Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Esteróides Anabólicos: Benefícios

Héverson Gomes
Gostou? Compartilhe!

Avaliar:

Nesta edição, vamos tratar de um tema um tanto polêmico. Uns são à favor, outros são contrários. Afinal, o que são esteróides anabólicos (EAA) e para que servem? Vamos tentar esclarecer um pouco sobre este tema.

Ao contrário do que muitos pensam, EAA não é algo anormal criado por cientistas da NASA para formar homens absurdamente fortes. Eles são apenas medicamentos criados para corrigir um tipo de patologia, como outros medicamentos. Fazem mal? Sim, fazem, como qualquer outro medicamento utilizado sem prescrição e acompanhamento médico.

Mas os esteróides matam!? Quem disse? Quem comprovou? O sensacionalismo da mídia brasileira (que propaga até que suplementos alimentares causam malefícios) diz que matam. Não estou dizendo que esteróides anabólicos não causam malefícios, mas devemos propagar também os efeitos colaterais de outros medicamentos, como por exemplo: o AAS, os anti-inflamatórios, os antibióticos e por que não falarmos dos dois outros males, que quase não são mencionados, que são o cigarro e a bebida alcoólica (e que são vendidos sem receita e livremente).

Há uma diferença: os EAA causam mal para o usuário, já o cigarro para quem usa e para quem está próximo (que é obrigado a inalar a fumaça do fumante). É comprovado que esta causa mais males a quem é fumante passivo do que para o ativo.

Também é comprovado que a cada duas pessoas fumantes, uma morre pelos males causados pelo cigarro, ou seja, 50%. E o álcool? Este apresenta vários males dignos de nota, como os acidentes de trânsito com mortes, e outros vários.

Nunca ouvi dizer nos noticiários que alguém tomou esteróide e dirigiu em alta velocidade e matou várias pessoas. Alguns conceitos e preconceitos precisam ser revisitados, pois muitas pessoas, quando ouvem falar em esteróides anabólicos, já os associam a pessoas que treinam com pesos (fisiculturistas, basistas, e apenas praticantes).

Este preconceito, infelizmente, acomete muitos seres humanos. Por exemplo, se você passar em um prédio em construção e vir um pedreiro todo definido, sem camisa, você vai logo dizer: "nossa, olha que genética!". Agora se este mesmo indivíduo for colocado num ginásio de musculação, qual será a sua frase? "Esse cara toma bombas..."

Infelizmente é esse o pensamento da maioria da população. Quem treina sério e faz uma dieta correta tem que ouvir piadinhas como: "bombado, sem cérebro, burro, etc.." Vou dar mais um exemplo de ignorância populacional. Num tópico em uma rede social, tacharam quem treina e faz dieta como retardado e exibido, dizendo prefirir-se pessoas com barriga e com cérebro.

Abriu-se um tópico com mulheres, dizendo que mulheres que tem corpo sarado são burras, não sabem contar além de 15, que seria o número de repetições que executa. Como pode em um país que é proibida a discriminação pela cor da pele, opção sexual, classe social, discriminar alguém pelo tamanho dos músculos?

Agora eu me pergunto: "Quem é o ignorante?". As pessoas que acham que os EAA estão apenas com os fisiculturistas, se esquecem que atletas do atletismo são pegos com uso de substancias proibidas, e os atletas do basquete dos EUA (que ficariam muito bem colocados se viessem disputar o fisiculturismo por aqui), e o jogador de futebol que sai do interior de algum estado aqui do Brasil pesando 50kg e vai jogar na Europa e em menos de um mês esta com mais de 80kg, com uma enorme massa magra.... Pensemos antes de falar.

Bem, vamos ao que interessa. O que são esteróides anabólicos? São substâncias derivadas do hormônio masculino testosterona. Elas promovem o crescimento muscular e o aumento de massa corpórea. Geralmente os anabolizantes são utilizados por atletas ou pessoas que querem melhorar a performance e a aparência física, como drogas ilegais, em academias e clubes esportivos.

Anabolizantes são tomados por via oral (pílulas) ou injetados. Muitas vezes são tomadas doses centenas de vezes mais altas que as prescrições médicas. Além disso, os usuários costumam combinar uma série de tipos diferentes de esteróides para aumentar os efeitos.

Vale a ressalva de que esses medicamentos, por serem ilegais, muitas vezes são trazidos do exterior na clandestinidade, ou, muitaS vezes feitos, em laboratórios de fundo de quintal, sem o menor controle de qualidade, e a menor higiene, o que representa um risco a mais para os usuários.

É por isso que sou a favor da conscientização e não da proibição, sem ao menos explicar o porquê. Talvez por alguns profissionais da área de saúde não saberem nada sobre o assunto, recusam-se a falar sobre os esteróides. Ou talvez por falsa ética, pois existem médicos que não falam sobre EAA, mas receitam remédios para emagrecer, ou calmantes fortes, que também causam danos a saúde.

Benefícios dos esteróides anabólicos:

>> Aumentam a força de contratibilidade da célula muscular, através de um maior armazenamento de fósforo creatina(CP), este ajuda repor o ATP (fonte principal de energia do músculo), quanto maior a quantidade de CP armazenado no músculo, mais forte e denso ele será;

>> Aumentam a síntese da proteína, promovendo assim um balanço calórico positivo. É por isso que pessoas que fazem uso destas substâncias ingerem um número maior de proteínas que as demais;

>> Aumentam a retenção de glicogênio (substância derivada da quebra de carboidratos). Quando se esgota o estoque de ATP, o glicogênio passa a entrar em cena para manter o suprimento de energia, caso o esforço se prolongue. O aumento na retenção de glicogênio resulta no aumento do volume muscular;

>> Favorecem a captação de aminoácidos pelas células musculares;

>> Bloqueiam o hormônio cortisol, que é um hormônio liberado pelo stress e após o treinamento intenso, este é antagônico a testosterona, e é responsável por impedir o crescimento muscular, ou seja, quanto mais cortisol, menor desenvolvimento muscular.

Enfim,são estas as características dos esteróides anabólicos, mas lembre-se, só quem pode prescrever são os médicos, ninguém que não necessita desta substância deve fazer uso.Treine pesado e faça dieta.

Assista a um vídeo que trata dos benefícios dos esteróides anabolizantes:

Até a próxima.


Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Gostou? Compartilhe!

Comentários


Visitante MonsterOgre

Postado

apoiado totalmente muito boa colocacao e vamos para de falar mal dos aes que sao coisas tao maravilhosas e vamos tentar inibir a venda de de bebidas alcolicas eo cigarro q sao muitos nocivos a nossa saude eheheh

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
Visitante heenrique

Postado

Concordo plenamente, como chama esses EA's? não faço uso, mas gostaria de usa-los.. Valeu pela  materia cara 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Uma pessoa muito magra, pode usar os AE's tbm?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
Visitante Alexandre maromba

Postado

me adiciona no msn ae fera fasendo favor , [email protected]   , flw abraços "

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
Visitante Francisco

Postado

Mais uma vez um texto legal e bem escrito é finalizado com interessados em comprar AEs por vias não legais. Voltem e releiam o texto do colega: somente um médico pode te receitar & te dar as instruções para uso e precaução correta dos colaterais.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora

  • Conteúdo Similar

    • Por fisiculturismo
      O documentário Bigger Stronger Faster - Is it still cheating if everyone's doing it? (em tradução livre: Maior Mais Forte Mais Rápido - deixa de ser trapaça quando todo mundo trapaceia?) é uma crítica acirrada à cultura norte-americana, onde a população se apresenta contrária ao uso de anabolizantes esteróides nos esportes e para fins estéticos, mas ao mesmo tempo venera atletas que fazem uso de substâncias ilegais.
      Dentre os famosos que são venerados pelos norte-americanos, e que fazem ou que fizeram uso de anabolizantes esteróides, o filme apresenta Hulk Hogan, Sylvester Stallone, e Arnold Schwarzenegger.
      Segundo o documentário essas personalidades influenciam crianças, jovens e adultos apresentando físicos extremamente musculosos, mas escondem a verdade por trás das montanhas de músculos: anabolizantes esteróides.
      O filme apresenta uma realidade obscura dos esportes de elite, que não incomoda apenas o fisiculturismo de alto rendimento, mas praticamente todas as modalidades esportivas que dependem de músculos fortes e rápidos: o doping.
      Para o documentário, o atleta de elite é compelido a usar anabolizantes para atingir o topo nos esportes, sem os quais nunca seria um campeão, certo que todos os competidores fazem uso de alguma substância proibida.
      São apresentados no vídeo os casos dos velocistas Ben Johnson e Carl Lewis, do ciclita Floyd Landis e dos jogedores de baseball José Canseco, Barry Bonds e Mark McGwire.
      No filme são entrevistados médicos, advogados, parlmentares, atletas profissionais e ratos de academia.
      O autor do documentário critica o pânico que a mídia levanta em torno dos anabolizantes, sem base científica ou prática para tratá-los como drogas homicidas.
      Apresenta 450.000 como o número de mortes causadas por cigarro a cada ano; 75.000 por álcool; e apenas 3 por anabolizantes esteróides.
      Nos números de emergência de hospital, o documentário apresenta como primeiro colocado no lista o álcool, como segundo colocado a cocaína, terceiro a maconha, e somente na centésima quadragésima segunda posição os anabolizantes esteróides.
      Há no documentário depoimento do médico Norm Fost, segundo o qual não haveria dúvida de que os esteróides anabolizantes esteróides causam sérios efeitos colaterais, mas que eles não teriam sido devidamente demonstrados ainda.
      Também há depoimento do médico Gary Wadler, que é contra os anabolizantes e representa a entidade Antidoping, e que diz que os efeitos colaterais dos esteróides não podem ser demonstrados porque seria antiético.
      No filme são apresentados os efeitos colaterais da Vitamina C, pelo médico Carlon Colker, e que são muito semelhantes àqueles imputados aos anabolizantes esteróides. Segundo o médico, até amendoim é perigoso, pessoas alérgicas podem morrer por causa dele. Mas não é por isso que o amendoim é proibido para consumo.
      Um dos irmãos do produtor do documentário, que é usuário de esteróides, diz que sentiu como efeitos colaterais: acne e crescimento de pelos no peito e nas costas. O outro irmão, que também é usuário da droga, afirma que ao usar esteróides tem reduzidas as "bolas do saco".

      Uma atleta profissional diz que o efeito colateral é o som grosso da voz e o crescimento de pelos.
      De acordo com o documentário, não haveria alteração de personalidade pelo uso de esteróides, ou ataques de raiva, como é divulgado na mídia.
      Segundo o documentário, os esteróides anabolizantes têm sim efeitos colaterais, como qualquer outro medicamento, mas eles seriam reversíveis com o fim do uso da droga. São mencionados os seguintes efeitos colaterais: acne, crescimento de pelos, aumento do colesterol, diminuição dos testículos e diminuição dos espermas (até mesmo esterilidade). Todos esses efeitos seriam reversíveis.
      Para o produtor do documentário, os esteróides não causam calvície (mas podem adiantá-la se for um traço genético).
      Os esteróides também causam ginecomastia nos homens, e nas mulheres, além de acne e crescimento de pelos, causam engrossamento da voz, problemas menstruais e podem aumentar o clitóris. Alguns desses efeitos não seriam reversíveis.
      Nas crianças, os esteróides poderiam prejudicar o crescimento dos ossos, mas isso não foi provado.
      Também não foi provado que os esteróides causam câncer ou problema nos rins. Problemas no fígado seriam causados apenas por esteróides de administração oral.
      Quanto aos problemas de coração, diz o documentário que não há prova que os esteróides os causem, mas afirma que baixa testosterona também traz problemas de coração.
      No que toca à agressividade, o documentário afirma que apenas 5% da população apresenta esse efeito colateral.
      Sobre efeitos colaterais a longo prazo, não se pode dizer nada, porque não há nenhum estudo.
      Em entrevista, o advogado Rick Collins afirma que a sociedade norte-americana aceita que as pessoas se exponham a inúmeros riscos desnecessários, tais como cirurgias plásticas, lipoaspirações, bungee jump, saltos de pára-quedas, esquiar na neve e assim por diante. Os riscos dessas atividades são tremendos, sem qualquer necessidade. Se todos esses riscos são permitidos, por que não permitir o uso de anabolizantes esteróides para fins estéticos?
      De acordo com o advogado, os usuários de esteróides são em sua grande maioria (85%) ratos de academia, e não atletas, o que não justificaria a proibição dos esteróides por razões de trapaça nos esportes.
      No vídeo é apresentada uma entrevista com o médico Wade Exum, diretor do comitê olímpico norte-americano de controle de doping, o qual revelou que mais de 2.000 atletas falharam no antidoping, mas que os resultados foram escondidos.
      O documentário ainda aborda o caso nebuloso de um adolescente que se suicidou e cujos pais e a mídia culparam os esteróides, o que deu origem a uma lei dura contra os anabolizantes no Congresso norte-americano. No entanto, o adolescente tinha outros problemas completamente alheios aos anabolizantes.
      Por fim, o filme critica a indústria de suplementos alimentares, a falta de controle sobre os produtos e as propagandas enganosas em torno dela.
      Em resumo, o documentário é uma forte crítica a alguns valores sociais. Permite-se que o cidadão assuma inúmeros riscos sem necessidade, para fins estéticos ou de prazer, mas não se permite que use esteróides.
      Cigarro e álcool são drogas que matam milhares de vezes mais do que esteróides, mas são permitidos. Não há demonstração científica de que os esteróides causem mortes, mas eles são os primeiros a serem apontados como causa de morte quando algum de seus usuários falece.
      E os grandes heróis norte-americanos, produtos de filmes como Rocky, Rambo, Exterminador do Futuro e outros, foram estrelados por pessoas que usam ou usavam esteróides, mas são veneradas pelos mesmos que condenam o uso das drogas.
      Assista ao filme no YouTube:
      Obs.: Atenção: Apesar de o documentário criticar a proibição do uso de anabolizantes para fins estéticos, cumpre lembrar que no Brasil a sua venda também é proibida para esse fim. Somente podem ser adquiridos por razões de saúde e com prescrição médica. Não se esqueça que todos os medicamentos têm efeitos colaterais, e o mau uso de anabolizantes pode causar severos efeitos colaterais.
      Você acha que os anabolizantes esteróides deveriam ser permitidos para fins estéticos?
      Ninguém duvida que os esteróides anabolizantes proporcinam impressionantes ganhos de força e massa muscular, mas o seu usuário se sujeita a riscos por conta de efeitos colaterais já comprovados, bem como por outros ainda não demonstrados.
      Se a sociedade aceita o consumo de drogas como o álcool e o cigarro (que comprovadamente causam severos danos à saúde), e de intervenções cirúrgicas de risco para fins estéticos (desnecessárias), deveria também aceitar o uso de anabolizantes por adultos para melhora da massa muscular e aparência geral do corpo?
      A proibição ou a liberação do uso depende de lei, e a lei, em teoria, decorre da vontade do povo.
      Criamos em nosso fórum um tópico para que os usuários discutam sobre o uso de anabolizantes esteróides para fins estéticos. Se você é contrário ou a favor, não deixe de expressar a sua opinião.
      Para participar da discussão, clique no link abaixo:

  • Matérias Recentes