Jump to content

Onde comprar whey protein mais barato: brasil ou importar?

fisiculturismo
  • , 5,876 views

Há pouco tempo a resposta para a pergunta "onde comprar whey protein ou outros suplementos mais barato?" seria muito simples de ser respondida: importar de uma loja norte-americana online, claro. Mas os tempos mudaram. E muito.

No Brasil tudo é caro, muito caro. É o velho e maldito custo Brasil que nunca é equacionado por nenhum governo (tributos elevadíssimos, infraestrutura precária, legislação trabalhista antiquada, educação deficitária, e assim por diante). Os brasileiros costumam fazer a festa nas lojas de Miami nos EUA e da Ciudad del Este no Paraguai.

Com os suplementos alimentares a regra é a mesma. E a internet permitiu a importação direta de suplementos alimentares. Durante anos os brasileiros compraram muitos suplementos no exterior a preços muito mais baixos do que no Brasil. Lojas como a Health Designs, BodyBuilding.com, iHerb, VitaCost, dentre outras, fizeram a alegria dos brazucas.

Mas e agora? O dólar está batendo a casa dos R$ 4,00 (quatro reais). O governo desequilibrou completamente as contas públicas para vencer as eleições e deixou a fatura para a população pagar. A crise da China piora ainda mais a situação da moeda brasileira. E para completar, a Receita Federal está tributando praticamente todas as encomendas de suplementos vindas do exterior (antigamente era o contrário, dificilmente eram tributadas).

Será que ainda vale a pena importar suplementos, tais como a whey protein? Fizemos uma simulação com um dos suplementos alimentares mais procurados no Brasil, a 100% Whey Gold Standard da Optimum Nutrition. Escolhemos, no Brasil, a loja Corpo Perfeito e, nos EUA, a loja Health Designs, para fins de comparação. Os preços comparados se referem à data da publicação desta matéria (31/8/2015). Os valores em dólar foram convertidos para Real usando o valor do câmbio da data da publicação (US$ 1 = R$ 3,90).

Quadro Comparativo:

 

Brasil bandeira-brasil.gif

EUA bandeira-eua.gif

Valor do produto:

R$ 179,10

* selecionado o pagamento via boleto bancário

R$ 97,33

* computado o desconto de R$ 19,47

Frete:

Grátis

* compra acima de R$ 100,00

R$ 65,55

* escolhida a opção mais barata (IPA Interational Priority Airmail) e incluídos os R$ 12,00 que os Correios passaram a cobrar em 2/6/2014.

Tributos:

* embutidos no preço inicial

R$ 90,52

* 60% de Imposto de Importação que incidem no valor do produto somado ao valor do frete

Valor Total:

R$ 179,10

R$ 253,40

Diferença:

- R$ 74,30

+ R$ 74,30

Print da Tela de Simulação de Compra no Brasil:

Spoiler

whey-corpo-perfeito.gif

Print da Tela de Simulação de Compra nos EUA:

Spoiler

whey-health-designs.gif

Observando-se o quadro comparativo, chega-se à conclusão de que, no dia de hoje, não mais compensa a importação de whey protein ou de outros suplementos alimentares (talvez ainda compense a importação de suplementos mais leves, tais como vitamina C, multivitamínicos, etc). O valor final da whey protein importada é muito superior ao valor da mesma whey protein vendida no Brasil. Quem diria, outros tempos.

Não bastasse isso, há notícia de que as encomendas internacionais estão demorando muito mais tempo para serem liberadas pela Receita Federal. Numa importação direta que fizemos no ínicio do ano, os suplementos demoraram mais de 3 (três) meses para chegar.

É bom anotar que a maioria dos suplementos alimentares vendidos no Brasil são importados (grande parte das whey protein), e que a renovação do estoque com a nova realidade cambial pode implicar em alteração da tabela comparativa. Pode ser que os preços no Brasil fiquem ainda mais caros e novamente superem os preços dos EUA. Só o tempo irá dizer.

E os produtos nacionais? Ficarão mais competitivos? No caso específico da whey protein, como se trata de matéria-prima importada, dificilmente os fabricantes não irão repassar os reflexos do câmbio no valor do produto final.

Fique atento, sempre faça as contas antes de decidir pela importação ou não de suplementos alimentares. Hoje não há mais uma resposta pronta e rápida. Pode ser que, para determinados produtos, a compra no Brasil seja a melhor opção.

100% Whey Gold Standard no Brasil

100% Whey Gold Standard nos EUA

Edited by fisiculturismo


User Feedback

Recommended Comments

Ótimo artigo mostrando o cenário Político-econômico que vivemos com a desvalorização do real e o poder de compra nosso indo para o buraco.Agora os gringos e a elite = políticos podem aproveitar e comprar a vontade no Brasil.

Share this comment


Link to comment
Share on other sites

A compra de Whey nos sites gringos está complicado com a desvalorização do real, porém outros produtos está muito bom, mesmo com o dollar a quase 4 reais.

Semana passada chegou três encomendas com pré-treinos, vitaminas, bcaa e por incrivel que pareça, melatonina também chegou sem problema algum. As três encomendas passaram pela alfandega em Curitiba, que na minha opinião é a que mais taxa e passaram tranquilamente, sem taxas. Comprei tudo pelo HealthDesigns.

Share this comment


Link to comment
Share on other sites
Em 4 de março de 2016 at 16:50, Cris179 disse:

A compra de Whey nos sites gringos está complicado com a desvalorização do real, porém outros produtos está muito bom, mesmo com o dollar a quase 4 reais.

Semana passada chegou três encomendas com pré-treinos, vitaminas, bcaa e por incrivel que pareça, melatonina também chegou sem problema algum. As três encomendas passaram pela alfandega em Curitiba, que na minha opinião é a que mais taxa e passaram tranquilamente, sem taxas. Comprei tudo pelo HealthDesigns.

Bom saber que existem algumas encomendas que não estão sofrendo a taxação absurda. 

Pode dar mais detalhes sobre os seus pedidos?

  1. Quais foram os produtos que você pediu?
  2. A Health Designs declarou o valor total correto da compra na caixa?
  3. O valor foi maior do que US$ 50,00?

Obrigado!

Share this comment


Link to comment
Share on other sites


Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Add a comment...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By ø C4rtm4N ø1338434136
      Whey Protein ou Albumina .. qual a melhor opção ???
    • By Dra. Giovana Guido
      Proteínas de alto valor biológico na dieta
      A maioria dos esportistas sabe da importância da alimentação e suplementação sobre o seu rendimento, recuperação e evolução do físico. Na dieta de uma pessoa ativa, as proteínas tem papel de destaque, uma vez que são responsáveis pela recuperação muscular, ganho de massa, força e ativação do metabolismo.
      A qualidade dessas proteínas é um detalhe que deverá ser bem observado por quem deseja melhores resultados com a dieta, afinal, é obrigatório que as proteínas ingeridas sejam de alto valor biológico (praticamente 100% digeridas e metabolizadas pelo corpo).
      Um dos melhores tipos de proteínas existentes, são as proteínas lácteas. Existem 3 grupos principais de proteínas no leite:
      caseína; lactoalbumina; lactoglobulina. Todas elas possuem ótimo perfil de aminoácidos, ou seja, são de alto valor biológico.
      A caseína é de valor nutricional importantíssimo, pois é parte principal da constituição dos queijos. As outras duas citadas anteriormente são chamados proteínas do soro (subproduto resultante da fabricação de queijos e manteiga). Este soro é desidratado e pelo processo de ultrafiltragem se obtém a whey protein.
      A whey protein é um dos suplementos mais populares entre os esportistas e os atletas. A versão concentrada seria a versão “bruta” do produto com concentração protéica variando de 50-80%. A versão isolada é totalmente isenta de carboidratos, gorduras e lactose, chegando a uma concentração de 90% de proteínas. A versão hidrolisada possui composição semelhante, a diferença é que suas partículas são pré-digeridas. A caseína tem uma concentração de 80% de proteínas.
      Existem vantagens e desvantagens quando comparamos as duas proteínas, não é possível eleger uma que seja melhor.
      Caseína
      Vantagens da caseína:
      alto teor de glutamina, tirosina e arginina (vasodilatação/anticatabólicos); trânsito intestinal mais lento – ajudando na melhor absorção pelo organismo; possui valor biológico de 77; alto nível de saciedade. Desvantagens da caseína:
      não possui nível muito alto de BCAA’s; alto teor de sódio e lactose. Whey protein
      Vantagens da whey protein:
      atua na melhora do sistema imunológico; alta concentração de BCAA’s; aumenta a produção do antioxidante glutationa; facilmente aceita por pessoas portadoras de intolerância à lactose (versão isolada); estimula a produção do IGF-1 (insulina como fator de crescimento); possui valor biológico de 104. Desvantagens da whey protein:
      pode conter alto teor de sódio, lactose e gorduras (versão concentrada); contém pouca arginina, glutamina e fenilalanina (aminoácidos excelentes para ganho de força, recuperação e massa); a digestão é bem mais rápida, podendo minimizar absorção de alguns aminoácidos; baixo nível de saciedade. Qual é a melhor: whey protein ou caseína?
      Comparando as duas, podemos observar que cada uma tem suas vantagens e desvatagens, então, o ideal é incluir as duas em sua dieta e usá-las nos momentos específicos que exijam uma proteína de rápida ou lenta digestão e absorção: Ao acordar, pré-treino e pós treino: whey. Lanches intervalares e antes de dormir: caseína.
      REFERÊNCIAS:
      KLEINER, Susan M.; GREENWOOD-ROBINSON, Maggie. Power Eating. Human Kinetics. United States, 2007.
      MELTZER, Shelly; FULLER, Cecily. Eating for Sport: a practical guide to sports nutrition. New Holland. London, 2005.
      WOLINSKY, Ira; HICKSON JR., James F. Nutrição no Esporte e no exercício. Editora Roca. São Paulo, 2000.
    • By fisiculturismo
      Já faz um bom tempo que o ilustre desconhecido Félix Bonfim bombou na internet apresentando laudos de whey que demonstravam que os produtos forneciam mais ou muito mais carboidratos do que o prometido nos rótulos, e, às vezes, muito menos proteínas. Isso nos motivou, em setembro de 2013, a sugerir que o INMETRO regulasse o mercado com um selo de qualidade (Selo do INMETRO para Suplementos Alimentares).
      Há pouco tempo, foi a vez da entidade PROTESTE apresentar laudos de whey, mais uma vez apontando divergências entre os rótulos e os produtos entregues por diversas marcas, inclusive marcas tidas como de excelente qualidade no mercado (PROTESTE Avalia Whey Protein e Reprova Muitos Suplementos).
      E agora, finalmente, a ANVISA deu as caras e decretou a proibição de venda de lotes de diversas wheys, cujas análises da própria agência reguladora revelaram que os rótulos estavam sendo falseados, isto é, os valores nutricionais anunciados não eram entregues pelos produtos.
      Segue a lista de lotes de whey proibidos pela ANVISA:
      Super Nitro Whey NO2 – American Line Suplements  3W – Fast Nutrition Whey Protein Optimazer – Cyberform Whey NO2 Pro Baunilha – Pro Corps Whey NO2 Pro – Pro Corps Whey 5W Pro – Pro Corps Ultra Pure Whey Isolate Whey - Nutrilatina Age Superior Extreme Whey Protein - Solaris Extreme Whey Protein – Solaris 100% Ultra Whey – Ultratech Supplements Bio Whey Protein – Performance Whey NO2 Creatine - Peter Food 100% Whey Xtreme – X-Pharma Super Whey 100% Pure – IntegralMedica Super Whey 3W – IntegralMedica Fisio Whey Concentrado NO2 - Fisio Nutry Designer Whey Protein - D.N.A. Muscle Whey Proto NO2 - Neo Nutri Whey Protein 3W – D.N.A. Isolate Whey – Neo Nutri Nossa maior decepção foi com a whey isolada da Nutrilatina AGE, que é considerada uma marca de excelente qualidade. Infelizmente não tivemos acesso aos laudos para saber o motivo exato das proibições, tais como percentual de erro na informação sobre carboidratos e na informação sobre proteínas. Consta informação no sentido de que algumas wheys apresentavam até soja em sua composição, o que não era informado no rótulo.
      Faça sua parte, compartilhe essas informações para prevenir a compra de produtos da baixa qualidade e para forçar a indústria a oferecer produtos honestos.
      Fonte: Anvisa proíbe a venda de 20 tipos de Whey Protein, Correio Braziliense.
    • By Rafael Dickinson
      ae to pensando em parar a suplementacao com albumina... a albumina q eu compro (nutrilatina) ta 37 reais sendo q o whey da atletica ta 38... to pensando em no pos treino continuar com meu whey da universal e de manha e antes de dormir suplementar com whey nacional tipo atletica, probiotica, etc...
      minha duvida eh a seguinte, o whey antes de dormir tbm ajuda na producao de GH? sobre ter proteina durante o sono, eu tomaria antes de dormir o whey com leite q tem lactose e deixa a absorcao mais lenta e eu teria proteina durante o sono pq a caseina eh de lenta basorcao... sera q eh uma boa? c nao vou mandar umas 2 colheres de albumina antes de dormir junto com whey
      da um help ae pessu
      []'s
×
×
  • Create New...