Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

O q funciona e nao funciona...


Visitante superboy_RJ
 Compartilhar

Post Destacado


bom link :wink:

+ vc q sempre constesta q se comenta sempre dos msm suplementos, quais foram os unicos q ng disse q n funciona? hiperproteicos e creatina :wink: os d+ n sao unanimidade...

vlw

Acho que não é bem assim

A glutamina estava muito bem conceituada além da creatina e dos proteicos . Outros que apresentaram bom índice : 1ad(que não é suplemento) , V12 , Arginina , Animal Pak , glucosamina , alguns óleos ,e outros

Houveram pessoas que citaram poucos ganhos com a creatina e até outros que falaram pessimamente de whey , amino2222 e o NLarge 2 (hipercalórico da Prolab ) , ou seja não existe nenhuma unanimidade no assunto nem lá fora , mas o número de suplementos conceituados pelo fórum de lá é bem maior que o nosso universo daqui , basta fazer uma contagem .

Agora as furadas : HMB ; NOX2 , Muscletech ; ZMA(para a maioria), methoxy , animal stack, Myoblast , termogenicos sem efedrina entre outras pérolas .

Excelente tópico , vc pesquisa um universo bem mais amplo de produtos e opiniões pró e contras . Se por um lado temos que ficar atentos com buchas que chegarão em breve por aqui , por outro sabemos que nem só de whey + creatina + albumina e malto podemos viver

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Visitante superboy_RJ

pois eh.. achei interesssante como eles utilizam a Glutamina separada como suplemento... parece ser uma boa para um pos-treino!!

tbm achei legal a cotaçao do CLA, e estou ansioso pra experimentar...

ZMA, deixou duvidas....

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

eh muito bom ver a opinião dos outros.

toh pensando ateh em testar a glutamina.

retirado do site do grupo gease:

A glutamina é o aminoácido mais abundante no corpo humano, presente em grandes quantidades tanto no sangue quanto nos músculos e considerada essencial para o bom funcionamento do sistema imunológico.

Dentre os supostos efeitos da glutamina no músculo está a estimulação da síntese protéica, efeito potencializado pela presença de insulina.(RENNIE et al, 1994).

Outro efeito alardeado é a estimulação do hormônio do crescimento. Existem estudos onde apenas 2 gramas de glutamina elevaram as concentrações plasmáticas deste hormônio (WELBOURNE, 1995). Porém isto não significa muito, tendo em vista que os efeitos do hormônio do crescimento na hipertrofia muscular ainda são contestados e dada a pulsatilidade de sua liberação é extremamente fácil conseguir picos, até mesmo segurar a respiração pode produzir aumentos nas quantidades deste hormônio (MATVEEV et al, 1986).

Sabe-se que exercícios intensos e prolongados causam diminuição na quantidade de glutamina. Ao final de uma prova de triathlon, por exemplo, a concentração plasmática deste AA cai cerca de 22,8%, sendo tal queda relacionada com maiores riscos de infecções, segundo alguns autores (NIEMAN et al, 1991, HACK et al, 1997, PYNE et al, 1998, BASSIT et al, 2000). Porém, há quem descorde destas idéias, como HOOPER et al (1996), ROHDE et al (1998) e ROHDE et al, (1999), autores de experimentos onde as concentrações baixas de glutamina não são relacionadas com riscos de infecções induzidos pelos exercícios.

A maioria das pesquisas se preocupou com atividades cíclicas, com relação ao treino de força, os dados são menos animadores, pois apesar da concentração de glutamina ser reduzida após o treino de força, a queda não se relaciona com os danos nas fibras musculares, conforme concluíram MILES et al (1999) e GLEESON et al (1999).

Apesar de ter se mostrado eficiente em animais e pacientes debilitados (queimaduras, inanição, cirurgias...), a glutamina não é indiscutivelmente eficiente na melhora da atividade imunológica em indivíduos submetidos a exercícios (WALSH et al, 2000). Assim como não há evidências que possam levar a conclusões positivas quanto aos seus efeitos ergogênicos (HAUB et al, 1998).

Há um estudo de VARNIER et al (1995) onde foi utilizada infusão de glutamina após atividades de longa duração (90 minutos de bicicleta) e verificou-se que a disponibilidade deste aminoácido estimulou a síntese de glicogênio, no entanto, isto pode ser atribuído à possível conversão metabólica de glutamina em glicose. Nesse caso, se o objetivo for repor as reservas de glicose seria melhor poupar dinheiro e tomar apenas carboidratos, conforme verificado em 1999 por BOWTELL et al. Uma dieta equilibrada sempre é uma boa idéia e parece ser apoiada pelas conclusões de GLEESON et al (1998) e ZANKER et al (1997), para quem dietas ricas em carboidratos podem atenuar os efeitos do exercício na quantidade de glutamina e fatores imunológicos, sem haver, portanto, necessidade da suplementação.

Muitas vezes há furor em torno de determinados suplementos a partir de conclusões equivocadas manipulados por interesses econômicos. Quando vendedores se referem a glutamina, dizem que é o aminoácido mais abundante no músculo, que atua no sistema imunológico, pode auxiliar o processo de regeneração da fibra muscular e que é depletado após atividades físicas, o que podemos concluir? Nada do que parece. Podemos concluir apenas que a suplementação de glutamina pode auxiliar em estados crônicos como patologias e possivelmente no excesso de treinamento, porém sua atividade em organismos humanos normais submetidos ao treinamento físico ainda é duvidosa e certamente não trará os benefícios prometidos. Não podemos nos esquecer dos possíveis prejuízos (além dos financeiros), visto que a ingestão desequilibrada de um aminoácido pode levar ao desequilíbrio na absorção dos demais.

flws :)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho que não é bem assim

A glutamina estava muito bem conceituada além da creatina e dos proteicos . Outros que apresentaram bom índice : 1ad(que não é suplemento) , V12 , Arginina , Animal Pak , glucosamina , alguns óleos e outros

Houveram pessoas que citaram poucos ganhos com a creatina e até outros que falaram pessimamente de whey , amino2222 e o NLarge 2 (hipercalórico da Prolab ) , ou seja não existe nenhuma unanimidade no assunto nem lá fora , mas o número de suplementos conceituados pelo fórum de lá é bem maior que o nosso universo daqui , basta fazer uma contagem .

Agora as furadas : HMB ; NOX2 , Muscletech ; ZMA(para a maioria), methoxy , animal stack, Myoblast , termogenicos sem efedrina entre outras pérolas .

concordo com a glutamina, + sua principal funçao eh anti-catabolica e p/ isso costumamos usar, aki no brasil, malto(ou dextrose), q eh bem + barato :wink:

bom, eu soh vi a 1º pag, e la soh tem uma pessoa falando mal da crea...

infelizmente, soh podia ser brasileiro, falando da suposta suplementaçao do pai... qto a falar mal d whey(d qualidade), na minha opiniao, eh estar usando inadequadamente...

enfim, acho q exagerei na palavra "unanimidade", admito :wink:

+ o q eu quis dizer, eh q esses "manjados" suplementos dao resultado, comprovadamente enqto os "milagrosos" costumam ser furadas, como vc msm disse ai em cima...

vlw

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta 100% gratuita!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
 Compartilhar

×
×
  • Criar novo...