Ir para conteúdo
o_igor

Glucosamina e condroitina realmente recuperam as articulações e cartilagens?

Avalie este tópico:

Post Destacado

Após algumas pesquisas e conversas com pessoas em recuperarão de lesões, vi que esse “suplemento” parece estar sendo o bam-bam-bam do momento em termos de recuperação de articulações em especial cartilagens, percebi que alguns membros do fórum usam esse suplemento de forma preventiva, assim como fazem nos EUA. Como não achei algo específico em nosso fórum, resolvi abrir esse tópico para saber a opinião de vcs, vale realmente à pena usar de forma preventiva???? Se sim, como saber quando usar??? Quando aumentar as cargas ou somente quando sentir dores. É algo totalmente natural e sem contra indicações???

Qualquer opinião ou relato é bem vindo.

condroitina.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara também só escuto bons relatos sobre isso. Tem até na ração especial do meu cachorro.

Eu usaria ele quando você aumentar as cargas, se tiver dor, ou em cutting hard... Também to pensando em mandar vir um animal flex pelo bb pra mim..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

a maioria das pessoas q pensam em usar glucosamina estao em ciclos de aes ou algum ph, pq as vezes o aumento de força é bem insano, entao acontece muita lesao nesse periodo.. nao li muito sobre, mais depois me informo mais

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

poisé, mas tem gente que usa diariamente mesmo nao estando fazendo tao hardcore, mais pra prevnir msm, por exemplo no multivitaminico orange triad da CL. mas se quiser só gluco, cond e msm os melhores sao elastijoint(importado, o daqui é lixo) e o animal flex.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os daqui vem com anti inflamatórios juntos né. Tenho vários pacientes que usam, se não dizer todos.. Esqueci o nome do raio do remédio, mas tem uma concentração de 400mg...

Eu iria de animal flex ou esse outro que o oooooozaru comentou ai.

Bom mesmo pra manter as articulações legais é fazer um trabalho LEVE, preventivo, localizado e constante. Fazer um trabalho de flexibilidade em paralelo ao do treino com pesos e ao menor sinal de inflamação já tentar conte-la com gelo, géis anti inflamatórios e via oral no inicio da fase aguda.

Lembrando que a inflamação é um processo de defesa do organismo de maneira exagerada ou seja ela lesa muito mais do que ajuda e a cronicidade leva a mudança histológica do tecido original.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É realmente isso que quero saber, da possibilidade de usá-la preventivamente, pois tenho o joelho e o ombro fracos, por isso tenho um pouco de medo de pegar pesado, mas estou em uma fase do bulk em que ficam inviáveis cargas baixas, o treino está muito bom, aumentando bem as cargas, mas sempre pinta uma preocupação em relação a lesões.

Com esse foco até já encomendei um suple desses, da Jarrow: http://www.vitacost.com/Jarrow-Formulas ... n-plus-MSM

Se puderem dar uma olhada me falem ai se fiz merda! KKKKKKK

Pretendo usar preventivamente, mas tenho muitas dúvidas. Quanto tempo usar? Em que momentos do treino(só em Hard pesadão ou sempre que houver um aumento nas cargas)? Como o Oozaro disse tem gente que usa continuamente, mas será que é prudente?

No momento estou usando Shotgun no pré e creatina universal nos dias Off.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
parece ser bom, só o MSM achei baixo.

Valeu, já encomendei mesmo, então vou usá-lo pra ver.

Pensei em comprar, depois que esse Jarrow é o Opti-mem acaberem, aquele multivitamínico orange triad da CL, que vc falou, mas vou analisar a possibilidade de tomar uma dose menor por dia já que é só preventivo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
O trabalho preventivo leve que comentei é localizado e não esta dentro do treino em si.

Mas ninga, como seria esse trabalho? simultâneo com a musculação, no mesmo dia? E ele preveniria o desgaste das articulações?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

  • Conteúdo Similar

    • Por extremm
      por causa de uma escondilodiscopatia e duas hérnias na minha cervical, o ortopedista prescreveu um medicamento à base de glucosamina e condroitina, feitos em farmácia de manipulação. não perdi tempo e no buscapé encontrei suplementos com esses mesmos componentes (1/2 do preço e o dobro de cápsulas!!!). mas, na receita médica a glucosamina é de 400mg e a condroitina, 300mg. no joint max (devidamente encomendado, aguardando a entrega) da arnold, muda um pouco, 500 e 400mg, respectivamente. pergunto: se fiz merda ou é tudo a mesma coisa ou me dei muito bem?
      valeu!
    • Por Cabo Araujo
      Boa tarde, terminei um ciclo de cipionato de 8 semanas e estou fazendo TPC somente com tamoxifeno. Estou no oitavo dia tomando 40mg tsd, o problema é que estou com fortes dores nas articulações. Principalmente joelhos e ombros, estou sem treinar já tem 2 semanas. Nunca senti isso antes, sei que não exagerei nas cargas. Será que o uso de tamoxifeno 40mg pode ter causado isso, alguém pode me ajudar?
    • Por Toxi
      Deca, Stanozolol e suas articulações
      Separando fatos da ficção
      Eu estive de certa forma amaldiçoado por certas questões desde que eu comecei a ler sobre esteroides uma década atras. Certas ideias nunca encaixaram bem comigo...e infelizmente, quando eu fiz mais perguntas, eu somente recebi respostas parecidas. Quando eu fui apresentado ao mundo dos grupos de esteroides da internet cerca de meia década atras, eu fiz as mesmas perguntas aos "poderosos" dos grupos que eu era membro. Eu recebi muitas das mesmas respostas, mas as minhas mensagens privadas e e-mails aos moderadores e os staffs em vários grupos pedindo referencias ou algum tipo de lógica foram todas deixadas sem resposta. As vezes eu era avisado de que "isso é bem conhecido...etc..." e dito para parar de perguntar. Bem conhecido pra quem? Certamente não é bem conhecido pra mim.
      Um dos mais irritantes "fatos bem conhecidos" é o que Decanoato de Nandrolona (Deca) melhora e suaviza suas articulações por reter água nelas. E, vice versa, Stanozolol tem um efeito "reverso osmótico" nas suas articulações, que faz elas doerem quando você o usa, porque ele extrai água do seu corpo, incluindo as articulações. Reverso Osmótico? Wow...se nós usamos palavras realmente grandes, talvez pareceremos espertos e as pessoas irão parar de fazer perguntas. Eu acredito que este seja o dito mais encontrado em grupos de esteroides anabolizantes ,e provavelmente como os staffs nesses grupos começam suas orações noturnas...
      Minha primeira pista para resolver esse mistério é que Stanozolol é um derivado de DHT, assim como Masteron, e eu tenho um amigo que teve problemas de articulação quando usava ambos eles. Um pouco de pesquisa revelou que muitas pessoas dividem essa aflição. E é bem obvio que muitas pessoas que usaram Deca encontraram um alívio em problemas crônicos de articulação e dor. Eu sei que Deca é um esteroide derivado 19-nor, e também sei que é uma progestina, e por isso pode estimular o receptor de progesterona (15) cerca de 20% bem como a progesterona. Eu também sei que ela aromatiza (converte em estrogênio) em um nível muito menor que testosterona (16). Será que a resposta de alguma forma se encontra nos níveis de estrogênio? Bem, Deca realmente não aromatiza tanto, então talvez tenha uma sinergia entre a estimulação de progesterona da Deca e seu baixo efeito estrogênico?
      Nós certamente sabemos que a depleção de Estrogênio pode diminuir a densidade mineral óssea e a reposição de estrogênio rapidamente restaura a perda óssea (18). Além disso, nós sabemos que estrogênio é auxiliado nisso pela progesterona, porém estrogênio é mais importante (19). Colágeno também melhoraria pela adição de estrogênio e progesterona (20). Mas isso é tudo? Por que suas juntas "sentem" melhor com deca? E onde isso nos leva, em termos de que Stanozolol e Masteron causar dor nas articulações? Eu sempre achei que tinha algo mais além disso. E eu acho que a resposta se encontra em DHT.
      Veja, a administração de DHT é documentada por diminuir os níveis de estrogênio através de uma variedade dos mecanismos no tecido periférico (1). DHT inibe diretamente atividade estrogênica nos tecidos, ou agindo como um competitivo antagonista no receptor de estrogênio ou diminuindo a ligação do receptor de estrogênio. De qualquer jeito, esses são dois mecanismos claros da possibilidade de ação no tecido periférico.
      DHT e seus metabolitos têm ainda demonstrado inibir aromatização, e esse é um possível mecanismo onde pode reduzir os níveis circulantes de estrogênio no seu corpo. De fato, DHT, androsterona, e 5alpha-androstandiona são todos potentes inibidores da formação de estrona por androstandiona. Finalmente, DHT age no HPT para diminuir a secreção de gonadotropinas (ela à inibe). De fato, é tão potente em reduzir estrogênio que o gel transdérmico DHT aplicado na área afetada tem sido usado para tratar ginecomastia (5)(6). Estrogênio é o culpado primário em gineco (8), contudo nós sabemos que progesterona pode ser sinergista com estrogênio nesse (e outros) aspecto(s).
      DHT também tem um efeito negativo nas células de biossíntese de Progesterona (7), e ainda tem a capacidade de inibir a elevação de progesterona causada pelo estrogênio (10). Portanto DHT seria (e é) muito efetivo em reduzir gineco porque ele reduz ambos estrogênio bem como a progesterona. Essa propriedade tem com esteróides derivados do DHT, em sua maior parte, desde que Masteron foi observado em alguns casos em ter efeitos positivos em reduzir tumores no tecido mamário(9), que é essencialmente o que ginecomastia é (embora benigno). Você continua comigo? Bom, porque eu quero que você guarde essa primeira ideia (DHT reduz estrogênio e progesterona), e ponha isso na parte de trás da sua mente enquanto você lê essa próxima parte, que é sobre seu sistema imunológico.
      Células T auxiliares 1 (TH1) secretam citosinas pró-inflamatórias bem como promove respostas imunes mediada por células, enquanto que as células TH2 desencadeiam produção de anticorpos (2). Hormônios sexuais (tal como progesterona) que promove o desenvolvimento de uma resposta de TH2 também aparece para antagonizar o aparecimento de células TH1. Por isso, quando os níveis de progesterona (ou o receptor de progesterona, PgR) forem estimulados, você terá mais citosinas anti-inflamatórias flutuando e menos citosinas pro-inflamatórias. Aspirina, Tylenol, e todos os anti-inflamatórios de balcão também são úteis como analgésicos. Os efeitos anti-inflamatórios estão altamente ligados com a atividade analgésica. O que acontece quando mulheres com artrite engravidam? Elas apresentam uma típica redução de dor nas articulações. Isso, eu afirmo, é devido ao aumento do estrogênio e progesterona durante a gravidez, e o efeito anti-inflamatório que eles geram.
      Progesterona, assim como testosterona, ambos estimulam a imunidade humoral, (o TH2) e suprimem a imunidade celular (resposta TH1). Logo, progesterona tem um efeito anti-inflamatório. Deca é uma progestina, que significa que ela estimula o receptor de progesterona. E é por isso que ela alivia dores articulares. Lembra daquela velha ideia de que Deca promove "retenção de água" nas articulações, e por isso ajuda na melhora de suas articulações? Besteira. Você acabou de ler o real motivo de deca ajudar nas articulações. Deca realmente funciona de dois modos como um andrógeno —que tem efeitos bem documentados nos corticoesteroides— e como uma progestina para reduzir inflamação.
      Vamos em frente....
      Estrogênio exerce um conhecido efeito bifásico (duas fases). Em baixas quantidades, como um pró-inflamatório, porque ela estimula o braço de TH1 do sistema imune (imunidade celular) e inflamação. Em maior(es) quantidade(s), é na verdade um anti-inflamatório (2). Então quando alguém usa um anti-estrogênico muito forte (ou inibidor de aromatase), esse alguém perde água (porque estrogênio causa retenção hídrica) bem como sente dores nas articulações devido ao efeito pró-inflamatório gerado pelos baixos níveis de estrogênio. Letrozol, que reduz níveis de estrogênio no plasma sanguíneo devido a inibição de aromatase, é o melhor exemplo disso. Ele é famoso por causar dores nas articulações. Letrozol diminui ambos atividade da aromatase bem como (obviamente) níveis de estrogênio no plasma, em adição reduz níveis de progesterona (3). Por isso quando pessoas usam Letrozol, elas afirmam que ele "tira água de suas juntas" e faz eles sofrerem. Novamente, isso é uma total besteira.
      Baixando o estrogênio reduz a retenção de água, mas com a mesma importância ele também vai limitar a habilidade do seu corpo de produzir reações anti-inflamatórias mediados por estrogênio para a musculação. Você perde água e suas articulações doem, por isso há o mito de que quando você perde água nas articulações é a causa do desconforto. É verdade que você perde água subcutânea quando os níveis de estrogênio estão baixos, mas simplesmente não é verdade que perdendo essa água vai fazer suas articulações doerem. Nós também podemos afirmar que Testosterona pode ter algum efeito anti-inflamatório ambos pela sua aromatização em estrogênio tão bem como os efeitos nos corticoesteroides. Isso também, é bem documentado.
      Agora, vamos ver se podemos trazer de volta o trecho que eu pedi que você se lembrasse....o trecho onde eu te disse que DHT reduz estrogênio e progesterona. Até agora nós estabelecemos que a redução de ambos os hormônios (Estrogênio e Progesterona) são causados por DHT e derivados do DHT, que carregam muitas das mesmas propriedades e produzem metabolitos semelhantes. E essa redução no Estrogênio/Progesterona, causado pelo DHT, reduz a produção de citosinas anti-inflamatórias e analgésicas do seu corpo. E é isso que Stanozolol, Masteron, etc. fazem causando dor nas articulações. E como percebemos no começo desse artigo, quando alguém diminui estrogênio e progesterona, a densidade mineral óssea e o colágeno irão sofrer efeitos deletérios.
      Então nós temos finalmente uma explicação plausível para os efeitos contrastantes de Deca e Stanozolol sobre as articulações.
      Desconheço o autor do texto, caso alguém conheça, sinta-se a vontade pra deixar os devidos créditos.

      Referências
      1. MacDonald PC, Madden JD, Brenner PF, Wilson JD, Siiteri PK 1979 Origin of estrogen in normal men and in women with testicular feminization. J Clin Endocrinol Metab 49:905–916
      2. Science, Vol 283, Issue 5406, 1277-1278 , 26 February 1999
      3. Eur J Obstet Gynecol Reprod Biol. 2002 Nov 15;105(2):161-5.
      4. J Clin Endocrinol Metab. 1995 Sep;80(9):2658-60.
      5. Successful percutaneous dihydrotestosterone treatment of gynecomastia occurring during highly active antiretroviral therapy: four cases and a review of the literature.
      6. Clin Infect Dis. 2001 Sep 15;33(6):891-3. Epub 2001 Aug 10.
      7. Androgens and the immunocompetence handicap hypothesis: unraveling direct and indirect pathways of immunosuppression in song sparrows.
      8. Am Nat. 2004 Oct;164(4):490-505. Epub 2004 Sep 1.
      9. Nippon Sanka Fujinka Gakkai Zasshi. 1988 Mar;40(3):331-7.
      10. Progesterone is not essential to the differentiative potential of mammary epithelium in the male mouse. Freeman, Topper. Endocrinology. 1978 Jul;103(1):186-92
      11. Eur J Cancer Clin Oncol. 1983 Sep;19(9):1231-7.
      12. Biol Reprod. 1989 Jun;40(6):1201-7.
      13. Metabolism. 1990 Nov;39(11):1167-9.
      14. Effects of nandrolone decanoate on bone mineral content R, Righi GA, Turchetti V, Vattimo A.
      15. Cancer Res 1978 Nov;38(11 Pt 2):4186-98
      16. Biosynthesis of Estrogens, Gual C. et al. Endocrinology 71 (1962) 920-25
      17. Comparative effects and mechanisms of castration, estrogen anti-androgen, and anti-estrogen-induced regression of accessory sex organ epithelium and muscle.Invest Urol. 1981 Jan;18(4):229-34.
      18. [Clinical aspects of estrogen and bone metabolism]
      Clin Calcium. 2002 Sep;12(9):1246-51. Japanese.
      19. The effects of progestins on bone density and bone metabolism in postmenopausal women: a randomized controlled trial.
      20. Bone response to treatment with lower doses of conjugated estrogens with and without medroxyprogesterone acetate in early postmenopausal women.
      Osteoporos Int. 2005 Apr;16(4):372-9. Epub 2005 Jan 15.
      21. Am J Obstet Gynecol. 2005 Apr;192(4):1316-23; discussion 1323-4.
    • Por .MavericK.
      Tenhos os dois joelhos operados (ligamento cruzado anterior). Gostaria de saber quais exercícios para as pernas (principalmente coxas) que posso trabalhar sem utilizar essas articulações.
      Abraços,
      .Mav.
×
×
  • Criar novo...