Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
mtlamb

Lista das Melhores Academias - Por Capital

Avalie este tópico:

Post Destacado

Fala, galera! Tive uma ideia que vai ser muito útil para todos nós, e principalmente para quem está iniciando na musculação.

Vamos organizar uma lista das melhores academias em cada capital do país!

Vou iniciar com as mais top da minha cidade, Porto Alegre:

- Body One Club (http://www.bodyoneclub.com.br/) - Matriz

- Cia Athletica (http://www.companhiaathletica.com.br/) - 01 sede

- Smart Fit () - 02 sedes

- Bio Ativa () - 05 sedes

- Aerostep () - 02 sedes

- Bio Fitness () - Matriz

- Alternativa () - 02 sedes

- Três Figueiras () - Matriz

- Pro Gym () - Matriz

- Moinhos Fitness () - Matriz

- Sports Gym () - Matriz

Agora é a vez dos paulistas, cariocas, mineiros etc!

Abraços e bons treinos, Matheus.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Salvador Bahia (Academias boas que conheço) existem muitas outras

Academida da praia, no bairo pituba

Well Fitness Bairro rio vermelho

Bahia Fitness (academia que eu malho, não é de ponta mas tem muito peso e pouco frango se exibindo)

Max training

Vila forma (consideradas por muitos a melhor)

Academia Hammer, academia de ponta mas de preços elevados e outras que n me recordo o nome

as que cietei ficam no meu bairro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

cara, não vou poluir o tópico, ms dizer que a vila forma n é boa é forçar a barra... hammer nem se fala, a well tem uma extrutura absurdamente boa... rodei todas elas e entrei na bahia fitnes que n é top nem de ponta mas eu gosto de lá e a max pra mulher é ótima...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  

  • Conteúdo Similar

    • Por Rodney Wenke
      Coronavírus e academias fechadas
      Diante da Pandemia da COVID-19 estamos vivendo em momentos muito difíceis, várias incertezas, restrições de todos os tipos, mas, em especial, temos uma que está afetando diretamente a nós que gostamos de treinar o corpo e somos de alguma forma ligados ao fisiculturismo. 
      O fechamento das academias quebrou a nossa rotina, campeonatos foram cancelados, periodização de treino foi pro espaço, a dieta, então, nem se fala. 
      Academia é saúde
      Quando nos reportamos a prática de atividade física estamos longe de pensar só na estética corporal. A hashtag  #academiaésaúde está em quase todos os posts de marombeiros por aí. Isso é uma grande verdade. A falta de prática regular de exercícios está ligada diretamente à piora do quadro de pelo menos 10 doenças e, indiretamente, ã piora de centenas outras. Isso não parece preocupar vários governantes. 
      Bolsonorado decretou que academias são essenciais
      Recentemente, o governo federal publicou o Decreto nº. 10344/2020, em que considerou academias de ginástica com um serviço essencial. Isso deu a liberdade para Estados e Municípios regulamentarem a reabertura das academias.
      Porém, parece que, por birra ou qualquer outra motivação política, alguns governantes declararam que não vão considerar o ato do Presidente da República, sem ao menos realizar qualquer estudo a respeito do tema. 
      Consequências do fechamento das academias para a saúde física e mental
      É muito difícil fechar os olhos para a situação. Eu mesmo tenho diversos pacientes que estavam com as situações de saúde controladas e que perderem o controle da saúde, voltando a tomar diversos medicamentos, aumentando a dose de outros, retomando o uso de antidepressivos, perdendo completamente a qualidade de sono, ou voltando a ter dores incapacitantes por todo o corpo (caso dos pacientes com fibromialgia).
      Será que a saúde mental, cardiovascular ou musculoesquelética são menos importantes que a saúde pulmonar? Uma doença é mais importante que outras? 
      Devemos lembrar que 200.000 (duzentos mil) é o número de mortos por diabetes a cada ano aqui no Brasil. O controle da diabetes é realizado pela prática regular de exercícios, isso é cientificamente comprovado. 
      Desemprego pelo fechamento de academias
      Por outro lado, tenho diversos colegas que perderam o emprego, pois, o local do seu ganha pão está com as portas fechadas.
      Os números da ACAFBRASIL apenas para o Estado do Paraná são os seguintes:
       3.800 (três mil e oitocentas) academias associadas no Paraná;  56.000 (cinquenta e seis mil) empregados diretos;  112.000 (cento e doze mil) empregos indiretos ligados ao setor. Essas famílias, que dependem exclusivamente dessa renda, como ficam nessa história? 
      A saúde financeira não pode entrar em pauta? Se a própria  Organização Mundial de Saúde (OMS) define saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de afecções e enfermidades”?
      Academias funcionando em alguns Estados
      Acredito que estamos na contramão desses princípios. Alguns Estados tiveram as portas das academias abertas e o treino liberado, com algumas restrições. Penso que é assim que se deve fazer.
      O Mato Grosso do Sul é um exemplo. Em Alvorada, MS, Emerson (@performanceacademiaoficial) nos contou que a prefeitura publicou o Decreto de nº. 2.294/2020, que determina em seu art. 19, parágrafo XV, que:
      o número máximo de alunos simultâneos na academia deve ser de 5 pessoas;  o distanciamento entre as pessoas deve ser de  3 metros; é obrigatório o uso de máscara para todos; é obrigatório o uso de  luvas para os professores; deve ser feita a higienização após o uso de cada aparelho. DECRETO XI.pdf
      Essas medidas são sensatas, semelhantes àquela que estão sendo adotadas no transporte coletivo, por exemplo. 
      Ana Paula (@apaulacapelim), de Porto Mourinho, MS, relata que a experiência está sendo ótima. Os alunos estão mais focados no treino e as conversinhas paralelas (essas que arruínam o nosso desempenho) praticamente acabaram na sala de musculação.
      A mesma situação também é vivida por Gabriel, que é de Carmo do Paraíba (Mister Carmo do Paranaíba Universo 2019), MG. Lá as academias estão funcionando bem, seguindo-se as devidas restrições. 
      Conclusão
      É possível sim a reabertura programada e organizada das academias, com as medidas de segurança e respeito pela vida, deixando de lado as picuinhas políticas, mantendo-se o pensamento no sentido de se buscar o bem-estar de todos.
      Qual é a sua opinião sobre este tema? Deixe seu voto na enquete:
       
    • Por Rodney Wenke
      Qual é a sua opinião sobre o funcionamento das academias durante a pandemia do coronavírus (COVID-19)?
      Leia a matéria que escrevi e dê a sua opinião postando seu voto na enquete:
       
    • Por RafaUser
      Meus prós e contras sobre as academias que já frequentei em São Paulo/SP
       
      Pessoal, resolvi postar aqui meu relato, que é a minha visão, sobre as academias que já frequentei em São Paulo capital. Não sei se isso pode ou não ajudar alguém, afinal a opinião de uma pessoa pode e geralmente é bastante diferente dos demais. Não é em nenhuma esfera intenção de prejudicar imagem de quaisquer das academias que nomeei aqui. O nome está exposto para poder diferenciar uma da outra. Caso alguém se sinta prejudicado, por favor me avise que excluo o post. A ideia é ajudar quem ainda não escolheu onde ir ou tem dúvidas se vale ou não a pena determinado lugar. Fiz esse post porque eu mesmo costumo pesquisar muito antes de frequentar algum lugar e que informações que coloquei aqui são as que eu sinto mais falta de encontrar.
      Ficou enorme esse post, mas tentei ser o mais detalhista possível, claro, com a minha opinião bem explicita.
      Concordo com a galera que fala que a disposição, ânimo e determinação são seus, mas ter alguém pra ajudar no treino, faz toda a diferença. Assim como tem gente que consegue fazer uma faculdade à distância, estudando sozinho em casa, tem gente que se não tiver um professor ali e imersão numa sala, não sai do lugar. As pessoas são diferentes então nem sempre o que serve pra um servirá para o outro. Isso vale para academia  e 'treino milagrosos' também.
       
       
      ACADEMIA DE BAIRRO
      Essa era a melhor opção: mais barata, perto de casa e tudo mais. Só que em matéria de resultado era mais ou menos. Na academia de bairro tem 1 ou 2 professores, você pede um treino eles te passam um genérico, te explicam como faz e até você ir lá e pedir pra alguém trocar você fica lá fazendo o movimento e um abraço. As exceções se aplicam aos caras mais populares, aos mais fortes, às mulheres, que é com quem os professores ficam o tempo todo. Academia de bairro também tem poucos aparelhos, então revezar é algo mais do que comum e esperado. O problema que são poucas as que fazem um acompanhamento, tiram medidas e te mostram o quanto você evolui ou não. Genérico. (desse padrão eu já frequentei 3), mas tem um custo-benefício OK. Pra quem quer iniciar, pode ser até uma boa opção.

      Prós: perto de casa, valor menor
      Contra: mínima atenção dos professores, treino genérico, falta de avaliação física, sem wifi na maioria das vezes
      Preço médio: R$100,00
       
      Runner
      Quando a minha academia de bairro foi demolida, pra construção de uma estação de metro (há 5 anos e até agora não tem metro), fui procurar outra, e nessa acabei indo pra Runner, uma das academias de nome. A diferença foi gritante. Fiz um plano anual (então isso me forçou a ir pra academia com frequência) e no primeiro dia já foi a avaliação física: tiraram medidas, verificaram massa gorda, magra, alongamento, enfim uma série de coisas. Com esses dados o professor montou um treino PRA MIM, e esse treino eu fazia todos os dias. O valor era praticamente o dobro da de bairro, mas a qualidade e quantidade de equipamentos além do ambiente valiam a pena, sem contar que tinha estacionamento gratis. Nos treinos, que eram impressos no dia, dava pra acompanhar a evolução, eu colocava no papel os pesos, caso aumentasse e já iam atualizando no sistema. Quando era pra trocar, o sistema já me avisava, eu falava com o professor e começávamos a montar o novo treino. O resultado foi muito bom, consegui em 3 meses o que em um ano de academia de bairro eu nao tinha conseguido. Mas era o mesmo, quando se fala em acompanhamento: os professores ficam sempre batendo papo com os mais fortes, as mulheres, ou entre eles mesmos. Tinha uns professores com um ar de superioridade e às vezes quando você precisava de auxílio, iam meio que forçado. Um até chegou a dizer que não tinha tempo pra me atender porque só tava ele na academia no dia e pediu pra eu me virar, falou exatamente isso. Isso foi cansando, e vencendo meu plano eu não renovei.
      Boa opção de academia pra quem ta querendo partir para uma mais completa e quer dar um upgrade no nível de treino, se tiver alguma unidade por perto.

      Prós: avaliação física, treino personalizado, algum acompanhamento pelos professores, bons equipamentos, lanchonete em algumas unidades
      Contra: poucos professores por aluno, banheiro sem shampoo ou sabonete (toalhas pagas à parte), estacionamento pago, sem wifi
      Preço médio: R$250,00
       
      SmartFit
      Essa foi minha opção seguinte: era a febre do momento: uma academia bem estruturada por 50 reais por mês. Sonho de consumo. Fui, fiz a matrícula e comecei a fazer, e foi aí que começaram os problemas: em um ano de SmartFit nenhum treino me foi passado: quando eu procurava o professor tinha que agendar um horario e dificilmente batia com o disponível. Agendei uma vez e ele faltou e a coisa foi se arrastando. Mas é essa a justificativa do preço baixo: falta de funcionários.Depois de uns 2 meses consegui e o treino foi padrão de academia de bairro. Eu estava fazendo o treino que já tinha na Runner e 'inventando' treinos novos com o que dava. A superlotação era algo excepcional: na SmartFir de Moema, que eu frequentava, tiveram dias (principalmente segunda e terça feira) nos quais não dava pra circular na academia, não tinha nenhum aparelho livre muito menos pesos. Com isso fazer bi-set é algo impossível: ou você se vira com o que tem ou fica la fazendo intervalos de quase 5min entre uma série e outra pra revezar com mais 4 pessoas. Isso sem contar o pessoal que vai lá pra fazer selfie ou pra bater papo utilizando 2 equipamentos ao mesmo tempo, fazendo supino com 50kg e intervalo de série de 10min pra bater papo. Foi a minha pior experiencia. Mas tem a opção de ir em outra unidade, mas nesse caso ou não tem o aparelho, ou a unidade é menor e mais cheia. Fiquei lá um ano também e o resultado foi pior do que academia de bairro. SmartFit virou um local pra se estar, e não pra se treinar. Salvas exceções, é melhor às vezes nem ir do que passar raiva até.
      Até acho que serve como um complemento, principalmente pra quem viaja muito e quer poder complementar seus treinos em outro lugar, porque tem SmartFit no Brasil inteiro.

      Prós: preço, disponibilidade de frequentar outras unidades, quantidade de academias no país bem grande
      Contra: nenhum acompanhamento, excesso de alunos, sem nenhum tipo de serviço disponível, sem wifi
      Preço médio: R$70,00
       
      Bio Ritmo
      Dona da SmartFit, a BioRitmo tem uma pegada muito semelhante à Runner, tanto que são concorrentes diretas. Lá tem um treino montado pra você, tem professores disponíveis (às vezes), alguns tem boa vontade, outros não. A queixa é sempre a mesma: se você foi popular, fortão, ou mulher bunduda, terá uma academia particular, se não for, vai ser mais um lá. O que senti na BioRitmo é que os professores ficam de olho em você, ou seja, se por acaso estiver fazendo um treino errado, alguns vão te corrigir, isso às vezes acontece.. às vezes. Depende da unidade (tem unidades enormes como da Paulista e Tamboré e outras bem pequenas, como Moema ou Morumbi) a quantidade de professor / aluno é pequena, então não da pro cara te ajudar o tempo todo. Mas no geral a BioRitmo foi bacana e se aplica a mesma avaliação da Runner aqui.
      Boa opção de academia pra quem ta querendo partir para uma mais completa e quer dar um upgrade no nível de treino, se tiver alguma unidade por perto ou convênio com a empresa que trabalha.

      Prós: avaliação física, treino personalizado, algum acompanhamento pelos professores, possibilidade de ir em qualquer unidade nos fins de semana, diversos convênios com descontos bons para algumas empresas, lanchonete disponível em algumas unidades
      Contra: poucos professores por aluno,valor excessivamente caro em determinadas unidades, não tem banheiro com shampoo e sabonete (toalhas pagas à parte), estacionamento pago, sem wifi e com restrição de uso de celular na academia
      Preço médio: depende da unidade, tem desde R$199,00 a R$350,00
       
      A partir desse momento eu comecei a cogitar a ideia de contratar um personal, seria um cara pra acompanhar os meus treinos, me fazer chegar ao meu limite e com isso melhorar a minha forma, só que o preço me fez desistir na hora. O Valor médio da hora é R$60, e o minimo que se recomenda sao 2x por semana, nessa brincadeira lá se iam R$480,00 + mensalidade da academia. Isso pra ter alguém comigo 1h 2x por semana, no resto, por minha conta. Comecei a buscar mais sobre academia e cheguei na Les Cinq, a academia 'boutique'.
       
      Les Cinq Gym
      A ideia da Les Cinq é ser uma academia boutique. Mas o que é isso? Uma academia com decoração diferenciada, sem excesso de alunos, com um novo conceito. Mas o que é na real, no dia-a-dia?
      Lá, além de ser extremamente chique e bonito, você tem à disposição uma série de mimos: tem água mineral Minalba em garrafa pra pegar, água de coco, chá e sucos Liv á vontade, toalhas geladas pra usar pra se secar no treino, banheiro com shampoo, sabonete e condicionador da marca Granado, além de toalhas de banho, tudo disponíveis pra usar. O espaço ainda conta com uma pista de cooper no terraço, pra quem gosta de correr fora da esteira, aula de luta, um tipo de CrossFit, além de várias outras atividades, o que no real as outras academias de nome também oferecem essas aulas.
      Ok, mas qual a diferença nisso? Os professores.
      Cada professor é responsável por até 4 alunos, ou seja, um professor tem no máximo 4 alunos pra ele passar o treino, acompanhar, dar as dicas e passar as aulas. Seria um semi-personal. Por exemplo, você está lá fazendo o treino e pede pra ele te ajudar, ele vai fazer todo o exercício com você, te auxiliar, aumentar a carga se necessário, te da as dicas ou até mudar o exercício se quiser. Esse professor vai estar ali o tempo todo. Não chega a ser um personal porque ele não está cuidado só de você, mas olhando a academia toda. Agora, imagine que a academia é bastante pequena, que tem bem poucos aparelhos e nesse espaço chega a ter 5 professores: é impossível você fazer algo errado: sempre alguém vai estar te olhando e te auxiliando. Ainda, a evolução do seu treino será acompanhada e será sempre o mesmo professor a te passar um novo upgrade nos exercícios e se você faltar por mais de 3 dias, alguém entrará em contato contigo para saber se está tudo bem e propor até pausa (que pode ser de até 45 dias) para você não gastar seu mês pago sem utilizar. Ou seja, se você colocar no papel o custo de um personal por 1hora 2x por semana vai sair mais caro do que o custo da Les Cinq, em que você vai ter praticamente um personal todos os dias. Além do atendimento e da simpatia do pessoal por lá. O resultado você sente que aparece, e se não tiver, fale com o professor que ele te ajuda.

      Prós: avaliação física, treino personalizado, acompanhamento frequente com professores, bons equipamentos, banheiro com shampoo, sabonetes, toalhas, água mineral, suco, água de coco e chás à vontade, toalhas frias para se secar durante o treino, sauna à vapor e pista de cooper no prédio, WiFi e repetidora de celular dentro de academia para não ter perda de sinal, foodtruck fitness com shakes, doces, salgados que podem ser consumidos na varanda da academia, que dispõe de mesas e sofás
      Contra: espaço pequeno em horários de pico, estacionamento pago
      Preço: R$699 no semestral e R$599 no anual, com 1 mês grátis em cada um, ou seja, média de R$539 no anual.
       
      Resumo: se você quer ir para academia apenas pra fazer exercícios e melhorar sua qualidade de vida sem investir muito nisso, uma academia de bairro ou mesmo SmartFit podem ser mais do que suficientes pra você. Agora se tem um valor a mais pra gastar, quer um treino um pouco mais avançado, com avaliação física e/ou sua empresa tem convênios, além, claro, de ter possibilidade de se locomover até uma das academias, BioRitmo e Runner são excelentes opções, sem sombra de dúvidas. Já pra quem quer ter um resultado mesmo, quer focar no corpo e não se importa em gastar um pouco mais com isso, um personal na BodyTech ou Les Cinq as melhores escolhas.
      Bom, essa foi a minha história com academias. Com certeza cada um teve a sua e poderá concordar ou não com a minha opinião, mas a intenção foi expor o que eu senti até hoje nesses anos de treino que tenho feito.
      Críticas e comentários serão muito bem-vindos.
       
      Um abraço e bons treinos
×
×
  • Criar Novo...