Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'efeitos colaterais'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Anabolizantes Esteroides
    • Tópicos sobre esteroides
    • Relatos de ciclos
  • Suplementos Alimentares
    • Tópicos sobre suplementação
    • Relatos de uso de suplementos alimentares
  • Treinamento de Musculação
    • Tópicos sobre treinamento
    • Lesões musculares
    • Diário de treino
  • Nutrição Esportiva
    • Tópicos sobre nutrição
    • Relatos sobre dietas
  • Gente
    • Tópicos de evolução do shape
  • Assuntos Diversos
    • Tópicos diversos

Calendars

  • Campeonatos de Musculação
  • Cursos, Palestras e Feiras

Categories

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categories

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categories

  • Aves
  • Bebidas
  • Carnes
  • Lanches
  • Legumes
  • Ovos
  • Massas
  • Peixes e Frutos do Mar
  • Saladas
  • Sobremesas

Categories

  • Abdominal
  • Antebraço
  • Bíceps
  • Costas
  • Coxa
  • Glúteo
  • Lombar
  • Ombro
  • Panturrilha
  • Peito
  • Pescoço
  • Romboide
  • Trapézio
  • Tríceps

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Telefone Celular (WhatsApp)


Telefone Fixo


Interesses


Facebook


Instagram


YouTube


Twitter


Website


Tumblr


Série de Treinamento


Suplementação


Dieta Nutricional


Ciclos de Esteroides Anabolizantes & Drogas Afins


Academia


Altura


Peso


Percentual de Gordura

Found 51 results

  1. Bom dia! Estou com 6 semanas do meu primeiro ciclo de oxandrolona 20 mg. Além de ter mexido muito com meu emocional estou parecendo gorda. 😢 Treino muito pesado cerca de 2:30 a 3 hrs todos os dias. Faço jejum intermitente e lowcarb. A intenção era secar (cutting) e por fim estou com as roupas todas apertadas, barriga que nunca tive e gordura nas costas. Sera que volto ao normal? 😞
  2. Vou começar a ciclar enantato e gostaria de saber os efeitos bons e o ruins .... desde ja agradeço ... um abraço
  3. Sei que muitos odeiam o hemogenin, mas isso não vem ao caso. Quero saber se as pessoas que usam esteróides hj e não é prejudicado, se pode ser prejudicado no futuro ? ex: quando tinha uns 18 anos eu fiz um pequeno ciclo e não me fez mal algum, depois fiz um check-up e nada constatou. Mas tenho medo que lá pelos meus 30, 35 anos eu possa desenvolver algum tipo de cancer ou ter meu figado ou rim alterados devido ao esteroide que tomei a 10 anos atrás, é possível que aconteça isso ? Quanto ao hemogenin, tomei algumas cartelas já, nunca uma seguida da outra, tomava uma e descansava por um tempo e depois mandava outra e tb nunca fui prejudicado, posso sofrer mais pra frente por algo que fiz anos atrás ? Desculpa se a pergunta foi idiota. Valeu!
  4. Comecei o ciclo de Stanozolol 100mg dia sim/ nao, intercalando Durateston 1x por semana. Porém, minha primeira aplicação já tive colateral, (dor no corpo, cabeça, febre, indisposição, e vermelhidão e inchaço no local da aplicação) isso seria normal? Por favor, profissionais ou experientes, quebrem esse paradigma. Fiz a primeira aplicação, no período noturno, e logo após fui dormir.
  5. E aí galera, quem já tiver passado por isso e puder me ajudar Estou tomando, 1ml de stano usp 100mg/ml DSDN(Dói pra porra) + enantato de testosterona na landerlan 1ml por semana (dosagem que estou pensando em diminuir para 0.75/0.6). O maior problema que estou tendo é alteração de humor(vai de 8 a 80), ansiedade, irritabilidade e agressividade. Alguém aí sabe de algo que eu possa fazer pra atenuar esses efeitos? (Estou na terceira semana de ciclo)
  6. “O Senhor é meu Pastor e não me faltará”. “Ainda que eu passe pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque Tu estás comigo, a tua vara e o teu cajado me consolam”. (SL 23.1,4). Estou dando inicio a essa matéria usando um texto da Bíblia Sagrada, um salmo onde Davi que foi um rei em Israel, reconhece e expressa seu sentimento, sua incapacidade, sua fragilidade diante da morte. Eu que sempre fui tão alto-suficiente, tão independente, tão alto-confiante, estribado em minhas conquistas e vitorias e sucesso profissional, mas de uma hora para outra, vi meu castelinho de areia indo por água abaixo. E a maior certeza que temos nessa vida é que mais cedo ou mais tarde vamos nos deparar com esta realidade, em algum momento de nossa caminhada, estaremos cara a cara com a morte! Você está preparado para isso? Estou hoje com 46 anos de idade, desses 46 anos eu dediquei 30 ao esporte. Acumulei ao meu curriculum mais de 180 titulos. Muita coisa foi escrita ou falada sobre mim, mas é a primeira oportunidade que tenho, onde de próprio punho posso relatar minha historia. Faz 10 anos que Deus me livrou da morte, e eu entende que tenho como missão, contar meu testemunho e alertar a todos , sobre os riscos e perigos, ao se fazer uso de anabolizantes. Meu diagnostico medico “ Hepatocarcinoma (muticêntrico e/ou com metástases)”,” vesícula biliar hidrópica com barro biliar”, “nefropatia crônica” nos rins. Os médicos me deram pouca expectativa de vida, me lembro que a sugestão foi que eu fosse aos E.U.A. tentar fazer um transplante de fígado lá, pois se entrasse na fila aqui no Brasil não resistiria, não havia mais tempo, e nem nada que eles pudessem fazer por mim. E mesmo que eu fizesse o transplante de fígado, ainda assim teria que fazer hemodiálise o resto de minha vida, pois meus rins não funcionavam mais. Foi bem difícil para mim ter que ouvir tudo isso, estava diante do vale da sombra da morte, totalmente desacreditado pelos médicos. Nessa época do ano de 1998 estava me preparando para o campeonato mundial que aconteceria na Turquia no mês de novembro. Era final de setembro estava já a dois meses fazendo dieta e me preparando, e fazendo uso dos anabolizantes, sei que muitos tem curiosidade para saber o que eu estava tomando, eu estava tomando: Testosterona aquosa 100 mg, Stanazolol 100 mg, oxandrolona 100 mg, 12 U.I. de G.H., eu tinha um contrato de patrocínio, onde uma das clausulas era estar sempre em forma para campanhas fotográficas e apresentações ao publico, eu mantinha a forma praticamente o ano inteiro, mas isso nunca foi sacrifício para mim, pois sempre gostei de fazer minhas dietas, ainda hoje tenho hábitos alimentares saudáveis e é muito difícil sair fora das minhas dietas, cabeça de fisiculturista acho que nunca muda. No começo do mês seguinte, fui ministrar um curso em Recife, e acabei passando muito mal, era na época em que havia um surto de rota- vírus, foi quando atraves de exames, os médicos detectaram todos esses problemas. Me lembro que quando recebi a noticia fiquei meio chocado, mas aos poucos fui entendendo que Deus tinha um plano em tudo isso. Eu me converti a Jesus Cristo no ano de 1992, quando morei nos E.U.A., e quando estava atravessando o meu vale de sombra da morte, eu sentia muita paz e confiança Nele. Acho que ninguém esta, nem nunca vai estar preparado para morte, mas eu aprendi que Jesus foi o único que venceu a morte. Respeito todas as religiões, mas eu não acredito em nenhuma delas, porque no tumulo de seus fundadores você encontra seus restos mortais, mas no tumulo de Jesus lá em Jerusalem, tem uma placa escrito Ele não esta aqui, Ele ressuscitou, seu tumulo esta vazio!, só Ele poderia me dar essa vitória. Fiz uma oração, onde pedi a Ele perdão pelos meus erros, e pedi a Ele que me deixasse vivo, pois não queria morrer! Em 15 dias eu tive uma melhora incrível, os médicos não sabiam explicar o que estava acontecendo comigo, todo aquele quadro trágico de morte se reverteu! Jesus o meu Pastor me carregou no colo e atravessou o vale da sombra da morte comigo! E agora? O que vou fazer com essa nova vida?, pois me sentia como se tivesse nascido de novo! Primeira atitude,” vou tornar meu problema publico, para que não aconteça com ninguém o que aconteceu comigo”. Eu nem imaginava a repercussão que daria quando fiz a primeira matéria para a revista veja em novembro de 1998. Segunda atitude, “Não posso ficar de braços cruzados e não fazer nada com relação a experiência sobrenatural que tive com Deus”. Comecei a estudar e me preparar através de seminários e estudos relacionados a teologia, Deus tem uma obra e uma missão para mim, não só na área do esporte, mas eu quero fazer algo pela minha geração, e pela nova geração que esta se levantando, pois com 46 anos vi com meus olhos a maioria de meus amigos serem enterrados, vitimas de acidentes de transito, over-dose de drogas, AIDS, etc. Sete anos de minha vida fui pastor da igreja bola de neve, mas faltava algo. Hoje estou com um ministério o nome é ZION, onde eu e muitos outros Cristão, profissionais da área de esporte estamos ensinando aos jovens o esporte saudável e a palavra de Deus, combinação perfeita, pois somos corpo e espírito, não adianta cuidar do corpo e não cuidar do espírito, quando o seu vazio existencial é preenchido com a palavra de Deus, você não quer nem saber de drogas! Antes de ser pastor eu fiz mais um pedido a Deus, competir mais uma vez, seria a ultima, pois eu queria escrever minha historia, não como um homem que encerrou sua carreira porque teve uma doença e não poderia mais competir, mas como um homem que abandonou sua carreira no esporte por gratidão a Deus, por Ele ter restaurado a minha saúde e me dado uma nova vida, e essa nova vida iria dedicar a Ele e a sua obra. Em 2002 eu venci o Campeonato Brasileiro, e pela ultima vez estava pisando em um palco para competir, dali em diante eu piso em palcos para anunciar a Palavra de Deus, o seu amor, a sua bondade e que Ele verdadeiramente faz você atravessar o vale da sombra da morte, faz você deitar em verdes pastos e te guia mansamente as águas tranqüilas. Continuo praticando esporte, amando o esporte, sou casado e tenho uma grande família, sou muito feliz e grato pela vida que Deus me deu.
  7. Pretendo usar 100mg semanais de enantato de testosterona e 50 mg semanais de boldenona eternamente, o intuito é aumentar uma pequena porcentagem da performance sem grandes riscos e efeitos colaterais, tô ciente que as dosagens são baixas e terapêuticas, mas o pouco resultado que vier é lucro. Em um "Cruise" eterno com essas drogas e dosagens, quais os riscos que eu iria correr? E se é necessário protetores, tais como anti aromatizadores, entre outros. Obs: Os exames serão feitos mensalmente. Idade: 23 anos Altura: 1.73 Peso: 82kg Biotipo: Ectomorfo Bf: 11.5% Tempo de treino: 10 Anos Esportes: Musculação/Jiu Jitsu Calorias diárias: 3.600kcal Aes: 100mg semanais de enantato de testosterona. 50mg semanais de boldenona.
  8. Bom galera, sempre tive essa dúvida, qual esteroide é o menos prejudicial à saúde? Eu malho há dois anos, peso 87 kilos ( estou em bulking no momento ) e gostaria de tirar essa dúvida para fins futuros, alguém pode me ajudar?
  9. qdo tomava whey notava que meu rosto ficava inchado oq possa ser isso
  10. Boa tarde! Sou novo no fórum e gostaria de algumas informações que não consegui encontrar em qualquer outro lugar. Iniciarei um ciclo com Clembuterol na segunda-feira, porém estou atualmente medicado com Cloridrato de Paroxetina (10mg ao dia) e não encontrei na internet quaisquer informações sobre a interação entre esses dois medicamentos. Minha dúvida é se não encontrei por não existir, de fato, a interação entre eles ou por não existir algum estudo/relato/experiência com essas duas substâncias. Alguém poderia me informar seja por experiência própria ou que sabe de alguém, se há alguma interação entre essas substâncias? Se há algum risco, efeito colateral etc? Achei um outro tópico (não me lembro se nesse fórum ou outro site) de um companheiro que também estava nessa situação, entretanto não houve respostas à ele. Desde já aguardo a resposta de vocês, grande abraço.
  11. Gente,nunca usei nenhum tipo de anabolizante. Agora comecei meu primeiro ciclo com a oxandrolona. Tomo 2 cápsulas depois do almoço e 2 depois da janta. Estou em dieta e faz 4 dias que xomecei meu ciclo. Não notei nada na voz, pele e cabelo. Mas meus seios estão um pouco doloridos, meu clitóris inchou (notei essa diferença ontem a noite e fiquei muito assustada) e eu quero saber, se depois de terminar o ciclo meu clitóris e meus seios voltam ao normal. Não suspendi o uso do anticoncepcional, mas por favor, alguém me explique melhor sobre esse aumento do clitóris que me assustou demais
  12. Bom andei procurando pela internet sobre efeitos colaterais do animal pak,somente o fato de urinar de cores um pouco fora do normal, tirando isso existe mais alguma coisa? E tipo a ingestão pode ser feita de um por vez ou há necessidade de ingerir todos juntos ? Grato
  13. Opa, gostaria de saber se existem efeitos colaterais dos anabolizantes a longo prazo como por exemplo aumentar o risco de cancer e talz
  14. Gostaria de saber quais os efeitos que o Produto Therma Pro "Prolab" causam, tantos os prometidos no própio catálogo, como os efeitos colaterais... Ps: Por favor,,,,me ajudem...
  15. Ai galera keria q ken souber sobre esse AE falasse sobre seus efeito colaterais,,, perigo,... seus ganhos etc... valew
  16. Pessoal Sou novato no forum, e gostaria de saber o seguinte ! Preciso emagrecer 8 Kg e andei pesquisando pelo site, e vi que o pessoal usa muito o Clembuterol. Como malho apenas aos sabados por falata de tempo, tenho diminuido na alimentação, e gostaria de saber se tem alguma contra indicação em usar o clembuterol, e se alguem pode me ajudar com um ciclo (em comprimido, não gosto de agulhas). Obrigado, Ale
  17. QUERIA SABER DA GALERA DO FORUM SE ALGUEM USA CREATINA PURA PODE SER DE QUAQUER MARCA TENHA CAUSADO ALGUM TIPO DE DANO NO ESTOMAGO TIPO INFLAMAÇAÕ OU APRESENTAR COLITE? ESPERO A RESPOSTA DA GALERA POR AQUI!!!
  18. Quanto menos álcool, melhor: Pesquisas recentes indicam benefícios do consumo moderado de bebidas alcoólicas, como o vinho. Especialistas, porém, alertam que, até agora, o comprovadamente positivo é não beber » TATIANA SABADINI Uma taça de vinho por dia faz bem ao coração; um copo de cerveja pode ajudar a melhorar a performance de um atleta; mulheres que consomem bebida alcoólica regularmente não engordam: não param de surgir pesquisas sobre benefícios do álcool consumido moderadamente, mas o embate continua. Do outro lado da balança, estão as consequências que o organismo pode sofrer por causa do excesso, essas sim comprovadas há anos pela ciência. Os estudos dos supostos benefícios são recentes e, portanto, precisam de uma comprovação mais ampla. Para os médicos, a melhor opção ainda é não beber. Para aqueles, porém, que não conseguem ficar longe da cervejinha gelada ou de um bom vinho, a ordem é moderação. O consumo excessivo de álcool aumenta o risco de danos a vários órgãos, como o fígado e o cérebro, e também o risco de acidentes cardiovasculares. “Para qualquer médico, seria irresponsável recomendar mais de dois drinques por dia para os homens e um para as mulheres. Muitas pessoas bebem vinho por causa dos antioxidantes e dos flavanoides. Mas o melhor é fazer a suplementação de outra forma, através da alimentação ou em cápsulas. Minimizar o consumo de álcool é sempre a melhor opção”, disse ao Correio Lindsay Brown, professora da escola de ciências biomédicas da Universidade de Queensland, na Austrália. Segundo a médica australiana, entre os estudos recentes existem evidências epidemiológicas de que as pessoas que bebem moderadamente, de uma a duas taças de vinho por dia, podem diminuir o risco de doenças cardiovasculares. A suposição é de que os polifenóis flavanoides, encontrados na bebida à base de uvas, podem ter ações positivas. Nos anos 1990, a mídia americana incentivou estudos sobre a substância, que poderia evitar doenças cardiovasculares, diabetes e obesidade. “Por causa disso, temos mais de 3 mil publicações científicas sobre o assunto. Por isso, há um aumento de indícios que comprovam benefícios contra outros problemas. Sabemos muito mais do que há 10 anos, mas ainda há muito a aprender sobre todos os nutrientes do vinho”, afirma Lindsay. Benefício “mental” Uma taça depois do almoço e outra após o jantar são suficientes para Olavo Tadeu Câmara, 56 anos. “Aprendi a tomar vinho muito cedo, antes mesmo de ir para a escola”, brinca. “Cresci em Andrado, no interior de Minas, e morávamos perto de uma vinícola.” Atualmente, as degustações ficam restringidas a no máximo três vezes por semana. Para o arquiteto, que faz atividades físicas e tem acompanhamento médico regularmente, o vinho pode trazer benefícios mais para a saúde mental do que para a física. “É um momento para relaxar e estar tranquilo. Acredito que a bebida possa ter seus benefícios, mas nada de exagero. O organismo responde da forma como você o trata, e o vinho pode servir como complemento disso”, afirma. Para o sommelier Paulo Kunzle, 47 anos, a sentença também é verdadeira. Há um ano, ele descobriu que tem tendência a ter um nível muito alto de plaquetas e usou o vinho como forma de terapia. “Conversei com o meu médico e tomei todas as precauções. Descobri que o vinho estava me ajudando esse tempo todo, porque ele tem propriedades que ajudam a afinar o sangue e dilatam as artérias”, comenta. Hoje, ele toma religiosamente duas taças por dia. E é um dos maiores defensores do hábito. “Uma das principais vantagens do vinho são os antioxidantes. Basta tomar como exemplo a região de Bordeaux, que tem um baixo índice de mortalidade por problemas cardíacos, e cada habitante consome, em média, 60 litros da bebida por ano. Meu conselho é sempre escolher os tintos secos, porque os suaves têm um conservante chamado sorbato de potássio.” O vinho tem mais de 2 mil componentes. Um litro tem 14mg de resveratrol, um polifenol considerado essencial para a saúde, segundo os cientistas. É pouco provável, no entanto, que se possa obter uma quantidade suficiente com a bebida para reduzir significamente o risco de doenças cardíacas. “Os polifenóis ou outras tantas substâncias podem ter contribuído para os resultados positivos em estudos experimentais, mas nós simplesmente ainda não temos nenhuma evidência detalhada sobre essa assunto”, explica Lindsay. Dieta Um estudo divulgado na semana passada e muito comentado na internet e pela comunidade médica sugere que mulheres que bebem álcool regularmente têm menos tendência a engordar. A autora do estudo, Lu Wang, do departamento de Medicina Preventiva do Brigham and Women’s Hospital, de Boston, nos Estados Unidos, explicou ao Correio que o ponto de partida da pesquisa foi o fato de que mais de metade dos americanos consome bebidas alcoólicas. Itens como vinho, cerveja ou vodca eram considerados fontes de energia que, a longo prazo, poderiam resultar em ganho de peso. “No entanto, não foi possível obter evidências consistentes de que o consumo de álcool apresenta um risco para o desenvolvimento da obesidade”, comenta a especialista. Os cientistas calcularam a ingestão de álcool com base no consumo de bebidas descrito em um questionário respondido por 19.220 mulheres, todas com 39 anos, livres de doenças cardiovasculares, câncer e diabetes e que tinham peso normal. O acompanhamento foi feito, anualmente, durante 13 anos. Segundo Lu Wang, não foi possível obter dados concretos para explicar por que o consumo de álcool pode influenciar no peso, mas descobertas de outros estudos podem oferecer algumas explicações plausíveis. O álcool ajuda o próprio corpo a estimular o processamento da energia. Mas de nada adianta exagerar na dose, apenas com moderação é possível perceber algum efeito. “Entre as mulheres, aquelas que têm consumo leve a moderado de álcool normalmente têm uma ingestão menor de calorias de fontes não alcoólicas. Por outro lado, a ingestão de álcool tende a induzir o aumento do gasto de energia, além da caloria consumida através da bebida. Isso pode explicar o resultado do nosso estudo. Existem também outros mecanismos pelos quais o álcool pode modificar o peso corporal. Incluindo o efeito do álcool na absorção e digestão de nutrientes, interferência na oxidação dos lipídios e acumulação de gordura”, sugere Lu Wang. Sem evidências conclusivas » RICARDO TEIXEIRA No consultório do cardiologista, uma senhora que precisa de medicações para controlar sua pressão arterial encerra sua consulta perguntando se ela pode manter o seu hábito de tomar uma taça de vinho por dia. O doutor lhe responde que não só pode como deve: “Minha cara, temos acompanhado nos últimos anos uma série de estudos que demonstram que o consumo moderado de álcool reduz o risco de doenças cardiovasculares, incluindo o infarto e o derrame cerebral. Isso significa que quem bebe pouco tem menos eventos cardiovasculares do que aqueles que não bebem. Já o consumo exagerado de álcool provoca um maior risco de doenças cardiovasculares. Veja bem, devemos entender consumo moderado como até duas doses de bebida por dia para homens e uma dose para mulheres. As pesquisas ainda apontam que esse efeito protetor do consumo diário e moderado deixa de existir quando a pessoa exagera na dose mesmo que seja por apenas um dia no mês”. Essa mesma senhora ouvirá dos médicos que sua taça de vinho é capaz de reduzir seu risco de doença de Alzheimer e outros tipos de demência. Ouvirá também que já existem estudos que demonstram que o seu hábito também está associado a um envelhecimento com maior nível de independência física e maior longevidade. As bebidas alcoólicas, de uma forma geral, promovem esses efeitos positivos, mas o vinho tinto parece ser levemente superior, pois, além do álcool, ele possui outras substâncias protetoras, como os flavonoides, incluindo o resveratrol. Apesar de todas essas evidências, não existe justificativa até o momento para se indicar o consumo de álcool por potenciais efeitos medicinais. À luz do conhecimento atual, recomenda-se que os médicos não indiquem o uso de álcool como se fosse um suplemento alimentar para prevenir doenças. Devem recomendar às pessoas que não bebem que continuem sem beber e, às pessoas que já têm o hábito de beber, que não ultrapassem os limites. Mas isso também está mudando, já que estudos recentes têm demonstrado que o consumo regular de álcool, mesmo em doses leves a moderadas, está associado a um maior risco de diferentes tipos de câncer, como o de mama, reto e fígado. Por essa razão, em 2009, o Instituto Nacional do Câncer da França deu início a uma campanha chamada Álcool Zero, defendendo a ideia de que mesmo uma dose diária não é segura. Não se deve pensar no álcool como um elemento promotor da saúde da população, não só pelo aumento do risco de câncer, mas também porque muitas pessoas atravessam a barreira entre o consumo moderado e o consumo exagerado. Esse consumo exagerado é responsável por uma em cada 25 mortes no mundo e, como se não bastassem as mais de 200 doenças secundárias ao álcool, ainda temos os enormes problemas sociais que estão associados ao seu consumo. E isso já é um problema para lá de antigo. Por 40 dias e 40 noites, Noé, sua mulher, três filhos e os animais embarcaram na arca enquanto o dilúvio destruía o resto do mundo. Ao chegar em terra firme, uma das primeiras coisas que Noé fez foi “tomar vinho e ficar embriagado” e os filhos precisaram protegê-lo para que ele não metesse os pés pelas mãos. O livro do Gênesis marca a presença do álcool e seus riscos já nos primórdios da humanidade. * Doutor em neurologia e pesquisador do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Unicamp. Escreve todas as segundas-feiras no blog Saúde para Todos do Correio Braziliense. CORREIOBRAZILIENSE • Brasília, terça-feira, 16 de março de 2010
  19. Tenho 34 anos, estou fazendo academia há 6 meses. Tenho dois filhos: um de 6 anos e o outro acabou de completar 1 ano. Tenho 1,63 de altura e peso 64kg. Na primeira gestação engordei 20kg e na segunda 14kg, porém tive mais dificuldade em perder kg após a segunda gestação. Com muito sacrifício perdi e ainda continuo com aquela pancinha ocasionada pela gordura e flacidez. Com o objetivo de ganhar massa magra e perder gordura, comecei o primeiro ciclo de Stano ontem, eu mesma realizei a aplicação no período da manhã. Não formou nenhum caroço, mas o local foi ficando dolorido ao longo do dia. A noite senti alguns calafrios e TB dores musculares por todo o corpo. É normal sentir isso? Hoje foi ficando melhor e amanhã e dia de aplicação novamente (1ml ds/dn). Outro receio é que eu tenho hiperprolactinemia, descobri há 16 anos esse problema e faço tratamento com dostinex (interrompido neste momento). Qdo a minha bebê estava com 6 meses, procurei a endocrinologista para auxílio na perda de peso e informar que iria utilizar algum termogênico já que minha bebê não quis mais mamar aos 5 meses. Por ser extremamente tradicional, ela foi taxativa quanto ao uso de qlqr suplemento, sai de lá totalmente desmotivada e procurei um nutricionista para me acompanhar com a dieta e após 6 meses de exercícios, resolvi começar sozinha com a uso do Stano. Como já tenho um problema hormonal será que posso ter mais complicações quanto ao eixo por conta disso?
  20. Comecei meu ciclo segunda-feira com stanozolol injetável 2ml, pra quem já tomou me fala os efeitos colaterais que aconteceram. Sei que varia de pessoa para pessoa, mas acho interessante saber. E gostaria de saber se com 1 ciclo já vai aparecer os resultados, e em quanto tempo leva? Segunda que vem vou fazer a segunda aplicação. Aguardo. Tenho 21 anos, e treino a uns 2 anos todos os dias. Faço dieta. Peso:74kg Cintura:89cm Bumbum:1.10m Coxa um pouco acima do joelho:49cm Coxa:62cm Panturrilha:39cm Peito:95cm Braco:32cm Altura:1,65
  21. oi gente, meu médico endócrino me receitou 2x ao dia 12mg de oxandrolona = 24mg/dia, por dois meses to treinando há 2 anos e minha BF é 24% Como é primeiro ciclo e nunca tomei nada antes só suplementos, to com medo dos colaterais, quando para perde tudo mesmo, masculiniza? ele me pediu uma bateria de exames quando acabasse os 2 meses, mas sei lá, ouço tanta coisa na net que to ficando doida... Help!
  22. Aí pessoal... Estou tomando creatina há pouco tempo, e jah tomei 1 pote de 100g da Creatina Micronizada da Probiótica. A dúvida eh a seguinte: Quais os efeitos colaterais da creatina ao organismo a longo prazo? Eu não senti nenhum problema ainda, e comprei outro pote de 300g, que inclusive jah comecei a tomar... Me disseram q o uso prolongado pode causar complicações renais. Que tipo de complicações, e oq eh considerado uso prolongado/excessivo? Valeu... T+ Rastermition
  23. Galera, seguinte, fiz o ciclo com halovar, ganhei uns 6 kg, um pouco de gordura junto porque exagerei nos carbos achando que seria melhor, mas tirando os pneu to com uma definição legal e da para ver as fibras musculares muito melhor agora... acabou o ciclo e comecei a tomar recycle e tribulus (só na primeira semana ia tomar tribulus) e aconteceu o seguinte uma semana depois de comecar a TPC: febre, irritação fortíssima no estomago, dor de cabeça, um pouco de ânsia de vômito. todos sintomas de virose ou talvez infecção intestinal, só que, segundo o médico uma virose tem um ciclo máximo de 72 horas e já ta fazendo mto mais que isso que to com febre todos os dias (detalhe: continuei tomando o recycle com medo de ser prejudicado)... bom e o que eu to fazendo aqui??? passou pela cabeça que poderia ser o recycle e resolvi pesquisar sobre isso e achei esse relato aqui no forum mesmo, mais ou menos do meio do ano, ao menos no título do topico ele disse que usou recycle tbm no tpc: ------------------------------------------------------------ cahue Iniciante Postado 15 agosto 2012 - 11:24 bom pessoal vim aqui pra relatar para vocês o fim do ciclo. No fim do ciclo estava gigante.. ganhei apenas 4kg (1cap/dia) porém perdi uma gordura abdominal bastante notável.. Mas o destino ironizou e me deu uma infecção intestinal logo após 1 semana de fim de ciclo.. resultado : perdi os 4 que eu tinha ganho e mais 2kg. Tou esperando o intervalo de 3 meses pra fazer um ciclo com halovar ou oxa 40mg/dia. Um amigo meu tomou o ciclo do reign com 1cap/dia, ja esta perdendo o que ganhou.. bom, meu ciclo nao foi referencia, mas fiquei revoltado! É isso, abraços. e eu "sumi" de tanta raiva que eu fiquei. ------------------------------------------------------------ e gostaria de perguntar aqui se mais alguem ficou "doente" logo ao começar tomar recycle??
  24. Opá... pesquisei no forum mas nao achei muito a respeito desse ``Ae`` Gostaria de saber como é feito um ciclo de oxandrolona, e se com ele deve ser usado mais alguma outro tipo de droga.. E como é feita sua tpc.. e os efeitos colaterais que a droga pode causar, pois procurei muito a respeito na internet, e as informçoes sao escassas, e muitas vezes divergem muito! obrigado desde já abç
×
×
  • Create New...