Jump to content
  1. Apollo Galeno

    Apollo Galeno

  2. Esserum

    Esserum

  3. Thiagonino

    Thiagonino

  • Similar Content

    • By Daniela R Del Giorno
      Chegou 2017. Uns custaram a voltar à rotina treino/dieta, outros nem saíram. Mas, todo praticante sério dos esportes do ferro vive pensando em uma única coisa: superar suas marcas pessoais. Não importa se é 0.50Kg no supino, tracionar um sedã ao invés de um Uno (abração pros praticantes de Strongman! =D) ou aqueles tão sonhados 50cm de bíceps.
      Uma das minhas fontes de inspiração se chama Arnold Schwarzenegger. Sou de uma geração que desprezava esse cara. Montanha de músculos e cérebro de biscoito de polvilho foi o que eu ouvi de pais, professores e formadores de opinião, em geral, todas às vezes em que esboçava algum grau de admiração por este ídolo.
      Durante a adolescência, até comprei esse discurso pseudo-intelectual, pois nesta fase da vida sofremos bastante influência dos pares. Felizmente, veio o amadurecimento e, hoje, questiono como as pessoas podiam considerar burro um cara tão bem-sucedido em áreas completamente distintas como Artes, Política e Administração (inclusive Pública!) – fora outras.
      Sobre Força e Fisiculturismo, várias de suas recomendações de treino são testadas hoje pela ciência e comprovadas como eficazes. Todavia, uma delas, considero de especial interesse - e é sobre ela que vamos falar nesta matéria... Bota mais 10 na barra e me acompanha! ;-D
      Todos os leitores aqui do site já devem saber que o velho Arnie se inspirou em Reg Park para construir seus peitorais. Um dia, não me recordo se foi assistindo ou lendo uma das inúmeras entrevistas em que ele falava sobre o assunto, um detalhe me chamou a atenção: ele mencionou que tinha vários pôsteres do ídolo espalhados pela parede e, ao dormir, fechava os olhos e se imaginava com o peitoral igual ou ainda maior que o de Park.
      Arnold dedicava algum tempo do seu dia meditando em cima de sua meta. Hoje, em ciência do treinamento, falamos sobre meditação, imagética e prática mental como métodos eficazes para a construção de qualidades motoras, o que comprova mais uma vez (se é que precisa!) a perspicácia deste ídolo em conduzir o caminho para seus objetivos.
      A Neurociência do Exercício é uma área relativamente nova, enquanto objeto de estudo, dentro da Educação Física. O que antes era tido como algo etéreo e até meio místico, hoje é apontado como sendo o que diferencia o número 1 do número 10 ou o melhor do esporte na sua cidade de você, praticante dedicado.
      Considere potencial genético, recursos financeiros, ergogênicos, dedicação, amor ao treinamento, tudo igual... Saúde e exercício mentais parecem realmente ser o detalhe a mais rumo ao sucesso. Diversos estudos recentes apontam resultados superiores quando a prática desportiva, seja ela qual for, vem acrescida da prática mental. Tal informação não chega a ser uma novidade, pois praticantes sérios de artes marciais, por exemplo, sempre foram exímios meditadores de seus movimentos. Alguns mestres dedicam horas por semana mentalizando seus katas. Justamente por isso, os primeiros estudos sobre o assunto foram conduzidos com atletas de artes marciais.
      Em 2016, Slimani e Chéour fizeram um estudo objetivando ganhos de força, potência e motivação que envolveu 44 atletas de Karatê, Kickboxing e Taekwondo. Eles foram divididos em 3 grupos, onde todos treinavam alguns exercícios de musculação e pliometria. Um dos grupos fazia um treinamento mental antes dos exercícios, fechando os olhos e se imaginando fazendo o agachamento, por exemplo, sem contrair os músculos.
      Outro grupo fazia o treinamento mental acrescido de uma espécie de verbalização em voz alta de frases motivacionais, tais como “Eu sou capaz de empurrar muito mais que o peso desta barra!” ou “Eu sou muito mais forte do que isso!”.
      Já o terceiro grupo apenas treinava. Todos os grupos melhoraram os parâmetros analisados; porém, o grupo que obteve o melhor resultado foi o grupo que adicionou o treino mental mais a verbalização em voz alta das frases motivacionais.
      O segundo melhor grupo foi o que adicionou apenas o treino mental e o terceiro grupo, que só treinou, até melhorou a força e potência, mas em níveis bem mais modestos.
      Ainda em 2016, Slimani et al continuaram seus estudos, agora somente com kickboxers, e usaram uma metodologia muito similar à anterior para avaliar perfil hormonal, relação testosterona x cortisol pós treino, pressão arterial e frequência cardíaca de repouso ao longo de 12 semanas, a fim de verificar quem obteria melhor recuperação do treino.
      Novamente, o grupo que se destacou foi o que adicionou a prática mental mais as verbalizações antes dos exercícios. Aliás, para quem se interessa em se aprofundar um pouquinho mais na ciência da força, o grupo desse pesquisador é bem prolífero neste tipo de trabalho! Vale muito a pena dar uma conferida em suas publicações!
      Os estudos em Neurociência do Exercício prosseguem, com grupos de pesquisa comparando a eficácia de diversos estímulos mentais, traçando perfis psíquicos de atletas de alto rendimento, comparando esses perfis com atletas amadores e muitos outros trabalhos! Mas, de uma coisa já temos certeza: quer ficar maior e mais forte? Faça como mestre Arnold: imagine-se maior e mais forte e bota mais dez!  ;-D
      P.S.: Gosta dos artigos? Não? Dúvidas? Podem escrever! Gostaria de ouvir vocês... Comente a matéria ou mande mensagem privada (MP):
      Enviar mensagem para Daniela R Del Giorno
      Referências:
      ANTONIO, A.; REVECA, F.; RAMOS-LOYO, J. Exploring the Effect of Verbal Emotional Words Through Event-Related Brain Potentials. In: Functional Brain Mapping and the Endeavor to Understand the Working Brain. [s.l.] InTech, 2013. 
      GOLBY, J.; WOOD, P. The Effects of Psychological Skills Training on Mental Toughness and Psychological Well-Being of Student-Athletes. Psychology, v. 7, n. 7, p. 901–913, 2009. Disponível em: <http://www.scirp.org/journal/psych>. Acesso em: 19 fev. 2017.
      JOURNAL, T.; ASPETAR, L. T.; ME, S.; ASPETAR, K. C.; ME, S.; BIOLOGY, A. Effects of mental training on muscular force , hormonal and physiological changes in kickboxers. n. July, 2016. 
      SLIMANI, M.; CHÉOUR, F. Effects of cognitive training strategies on muscular force and psychological skills in healthy striking combat sports practitioners. Sport Sciences for Health, v. 12, n. 2, p. 141–149, 2016. 
      SLIMANI, M.; MIARKA, B.; BRIKI, W.; CHEOUR, F. Comparison of Mental Toughness and Power Test Performances in High-Level Kickboxers by Competitive Success. Asian J Sports Med, v. 7, n. 2, 2016. 
      WRIGHT, C. J.; SMITH, D. The effect of PETTLEP imagery on strength performance. International Journal of Sport & Exercise Psychology, v. 7, n. June 2013, p. 18–31, 2009. 
    • By O Garoto Destemido
      Sei que estou extremamente fora de contexto, mas é verdade mesmo isso?
    • By PriShaab
      Bom, meu nome é Pricilla, tenho 26 anos e vou começar do começo rsrs.
      Treino desde os 21 anos, levemos em consideração que, nos primeiros 2 anos eu só ia pra academia pra cumprir horário. Fazia 20 minutos de esteira com muita preguiça, nunca completava o número de repetições e séries que o instrutor pedia e morcegava quase que o tempo todo. Entrei na academia pq me assustei com uma foto minha de biquíni (vou postar) nessa época eu pesava 65kg e estava totalmente sedentária, porém, até os meus 19 anos sempre fui muito ativa, fiz ballet clássico desde os 03 anos e sempre fui amante da dança.
      Logo após entrar na academia fiquei internada por 3 dias com uma infecção intestinal grave, o que me trouxe alguns problemas com a alimentação. Por conta das minhas restrições, comecei uma dieta forçada, especificamente por saúde, mas fui beneficiada esteticamente. Emagreci 3kg e comecei a empolgar nos treinos.
      Nos últimos 3 anos, mudei meu comportamento radicalmente nos treinos, me dedico, sempre busco informações e nada de roubar nas séries rsrs.
      Cheguei a pesar 54kg, sem acompanhamento médico ou de um personal exclusivo. Seguia a ficha da academia (que era, basicamente, igual pra todo mundo) mantinha minha alimentação legal, na medida do possível, e tinha lá meus dias de jacar.
      Não faço consumo de bebidas alcoólicas, não fumo e não uso drogas.
      Me apaixonei pelo esporte "Fisiculturismo", em especial pela modalidade "Bikini Fitness". Acho aquele shape maravilhoso. E é próximo disso que eu quero chegar. Não penso em competir (quem sabe um dia haha).
      Mas por enquanto só admiro e me inspiro.
      Acho lindo o estilo "Welness", mas não é o que eu busco.
      Enfim... Após definir minha meta de shape, dedicar nos treinos e me alimentar por conta própria com que eu achava que era certo e nunca ver os resultados que eu esperava, decidi buscar ajuda profissional.
      Tenho um endocrinologista especialista em metabologia, uma personal de confiança e uma farmácia confiável pra fazer meus manipulados.
      Vou postar as fotos do primeiro dia do ciclo.
      Lembrando que, fiquei 1 mês sem treinar, por conta de uma cirurgia odontológica que me deixou com complicações em um nervo da face e em uma glândula salivar (que sorte a minha, neh!?). Mas a dieta mantive em dia!
      Atualmente estou 59kg;
      Tenho 1,64 de altura;
      Treino de segunda a sexta, sem faltar;
      Treino na parte da manhã (08:30 até 09:30, aproximadamente);
      Trabalho em uma casa lotérica, portanto, trabalho sentada o dia todo, em um ambiente de estresse elevado;
      Estou seguindo a rotina alimentar perfeitamente há 45 dias, aproximadamente.
      Meu ciclo terá duração de 02 meses.
      E o médico me receitou os seguintes manipulados:
      - Testosterona em gel, 5mg a base de pentravan (aplicar nos braços ou ombros até completa absorção antes de dormir);
      - Oxandrolona 6mg, pra tomar da seguinte forma:
       -- 1 cápsula de 12 em 12 horas durante 07 dias
       -- 1 cápsula de 08 em 08 horas durante 14 dias
       -- 2 cápsulas de 08 em 08 horas durante 7 dias
       -- 1 cápsula de 08 em 08 horas durante 14 dias
       -- 1 cápsula de 12 em 12 horas durante 07 dias.
       
      - E "Caloriburn", uma espécie de termogênico manipulado nas farmácias aqui de Minas. Tomar 1 cápsula no café da manhã.
       
      Bom, vou colocar as fotos do primeiro dia e vou postando quaisquer reações e efeitos. Vamos ver o que acontece...
      Preciso ouvir a "voz da experiência",
      @Foston@Apollo Galeno @Bravo Costa  
      Boa sorte pra mim!



    • By Bomber User
      Tem pessoas que morrem com uma dose mínima de penicilina, ok? É claro que as naturezas dos problemas desencadeados por cada substancia são diferentes e varia de pessoa por pessoa. Penicilina seria p/ curar, mas tem pessoas que são alérgicas e morrem na hora com uma agulhada desta substancia.
      Tem pessoas que são expostas a radiacao, a metais pesados como o mercurio, por exemplo (em quantidades muito superiores ao limite recomendado pela onu), nao ficam doentes e levam uma vida saudavel. Tem pessoas que nunca fumaram, nunca beberam e tiveram uma alimentacao saudavel a vida inteira, e no entanto tem cancer aos 20 e tantos anos de vida. Logo se vc tomar deca, no caso 2 por semana, vai depender do seu organismo. Acredito que esta possibilidade é muito remota. Quem bota medo na gente sobre anabolizantes é a mídia, quando um usuário entre mil, se dá mal, seja por mal uso, falta de informacao, ou pela propria reacao inesperado do organismo, a mídia cai de pau em cima e denegrindo o uso de esteroides.
      Como uma conclusao geral, usar anabolizantes, é muito mais seguro do que andar nas ruas de sao paulo, a probabilidade de se morrer usando esteroides (desde que usado com bom senso, protecoes etc) é muito pequena. Intoxicacões leves isso é perfeitamente normal, tanto é que isto é previsto na bula do remédio: reacoes adversas. Valeu véio!
    • By Mestre
      Citei a palavra Anabolizantes não por apologia aos famigerados Anabolizantes(Bombas), e sim apenas pelo fato de que todos temos Anabolizantes no corpo; até os hipócritas que para tudo usam a Palavra Anabolizante sem nem saber que tbm possuem ela no seu corpo naturalmente. Pois sem nossa Testosterona Natural que nosso corpo produz, não há vida.
      Muitas pessoas pegam indicação de uso de Anabolizantes na Internet, e muitos fazem indicação do uso em locais da Internet com formulas e maneiras de usar, e comentam sobre receptores sem as vezes nem saber como tudo funciona a nível celular.
      Os receptores em questão, são os receptores AR, responsáveis pela ligação da Testosterona(anabolizantes natural do nosso corpo).
      Muitas gente pela Internet, fala de forma ignorante sobre o fato da pessoa ter seus receptores fechado ou abertos.
      Isso eh pura lenda, pois o Receptor(AR) ou está presente na célula afim se ligar à Testosterona ou não.
      O Receptor(AR) responsável pela ligação da Testosterona que vai desencadear a Síntese Protéica e posterior crescimento muscular, nada mais eh do que uma proteína(cadeia ligada de aminoácidos em forma especifica)
      Para quem lembra das aulas de ciência, e sabe +- basicamente o funcionamento de uma célula, ela possui Núcleo, Citoplasma e Membrana celular.
      No Citoplasma ficam algumas nossas amigas parceiras, as organelas, e entre elas uma importante ao crescimento muscular, o nosso amigo Ribossomo.
      O Ribossomo eh o responsável pela síntese das proteínas na nossa célula, fazendo e coletando os aminoácidos que vc ingeriu, e criando cadeias de aminoácidos ligados formando assim as proteínas.
      Dessa forma são formados tbm os Receptores AR, responsáveis pela ligação da Testosterona que nos faz ter nossa Hipertrofia Muscular.
      Os receptores AR, como eu já disse, são nada mais que proteínas. E são por alguns tratados de forma ignorante de popular demais, quando dizem que eles estão fechados ou abertos, hehehehehe
      Eles simplesmente estão presentes, ou não.
      Nesse ponto eh que as pessoas que só sabem decorar “receitas de bolo” de como usar anabolizantes, dizem de maneira ignorante que os receptores estão fechados.
      Eles não podem estar fechados ou abertos, pois são simples proteínas.
      O Receptor AR eh chamado de Citoplasmático, pois ao contrario do que pensam as pessoas, ele não fica na membrana celular, afim de fazer a Testosterona entrar na célula. Ele fica mesmo dentro da Célula no Citoplasma. Pois a Testosterona eh uma substancia Lipidica, e por esse motivo assim como o Estrogênio, ele passa pela membrana celular para encontrar já dentro da célula o seu receptor AR.
      Daí Testosterona + Receptor AR entram juntos no núcleo celular, onde uma copia do nosso DNA eh feita para um RNA mensageiro. Então o RNA mensageiro(copia do nosso DNA) sai do núcleo ao encontro do Ribossomo, onde passa informação ao Ribossomo de como deve ser montada a cadeia de aminoácidos afim de termos então a tão famosa e cobiçada SINTESE PROTEICA. Que nos fará crescer tendo nossa célula em especifico hipertrofiada na presença de mais uma cadeia de aminoácidos recém formada pelo nosso ribossomo.
      Essa reação toda tem inicio pela nossa Testosterona, ao se ligar no receptor AR.
      O único lugar da net que eu vi isso escrito de forma boa e aceitável, foi no fórum do Kusanagi, que nem sei mais se ainda existe. Mas que quando existia trazia bons conteúdos desse nível ao mundo do Fisiculturismo.
      Esse eh o tipo de coisa que no momento gosto de falar sobre anabolizantes, e não mais fazer de forma ilegal e anti-ética na minha opinião, que eh a de ficar indicando publicamente em aberto formas de uso de Anabolizantes e ciclos, como muito ainda se faz pela Internet a fora.
      Nesse ponto eu concordo com a ANVISA, mas respeito e não quero de forma alguma ofender os colegas que ainda fazem isso em outros fóruns.
      Com o tempo posso escrever mais coisas do mesmo padrão posteriormente. Mas agora me vou que tenho de almoçar para trabalhar que já estou atrazado por ficar escrevendo tanto hj, hehehehe E o ruim eh depois de escrever coisas tão fisiologicas do corpo, ter que mudar radicalmente o modo de pensar para o modo mais logico, e trabalhar com Informática.
      Eh por esse motivo que não mais escrevo durante o horario de serviço, pois eh ruim ficar trocando assim a forma de pensar, que eh totalmente diferente quando falamos de corpo humano, e quando falamos em TI.
      Abraços à todos, e tbm respeitosamente aos outros fóruns que ainda comentam sobre formas de uso de anabolizantes e ciclos.
×
×
  • Create New...