Jump to content
Sign in to follow this  
soltinho10

Albumina e flatulência

Rate this topic

Recommended Posts

Albumina irá ajudar a preservar a massa magra e evitar o catabolismo (degradação de proteínas).

A Ciência tem mostrado que a Carnitina traz diversos benefícios, porém num estudo recente de Decombaz e Vukovich, a suplementação com carnitina não trouxe benefícios sobre a oxidação de gordura. E isso pode ser confirmado pelo pessoal que já a usou e não notou resultados.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fala aí brother,

Tudo vai depender da quantidade de gordura você quer perder, se quiser perder só um pouco vale muito mais apenas cortar as gorduras, açucares e frituras, do que comprar suplementos. Aliás uma boa alimentação é muito mais barato.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só uma coisa, para que se quebre gordura, consequentemente perdendo massa gorda, a questão básica é estar em déficit calórico, ou seja, gastar mais energia do que se consome.

Uma dieta balanceada aliada a exercícios é o suficiente.

Para maximizar a queima de gordura, o mais indicado é o uso de um termogênico mesmo. Eu recomendo o dyma-burn. Lógico que com todas as recomendações que a gente ta cansado de ler aqui no forum...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Albumina

O que é a albumina? A albumina é classificada, quimicamente, como holoprotéico. Holoprotéico, por sua vez, nada mais é que uma proteína formada unicamente pela condensação de aminoácidos. Em outras palavras, vários aminoácidos ligados uns aos outros formam a proteína chamada albumina. A albumina constitui a quase totalidade da clara do ovo, está presente no leite (lactobumina) e no plasma sangüíneo. Por ser uma proteína abundante na natureza, com excelentes qualidades nutricionais, a albumina da clara de ovo é usada como referência dietética para outros tipos de proteína usadas na alimentação. Isto significa que para se saber se uma determinada proteína possui as qualidades ideais de aminoácidos, toma-se por base comparativa as quantidades dos aminoácidos constituintes de albumina de clara do ovo. Como é processada a albumina em pó? As claras dos ovos são pasteurizadas por processo de alta temperatura e desidratadas por meio de evaporadores. No processo de pasteurização, a ativina-responsável pela degradação da biotina (vitamina do complexo :) no trato intestinal - é desnaturada e inativa. As várias bactérias, mofos, leveduras e bacilos patogênicos que porventura existem na clara do ovo são eliminados. Este produto pode ser usado com total segurança no seu estado natural. Como conservar a albumina? A albumina é facilmente conservada! Qualquer pessoa sabe como utilizar leite em pó, pois bem, os cuidados que se deve ter com a albumina são os mesmos. não se colocar a mão diretamente na produto, já que as mãos exalam suor e podem estar com bactérias. após aberta a embalagem (que é fechada a vácuo), a albumina deve ser colocada em um vasilhame bem fechado, guardado em lugar seco e arejado. De preferência, ao abrigo da luz solar. não usar colher suja ou molhada para lidar com o produto. Assim, a albumina em pó se conservará sempre fresca ! Qual a validade da albumina? Deve-se observar o selo adesivo da embalagem. Após aberta, a albumina deve ser utilizada num prazo de três meses. Nesse período são conservadas suas melhores qualidades nutritivas. A albumina é um produto natural? Sim! A albumina não possui conservantes, corantes ou aromatizantes de espécie nenhuma. Sua embalagem é feita de material plástico espesso e transparente (para que se ver o estado do produto). Quais as características da albumina? A albumina se constitui na melhor proteína do mercado nacional, tanto pelas características próprias quanto pela pureza, com a adicional vantagem do preço. Seguramente, é uma das opções mais econômicas para se fazer uma dieta de qualidade. Pode ser usada fora ou dentro de temporadas de competições. Para quem trabalha, é a maneira mais inteligente e prática de fazer suas refeições. A albumina em pó apresenta cor branca perolada e odor característico de clara de ovo. Depois de preparada, o gosto é da clara de ovo natural. Pode obter o sabor e o aroma desejado quando usada com outro alimento, como frutas ou algum extrato.

Share this post


Link to post
Share on other sites

e ae galera...

seguinte....to seguindo uma alimentação regrada....suplementação legal com whey+malto....glutamina ...creatina e ALBUMINA....

o problema eh q a albumina com seus "gases colaterais" tah fod*...

jah tentei de td pra amenizar...colocar canela e td mais...mas isso naum passa....

alem de gases bem fedidos eu fico com o estomago meio inchado...

tem alguma solução pra isso???

pq c naum tiver nada alem da canela to vendo q vo ter q abandonar a albumina...pq tah dificil....eu naum ligo pra gosto nem nada...o problema saum os efeitos...=/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Algumas pessoas com claras de ovo costuma não ter essas flatulências.

Caso isso não resolver seria a opção optar por outras fontes de proteína como atum, sardinha, frango, peito de peru, presunto de peru, ricota, cottage, peixe e tals.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A flatulência é muito comum numa dieta com grandes qtdades de proteina,entao se vc pretende continuar com musculação vai ter q se acostumar.

Vc já tentou DIMETICONA?Vai na farmacia e compra,mas compra genrico,pq o LUFTAL por exemplo é uns R$11,00 e a dimeticona generica é uns R$4,00 a 5,00 .

Share this post


Link to post
Share on other sites
A flatulência é muito comum numa dieta com grandes qtdades de proteina,entao se vc pretende continuar com musculação vai ter q se acostumar.

Vc já tentou DIMETICONA?Vai na farmacia e compra,mas compra genrico,pq o LUFTAL por exemplo é uns R$11,00 e a dimeticona generica é uns R$4,00 a 5,00 .

eu sempre tive uma alimentação rica em proteinas e nunca enfrentei tantos problemas como agora....sendo q recentemente inclui a albumina pq antes tomava apenas whey mesmo....

uma boa proteina para substituição da albumina seria a caseina certo?

q suplementos que eu posso encontrar a base de caseina existentes aqui no brasil alem do muscle milk???

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu sempre tive uma alimentação rica em proteinas e nunca enfrentei tantos problemas como agora....sendo q recentemente inclui a albumina pq antes tomava apenas whey mesmo....

uma boa proteina para substituição da albumina seria a caseina certo?

q suplementos que eu posso encontrar a base de caseina existentes aqui no brasil alem do muscle milk???

Sim a caseína é uma boa opção para a substituição da albumina, pois é uma proteina de lenta absorção.

Existem alguns suplementos a base de caseína como o Muscle Milk, Casein Protein da Optimum, Micellar e Evopro, único problema é o preço que é bem mais caro que albumina.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim a caseína é uma boa opção para a substituição da albumina, pois é uma proteina de lenta absorção.

Existem alguns suplementos a base de caseína como o Muscle Milk, Casein Protein da Optimum, Micellar e Evopro, único problema é o preço que é bem mais caro que albumina.

Shake Best 4U

http://www.corpoperfeito.com.br/produto ... Bio_Target

Whey NO2 Micellar

http://www.corpoperfeito.com.br/produto ... 900g_Probiótica

vc acha algum desses dois interessantes ou o custo beneficio de se comprar o Casein Protein da Optimum eh melhor????

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse Whey NO2 Micellar - Protein Time Release parece ser legal, mas parece que tem mais whey protein do que caseína, já o casein protein da optimum é caseína pura.

Já esse Shake Best 4U eu não confio, além de que não fala nada de caseína, somente contém leite que tem uma quantidade baixa de caseína.

Mas se tiver condições financeiras o Muscle Milk é TOP, além de ter caseína, whey e tals ele contém gorduras MCT´s, de uma pesquisada no forum q vc encontra mais a respeito dessa gordura.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Esse Whey NO2 Micellar - Protein Time Release parece ser legal, mas parece que tem mais whey protein do que caseína, já o casein protein da optimum é caseína pura.

Já esse Shake Best 4U eu não confio, além de que não fala nada de caseína, somente contém leite que tem uma quantidade baixa de caseína.

Mas se tiver condições financeiras o Muscle Milk é TOP, além de ter caseína, whey e tals ele contém gorduras MCT´s, de uma pesquisada no forum q vc encontra mais a respeito dessa gordura.

realmente o Muscle Milk eh bem carinho....

a unica forma de importar para se tornar um pouco mais acessivel seria pelo bodybuilding.com ??? ou tem otras maneiras???...

vc acha q valeria a pena importar ele?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • By sh3ldow
      I aee galera
      po so novo no forum..gostei de mais..a galera ajuda msm um ao outro!!

      Entao tenho 1,90 m , 74 kg to mt magro

      malho a 1 meis só..e axo q auemntei um pokim minha massa muscular..
      mais n to nd satisfeito..
      bem eu n manjo nd ne..ai comprei uma albumina comprimido da midway...e megagym corpo.. ajuda em algo esses negocio q comprei?

      a e me da algumas dicas ai em oq comprar..q n seje mt caro tb ne
      tava pensando em compra hiper calorico ou whey protein..eh baum msm?
      abraço galeraaaa bom dia aeee
    • By fisiculturismo
      A abumina é uma das melhores e mais baratas fontes de proteína que você pode inserir na sua dieta. E isso não é uma novidade. O motivo é simples. Na realidade, muitas pessoas se equivocam na ortografia da palavra albumina, digitando abumina, ou até mesmo pensando que se trata da nomenclatura correta para a clara de ovo desidratada.
      Durante muitos anos a albumina tem sido utilizada na suplementação alimentar dos atletas de fisiculturismo ou de pessoas que buscam ganhar mais massa muscular, por ser uma fonte de proteína de excelente qualidade e muito barata. 
      Antes mesmo de a proteína do soro do leite (whey protein) despontar como a mais consumida na via da suplementação, a albumina conquistou espaço em substituição à prática do consumo de claras de ovos cruas (com ou sem as gemas), o que era comum nas dietas dos fisiculturistas da época do Arnold Schwarzenegger e do ator Sylvester Stallone, nos anos 70 e 80.

      Por ser bem intragável o consumo de ovos crus, e por existir o risco de infecção intestinal com bactérias, principalmente salmonelas, a abumina, quer dizer, albumina, que é um pó que pode ser misturado em diversos tipos de líquidos para consumo (água, leite, sucos e etc), era uma opção muito mais interessante para o aumento mais prático do consumo de proteínas na dieta.
      Ainda que mais prático o consumo da clara de ovo desidratada e menos intragável que o consumo do ovo cru, o seu gosto não é muito agradável e é bem conhecido o efeito colateral dos gases intestinais, provocando flatulências ou peidos bem mal cheirosos ou fedidos.
      Atualmente, grande parte dos nutricionistas tem recomendado o consumo de ovos inteiros (clara e gema) em vez do consumo das claras apenas, por conterem as gemas proteínas, vitaminas e gorduras boas. E pelo fato de a gema do ovo não aumentar o colesterol ruim. Aliás, o ovo é considerado um dos melhores alimentos do mundo por vários nutrólogos.
      Portanto, se você ainda chama a albumina de abumina, já pode utilizar a nomenclatura correta. E agora, você também já sabe que comer os ovos inteiros é muito melhor do que comer apenas a clara do ovo, desidratada ou não. Saiba mais sobre os dados de referência do consumo de ovos inteiros versus o consumo de clara do ovo ou albumina apenas em nossa postagem abaixo:
       

    • By _TST_
      Eu fiz algumas pesquisar sobre o ovo e tive como conclusao q um bom alimento tirando o tal do colesterol, e queria saber uma coisa tipo eu nunca tive problemas d colesterol c começar a comer vamos supor uns 4 ovos por semana ah grande riscos d eu ter?? alguem sabe me dizer algo a respeito??
    • By night
      Fala galera, vo te que comeca a acaba com os ovos de casa agora ueahuehuehueha
      qtos claras de ovos ao acordar e antes de durmir devo tomar?
    • By Bodyboarder
      Há muito tempo, o conhecimento popular identificou o grande valor nutritivo dos ovos. A sua fácil digestão, a confirmação de suas qualidades nutricionais e o baixo preço fizeram com que os ovos fossem empregados habitualmente na alimentação de pessoas de todas as idades.
      Mesmo quando ingeridos inteiros, o conteúdo calórico relativamente baixo dos ovos, semelhante ao da carne magra, justifica o seu emprego na alimentação de pessoas obesas. Quando apenas as claras são utilizadas, o conteúdo calórico passa a ser extremamente baixo, embora o valor nutritivo diminua muito.

      Mais de 70% do peso de um ovo é água, sendo que no caso da clara isolada o conteúdo é quase 90%. Um ovo apresenta em média 81,5 calorias. Os ovos são excelente fonte de proteínas de alta qualidade. Cada ovo inteiro apresenta 7 gramas de proteínas, sendo aproximadamente 4 gramas na clara e 3 gramas na gema.

      A gordura da gema dos ovos é insaturada, apresentando efeitos protetores com relação à artereosclerose . Por outro lado, na gema existe o colesterol, cuja influência na arterogênese será discutida posteriormente.

      Carboidratos e fibras não participam da composição dos ovos, ilustrando a importância da variedade de alimentos para uma boa nutrição. As vitaminas liposolúveis A, D, E e K estão presentes em grandes quantidades nos ovos, assim como as vitaminas do complexo B, incluindo a B12. A vitamina C não está presente nos ovos. Com relação aos minerais e eletrólitos, os ovos são pobres em cálcio, mas excelente fonte de fósforo, ferro e magnésio. O sódio e potássio encontram-se em boas quantidades, principalmente na clara.

      O consumo de ovos, às vezes, é criticado com o argumento de que o colesterol presente na gema pode ser prejudicial à saúde, estimulando a artereosclerose. Alguns aspectos devem ser esclarecidos. Quantidades de colesterol no sangue acima de 220mg% estão estatisticamente relacionadas com a maior incidência de artereosclerose. O colesterol, no entanto, tem funções tão importantes, que o organismo possui um complexo sistema de síntese desta substância. Entre a funções do colesterol está a síntese de testosterona, o hormônio anabolizante natural do organismo, que é estimulado pelos exercícios com pesos. Quando aumenta a ingestão de colesterol na alimentação, o organismo diminui a síntese, regulando as quantidades no sangue.

      Pessoas geneticamente predispostas à artereosclerose apresentam síntese aumentada de colesterol e, mesmo sem a ingestão, apresentam altos níveis sanguíneos dessa substância. Além da predisposição genética, outros fatores aumentam o risco da artereosclerose e suas conseqüências. Tal é o caso do consumo de gorduras saturadas (o colesterol não é uma gordura e as gorduras dos ovos são insaturadas) da hipertensão arterial, do fumo, do stress emocional do uso de anabolizantes esteróides e anti-concepcionais. Para adotar uma conduta prática para a ingestão de ovos inteiros, sem procupações com todos os aspectos teóricos da arterogênese, só existe uma maneira: a dosagem do colesterol no sangue. Desde que os níveis de colesterol se mantenham abaixo de 220mg%, não há limites justificáveis para a ingestão de ovos inteiros.

      O consumo das claras dos ovos, isoladamente, só se justifica quando as pessoas apresentam níveis elevados de colesterol no sangue, e nos curtos períodos de dieta para a redução máxima da gordura corporal. Por várias razões, as claras nunca devem ser ingeridas sem cozimento, o que também se aplica para as gemas. Um dos motivos para o cozimento é a eliminação de salmonelas, micro-organismos que, com alguma freqüência, contaminam os ovos e podem causar diarréias graves, às vezes fatais. Outra razão é a inativação de fatores inibidores da atividade da tripsina, presentes nos ovos crus. A tripsina é uma enzima proteolítica produzida no pâncreas, e sua inibição pode levar à absorção de proteínas mal digeridas, produzindo efeitos indesejáveis como alergias, diarréia e o que é mais importante para atletas, a perda de proteínas do sangue pela urina, levando ao balanço nitrogenado negativo e perda de massa muscular. O cozimento também inativa a avidina dos ovos crus, que é um inibidor da biotina, importante vitamina do complexo B. Este efeito benéfico do cozimento é apenas adicional, visto que a avidina ingerida ativa dificilmente levaria à uma deficiência de biotina, presente na gema e em outros alimentos.

      Como vimos, os ovos constituem em excelente alimento para todas as pessoas, em particular para esportista e atletas.

      Matéria por Prof. José Maria Santarém - extraída da Revista Muscle in Form Edição 4/96.
×
×
  • Create New...