Carregando...
Ir para conteúdo

Mestre

Membro
  • Total de itens

    12.569
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias que ganhou

    305

Histórico de Reputação

  1. Curtir
    Mestre recebeu reputação de contribuinte em Benefícios Do Whey Protein Por Markus B   
    Como sempre, muito bom mesmo.

    Abracos colega.
  2. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em ATENÇÃO: regras do fórum de anabolizantes   
    Beleza Pedrão?

    Eu sabia que a seção de Anabolizantes poderia voltar aqui no forum, mas fui pego de surpresa hoje pela manhã quando já ví ela liberada para o uso novamente.

    Agora estou um pouco sem tempo, mas vou dar uma lida legal em tudo, e depois tento ajudar.


    abracos pedro.
  3. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Em ciclo com Propinado DSDN incluo Primobolan a partir da sétima semana?   
    Os riscos de tudo que eu afirmei acima, existem sim. Agora fazendo exames antes, durante e depois do ciclo para ir monitorando os acontecimentos, pode sim ser uma saída, pois isso ajudaria a detectar se oque eu afirmei acima estaria mesmo acontecendo e em qual grau estaria.
    Eu de qualquer forma não gosto de usar Testosterona assim dentro do seu objetivo, sem usar um Inibidor de Aromatase junto, exatamente pelos motivos que citei acima. Mas fazendo um exame durante o ciclo, pode-se com isso medir as dosagens de Estrogênios durante o ciclo, e com isso saber em que grau estaria aromatizando essa Testosterona vinda do Propionato, e se o impacto disso iria sabotar ou não o objetivo.
    Fazendo um exame pós ciclo, poderia-se medir também o problema que eu disse sobre quando iniciar o uso de um SERM, por exemplo, para recuperação do eixo HPT, pois ai se caso no exame ficar caracterizado como ameaça real a possibilidade que eu apontei que poderia acontecer, seria tempo ainda de tentar uma outra estratégia para reverter um possível problema que poderia estar acontecendo referente à isso.
    Mas mesmo assim, monitorando com exames para poder fazer um contenção de um problema que poderia vir a acontecer, se pudesse elaborar uma rotina menos propensa à problemas, talvez fosse melhor do que monitorar e remediar algo de errado que pudesse vir a acontecer. Eu prefiro tentar evitar elaborando uma coisa menos propensa à problemas, do que remediar se os problemas acontecerem.
  4. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Suplemento para aumentar potência sexual   
    Desculpe a pergunta, mas diante do topico que vc escreveu, e para tentar responder uma coisa que nada tem haver com fisiculturismo, preciso saber porque da sua pergunta, e se vc pergunta isso pois está tendo problemas de potencia sexual no momento.
  5. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Suplemento para aumentar potência sexual   
    Vc teria que ver a origem desse problema.
    Ele pode ser emocional, hormonal, fisico a nivel de irrigação sanguinea no penis e outros diversos fatores.

    Vc precisa de exames, e para isso uma consulta medica eh essencial, pois sem o medico nem o exame vc vai conseguir fazer.

    Não eh interessante vc usar nada, pois não sabe oque tem.

    Portanto procure uma orientação medica e de posse de exames, ele vai poder te ajudar.
  6. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Meia-vida do Cipionato de testosterona   
    Só para completar a resposta.
    Sobre "empilhar", onde seja, atingir a CSS(concentração em estado de equilíbrio), que é como se chama em farmacocinética, também não existe uma regra fixa.
    Na verdade, em nada no corpo existe regra numérica física, pelo menos que eu conheça, portanto não devemos nos prender às regras.
    Alguns autores, colocam que a CSS é atingida após completar cerca de 4 meia-vida(T1/2) do fármaco, desde que ele seja ingerido(doses) de forma constante. Já vi isso colocado com cerca de 4 a 6 meia-vida, sendo que na 4ª meia-vida, a colocação do autor dizia que na maioria dos casos já se estaria com cerca de mais de 90% da CSS atingida.
    abraços colegas.
  7. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Meia-vida do Cipionato de testosterona   
    O Dudu acho que nem chegou a conhecer o Kusanagi, portanto nem vou falar que ele copiou e colou o texto dele, pois na verdade esse texto, depois que o Kusanagi tirou o fórum dele do ar, acabou viralizando mesmo na Internet.
    O Empilhamento, ou atingir a CSS(concentração de estado de equilíbrio), deve ser sim considerado com base na meia-vida.
    Antes de continuar, vou só fazer mais uma consideração.
    Ao se pesquisar por meia-vida, deve-se tomar cuidado, pois existem diversos tipo de meia-vida em farmacocinética, e essa que eu cito aqui neste tópico, e que é a importante para cálculo de Css e que comumente usamos, é colocada pela maioria dos autores como T1/2
    Eu acho que a pessoa deve pesquisar diversas meia-vida de diversas fontes e autores, pois nessa pesquisa ela encontrará uma variedade muito grande de opiniões, principalmente pelo fato de que a meia-vida muda em decorrência de fatores como concentração em mg, quantidade em ml e local da aplicação, como mostra o texto que coloquei acima com as referências, e assim, a pessoa pode assimilar como conhecimento algo obtido por essas pesquisas de acordo com o seu entendimento.
    Não tem como ficar criando regras fixas para isso, eu de cabeça tenho mais ou menos uma tendência de pensamento que sigo para mim, que foi oque acumulei como conhecimento de tudo isso que fui pesquisando no decorrer do tempo, mas nunca pensei em postar isso, primeiramente pelo fato de que não tem como na minha visão definir regra fixa para isso, e como são coisas minhas absorvidas ao longo do tempo, se eu postasse, seria na verdade "achismo", e como eu penso no "achismo" como uma das piores coisas da Internet, não vou fazer isso.
    Se quiser depois em off a gente troca ideia.
    abraços colega.
  8. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Meia-vida do Cipionato de testosterona   
    Teve uma época da minha vida, que eu queria ter exatamente todas as meia-vida dos Anabolizantes exatamente; fiquei louco por um bom tempo, até que, percebi que isso seria impossível.
    Tudo começa em meados dos anos 2000, quando o famoso PHD em bioquímica Bill Roberts elaborou uma formula para se obter a meia-vida de Anabolizantes baseados em ésteres, quando ele estipulou que era apenas multiplicar o número de átomos de carbono do éster por 1,5. No caso do Decanoato de Nandrolona com 10 átomos de carbono, seria então 15 dias.
    O Cipionato então com seus 8 carbonos pela regra do Bill Boberts, teria 12 dias de meia-vida.(se quiser depois, pesquise os átomos de carbono dos ésteres, tem várias tabelas na Internet)
    Isso foi levado como regra por muita gente e por muito tempo.
    A primeira pessoa que eu vi falando o contrário aqui no Brasil em fóruns de musculação, foi um colega que tinha na época um fórum de pesquisa, e ele postou o seguinte em meados de 2004(depois todos copiaram e nem citam ele como fonte).
    Então a saga na busca de meia-vida perfeita ainda continuava, pois era já na época conhecido que o próprio fabricante do Deposteron por exemplo, citava uma meia-vida diferente.
    Oque acontece na verdade, é que a meia-vida muda por uma série grande de motivos, e não há como prever e precisar isso de forma exata, e ai a coisa começa a ficar mais assustadora, vejamos o texto abaixo:
    A meia-vida do Decanoato de Nandrolona não deve ser a mesma do Decanoato de Testosterona, apesar de ambos serem Decanoato, ela pode mudar também em decorrência do local aplicado, da concentração em mg e da quantidade em ml aplicado. Tudo isso muda a relação da meia-vida.
    Como referência, vou citar uma, segundo Rea, Author L., 2002, Chemical Muscle Enhancement: Bodybuilders Desk References, é colocado de 15 a 16 dias, mas em contrapartida, o Enantato de Testosterona que possui apenas um Carbono a menos que o Cipionato, e deveria ter então uma meia-vida muito parecida, é citado pelo mesmo autor com meia-vida de 8 dias.
    Eu prefiro colocar a meia-vida do Enantato e de Cipionato em torno de 8 a 12 dias. 
    Nem vou ficar aqui citando outras referências, pois teria na verdade uma dezenas delas para citar, e no final não iria haver um consenso geral entre todos.
    Portanto, quando eu depois de muitos anos a procura da meia-vida perfeita percebi isso, então parei, pois eu percebi que estava ficando doido e que isso não iria me levar a lugar algum.
  9. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Stanozoland depot: como saber se é falsa?   
    Pelo que entendi seu ciclo será de 6 semanas com Estano DSDN e 2 Dura por semana. O ideal mesmo seria 8 semanas de Dura, mas não posso dizer que com apenas 6, não haveria crescimento nenhum.

    Dizer se eh falsa ou não o Estano, eu não sei, mas vamos aguardar para ver se algum outro colega não sabe.

    Quanto aos colaterais do Estano, o mais chato do eh o fator hepatico por ser um 17aa.
  10. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Qual é a melhor Whey Protein Isolada?   
    BCAA só se justifica na minha opinião quando existe uma demanda muito grande dos aminoácidos Valina, Leucina e Isoleucina, que formam o BCAA.
     
    Essa demanda aumenta a medida que o esforço físico de treinamento eh muito grande.
     
    No caso do meu treino, apesar da intensidade dele ser alta, não acho que eu necessite de BCAA neste momento, tanto eh que obtenho crescimento muscular sem o uso de BCAA, e acho que seu treino tbm não tem a intensidade tão grande a ponto de demandar tanto Valina, Leucina e Isoleucina para justificar a uso de BCAA.
     
    Existe total condição de crescimento muscular sem o uso de Suplemento algum.
  11. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em ATENÇÃO: regras do fórum de anabolizantes   
    Eu não entendo muito de leis, e não vou poder discutir com vc isso, pois não fui eu que escrevi esse artigo, e sim o administrador do forum.

    Oque eu posso fazer, eh num momento conveniente, perguntar a ele para ver oque ele responde à esse seu questionamento.

    forte abraço pedrão.
  12. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Excesso de proteínas - whey+malto pós-treino - DORYAN YATES   
    Como o outro colega acima já disse:

    Nossa ciência eh desprovida de estudos desses a longo prazo, e feitos dentro das normas de pesquisa, e usando um grupo de individuos. Eu pelo menos nunca ví.

    Não acho que eh só ingetar Proteina que a pessoa cresce, pois como sempre digo, crescimento muscular eh uma união de vários fatores.

    Já o cigarro são inúmeros casos documentados de problemas causados.

    No caso da Proteina, discutimos a sobrecarga sobre Rins e Figado.

    Eu citei isso de forma basica em outro topico, e um usuário chamado "fuckinfreak", por não entender da Fisiologia do corpo humano, coisa que claro não eh obrigação dele saber isso a risca, criou caso até de mais. Então vou explicar de forma mais detalhada a ideia.

    Ao fazer um exame chamado hepatograma, várias são as coisas medidas no sangue de uma pessoa:
    - AST(aspartato aminotransferase) ou TGO(transaminase glutâmica oxalacética)
    - ALT(alanina aminotransferase) ou TGP(transaminase glutâmica pirúvica)
    - Fosfatase alcalina
    - GGT ou Gama GT(Gama glutamil transpeptidase)
    - Bilirrubinas

    Esses são indicadores da função Hepatica, através deles eh possível se determinar se existe algo errado ou não com o Figado de uma pessoa. Que são basicamente os pedidos pelo Medico em um exame de sangue, para se medir a função hepatica.

    Depois claro de se diagnosticar uma sobrecarga Hepatica, existem outros testes bioquimicos denominados Marcadores do Figado, que podem dizer se a origem do problema eh por exemplo uma Hepatite A ou C no caso.

    No caso dos Rins, a substancia medida pelo exame de sangue, eh a nossa conhecida Creatinina, que eh uma substancia derivada do processo muscular da Creatina no corpo de uma pessoa. Portanto todos temos Creatinina no corpo, que eh excretada por vias renais. Quando a quantidade de Creatinina no sangue se eleva, isso pode ser um indicio de disfunção ou sobrecarga Renal.

    Como já dito acima, a ciência eh desprovida de estudos a longo prazo, no que diz respeito a problemas causados pela Proteina em doses tidas como altas por longos períodos. Eu me dou ao luxo, de tempos em tempos fazer exames e ver como andam meus indicadores da função Renal e Hepática. E nunca tive problemas com isso.

    Nos meus anos dentro do mundo dos treinos, já vi colegas tbm com a mesma narrativa e rotina de exames meus, e nunca ter tido problemas.

    Tbm nunca vi um caso documentado pela ciência medica, que tenha evidenciado uma pessoa que teve problemas Renais ou Hepaticos, que tenha sido causado por sobrecarga de Proteina.

    Existem sim, pessoas documentadas pela ciencia, que possuem problemas Hepaticos ou Renais, mas visto a grande quantidade de coisas que pode causar problemas renais e hepaticos, eh prematuro dizer que isso foi causado apenas pela ingestão de doses altas de Proteinas.

    Vamos pegar um BB por exemplo.
    O Cara depois de um tempo, na sua aposentadoria, vem a ter problemas hepáticos.
    Neste caso eh Impossível dizer que foi por causa da Proteína, visto a grande quantidade de 17aa que o cara ingeriu(como Oximetolona por exemplo), ao longo da vida.

    No caso do Doryan Yates, nada se registra a respeito disso, apesar que devemos sim, como vcs apontaram acima, considerar o fato do Marketing sobre o Atleta.


    abracos colegas, e grato pela contribuição.
  13. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Excesso de proteínas - whey+malto pós-treino - DORYAN YATES   
    Originalmente postado pelo usuário JOTAEME



    A turma mais jovem da maromba de hoje tem uma grande vantagem em relação ao pessoal, vamos dizer, mais antigo no negócio (e eu fico enquadrado nessa categoria dos coroas). Com o aparecimento e a popularização da internet, é cada vez mais simples e rápido que as informações se espalhem. E o interessante é que isso gerou um outro tipo de comportamento: a vontade de muita gente de soltar informações.
    Os bodybuilders profissionais não ficaram de fora disso, e atualmente é possível encontrarmos bons artigos escritos pelo próprio atleta, ou até uma transcrição de tudo que foi dito em um determinado seminário encabeçado por algum desses profissionais, e ainda com mais um aspecto interessante, que é saber do próprio cara como ele treinava, comia e suplementava. O que fica de fora, por razões óbvias, é o uso de esteróides e outras drogas.
    A pouco tempo, um grande símbolo do bodybulding profissional, o britânico Dorian "the shadow" Yates, seis vezes vencedor do título de Mr. Olympia, tem se mostrado bem disposto e acessível a quem se interesse por temas ligados a toda sua preparação na época das competições. E é sobre a relação entre Yates e a proteína que vamos tratar agora .
    Curiosamente, Dorian, que teve seu auge nos anos 90, diz que raramente as publicações especializadas se interessavam pelo modo como ele comia, mas sempre buscavam informações sobre seus métodos de treino, o que era uma pena, porque segundo o próprio Yates, após sua primeira vitória como Mr. Olympia em 1992, o mutante inglês teve acesso a muitos técnicos e nutricionistas, e ele credita às dúvidas e sugestões que obteve com esse pessoal o principal fator para seu reinado olímpico.
    Em relação a proteína, Dorian diz que o segredo é saber quais os melhores tipos de proteína para você, determinar a quantidade correta a ser consumida, e em quais momentos do dia.
    O NÚMERO MÁGICO
    Em seus seminários recentes, Dorian sempre é questionado sobre a quantidade de proteína que utilizava em sua época de competição. Para ele, não existe essa "verdade" de que só conseguimos absorver 30 gramas de proteína por refeição, a cada três horas. Houveram períodos da sua dieta que chegou a ingerir 500 gramas de proteína por dia, e segundo ele vários e vários bodybuilders fazem o mesmo nos dias de hoje.
    E agora o leitor do TP deve pensar nos inúmeros experts no assunto que insistem em que tudo isso é loucura, que o fígado vai explodir, os rins vão se desintegrar, e que você pode virar um zumbi. Bom, o amigo aqui prefere confiar no que alguém do nível do Dorian faz, afinal, basta uma boa olhada nas fotos do cara nas épocas de competição para saber que ele não era de brincadeira.

    A grande questão é saber diferenciar as atividades exercidas pelo atleta, seus objetivos, e claro, as drogas que farão parte do trabalho, e que garantirão que toda essa proteína seja absorvida e metabolizada.
    Dorian dedicou grande parte de seu tempo de competição estudando os melhores usos das proteínas, e claro que já sabia o que todos nós também sabemos hoje: o correto seria de 1 a 2 gramas para cada quilo de peso corporal. O negócio é que o sujeito não estava nem um pouco interessado em fazer parte da maioria, mas se destacar, ser o campeão. A dúvida é se um excesso desse nutriente poderia ser bem absorvido. Yates foi achar essa resposta junto as pesquisas feitas com atletas de levantamento europeus, principalmente os da antiga União Soviética. Dorian viu que eles treinavam três vezes por dia, e em alguns caso até quatro, e não eram raros os treinos que totalizavam seis horas diárias. Peraí, peraí...e o tal do Overtraining? Esse pessoal acreditava que o overtreinamento podia ser evitado com uma alta ingestão de proteínas, indo de 4 a 6 gramas para casa quilo de peso corporal.
    Já de posse desse tipo de informação, Dorian correu atrás de dois especialistas no assunto: Dr. Jim Wright, principal editor de ciências da revista Flex Magazine, e do já nosso conhecido Dr. Mauro Di Pasquale, o grande nome por trás da Dieta Metabólica (o leitor do TP pode achar muito material sobre Di Pasquale em nossos arquivos). Com toda essa bagagem em mãos, Yates já estava com a certeza de que menos do que 3 gramas de proteína, mesmo em épocas de alta restrição calórica nas vésperas de competição, era idiotice. A coisa começava a partir desse número, 3 gramas.
    DIETA DE BODYBUILDING X DIETA NORMAL
    Ainda não satisfeito com as conclusões de sua pesquisa, Dorian resolveu dar uma estudada em dietas de outros tipos de atletas, mas logo percebeu um problema. Em outros esportes, o atleta pode perder algum peso nas vésperas da sua competição, principalmente nos esportes com várias categorias de peso. Mas mesmo assim a diferença não é assim tão grande, sendo quase toda a perda de água. No bodybuilding a coisa é bem diferente, e nesse universo a variação de peso pode ser enorme, entre o que o atleta pesa em off-season e o que vai pesar no pre-contest.
    Depois disso tudo, Dorian já havia chegado a uma conclusão. Usaria 3 gramas de proteína para cada quilo de peso corporal total em seu período de off-season, quando pesava cerca de 136 a 137 Kgs. Isso ia dar mais de 400 gramas diárias no total, que seriam dividas em sete refeições.
    Durante seu reinado como Mr. Olympia, Dorian chegou a subir essa quantidade, indo até 4 gramas para cada quilo de peso, mas constatou que era demais, dificultando mais ainda sua dieta quando entrava na fase de pré-competição (pre contest). Outro detalhe importante é que para subir essa quantidade de proteínas, Yates precisaria retirar carboidratos, que seriam substituídos pela proteína, e isso certamente comprometeria a qualidade dos treinos e sua capacidade de recuperação.
    Um ponto importante para todos os marombeiros interessados em baixar seus percentuais de gordura, sejam competidores ou não, é manter a mesma quantidade de proteínas todo o tempo. Mesmo na fase de dieta, Dorian não alterava essa quantidade de proteína ingerida. Para conseguir o máximo de definição, ele reduzia a quantidade de carboidratos, mantendo cerca de 20% do seu total calórico como gordura. Na medida em que Dorian entrava em pre-contest, e a quantidade de proteína começava a ganhar destaque em termos de percentual, Yates procurava beber mais e mais água, porque já tinha constatado que essa alta quantidade de proteína tinha grande chance de causar desidratação, e alem disso, esse aumento de água é extremamente importante para a manutenção de todo processo anabólico. Nesse período Dorian ingeria de 6 a 7 litros.

    PROTEÍNA SÓLIDA
    Embora todos já saibamos de vários tipos de alimentos que servem como boas fontes de proteína, quando chega a fase da dieta, essas opções de comida, entre os competidores, diminui bastante. Yates usava peito de peru e de frango, carne vermelha magra (músculo ou patinho) e ovos (uma gema para cada quatro claras cozidas). Imediatamente após o treino, Dorian ingeria aproximadamente 25 gramas de proteína em um shake composto Whey Protein e Maltodextrina ou Dextrose.
    A primeira refeição do dia era composta de 12 ovos, sendo três desses com as gemas, mais aveia e iogurte, e aqui já eram 60 gramas de proteínas. Nas outras refeições principais eram mais 80 gramas em cada, e vinham do frango, peru ou carne vermelha
    PROTEÍNA LÍQUIDA
    Com três refeições sólidas, Dorian já conseguia 220 gramas de proteinas, e para chegar nas quase 200 restantes seria preciso o uso de shakes.
    Yates diz que em 1992, quando se preparava para faturar seu primeiro Olympia, teve um grande aprendizado em relação ao uso de suplementos, e que se refletiria na sua condição do ano seguinte, 1993, ano em que o próprio Yates considerou seu melhor ano em termos de qualidade muscular. Logo após a vitória de 1992, Dorian foi convidado para uma sessão de fotos. Estando muito esgotado, ele aumentou a ingestão de carboidratos, mesmo sob o risco de que poderia perder alguma definição. Aproveitou também para mudar de suplemento. Até aquela época, ele apenas usava shakes de proteína isolada, mas havia decidido por fazer uma experiência passando a usar proteína concentrada, caseína e albumina. Após essas duas mudanças, para sua surpresa, ele havia ganho mais volume, e sem perda nenhuma de qualidade.
    Uma possível explicação para isso é que uma dieta alta em proteínas, especialmente quando combinada com baixas quantidades de carboidratos, resulta em um ambiente de alta acidose, o que significa uma alteração no equilíbrio ácido-base do sangue. Esse quadro leva a um balanço negativo de nitrogênio, dificultando a síntese de proteína pelo organismo. Aumentando a quantidade de carbos na dieta, e passando para um tipo de whey de absorção mais lenta, Yates estava conseguindo reverter essa situação. Em relação ao whey isolada, como a absorção é tão rápida, muito dos aminoácidos acabam sendo usados na geração de energia, e com isso novo aumento de acidez no sangue. Fazendo a troca por formas de proteína de absorção lenta, fica bem mais difícil para o nosso organismo aumentar a acidez no sangue.
    A partir de 1993, Yates passaria a ter um cuidado especial com os tipos de proteína que eram usadas em seus shakes. Durante o dia, Dorian passou a usar fontes de proteínas de absorção lenta, combinando whey concentrada com caseína ou albumina. Já no caso da whey isolada, ele passaria a usar três shakes, que eram tomados do seguinte modo primeiro logo antes do treino, o segundo durante, e o terceiro imediatamente no fim do treino. Desse modo, Dorian acreditava cobrir completamente toda e qualquer deficiência de aminoácidos, e com poucas chances de alterar o equilíbrio ácido-base sanguíneo.
    CONCLUSÃO
    Embora os estudos sobre o uso de proteínas na dieta continue a evoluir, nós já temos praticamente toda a informação necessária para saber como e quando usar certos tipos de proteína nas nossas dietas.
    Tenha certeza de que você está ingerindo um mínimo de 2 gramas para cada quilo de peso corporal magro. Estude sobre as diferenças de absorção e de BVs (biological values - valores biológicos) entre os tipos que podem ser usados em seus shakes.
    Seguindo tudo isso corretamente, será possível uma grande mudança em seu corpo em poucas semanas.
  14. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Tem como ficar imenso sem ciclar e sem tomar suplementos?   
    Esse assunto eh meio antigo, ja remonta meados de 2005.
    Em meados de 2005, tinha até umas fotos de umas vacas que passaram por esse processo, que ficaram semelhantes à foto do cachorro do topico.
    Na epoca, lancaram até um "Suplemento" para uso Humano, que se chamava Myostat, e por fim acabou sendo uma verdadeira piada esse suplemento.
    Nas fotos dos animais, e nítido ver que algo aconteceu, mas nunca ví relatos de resultados em humanos.
    Voltando ao topíco:
    Crescimento eh um conjunto de vários fatores, onde genetica e dedicação total, são muito fortes.
    Eu acho possivel chegar a um bom tamanho sem o uso de Suplementos e Anabolizantes. Mas eh relativo isso, pois oque eu chamo de um "bom tamanho", pode não ser o mesmo que está na cabeça das outras pessoas.
    abracos.
  15. Curtir
  16. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em TPC com ou sem o uso de MSRE ou SERM?   
    (Por Mestre forum fisiculturismo.com.br)
    Venho por meio deste tentar explicar duas formas distintas do uso de aplicação de TPC.
    (NUMERO UM) VOU EXPLICAR PRIMEIRO A MAIS COMUM E USUAL:
    O Meio mais comum de uso de aplicação de TPC é dada através de MSRE ou SERM que são os reguladores Seletivos do Receptor de Estrogênio que é uma classe que conta com várias substancias e as empregadas na TPC são o Clomifeno e o Tamoxifeno.(1)
    Em outros textos meus já expliquei o porque de se fazer uma TPC e o porque de selecionar o uso do Clomifeno na minha opinião, portanto não vou ficar me concentrando muito nessas explicações, e vou tomar neste numero um da TPC adotando o Clomifeno.
    Ao utilizar um Anabolizante que se converte em Estrogenio no corpo, ocorre um feedback negativo após a ligação desse Estrogenio nos receptores específicos dos hipotâlamo, isso inibindo a liberação do GnRH que por sua vez irá fazer com que não haja liberação de LH por parte da Pituitária impedindo então que tenhamos liberação de Testosterona endogena pelos Testículos.
    Portanto nessa primeira abordagem de maneira de fazer TPC, a TPC não inicia da Meia Vida e devemos esperar que a concentração total do Anabolizantes no corpo chegue bem perto do seu final, e esse tempo correto deve ser  levado em consideração visando exames medicos de preferencia, que é a forma mais precisa para se saber o momento exato de inciar a TPC dentro dessa abordagem numero um que estou explicando, ou proceder com calculos que podem ser feitos tendo em vista a Meia Vida do Anabolizante utilizado, a Dose utilizada e o Tempo de duração do ciclo, algumas calculadoras de PTC executam esse calculo de maneira aproximada.(2)
    Sabendo-se então a hora de iniciar a TPC dentro dessa abordagem numero um de sistemática,  vamos então iniciar o uso do Clomifeno que age como antagonista competitivo do estradiol nos receptores no núcleo arqueado do hipotálamo, que leva à uma produção de GnRH pelo Hipotálamo.
    Outra coisa muito pouco comentada sobre a função do Clomifeno, é que ele também aumenta a sensibilidade da pituitária ao GnRH, fazendo com que haja assim uma sinergia de ação entre Hipotálamo e Pituitária dando ainda uma maior chance de liberações elevadas de LH e FSH.(3)
    (NUMERO DOIS) FORMA ONDE SE UTILIZA ANTIAROMATASE E AGONISTAS DE DOPAMINA.
    Nessa outra abordagem podem até também usar MSRE, mas o foco principal são os inibidores de Aromatase e Agonistas da Dopamina(Doxtinex) que irão regular a produção de Estrogênio e de Prolactina.
    Nessa segunda abordagem, o inicio da TPC se inicia na Meia Vida do Anabolizante ministrado na última aplicação, e não no final da quase concentração total do Anabolizante no corpo como na primeira abordagem.
    Vou explicar o uso com Inibidores de Aromatase(Letrozol) e também com Agonistas da Dopamina(Doxtinex).
    Inibidores de Aromatase:
    Se considerarmos uma Anabolizante que se converte em Estrogenio e na Meia Vida do Anabolizante ministrado na última aplicação, iniciarmos o uso de um Inibidor de Aromatase, iremos começar ainda com doses relativamente altas do Anabolizante no corpo uma inibição da conversão em Estrogênio, e ao final da concentração do Anabolizante no corpo as doses de Estrogênio estariam muito baixas a ponto de não haver ligação do Estradiol nos receptores de Estrogênio no nucleo arqueado do Hipotálano, fato de iria desencadear também uma produção de GnRH(3), oque iria implicar em aumento de LH, FSH e posteriormente regularização na produção de Testosterona Endogena pelos Testículos.
    Agonistas da Dopamina(Dostinex):
    A Dopamina possuem um papel inibitório na liberação da Prolactina(4), e a Prolactina por sua vez quando aumentada inibe a liberação do GnRH(5) que irá diminuir a quantidade de Testosterona Endogena que será liberada pelos Testículos.
    Pois bem, existem bem claro e descrito dentro do cenário Medico e Científico que baixas doses de Progesterona podem levar a altas doses de Prolactina.
    Algumas substancias em geral agem como Progestinas que são os derivados da 19-norprogesterona, e possuem a capacidade de antagonizar com os receptores de progesterona causando uma hiperprolactinemia diminuindo assim a liberação de GnRH(5)
    Alguns Anabolizantes são Progestinas e como exemplo podemos citar dois derivados 19-nor que são a Trembolona e a Nandrolona(6) que não inibem a liberação do GnRH não por aromatizarem em Estrogenio, e sim por aumentar a liberação da Prolactina e causar uma inibição da produção endogena de Testosterona(5)
    Nesse caso o inicio de uso de Cabergolina ou Bromocriptina(4) quando feitas ainda na Meia Vida do Anabolizante ministrado na última aplicação, irão causar uma inibição da produção de Prolactina com seu efeito agonista da Dopamina, e ao baixar a Prolactina teremos o retorno da produção de GnRH pelo Hipotálamo(5) e com consequência disso o provável inicio da liberação Endogena da Testosterona.
    Refencias:
    1 –  http://www.febrasgo.org.br/pt/
    2 – https://balancemyhormones.co.uk/free-testosterone-calculator/
    3 - Dickey RP, Holtkamp DE. Development, pharmacology and clinical experience with clomiphene citrate. Human Reprod Update. 1996
    4 - Sociedad Iberoamericana de Informacion Cientifica (SIIC)  2002
    5 - Yazigi RA, Quintero CH, Salameh WA. Prolactin disorders. Fertil Steril 1997
    6 - 12659788 [PubMed - indexado para o MEDLINE]
  17. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em 1º Ciclo DURATESTON-8   
    Verdade mano, não acho mesmo que tenha a necessidade de usar Tamoxifeno e Clomifeno juntos, e aposto mais no Clomifeno para essa finalidade como está lá no fixo da seção sobre TPC e tbm no fixo sobre Clomifeno e Tamoxifeno.
    Só uma coisa que eu queria citar, eh que ja indiquei e já vi em outros locais da Internet indicação de inicio de TPC para esse ciclo entre 30 a 40 dias, mas isso ocorria, porque era considerado para o calculo 250mg de Decanoato, só que a Durateston eh um blend de 4 esteres cujo o de maior MV que eh o Decanoato, e que carrega 100mg; então fazendo a conta correta considerando os 4 esteres da Dura e não apenas 250mg de Decanoato de Testosterona, o inicio da TPC para esse ciclo, gira em torno de 19 a 24 dias, calculado usando o site https://www.mdcalc.com/steroid-conversion-calculator, e usando como referencia o Sustanon, que o igual ao Durateston que temos aqui no Brasil.
    No link abaixo tem a foto completa do calculo do site https://www.mdcalc.com/steroid-conversion-calculator para esse ciclo.
    abracos colegas.
  18. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Suplementando: 1 cigarro no pós-treino como Mike Mentzer e Makus Ruhl?   
    Todo quimico com caracteristicas ansiolíticas, deixa o corpo em relaxamento; fisico e mental.

    Ainda mais a maconha, que tem MV longa de mais.


    TOPICO TRAVADO!!
  19. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Ciclo com Deca, Cipionato e Propionato   
    Pelo que dá para entender do que está escrito, o Propionato tem 100mg por ml, e o Cipionato de 200mg por ml.
    Você precisa definir direito isso agora.
    Precisa ver qual dosagem em mg vai usar, o que vai usar e em quais dias da semana.
    Você deveria ter definido isso tudo bem certinho antes de começar o ciclo, e ainda penso mais, que você deveria ter definido isso bem certinho antes até de fazer a compra dos produtos, pois ai você teria comprado tudo de acordo como iria usar.
    Mas não perca tempo, defina tudo isso certinho agora antes de continuar.
    Caso tenha dúvidas de como definir as dosagens e os dias para usar, a seção de relatos (https://fisiculturismo.com.br/forum/forum/39-relatos-de-experiências-pessoais-com-anabolizantes-esteroides/) tem vários exemplos de ciclos que os colegas vão relatando, e que você lendo ali os relatos poderá usar como base para montar algo para você dentro dos moldes que comumente vemos as pessoas fazendo.
    abraços e boa sorte.
  20. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Bom ciclo para iniciantes com ótimos ganhos e poucos colaterais   
    Chegamos em um ponto bom
    Ai é a coisa mais importante para você entender.
    Uma pessoa que usando Anabolizantes levou tempo de mais para ver um resultado ou até não teve resultado nenhum como você disse, fez algo errado na sua rotina geral, que consiste em alimentação, treino, descanso e disciplina. E isso é uma coisa que acontece muito.
    Através de observação empírica de muitos anos nisso eu posso lhe afirmar, que é comum uma pessoa jurar por tudo que é mais sagrado no mundo que a dieta está correta, e ao analisar bem a dieta chegarmos a conclusão de que não está.
    Quer ver um bom exemplo, vamos ver com você.
    Se eu te perguntasse quantas calorias seu corpo gasta aproximadamente por dia, e quantas calorias tem sua dieta, você saberia me responder?
    Outra coisa é que já presenciei também nesses anos em que observo o assunto, que é perfeitamente possível uma pessoa saudável obter ganhos de massa muscular em 2 anos de treino sem usar Anabolizantes nenhum tendo uma boa alimentação, treino e descanso, e se você em 2 anos treinando não obteve isso, algo na sua rotina geral está errada.
    E quando uma pessoa treina há bastante tempo(alguns anos), e não obteve resultado naturalmente por ter alguma falha na rotina geral, não é usando um Anabolizantes que irá resolver, pois o Anabolizantes apenas vem a potencializar os resultados que uma boa rotina geral já deve estar trazendo.
    As pessoas que dizem que usaram Anabolizantes e não tiveram ganho nenhum, como você cita, e que não são poucas, pois já vi muitos casos, são exatamente essas pessoas que tem uma rotina geral fraca, e geralmente o erro está na alimentação.
    Desde que estejamos tratando de pessoas totalmente saudáveis e de Anabolizantes originais.
    Portanto antes de pensar em Anabolizantes, é bom rever isso.
  21. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Bom ciclo para iniciantes com ótimos ganhos e poucos colaterais   
    Ola Bia, seja bem vinda.
    Eh difícil um ciclo que tenha bons ganhos e ao mesmo tempo baixos colaterais.
    Em termos de colaterais femininos, a Oxandrolona é mais o adequado.
    Não dá para quantificar exatamente oque você quis dizer com "ganhos reais mesmo", mas posso dizer que já vi sim bons resultados de ciclos com Oxandrolona feito por mulheres que tinham uma boa rotina de alimentação, treino e descanso.
    Você deve entender que a alimentação é primordial para que o ciclo funcione bem, e as vezes mais importante até do que os Anabolizantes escolhidos.
    No seu caso com 53Kg, imagino que seu objetivo seja o ganho de massa muscular, e neste caso, procurar evitar uma dieta com baixas calorias é essencial.
    abraços e aguarde a opinião dos demais colegas.
     
  22. Curtir
    Mestre recebeu reputação de fisiculturismo em Bom ciclo para iniciantes com ótimos ganhos e poucos colaterais   
    Primeiramente seja bem vindo aqui.
    É chato sim quando isso de ter um problema acontece como aconteceu com você, e a pessoa vê aquilo que tinha ganho treinando pesado na academia ir por água abaixo.
    Mas o seu caso é diferente do caso da colega que criou o tópico, pois você antes do acidente já havia ganho uma quantidade de massa muscular boa treinando naturalmente sem usar Anabolizantes, e apenas com alimentação, treino e descanso.
    Vou citar eu como exemplo aqui para o seu caso, pois segundo tenho relatado no meu tópico que mantenho aqui sobre relatos, ocorreu comigo algo mais ou menos parecido do que ocorreu com você.
    Eu tive um problema de saúde, que no tópico meu de relato aqui no fórum que está no link acima conta melhor, onde eu sai do Hospital dia 03 de março de 2015 com 9Kg a menos.
    Vou abaixo colocar as fotos.
    Foto de antes de ir para o hospital(acho que junho de 2014):

    Foto depois de sair do Hospital com 9Kg a menos em 03 de março de 2015 já em casa:

    Foto Atual:

    E eu não uso nada de Anabolizantes há cerca de 3 anos eu acho, e portanto recuperei todo meu corpo sem usar Anabolizante nenhum.
    No meu tópico de relato tem todo meu histórico, mas rapidamente, vou falar que comecei a treinar com 55Kg em 2001, treinei por um pouco mais de 1 anos naturalmente sem usar Anabolizantes e ganhei 10Kg nesse período apenas com alimentação, treino, descanso e disciplina.
    Ai depois desse pouco mais de 1 anos treinando naturalmente eu cheguei sim a usar Anabolizantes, oque me ajudou bastante a desenvolver mais, e se quiser ver mais fotos das evoluções no tempo no meu tópico que ta no link acima você encontra.
    Depois que passei dos 40 anos, eu escolhi deixar um pouco de lado a ideia de usar Anabolizantes, e venho me mantendo bem sem eles.
    Mas voltando ao seu caso, eu acho sim que é possível você recuperar seu volume muscular agora após seu acidente sem usar Anabolizantes.
    Recupere o corpo de forma natural sem Anabolizantes primeiro, pois você sabe como fazer, pois já fez um vez, e você vai ver que não será difícil, e empiricamente por experiência do que aconteceu comigo, digo que é mais fácil recuperar um massa muscular que já teve um dia, do que ganhar uma massa muscular nova.
    E ai depois de recuperar sozinho a massa muscular naturalmente sem Anabolizantes, você pensa em um ciclo e, ai sim, visando evoluir mais.
    abraços colega.
  23. Curtir
    Mestre recebeu reputação de Andressa Souza em Diminuição de Gordura e os Anabolizantes   
    A dieta e o treino nesse sentido são os que mais causam o impacto na perda de gordura, e no caso por exemplo de uma mulher que já estiver bem dedicada em uma rotina de perda de gordura e essa rotina já estiver dando resultados e ela inserir uma Oxandrolona, por exemplo, as perdas de gordura podem sim ser melhores, isso também pode ajudar a dieta restritiva que ela estaria fazendo a não criar um quadro de catabolismo, e ainda talvez tivesse sim uma chance de ganhar um pouco de massa muscular e melhorar a densidade muscular.
    Oque me irrita as vezes, é as pessoas que entram no forum, e as vezes nem exercícios nenhum a pessoa faz, e fica perguntando como tomar um Anabolizante para perda de gordura, sendo que a pessoa nem dieta correta fez e muito menos exercício, ou vem com aquele "papinho" de que vai se matricular na academia a semana que vem, e fica achando que o Anabolizante vai fazer verdadeiros milagres num passe de mágica. Esses casos são realmente terríveis. Mas fazendo em uma rotina consciente como citei na primeira passagem que escrevi nessa resposta, até acho válido sim, sendo que eu prefiro para esse caso, a perda da gordura primeiro com Termogênicos, Exercícios e Dieta e, posteriormente a pessoa fazer um Bulk Limpo em uma outra rotina com ou sem o auxílio de um Anabolizante para ganhar a massa muscular que deseja, e dessa forma eu acho mais eficiente.
    Lembrando também que optando pelo Anabolizante na fase de Bulk Limpo, os ganhos seriam sim maiores do que se fizesse o Bulk limpo sem o Anabolizante, mas inserindo o Anabolizante nesse Bulk Limpo haveriam sim perdas de massa muscular pós ciclo, pois alguma perda possivelmente irá ter após o ciclo. Mas tudo são opções de cada um, que as pessoas de posse desses dados pode decidir oque fazer com mais consciência.
    abraços amiga.
  24. Curtir
    Mestre recebeu reputação de Andressa Souza em Diminuição de Gordura e os Anabolizantes   
    Eu resolvi escrever sobre esse assunto, pois hoje estava pesquisando sobre uma outra coisa, e me deparei com um video daqueles bem legais que a gente já conhece hehehehe, e no video o cara falava de forma veemente exatamente o contrario do que escrevemos aqui, ai então resolvi escrever.

    Agora imagina só, se fossemos ficar gravando video e discutindo isso quando vemos algo errado em algum video, iriamos ter que abrir uma estudio de gravação de videos. hehehe

    Mas eu já me contento escrevendo ao invés de gravar videos.

    abracos ninga.
  25. Curtir
    Mestre recebeu reputação de Andressa Souza em Diminuição de Gordura e os Anabolizantes   
    Era comum no passado não se associar de forma alguma a diminuição de gordura corporal aos Anabolizantes.

    Mas hoje já se admite isso baseado em estudos e opiniões de pesquisadores, e a Testosterona é sim a responsável pela manutenção da gordura corporal nos homens2,3, e hoje a causa indicada pelo aumento de gordura em homens de meia idade, já tem como fundamento uma de suas causas a diminuição da Testosterona em homens dessa faixa etária.

    Só que a Testosterona quando usada na forma de Anabolizante, tem um outro lado também a se considerar, pois a Testosterona através da enzima aromatase, se converte em Estrogênio através de um processo bioquímico chamado aromatização, e sabemos que o Estrogênio tem papel fundamental no acúmulo de gordura corporal e retenção hídrica1; lembrando também que isso não ocorre somente com a Testosterona, e existem Anabolizantes que aromatizam e outros que não aromatizam, onde podemos citar como exemplo de Anabolizante que não aromatiza a Oxandrolona4,5, que não traria consigo esse inconveniente da ação do estrogênio. E existem ainda outros casos, de Anabolizantes que aromatizam pouco, mas acabam causando uma retenção hídrica acentuada por outros meios de ação, mas isso fica para ser explicado em uma outra oportunidade.

    Portanto o uso de Anabolizantes em ciclos de Cutting que não se aromatizam, ou seja, não se convertem em Estrogênio ou tem baixa taxa de conversão, podem ser juntamente com uma rotina alimentar de Cutting e exercícios aeróbicos, um grande aliado na diminuição de gordura corporal em rotinas de Cutting.

    Mas devemos enfatizar de forma a causar a atenção das pessoas, que não é aconselhável o uso de Anabolizantes por pessoas que desejam apenas a diminuição da gordura corporal fora de uma rotina de Cutting. Pois nesse caso dieta, termogênicos e exercícios são os mais indicados.

    Outro caso não indicado, é quando a pessoa tem um sobrepeso grande, pois se analisarmos a efetividade, a dieta, os exercícios aliados e até um termogênico, podem ter uma efetividade de diminuição da gordura superior aos Anabolizantes.

    Elaborado por Mestre fórum FISIculturismo

    Referencias:
    1 - Glenville, Marilyn PhD, Fat arround the middle. 2011.
    2 - Evans, Nick A., Current Concepts in Anabolic-Androgenic Steroids. 2004.
    3 - Ghaphery NA. Performance-enhancing drugs. Orthop Clin North Am 1995.
    4 - William Llewellyn’s, Anabolics E-Book Edition 2011
    5 - Rea, Author L., 2002, Chemical Muscle Enhancement: Bodybuilders Desk References
×
×
  • Criar novo...