Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Resultados para as tags 'amaranto'.



Mais opções de busca

  • Buscar por Tags

    Digite tags (palavras-chave) separadas por vírgulas, não use hashtags (#).
  • Buscar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fórum

  • Suplementos Alimentares
    • Tópicos sobre suplementação
    • Relatos de uso de suplementos alimentares
  • Anabolizantes Esteroides
    • Tópicos sobre esteroides
    • Relatos de ciclos
  • Treinamento de Musculação
    • Tópicos sobre treinamento
    • Lesões musculares
    • Diário de treino
  • Nutrição Esportiva
    • Tópicos sobre nutrição
    • Relatos sobre dietas
  • Gente
    • Tópicos de evolução do shape
  • Assuntos Diversos
    • Tópicos diversos
  • Fãs do Ronnie Coleman's Tópicos

Calendários

  • Campeonatos de Musculação
  • Cursos, Palestras e Feiras

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Aves
  • Bebidas
  • Carnes
  • Lanches
  • Legumes
  • Ovos
  • Massas
  • Peixes e Frutos do Mar
  • Saladas
  • Sobremesas

Categorias

  • Abdominal
  • Antebraço
  • Bíceps
  • Costas
  • Coxa
  • Glúteo
  • Lombar
  • Ombro
  • Panturrilha
  • Peito
  • Pescoço
  • Romboide
  • Trapézio
  • Tríceps

Pesquisar resultados em...

Pesquisar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    Fim


Data de Atualização

  • Início

    Fim


Filtrar por número de...

Data de Registro

  • Início

    Fim


Grupo


Telefone Celular (WhatsApp)


Telefone Fixo


Interesses


Facebook


Instagram


YouTube


Twitter


Website


Tumblr


Série de Treinamento


Suplementação


Dieta Nutricional


Ciclos de Esteroides Anabolizantes & Drogas Afins


Academia


Altura


Peso


Percentual de Gordura

Encontrado(s) 6 registros

  1. Ambos os grãos são ricos em proteínas, fibras, vitaminas e minerais. Mas com o aparecimento de mais e mais alimentos funcionais novos, as vezes bate uma dúvida: qual eu devo usar e como? De um lado aparece a quinoa, original dos Andes e que já começa a ser produzida aqui no Brasil. É considerada um dos alimentos mais completos dado o equilíbrio de nutrientes de sua composição. Comercializada em grão e flocos. De outro, vem o amaranto também original dos Andes, com as mesmas propriedades protéicas e tantos benefícios a saúde quanto a quinoa. Mas apesar da origem ser a mesma e partilharem de alto valor biológico, esses grãos apresentam algumas diferenças que valem a pena serem consideradas. Dá uma olhadinha na tabela comparativa abaixo, quando ilustro essas considerações em 45grs (isso equivale a umas 3 colheres de sopa) do produto em flocos ou grãos : As principais diferenças assinalei em negrito. Acho que nesse caso o mais importante a falar é sobre a quantia de CÁLCIO CONTIDO NO AMARANTO. É super rico e pode tranquilamente substituir o leite quando usado na quantia correta. Então, considerando que nossa necessidade diária de cálcio é de 1,3grs/dia, se você consumir 6 colheres de sopa de amaranto por dia você terá 174mg de cálcio. Se unirmos isso com 2 xícaras de couve teremos mais 720mg o que juntos resultarão em aproximadamente 900mg de cálcio/dia. Não é mega interessante?? Esses dias fiz um mingau de amaranto que ficou muito bom, ele engrossa igual aveia. Fiz com leite fresco e de vaca mesmo porque não consumo todos os dias. Mas se a pessoa quiser e precisar excluir laticínios da dieta, no caso do mingau pode fazer com leite de arroz que também é comercializado pronto e muito fácil de consumir. Indicação de quantidades e consumo: - Se for praticar atividade física minha indicação é que você alterne a quinoa com o amaranto, 2 colheres de sopa antes e 2 depois, com frutas, sucos, mingau ou na comida mesmo. A quinoa em grão feita como arroz fica muito boa! - Se a intenção for aumentar o consumo de cálcio, consuma 6 colheres de sopa/dia de amaranto e mais 2 porções de folhas verdes como indicado acima. - Se estiver precisando de uma força no ânimo e humor prefira a quinoa também em 6 colheres de sopa/dia.
  2. 

O amaranto é conhecido em vários países há muito tempo, porém, aqui no Brasil não faz muito tempo que começamos a escutar falar sobre esse grão altamente nutricional! As pesquisas realizadas com o amaranto começaram por volta de 1996 e a partir daí começou o seu cultivo no Brasil.

 O grão é rico em proteína, possui aproximadamente 15% de proteínas com alto teor biológico (aquelas com todos os aminoácidos essenciais que o corpo não produz e por isso temos que ingerir). 

É fonte de cálcio biodisponível (isto é, que tem melhor absorção no organismo), o que não acontece com outros tipos de vegetais. Além de ser fonte de fibras, zinco, fósforo e outros nutrientes. 

O alto teor de fibras presentes contribui para o bom funcionamento do intestino, além do controle de glicose, colesterol e de dar mais saciedade, o que ajuda no controle de peso.

 Não contém glúten, sendo uma excelente opção para os celíacos (pessoas com intolerância ao glúten) ou pessoas com alergia ao glúten. Também é boa opção para vegetarianos, por ser rico em proteína. Por ser nutritiva e rica em proteínas é excelente escolha para que pratica atividade física! Quase não tem gosto, o que é muito bom, pois a farinha pode ser usada em várias misturas sem comprometer o sabor das preparações.

 Atualmente encontra-se para vender em lojas de produtos naturais e em alguns mercados. É comercializado em flocos naturais, semelhante aos flocos da aveia, pode ser consumido com frutas e iogurtes, como ingrediente para preparação de pães, bolos, doces, sopas, vitaminas ou até mesmo no seu shake pré ou pós treino. Exemplos de receitas com amaranto: Shake Nutritivo com Whey e Amaranto Hambúrguer Caseiro de Patinho Delícia de Iogurte com Frutas Vermelhas e Amaranto 
Inclua esse grão no seu cardápio. Use sua criatividade e experimente!
  3. Visitante

    Amaranto - Suplemento Natural

    História O amaranto (Amaranthus sp.), um pseudocereal de origem andina, possui excelente perfil nutricional e excelente funcionalidade. Apresenta inclusive importância econômica em várias partes do mundo por sua variada forma de uso. Cultivado pelas civilizações Inca e Asteca há mais de 2000 anos, foi disseminado pela Europa, África e Ásia após a chegada dos espanhóis. Pertence à família das amarantáceas, se divide em 70 gêneros (é muita coisa né gente) entre eles o Amaranthus, que possui mais de 60 espécies. E é muito consumido em regiões montanhosas, principalmente onde alimentos energéticos e alimentos fonte de proteína animal são escassos. Valor nutricional Vitaminas, minerais e antioxidante Esse grãozinho é realmente um superalimento. Possui um valor energético mais alto do que os cereais conhecidos contêm vitamina C e pró-vitamina A em níveis significativos, além de atender as necessidades da maioria de vitaminas recomendadas pelo “Committee on Dietary Allowances”. Apresenta lignina e celulose, mostrando-se uma excelente fonte de fibras insolúveis, sendo auxiliando o tratamento de constipação intestinal, possui niacina e tiamina, riboflavina, ácido ascórbico, vitamina E um potente antioxidante e ainda concentrações expressivas de minerais como potássio e ferro e alta biodisponibilidade de zinco, magnésio e cálcio. Proteína E para aqueles que necessitam de um aporte protéico maior e os veganos que não consomem proteína animal, esse grão tem em sua composição proteína de alto valor biológico e em quantidade mais elevada do que nos cereais (aproximadamente 15%). Contém teores significativos de metionina (aminoácido encontrado principalmente em alimentos de origem animal) e lisina, aminoácido essencial, ou seja, você precisa obtê-la em sua dieta, a lisina é utilizada na fabricação de proteínas e é essencial para o crescimento e manutenção dos músculos e órgãos e tem importante papel na absorção de cálcio e formação de colágeno. E estes são limitantes nutricionais em muitos grãos, sendo, portanto, considerado como uma combinação natural de leguminosa com cereal. Pode ser consumida também por celíacos, por não conter glúten. Lipídeos Quanto às gorduras, o amaranto possui em média 6,98% desta, sendo que o ácido oleico (ômega 9) e o linoléico (ômega 6) constituem cerca de 70% da gordura total e o ácido esteárico, cerca de 20%. Estudos mostram que o efeito hipocolesterolemiante pode estar relacionado a uma maior excreção de sais biliares fecais e colesterol endógeno devido à ação das fibras dietéticas. Alguns estudos trazem também resultados benéficos com uso do amaranto em óleo para cardiopatas, reduzindo níveis de CT, TG, LDL e VLDL. Formas de uso >> Pode ser usado o grão inteiro ou em flocos; >> Em forma de farinha integral, já encontramos em lojas de produtos naturais; >> Expandido (pipoca): Isso mesmo!! Pipoca!! desta forma o grão tem um sabor e um odor atraentes, como o conhecido milho de pipoca; >> Encontra-se como flocos, flakes, cookies e barra de cereal estas são encontradas principalmente em outros países da América do Sul. Esse grão é realmente de grande valor podendo fazer parte do nosso dia-a-dia, acrescido em shakes, saladas, no arroz, fazendo parte de uma alimentação balanceada e de acordo com o objetivo de cada um para melhores resultados. Vale a pena com certeza, afinal um dos pilares na boa alimentação é a variedade!! Receita: Pipoca de Amaranto
  4. Visitante

    Pipoca de Amaranto

    Coloque os grãos de amaranto em uma frigideira ou panela (sem adicionar óleo à panela). Leve ao fogo alto até que grande parte dos grãos se torne branca. Esse processo deve durar de 10 a 30 segundos aproximadamente. Dica: pode ser servida dessa forma ou juntamente com outros ingredientes ou preparações.
  5. Colocar o iogurte em um potinho; Colocar as frutas vermelhas por cima e o amaranto salpicado; Colocar por cima um fio de mel; Comer gelado.
×
×
  • Criar novo...