Jump to content
Sign in to follow this  
beeek

Colesterol dos ovos "NÃO" oferece riscos à saúde,

Rate this topic

Recommended Posts

Um estudo realizado por pesquisadores britânicos chegou à conclusão de que, ao contrário do que diz a crença popular, o consumo de ovos não provoca um aumento excessivo de colesterol, nem causa riscos de infarto.

O relatório elaborado por dois especialistas da universidade inglesa de Surrey confirmou que o verdadeiro perigo para o colesterol está na gordura saturada.

Segundo a crença popular, a presença deste elemento na gema seria a causa do aumento do nível de colesterol no sangue.

Além disso, mais de 40% dos britânicos acreditam que deve-se comer, no máximo, três ovos por semana, para prevenir problemas de saúde.

Entretanto, os pesquisadores concluíram que o efeito do colesterol presente nos ovos é insignificante do ponto de vista clínico.

No estudo, os cientistas constataram que apenas um terço do colesterol sanguíneo se origina na dieta.

Os ingleses ainda afirmaram que os outros fatores que aumentam os níveis de gordura no sangue - e o risco de infarto - são o fumo, o sedentarismo e a obesidade.

"Deve-se corrigir este erro enraizado que vincula o consumo de ovos ao alto colesterol no sangue", disse o professor Bruce Griffin.

"A quantidade de gorduras saturadas na dieta exerce um efeito no colesterol sanguíneo que é muito maior que a relativamente pequena quantidade de colesterol dos ovos", acrescentou.

Griffin também garantiu que as pessoas não precisam limitar o consumo deste alimento.

"As pessoas não devem fazer limitações do consumo de ovos. Elas podem até ser encorajadas a incluí-los em uma dieta saudável, já que são altamente nutritivos", disse.

Fonte: EFE - Agência EFE

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na verdade esse estudo ja é antigo, e realmente ovos (no bom sentindo, os de galinha rs) nao faz mal a saude muito pelo contrario. Existem algumas tribos na africa onde os seus integrantes tomam com muita frequencia ovos de Avestruz como se estivessem tomando uma cocacola de 2 litros se fizesse mal eles ja estariam mortos (estou falando de tribos nao de africanos que passam extrema fome como na etiopia).

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest sgtmlg
Certamente que não. Ovos são parte dos melhores alimentos que existe.

É fica comendo gema direto pra ver a maravilha que vai ser.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest

Não é bem assim não...CUIDADO COM AS PALAVRAS.

Abs,

Júnior.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quanto ao colesterol pode ser que uma ou duas gemas diárias não sejam significantes, como dizem as novas pesquisas, mas e a gordura presente nela? Na clara encontra-se a maior parte das proteínas, a gema tb tem proteína, mas tb tem bem mais gordura, que não é tão desejável em algumas dietas.

Assim, tirar as gemas e comer só as claras ainda é justificável pra não adquirir mta gordura.

To errado?

abç

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oiii gente!

Não só o ovo, mas tudo que for consumido em excesso faz mal. O ovo tem sim, na gema principalmente, gordura saturada que faz mal e causa um monte de problema, só que o consumo do ovo relaciona-se mais com o colesterol devido a sua forma de preparo, o correto é comé-los cozidos na água e não fritos no óleo ou na manteiga. O maior problema é a palatibilidade mesmo, é muito mais saboroso um ovo frito..hehehe

E essa é uma das características do lipídio dá o "sabor" ao alimento.

Uma alimentação saudável segundo a OMS deve conter frutas, verduras e legumes, leite e derivados, carnes ou OVOS e leguminosas.

Abraçosss!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest sgtmlg

2 Ovos (inteiros) por semana é o suficiente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • By _TST_
      Eu fiz algumas pesquisar sobre o ovo e tive como conclusao q um bom alimento tirando o tal do colesterol, e queria saber uma coisa tipo eu nunca tive problemas d colesterol c começar a comer vamos supor uns 4 ovos por semana ah grande riscos d eu ter?? alguem sabe me dizer algo a respeito??
    • By Alisson Kalel Cotta
      Pessoas que consomem 18 gramas de proteína de ovos inteiros ou de clara de ovo depois de se exercitarem tem diferença na forma como seus músculos se regeneram, um processo chamado síntese proteica, relatam pesquisadores em um estudo. Especificamente, a resposta de recuperação muscular naqueles que comem ovos inteiros é 40% maior do que naqueles que consomem uma quantidade equivalente de proteína somente das claras, segundo a equipe.
      A descoberta, publicada no American Journal of Clinical Nutrition, sugere que a prática generalizada de jogar fora as gemas para maximizar a ingestão de proteína dos ovos é contraproducente, disse Nicholas Burd, professor de cinesiologia e saúde da Universidade de Illinois que liderou o estudo.
      As gemas também contêm proteínas, juntamente com os principais nutrientes e outros componentes nutricionais que não estão presentes nas claras de ovos. E algo nas gemas está aumentando a capacidade do corpo de utilizar essa proteína nos músculos.
      “Este estudo sugere que comer proteína dentro de sua matriz alimentar mais natural tende a ser mais benéfico para os nossos músculos, em oposição à obtenção de proteína de fontes isoladas de proteína”, disse ele.
      No estudo, 10 homens jovens realizaram um único exercício de resistência e depois comeram ovos inteiros ou claras contendo 18 gramas de proteína. Os pesquisadores administraram infusões de leucina e fenilalanina marcadas com isótopos estáveis (dois importantes aminoácidos) para os participantes. Isso permitiu aos cientistas manter e medir com precisão os níveis de aminoácidos no sangue e nos músculos dos participantes. Isso permitiu um rastreamento preciso de onde os aminoácidos derivados dos alimentos acabaram depois que os participantes os ingeriram.
      A equipe levou amostras repetidas de sangue e biópsia muscular para avaliar como os aminoácidos derivados do ovo estavam aparecendo no sangue e na síntese protéica nos músculos antes e depois do exercício de resistência e da alimentação.
      “Ao usar esses ovos marcados, vimos que se você comeu o ovo inteiro ou as claras, a mesma quantidade de aminoácidos ficou disponível no sangue”, disse Burd. “Em cada caso, cerca de 60 a 70 por cento dos aminoácidos estavam disponíveis no sangue para construir músculos. Isso sugere que obter a proteína de ovos inteiros ou apenas dos brancos não faz diferença, como a quantidade de aminoácidos na dieta”.
      Mas quando os pesquisadores mediram diretamente a síntese de proteínas no músculo, eles encontraram uma resposta muito diferente.
      “Vimos que a ingestão de ovos inteiros imediatamente após o exercício de resistência resultou em maior síntese de proteína muscular do que a ingestão de claras de ovos”, disse Burd.
      Estudos anteriores sugerem que essa diferença não tem nada a ver com a diferença no conteúdo energético de ovos inteiros e claras de ovos – ovos inteiros contendo 18 gramas de proteína também contêm cerca de 17 gramas de gordura, enquanto as claras não têm gordura. Estudos do laboratório de Burd e outros mostram que simplesmente adicionar gordura a uma fonte de proteína isolada na dieta após o exercício não aumenta a síntese de proteínas.
      “Há muita ênfase na nutrição proteica na sociedade moderna, e pesquisas mostram que precisamos de mais proteína na dieta do que pensávamos para manter a saúde”, disse Burd. “À medida que a população mundial cresce, precisamos de estratégias econômicas e sustentáveis para melhorar o uso de proteínas na dieta. Este trabalho mostra que consumir proteína de ovo em sua matriz natural tem um benefício muito maior do que obter proteína isolada da mesma fonte. ”
      Fonte: Stephan van Vliet, Evan L Shy, Sidney Abou Sawan, Joseph W Beals, Daniel WD West, Sarah K Skinner, Alexander V Ulanov, Zhong Li, Scott A Paluska, Carl M Parsons, Daniel R Moore, Nicholas A Burd. Consumption of whole eggs promotes greater stimulation of postexercise muscle protein synthesis than consumption of isonitrogenous amounts of egg whites in young men. The American Journal of Clinical Nutrition, 2017; 106 (6): 1401 DOI: 10.3945/ajcn.117.159855
      https://nutrindoideias.com/musculacao/hipertrofia/ovo-inteiro-ganho-de-massa-muscular/
    • By Davii78
      No momento estou sem dinheiro para comprar um whey protein, e a proteína mais acessivel pra mim é o ovo. Tava pesquisando e tinha muito site falando que ovo era bom no pós-treino, mas quando eu pesquisava sobre albumina no pós-treino o pessoal não aconselhava, então se ovo é albumina eu não devo consumir ele no pós treino, ou posso?
      OBS: Vou consumir o carboidrato também
    • By Mertod
      Finalmente encontrei um lugar onde vende aquela clara pasteurizada da Maxxi Ovos. A embalagem é de 1kg, mas nela diz que tem que ser consumida em até 1 dia depois de aberta. Qual a experiência de vocês com isso, dá pra aguentar mais de 1 dia aberta na geladeira? Tem como congelar? Ou não tem jeito, é consumir tudo em 24h mesmo?
×
×
  • Create New...