Carregando...
Ir para conteúdo

Crescimento de adolescente e musculação

Avalie este tópico:


Post Destacado

Para vocês que tem muito tempo de fórum , há algum problema um adolescente de 16 anos , malhar pesado ,para meu professor não há nenhum problema ele fala que tudo isso de não crescer é uma bobagem , mas eu estou muito preucupado com isso , mas ao mesmo tempo eu adoro malhar, é praticamente o melhor esporte para mim , entretanto eu sou muito baixo , minha familia inteira é , eu estou em dúvida eu to querendo parar de malhar , minha nutricionista esportiva diz que malhar pesado pode me fazer parar de crescer , ele reclamo eu estava pegando muito pesado, ja meu professor da academia ,que é meu parcerão que me dá aula desde a 4° série 5° ano , me dá maior força pra eu malhar ,independente , ela fala que eu tenho que "evoluir" nos pesos...

Não sei oque fazer...

minha ficha é

Altura:1.57

peso:52 kg

idade:16 para 17 anos

Tempo de treino: desde os 15 anos (1 ano e 7 meses)

Eu ja fui em todos os médicos e todos dizem que meu crescimento está normal, meu pai mede 1.76 e minha mãe 1.57 , minha nutricionista esportiva , fez uma estimativa da minha altura , e ela diz que eu devo ficar entre 1.70 e 1,73...

Me Dêem uma luz

ou para curtir

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo oque eu li ae eu to muito fora do padrão to chegando a pegar 8kg no biceps...

Vou diminuir , a carga...

Peso é relativo cara. 8Kg pra vc pode ser o limite pra fazer 8 repetições e pra outra pessoa da mesma idade, peso, sexo, tempo de treino, somatotipo..... pode ser só o aquecimento.

A intensidade é o que precisa ser cuidado.

ou para curtir

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sua NUTRICIONISTA?? Ela não tem nossão do que esta falando, ela intende é de alimentação. Não tem a menor base de cinesiologia, biomecanica e treinamento pra tar falando isso.

Intensidade tem relação com o tanto de exercicio em um periodo de treinamento. Você pode fazer X séries em 1hora de academia, e o mesmo x em 40 minutos. No segundo caso o trainamento sera mais intenso.

ou para curtir

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara eu tava evoluindo legal nos exercicios , mas tive que parar de aumentar o peso, por causa da nutricionista esportiva, ela tambem cortou o Whey Protein , pois estava segundo ela fazendo sobrecarga renal , eu ja estava tomando WHEY po 4 meses , todos os dias...

Mas uma coisa que eu não intendo como levantar pesos altos pode atrapalhar no crescimento , até hoje as pessoas só falam , mas ninguem me diz como isso acontece, só falam que vai acabar com a minha coluna, fexar minha epifeses de crescimento...

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara ja fui em vários médicos, fiz exames de pulso, e todos falaram que musculação não faz parar de crescer, entrei na musc com 1,77 hj to com 1,80 e isso q meus pais sao menores que eu. Isso vai da genética.

Treina 110% por cento só toma cuidado pra não machucar, faz os exercícios certinhos, não abusa pondo peso demais que você não de conte.

ou para curtir

Link para o post
Compartilhar em outros sites

cara mas você malha pesado? Eu sei que musculação não faz parar de crescer , o caso é você levantar uma carga relativamente pesada o exercicio eu fasso direito certinho , meu professor as vezes até me ajudava no biceps pois eu tenho um braço mais forte que o outro então ele me ajudava no biceps unilateral só que eu pegava pesadão para mim , eu ia aumentando a carga , aí minha nutricionista falou pra eu diminuir a carga no biceps...

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Musculação para a criança e adolescente

Esse é o problema. Encontrar a justa medida no incentivo à atividade física das crianças e adolescentes que acabam ficando num "beco sem saída". Enquanto alguns pais passam dos limites exigindo de mais outros, levados pela enxurrada de informações sem bases científicas impedem seus filhos de praticar uma atividade que pode ser muito benéfica no desenvolvimento das habilidades motoras das tarefas cotidianas como é o caso da musculação.

A frase mais comum usada como álibi é: "a musculação não é boa para a criança nem pro adolescente porque causa impacto nas epífises dos ossos longos ocasionando a parada do crescimento". E tem gente que toma isso como verdade absoluta porque um dito importante "fulano de tal" falou. Uma informação passada de um para outro e não se sabe a origem. É bem verdade que até na literatura faltam mais trabalhos nesse sentido porém, as poucas não atestam essa afirmação e nem mesmo relatórios médicos.

Uma interessante monografia de conclusão de curso de Educação Física da Universidade de Londrina P.R. do professor Andrei Guilherme Lopes encontra-se publicado na Internet. O seu trabalho concluiu que o treinamento de força em crianças pré-púberes não causou alterações ou lesões epifisárias ósseas. Orientado pelo Professor Mestre Edson Scolin, foram selecionadas crianças pré-púberes, fase confirmadas por avaliações das pilosidades pubian.

Depois das declarações médicas como aptas ao exercício físico, e devidamente autorizadas pelos pais, fizeram exames radiológicos nas articulações do cotovelo e joelho direito. Em seguida passaram por um período de 4 semanas de adaptação ao treinamento e logo a seguir, 12 semanas de treinamento de força com 80% da carga máxima avaliada pelo teste de repetição máxima proposta na literatura por Roberts & Weider 1995.

Após esse período, as crianças repetiram as avaliações radiológicas seguindo os mesmos procedimentos iniciais. Comparados os resultados pré e pós-treinamento de força, ficou claro NÃO ter havido alterações das epífises dos ossos longos como "cantam aos quatro ventos" os do contra.

As pessoas que normalmente condenam a musculação para crianças e adolescentes, costumam alegar a questão do impacto biomecânico da atividade, sendo incoerentes nas próprias afirmações recomendando basquete, vôlei, saltos, entre outros esportes com tradicionalmente mais impacto vertical. Essas atividades realmente são sadias mas traduz-se numa afirmação sem lógica condenar a musculação. Qualquer criança normal corre, salta e arremessa e nem por isso deixam de crescer. O excesso, a orientação inadequada ou a falta de atividade é que são maléficos às crianças e adolescentes. Os segmentos do esqueleto possuem diferentes etapas de desenvolvimento assim como a liberação hormonal e o metabolismo é mais ou menos acelerado em casa fase. A atividade física na adolescência acelera o crescimento longitudinal, a espessura dos ossos, a liberação da testosterona e do hormônio de crescimento. Esses benefícios são mais evidentes com a musculação. Fato comprovado e mitos derrubados na literatura por Risso et all 1999, Weineck 1999 e Fleck & Kraemer 1999. As valências físicas, tais como força, condicionamento aeróbio e a flexibilidade são igualmente estimuladas quando orientadas por profissionais de Educação Física e incentivadas pelos pais, principalmente quando dão o exemplo.

Claro, não significa que agora as crianças e adolescentes possam sair por aí fazendo musculação de qualquer jeito e alguns critérios são estabelecidos a saber: em primeiro lugar avaliação médica. Estar física e psicologicamente preparadas. Os equipamentos devem ser adequados ao tamanho das crianças. Técnica de execução correta. Procedimento de segurança aplicado. Programa de força periodizado com evolução lenta, gradual e progressiva além de mesclado de forma equilibrada com outras atividades a fim de proporcionar maior oferta de movimentos e habilidades motoras.

Existe também uma orientação básica de evolução de treinamento de força por faixa etária: de 5 a 7 anos, deve prevalecer o domínio do peso do próprio corpo ou companheiro. De 8 a 10 anos a técnica de levantamentos deve ser priorizada. De 11 a 13 anos o peso deve ser aumentado de forma gradual com incremento da técnica correta inclusive ao montar e desmontar acessórios. Entre 14 e 15 anos o programa já pode ser mais avançado para aos 16 anos começar a ficar mais próximo dos adultos. É importante frisar que nenhuma etapa deve ser, por assim dizer, "queimada". Elas podem, caso a caso, até durar pouco, mas não ignoradas.

Enfim, musculação para criança e adolescente é mais um assunto cercado de falsas verdades fomentadas por falsos entendidos.

1. FLECK, Steven J. Fundamentos do Treinamento de Força Muscular - 2ª edição - Porto Alegre - R.S. - Editora Artes Médicas Sul Ltda - 1999;

2. LOPES, Andrei Guilherme. Possíveis alterações epifisárias em função do treinamento de força muscular em pré-púberes. Trabalho de conclusão de curso de Educação Física da Universidade Estadual de Londrina. Disponível no link "biblioteca virtual". Acesso em 10/09/2003;

3. MORAES, Luiz Carlos - A criança e o treinamento de força.

ou para curtir

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • fisiculturismo alterou o título para Crescimento de adolescente e musculação

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
  • Conteúdo Similar

    • Por Speed Max
      to iniciando aki no forum e naum sei praticamente nada e me cadastrei mais para obter informaçoes...vc poderia me ajudar?
      Queria saber qual o melhor metodo para eu crescer em altura...Queria chegar no minimo ao 1 m e 80...fiz 18 anos em novembro..tenho 1 e 72 de altura e peso 64 kg
      Faço natacao ha 6 anos e treino diariamente mas pelo visto naum cresci muito...to encucado com minha altura porque sou um dos mais baixos da equipe paulista e pq leva mta desvantagem no meu esporte...
      Ficarei grato com sua resposta...
      Obrigado
    • Por Ryuzaki L
      Galera me ajudem ai eu quero saber se da pra eu crescer 30 cm em 3 anos usando o GH e tambrm eu soube que se tomar gh com insulina aumenta o gh é verdade? Valeu
    • Por mirely silva
      Tenho 1,74 de altura sou considerada baixa ou alta?

    • Por Rafael Farias
      Seria possível o hormonio GH fazer um homem adulto com epífeses fechadas conseguir crescer entre 1~3 centímetros? Recentemente vi um relato de um amigo do fórum que é esse:
      "Em um adulto o GH nao funciona para crescer de altura, pois as epifises osseas ( local do osso onde se da o crescimento ) já estao cerradas, entao ocorre apenas um crescimento de no maximo 2 a 3 cm de altura com o uso dessa substancia que se da nos ossos longos, podendo ocorrer acromegalia, que é o crescimento do queixo, dos pés e das mãos."
      Procede mesmo esse relato? Já vi pessoas dizendo que teve colega/amigo que "cresceu" 4 centímetros pelo fato de ter baixa densidade óssea, mesmo com as cartilagens fechadas. Seria possível? Grato pelas respostas!
    • Por Tiskate
      Boas,gostava de saber quais os melhores exercicios para aumento de estatura. Estou com 1.76 e gostava de ir ate 1.85,peso 66.5 kg e tenho 17 anos gostaria que me ajudassem
×
×
  • Criar novo...