Entre para seguir isso  
Seguidores 0
bernardoz

Mais uma super criança!

Avalie este tópico:

24 posts neste tópico

lift00006.jpg

Na Rússia ( e adjacências) n tem frescura de começar a malhar depois dos 18, criança é tratada como mini-adulto.

Essa carrega a família nas costas literalmente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
exer00006.jpg

Olha a coluna da mina... mas nao sou em quem tem q julgar

olha...., a julgar pelas fotos essa menina precisa aproveitar enquanto e jovem..., pq ela pode ser forte , mas fica nitido que ela nao tem uma estrutura muito boa e pela coluna dela nesse supino da pra ver q os problemas logo virao...

mas d toda forma parece ser um fenomeno de forca....

:roll:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
Carrega 140kg no supino :)

Forçou a barra brow... 140 nem f*dendo! Numa foto ali ela ta fazendo com no máximo 50kg em anilhas e toda torta ainda! Essa guria ta mais pra contorcionista do que pra marombeira!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

FORTE...

Porém empenada.

OBS: Vai ficar anã!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
FORTE...

Porém empenada.

OBS: Vai ficar anã!

Crueldade...

A garota é de uma especie de circo???

Direitos humanos zero, a pobre vai crescer cheia de problemas mentais, como akele outro muleke(richard sandrak) que li em uma materia, que já tentou suicidoi e tal, personaliadade destruida nos processos de formação. É nitido a exploração dos pais, que em ambos os casos(richard e ela) usam os filhos pra se projetar ganhar dinheiro.

Achei triste .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

140k no supino eu duvido... se fosse no terra até dava pra começar a pensar.

Ela pode ser fortinha sim, e qual o problema.

E muito otário o cara que falou que ela vai ser anã. Já eh comprovado que exercicios com pesos não altera em nada a estatura da pessoa, independente da idade que se inicie. O unico risco eh de uma lesão, que ai sim pode prejucar em alguma coisa. Fora isso nada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

crianca tem q brincar e nao se alterofilista

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Jamais deixaria uma filha minha pegar tanto peso nessa idade. Como os colegas disseram, ela tinha que esta brincando. Mas com certeza isso é forçação de barra dos pais para ganhar dinheiro em cima da menina...

Deprimente!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

A Russia vem de uma crise econômica incrível, as pessoas, principalmente do interior do país ou das ex União Sovietica ( Ucrania, no caso da menina), chegam a passar fome no frio tremendo que faz nesta região. N era incomum atletas serem fabricandos, selecionados, desde o jardim de infancia até às olimpiadas para fins da propaganda comunista. Criam verdadeiras máquinas competitivas, com disciplina e muito treino desde criança. Com a queda do sistema, restam ótimos treinadores, muito atletas de ponta (tenis, ginastica, atletismo, natação, levantamento de pesos,etc) que fazem de tudo pra sobreviver na crise e a decadência da estrutura que outrora era uma das melhores do mundo.

Vejam o caso do Alex FEdorov, que vai disputar o Olympia dia 15, o cara treina (ou treinava) numa academia caindo aos pedaços no fundo de um cemitério lá nos confins da Russia, sem nada pra auxiliar, chegou a rasgar o musculo peitoral num acidente com o supino, praticamente teve q reconstituir a musculatura. Ficou 1 ano fora e pensou em desistir de fisiculturismo.

alex1.jpg

Pior o caso são os das meninas que, por serem do padrão de beleza mundialmente aceito (loira, magras, altas, olhos claros), e pobres, sofrem assédio por pedófilos do mundo todo, transformando os Países da Ex Urss no verdadeiro paraíso da prostituição infantil na Europa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Essa garota quando chegar aos 20 poucos anos naum vai nem conseguir ficar em pé....vai precisar de uma cadeira de rodas :o

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
140k no supino eu duvido... se fosse no terra até dava pra começar a pensar.

Ela pode ser fortinha sim, e qual o problema.

E muito otário o cara que falou que ela vai ser anã. Já eh comprovado que exercicios com pesos não altera em nada a estatura da pessoa, independente da idade que se inicie. O unico risco eh de uma lesão, que ai sim pode prejucar em alguma coisa. Fora isso nada.

Comprovado aonde meu caro?? Mostra um estudo sério (científico) que diga que começar a treinar muito novo não altera em nada o crescimento, quero ver.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Comprovado aonde meu caro?? Mostra um estudo sério (científico) que diga que começar a treinar muito novo não altera em nada o crescimento, quero ver.

Isso é pura história dos que não tem conhecimentos cientificos, a conhecida lenda urbana. Tirei essa matéria do site da NABBA.

Lá vai:

MUSCULAÇÃO PARA CRIANÇAS: FIM DA POLÊMICA:

A ginástica com pesos pode ser divertida, além de apropriada, oferecendo segurança para a criança e o treinamento de força nas meninas ajuda a evitar a osteoporose quando adultas.

Onde estão os anões? Uma pergunta freqüente que fazíamos quando alguém argumentava que os exercícios com pesos impediriam o crescimento estatural de crianças e adolescentes. Nós sabíamos de longa data, que a musculação só trazia benefícios aos seus praticantes, independente de idade, sexo e até mesmo de condições de saúde, apenas pela observação prática de muitas décadas. Embora pudéssemos citar dezenas, ou mesmo centenas de exemplos que respaldavam nossas afirmações, estes não eram suficientes para convencer os mais céticos, assim sendo, éramos forçados a ouvir afirmações do tipo: “É claro que impede o crescimento! O indivíduo cresce para cima e o peso empurra para baixo...” Entre outros absurdos, ditos muitas vezes até por profissionais das áreas da saúde.

A criança deve ser orientada para entender por que está num programa de força e saber exatamente quais serão as vantagens advindas do treinamento.

ESTA ANTIGA CONTROVÉRSIA TERMINOU

A ciência apresentou nos últimos 15 anos, centenas de estudos conclusivos a respeito, convencendo definitivamente os profissionais da saúde da eficiência e segurança do treinamento resistido para a população mais jovem. Vejamos por exemplo, a posição de entidades internacionalmente reconhecidas como a National Strength and Conditioning Association, American Orthopedic Society for Sports Medicine e Americam Academy of Pediatrics, ao relatar os principais benefícios de um programa de musculação para crianças: aumento da força muscular, aumento da capacidade de resistência muscular localizada, redução do risco de lesões na prática esportiva e recreativa, aumento da capacidade de desempenho nas atividades físicas.

Os receios se constituíam em pura fantasia, foi o que observaram os profissionais que se envolveram em treinamento de força para crianças e adolescentes, na medida em que se especializavam em programas específicos.

A partir de 1986, observou-se que o aumento da força muscular em crianças era possível e a pergunta agora era outra: como isso ocorria, não sendo observado o crescimento do músculo? Concluiu-se que as crianças aumentavam a força em função do aperfeiçoamento da capacidade funcional do sistema nervoso, e não pela hipertrofia, difícil de ser alcançada por crianças mais jovens. Este fenômeno viria a ocorrer apenas quando estes atravessassem a fase da puberdade.

CONCEITOS EQUIVOCADOS

O cinema, a TV e a imprensa em geral, propagam imagens de indivíduos adultos levantando grandes pesos ou exibindo músculos enormes e definidos.

São os levantadores e culturistas, atletas cujos esportes utilizam o peso como base de treinamento para superar os desafios e limites impostos pelos seus esportes.

Mas não são exemplos do treinamento de força ou treinamento resistido, embora muita gente ainda acredite nisso. Razão pela qual, pais e profissionais da educação física acabam por não aconselhar crianças a praticarem exercícios com pesos, imaginando que estas iriam se submeter a treinamentos tão pesados e intensos quanto o dos atletas.Mas o objetivo não é levantar a máxima carga possível, nem desenvolver grande massa muscular, apenas melhorar o condicionamento, evitar as lesões e aumentar o desempenho do organismo, reduzindo o risco, ou mesmo evitando as fraturas e outros traumas, tão comuns entre crianças durante as atividades esportivas, de laser e recreação.

O culturismo, onde é necessário grande massa muscular e definição, é impossível fisiologicamente para crianças, embora possa-se sugerir para estas, alguns hábitos salutares dos cul-turistas como a disciplina na alimentação, no repouso e nos hábitos de vida em geral, a busca pelo equilíbrio no desenvolvimento dos diversos grupos musculares, etc.

Uma criança não é um adulto pequeno, ela ainda não tem a necessária disciplina para um trabalho mais sério, mas se bem conduzida, poderá apresentar excelentes resultados em curto espaço de tempo, que lhes serão muito úteis nos brinquedos de hoje assim como nas atividades da sua futura vida adulta, além de fonte segura para mais saúde em toda a sua existência.

Mesmo sem treinamento, a força nas crianças aumenta muito em função do processo de amadurecimento.

Grandes esforços devem ser evitados. O ideal é utilizar cargas que permitam um mínimo de seis repetições.

O CRESCIMENTO ESTATURAL

Ao observar que a maioria dos grandes atletas da musculação apresentam estatura mediana - embora existam os muito altos ou muito baixos - as pessoas concluíram que os exercícios com pesos fossem os responsáveis pelo fenômeno. Por analogia, seria sensato pensar-se que o basquetebol faz crescer. Na verdade, a estatura, maior ou menor, é apenas um dos inúmeros fatores de ordem genética que tornam os indivíduos mais ou menos capazes e aptos para as exigências das diversas especialidades esportivas.

Não se deve estimular a competição entre as crianças. Cada qual reage de forma diferente ao treinamento com resultados também diferentes.

A carga genética em relação a determinadas características como a estatura dos indivíduos, não pode ser modificada. Entretanto, má alimentação, doenças e sedentarismo podem influir negativamente, razão pela qual, um estilo de vida saudável, boa alimentação e exercícios podem otimizar a potencialidade dos gens da criança.

Nenhum trabalho científico disponível sobre o assunto, documentou qualquer malefício ou influência negativa para o desenvolvimento estatural de crianças e adolescentes que se submeteram a exercícios com pesos. Alguns até sugerem o contrário, considerando-se que as atividades físicas de alta intensidade como a musculação, são estimulantes para a produção do hormônio do crescimento, que aliado às forças compressivas nas articulações e linhas de crescimento, podem desencadear situação positiva para o crescimento estatural dos jovens.

Eu particularmente acredito nessa possibilidade: a musculação favorece também o crescimento estatural.

Bibliografia e Leitura Recomendada:

Treinamento de Força para Jovens Atletas

William Kraemer/ Steven Fleck

Editora Manole – Livraria Aratebi

EUGÊNIO FRANCISCO KOPROWSKI

- Presidente da Fed.Paulista de Musculação 78/84 - 93/01

- Treinador de Atletas desde 1963

- Dirigente Esportivo desde 1977

- Presidente da Conf.Brasileira 86/91

- Membro Titular do Conselho Estadual de Desportos/SP

- Presidente da Comissão Organizadora do Campeonato Mundial IFBB/89 - SP

- Campeão Paulista e Rio-S.Paulo de Musculação 1976

- Presidente do Conselho Consultivo da UFEESP

- Prof.dos cursos de musculação aplicada da Fac.Ed.Física da Un.Fed.do Paraná, 83/94

- Fundador da NABBA BRASIL (NABBA INTERNACIONAL - BRASIL) 2001

E-mail: [email protected]

Link direto para a matéria retirada do site da NABBA http://www.nabba.com.br/musculacao25.asp

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Comprovado aonde meu caro?? Mostra um estudo sério (científico) que diga que começar a treinar muito novo não altera em nada o crescimento, quero ver.

NÃO FALE ASNEIRAS...

EU CONCORDO COM O NOSSO AMIGO AÍ QUE CITOU SUA MENSAGEM PRIMEIRO... QUERO VER UM ESTUDO CIENTÍFICO QUE PROVE QUE ISSO NÃO ALTERA NO CRESCIMENTO!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

NÃO FALE ASNEIRAS...

EU CONCORDO COM O NOSSO AMIGO AÍ QUE CITOU SUA MENSAGEM PRIMEIRO... QUERO VER UM ESTUDO CIENTÍFICO QUE PROVE QUE ISSO NÃO ALTERA NO CRESCIMENTO!

Preste mais atenção no tópico e veja que eu postei uma matéria sobre isso e seu link. Asneira quem fala são vocês. Dizer que a musculação impede o crescimento é do mesmo nível de quem diz que a musculação provoca esterilidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Preste mais atenção no tópico e veja que eu postei uma matéria sobre isso e seu link. Asneira quem fala são vocês. Dizer que a musculação impede o crescimento é do mesmo nível de quem diz que a musculação provoca esterilidade.

Bem, não vou discutir e eu não disse que afetava o crescimento, eu disse que é necessário ter acesso a estudos científicos e a matéria que tu postou não é nada científica OK?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Gostou? Compartilhe!