Jump to content
Sign in to follow this  
Van Halen

2 litros e 200 ml de leite por dia podem causar excesso da cálcio no organismo?

Rate this topic

Recommended Posts

isso ai..eu tomo uns 4 a 5 copos de leite por dia..tirando o leite q eu coloco quando eu faco a aveia..sera q faz mal tomar tanto leito assim?? e outra mel em excesso faz mal ??? eu tomo 3 colheres por dia..sera q pode dar diabete no futuro ?? sera? ok

falow

Share this post


Link to post
Share on other sites

exato... eu tomo esses 2 litros e cacetadas, sempre com nescau.... eu vou por caneca de 400ml 450, por ae, e boto umas 4 colheres de nescau....

sera que vou ter pedra nos rins????

mesmo tomando agua?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest

Causas do excesso de cálcio: Espessamento dos ossos e calcificação de cartilagens; cálculo renal; parada cardíaca;atrose.

O cálcio é o mineral mais abundante no interior do organismo dos animais e do homem. Representa nele cerca de 2,01 % do peso do corpo, encontrando-se 99 % contidos no esqueleto e nos dentes. É um verdadeiro material de construção dos ossos e confere-lhes solidez e rigidez. O restante 1 % encontra-se no plasma, nas secreções e especialmente no suco intestinal.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
exato... eu tomo esses 2 litros e cacetadas, sempre com nescau.... eu vou por caneca de 400ml 450, por ae, e boto umas 4 colheres de nescau....

sera que vou ter pedra nos rins????

mesmo tomando agua?

O que são os cálculos urinários? Porquê se formam?

Existem muitos fatores que podem favorecer a formação do cálculo, como: familiares (vários indivíduos na família apresentam litíase), ocupacional (sedentarismo), alterações anatômica do trato urinário (obstruções ou dilatações do trato urinário), ambientais (clima seco e quente), ingesta hídrica ( ingestão pequena de líquido), dietéticos (consumo excessivo de sal, proteína animal :lol: e erros alimentares).

Os estudos clínicos sugerem que existe uma predisposição em determinadas famílias para litíase. O consumo excessivo de sal também predispõe a litíase pois aumenta a eliminação de cálcio urinário, o consumo de leite e derivados deve ser moderado :P (o pouco consumo ou o consumo excessivo leva a uma incidência maior de litíase). Em populações vegetarianas a incidência de litíase é mais baixa quando comparada a outras populações. A ingesta hídrica ideal para quem possui litíase deve ser suficientes para o indivíduo urine em torno de 2 litros, a litíase tem incidência maior nos indivíduos que urinam abaixo de 1 litro.

Entre as diversas substâncias contidas na urina existem algumas que são muito solúveis (dispersíveis) e outras que possuem tendência a formação de cristais, que vão aumentando seu tamanho progressivamente. Certas características da urina ou condições locais das vias urinárias podem favorecer que estas substâncias se precipitem (agrupem) em cristais, formando corpos sólidos que são os cálculos. Por exemplo, quando a concentração de uma substância é muito alta e o fluxo de urina é pouco ou flui com dificuldade por uma obstrução, ocorre uma tendência a formação de cálculos. Ë importante estabelecer a origem da substância que originou o cálculo, pois irá favorecer o tratamento para evitar seu recidiva ou reaparecimento.

Dieta:

O tipo de dieta influe no tipo e quantidade de substâncias que se deseja que o rim deva eliminar. Segundo a composição do cálculo, o médico indicará que restrições dietéticas deveram ser aplicadas. O mais freqüente são os de cálcio e será preciso restringir o consumo de leite :lol: e produtos lácteos, sempre observando a orientação de seu médico.

Líquidos:

Como norma geral, um consumo elevado de líquidos oferece efeitos benéficos favoráveis durante seu tratamento. A maior ingestão de líquidos aumenta o fluxo urinário e com isto, diminui (diluí) a concentração das substâncias relacionadas a origem dos cálculos. A hidratação adequada pode diminuir em 60% a incidência de cálculos mesmo que não se consiga identificar a causa do cálculo. Sabe-se que o volume urinário eliminado deve ser superior a 2.000 ml por dia para que possamos estar corretamente prevenindo a recidiva de cálculos urinários. Nos meses de verão e após grandes exercícios, a ingestão líquida deve ser também aumentada para compensar o suor excessivo. Deve-se evitar as bebidas lácteas (contém cálcio) e chá preto (contém oxalato) responsável também por muitos casos de cálculos urinários.

Hábitos:

Convém evitar a desidratação, por exemplo ao praticar esportes, ao viajar ou durante atividades que despendam energia ("suor") com pouca disponibilidade de líquidos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Po esclarecedor pra caralho esse topico... hehehe PALMAS PRA MIM QUE COMECEI... uhahuahahuauha

ae pessoal, entao fiquei mais tranquilo de saber que nao vou ter excesso de calcio jah que tomo o leite sempre com nescau... Uhu,..... eu tenho familiares com pedras nos rins, inclusive meu pai jah teve uma porrada de vezes...... por isso eu fiquei cagado..

falow pessoal

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • By Daninhow
      COMBATE AO EXCESSO DE PESO
      O número de pessoas em busca de soluções para o combate ao excesso de peso é cada vez maior. É importante levar em conta que a prioridade deve ser a saúde e o bem-estar, sempre com acompanhamento médico. Medicamentos de origem sintética auxiliam neste processo, mas também existem os extratos vegetais que têm demonstrado sua eficácia apoiados por estudos científicos e resultados altamente favoráveis. Conheça os fitocêuticos e nutracêuticos comercializados pela Pharmactiva.
      INIBIDOR DE APETITE
      Citrin Extract®: é composto pelo extrato padronizado da Garcínia cambogia. Contém uma concentração especial de hidroxicitrato de cálcio (mínimo de 60,0%), que apresenta maior estabilidade que o ácido hidroxicítrico (AHC). Citrin Extract® atua inibindo o metabolismo dos carboidratos, ao mesmo tempo em que promove indiretamente a queima de gordura corporal, e inibe o apetite exercendo esta ação através de suaves mecanismos periféricos.
      INIBIDOR DA ABSORÇÃO DA GLICOSE SANGUÍNEA
      Yacon Leaf Extract®: possui 70% de extrato da folha de Yacon e 30% de hidrolisado de goma guar. É um importante inibidor da elevação dos níveis séricos de glicose, que representa conseqüente redução do peso corpóreo e taxa de gordura. Yacon Leaf Extract® retarda o metabolismo de açúcar nos órgãos digestivos. Ele age como a insulina e inibe a absorção da glicose sanguínea.
      PERDA DE PESO
      Citrus Aurantiun®: é conhecido pelos herboristas chineses como Zhi Shi e foi muito utilizado durante séculos para o alívio de alergias, asma, resfriados e estados inflamatórios. O ativo Sinefrina é uma amina adrenérgica que possui muitos efeitos no organismo humano, incluindo o aumento da termogênese e conseqüente perda de peso.
      AUMENTO DA MASSA
      Colleforin®: extrato padronizado que contém no mínimo 10% de forskolin, composto encontrado na natureza somente nas raízes da planta Coleus forskolii nativa da Índia. Colleforin® é indicado nos regimes de emagrecimento ou para pessoas que desejam aumentar a massa magra, como, por exemplo, praticantes de esportes.
      CLA®: atuando diretamente na constituição corpórea, CLA® - abreviação para "conjugated linoleic acid" (Ácidos Linoleicos Conjugados) refere-se a 8 isômeros que são estruturalmente similares ao ácido linoleico, que também é conhecido como ômega-6. Indicações: 1. perda de peso: através da redução de gordura corporal; 2. aumento de massa muscular: através melhora a atividade da Carnitina - Palmitoiltransferase; 3.diminuição de risco de arteriosclerose e prevenção do câncer: através de sua ação antioxidante; 4. diminuição de colesterol sangüíneo: através da modulação do perfil dos lipídeos do sangue; 5. diabetes: normaliza perfil metabólico entre insulina e lipídeos.
      QUEIMA DE GRODURA
      Faseolamin®: quando ingerido, inibe a ação da enzima amilase e, conseqüentemente, a conversão de carboidratos em glicose (açúcar) é suprimida. A inibição desta conversão impede a absorção de uma parte dos carboidratos ingeridos na dieta na forma de glicose. O resultado é a redução dos níveis de açúcares e as calorias atribuídas a eles e uma diminuição das reservas de gordura. Os carboidratos, normalmente armazenados pelo corpo na forma de gorduras, são eliminados sem causar quaisquer efeitos negativos.
      Casiolamin®: indicado para todas as dietas de emagrecimento, principalmente para pacientes que necessitam reduzir rapidamente os níveis séricos de lipídeos. Casiolamin® é um inibidor da digestão de gorduras; inibe a lipase, enzima responsável pela quebra das moléculas de gorduras e, conseqüentemente, inibe sua absorção pelo organismo.
      Piruvato de Cálcio e Magnésio: substâncias produzidas naturalmente no corpo e essenciais ao ciclo de Krebs, também é conhecido como ciclo do ácido cítrico. Este é um mecanismo através do qual o corpo converte o glicogênio em energia ou, de uma forma mais simples, é a forma em que o corpo queima energia. Estas matérias-primas são indicadas para pessoas com necessidade de perda de peso e também de suplementação de cálcio.
      OBS.: Piruvato de Cálcio só não é indicado para pessoas que possuem cálculos renais ou possuem hipocalcemia causada por deficiência de magnésio. Neste caso, a alternativa é o Piruvato de Magnésio. O magnésio diminui a excreção de oxalato, sendo um preventivo do cálculo renal. Para pessoas que necessitam perder peso e ao mesmo tempo possuem deficiência de cálcio devido a carência de Magnésio, o Piruvato de Magnésio é a melhor escolha.
      Site: https://www.natusvita.com.br/piruvato-de-calcio e https://www.oficialfarma.com.br/citrus-aurantium-500mg-60-capsulas/
      O que vcs acham??? é verdade?? Muitos termogenicos s/ efedrina contem o Citrus Aurantiun funciona???
    • By fisiculturismo
      A sua resposta deve estar na ponta da língua, certo? Entre o leite integral e o leite desnatado você responderia imediatamente que o leite desnatado é o melhor para a dieta, não é mesmo? Tentaremos surpreendê-lo(a).
      Na década de 50, os fisiculturistas e praticantes de musculação não tinham muitas opções como fontes de proteína. O leite era, naquela época, uma das mais usadas fontes de proteína para hipertrofia muscular. Atualmente, o leite não é uma das fontes preferidas de proteína, mas não deixa de ser um bom alimento para fisiculturistas. Mas qual tipo de leite é o melhor ou o mais indicado para a dieta de praticantes de musculação: leite integral ou leite desnatado? Veja uma tabela comparativa com as propriedades de cada um deles:
      200 ml Leite Desnatado Leite Integral Proteínas: 6,4 g 6,4 g Carboidratos: 10 g 10 g Gorduras: 0,8 g 6,3 g Calorias: 74 kcal 122 kcal O leite integral retarda a absorção da proteína (permitindo que os aminoácidos estejam disponíveis por mais tempo para os músculos) e reduz os picos de insulina (que podem gerar acúmulo de gordura).
      Normalmente, muitos escolhem o leite desnatado porque ele fornece mais proteínas por caloria ingerida. Todavia, essa equação nem sempre se traduz numa melhor escolha. O leite integral contém bastante gordura (incluindo 4,6 gramas de gordura saturada num copo de aproximados 240 mililitros). Essa gordura desacelera a absorção da proteína e também reduz a liberação de insulina, nas refeições em que picos do hormônio não são desejáveis (somente no pré-treino e no pós-treino pode ser desejável pico de insulina para fornecimento rápido de glicogênio e nutrientes). Isso implica em aminoácidos disponíveis por mais tempo para os seus músculos.
      Ademais, a gordura do leite integral também é composta por ácidos graxos insaturados (gordura boa). O leite integral contém CLA (ácido linoléico conjugado), que ajuda na redução da gordura abdominal. Também contém vitamina D (que não está naturalmente presente no leite desnatado).
      Portanto, o leite integral é preferível em comparação ao leite desnatado em qualquer período do dia que não se aproxime da sua sessão de treinamento. O leite serve como fonte de proteínas e calorias. E o leite integral é o melhor para fornecer essas proteínas e calorias, por liberar menos insulina, e, também, por conter CLA e vitamina D.
      Por outro lado, o leite desnatado é melhor no shake pós-treino, por praticamente não ter gordura, e ter praticamente a mesma quantidade de proteína e carboidratos do açúcar (lactose).
      Fontes:
      Whole vs. Skim Milk for Bodybuilders, Milk does a body good, but which version is the best? The Blood Sugar Hormones Leite integral é mais indicado para emagrecer, diz pesquisa da Unicamp Leite Desnatado Molico®: mais magrinho e com mais cálcio?
    • By Taerone
      ESSA DIETA sem leite e derivados É BOA PRA PERDER OS pneus PIRELLI da barriga??
      ALGUEM JÁ FEZ???TEVE RESULTS???EM QUANTU TEMPU???VALE A PENA????
      HELP E OPINEM AE!
      VALEW
    • By Leena Fabrini
      Num estudo de 2007, verificou-se que o leite hidrata melhor do que água ou do que bebidas esportivas. O leite é rico em nutrientes e funciona melhor como pós-treino (ou como base para um shake protéico) do que a água.
      Colocando-se 2 copos de leite num shake de whey, teremos 24 g de carboidratos e 16 g extras de proteína, dos quais 80% é caseína (cerca de 13 g).
      A pesquisa mostra que, após os treinos, quando se ingere caseína com whey, melhora-se o crescimento muscular, e que se bebendo leite aumenta-se a síntese de proteínas, que é justamente o que faz os músculos crescerem.
      Além disso, o leite aumenta os níveis de insulina no pós-treino, que é exatamente um dos seus objetivos, não é?!
      Então, beba leite após treinar!
      Fonte: BROWN, Jordana. Water Vs. Milk, Revista Flex, março de 2010, pp. 116.
    • By surinami
      Costumo tomar Whey no pós-treino, mas vi um vídeo no youtube e na página do face de uma pessoa( não sei se pode postar aqui) no qual ele mostra estudos onde o leite é melhor que whey.
      Uma vez que o Whey é a proteína do leite, vale mais a pena investir no leite? O iogurte tem o mesmo beneficio? Se sim, qual a quantidade pra ingerir diariamente?
       

×
×
  • Create New...