Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Visitante Mestre

A Importância do Glicogênio na Musculação

Avalie este tópico:

Post Destacado

Visitante Mestre

Fonte: Autoria da Dra Shirley de Campos, Medica Biomolecular.
http://www.drashirleydecampos.com.br


O catabolismo protéico e a disponibilidade de aminoácidos para oxidação no ciclo de Krebs (fornecedor de ATP – ENERGIA) estão relacionados com o exercício e a diminuição das reservas de glicogênio.

Durante a musculação e outros exercícios intensos, é praticamente impossível evitar catabolismo protéico, se as reservas de glicogênio sofrerem redução intensa.

Os aminoácidos que são oxidados mais rapidamente durante o exercício intenso são os ramificados (leucina, isoleucina e valina os BCAA's), aspartato e glutamina.

A suplementação com esses tipos de aminoácidos contribui no momento do treino, a preservar por tempo maior, o glicogênio muscular não havendo depletação de massa magra e melhorando a concentração do atletas.

A administração de carboidratos, por meio do alimento ou bebida energética durante o treino, não é suficiente para interromper o catabolismo e induzir a síntese protéica (massa muscular).

A bebida isotônica que contém carboidrato é utilizada pelo músculo e ajuda na continuação do treino (esforço), porém ela é insuficiente para estimular a secreção de insulina pelo pâncreas e desse modo, interromper o catabolismo protéico. Durante o exercício ocorre inibição da secreção de insulina pelas células Beta-pancreáticas.

Sugerimos que o consumo de carboidratos deve ser de 60 a 65% em cada refeição do atleta; as refeições devem ser fracionadas (6 a 8 por dia) e com intervalos de 3 horas; deve aumentar de acordo com as necessidades impostas pela atividade física e os estoques de glicogênio normalizado entre cada sessão de exercício, sob conseqüência de haver queda no desempenho e fadiga prolongada, características de treinos intensos.

Manutenção do Glicogênio Muscular

Após o término do treino, o atleta deve imediatamente dar início ao processo de repleção dos estoques de glicogênio utilizando carboidratos, a fim de aproveitar o momento melhor de síntese do glicogênio induzida pelo exercício, isto porque ao final do treino, os músculos: são aptos a captar glicose independente insulina, estão com a sensibilidade aumentada à ação da insulina que é secretada após o estímulo da glicose e a concentração diminuída de glicogênio eleva a atividade da enzima glicose-sintetase.

A combinação de carboidratos com proteína é a mais eficiente para estimular secreção de insulina. A insulina secretada com essa combinação é importante para o interior dos miócitos, fundamental para síntese protéica. Com isso, inibe-se o catabolismo e estimula-se o anabolismo protéico.

Conclusão

O atleta para repor plenamente os estoques de glicogênio deve consumir carboidratos de alto índice glicêmico após o término do treino (esforço) e manter intervalos de 3 horas entre as refeições.


[ Esta Mensagem foi editada por: Mestre em 2002-11-11 23:09 ]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Entre para seguir isso  

  • Conteúdo Similar

    • Por Natalí Silva
      Pessoal, sou nova aqui, preciso tirar umas duvidas... Já treino há uns dois anos e quero começar um ciclo com oxandrolona, meu objetivo é ganhar massa muscular, ficar marombinha mesmo rsrs Como seria a melhor forma de usar?
      Pensei em começar com 20mg, ir aumentando até uns 30/40 e no final diminuir para 20mg novamente, o que acham? 
      E quanto ao tpc? Qual melhor? Pois já tenho problemas com acne e oleosidade, mas quero arriscar 
      E anticoncepcional? Poderia continuar usando durante o ciclo ou seria melhor parar?
      Gordura atual de 26%, peso 59kg tenho 18 anos e minha altura é de 1.62cm
    • Por Bruno1993
       
      Boas pessoal, o que acham do video? Critiquem a vontade
    • Por Israel Victor
      E aí galera, tô precisando de uma ajuda com a minha dieta já que sou iniciante na academia (1 mês)
       
      Tenho 1,80 e 70kg
       
      Nesse 1° mês minha dieta tem sido:
       
      6am - pão françês com requeijão + queijo minas ou queijo prata ou um dos dois mais presunto (varia do que tem na hr kk); 300ml de leite mais achocolatado ou com café pra dar uma dispertada pra facul
       
      11am - feijão com arroz + carne vermelha ou branca + salada (carne vermelha é mais frequente)
       
      15h~16h outra refeição repetida ao do almoço como pré
       
      16h às 17h academia
       
      18h~19h Janta semelhante ao do almoço, sendo alterado o tipo de carne + 4,5 mg Creatina ****
       
      22h ~ Lanche semelhante ao café
       
      23h ~ Albumina ****
       
      *Só que agora eu comprei duas unidades do hipercal Hiper mass 17500 3kg e a dosagem recomendada são 5 scoop (160 mg) e não sei se tomo como pós, ou se divido 2 scoop pré junto com a refeição e 3 pós, não acho jogo tomar 5 pré e 5 pós pq já tem a refeição e também o hipercal vai pra casa do caralh* assim kkkk*

    • Por batataney
      A maioria das pessoas tem a convicção de que os exercícios aeróbicos são a chave para a perda de gordura e isso é um equívoco. As atividades aeróbicas tem uma utilidade limitada e precisam ser complementadas ou até mesmo substituídas por exercícios mais eficientes e específicos.
      O fato de se ter um bom condicionamento aeróbio em nada ajuda o seu metabolismo, o condicionamento aeróbio em si nada tem a ver com o gasto de energia no metabolismo de repouso. Você pode correr na esteira a vida inteira e até mesmo se tornar um maratonista que continuará com o mesmo metabolismo de sempre, a menos que ganhe massa muscular.
      Ressaltando, a maioria das evidências sugere que o metabolismo basal é relacionado à quantidade de músculos que você tem. Aqui reside uma inigualável vantagem do treino com sobrecargas, a capacidade de reduzir a gordura corporal e simultaneamente manter ou até mesmo aumentar sua massa muscular, o que evita o ganho futuro de peso, melhora a estética e parâmetros funcionais, principalmente na força, coisas que os exercícios aeróbios não fazem.
      A musculação é um excelente meio de reduzir o percentual de gordura, o uso de sobrecarga pode atuar diretamente na redução do tecido adiposo. O treinamento com pesos estimulará a síntese de proteínas musculares melhorando sua estética e as funções do aparelho locomotor. Além disso, os benefícios obtidos com o uso de exercícios sobrecarregados serão mais duradouros devido a manutenção e até mesmo elevação do metabolismo de repouso, que parece ser relacionado com a massa muscular.
      A musculação torna-se uma das melhores opções em todos os aspectos além de ser extremamente eficiente para produzir alterações positivas no seu percentual de gordura.
      Alguns benefícios da musculação:
      a prática da musculação tonifica os músculos e ajuda na perda de calorias. O treinamento com o uso do peso, melhora ainda mais essa resistência muscular; -a pessoa que pratica musculação tem menos chance de desenvolver uma doença chamada de osteoporose, pois ela auxilia no fortalecimento dos ossos do corpo humano; a musculação deixa a pessoa mais forte, auxiliando na resistência para o trabalho diário e possíveis momentos que exijam de você o uso da força; auxilia na prevenção de problemas na coluna vertebral, além de fortalecer a parte inferior das costas, diminuindo dores locais; assim como a prática dos demais exercícios, a musculação também auxilia no funcionamento do sistema imunológico; a prática de exercícios físicos é uma grande aliada à prevenção de doenças como a diabete. A musculação é uma das práticas benéficas, que pode ajudar a evitar o aparecimento da doença e para quem já tem diabete, pode auxiliar no tratamento e equilíbrio da taxa de glicemia sanguínea; a musculação praticada regularmente auxilia a melhorar o equilíbrio e a coordenação motora do praticante; as pessoas que sofrem com prisão de ventre podem notar uma melhora no funcionamento intestinal  nos primeiros dias de prática da musculação, pois ela auxilia no bom funcionamento do sistema digestório; as gestantes que praticam musculação têm uma melhor recuperação pós-parto, menor incidência de câimbras durante a gestação, menor probabilidade de desenvolver varizes e ainda diminuem o ganho de peso; a prática da musculação melhora o humor, a auto-estima e com isso as interações sociais; a musculação podem prevenir as doenças do envelhecimento e, assim, diminuir os efeitos na saúde do mesmo, deixando-o mais magro e jovem; a musculação ajuda nas correções de desvios posturais; a musculação ajuda nos desgaste das articulações. Quando os músculos estão fortalecidos, a estabilidade das articulações é maior, promovendo menor desgaste entre os ossos; pessoas que realizam regularmente exercícios prescritos na intensidade adequada, e no tempo adequado, desfrutam de melhor qualidade do sono. Eles dormem mais rapidamente e mais profundamente. Além disso despertam menos frequentemente à noite, permitindo então um sono reparador. Tal como acontece com a depressão, os benefícios da Musculação Terapêutica no sono são comparáveis com o tratamento com a utilização da medicação, mas sem os efeitos secundários que a mesma oferece; a musculação ameniza, e muito, a celulite, pois aumentando a massa muscular, sua pele fica mais lisa. Só a redução da gordura não melhora a aparência da pele, pode ficar flácida e cheia de furinhos, mas associando exercícios com pesos, evitará a flacidez e definirá os músculos, minimizando a celulite; a musculação pode retardar o relógio do envelhecimento fisiológico. Sabendo os inúmeros benefícios proporcionados pela musculação, procure um profissional capacitado em sua academia para organizar um treino que seja adequado a sua necessidades e disponibilidade.
      Ref: Paulo Gentil / forcaeinteligencia
      KRAEMER WJ, VOLEK JS, CLARK KL, GORDON SE, PUHL SM, KOZIRIS LP, MCBRIDE JM, TRIPLETT-MCBRIDE NT, PUTUKIAN M, NEWTON RU, HAKKINEN K, BUSH JA, SEBASTIANELLI WJ. Influence of exercise training on physiological and performance changes with weight loss in men. :Med Sci Sports Exerc 1999 Sep;31(9):1320-9
      MELBY, C., C. SCHOLL, G. EDWARDS, AND R. BULLOUGH. Effect of acute resistance exercise on postexercise energy expenditure and resting metabolic rate J. Appl. Physiol. 75:1847-1853, 1993
    • Por Albert Barbosa
      Não é de hoje que qualquer ser humano por mais que obtenha respostas, ainda fique com certas duvidas mesmo assim, isso na verdade seria pelo fato de que temos organismo diferenciado e biotipo também. Mesmo assim eu gostaria de saber o melhor modo de conciliar alimentação, pré e pós treino de musculação e Jiu Jitsu? Baseado no uso de suplementação.
       
      Me chamo Albert, tenho 32 anos, 1,83m e 138kg.
      Atualmente faço uso de BCAA, Creatina e Whey Protein e Termogênicos 
      Na seguinte sequência: 
      - Pela manhã
      (Pré treino de musculação)
      30 minutos antes, tomo duas capsulas de creatina e uma capsula de termogênico (210g)
      Na academia, corro uns 15 minutos, puxo uns ferros.
      Ao término da musculação mesmo (no pós treino de musculação)
      Tomo mais duas capsulas de creatina, mais dois scoops de whey protein e 4 capsulas de BCAA (como recomendado pelo fabricante ambos).
      Tomo um banho relaxo a musculatura repousando as vezes dormindo ou nao, bebendo alguns ml d'água.
       
      -A noite
      - Pré treino do Jiu Jitsu
      30 minutos antes outra capsula de termogênico (210g), encaro 3 horas de treino de Jiu Jitsu completo. 
      Obs.: As vezes tomo tribulus terrestre e goji berry ai q fico um touro msm no tatame. 
       
      - Pós treino de Jiu Jitsu como uma parada leve auxiliada com mais whey protein (2 scoops).
       
      Sei que muitos irão achar isso absurdo, outros nao, mas estou aqui pra aprender.
       
      Mas galeraa pra esse mes agora pretendo fazer uso de BCAA, creatina, glutamina e Whey Protein. Será q da pra encaixar também uma L-carnitina?
       
×
Esta popup será fechada em 10 segundos...