Ir para conteúdo

Bruce Slajvic

Membro
  • Total de itens

    149
  • Registro em

  • Última visita

1 Seguidor

Sobre Bruce Slajvic

  • Rank
    Novato

Detalhes

  • Gênero
    Masculino
  • Interesses
    girls and lesbians
  • Profissão
    Estudante

Anúncios

  • Relacionamento
    CASUAL com MULHER

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Libido não é apenas testosterona. Você tá insistindo no erro achando que aumentar ela irá resolver a situação por si só. Tem gente que tem 10x mais testo que você e acaba broxando por desequilibrar o corpo hormonalmente. Outro erro. Testosterona estando em 500 em você já deveria estar dando o gás necessário pra transar. Tem algo além disso, psicológico ou outra causa fisiológica. Já fez alguma bateria de exames pra ver? É melhor ir vendo isso ou pensar em outra coisa. Se insistir apenas na testo vai se frustar.
  2. Tadalafila não altera libido. Com 10 dias de uso, deposteron nem deveria surtir algum efeito considerável ainda. Esse aqui é seu problema. E não testosterona. Tu deve estar em algum estado de estresse bem pesado devido ao sono ruim e com muita insegurança devido a libido e o namoro recente, o que faz você se auto sabotar mais ainda. Corpo cansado transa mal ou nem transa.
  3. É por isso que blends assim fariam mais sentido se fossem comercializados em ampolas de 1ml não em frascos. Independentemente da densidade diferente, a ampola toda seria consumida de qualquer forma. Na minha época descabeçada (ou nem tanto), eu guardava o frasco de stano da landerlan que era de 30ml pra fazer meu blend caseiro com testo e trembo que eu comprava de outro fabricante e apenas colocava ali dentro para ser mais fácil de guardar/esconder/carregar. Como as densidades eram diferentes e a cor da trembo destacava fácil da testo por ser bem avermelhada, eu usava uma agulha maior e inclinava o frasco caso precisasse para pegar cada uma separada. Foi o único blend até hoje que botei fé.
  4. Normalmente esse blends são subdosados ou muito subdosados. Não valem a pena.
  5. Não debilita. A única coisa é que hormônios sexuais tendem a ter diferente participação na expressão de certas citocinas do sistema imunológico.
  6. O profissional que você escolheu pelo jeito é amador. Tamox intra ciclo com qual finalidade? Provável que nem ele saiba. No meio do fisiculturismo, amador ou profissional, tamox intra ciclo tem apenas duas finalidades: reverter um nódulo imaturo de tecido mamário que pode fibrosar e virar uma ginecomastia, ou para atenuar pioras em perfil lipídico. Silimarina é dinheiro jogado fora. A função da TPC é colocar o teu eixo de volta no trilho, sendo que ele estava desligado parcialmente pelo uso de hormônio exógeno, ai você acha que a melhor opção pra ele voltar é colocar de novo algum hormônio exógeno? Esse 1ml ai deve condizer com 200mg/semana, que é praticamente uma dose usual de usuários que entram em cruise e decidam não voltarem a serem naturais. 200mg/semana corresponde a fácil uns 1200+ de testosterona caso a droga tiver boa procedência, o que já tá bem longe de um limite natural que fica entre 800+-. Não foi te indicado nenhuma TPC. Tem tópicos muito bons sobre protocolos de TPC e relatos aqui no fórum.
  7. A dissipação é mais lenta na região subcutânea, por isso precisa fazer rodízio de onde injetar e dar uma maior trégua entre injeções no mesmo lugar. Por isso é bem mais fácil trabalhar com injeções subcutâneas em TRT já que há menos frequência de injeções. De qualquer forma, pra quem injeta grandes quantidades em pouco tempo, é bem mais fácil injetar em algum músculo mesmo. O ''óleo'' em si não é perigoso estando na região SubC, mas alguém desavisado pode saturar muito algum local de aplicação e criar nódulos fibrosos.
  8. Seu professor está falando abobrinha. É preferível a aplicação subcutânea devido a chance de reação adversa em uma intra-muscular ser maior. Tanto é que, se alguma pessoa hoje decidir tomar hormônios para mudança de sexo, o endócrino encarregado vai indicar a subcutânea. Desconheço alguma reação adversa de pessoas que conheço que já optaram pela subcutânea para os AES convencionais.
  9. Prof de que? Farmacologia? Educação física? Não vejo problemas em fazer aplicação subcutânea, hoje em dia até é preferível realizar e é indicado TRT subcutânea, pois há menos chances de complicações comparado com as musculares.
  10. Poste uma foto dentro dos padrões da comunidade aqui pra avaliação do pessoal. Além do objetivo que quer e rotina que pensa em manter.
  11. Acho que você está com medo de algo que não precisa. Abaixar demais o E2 com anastrozol é difícil. É bem pior você precisar usá-lo em doses maiores vendo que está tendo colaterais e a dose atual parece não surtir efeito. De qualquer forma, qual seria o ciclo?
  12. Sentir crepitações ou estalos no joelho é bem provável que seja condromalácia. Sua articulação tá enfraquecida, isso pode ter vários fatores, treino pesado e errado, repetitivo, idade e fatores anatômicos de cada um. Vá no ortopedista, se for isso, ele vai te indicar anti inflamatórios por 1 semana + umas sessões de fisioterapia pra fortalecimento da região. A TC vai servir pra avaliar o grau da lesão. Como você não tem edema algum, seria um grau inicial. Já que quanto mais lesada a articulação, maior o edema normalmente.
  13. Quanto mais ''marcas'' o contato te oferece, mais você deveria ficar longe dele.
  14. Não existe protetor hepático, o melhor deles é não usar a droga. O resto é firula pra te vender pote azul com suco de abacaxi ou balela que te contam na academia. Se seu fígado ta baleado o negócio é usar acetilcisteina. To quase me formando e nunca vi nenhum professor/médico usar Organ Shield ou manipulado de farmácia natural após ver um exame hepático ruim de um paciente.
  15. Acho que procurar um gastro é bem melhor do que perguntar por aqui. Você pode ter algum outro problema estomacal que até influenciou no aparecimento da hernia. Diarreia eu acho estranho, mas como você dificultou a volta de gases do estômago para o esôfago, a fim de melhorar a questão do refluxo, você acaba acumulando mais gases na região estomacal - intestinal, já que ''arrotar'' é bem mais difícil agora. Evitar alimentos que produzem muito gás também é uma boa (feijão é um deles), mas como já faz 6 meses, já passou de período pós operatório de cuidados e etc, e entendo pouco disso, não sei dizer se pode ter tanta relação com a dieta assim. Tenta variar ela por uma ou duas semanas e vê se melhora.
×
×
  • Criar Novo...