Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Kimera Smart Coffee 220 g Iridium

Compre Kimera Smart Coffee 220 g da marca Iridium mais barato e poste a sua opinião sincera sobre este suplemento

 Compartilhar


Kimera Smart Coffee 220 g
Loja: Preço:*
  1. Biopoint
  2. Cupom de desconto: indisponível
  1. R$ 113,40
  2. Ir comprar

*O preço apresentado já computa cupom de desconto (caso disponível) que deve ser inserido no carrinho de compras da loja.

 Compartilhar

Tags

       (0 avaliações)

Comentários

Crie um conta ou entre para deixar uma avaliação

Você precisar ser um membro para fazer uma avaliação

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Não há avaliações para exibir.

Tire suas dúvidas

Caso tenha dúvidas sobre o suplemento Kimera Smart Coffee 220 g da marca Iridium, utilize o campo acima na aba de comentários ou poste um tópico nos fóruns de suplementos. As dúvidas mais comuns são sobre como usar, se funciona mesmo, composição, qualidade, testes de laboratório, e assim por diante.

Avisos

PREÇOS: os valores dos suplementos para comparação de preços entre as lojas são para valores à vista e com cumpom de desconto. Eles são atualizados num intervalo mínimo de 24 (vinte e quatro) horas desde a última atualização. A disponibilidade do produto também é verificada nesse intervalo.

IMPORTAÇÃO: a venda de alguns suplementos NÃO É AUTORIZADA no Brasil, apenas no exterior. Como o cadastro da comunidade é aberto, podem ser listados suplementos de lojas que vendem no Brasil e de lojas que vendem a partir do exterior (importação). Certifique-se antes de comprar.

GARANTIA: nossa comunidade NÃO GARANTE qualquer transação feita nas lojas listadas. A comunidade apenas apresenta os suplementos com comparativo de preços entre as lojas em que estão disponíveis. Toda a negociação de compra é feita diretamente com a loja.

CADASTRO: todos os membros da comunidade podem sugerir para cadastro marcas de suplemento, suplementos alimentares e lojas de suplemento. Para que também sejam listados os preços de suplementos de uma loja na lista de comparação de preços, o membro deve entrar em contato com os administradores da comunidade para avaliação de viabilidade técnica. Certifique-se de que o item que pretende cadastrar ainda não conste no sistema (deve ser inédito).

CUPOM DE DESCONTO: o preço comparado é aquele com eventual cupom de desconto já aplicado. Ao visitar uma loja que oferece cupom para nosso site, lembre-se que o preço do comparativo será obtido no carrinho de compras, apenas após a inclusão do cupom. Lojistas podem entrar em contato com os administradores da comunidade para fornecer cupons de desconto e apresentar melhores preços no comparativo.

  • Conteúdo similar

    • Por fisiculturismo
      Delicious Coffee 300 g - FTW Sports Nutrition
    • Por fisiculturismo
      SuperCoffee 2.0 (14 Sachês de 10g) - Caffeine Army
    • Por fisiculturismo
      SuperCoffee Chocolate 220 g - Caffeine Army
    • Por Dra. Shalimar Diniz
      A cafeína é um dos recursos ergogênicos mais consumidos no mundo. Os seus consumidores buscam um menor grau de fadiga e melhoria na performance. Embora não apresente valor nutritivo, a cafeína é considerada um ergogênico nutricional por estar presente em vários produtos alimentícios comercializados e consumidos atualmente.
      Alguns estudos sugerem, como o de Wollner Materko e Edil Luis Santos (periódico Motricidade de 2011 vol.7 p. 29), que a cafeína a cafeína exerce um efeito ergogênico sobre a força muscular submáxima ao longo de uma sessão de treino de força.
      Na teoria têm-se tentado explicar o efeito ergogênico da cafeína durante o exercício físico anaeróbio, relacionando-o ao efeito dessa substância em alguma porção do sistema nervoso central (SNC) e a propagação dos sinais neurais entre o cérebro e a junção neuromuscular e também ao efeito da cafeína sobre o músculo esquelético, facilitando a estimulação-contração do músculo esquelético.
      Alguns estudos têm indicado aumento da força muscular e maior resistência à instalação do processo de fadiga muscular após a ingestão de cafeína. Acredita-se que possa ocorrer um aumento de ação e liberação de noradrenalina e adrenalina.
      Algumas pesquisas têm mostrado os efeitos metabólicos da cafeína, verificando que a substância não só faz aumentar o gasto de energia, como também eleva a termogênese celular, a mobilização de ácidos graxos e a oxidação lipídica. O efeito da cafeína nos lipídeos e metabolismo energético demonstrou ser, na maioria das vezes, mediado pelo sistema nervoso central.
      Ou seja, a cafeína desde que administrada na dose correta, poderá promover uma melhor eficiência no metabolismo energético e muscular durante a prática esportiva, aumentando a lipólise (quebra de gordura, poupando glicogênio muscular e retardando a fadiga), contribuindo para melhorar a performance.

      Os efeitos da cafeína podem variar de pessoa para pessoa. Seu efeito tem sido demonstrado com doses entre 100 – 420mg, ou seja, duas xícaras de café já seriam suficientes para obter algum efeito. Em 150 ml (1 xícara) tem 103mg de cafeína, a de expresso tem 120mg e uma de chá verde tem 30mg. Muitos preferem a suplementação por cápsulas, que facilita a ingestão da quantidade necessária.
      É muito importante ressaltar que o uso de cafeína mal administrado poderá causar dependência e sintomas como dores de cabeça, irritabilidade e cansaço, que poderão ser desencadeados pela interrupção do uso da cafeína.
      Algumas pessoas são sensíveis à cafeína e podem não se sentir bem. Não é indicado seu uso à noite, já que causa agitação e pode prejudicar o sono, que é tão importante em qualquer atividade física.
      Portanto, procure um nutricionista para avaliar se é realmente indicado para você e a dose certa de acordo com o seu biotipo e objetivo. Convém lembrar, também, que a cafeína pode agravar certos problemas como gastrites, úlceras, anemia. Em indivíduos com determinadas patologias, como hipertensão, o uso é contra indicado.
    • Por Dra. Shalimar Diniz
      Muito se tem falado sobre os suplementos termogênicos, sejam eles a base de cafeína, guaraná, chá verde e algumas outras substâncias mais que ajudam no processo de aceleração do metabolismo, de perda de gordura.
      O que alguns não sabem, é que existem diversos alimentos que podem ser usados como coadjuvantes da dieta e atividade física na busca pela redução de gordura corporal.
      Os alimentos termogênicos são aqueles que apresentam um maior nível de dificuldade em ser digeridos pelo organismo, fazendo com que esse consuma maior quantidade de energia e caloria para realizar a digestão.
      Todos os alimentos gastam energia para serem digeridos, ou seja, têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal e acelerar o metabolismo, aumentando a queima de gordura, porém existem alguns que se destacam mais, uma vez que induzem o metabolismo a trabalhar com ritmo acelerado, gastando consequentemente mais calorias, sendo estes classificados como termogênicos.
      Vale ressaltar que o consumo desses alimentos não deve ser feito no período noturno para não prejudicar o sono. E para alguns indivíduos como, por exemplo, cardiopatas, com hipertensão arterial, pessoas muito ansiosas, com insônia, com gastrite e alguns outros casos, esses alimentos não são recomendados, devendo ser evitados ao máximo.
      Quem possui algum problema na tireoide também deve evitá-los. Além disso, o exagero no consumo desses alimentos pode levar ao surgimento de sintomas como dor de cabeça, tontura, insônia e problemas gastrointestinais.
      Estudos vêm sendo feitos para comprovar a eficácia de alguns alimentos em auxiliar na redução de peso e gordura pelo seu poder termogênico. Os que mais se destacam nesses estudos são:
      o chá verde, a pimenta vermelha, o café, o gengibre, o guaraná. Alguns outros também são descritos em artigos científicos como termogênicos por essa capacidade de aumentar a temperatura corporal e acelerar o metabolismo auxiliando na queima de gordura:
      chá branco, mostarda, vinagre de maçã, couve, brócolis, gordura de coco, linhaça e algumas gorduras vegetais. Para um bom resultado de perda de gordura, é imprescindível aliar o consumo dos alimentos termogênicos a um plano alimentar equilibrado - de preferência com acompanhamento de um profissional qualificado - com um cardápio pobre em gorduras saturadas e equilibrado, assim como ter um hábito de prática frequente de atividade física.
      É por tudo isso que já foi dito que com certeza surgirão novos artigos científicos em torno dos alimentos termogênicos para nos elucidar a cada dia mais sobre esse assunto.
      Exemplos de receitas para acelerar seu metabolismo:
      Salada Verde com Molho de Mostarda e Peito de Frango Sopa de Abóbora com Gengibre e Linhaça Suco Verde de Couve e Abacaxi
Tudo sobre esteroides

Curso sobre esteroides anabolizantes!

Domine o uso de esteroides neste curso de 8 módulos do médico Dr. Luiz Tintore

Clique aqui para conhecer



×
×
  • Criar novo...