Ir para conteúdo

Jaraqui

Membro
  • Total de itens

    495
  • Registro em

  • Dias que ganhou

    10

Jaraqui foi o melhor membro do dia em 27 de março 2016

Jaraqui postou o conteúdo mais curtido!

1 Seguidor

Sobre Jaraqui

  • Rank
    Novato

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Rodrigo, sua testo é mais baixa que a minha. Tenho 52 anos, sou diabético, hipertenso e estou com 127 kg. Sua insulina de 52 está na metade da minha quando eu estava ruim, pois hoje baixei ela para 13 uUi/dL. Logo, há alguns fatores que vão começar a incomodá-lo, como indisposição para a realização de exercícios. Verifique se, dentre os exames, há hemoglobina glicada, triglicérides, LDL, HDL, além do colesterol total e MAPA (chato pra carai esse exame). Se tiver convênio, peça uma guia pra fazer exame de polissonografia pra ver se você engordou ao ponto de sofrer com apneia do son
  2. Consulte um endocrinologista. Você apresenta números condizentes com um estado de pré-diabetes. Fale com ele a respeito de seu HOMA-IR estar em 12, o que é muito acima do permitido* Repare, amigo: você ainda tem saúde para reverter totalmente este quadro. Peça, na mesma consulta, um encaminhamento para uma nutricionista. Crie um diário aqui, foque na dieta prescrita e em uma rotina de treinamento. Pelo físico você tem memória muscular. Dieta e treino põem você nos eixos em uns seis meses. *HOMA-IR = insulina x glicose /405. Este número deve estar abaixo de 2,15
  3. Essas pesquisas, muitas delas, só que essa em específico, são feita com ratinhos. Dr Nicola Guess, Lecturer in Nutritional Sciences at King’s College London, said: “Firstly, it’s important to bear in mind there are important differences between rodents and humans – particularly with regard to diet. For example, a high fat diet causes insulin resistance in rats but it does not appear to in humans. --> esse doc aí tá reclamando que esse confronto feito entre ratos para serem traçadas inferências em humanos é controversa, pois nos ratinhos as dietas "high fat" são prejudi
  4. Excelente vídeo. Seguem algumas impressões pessoais. Coisa de leigo mas que, se ajudar, valeu ter escrito. A moça não é humana, meu Deus. Essa mobilidade que ela tem assemelha-se às atletas chinesas de levantamento de peso olímpico. O butt-wink é mínimo, sem prejuízo praticamente nenhum. A profundidade que ela atinge mantendo a dorsal firme é tal, que eu aposto que lá embaixo, na transição excêntrica-concêntrica, ela consiga tranquilamente realizar uma série de desenvolvimento por trás da nuca! Enfim, é definitivamente a melhor atleta-modelo que eu vi realizando agacham
  5. Bom pra ter sido convocado para a prova física, significa que você passou na escrita e no exame médico, eu suponho. Se isso procede, parabéns! Parabéns também já pelo próprio progresso obtido até agora. Interessante foi que sua preocupação está com a flexão de braço, pois em geral o povo treme na hora da barra fixa. Passe aí, meu camarada, os critérios de avaliação das provas. Em geral eles pedem a corrida, flexão, barra fixa e abdominais. Continua isso? Se sim, quais os critérios? Eu pergunto isso porque tem concurso que é uma prova meramente eliminatória, isto é, corra
  6. Só pra esclarecer: o "gostei do artigo" refere-se à contribuição da Daniela, à qual também me esqueci de agradecer-lhe.
  7. "...and the subjects performed 1RM on 2 non-consecutive days for all exercises using a counterbalanced order..." teste de 1RM a cada dois dias é pra matar o véio kkk Se o propósito do estudo foi avaliar onde a força desenvolve mais, eu concordo com o texto. Porém, se o que se busca é ganho de massa muscular, o estudo citado pode não ser o mais apropriado. Pelo que li superficialmente no artigo, o que se estava querendo saber é onde se ganhou força, isto é, não percebi durante a leitura a preocupação pra se saber os ganhos dos grupos direto e reverso. O estudo também coinc
  8. Mas olha que chique! Colaborador batata! Parabéns pelo conteúdo, irmão
  9. Só pra esclarecer: estou pedindo a referência do 12/12 ou 14/10 para ler e aprender a respeito kkk Não estou "desafiando" a autora! É porque fiquei curioso mesmo.
  10. O jejum intermitente menos intenso que encontrei foi o Lean Gains, 16/8 horas. Por esse motivo gostaria que a autora - ou quem saiba - pudesse indicar a literatura correspondente que permite esse esquema 12/12. Pra falar a verdade, até num protocolo 14/10 eu também estaria interessado, pois caso o almoço às 12 fosse minha primeira refeição, eu poderia tranquilamente ter uma última refeição às 22 h. Outra dúvida: quem seja diabético tipo 2 "assintomático" (que controla o diabetes através das refeições somente) pode adotar o Jejum Intermitente?
  11. É isso aí, batata! O bom companheiro de guerra retornou!
  12. Visão do paraíso.... Com gaiola a coisa vai bem! Bons treinos aí, viu?
  13. Batata, eu lembrei de um esquema que dá pra montar pra treinar máximas de agachamento "de baixo custo": você pode manter nas suas laterais uns steps elevados ao nível mais baixo do seu agachamento. Quando chegar "aquela hora" onde você descobre que não conseguirá subir com aquele peso nas costas, basta baixar-se e largar a barra com o peso sobre os steps (as anilhas ficariam sobre os steps, obviamente que um de cada lado).
  14. oração aqui pra que tudo corra bem, meu camarada
×
×
  • Criar novo...