Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Rosana_RS

Membro
  • Total de itens

    7
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Rosana_RS postou

  1. Prezados foristas, Me enviaram uma mensagem, retirada de um site de comunidade transexual, um resumido 'programa', com considerações gerais, sobre a perda de músculos em pacientes transgêneros.... Gostaria, da opinião de vocês, frente ao que diz : Perca musculos! Ganhe gordura! (http://www.trans-health.com/2001/lose-muscle-gain-fat-dieting-for-mtfs/) Dietas para Transexuais “Texto traduzido, não me reponsabilizo por uso indevido dessas informações, todo e qualquer medicamento deve ser prescrito por um médico. Antes de fazer qualquer exercício fisico procure saber até onde voce pode chegar, não exagere. E sempre siga as instruções do seu medico. Quem avisa, amigo é!” Quando Raverdyke começou sua transição, ela teve um grande prazer nas minhas observações de que ela estava parencendo cada vez mais fraca e “gorda”. Provavelmente apenas algumas pessoas ficariam felizes em escutar isso, principalmente para Raverdyke que começou com 210 lb (95.46 Kg), homem, que gostava de levar pesos, e que tinha uma montanha de musculos. Com sua altura de 5’6” (167.64 metros), ela tinha uma figura que chamava atenção ate mesmo para um homem. Ela tinha problemas para encontrar jeans que serviam em suas coxas, e nós sempre brincavamos dizendo que as suas costas poderia ser usanda como uma pista de pouso. Certemente, ela teve alguns problemas para vestir seu peito de 48” (121 cm) e seu bicepes de 17” (43.18) em roupas femininas, ou para “passar” por qualquer outra mulher que não seja Kim Chizevsky. Normalmente prescrevendo uma plano de dieta para as pessoas é facil. Elas normalmente querem ganhar musculos e perder gordura, com alguma proporção. Existe algums padrões, nutrição constante e informações sobre exercícios para atingir esta meta. Mas nós nunca, em nossa experiencia coletiva com academias de ginática, encontramos alguém fazendo dieta para perder musculos e gahar gordura. Não quero dizer que nunca aconteceu. Isso acontece, so que nao intensionalmente. Nós tivemos que pesquisar casos em que a dieta resultou em perda muscular e um eventual ganho de gordura, e misturar com nosso conhecimento combinado de medicações, nutrição e treinamento para produzir o efeito desejado. Primeiro de tudo, nós decidimos que ganhar gordura é facil, então não nos preocupamos muito sobre isso. Ela tinha gorduras mas estava localizado em lugares errados, maioria demostrando o típico acumulo de gorduras do corpo masculino: barriga saliente e gordura na cintura. Nós achamos melhor deixar o estrogênio fazer sua mágica, que ajudaria em mudar os depósitos de gordura para quadril, coxas e seios. Todo ganho de gordura necessário seria feito com um regime de Doritos e outros salgadinhos e comidas gordurosas depois que a perda muscular estivesse completa. Nosso maior problema, foi ter que perder tanto musculo. Pobre Raverdyke, que tinha certeza sobre sua transição, nunca teve nenhum remorso em ver tanto esforço ir por água abaixo. Ela se esforçou muito em academias e passou por muito tempo, reclamando da perda da sua querida “barriga de tanque de lavar roupas”. Mais uma vez, o efeito dos estrogenios cairiam como uma luva. Ela ja tinha alguma perda muscular atribuada aos efeitos dos hormônios apenas. Porém, mesmo com uso dos anti-andrógenos, ela parecia ter andrógenos o suficiente para reter a maioria do tecido muscular. Algo a mais tinha que acontecer. 1. O consumo de proteinas foi diminuido sensivelmente. Proteinas são importante para reter músculos. Quando as proteínas diminuem aumentam-se a probabilidade de ter um “catabolismo” muscular. 2. Aumentamos o consumo de carbohidratos e diminuimos o consumo de gordura. Nesse ponto tinhamos a classica dieta dos anos 80s/90s. Que as pessoas aprenderam que perderiam massa muscular como nunca, especialmente se combinado com... 3. Exercícios cardio-vasculares. Bastante deles. Exercícios cardio-vasculares de baixa intensidade e de longa duração é o que existe para contribuir com o “catabolismo” (quebra). Já notou que todos os corredores de longa maratonas parecem são super magros, enquanto os de velocidade parecem ser puro musculo? Não é acidente. Parte disso é resultado do proprio corpo, mas muito disso vem de treinos. E exercidos de cardíacos de baixa intensidade e de longa duração é uma viagem expressa para o “catabolismo muscular”. Exercicio muito chato, infelizmenete, mas Raverdyke abraçou a bicicleta da academia, fazendo de 30 a 60 minutos, 4 vezes por semana. Tentamos algums exercícios com pesos, mas eventualmente descontinuamos o uso. Ela sentiu que isso estava fazendo com que ela retesse muito músculo. Eu estava relutando com o argumento dela, porque sei que exercicios com pesos ajudam e muito na perda de peso, mas também sabia que ela tinha muito andrógeno ainda circulando eu seu sangue para causar um ganho ou retençao muscular, mesmo quando utilizando uma dieta desenhada para ganhar massa muscular. Eu sugeri entao, treinar apenas as pernas, porque ela queria reter a maioria dos musculos das pernas, mas acabou descobrindo mais tarde que o caminho principal seria perda de peso. O processo de emagrecimento ainda esta em andamento para Reverdyke, tudo porque ela tem muito o que perder ainda, ela ja perdeu aproximadamente 45 lbs (20 kilos) de quando ela começou. No início de sua transição, ela tinha que usar camisas masculinas tamanho extra-grande. Ocasionalmente ela podia achar algum artigo feminino tamanho 22 ou parecido, mas eram tantos momentos tristes em trocadores de roupas (inclusive nós desenvolvemos uma grande adimiração por mulheres “grandes”, que devem ir a loucura tentando encontrar alguma coisa “sexy” com numeração superior a 12). Comprar roupas ainda é dificil, e ela fica longe dos lugares aonde vendem roupas para “pequenos insetos”, mas agora para ela serve os tamanhos 14-16 com uma certa facilidade. Ela ainda possue um físico muscular, mas agora ela parace como uma mulher com corpo atlética, não como um alterofilista. E quando ela ve alguma celulite no seu bumbum, ela não reclama nada. Super dieta MTF para perda de gordura 1. Sua caloria diaria deve ser 10 vezes o peso do seu corpo em libras. Então se voce tem 200 lbs (90.90 kg), consuma 2000 calorias por dia. (nota da tradutora: 1 libra corresponde a 2.2 kg). Uma vez por semana consuma, aproximadamente 15 vezes o peso do seu corpo em calories. Isso vai ajudar o processo de perda de gordura ser constante. 2. Mantenha o consume de proteínas relativamente baixo, aproximadamente 15%-20%, e o consumo de carbohidrado relativamente alto. Talvez seja a hora de considerar uma dieta totalmente sem carnes, se voce consiguir. 3. O seu treinamento deve estar focado principalmente em exercícios cardio vasculares moderados. Isso faz com que voce tenha um déficit de calorias, e cria um ambiente em que leva o corpo a perder músculo. Comece com 3 sessões de 20 a 30 minutos por semana, e aumente para 5-6 dias da semana de 30-60 minutos de sua atividade favorite. Muito cuidado, essas atividades provocam alto impácto nas juntas, então va com calma especialmente se a atividade escolhida for corrida. Boas atividades são andar (especialmente subidas ou uma esteira inclinada) e bicicleta. Compre uma bicicleta de segunda mão e estacione ela em frente a sua televisão. Devo dizer que isto deve ser uma esquema de alimentação e treinamento temporário, para ser usado apenas DURANTE a transição. Eu não recomendo esse tipo de exercicío cardio cascular ou esse tipo de dieta por um longo período. Se voce quer continuar com atividades atléticas após a transição, o nível de consumo de gordura é muito baixo, neste caso a total the calorias precisa ser aumentado aproximadamente em 30% depois que a perda da massa muscular tenha ocorrido. Combine essa dieta e treino com suplemento de estrógenos se possivel, preferencilamente injetáveis. Anti-andrógenos também ajudam. Se voce pode, considere uma orquiometria, que vai remover a fonte principal de andrógenos, e fazer com que os estrogenos funcionem muito melhor. Qualquer método de reduzir os andrógenos e aumentar os estrogenos vai aumentar o processo de perda muscular, mas essa dieta deve funcionar por ela so. Uma vez perdido o músculo, ele não mais retornará se voce tiver impedindo os andrógenos de funcionar. Portanto, quando isso acontecer, comece comendo normalmente de novo, talvez acima do nível de manutençao (16-20x o peso do corpo) se voce deseja ganhar gordura (combine isso com suplementos de estrogenio para que os depóstios de gorduram se tornem o mais feminino possivel). Achei interessante e bem condizente ao que minha paciente me relatou ... O que vocês pensam sobre ( ...) ?, Desde já, agradeço. Dra. Rosana.
  2. Gatuno, Obrigada pela atenção. A verdade é que existem muitos estados de entranhamento do paciente que não permitem que o 'óbvio' seja visto como tal.... Por isso a necessidade da ajuda e aconselhamento psicológico por parte destes analisandos. E isso é muito mais amplo e complexo quando se trata de uma inadequação de gênero... Por isso, além de tomar subjetivamente todos os cuidados necessários com a saúde de um modo total do paciente, devemos também, para ajudá-lo, dar soluções mais diretas, momentâneas e até mesmo paliativas para resolver suas angústias. Principalmente , e mais uma vez repito, quando essas angústias tem caráter de auto-mutilação e tendências suicidas, como é o caso em questão.
  3. Obrigada pelas opiniões e comentários baseados em respeito e boa índole. Era essa minha intenção, mas confesso que estava um tanto quanto receosa às minhas espectativas. Replicando algumas questões... Sabemos, sei e ela também , conscientemente, de que para ter um corpo de mulher, no caso dela, só uma hormonioterapia completa e na base de 1 ano e meio a 2 anos. Seus contatos com nutricionistas foram frustrantes,devido a inexperiência numa dieta cujo objetivos fogem totalmente do padrão e devido até mesmo ao preconceito para com a paciente,diagnosticando que ela sofria de algum tipo de patologia psicótica ou de alguma parafilia selvagem. Porém, como venho explicando, essa mudança é vagarosa ... E ela sabe disso ... por isso, vejo apenas numa dieta ou programa de exercícios uma solução paliativa para seu conflito psíquico. É uma aflição comparada a um garoto possuir seios femininos ou uma garota possuir barba no rosto ...uma realidade que realmente leva à depressão e ao estágios de psico-neuroses fundamentadas no suicídio.... Essas 'orientações' que ela leu ao redor de dietas e programas específicos para perda de massa muscular ela adquiriu em 'sites', não sei especificadamente, sobre fisculturismo e ou transexualismo... garante ela... Ela é uma menina muito bem resolvida em termos psíquicos mais profundos que simples questões estéticas, mas nos casos de disforia de gênero (não aceitar seu sexo natal, não haver conexão psiquica entre o 'eu real' e o 'eu físico') o físico desempenha um papel de extrema importância para a evolução, a superação e a auto-aceitação da paciente para com a própria discordância existencial... Daí minha insistência em tentá-la ajudar no período pré-transformação radical... Bom, deixo aberto este tópico,para que mais pessoas bem intencionadas, como vocês, possam vir me ajudar nesta tarefa. Pois a minha parte baseada nas sustentações as quais estudei estão sendo bem trabalhadas e recebidas, porém , como profissional posso garantir-lhes mais uma vez que a questão NUTRICIONAL ou PROGRAMA DE EXERCICIOS com esses objetivos, viria a complementar meu trabalho, com uma taxa de fundamental importância para a efetividade e o sucesso do tratamento, pelo menos nesta fase aguda de auto-depreciação que minha paciente se encontra. Sem mais, Obrigada. Dra. Rosana.
  4. Olá, Me chamo Rosana, Recentemente me formei em psicologia na UFSM (RS), e estou com um caso que gostaria de um 'apoio' nutricional bastante delicado e peculiar, para uma de minhas pacientes, uma vez que meu conhecimento para com dietas e metas de ganho/perda muscular é bastante leigo. Primeiramente gostaria falar um pouco do caso em si, que busco apoio 'nutricional' para ajudar a aliviar tensões 'psicológicas' de uma paciente bastante aflita. Não querendo ser prolixa para não tomar o tempo de vocês, peço que, quem se dispor a ajudar-me nesta situação, o faça com muito cuidado, humanidade e respeito já que tratamos de uma paciente em patologia psíquica, ou seja, vulnerável e apta a receber com total abrangência qualquer conselho, ou neste caso, não exageradamente, qualquer 'luz' que lhe for dada. A paciente em questão é uma transexual (homem em processo de transformação para tornar-se mulher), ou para alguns leigos na expressão, uma 'travesti' (que não é exatamente o caso, pois pretende fazer cirirgia de redesignação sexual quando acabar o tratamento psicológico e hormonal), de 22 anos. Em rápido conceito, já que não é importante para minha dúvida a relevância psíquica desta, uma mente feminina aprisionada num corpo masculino. Por vir de uma família um tanto severa e tradicional, a paciente, escondeu por muito tempo sua transexualidade, e por isso não começou a hormonioterapia (HRT) a base de estrogenio e anti-androgênico, na melhor fase para se fazê-lo: antes ou até mesmo na puberdade. Mas ainda há grande potencial de modificações físicas .... Até os 25 anos, os médicos endocrinologistas consideram uma boa fase para uma grande, parcial ou até mesmo total modificação da estrutura do corpo, em relação a distribuição de gorduras, músculos e outros aspectos. Porém , o tratamento hormonal para com seu endócrino requer tempo .... A medicação deve seguir uma rigorosa cautela, para podermos acompanhar seus efeitos benéficos e/ou maléficos na psiquê da pessoa.... E é aí que eu entro com meu trabalho de suporte psicológico. Bom, minha ajuda para com este fórum, bastante instrutivo em questões nutricionais e relacionadas a formação de músculos ,envolvendo perda/ganho dos mesmos , é a seguinte: Minha paciente dispõe de uma significantiva massa muscular no corpo .... Para falar a verdade, e desculpando-me pela minha certa ignorância no assunto, ela dispõe de 'formas musculares' indesejáveis (para seu 'eu real') ... ou seja ... bíceps masculinos definidos, peitoral relativamente desenvolvido em aspectos masculinos, bem como músculos um tanto relevantes nas costas .... Explicando-se pelo que eu VI com meus próprios olhos, posso dizer que não são gritantes ou exagerados demais .... estaria mais para um 'rapaz normal', 'definido', que pratica atividade física regularmente, do que para um fisiculturista assíduo. Porém , para uma mulher ela não estaria em conectividade menteXcorpo. Para ela, esses músculos, pormenores que sejam , são 'o fim de tudo', 'a maldição de sua vida'.... em termos psíquicos o grande problema da 'depressão' da paciente, nessa fase de transformação hormonal, e para piorar ... a causa de suas tentativas de suicídio .... E isso me preocupa muito .... muito mesmo .... Para piorar a situação, ela conta que durante toda sua vida, toda sua adolescência e puberdade, ela não teve NENHUMA presença de músculos masculinos definidos, ou musculatura predominantemente masculina (o que pude constatar nas suas fotos, durante sua adolescência, sem camiseta...) o que até a deixava constrangida (pois não queria que os outros percebessem sua 'diferença' , visto que tinha uma família um tanto preconceituosa) de tirar a roupa perto de alguém, devido ao seu corpo ser um tanto quanto 'assexuado' e com a presença de uma sutil giencomastia. E de fato, ela nunca gostou de esportes radicais e maculinos (como futebol, corrida, esportes de 'alto impacto'... apenas de coisas mais leves como esportes típicos femininos) que pudessem lhe proporcionar uma estrutura muscular viril. Porém, depois de passado algum tempo, aos 19 anos, ela, na tentativa de 'ser homem' , na tentativa de 'tentar parecer mais homem, mais masculino', e assim encarar amargamente a vida, ela optou pela prática da musculação, o que a fez desenvolver alguns músculos ... Só parou quando se deu por conta de que nada adiantaria isso ... que ela era uma mulher em seu 'eu psíquico' e só estaria caminhando contra sua patológica natureza se continuasse praticando musculação. Mas já havia feito um 'estrago' (termo que ela usa) .... e não podia olhar para aquilo ... tentou por algumas vezes cortar com gilete seus músculos dos braços (que são os que mais a entristecem) na esperança de uma necessária cirurgia que tivessem que 'recosturar seu braço'... Sabemos que a hormonioterpia com base nos hormônios femininos resolve isso .... a longo prazo ...muito vagarosamente .... já que seu tratamento com um profissional do ramo (diferentemente de muitas travestis e transexuais que se entopem de hormônios sem se preocupar com a saúde) é rigorosamente cauteloso e demorado. "Ver meus seios desenvolverem-se com meus braços definidos é motivo para querer morrer .... é motivo de orar antes de me matar , pedindo a 'Deus' formas de acordo com meu sexo cerebral ... tanto faz nascer homem ou mulher na próxima encarnação...só quero ser feliz....harmonia física com harmonia psíquica" ... Essa foi sua última frase hoje em meu consultório, que me deixou muito perplexa e sensibilizada por esta agonia sufocante e esta tão frequente convicção de suicídio... Pediria eu então uma LUZ para vocês ... a LUZ que esta pobre menina precisa .... Uma dieta, um aconselhamento nutricional, um programa de exercícios para que ela PERCA MÚSCULOS, CATABOLIZE (na linguagem de vocês...) ! Que adquira alguma 'gordurinha' para revestir os músculos na tentativa de ao menos 'suavizá-los) .... O mal também é que ela já é relativamente magra .... 1.78m e 71 kg ... E quanto mais faz ginástica aeróbica, mais definida fica e mais parece que seus músculos são definidos e masculinos ... Ela relatou-me que tem em vista algumas 'dicas' mas não sabe se darão certo: - Não come muita proteína, garante ela, referindo-se ao apoio que as proteínas causam ao fortalecimento e hipertrofia dos músculos ... Ela diz que prefere evitar proteína principalmente após as caminhadas .... para induzir o catabolismo e evitar uma possivel reestruturação das fibras musculares com o fornecimento protéico. - Ela fumava, o que ajudava a controlar sua fome (gerada pela ansiedade extrema), mas optou por parar para fazer uma hormonioterapia mais saudável. Isso a fez comer mais, principalmente mais doces (que dão certo 'ânimo' e suavizam a 'depressão') o que lhe causa tendencia a engordar uns quilinhos a mais ... e não tão somente engordar com gordurinhas ...mas "engrandecem" os músculos, inevitavelmente, como um todo ... - Faz atividades de baixo impacto e bastante duração.... Ela mesmo diferenciou os atletistas de corrida de curta distancia e os atlestistas de grandes maratonas de longas distancias .... Os primeiros tem uma massa muscular aparentemente significativa, os segundos, não... Por isso ao invés de correr 30 min ela prefere caminhar 1h... - Apesar de gostar muito de dançar ela já não o pratica pelo fato de mover muito TODO o corpo em alto impacto .... Ou seja, ela sabe que atividade aeróbica também pode gerar e / ou definir músculos .... e ela consequentemente, nessa aticidade, mexeria demasiadamente os braços e músculos superiores .... Logo, eles poderiam manter seu tamanho ou até mesmo hipertrofiar e ou definir mais do que catabolizar .... - Ela relata que se alimenta muito de "café com pão" ou "café com bolacha" .... que come "comida" raramente ... passa mais a cafés com bolacha agua e sal , pão light, adoçante, margarina light, as vezes um bolinho, uma bolachinha (nada tão gorduroso) mas também nada desprovido de gordura para que não haja um ganho significativo de massa magra e uma eventual perda de % de gordura. TODOS ESSES PONTOS ACIMA, ME RELATOU ELA ... DIZENDO QUE O FAZ, MAS NÃO SEGUE EXATAMENTE À RISCA POR UM TEMPO DURADOURO POR NÃO SABER SE REALMENTE SÃO EFETIVOS PARA O QUE ELA ALMEJA .... ALÉM DISSO, SUBITAMENTE, SURGEM VONTADES 'INCONTROLÁVEIS' DE 'ATACAR' DOCES E OUTROS ALIMENTOS QUE SIMBOLICAMENTE SUPREM SUA CARÊNCIA INTYERNA... MAS TENHO CERTEZA QUE SE LHE FOSSE PASSADO UM PROGRAMA ASSEGURADO DE EFETIVIDADE E FUNCIONAMENTO ELA PODERIA, FACILMENTE SEGUIR RIGOROSAMENTE ESSA 'DIETA',UMA VEZ QUE JÁ PASSOU DESDE DIETAS DE 800 CALORIAS POR DIA (realmente muito baixa, quando chegou aos69 Kg e imaginou que emagrecendo muuuitto seus músculos acabariam) , ATÉ UMA DIETA HIPERCALÓRICA QUE A FEZ CHEGAR AOS 88 KG (seguindo orientações de que só uma completa 'capa' de gordura no corpo seria capaz de 'mascarar' todos os músculos, ficando com um aspecto mais suavizado da musculatura - o que não foi de seu agrado, dizendo que ficou visivelmente mais obesa e bruta) . Ela já usou e usa alguns medicamentos para redução de peso como BIO REDUX, CHÁS com EFEITO LAXATIVO 3 x dia... mas ela afirma de que não muito adianta a redução de peso sem algo ESPECIFICO para a perda da MASSA MAGRA..... E todas as dietas que encontra, são para exatamente o contrario : ganho de massa muscular e perda da gordura ... tanto para homens quanto para mulheres, em suas devidas proporções ... Sua tentaiva de ir a 2 nutricionistas foram frustrantes .... A primeira , ela julgava um tanto 'ignorante' e 'inequipada' para uma situação um tanto distinta e inexplorada pelos nutricionistas .... e então percebeu que sabia mais que a 'nutricionista' neste problema... A segunda lhe deu uma dieta um tanto quanto hipercalóica garantindo que ela teria que engordar para 'mascarar' a definição muscular... O que para ela significou 'tapar o Sol com a peneira' .... e não julgou satisfatório.... Perdão pela extensão de detalhes .... Mas sei que o que EU QUERO de vocês é TOTALMENTE averso a tudo aquilo que vocês estão acostumados dia a dia a presenciar neste fórum... Da mesma forma, que é tão quanto ou mais precisa uma resolução para um problema como este ... Quero ajudá-la ...Já não sei como ... e acho que este é o caminho ao menos para uma temporária parcial aceitação de seu 'self'.... É a primeira vez, em minha recente carreira de psicóloga, que não recorro aos livros para ajudarem-me com um caso peculiar ... Que bom que fosse este o caminho ...pois este sei fazê-lo ... mas não ... o caso em si tomou rumos divergentes do que posso proporcionar suporte ... e por isso , como profissional de saúde mental e ademais como um SER HUMANO SENSIBILIZADO por um erro genético e a DEGRADAÇÃO de uma alma dia após dia , consulta após consulta, por um motivo aparentemente tão FÁCIL de ser resolvido num país onde tanto se fala de DIETA e NUTRIÇÃO, TIPOS DE EXERCÍCIOS PROPÍCIOS ... PROGRAMAS DE HARMONIA DO CORPO para ajudar uma MENTE resstruturar-se... PEÇO encarecidamente a AJUDA de VOCÊS .... Tenho muitos outros dados sobre a dieta dela e ou seus costumes alimentares. Se precisarem, posso contribuir. Agradeço antecipadamente toda a atenção e compreensão. Atenciosamente, Dra. Rosana PS: Moderadores, permitam-me que eu poste este mesmo tópico em dois subfóruns: NUTRIÇÃO e TREINAMENTO, em função de ambas perspectivas irem ao encontro de um mesmo problema. Grata.
×
×
  • Criar novo...