Ir para conteúdo

panturrilha: próteses de silicone

Avalie este tópico:


Post Destacado

Meu professor já disse que dificilmente vou ganhar massa muscular na batata da perna (genética, músculo ruim de ganhar massa , etc..)enfim o que poderia fazer? Prótese de silicone fica muito caro e não sei os efeitos negativos deste procedimento, existe algum milagre? ou exercício? existe anabolizante a ser aplicado neste músculo que o faça desenvolver sem afetar os outros músculo, exemplo, que que a panturrilha inche e não o restante... por favor é importante..

titotito

post-69938-0-84542600-1384101498_thumb.j

Link para o post
Compartilhar em outros sites

eu tenho que concordar que tb acho panturrilha muito dificil de ganhar massa, mas eh importante saber que para panturrilha eh necessario fazer series com mais repeticoes... e tb tem uns cara (naum sei se eh o seu caso) que parece que vai sair voando de taum rapido que fazem o exercicio, panturrilha tb deve ser feito com bastante intensidade e concentracao...

e o melhor exercicio para volume eh o que vc faz de pe, pois o exercicio sentado trabalha akele musculo que sobe desde o calcanhar ate antes da coxa, esse musculo fica atras dakela "bolinha" da panturrilha...

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso depende da forma como se executa o exercício, é até meio óbvio, independente do anabol, se vc treinar peito intensamente e da forma correta ele vai crescer, se vc fizer o mesmo com a panturrilha ela tb vai crescer, a genética influência, mas o pensamento influência muito mais. Pelo menos é o que eu acredito.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em 2002-11-20 06:51, gabrielprotein escreveu:

Querem saber como engrossar a batata da perna? É simples: faça menos repetições com mais sobrecarga, pois esta promove maior tensão no músculo fazendo com que ele aumente de volume. Por exemplo: duas séries de seis com muito peso e alta intensidade, claro.

INTENSIDADE ...

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
  • Conteúdo similar

    • Por Luan Viana
      Ajustar a máquina de modo a possibilitar a execução com amplitude máxima; Entrar na máquina com os joelhos flexionados; Posicionar os pés de modo neutro; Esticar os joelhos e bloqueá-los; Manter o abdome contraído e o tronco estabilizado durante todo o movimento; Alongar a panturrilha lá embaixo e subir com a contração máxima lá em cima.
    • Por Luan Viana
      Utilizar um step, um caixote ou uma superfície mais alta (como por exemplo o degrau de uma escada); Apoiar a ponta de um dos pés no suporte (terço final do pé) e cruzar a outra perna; Alongar ao máximo que conseguir a panturrilha para baixo; Contrair ao máximo que conseguir a panturrilha para cima; Manter o joelho estendido (encaixado ou bloqueado) ou levemente flexionado durante todo o movimento.
    • Por Marcelo Câmara
      É difícil hipertrofiar as panturrilhas?
      Muitas vezes, nos ambientes esportivos e, principalmente, nos ginásios de musculação, muito se escuta sobre a difícil missão de hipertrofiar o tríceps sural (panturrilhas), ou o chamado, ponto de equilíbrio, no meu caso.
      É realmente tão difícil assim conquistar um belo e forte par de panturrilhas? E por que essa missão é tão difícil?
      Bom, para entender um pouco sobre isso, precisamos conhecer algumas características morfológicas desse grupamento muscular.
      Características das panturrilhas
      O tríceps sural é um grupamento muscular localizado na parte posterior da perna. Formado basicamente pelos músculos:
      Sóleo: com origem na parte superior da tíbia e inserção no calcanhar, através do tendão calcâneo (tendão de Aquiles) e; Gastrocnêmios (porção lateral e medial): com suas origens nos côndilos femorais, lateral e medial, respectivamente; Tendão de aquiles: formado pela união dos gastrocnêmios com o sóleo. O músculo sóleo é monoarticular, atuando somente na articulação do tornozelo, produzindo o movimento de flexão plantar. 
      Os gastrocnêmios são biarticulares, atuando tanto na articulação dos joelhos, como flexores e na articulação do calcanhar, e, também como flexor plantar. 
      O músculo sóleo é composto em média por 80% (oitenta por cento) de fibras tipo I (mais resistentes), e os gastrocnêmios composto em média por 50% (cinquenta por cento) de fibras do tipo I, e 50% (cinquenta por cento) de fibras do  tipo II (menos resistentes e mais voltadas à produção de força).
      Treino para ter a panturrilha dos sonhos
      Saindo um pouco dessas terminologias, vamos aos treinos! 
      1° Treine com mais frequência
      Esse grupamento muscular tem por característica, a rápida recuperação, devido à maior presença de fibras do tipo I.
      2° Utilize variações de exercícios
      Faça exercícios com os joelhos estendidos e flexionados. Como vimos anteriormente, os gastrocnêmios cruzam a articulação dos joelhos, portanto, quando estendidos, eles serão mais recrutados. Com os joelhos flexionados, são mais exigidos os sóleos, devido à insuficiência ativa dos gastrocnêmios.
      3° Inicie seu programa de treino pelas panturrilhas
      Ao iniciar seu treino pela musculatura priorizada, fará você ter um maior aproveitamento do descanso e também do glicogênio muscular.
      4° Priorize sempre uma boa execução
      Utilize o máximo de amplitude, aproveitando ao máximo cada movimento concêntrico e excêntrico, sinta sua musculatura trabalhar.
      5° Treine mobilidade e flexibilidade
      Ao melhoramos nossa mobilidade e nossa flexibilidade, potencializamos o máximo de nosso exercício, aumentando o alongamento e contração (amplitude maior do movimento).
      6° Procure variar as posições dos pés
      Muitos bodybuilders da Golden acreditavam que variar a posição dos pés auxiliava na hipertrofia, e isso é verdade. A variação dos pés na execução dos exercícios de flexão plantar pode estimular e recrutar porções diferentes dos gastrocnêmios (cabeça lateral e medial). 
      Um estudo com 22 (vinte e duas) pessoas mostra que a execução com os pés para fora aumentam os estímulos de contração da cabeça medial em 8,4% (oito vírgula quatro por cento). 
      Com os pés para dentro, há maior estímulo na porção lateral, em 9,1% (nove vírgula um por cento). 
      Com as pontas dos pés posicionados para frente (posição neutra), há estímulo  dos gastrocnêmios quase que de forma igual ou uniforme.
      Conclusão
      Vale ressaltar que esse grupamento muscular, além da questão estética, é fundamental para as atividades físicas e também para as atividades da vida diária. Panturrilhas fortes e desenvolvidas também são sinal de saúde e independência funcional.
      Procure sempre um profissional de EDUCAÇÃO FÍSICA competente e bons treinos.
      Referências:
      1. Hébert-Losier, Kim; Schneiders, Anthony G.; García, José A.; Sullivan, S. John; Simoneau, Guy G. Journal of Strength and Conditioning Research: November 2012 - Volume 26 - Issue 11 - p 3124-3133 doi: 10.1519/JSC.0b013e31824435cf.
      2. João Pedro Nunes1, Bruna D. V. Costa1, Witalo Kassiano1, Gabriel Kunevaliki1, Pâmela Castro-eSouza1, André L. F. Rodacki2, Leonardo S. Fortes3, Edilson S. Cyrino1Physical Education and Sport Center. Londrina State University, Brazil.
      3. Riemann, Bryan L; Limbaugh, G Ken; Eitner, Jayme D; LeFavi, Robert G Journal of Strength and Conditioning Research: March 2011 - Volume 25 - Issue 3 - p 634-639 doi: 10.1519/JSC.0b013e3181cc22b8.
      4. Michael Cibulka, PT, DPT, MHS, OCS, FAPTA,corresponding author1 April Wenthe, DPT,1 Zach Boyle, DPT, CSCS,1 Dylan Callier, DPT,1 Adam Schwerdt, DPT,1 Deidra Jarman, DPT,1 and Michael J Strube, PhD2 Int J Sports Phys Ther. 2017 Apr.
      5. Lima SCI; Caierão QMI; Durigan JLQI; Schwarzenbeck AII Brazilian Journal of Physical Therapy Print version ISSN 1413-3555On-line version ISSN 1809-9246. 
    • Por japo.
      bom,não sei ao certo em que area postar,entao postei aqui. ;;POKAPOAKSOPK qualquer coisa o modera move.
      sim,vamos ao assunto.
      sou meio leigo em relação a isso,mas aí vai. ;;
      treino muay thai e faço musculação,intercalando os dois,um dia thai e outro dia musculação.
      no thai,quando eu to no aquecimento,quando começo a dar aquelas corridinhas,não só no muay thai,mas quando dou uma caminhada por um tempo longo ou ate mesmo um cooperzinho ;; ae minha panturrilha fica doendo,como se uma pessoa viesse e dado um tustão ( tipo,levado uma pancada ) um fisgão,essas coisas. ;;
      existe algo que possa passar,treinar fazer algo pra evitar essa dor?

      vlw!
      ps.: pesquisei,mas nao encontrei ao certo o que estava procurando. ;; vi que GELOL,SALOMPAS era bom pra isso,passar antes de começar a caminha,treino etc.
×
×
  • Criar novo...