal. Depois que tiver tomando, posto os resultados.

To fazendo de tudo pra evitar os termogenicos, isso sim é agressão ao próprio corpo!!! Tá lôco!!

Valeu, abraços ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ae pessoal, até quero aproveitar pra saber de quem já experimentou estas marcas de l-carnitina: Twinlab, MidWay, Universal ou outras que sejam importadas também.

Oque acharam, qual trouxe mais resultados, etc.

Ah, e também que já experimentou o Ripped Fast e o Fat Bunners da Universal, também gostaria de saber oque acharam, se valeu a pena, resultados, efeitos no organismo, etc.

Valeu, abraços ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

  • Conteúdo Similar

    • Por Bruna Bosco
      O que são alimentos termogênicos?
      Os alimentos termogênicos são aqueles que potencializam a termogênese processo que é regulado pelo sistema nervoso que leva à transformação da glicose e da gordura em energia.
      Simplificando, são alimentos que apresentam um maior nível de dificuldade em serem digeridos pelo organismo, acelerando o metabolismo e aumentando o gasto calórico em processos que, naturalmente, já realizam essa queima.
      Existem dois tipos de termogênicos: os naturais e os industrializados.
      Naturais: São aqueles que se apresentam da mesma forma como são encontrados na natureza, como é o caso do efeito termogênico que obtemos comendo pimenta vermelha. Industrializados: São cápsulas, conhecidas como suplementos, que contém em sua fórmula o princípio ativo do alimento termogênico. Alimentos termogênicos naturais
      Seguem os alimentos termogênicos de maior relevância. Estudos indicam que a quantidade de cada alimento é individual e deve ser feita sob orientação de um profissional.
      O exagero no consumo desses alimentos pode levar ao surgimento de sintomas como dor de cabeça, tontura, insônia e problemas gastrointestinais. Hipertensos e indivíduos com problemas cardíacos devem ter uma atenção maior, pois esses alimentos podem aumentar o bati alimentos fazem os batimentos cardíacos aumentarem.
      Gestantes e crianças também devem limitar o consumo de alimentos termogênicos.
      Pimenta vermelha: As pimentas são estimulantes do apetite e auxiliares da digestão. O seu componente ativo é a capsaicina. O consumo desse aditivo aumenta a salivação, estimula a secreção gástrica e a motilidade gastrointestinal, proporcionando uma sensação de bem-estar. Chá verde: É proveniente Camellia sinensis e não sofre fermentação. O chá verde é rico em polifenóis, sendo a maioria deles os flavanóis, e dentre estes ainda, predominam as catequinas. Gengibre: evita a flatulência e favorece a digestão. Suas propriedades estão mais ativas na raiz fresca e não em formas de balas. Mostarda: previne a formação de radicais livres no nosso organismo (antioxidante) além da sua ação termogênica. Café/guaraná/chocolate amargo: O componente ativo desses dois alimentos é a cafeína. Possui ação digestiva e diurética, combate a formação de gases e estimula o sistema nervoso central. A cafeína atinge níveis máximos de 15 a 45 minutos após a ingestão e permanece ativa no organismo de três a sete horas. Linhaça: é rica em fibras insolúveis, promove a saciedade, acelera a queima calórica, regulariza o intestino e combate o envelhecimento precoce. Canela: Sua ação termogênica garante a contribuição para o emagrecimento. Atua com efeito antioxidante e anti-inflamatório. Suplementos termogênicos industrializados
      Os componentes principais dos alimentos termogênicos naturais são isolados e suplementos são criados a partir destes produtos. A composição desses suplementos termogênicos se alterou ao longo dos anos por conta da frequente atualização da lista de substâncias proibidas pela ANVISA. Substâncias que possuem grande atividade estimuladora do metabolismo, como a efedrina e a dimethylamylamine (DMAA), presentes em algumas marcas de termogênicos, foram proibidas no Brasil, devido ao seu elevado risco de complicações cardiovasculares.
      Atualmente, os termogênicos mais utilizados são a cafeína e a sinefrina (Citrus auranthium) como substâncias termogênicas principais.
      Cafeína – A cafeína é uma substância muito utilizada como recurso ergogênico na prática esportiva com o objetivo de retardar a fadiga, ter efeito estimulante, aumento da performance em exercício de força e aeóbicos, além de aumentar a oxidação de gorduras. Estudos mostram eficácia na utilização de 3 a 6 mg de cafeína\kg de peso corporal. O pico de ação da cafeína ocorre 20 minutos após a sua ingestão.
      Alguns produtos termogênicos chegam a fornecer mais de 800 mg de cafeína por dia, o que é mais do que o dobro da dose considerada segura. Doses muito elevadas aumentam o risco de arritmias e isquemia cardíaca.
      A cafeína nos termogênicos é geralmente obtida através de pó de café, guaraná ou chá verde.
      Efeitos adversos: tremor, insônia, nervosismo, ansiedade, irritabilidade, elevação da pressão, náuseas, desconforto gastrointestinal e problemas estomacais.
      Sinefrina – A sinefrina é obtida através da Citrus auranthium, também conhecida como laranja-azeda ou laranja-amarga. A sinefrina tem sido frequentemente utilizada por pessoas que não querem fazer o uso da cafeína. Essa substancia além do efeito termogênico, também controla o apetite. A Anvisa recomenda dose máxima de 30mg por dia, mas vários suplementos comercializados apresentam uma concentração maior na composição.
      Efeitos adversos: aumento da pressão arterial, taquicardia e danos ao fígado.
      Outras substâncias: chitosan, cromo, ginseng, glucomanano (Amorphophallus Konjac), L-carnitina, psyllium, erva de São João, taurina e ácido linoleico são substâncias que também são usadas na composição de alguns termogênicos, muitas vezes associadas com cafeína e/ou sinefrina. Porém estas substâncias não apresentam evidências concretas de que sejam efetivas para perda de peso ou aumento da performance atlética, e ainda podem causar efeitos colaterais, por isso é sempre importante estar atento ao rótulo.
      Cuidado com o consumo de termogênicos!
      Nenhum suplemento termogênico deve ser consumido sem apoio de um profissional nutricionista.  Até mesmo os produtos autorizados pela ANVISA podem causar efeitos colaterais graves se forem utilizados por indivíduos com fatores de risco para doenças cardiovasculares ou se as substâncias estimulantes estiverem em concentrações muito elevadas.
    • Por gabriel_bccs
      "Existe mesmo L-Carnitina injetável?"

      Se existe, é melhor do que a oral?
      Quais são seus benefícios?

      Desde já agradeço
    • Por liza canello
      gostaria de saber como a l-carnitina age no organismo, pra que ela serve na suplementação, pois como termogênico ela nunca é citada! e eu tomo, mas não noto nenhuma diferença! por gentileza, alguém pode me esclarecer?
    • Visitante Passaro
      Por Visitante Passaro
      Esse suplemento realmente funciona em adolescentes (masculino, 15 anos) ????
      e se funciona qual marca eh recomendada?
      VALEU PELA ATENÇÃO
    • Por DosSantos
      Olá pessoal! Bom, sou novo aqui no site assim como também no esporte. Já venho numa rotina de treino sério faz uns quatro meses e tive bons resultados. Entretanto pessoal, apesar dos músculos, também adquiri gordura abdominal e infelizmente ela tem estragado meu shape. Eu tenho 26 anos e tenho um corpo bem condicionado a treinamentos pesados, e também já estou ajustando a dieta pra secar. Enfim, quais as vantagens de tomar L carnitina e um termogênico juntos nessa fase de cutting? 
×
×
  • Criar novo...