Ir para conteúdo

contribuinte

Membro
  • Total de itens

    209
  • Registro em

  • Última visita

Últimas imagens anexadas nos fóruns

Comentários em Matéria postados por contribuinte

  1. 5 horas atrás, Joaninha disse:

    Elas são lindas né? A minha vontade era de por mais umas 500 atletas wellness, porque são realmente maravilhosas.  Mas, as bikini também merecem ser reconhecidas pelo esforço e pelo condicionamento impecável que mantêm o ano inteiro.

    É verdade, são estilos bem diferentes de shape, mas para chegar ao nível de competição todas, sem dúvida nenhuma, se esforçam muito por anos.

    ou para curtir

  2. @Gilberto Araújo Pereira, existe alguma dica para saber o momento em que o movimento está bem próximo da falha?

    Geralmente faço os exercícios "até a falha", o que seria, no minha visão, não conseguir mais fazer nenhuma repetição perfeita, sem "roubar" no movimento, sem balançar, sem usar outras musculaturas, e sem ajuda de outra pessoa.

    ou para curtir

  3. Citar

    Quanto ao tempo de utilização, temos um parâmetro de 30 (trinta) dias ou 4 (quatro) semanas para se potencializar a creatina dentro do músculo e para se sentir os efeitos na performance e no rendimento esportivo.

    @Leonardo Marczinski Barroso você recomenda que seus pacientes façam uso de creatina direto ou defende um período "off" ou de washout num sistema de ciclos de uso de creatina?

  4. Em 01/06/2020 em 15:32, Marcelo Câmara disse:

    Sensacional abordagem sobre o tema. 👏🏼👏🏼👏🏼

    Ainda bem que temos vocês na quarentena para nos alimentar com esses conteúdos top sobre treino para voltar com tudo quando as academias reabrirem!

    Citar

    Em relação à curva em U invertido (ponto ótimo do volume máximo de treino, a partir do qual o aumento do volume de treino se torna exagerado e prejudicial à hipertrofia, podendo causar overtraining), é nebulosa a identificação da dose/volume onde os resultados do aumento de volume deixariam de ser positivos. 

    @Jorge Felipe Farias poderia escrever uma matéria sobre como identificar na prática quando estamos abusando do volume de treino e flertando com o overtraining?

    ou para curtir

  5. Em 01/06/2020 em 15:37, Marcelo Câmara disse:

    Concordo plenamente. Acho que as academias deveriam abrir sim! Óbvio que alguns cuidados relacionados a saúde e transmissão de vírus devem ser tomados, como: higienização do local e equipamentos, epis (máscaras, álcool gel), número máximo de alunos por horários e etc...

    Ficar muito tempo sem academia é desanimador. Treinar em casa não é a mesma coisa.

    ou para curtir

  6. Em 01/06/2020 em 15:14, Marcelo Câmara disse:

    Bom, não sei o que você tem de recurso (pesos) mas, pode fazer o clássico movimento de flexão plantar em pé e sentado. Pode fazer execuções unilaterais, sobre um degrau, ou uma calçada. Por falta de peso, aumente o número de repetições (panturrilhas tem maior números de fibras resistente), e faça com uma cadência onde lhe permitar sentir sua musculatura trabalhar em ambas as fases. Assim também pode ser sentado, com algum peso sobre a coxa. Lembre-se de usar o máximo de amplitude. 

    Vou fazer panturrilha unilateral na escada do meu prédio!

     

    Vou fazer este exercício, mas de forma unilateral.

  7. 7 horas atrás, Isabella Faria disse:

    SE eles utilizarem anabolizantes com insumo de origem animal, não podem ser considerados veganos, mas vegetarianos.

    Perfeito, o que não seria nenhum demérito. Hoje em dia as pessoas buscam muito um rótulo, pertencer a um grupo, ou coisas do gênero, como se fosse um torcer para um time de futebol ou fazer parte de alguma religião. O bom mesmo, na minha opinião, é fugir desses esteriótipos e aproveitar o melhor da ciência e o melhor das pessoas, de forma harmoniosa, sem discriminações sem base científica. Obrigado pelo texto @Isabella Faria, trouxe muitas informações relevantes e de confiança.

  8. Em 18/03/2020 em 17:17, Isabella Faria disse:

    Os sintéticos, são produzidos em comumente com a testosterona (oriundos de glândulas de animais ou de fontes vegetais). Esteroides anabolizantes sintéticos incluem os esteróis - são álcoois de animais ou plantas (exemplo, o colesterol). No caso dos veganos, a alternativa são fontes vegetais e sintéticas.

    Esse é o meu ponto. Alguns esteroides anabolizantes sintéticos tem como insumo produtos de origem animal, certo? Também é certo que os gigantes fisiculturistas que apareceram no documentário não são atletas naturais (não hormonizados), certo? A partir dessa lógica, esses atletas não poderiam ser chamados de veganos, por usarem esteroides anabolizantes cuja fabricação inclui insumos de origem animal. Meu raciocínio está correto?

    ou para curtir

  9. @Isabella Faria adorei a matéria sobre o documentário. Também gostei muito do Dieta de Gladiadores, mas não chegou a me convencer a me tornar vegano. Eu tenho uma grande curiosidade sobre um ponto exibido no documentário. São apresentados vários atletas, inclusive fisiculturistas veganos. Sabemos que os gigantes fisiculturistas não veganos são hormonizados, certo? Os gigantes veganos também são hormonizados, certo? A minha curiosidade é no sentido dos esteroides anabolizantes que os atletas veganos usam. Esses esteroides não são produzidos com insumos de origem animal?

  10. @Gilvan Carlos do Nascimento Júnior, comecei a usar o método pausa-descanso nos meus treinos, por achar o mais fácil para usar na prática. Estou impressionado.

    Na quinta-feira da semana passada, utilizei a pausa descanso pela primeira vez, no treino de coxas. Fiz do jeito que você ensinou (vi existem variações para o tempo da pausa e quantidade de pausas), colocando pausas de 10 (dez) segundos. Mas em vez de usar duas pausas, fiz com três pausas.

    Fiz isso no agachamento livre e no leg 45º. Fiquei sentindo aquela dorzinha gostosa nas pernas do pós-treino e sem conseguir andar direito até na terça-feira.

    É realmente impressionante como pequenos ajustes nos métodos de treinamento, ainda que bem simples, possam ser tão eficientes.

    ou para curtir

  11. Citar

    Atualmente, existe uma maneira muito eficaz de se prevenir esse tipo de lesão, chamada de liberação miofascial (LM). Ela é uma técnica de mobilização digital que se utiliza de manobras de deslizamento profundo no tecido miofascial proporcionando reequilíbrio e melhora da função musculoesquelética.

    @Ianara Roberta Stein, a liberação miofascial é recomenada apenas para fisiculturistas ou praticantes de musculação não esportiva também podem fazer? Quantas sessões são recomendadas por semana? Quanto tempo dura cada sessão? 😌

    ou para curtir

  12. Em 22/08/2019 em 13:19, Talyta Machado disse:

    Porém, se você não se sentiu mal, por exemplo, não há problema, porém é bom sempre fazer testes e iniciar com uma dose menor para evitar sintomas, e não ultrapassar a recomendação do fabricante.  Ressalto que  o consumo destes produtos e também do próprio café, em excesso, não são saudáveis, devem ser moderados e sempre buscar alternativas para melhorar a atenção e disposição.

    @Talyta Machado muito obrigado pela resposta super completa! Você sanou as minhas dúvidas e me deu muito mais segurança!! Espero que publique mais matérias! Seria interessante uma matéria exclusiva para a cafeína! O que acha? 😚

    ou para curtir

  13. 9 horas atrás, Talyta Machado disse:

    Olá, quando digo sobre cuidado, refiro-me às substâncias estimulantes, como a cafeína  e taurina (não os carboidratos maltodextrina e palatinose). São sim liberadas, porém podem trazer riscos à saúde, se consumidas em doses elevadas

    Quais seriam as doses seguras para consumo diário dessas substâncias no pré-treino? Alguns suplementos com cafeína que já tomei tinham até 420mg dessa substância por dose. Nunca me senti mal, mas é sempre bom cuidar da saúde! Obrigado pelas dicas!

  14. Citar

    Se você nunca tomou nada do tipo, o cuidado é redobrado

    Olá Dra. @Talyta Machado, por qual motivo os suplementos com cafeína, taurina, maltodextrina e palatinose seriam perigosos? Todas essas substâncias foram liberadas pela ANVISA? Isso quer dizer que não trazem riscos para a saúde, que são substâncias de consumo seguro, certo? Poderia explicar?! Obrigado! 😊

  15. Em 05/09/2015 em 08:28, gatinha13 disse:

    eu quero uma bunda do tamanho da lua cada nadega ;) ...adoreiiiii

    Como tá o desenvolvimento do glúteo? Continua fazendo a elevação de quadril?

    Até hoje existem treinadores que dizem que este exercício não é tão eficiente para a hipertrofia dos glúteos. @Fábio Moura Veras, existe alguma atualização científica sobre a elevação de quadril, confirmando ou não esta matéria? Obrigado!

    ou para curtir

  16. Grande professor @Gilvan Carlos do Nascimento Júnior! Além dos estudos mencionados no texto (Dieta versus dieta + musculação versus dieta + aeróbio), seria muito interessante um estudo para analisar o emagrecimento com dieta + musculação + aeróbio, que parece ser a estratégia mais adotada atualmente! Parabéns pelo texto de conteúdo excelente!

  17. 15 horas atrás, Gilvan Carlos do Nascimento Júnior disse:

    O metodo 3/7 é funciona basicamente assim: o praticante irá colocar uma carga que faça no máximo 8 a 12 repetições e vai  realizar 3 repetições pausa 10 "faz 4 repetições pausa 10" faz 5 repetições pausa 10" faz 6 repetições pausa 10" e finaliza com 7 repetições, descansa de 1 a 2 minutos para repetir a série mais uma ou 2 vezes dependendo do nível do praticante e fase atual da periodização do treino. No total vc um volume de 25 repetições com uma carga que ele faria no máximo 12 repetições ou seja mais do que dobra as repetições, prolonga a falha, e o SST tem 3 variações dele, é mais complexo de explicar ele aqui Mais vou explicar uma das variações, vai colocar carga pra 8 rep máximas e realizar 3 séries até a falha com 15" descanso aí reduz 20% da Carga e faz até a falha com a excêntrica em 5 segundose concêntrica 1, depois reduz carga 20% faz até a falha com concnetirca em 5 segundos e excêntrica ao contrário da etapa anterior, aí pra finalizar ainda descansa 10" e sustenta na isometria até a falha, essa é uma das variações que tem do método, diria q a mais complexa ainda tem outras duas, uma vc vai por uma carga de 10 rep e fazer séries até a falha variando o tempo de descanso em 45/30/15/10/15/30/45 segundos, essa é outra variação do método e ainda tem mais outro mais pra não ficar MT longo a explicação parar por aqui, são excelentes método avançado para quem já tá no platô é sensacional precisa estar apto para realizar lo 

    Obrigado fico feliz de ter contribuído de alguma forma 

    Virei seu fã @Gilvan Carlos do Nascimento Júnior! Explicou tudo completinho! 👏🏻 Esperando as próximas publicações!

  18. 14 horas atrás, Cassio Schoen disse:

    Claro, entendo tua dúvida. O intuito não é dizer que um funciona e outro não. Apenas uma comparação entre dois exercícios que são realizados frequentemente nas academias. Essas pesquisas analisadas só mostram que os exercícios multi articulares são bases de um treinamento de membros inferiores. Tendo esses dois ótimos exércicios como base

    Muito obrigado professor @Cassio Schoen! Vou incluir os dois exercícios no meu treino de pernas!

    ou para curtir

×
×
  • Criar novo...