Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na comunidade

Resultados para as tags 'stanozolol'.

  • Buscar por Tags

    Digite tags (palavras-chave) separadas por vírgulas, não use hashtags (#).
  • Buscar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fórum

  • Suplementos Alimentares
    • Tópicos sobre suplementação
    • Relatos de uso de suplementos alimentares
  • Anabolizantes Esteroides
    • Tópicos sobre esteroides
    • Relatos de ciclos
  • Treinamento de Musculação
    • Tópicos sobre treinamento
    • Lesões musculares
    • Diário de treino
  • Nutrição Esportiva
    • Tópicos sobre nutrição
    • Relatos sobre dietas
  • Gente
    • Tópicos de evolução do shape
  • Assuntos Diversos
    • Tópicos diversos
  • Fãs do Ronnie Coleman's Tópicos

Calendários

  • Campeonatos de musculação
  • Cursos, palestras e feiras
  • Lives

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Aves
  • Bebidas
  • Carnes
  • Lanches
  • Legumes
  • Ovos
  • Massas
  • Peixes e Frutos do Mar
  • Saladas
  • Sobremesas

Categorias

  • Abdominal
  • Antebraço
  • Bíceps
  • Costas
  • Coxa
  • Glúteo
  • Lombar
  • Ombro
  • Panturrilha
  • Peito
  • Pescoço
  • Romboide
  • Trapézio
  • Tríceps

Pesquisar resultados em...

Pesquisar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    Fim


Data de Atualização

  • Início

    Fim


Filtrar por número de...

Data de registro

  • Início

    Fim


Grupo


Telefone Celular (WhatsApp)


Telefone Fixo


Interesses


Facebook


Instagram


YouTube


Twitter


Website


Tumblr


Série de Treinamento


Suplementação


Dieta Nutricional


Ciclos de Esteroides Anabolizantes & Drogas Afins


Academia


Altura


Peso


Percentual de Gordura

  1. Boa dia, Marombas e Marombas Finalmente chegou o momento de dar uma secada no shape... estou vindo de alguns meses onfire com dieta de superávit para ganho de Massa Magra (MM)... como previsto, o shape dá uma leve embaçada, então, tá na hora de limpar a gordurinha extra. Vou, inicialmente, apresentar um breve histórico pois considero que este protocolo que vou seguir NÃO É PARA INICIANTE E INEXPERIENTES NO USO DE AEs. Fui diagnosticado com hipogonadismo há 3 anos e meio e desde então faço uso contínuo de testosterona. Assim, já que meu eixo é totalmente inibido, realizei ao longo desse tempo alguns ciclos. Já utilizei oxandrolona, stano, deca, masteron, hemogenin, dianabol, boldenona e trembolona... fazendo inclusive a combinação de um ou mais AEs de forma proporcional e não acumulativa (para os AEs mais anabólicos). Assim, além dos estudos, percebi a característica de cada um dos AEs. Antes do início deste protocolo, estava usando o seguinte: 250mg Testo + 154mg Deca + 49mg Masteron / treino ABCDE / aeróbico 2x de 20 min ou 250KCal cada... Libido muito boa, boa evolução nos treinos, boa recuperação, sono bom, zero colaterais. Qual é o objetivo agora? Perder as gorduras mais velhas, aquelas persistentes... então, pretendo ir além de um BF específico ou de uma fotografia de shape. Medicações em uso: Não Problemas de Saúde e histórico de cirurgias: Hipogonadismo, Hérnia Distal e Condromalácia Patelar bilateral grau 2 Tempo de treino: 4 anos Ciclos FEITOS com dose e tempo: uso contínuo de Testo, experimentando diversos AEs associados. CICLO PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo: 01-10 Enantato Testosterona 250mg/semana = 14UI/TSD (mesma base anterior) 01-10 Masteron 49mg/semana = 7UI/TSD (mesma base anterior) 01-10 Deca 154mg/semana = 11UI/TSD (mesma base anterior) 01-10 Enantato de Trembolona 140mg/semana = 10UI/TSD (dose relativamente baixa pela associação com stano, mas suficiente para segurar a massa magra e possivelmente gerar hipertrofia, além do aumento de força) 01-02 Oxandrolona 10mg (pq está vencendo kkkkk então entra nas 2 semanas antes do stano só para baixar SHBG enquanto a Trembo empilha) 03-10 Stanozolol 40mg + 10mg pré-treino (com a baixa dose de trembo o stano entra com adicional para hipertrofia) *Todos os produtos são da marca Landerlan Ergogênicos: 02-04 Clembuterol 1 a 3 ml 05-07 Ioimbina (Yomax) até 20mg (1/2 no AEJ e 1/2 pré treino) 08-10 Clembuterol 1 a 3ml + Ioimbina até 20mg (1/2 no AEJ e 1/2 pré treino) Creatina 5g Cafeína 100mg AEJ + 200mg pré treino Beta Alanina 2g Taurina Suplementação: Vit D3 5000UI Centrum Importado Vit C 250mg Whey Protein Divisão de treino e horário do mesmo: A1B1C1A2B2C2 (dia 20/12 já passei ao novo treino para adaptação, visto que tive uma lesão no deltóide ainda não recuperada há 5 semanas) Atualmente, estou com 4 a 6 séries de 10 a 12 repetições para alguns exercícios… mesmo em cutting, espero periodizar aumentando ainda a carga. Musculação à noite. Aeróbico pela manhã em jejum 5x/semana com gasto de aproximadamente 231 KCal Dieta com quantidade de proteína/carboidrato/gordura por dia: reduzirei nas 2 semanas iniciais de 3353 KCal até 2486KCal com CHO 124g, PTN 280g e GORD 97g (NDC estimada 3366KCal). Juntando déficit da dieta com o aeróbico, terei 7315KCal de déficit por semana… dale Trembo kkkkkk Dados Atuais (02/01/2022) Idade: 43 anos Altura: 1,86m Peso: 98 Kg (média semanal 98,2 Kg) BF: 15,48% Dobras cutâneas: DOBRAS CUTÂNEAS medidas Peitoral 8 Tríceps 22 8 Axila 12 Subescapular 17,5 Abdominal 22 Suprailíaco 20 Coxa 24 7 Medidas Antropométricas: CIRCUNFERÊNCIA Esquerdo Esq Contraído Direito Dir Contraído Peito 110,3 112,0 Braço 38,0 39,7 38,8 40,5 Antebraço 32,4 32,2 Cintura 93,0 Quadril 101,3 Panturrilha 39,0 38,2 Coxa 63,1 64,0 Fotos:
  2. O princípio ativo do estanozolol oral (em comprimidos ou tabletes) é a mesma do estanozolol em forma injetável. Inclusive, a forma injetável do estanozolol também pode ser administrada por via oral. Para mais informações, consulte estanozolol injetável.
  3. Não tenho intuito de queimar labs ou pessoas, somente minha experiência pessoal. Nunca tive abcessos, porem somente uma vez tive que drenar no deltoide esquerdo, acredito que por excesso de corantes/solventes na Trembo UK (essa não era ruim no começo, tirando esse fato). Lembrando que 3/4 anos atrás era mais dificil conseguir contatos como hoje. maioria eu fiz exames para comprovar se era óleo puro (testosterona), outras eu inspecionava pelo exame de sangue se bagunçava muito o hemograma (boldenona). outras pelo fator ódio/insônia eu sabia se era falso ou sub (tren). Nunca tomei calote, porem não eram bons ! Listando produtos subdosados/ falsos que já utilizei ao redor do tempo. USP 36 - TIO NARCO (sal europeu ! piada pronta ?) caro e subdosado para comuns (linha 1 diferenciada para atletas)- LAB parceiro de 1 COACH que conheci no forum,prefiro não mencionar nome(fui aluno por 6 meses) . 2015 PHARMAX - (lixo que descobri que era feito pelo Narco tb) .2016 INFINITY LABS - lOTE 1 FOI MUITO BOM, DEPOIS SÓ LIXO). 2017 MUSCLE PHARM MP - LINHA 1 É BOA, POREM DEPOIS ME ENVIARAM LINHA 2 OU 3.(qr code sempre bate, embalagem bonita e chamativa rs) 2016/2017 KING - LINHA 1 É BOA, LINHA 2 É LIXO (AMBAS AUTENTICAM COM QR CODE) excesso de corantes e solventes, 1 shot 1 inflamação. 2016/2017 HB UNDERLABS (JA FOI MUITO BOM) 2017/2018 (como já relatei com 600mg enan 600mg deca minha texto ficou em 11000ng UK (LAB DO CELLI) - lote 1 veio destruidor, depois comprei para o ano inteiro e era só lixo. 2018 Medpharma - Lab com diversos atletas patrocinados, recomendado por 1 amigo. Trembo óleo puro e oxan pó royal. Todos atletas patrocinados tiveram que usar 3x a dose para bater algo e muitos caíram fora. 2018 Testex do lab muscle pharm veio com 1 negocio flutuando, talvez mosquito... vou procurar foto do vial com objeto estranho flutuando. Minha evolução foi muito prejudicada por essa constante oscilação de produtos bizarros. Depois de toda porcaria toda, só estou usando produto pharma grade, tenho repudio de vial colorido e qr code para autenticar (o que mais chama atenção em produtos falsos, iniciantes adoram isso). E vcs qual foi o pior ? Com carinho @Apollo Galeno@Sereiafit@Bravo Costa@Foston@FitCoupleHim
  4. Oi, meu nome é Camila. Comecei meu primeito ciclo de stano injetável, só estou aplicando 1ml segunda-feira e quinta para ver a reação e fiz 5 aplicações e toda vez que aplico no outro dia cria um calombo (caroço) que doi e no local fica vermelho depois um pouco roxo. Comecei a passar no local Gel de HIRUDOID 500 e compressa (bolsa gel) quente. Nessa última aplicação como o local ainda tinha calombo está mais dolorido tenho dificuldade até para sentar vestir calça. O que faço? Alguém já passou por isso? Estou aguardando meu oxan chegar para fazer meu ciclo. Quero queimar gordura e definir pernas e glúteo nada exagerado, quero ficar com corpo definido feminino. Me ajudem ai na alimentação, o que devo comer?!
  5. Quarta feira (16/10) dei início ao meu ciclo, tomando 1ml de Stanozolol e outra de Durateston, no braço que foi aplicado a Stanozolol, nossa na noite eu não conseguir dormir, tive muita febre e na região do braço onde foi aplicado muito dolorido sem conseguir mexer nem me virar. Até agora ainda sinto umas dores leves e está muito avermelhado. Vocês conseguiria se dizer se é normal, ou devo parar?
  6. Winstrol® é o nome comercial mais conhecido da droga estanozolol. O estanozolol é um derivado da diidrotestosterona. Ela foi alterado quimicamente para que as propriedades anabólicas (construção de tecidos) do hormônio sejam majoradas e sua atividade androgênica minimizada. O estanozolol é classificado como um esteroide anabólico e possui forte efeito anabólico e fraco efeito androgênico, numa das melhores proporções entre os agentes comercialmente disponíveis. Ele não pode ser aromatizado em estrogênios. É notável a sua capacidade em promover o crescimento muscular sem retenção de água, o que o torna altamente desejado por fisiculturistas em cutting e por atletas de competição. O estanozolol foi descrito pela primeira vez em 1959. Foi desenvolvido como medicamento pelo laboratório Winthrop, na Grã-Bretanha. Foi oficialmente lançado no mercado de medicamentos prescritos nos EUA em 1962, sob a marca Winstrol®. Era prescrito para uma variedade de finalidades médicas, incluindo a indução do apetite e ganho de tecido magro, em casos de perda de peso associada a muitas doenças malignas e não malignas. Também era prescrito para preservação da massa óssea em razão de osteoporose, para crianças com insuficiência de crescimento, e como anticatabólico durante a corticoterapia prolongada, ou para pacientes em pós-operatórios e em pós-traumáticos (queimaduras, fraturas), e até mesmo para tratar debilidade em idosos. O controle do FDA sobre o mercado de medicamentos prescritos ficou mais restrito em meados da década de 1970, e os usos indicados para o Winstrol® logo diminuíram. Durante esse tempo, o FDA considerava o Winstrol® como “provavelmente eficaz” como terapia adjuvante para o tratamento da osteoporose e para o tratamento do nanismo com deficiência hipofisária. O Winstrol® como agente terapêutico permaneceu sendo legalmente vendido nos EUA durante as décadas de 1980 e 1990, época em que muitos outros esteroides anabolizantes estavam desaparecendo do mercado. O estanozolol também foi promissor durante esse período para melhorar as concentrações de glóbulos vermelhos, combater o câncer de mama e (mais recentemente) tratar o angioedema, um distúrbio caracterizado pelo inchaço dos tecidos subdérmicos, muitas vezes com causas hereditárias. A Winthrop passou por uma série de mudanças corporativas durante a década de 1990, incluindo uma fusão em 1991 com a Elf Sanofi, para formar a Sanofi Winthrop. A Sanofi Winthrop continuou a vender Winstrol® nos EUA por aproximadamente mais 10 anos, até o momento em que a droga foi descontinuada por "problemas de fabricação". Em 2003, os direitos do Winstrol® foram oficialmente transferidos para a Ovation Pharmaceuticals. O Winstrol® continua sendo um medicamento aprovado no mercado farmacêutico dos EUA, embora não esteja sob produção ativa pela Ovation. Todas as formas de Winstrol® estão atualmente indisponíveis nos EUA, embora a marca Winstrol® permaneça disponível na Espanha. Inúmeras outras marcas e formas genéricas do medicamento são produzidas em outros países, tanto no mercado de medicamentos para uso humano, quanto veterinário. A composição e dosagem podem variar de acordo com o país e o fabricante. O estanozolol foi originalmente desenvolvido como um esteroide anabolizante oral, contendo 2 mg de medicamento por comprimido (Winstrol®). Outras marcas geralmente contêm 5 mg ou 10 mg por comprimido. O estanozolol também pode ser encontrado em preparações injetáveis (Winstrol® Depot). Estas são mais comumente suspensões à base de água contendo 50 mg/ml de esteroide. O estanozolol é uma forma modificada de dihidrotestosterona, com as seguintes diferenças: adição de um grupo metil no carbono 17-alfa para proteger o hormônio durante a administração oral; ligação de um grupo pirazol ao anel A, substituindo o grupo 3-ceto normal (isso dá ao estanozolol a classificação química de um esteroide heterocíclico). Quando visto à luz da 17-alfa metildi-hidrotestosterona, a modificação do anel A no estanozolol parece aumentar consideravelmente sua força anabólica, enquanto reduz a sua androgenicidade relativa. O estanozolol tem uma afinidade de ligação relativa muito mais fraca para o receptor de andrógeno do que a testosterona ou a diidrotestosterona. Ao mesmo tempo, ele exibe uma meia-vida muito mais longa e menor afinidade para proteínas de ligação do soro em comparação. Essas características (entre outras) permitem que o estanozolol seja um esteroide anabolizante muito potente, apesar de sua afinidade mais fraca para a ligação ao receptor. Estudos recentes também confirmaram que seu modo primário de ação envolve a interação com o receptor de andrógeno celular. Embora não totalmente elucidado, o estanozolol pode ter propriedades adicionais (algumas potencialmente únicas) em relação ao antagonismo do receptor de progesterona, local de ligação de glicocorticóide de baixa afinidade interação e atividades independentes AR / PR / GR (receptor androgênico / receptor progestínico / receptor gonadotrófico). Em doses terapêuticas, o estanozolol não tem atividade progestacional significativa. O estanozolol é conhecido por suprimir fortemente os níveis de SHBG (globulina ligada ao hormônio sexual). Este traço é característico de todos os esteróides anabólicos e androgênicos, embora sua potência e forma de administração tornem o Winstrol® oral particularmente eficaz nesse aspecto. As proteínas de ligação ao plasma, como SHBG, agem para restringir temporariamente os hormônios esteroides de exercerem atividade no corpo e reduzem a porcentagem disponível de esteroide livre (ativo). O estanozolol oral pode ser útil para fornecer uma maior porcentagem de esteroides não ligados no corpo, especialmente quando tomado em combinação com um hormônio que é mais avidamente ligado por SHBG, como a testosterona.
  7. Deca, Stanozolol e suas articulações Separando fatos da ficção Eu estive de certa forma amaldiçoado por certas questões desde que eu comecei a ler sobre esteroides uma década atras. Certas ideias nunca encaixaram bem comigo...e infelizmente, quando eu fiz mais perguntas, eu somente recebi respostas parecidas. Quando eu fui apresentado ao mundo dos grupos de esteroides da internet cerca de meia década atras, eu fiz as mesmas perguntas aos "poderosos" dos grupos que eu era membro. Eu recebi muitas das mesmas respostas, mas as minhas mensagens privadas e e-mails aos moderadores e os staffs em vários grupos pedindo referencias ou algum tipo de lógica foram todas deixadas sem resposta. As vezes eu era avisado de que "isso é bem conhecido...etc..." e dito para parar de perguntar. Bem conhecido pra quem? Certamente não é bem conhecido pra mim. Um dos mais irritantes "fatos bem conhecidos" é o que Decanoato de Nandrolona (Deca) melhora e suaviza suas articulações por reter água nelas. E, vice versa, Stanozolol tem um efeito "reverso osmótico" nas suas articulações, que faz elas doerem quando você o usa, porque ele extrai água do seu corpo, incluindo as articulações. Reverso Osmótico? Wow...se nós usamos palavras realmente grandes, talvez pareceremos espertos e as pessoas irão parar de fazer perguntas. Eu acredito que este seja o dito mais encontrado em grupos de esteroides anabolizantes ,e provavelmente como os staffs nesses grupos começam suas orações noturnas... Minha primeira pista para resolver esse mistério é que Stanozolol é um derivado de DHT, assim como Masteron, e eu tenho um amigo que teve problemas de articulação quando usava ambos eles. Um pouco de pesquisa revelou que muitas pessoas dividem essa aflição. E é bem obvio que muitas pessoas que usaram Deca encontraram um alívio em problemas crônicos de articulação e dor. Eu sei que Deca é um esteroide derivado 19-nor, e também sei que é uma progestina, e por isso pode estimular o receptor de progesterona (15) cerca de 20% bem como a progesterona. Eu também sei que ela aromatiza (converte em estrogênio) em um nível muito menor que testosterona (16). Será que a resposta de alguma forma se encontra nos níveis de estrogênio? Bem, Deca realmente não aromatiza tanto, então talvez tenha uma sinergia entre a estimulação de progesterona da Deca e seu baixo efeito estrogênico? Nós certamente sabemos que a depleção de Estrogênio pode diminuir a densidade mineral óssea e a reposição de estrogênio rapidamente restaura a perda óssea (18). Além disso, nós sabemos que estrogênio é auxiliado nisso pela progesterona, porém estrogênio é mais importante (19). Colágeno também melhoraria pela adição de estrogênio e progesterona (20). Mas isso é tudo? Por que suas juntas "sentem" melhor com deca? E onde isso nos leva, em termos de que Stanozolol e Masteron causar dor nas articulações? Eu sempre achei que tinha algo mais além disso. E eu acho que a resposta se encontra em DHT. Veja, a administração de DHT é documentada por diminuir os níveis de estrogênio através de uma variedade dos mecanismos no tecido periférico (1). DHT inibe diretamente atividade estrogênica nos tecidos, ou agindo como um competitivo antagonista no receptor de estrogênio ou diminuindo a ligação do receptor de estrogênio. De qualquer jeito, esses são dois mecanismos claros da possibilidade de ação no tecido periférico. DHT e seus metabolitos têm ainda demonstrado inibir aromatização, e esse é um possível mecanismo onde pode reduzir os níveis circulantes de estrogênio no seu corpo. De fato, DHT, androsterona, e 5alpha-androstandiona são todos potentes inibidores da formação de estrona por androstandiona. Finalmente, DHT age no HPT para diminuir a secreção de gonadotropinas (ela à inibe). De fato, é tão potente em reduzir estrogênio que o gel transdérmico DHT aplicado na área afetada tem sido usado para tratar ginecomastia (5)(6). Estrogênio é o culpado primário em gineco (8), contudo nós sabemos que progesterona pode ser sinergista com estrogênio nesse (e outros) aspecto(s). DHT também tem um efeito negativo nas células de biossíntese de Progesterona (7), e ainda tem a capacidade de inibir a elevação de progesterona causada pelo estrogênio (10). Portanto DHT seria (e é) muito efetivo em reduzir gineco porque ele reduz ambos estrogênio bem como a progesterona. Essa propriedade tem com esteróides derivados do DHT, em sua maior parte, desde que Masteron foi observado em alguns casos em ter efeitos positivos em reduzir tumores no tecido mamário(9), que é essencialmente o que ginecomastia é (embora benigno). Você continua comigo? Bom, porque eu quero que você guarde essa primeira ideia (DHT reduz estrogênio e progesterona), e ponha isso na parte de trás da sua mente enquanto você lê essa próxima parte, que é sobre seu sistema imunológico. Células T auxiliares 1 (TH1) secretam citosinas pró-inflamatórias bem como promove respostas imunes mediada por células, enquanto que as células TH2 desencadeiam produção de anticorpos (2). Hormônios sexuais (tal como progesterona) que promove o desenvolvimento de uma resposta de TH2 também aparece para antagonizar o aparecimento de células TH1. Por isso, quando os níveis de progesterona (ou o receptor de progesterona, PgR) forem estimulados, você terá mais citosinas anti-inflamatórias flutuando e menos citosinas pro-inflamatórias. Aspirina, Tylenol, e todos os anti-inflamatórios de balcão também são úteis como analgésicos. Os efeitos anti-inflamatórios estão altamente ligados com a atividade analgésica. O que acontece quando mulheres com artrite engravidam? Elas apresentam uma típica redução de dor nas articulações. Isso, eu afirmo, é devido ao aumento do estrogênio e progesterona durante a gravidez, e o efeito anti-inflamatório que eles geram. Progesterona, assim como testosterona, ambos estimulam a imunidade humoral, (o TH2) e suprimem a imunidade celular (resposta TH1). Logo, progesterona tem um efeito anti-inflamatório. Deca é uma progestina, que significa que ela estimula o receptor de progesterona. E é por isso que ela alivia dores articulares. Lembra daquela velha ideia de que Deca promove "retenção de água" nas articulações, e por isso ajuda na melhora de suas articulações? Besteira. Você acabou de ler o real motivo de deca ajudar nas articulações. Deca realmente funciona de dois modos como um andrógeno —que tem efeitos bem documentados nos corticoesteroides— e como uma progestina para reduzir inflamação. Vamos em frente.... Estrogênio exerce um conhecido efeito bifásico (duas fases). Em baixas quantidades, como um pró-inflamatório, porque ela estimula o braço de TH1 do sistema imune (imunidade celular) e inflamação. Em maior(es) quantidade(s), é na verdade um anti-inflamatório (2). Então quando alguém usa um anti-estrogênico muito forte (ou inibidor de aromatase), esse alguém perde água (porque estrogênio causa retenção hídrica) bem como sente dores nas articulações devido ao efeito pró-inflamatório gerado pelos baixos níveis de estrogênio. Letrozol, que reduz níveis de estrogênio no plasma sanguíneo devido a inibição de aromatase, é o melhor exemplo disso. Ele é famoso por causar dores nas articulações. Letrozol diminui ambos atividade da aromatase bem como (obviamente) níveis de estrogênio no plasma, em adição reduz níveis de progesterona (3). Por isso quando pessoas usam Letrozol, elas afirmam que ele "tira água de suas juntas" e faz eles sofrerem. Novamente, isso é uma total besteira. Baixando o estrogênio reduz a retenção de água, mas com a mesma importância ele também vai limitar a habilidade do seu corpo de produzir reações anti-inflamatórias mediados por estrogênio para a musculação. Você perde água e suas articulações doem, por isso há o mito de que quando você perde água nas articulações é a causa do desconforto. É verdade que você perde água subcutânea quando os níveis de estrogênio estão baixos, mas simplesmente não é verdade que perdendo essa água vai fazer suas articulações doerem. Nós também podemos afirmar que Testosterona pode ter algum efeito anti-inflamatório ambos pela sua aromatização em estrogênio tão bem como os efeitos nos corticoesteroides. Isso também, é bem documentado. Agora, vamos ver se podemos trazer de volta o trecho que eu pedi que você se lembrasse....o trecho onde eu te disse que DHT reduz estrogênio e progesterona. Até agora nós estabelecemos que a redução de ambos os hormônios (Estrogênio e Progesterona) são causados por DHT e derivados do DHT, que carregam muitas das mesmas propriedades e produzem metabolitos semelhantes. E essa redução no Estrogênio/Progesterona, causado pelo DHT, reduz a produção de citosinas anti-inflamatórias e analgésicas do seu corpo. E é isso que Stanozolol, Masteron, etc. fazem causando dor nas articulações. E como percebemos no começo desse artigo, quando alguém diminui estrogênio e progesterona, a densidade mineral óssea e o colágeno irão sofrer efeitos deletérios. Então nós temos finalmente uma explicação plausível para os efeitos contrastantes de Deca e Stanozolol sobre as articulações. Desconheço o autor do texto, caso alguém conheça, sinta-se a vontade pra deixar os devidos créditos. Referências 1. MacDonald PC, Madden JD, Brenner PF, Wilson JD, Siiteri PK 1979 Origin of estrogen in normal men and in women with testicular feminization. J Clin Endocrinol Metab 49:905–916 2. Science, Vol 283, Issue 5406, 1277-1278 , 26 February 1999 3. Eur J Obstet Gynecol Reprod Biol. 2002 Nov 15;105(2):161-5. 4. J Clin Endocrinol Metab. 1995 Sep;80(9):2658-60. 5. Successful percutaneous dihydrotestosterone treatment of gynecomastia occurring during highly active antiretroviral therapy: four cases and a review of the literature. 6. Clin Infect Dis. 2001 Sep 15;33(6):891-3. Epub 2001 Aug 10. 7. Androgens and the immunocompetence handicap hypothesis: unraveling direct and indirect pathways of immunosuppression in song sparrows. 8. Am Nat. 2004 Oct;164(4):490-505. Epub 2004 Sep 1. 9. Nippon Sanka Fujinka Gakkai Zasshi. 1988 Mar;40(3):331-7. 10. Progesterone is not essential to the differentiative potential of mammary epithelium in the male mouse. Freeman, Topper. Endocrinology. 1978 Jul;103(1):186-92 11. Eur J Cancer Clin Oncol. 1983 Sep;19(9):1231-7. 12. Biol Reprod. 1989 Jun;40(6):1201-7. 13. Metabolism. 1990 Nov;39(11):1167-9. 14. Effects of nandrolone decanoate on bone mineral content R, Righi GA, Turchetti V, Vattimo A. 15. Cancer Res 1978 Nov;38(11 Pt 2):4186-98 16. Biosynthesis of Estrogens, Gual C. et al. Endocrinology 71 (1962) 920-25 17. Comparative effects and mechanisms of castration, estrogen anti-androgen, and anti-estrogen-induced regression of accessory sex organ epithelium and muscle.Invest Urol. 1981 Jan;18(4):229-34. 18. [Clinical aspects of estrogen and bone metabolism] Clin Calcium. 2002 Sep;12(9):1246-51. Japanese. 19. The effects of progestins on bone density and bone metabolism in postmenopausal women: a randomized controlled trial. 20. Bone response to treatment with lower doses of conjugated estrogens with and without medroxyprogesterone acetate in early postmenopausal women. Osteoporos Int. 2005 Apr;16(4):372-9. Epub 2005 Jan 15. 21. Am J Obstet Gynecol. 2005 Apr;192(4):1316-23; discussion 1323-4.
  8. Pessoal, estou 20kg acima do peso e me indicaram o stanozolol..... terá eficácia? obs: estou na dieta low carb
  9. O stanozolol, também conhecido como winstrol, e um esteróide que pode ser encontrado tanto na versão injetável quanto oral. Esta droga é uma das mais difundidas entre os praticantes de musculação (3), existindo alguns mitos sobre ela, como o que Stanozolol “seca”. Na verdade esta droga possui características pouco androgênicas (características masculinas) e moderadamente anabólicas (crescimento muscular). Algumas mulheres utilizam esta droga por esta possuir características pouco androgênicas, porém uma pequena virilização pode ser vistas em algumas mulheres (1). Assim como nas outras drogas, sua eficiência depende da afinidade da droga com seus receptores. Em todo caso, talvez seja este o motivo pelo qual esta droga é tão controvérsia pelos praticantes de musculação, tendo alguns encontrados bons resultados com seu uso enquanto outros não. O stanozolol é utilizado principalmente com a finalidade de aumento de massa muscular com um menor risco de retenção hídrica, sendo daí que vem o mito de que esta droga seca. Na verdade, ela pode ser mais bem aproveitada no período de definição, pois ela não vai reter tanta água, diferentemente de algumas drogas com efeitos mais androgênicos e que possuem características mais androgênicas (1). Vale ressaltar que esta droga é considerada doping para atletas. Um dos casos mais conhecidos de dopping esportivo da história foi o do corredor canadense Ben Johnson, medalha de ouro nos 100m rasos nas Olimpíadas de Seul, em 1988, cujo exame detectou a presença dos metabólitos do anabolizante stanozolol (2). Outra característica negativa do stanozolol é sua falsificação, sendo de longe esta uma das drogas mais falsificadas do mercado. Esta droga tem como características um aumento do apetite e do peso corporal com notável recuperação das condições gerais ao melhorar a utilização das proteínas pelo organismo, aumentando a síntese de proteínas. É utilizada como tratamento para estados de depreciação física, debilidades de diversas origens, anorexia rebelde, convalescência, doenças crônicas e debilitantes, entre outras. A dosagem utilizada geralmente para homens variam de 16 a 30 mg/dia na forma oral e de 150mg a 350mg por semana divididas na forma injetável, enquanto que para mulheres, a administração é dosada entre 4mg a 8mg por dia na forma oral e de 50mg a 100mg por semana em tomadas divididas na forma injetável. Alguns atletas aplicam o Stanozolol injetável nos músculos mais deficientes, numa tentativa de aumentar o volume dos mesmos, porém não existem comprovações científicas para o mesmo (1). Alguns dos efeitos colaterais que podem ser encontradas com o uso desta droga é acne, ginecomastia, hipertensão, agressividade, queda na libido após o uso de esteróides, queda de cabelo, aumento excessivo de pelos no corpo, entre outros efeitos colaterais (4). Referências 1 - Peres, RAN. ; Guimarães Neto, WM. Guerra metabólica manual de sobrevivência. 2° edição. Midiograf. Londrina, 2005. 2 - ILVA, Paulo Rodrigo Pedroso da ; CZEPIELEWSKI, M. A. . O Uso de Esteróides Anabolizantes no Esporte. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, Rio de Janeiro, v. 8, n. 6, p. 235-243, 2002. 3 - SILVA, Paulo Rodrigo Pedroso da MACHADO JR, Leonel Carrillo ; FIGUEIREDO, Vandré C ; CIOFFI, Alex P ; PRESTES, Marcius C ; CZEPIELEWSKI, M. A. Prevalência do uso de esteróides anabólicos em praticantes de musculação de Porto Alegre. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia, v. 51, p. 104-110, 2007. 4 - BARQUILHA, G. Uma analise da incidência de efeitos colaterais em usuários de anabolizantes da cidade de Bauru. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício, v. 03, p. 146-153, 2009. Matéria de Gustavo Barquilha Joel e Luis Gustavo da Silva Rodrigues sobre o winstrol. Nota importante: Ola amigos, A intenção desta coluna não é estimular ninguém a utilizar qualquer tipo de substância ilícita, muito pelo contrário, o objetivo é demonstrar os vários efeitos colaterais que elas trazem com seu uso. Tentamos também na coluna associar as informações cientificas disponíveis na literatura com as informações praticas de atletas e/ou praticantes de musculação do mundo underground das academias.
  10. O uso de anabolizantes esteroides e comum O mundo da utilização de ergogênicos voltados para o aumento do rendimento esportivo, especialmente no fisiculturismo, é repleto de mitos e mistérios. Hoje é de conhecimento público que (a época da ingenuidade já acabou) estas substâncias são largamente utilizadas como meio de melhora da performance pelos atletas profissionais – prática essa que logo se espalhou pelos praticantes amadores e recreacionais. Podemos afirmar com propriedade que este tipo de utilização é lugar-comum na maioria dos esportes, porém muito mais flagrante e evidente nas modalidades onde ocorrem mudanças na composição corporal, como é o caso do nosso Bodybuilding, atletismo e da natação – desculpem, foi inevitável não lembrar da Gusmão (Rebeca) – que, inclusive agora treina powerlifting. Nada mais justo! Mitos no uso de esteroides anabolizantes De um modo geral, o uso destes recursos reserva conhecimentos apurados em bioquímica, metabolismo e bioenergética – muitas vezes inacessíveis para a maioria da população. Empirismo e método de “tentativa e erro” tem sido empregados pelos que se aventuram nesse campo sem a devida bagagem teórica. Em face desta situação, vários tipos de visões equivocadas costumam surgir. Mitos são criados, falsas idéias e conceitos errôneos aparecem. Esteroides para ganhar massa muscular e esteroides para definição? Em relação ao uso de anabolizantes esteroides, há uma série destas lendas. Uma delas é a de que existem drogas que são próprias para definição e outras específicas para volume muscular. Você, a esta altura, deve estar pensando: “Mas isso realmente acontece! Ou não?” A resposta é: SIM, isto de fato ocorre, porém o erro reside em dizer que exista um esteroide anabólico exclusivamente formulado para “definir”, enquanto outro foi criado apenas para incrementar a musculatura. Na verdade, as coisas não funcionam assim e é sobre isto que discutiremos a seguir. Há algumas semanas atrás, recebi uma mensagem de e-mail no qual um leitor de meu blog, cheio de dúvidas a respeito de sua preparação, me perguntou se poderia chegar a um bom nível de definição muscular sem o uso do AAE Winstrol (Estanozolol). Muito provavelmente, a dúvida deste leitor representa um dos maiores mitos em relação ao estanozolol. Este fármaco, notoriamente, tem uma excelente reputação neste quesito, porém há certa confusão em relação aos seus efeitos no que diz respeito à mudança da composição corporal. Muitas pessoas atribuem um físico bem definido e com baixo percentual de gordura ao uso desta substância – “quantas ampolas de Winstrol você tomou para ficar rasgado assim?” – e esta idéia tem sido bastante disseminada pela grande maioria dos usuários deste tipo de recurso. Por um lado, é uma meia-verdade, já que o estanozolol realmente produz efeitos muito interessantes em relação à definição, porém isto não quer dizer que ela seja necessariamente produto de sua utilização. Todos os esteroides tem a finalidade de aumentar a síntese protéica Na realidade, os anabólicos esteroides, de um modo geral, não visam proporcionar máxima definição! TODOS, SEM EXCEÇÃO, foram desenvolvidos para favorecer o anabolismo através do aumento da síntese protéica. Alguns tipos, como a oximetolona, foram desenvolvidos não somente com este propósito, mas também aumentar a produção de hemácias nos quadros de anemia, por exemplo. Seu uso terapêutico se destina a vários estados de convalescença, como os observados nos traumas pós-operatórios, nos tratamentos de AIDS, leucemia, caquexias, queimaduras graves e extensas, hipogonadismos, castrações etc. Paralelamente, estas drogas influem também no metabolismo das gorduras, facilitando a lipólise (queima), especialmente pela diminuição da secreção insulínica, aumento da receptividade dos tecidos à glicose e diminuição da expressão de uma enzima denominada Lipoproteína Lipase (LLP). Diferença entre os esteroides: maior ou menor aromatização (retenção hídrica e acúmulo de gordura corporal) A grande diferença entre esses compostos é que alguns (todos são derivados do hormônio testosterona) tem uma probabilidade menor de conversão em ESTROGÊNIO. Portanto, os mais androgênicos (ésteres de testosterona, metandrostenolona, metandriol etc.) são mais passivos de causar retenção hídrica e aumento de gordura de padrão ginóide, enquanto com outros (conhecidos como anabólicos) não acontece o mesmo. Por quê? Ora, eles convertem mais facilmente em estrogênio – hormônio feminino – e este é que causa aumento de água e gordura subcutâneas, prejudicando a definição. Existem diversas enzimas que mediam outros tipos de conversão, porém algumas reações são mais fáceis de acontecer, enquanto outras são mais difíceis e outras até irreversíveis. Por exemplo, a conversão que leva testosterona até a formação de 5α ou 5β DHT (metabólito responsável por vários efeitos colaterais adversos), pode levar à formação de 5α ou 5β androstanadiol, que por sua vez, pode formar androsterona ou etiocolanona (duas substâncias muito utilizadas em fórmulas de pró-hormonais). Este é uma via enzimática de mão única, ou seja, irreversível. Como a testosterona pode formar DHT ou estradiol (também uma via irreversível), estas reações não se desfazem. É por essa razão que o estanozolol dificilmente levará a conversão em estradiol, pois é derivado do DHT e não apresenta possibilidade de retornar à sua forma original - a testosterona, esta sim, passiva formar estradiol. Estrógenos causam aumento de gordura corporal Testosterona em si não causa aumento de gordura corporal e retenção hídrica (pelo menos, não diretamente), quem provoca isso são os estrógenos produzidos pelo excesso deste hormônio. Por esta razão é que culturistas utilizam inibidores e bloqueadores de aromatase (enzima responsável pela conversão de testosterona em estradiol). Graças a essa confusão, muitos praticantes acham que o estanozolol e outros fármacos semelhantes (drostanolona, metenolona, boldenona, trembolona etc.) irão definir seu físico facilmente. Imaginemos um gordinho que utilize uma destas substâncias e continue com a ingestão calórica alta, comendo à vontade... Certamente se tornará um gordinho com um pouco a mais de músculos, porém ainda gordinho. Então, por qual razão é consenso utilizar este tipo de anabólicos em fase de definição muscular? A resposta é muito simples, inclusive é uma repetição do que já mencionamos acima. Estas drogas tendem a reter menos líquido e são propícias para esta fase. Mas lembre-se, isso não é regra geral. Existem alguns culturistas que utilizam drogas altamente androgênicas mesmo em períodos de preparação. A diferença é que ter de se lançar mão de mais recursos a fim de evitar retenção hídrica do que em uso de drogas menos androgênicas. Ambiente calórico Outro ponto importante é o AMBIENTE CALÓRICO em o atleta se encontra. Costumo dizer, nas rodas de conversa com os colegas, que é preferível utilizar substâncias anabólicas em situações de restrição calórica severa, como as que ocorrem em dietas pré-competição. Ocorre que, neste caso, há uma tendência em utilizar músculos como fonte energética – a temida neoglicogênese – e por esta razão o catabolismo é iminente. Neste contexto, o anabólico entra com a função de preservar (e na melhor das hipóteses, até aumentar) a massa magra obtida a tão duras penas. Não é por acaso que muitos estudiosos atribuem os ganhos proporcionados pelos AAEs muito mais pela sua capacidade anti-catabólica do que propriamente anabólica. Para se chegar a níveis extremos de definição muscular – e ainda assim, preservar massa magra – é fundamental que exista todo um contexto voltado a este propósito: dieta e treinamento específicos, sob adequadas condições metabólicas. Drogas para perda de gordura Entretanto, uma vez que afirmamos que os AAEs não são estritamente responsáveis pela definição muscular, também é importante ressaltar que existem drogas que são, por outro lado, de uso específico para perda de gordura e aumento da definição. Estas drogas, como os AAEs, não foram criadas para este fim, mas proporcionam um real efeito de queima de gordura e (ou) diminuição do percentual hídrico. É o caso de substâncias como os β-agonistas, hormônios tiroidianos, anfetaminas, diuréticos etc. Evidentemente, esta é uma situação de risco-benefício, considerando os perigos quanto à sua utilização. De qualquer maneira, a recomendação é que não se faça uso de substâncias ilícitas não simplesmente pelo fato de serem proibidas pela legislação anti-doping. O principal motivo pelo qual é necessário extremo cuidado na manipulação e administração destes recursos consiste na preservação da saúde, já que seu uso é restrito aos portadores de patologias. Poucos estudos científicos Os estudos conduzidos com estas substâncias são empregados no campo terapêutico e sua administração obedece à conduta condizente de cada caso. A utilização para aumento do rendimento atlético ainda é obscura, embora saibamos que existem, ao redor do mundo, experts que dominam o assunto. Fora deste cenário, pode-se dizer que o conhecimento necessário para lidar com tais recursos é totalmente underground. Conclusão Embora o uso de AAEs e outras substâncias otimizadoras do desempenho seja arriscado para a saúde, não podemos tapar o sol com uma peneira e simplesmente fingir que tal prática não aconteça. Seria extremamente leviano de nossa parte. Tampouco devemos fazer apologia ao uso destes recursos. Todavia, ao nos omitirmos quanto a divulgação de informação séria e verdadeira, teremos alguma responsabilidade quanto aos absurdos que usualmente acontecem. Neste caso, informar é melhor que proibir.
  11. Corpos perfeitos com esteroides anabolizantes Eu sempre fui curiosa e sendo assim sempre busquei me informar sobre assuntos relevantes. E quando este mundo do fisiculturismo passou a fazer parte da minha vida não foi muito diferente, peraí, deixa explicar, não que eu seja uma atleta e muito menos uma viciada em dietas e treino pesado, mas faz parte do meu trabalho estar informada sobre os assuntos que cercam este mundo, devido a isso vários temas foram aguçando minha curiosidade e fazendo com que eu buscasse sempre me informar e mais ainda, que quebrasse alguns falsos paradigmas que nunca existiram, mas que algum desinformado fez questão de publicar, mas se quer explicar. Como toda mulher eu também admiro corpos perfeitos e tenho como meta transformar o meu corpo. Devido a isso adquiri hábitos de me informar sobre técnicas no treinamento, dietas, pude conhecer várias pessoas bacanas que entendem muito do assunto e também posso contar com as dicas do meu namorado que entende muito do assunto e que sempre me ajuda esclarecendo algumas perguntas bestas, mas quem melhor que ele para me responder? Alias o tema deste texto foi em grande parte esclarecido por ele e também com a ajuda de vários atletas e preparadores físicos. Acredito que boa parte das mulheres que se preocupam em manter o corpo se inspiram nas musas Juju Salimeni, Sabrina Sato, Eva Andressa, Gracyane Barbosa e várias outras, o que não falta na mídia atual são exemplos de mulheres lindas, com corpos de parar o trânsito, algumas mais sequinhas, outras mais saradas, mas todas servindo diariamente de estímulo para milhares de mulheres. Beleza, todas lindas, corpos perfeitos, mas a pergunta é: “Como adquirir um corpo tão perfeito?”, ou para quem não tem paciência a pergunta seria, “Como adquirir um corpo tão perfeito em um curto espaço de tempo?”. Vamos combinar que seguir dieta é algo muito difícil para quem nunca foi regrado na vida e mais difícil ainda é seguir uma dieta com um objetivo específico, seja ele secar, definir, crescer, requer tempo para preparar, determinação para não furar e muita paciência, porque não sei se sou a única, mas cortar refrigerantes, chocolates e várias outras comidas deliciosas me deixa muito mal humorada! Acredito que devido a isso tudo que citei acima algumas pessoas busquem por meios mais rápidos e eficazes na hora de iniciar um treinamento intenso e ver resultados rápidos. Eis que surgem os ciclos para as corajosas! O porquê do corajosas? Ciclo complexo e riscos de efeitos colaterais É simples, ou melhor, a explicação é simples, porque o ciclo é bem complexo e requer sim coragem, afinal você estará colocando substâncias desconhecidas dentro do seu corpo e terá que arcar com todas as mudanças que seu corpo apresentará e outra coisa, não pode pensar que só porque está ciclando poderá comer tudo que ver pela frente e achar que não irá engordar. Isso não existe! Se for ciclar atenção redobrada com alimentação, treinos e também suplementação. Há algum tempo atrás em conversa com um amigo educador físico eu questionei ele sobre um ciclo para resultados rápidos, mas minha maior curiosidade era sobre os efeitos colaterais da combinação dos esteróides Stanozolol e Oxandrolona, de acordo com meu amigo “ciclo show”, associa com uma dieta bacana para secar, treino pesado e resultados em 3 meses! Que mara isso hein? Tudo que uma mulher sempre desejou, apenas 3 meses e pronto, vamos arrasar no verão? NEGATIVO! Ele me deu uma aula muito bacana sobre isso, mas eu como sou curiosa ao extremo esperei pelo meu salvador da pátria e lá fui eu recorrer ao namorado de novo. Claro que para meu amigo não poderia fazer perguntas idiotas, então guardei as dúvidas para o namoradão, que me falou tudo sobre os efeitos colaterais da combinação, que não são poucas. Primeiro ele me alertou para o fato de que um ciclo é muito pouco para resultados, claro que se você se dedicar muito você até nota sim uma diferença, mas não pense que vai trincar abdômen, pernas torneadas e já pode parar. Para isso você precisa de pelo menos 3 bons ciclos, ou seja, muitas mudanças no seu corpo em todos os sentidos. Com certeza alguém questionou quando leu isso: “3 CICLOS?” Sim, 3 bons ciclos para que o resultado comece a ser o que deseja e claro que isso também significa um investimento, pois as substâncias não são baratas, então apelar para ciclos de esteróides é para quem realmente é determinado, quer resultados e não vá se preocupar com o quanto vai gastar! Como funciona o ciclo? Primeiramente como disse acima antes de iniciar qualquer ciclo você deve analisar todas as consequências, prós e contras e também sua determinação, pois os resultados não serão milagrosos caso não haja esforço da sua parte. Ambas as substâncias podem ser encontradas em comprimidos, mas alguns profissionais recomendam que use a combinação Oxandrolona em comprimidos, uma vez que ela não é encontrada injetável e o Stanozolol que também é encontrado em comprimidos, mas que seja injetável, diminuindo um possível problema no fígado. Diversas são as marcas para ambos e na própria internet você consegue adquirir, mais um alerta, a quantidade de substâncias falsas na internet é bem grande, então os cuidados devem ser redobrados, tendo em mente que você estará colocando algo desconhecido em ser corpo! Uma dúvida frequente pelas mulheres é a mg a ser consumida da Oxandrolona, caso você consiga uma receita e mande manipular irão te questionar se você deseja de 10 ou 20 mg, o recomendado por alguns profissionais é que a mulher use 40mg por dia, tudo irá depender do profissional que estará te auxiliando neste processo. No caso do Stanozolol injetável você poderá encontrar produtos de 20 ou 30 ml, lembrando que neste caso trata-se de um produto injetável, então se não tem conhecimento não tente fazer este procedimento sem auxílio para não fazer do seu sonho um pesadelo! O indicado é que use 1 ml alternando os dias – segunda, quarta e sexta ou terça, quinta e sábado e assim sucessivamente –, em média um ciclo irá durar de 6 a 7 semanas e será necessário um intervalo para iniciar o próximo que será relativo, algumas pessoas optam por intervalos curtos e outras esperam até 6 meses para o próximo, independente do tempo deve-se manter a dieta e os treinos diários. Uma dica é inserir em sua suplementação um multivitamínico, assim aproveitará melhor os esteroides. Mas e os efeitos colaterais? Eu sempre tenho em mente o que um amigo me disse uma vez e sempre dou este exemplo quando alguma amiga me pergunta sobre ciclos: “Carol, você não vai dormir e acordar igual à mulher conga!”, uau que motivante não? Ou seria aliviante? É, eu recebi esta resposta com um certo alívio. São vários os efeitos colaterais, porém alguns não representam perigo eminente, como o aparecimento de espinhas, modificação na libido e em algumas pessoas dores de cabeça e sonolência. Mas é necessário que fique alerta aos efeitos nocivos, como a mudança na voz, aumento de pelos na face e no corpo, queda de cabelo, inchaço, alterações no ciclo menstrual e aumento do tamanho do clitóris. Apesar de incomum, poderão ocorrer problemas no fígado, então deve notar sinais como urina escura, fadiga, dores abdominais, vômitos e náuseas. É necessário lembrar de que este texto não tem como objetivo incentivar o consumo de quaisquer substâncias e sim de informar. Aproveito para afirmar que o uso indevido de esteróides anabolizantes podem sim levar a óbito e que o uso deve ser acompanhado por profissionais.
  12. Início de ciclo e academias fechadas na quarentena do coronavírus Janeiro de 2020 começou e você se lançou à todo vapor no mundo da musculação. Você já treinava há anos e buscava melhorar ainda mais sua estética física! Era chegada a hora de usar algum esteroide anabolizante. Você iniciou o uso e veio a triste notícia do coronavírus: todas as academias iriam fechar! Bom, você pensou: "vou manter meu ciclo, pois, logo logo tudo voltará ao funcionamento normal". Semanas se passaram e a situação do mundo apenas piorou. Já se passaram meses, e as academias ainda não estão em funcionamento normal. E então, o que fazer com o meu ciclo de anabolizantes? Faça exercícios funcionais e aeróbios Primeiramente, não se desespere. As academias realmente fecharam, mas você ainda pode minimamente treinar em casa. Não se pode comparar a potência de um treino funcional em casa com um treino bem feito em uma academia com cargas. Entretanto, pode-se evitar a perda de massa magra com esse tipo de treino. Deve-se, ainda, manter uma média de 30 minutos de exercícios aeróbios ao dia, tanto para a saúde cardiovascular, quanto para se evitar uma deposição maior de gordura nesse período. E meu ciclo de esteroides? Devo parar? Devo fazer TPC na quarentena? A verdade é que não há uma resposta correta. Mas, na minha experiência como médica e atleta profissional de fisiculturismo, esse é o pior momento para se interromper um ciclo. Quando se interrompe um ciclo de esteroides em homens, deve-se realizar uma TPC (terapia pós-ciclo) adequada para que o eixo fisiológico hipotálamo - hipófise - gônadas retorne ao funcionamento e, consequentemente, a produção de testosterona fisiológica. Em conjunto, deve-se manter uma rotina de treinamentos intensos e dieta à risca para haver menor perda de massa muscular possível no período, afinal, você retornará ao seu nível “normal” de testosterona. A estratégia mais inteligente para os homens, então, seria manter a testosterona em uso e retirar outros esteroides, caso haja alguma associação. Por exemplo, caso você esteja utilizando deposteron associado à oxandrolona, deve-se considerar retirar a segunda droga. Já no caso das mulheres, que, geralmente, utilizam os derivados de DHT (como a oxandrolona e o estanozolol) para performance, é interessante que se mantenha o uso deste tipo de esteroide em uma dose reduzida nesse período. Caso você esteja utilizando outros tipos de esteroides, considere retirar essas drogas. Obviamente, tudo isso deve ser discutido e conversado com o seu médico, que analisará seus exames laboratoriais e fará sua avaliação corporal. Juntos vocês poderão discutir sobre a melhor estratégia. Conclusão Para resumir: Mantenha uma rotina de treinos diários em casa; Mantenha a dieta, mesmo em casa; Converse com seu médico sobre o seu ciclo, considerando as desvantagens de pausar o uso nesse período; Mantenha o uso de creatina, e. caso você não a utilize, considere iniciar. Este suplemento irá auxiliar a retenção de glicogênio muscular.
  13. Ola Gente! Eu preciso de ajuda no treino pois com o covid as academias estão fechadas aqui na Europa, tenho uma academia em casa com esteira, bike de spinning, todos os pesos de braço, elásticos, banco de abdominal e corda. como tenho uma escada continua de três andares estou fazendo 30 min de escada indoor. Esse e meu primeiro ciclo, estou com meu medico fazendo a dieta e acompanhamento. Idade: 36 Altura: 1,66 Peso: 54,00 Medicações em uso (inclusive anticoncepcional😞) 4 anos sem anticoncepcional Problemas de Saúde: nenhum Tempo de treino: 5x na semana 1h Ciclos feitos: zero Ciclo proposto com dose e tempo: 8 semanas comprimido 1a-80 mg 2a/3/4a-120mg 5a/6a-150 mg 7a-120mg 8a- 80 mg Muito obrigada
  14. Já estou finalizando meu ciclo de ox manipulado sublingual, agora estou querendo melhorar a definição e manipular a stan sublingual ou outro. Alguém aqui pode me ajudar e dizer qual seria melhor para o segundo ciclo? E algum nutri ou médico que possa fazer a receita para eu manipular em pequena quantidade para iniciar, por favor?
  15. Perfeito. Vamos abrir outro tópico então? AI começamos do 0 e mantemos o tópico limpo e fácil para todos acompanhar. Idade: 23 anos Altura: 1,58 Peso: 65,800 Medicações em uso (Anticoncepcional, etc...): Nenhum Problemas de Saúde: Síncope Neurocardiogênica Tempo de treino: 3 anos Ciclos FEITOS com dose e tempo: Primobolan (Marca Farinheira-não lembro mg, usei 0,5ml dia sim/não) por 8 semanas/ Stano Landerlan (não lembro mg, usei 1,0ml dia sim/não)por 8 semanas/ Primobolan Muscle Pharma (não lembro mg, usei 0,5ml dia sim/não) por 4 semanas Ciclo PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo: Aguardando proposta Divisão de treino e horario do mesmo: seg:: TREINO A (foco em quadríceps) ter:: TREINO B (peito/tríceps/ombro) qua:: abdominal e aeróbico qui:: TREINO C (foco em posterior e glúteo) sex:: TREINO D (costas/bíceps) sab:: abdominal e aeróbico TREINO A - Cadeira extensora 4x20 - Agachamento livre + terra sumô 6x(10+10) - Leg 45 base fechada + agachamento gobblet 4x(12+12) - Agachamento unilateral no banco 3x máx reps TREINO B - Supino máquina 3x12 - Desenvolvimento com barra em pé 4x12 - Elevação lateral + elevação frontal com anilha 3x(12+12) - Voador invertido 3x12 - Tríceps corda + tríceps coice 3x(12+12) ::Abdominal e aeróbico - Prancha inclinada 4x15 - Rodinha abdominal 4x15 - Rotação de tronco com a medicine ball - Elevação de pernas ---/>> 20 minutos de escadaria ou 30 de transport ::TREINO C - Agachamento livre (aquecimento) 2x20 - Agachamento livre sem extensão completa 4x12 - Stiff sem extensão completa do tronco 5x12 + Elevação de quadril no banco 5x12 - Passadas em movimento 3x20 - Mesa flexora 3x15 TREINO D - Puxada aberta frontal 3x12 - Remada aberta na máquina 3x12 - Remada com barra H 3x12 - Voador invertido 3x12 - Rosca bíceps com barra + rosca alternada 3x(12+12) ::Abdominal e aeróbico - Prancha inclinada 4x15 - Rodinha abdominal 4x15 - Rotação de tronco com a medicine ball - Elevação de pernas ---/>> 20 minutos de escadaria ou 30 de transport Dieta com quantidade de proteina/carboidrato/gordura por dia: Ao acordar tomar 1 copo de água com 1 limão espremido. Aguarde 10 minutos. 09:00 hrs Ref 1: 3 ovos inteiros, 70g banana prata ou 100g morangos ou melão, 20 g aveia ou 15g tapioca (opcionais: canela em pó, cacau em pó) + omega 3 após comer + 250mg de Vit C 12:00 pré treino Ref 2: 80g carne vermelha magra ou peito de frango ou peixe. 70g batata doce ou inglesa, ou macarrão, salada verde, 1 porção de gelatina zero. + chá de hibisco se quiser Tomo pré treino Bone Crusher as 14:30. Treino das 15:00 as 16:00 hrs + tomar o chá verde durante o treino (diluir ele para 750ml e tomar durante o treino)...... 16:00 pós treino Ref 3: 100g peito frango ou tilápia + 100g de batata/mandioca/abobora. Salada verde a vontade. 19:00 Ref 4: 100g carne magra ou 100g frango, 50g macarrão normal ou integral ou 40g de pipoca de milho sem óleo já pronta. + chá de hibisco se quiser 21:00 Ref 5: 3 ovos inteiros + 80g de abacate + omega 3 após comer + 250mg de Vit C
  16. Vou relatar aqui meu ciclo de Ox com stan. Comecei a três semanas atrás com a oxandrolona, 15 mg ao dia na primeira semana, dobrando a dose para 30 mg na segunda e seguindo com essa medida até final, serão 6 semanas. Na terceira semana entrei com stan injetável, 2 ml por semana. O Objetivo inicial é chegar no máx a 8 ml, mas se for necessário irei até 11 ml. Medidas: Altura: 1.71 mt Peso: 68,9 kg cintura: 66 cm coxa baixa: 50 cm , média: 55 cm, alta: 60 cm Quadril: 105 cm Busto: 92 cm Ombro: 47 cm Braço: 29 cm Esse é meu segundo ciclo do ano com stan e ox. O primeiro fiz no mês de março, durou 5 semanas. Tomei apenas 1 frasco de oxandrolona de 5 mg, sendo 20 mg ao dia e 11 ml de Stan injetável. A marca que usei e estou usando agora é landerlan. Dessa vez vou tomar 2 frascos e meio de oxandrolona 0,5 mg. No primeiro ciclo ganhei 7 kg de massa magra e uma redução de 4 cm de gordura abdominal. Nunca fui gorda, mas tinha aqueles pneuzinhos... Como no primeiro ciclo, tb nesse não estou sentindo grandes mudanças no meu shape nessa fase inicial. Inclusive no primeiro ciclo, ganhei apenas 2 kg durante o ciclo e 5 kg pós ciclo. Os 3 meses pós ciclo foram que realmente transformaram meu corpo. No primeiro ciclo não suplementei, pq tenho tendência a formação de cálculo renal, cuidei muito da dieta. Nesse ciclo atual estou suplementando com whey, Bcaa, Dextrose, glutamina, colágeno e pré treino que sempre tomei. Colaterais: Aumento absurdo da libido. Aconteceu nos 2 ciclos Aumento do clitóris. Nada absurdo! Ainda ta bonitinho, nos padrões. Alteração de humor, muita irritação e agressividade. No outro ciclo não tive esses sintomas. Rouquidão na voz. Senti isso no outro ciclo tb Perda de apetite. Somente nesse ciclo, no outro sentia muita fome e comi muito. Insônia. Desde que entrei com a Stan não dormi mais, 5 horas por noite, durmo 2 hras e acordo, demoro para dormir novamente, aí qdo pego no sono durmo mais 3 hras e só. No outro ciclo dormi muito bem. Observei que qdo aplico a stan fico com gosto de remédio na boca e língua amortecida. No outro ciclo não aconteceu. Creio que é pq a dose de oxandrolona era mais baixa. Evolução: Desde que comecei senti que meus músculos estão muito rígidos, como pedra, tanto da pena como do glúteo. Tive aumento de 2.900 kg, e sequei bastante. Ainda não ganhei volume. Tanto meu treino como minha dieta estão sendo acompanhados por profissionais. TREINO DE DOMINGO A DOMINGO. Obs: Não faço uso de anticoncepcional. Objetivo do ciclo: Ficar com o Shape da Jujú Salimeni, nada mais e nada menos. O caminho é longo e árduo... No pain, no gain!!! Essa foto foi tirada 2 meses antes de iniciar o atual ciclo.
  17. Boa tarde! Bom, há 4 anos venho passando por uma transformação monstruosa, porém com mtos altos e baixos na dieta. Eu apanho muito, pois tenho tido alguns episódios de compulsão alimentar, creio que por consequência de dietas mto restritas as quais tenho seguido de 1 ano e meio para cá. Já fiz um ciclo pequeno de esteróies em fevereiro/março de 2019 conforme relatado abaixo, porém não o fiz com total disciplina, mas mesmo assim obtive um volume muscular razoável. Enfim, ocorre que iniciei em 04/03/20 um ciclo de stanozolol via oral (também descrito abaixo - decidi iniciar com o stan apenas para performance mesmo, pois tenho caído um pouco no rendimento dos treinos talvez por não fazer o uso de nenhuma suplementação - e nao, não pretendo gastar com suplementação, pois meu corpo é bem resistente aos mesmos), porém gostaria mesmo de dicas e apontamentos para uma possível dieta flexível. Minha dieta atual se baseia praticamente em proteína e carbo, sem gordura (não há um motivo específico pelo qual não tenho ingerido fontes de gordura), enfim... Tenho lido textos e artigo sobre a dieta flexível e agora estou me preocupando em ter uma dieta balanceada e que me ofereça maior variedades e opções de alimentos de forma que quando eu for realizar minha refeição livre, eu não me exceda, como tem acontecido regularmente. =/ Meu objetivo é perder gordura, pois conforme minhas fotos atuais, eu sou a falsa magra, mas tenho gordura acumulada principalmente nos flancos e parte interna da coxa. Embora eu seja mulher, me assemelho muito mais a homens nos treinos do que com treinos para mulheres, pois tenho muita força (muita mesmo, costumo fazer leg 45 graus com até 320kg, agachamento livre com 90kg - sem auxílio, dentre outro exercícios com carga alta), claro que estou falando de fazer exercícios com cargas altas e bem executados. Porém, obvio, alternando os treinos entre metabólico e tensional. Me dei conta de que eu possa estar com alguns episódios de compulsão alimentar, pois quando começo a comer qualquer coisa que não seja da dieta, eu não consigo parar tão cedo. 😅Principalmente quando se trata de refeições baseadas em açúcar (pois é minha maior fraqueza). De todo modo, deixo abaixo o questionário junto às fotos mais atuais (tiradas em 06/03/2020). PS.: Não tenho ideia do meu BF, mas creio que está na casa dos 18% - 21%. AH! Já adianto que não entendo nada de cálculos ou de bater macro e micronutrientes. Agradeço desde já! Vlw! _____________________________________________________________________ Idade:30 Altura:1,63 Peso: 65kg Medicações em uso (Anticoncepcional, etc...): NÃO Problemas de Saúde: NÃO Tempo de treino: 4 anos Ciclos FEITOS com dose e tempo: stanozolol landerlan depot 50mg (0,5ml início - aumentando 0,5ml cada aplicação [2x/semana]); masteron landerlan gold 100mg (0,5ml início - aumentando 0,5ml cada aplicação [2x/semana - diferentes dos dias de stan]) - OBS: tomei o total de 10ml de ambas as drogas juntas. Ciclo PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo: stananozolol landerlan 10mg via oral (8h/8h) Divisão de treino e horario do mesmo: TREINO A (posterior + quadríceps) 1️⃣Agachamento 15-12-10-8-6 (⬆️ carga) 2️⃣Cad extensora 4x10rep ( a cada repetição aumenta o tempo de isometria fase concêntrica) +10rep normais +10seg isometria final da série - 1 min descanso 3️⃣Sumô + Stiff 4x15 4️⃣Leg 45 4x20rep + afundo c/ passada 10rep cada lado +leg 45 10rep (subida lenta) - 1:30min descanso 5️⃣Agachamento V squat 4x20rep - 1 min descanso + 1 drop 10/10/10rep (último bloco toda subida lenta) 6️⃣Adutora + abdutora 4x12 7️⃣Panturrilhas (em pé + sentado) ➕ ▶️ABS ➕ 40’ cardio 🔚 ____________________________________________ Treino B (dorsais + deltóides) 1️⃣Puxada alta aberta (drop) 4x até falha 2️⃣Puxada alta atrás 4x10 4️⃣Remada triângulo sentada 4x10 4️⃣Elevação lateral halter (drop) 4x até falha 5️⃣Elevação frontal halter 4x até falha 6️⃣Elevação lateral cabo 3x10 7️⃣Elevação lateral polia baixa inclinado + elevação halter inclinado 3x10 ➕ 40’ cardio 🔚 ____________________________________________ Treino C (glúteo) 1️⃣Glúteo na maq 4 x 10 com pico de contração + até a falha 2️⃣Abdutora( tronco inclinado ) 4 x 15 com pico de contração + até a falha direto + ( tronco encostado ) 20 com pico de contração 3️⃣Glúteo no cabo pra trás 4 x 15 + 30 curtas 4️⃣Lateral no cabo 4 x 20 com pico de contração + 4 x 20 direto ➕ ▶️ABS ➕ ❗️❗️❗️1h cardio 🔚 ____________________________________________ Treino D (posterior + quadríceps) 1️⃣Agachamento 4x até falha (⬆️ carga) 2️⃣Leg 45º 15-12-10-8-6 (⬆️ carga) 3️⃣Tri set: 3x séries - 1 min descanso por série Leg horizontal 15rep + Cad extensora 30rep + Sissy 30rep (Isometria em 90° até a falha) 4️⃣Afundo smith (2 Steps) 4x10 direto 5️⃣Mesa flexora 3x10 (unilateral) + 3x ate falha bilateral 6️⃣Hack 15-12-10-8-6 (⬆️ carga) 7️⃣Adutora + abdutora 4x12 8️⃣Panturrilhas (em pé + sentado) ➕ 40’ cardio 🔚 ____________________________________________ Treino E (peito + bíceps + tríceps) 1️⃣Supino inclinado halteres 3x10 2️⃣Supino reto 3x10 3️⃣Rosca halteres 3x10 4️⃣Tríceps barra + tríceps invertido unilateral 5️⃣Tríceps corda (drop) 4x até falha ➕ ▶️ABS ➕ ❗️❗️❗️1h cardio 🔚 ____________________________________________ IDEM Treino B (dorsais + deltóides) Dieta com quantidade de proteina/carboidrato/gordura por dia: 1ª REF: Ovos mexidos com 4 claras 2 gemas + cuscuz (4 colheres de milharina), café com adoçante . 2ª REF: 120g peito frango ou patinho moído Ou Alcatra magra , 80g batata doce ou mandioca , muita salada a vontade, bastante alface , rucula , vinagre de maçã 3ª REF: Ovos mexidos , 2 gemas , 1 ou 2 bananas OU cuscuz (4 colheres de milharina), 80g de abacaxi . 4ª REF: 120g frango, bastante saladas verdes com vinagre de maçã . 5ª REF: 120g filé de peixe ou file Frango, ou lombo suíno magro e salada a vontade. - 4/5 litros água por dia
  18. Bom dia pessoal, Anteriormente postei um tópico sobre um ciclo que eu gostaria de fazer, fui alertado pela galera mais experiente aqui no fórum para eu não fazer no momento pois meu bf% estava muito alto etc... estou seguindo minha dieta de 2426 kcal diárias usando o app MyFitnessPal porém, gostaria de uma ajuda para tirar melhor proveito e conseguir maximizar ainda mais os resultados. Abaixo vou mostrar como é minha alimentação diária de segunda a segunda. Café da manhã: 2 bananas prata 2 fatias de pão de forma integral com pastinha de frango c/milho Lanche da manhã: 2 bananas ou 1 maçã 2 torradas integral Almoço: Pode variar o cardápio aqui na empresa que trabalho.. mas é basicamente assim: 2 ovos fritos ou bife boi acebolado ou frango grelhado ambos 2 pedaços médios 2 colheres de sopa de arroz branco tomate, alface, beterraba, cenoura, batata doce a vontade.. Lanche da tarde: 2 bananas ou 1 maçã 2 torradas integral Jantar/Pré treino: 3 pedaços grandes de frango grelhado apenas na água 2 pedaços grandes de batata doce 2 ou 3 ovos cozidos Lanche pós treino: 2 fatias de pão integral com pastinha de frango c/milho 3 bananas com aveia em flocos Vou anotando tudo no app MyFitnessPal conforme vou fazer a refeição, aceito críticas e conselhos para melhorar isso.. consegui baixar meu bf%23 para %20.1 em 3 semanas seguindo firme nessa dieta e com treino pesado e fazendo hit 3x por semana 15 min a 10km/h na esteira. Estou com uma personal nova, ela fez uma nova série pra mim ABC bem forte com exercícios rest-pause e drop-set, vou pegar a série na academia hoje e postar o treino completo para vocês. Hoje vou fazer avaliação para ver como estão as medidas e o bf% atual e posto aqui também quando tiver em mãos. Meu projeto e chegar em uma %bf boa para poder iniciar um ciclo de durateston futuramente, já tenho 10ml comprados junto ao stanozol 100 comprimidos que estão guardados. Vou tirar algumas fotos para pode acompanhar junto com vocês o progresso e posto aqui já já!! Estou muito empolgado com esse projeto, espero que possam me ajudar!!!
  19. Bom dia Nome :Wallace Altura :1.75 Peso : 90 kl Dia 19/08/19 comecei o ciclo de stano com um conhecido e ele aplicou 2ml na segunda e falou q toda segunda-feira pra mim fazer essa doze de stano , como eu estou acompanhando outros tópicos , vi q estou aplicando errado , dia 26/08 apliquei a segunda doze de stano , mais como eu disse estou vendo q comecei errado , vou parar antes q aconteça algo pior , oq vcs me indicam a fazer ?? Ou continuo com dozes menores ,junto com dura ou paro ?? Meu foco é perder peso no momento , estou a 7 meses na academia , obg desde já 👊🏻
  20. Idade:38 Altura:1.56 Peso:56.35 Obs: repeti a postagem, pq errei minha altura. 😏 No momento não estou fazendo uso de nenhuma medicação Não tenho problemas de saúde. E minha única cirurgia, foi minha Cezarina Não fiz , nenhum exame recentemente Tempo de treino: 8 meses de treino intenso Ciclos FEITOS com dose e tempo: já fiz dois ciclos, um mais curto, que foi de 6 semanas. Que foram 4 decas e uma dura. Depois de 30 dias , iniciei outro de stano com ox. Porém com o término do ciclo. Estou tendo queda de cabelo, e muita dor de cabeça. Oq faço para aliviar principalmente a queda de cabelo. Me ajudem por favor Ciclo PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo: Divisão de treino e horario do mesmo: treino em torno de dois horas por dia. Durante um dia inteiro. Mas geralmente em tempos normais uma hora . Em academia . De segunda a sexta. Aos domingos em casa Minha dieta tem 1.200 calorias em média. E a divisão exata . Infelizmente não sei Se puderem me ajudar , serei muito grata.
  21. Galera ultimamente tenho pensado pra crl na ideia de tentar subir no palco, gostaria de saber se da pra chegar la apartir do shape que eu tenho hoje, e talvez uma media de tempo ou algo assim Idade: 18 Altura: 165 cm (Anão k) Peso: 83kg Medicações em uso: Benzetacil Problemas de Saúde: Helmatismo Tempo de treino: 4 anos eu acho Ciclos FEITOS com dose e tempo: Enan+Deca 16 seman, Prop+Stan n lembro tempo, Prop+Stan+Tremb 8 seman Ciclo PROPOSTO com Aes (Marca) dose e tempo: Pensando ainda, aceito dicas, tenho umas enanTremb de 200mg, prop, stan, acet tremb de 75mg Divisão de treino e horario do mesmo: Bíceps e tríceps, pernas, peito e ombro, costas, treino 4 dias por semana e assim que funciona melhor pra mim, geralmente é a noite mas vai ter que ser de manhã agora por causa do trabalho Dieta com quantidade de proteina/carboidrato/gordura por dia: 240g prot, 80g gordura, e completo 4000kcal com carb (raramente sigo a risca a semana inteira, geralmente como lixo no meio do dia ou fds, mas se for o caso quero dar 100% Posto foto so shape assim que chegar no trabalho Ah é outra pessoa na conta, esqueci de dizer foi mal k
  22. Pois bem, sou mãe de três filhos, e estou muito insatisfeita com meu corpo apesar de achar que em vista de muitas estou bem até demais, nunca havia malhado até que em 2013 resolvi entrar na academia, malhei pesado, fiz dieta, suplementei e obtive resultados excelentes, malhei por um ano, porém sofri um acidente de moto(sem lesões graves), o qual fiquei sem malhar por uns três meses..... aí engravidei do meu pequeno, que hoje tem 1 ano e 2 meses, voltei a malhar em Dezembro2015, já obtive bons resultados, inclusive meu peso quando entrei era 62kg, meu metabolismo é bem acelerado, perco/ganho rápido, hoje dia 16/03 resolvi fazer meu primeiro ciclo com ora 5mg 8/8hs.... Também estou fazendo uso de yohimbe há uma semana, minha dúvida é se associo stano 5mg 12/12hs ou se faço só o uso da oxa mesmo. Meu treino tá b puxado, estou treinando membros isolados com bastante intensidade.Estou fazendo dieta....meu ciclo será de 6 semanas...corro o risco de virilizar?entro ou não com stano?preciso fazer tpc? Tenho 34 anos, sou nova por aqui e com muitas dúvidas Altura 1,59 Peso 59,0 abdomen 75 cm cintura 69 cm quadril 93cm coxa 56cm massa magra 48,32 massa gorda 10,78 Avaliação dia 22/02/2016
  23. Estou segundo ciclo de stanozolol IM e oxandrolona VO, porém, me deram muitas espinhas no pescoço, colo, ombros e seios, sou mulher, tenho 64 kg e 1,57cm, no primeiro ciclo não tive absolutamente nada, agora já na primeira semana apareceram, e muitas. Parei por quinze dias, e as espinhas desapareceram, agora que voltei, já na primeira aplicação, voltaram novamente, e muitas, alguém tem alguma sugestão ou dicas? Por favor
  24. Boa noite pessoal, tudo bem? Eu nunca ciclei nada e dessa vez eu estou a fim de meter um hauaua Falando sério, tô com 200 cps de oxandrolona 5mg na mão, e tô afim de pegar um Stano também, pq dei uma estudada e vi que essa combinação é a melhor, sem dar muuito efeito colateral mas pegando uma massa boa. A stanozolol seria injetável pois não quero me ferrar tomando os dois em cápsulas... E aí? O que eu faço? Pensei em 10mg de oxandrolona no inicio, depois 15mg depois volto pra 10...Mas e o stano?? Idade: 19 Peso: 57kg Altura: 1,65 Busto: 89 Cintura: 65 Quadril: 93 Perna: 55 Obs: tenho um plano alimentar prontinho feito pela nutri, treino a 4 anos mas fiquei 1 parada e voltei faz 2 meses....
  25. Pretendo ganhar uns 15 kilos este mês, estou pensando em jogar um HALOVAR junto aew que vcs acham? Ciclo Enantato ciclo 6 Drag Pharma 600mg por semana Stanozolol Upjhon 100mg DSDN
×
×
  • Criar novo...