Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'hdl'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Anabolizantes Esteroides
    • Tópicos sobre esteroides
    • Relatos de ciclos
  • Suplementos Alimentares
    • Tópicos sobre suplementação
    • Relatos de uso de suplementos alimentares
  • Treinamento de Musculação
    • Tópicos sobre treinamento
    • Lesões musculares
    • Diário de treino
  • Nutrição Esportiva
    • Tópicos sobre nutrição
    • Relatos sobre dietas
  • Gente
    • Tópicos de evolução do shape
  • Assuntos Diversos
    • Tópicos diversos

Calendars

  • Campeonatos de Musculação
  • Cursos, Palestras e Feiras

Categories

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categories

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categories

  • Aves
  • Bebidas
  • Carnes
  • Lanches
  • Legumes
  • Ovos
  • Massas
  • Peixes e Frutos do Mar
  • Saladas
  • Sobremesas

Categories

  • Abdominal
  • Antebraço
  • Bíceps
  • Costas
  • Coxa
  • Glúteo
  • Lombar
  • Ombro
  • Panturrilha
  • Peito
  • Pescoço
  • Romboide
  • Trapézio
  • Tríceps

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Telefone Celular (WhatsApp)


Telefone Fixo


Interesses


Facebook


Instagram


YouTube


Twitter


Website


Tumblr


Série de Treinamento


Suplementação


Dieta Nutricional


Ciclos de Esteroides Anabolizantes & Drogas Afins


Academia


Altura


Peso


Percentual de Gordura

Found 4 results

  1. Gostaria de saber o que os profissionais de BB fazem para controlar o HDL, já que é mais complicado aumentar HDL do que baixar o LDL. Usam alguma droga para isso? Niacina é uma boa opção para aumentar o HDL e baixar o LDL, aveia, abacate e ácidos graxos insaturados. O que fazer com a vermelhidão que ela causa? Gostaria da opinião/experiência do pessoal aqui do fórum pois não encontrei muito conteúdo relacionado especificamente ao aumento do HDL, e, tendo em vistá que é pior um HDL baixo do que um LDL alto (relação entre o HDL e LDL deve estar balanceada também). Gostaria mesmo é manter meu HDL acima de 60, o que em TRT é bem difícil. O meu HDL fica em 38 e LDL em 60, não gosto muito disso.
  2. Galera como todos já estão carecas de saber, controlar os níveis de estrogênio durante o ciclo é primordial, pois ele traz grande parte dos nossos colaterais. Eu fiz um ciclo com AEs que aromatiza muito. No caso usei Durateston como base de testosterona para esse ciclo. Por displicência desta vez eu não utilizei nenhum inibidor de aromatase. Conclusão minhas taxas de estrogênio foram la para cima, consequentemente a progesterona e o estradiol também. Eu vou iniciar agora utilizando enantato de testosterona com doses de 250 a 300 mg/semana só para manter o shape. Como se fosse um Cruise. A pergunta é: Uma vez com essas taxas elevadas de estrogênio no exame, consequentemente progesterona e estradiol, como regulo essas taxas agora? Usar um IA tipo Anastrozol resolveria esse problema? Sei que o tamoxifeno é um anti estrogênico também, e que age na mama, mas ele serviria para este caso também, por ser um anti estrogênico? Só uma.observação: Estou com gineco (claro rs). Minhas taxas de testosterona total e testosterona livre estão como esperado.. Testosterona total acima de :>1500 ng/dl. E testosterona livre o exame nem conseguiu detectar e ser preciso pelo laboratório que eu fiz, porque as taxas estão altíssimas. "Não foi possível o calculo da testosterona livre devido ao valor da testosterona total" O resto dos resultados estão dentro do que esperava. Apenas o colesterol HDL que caiu drasticamente e o LDL aumentou. Estou com 8 mg/dl de HDL, e 174 mg/dl de LDL. Eu já esperava uma queda do HDL e um aumento no LDL, mas não esperava que o HDL caísse tanto. O tamoxifeno ajuda a regular os níveis de HDL e LDL também, mas como ainda vou continuar hormonizando e tendo em consideração todo o cenário que mencionei acima, não sei o que utilizar neste momento. Peço ajuda dos mais experientes. Obrigado.
  3. As gorduras não são as vilãs para a nossa saúde e sim as nossas escolhas em relação à elas. Existem vários tipos de gordura, dentre elas podemos citar: trans-saturadas, saturadas, Omega-6, Omega-3, mono e poli-insaturadas. Alguns tipos especiais de gorduras, como ômega-3 e ômega-6, são saudáveis e cruciais para um sistema imunológico forte e uma pele saudável ao passo que gorduras trans-saturadas e saturadas são prejudiciais a nossa saúde. Os alimentos, tanto os naturais como os processados, podem conter vários tipos de gordura. Alguns tipos têm efeito positivo à saúde, aumentando o HDL, que é o "colesterol bom" enquanto outros podem ser prejudiciais, aumentando o nível de LDL, o "colesterol ruim". Mesmo os tipos de gordura benéfica devem ser consumidos com moderação, pois qualquer tipo de gordura contém mais calorias do que proteínas e carboidratos: A gordura é uma fonte concentrada de energia. Enquanto cada grama de gordura contém 9 kcal, um grama de carboidrato contém em torno de 4 kcal. Além disso, nossas reservas de energias provenientes de gordura são muito mais abundantes. Em média um corredor tem mais de 60 mil calorias estocadas na forma de gordura contra menos de 2 mil de carboidratos. Sendo assim, gorduras são essenciais quando se está exercitando por longos períodos de tempo. Exercícios de baixa intensidade utilizam gordura como pelo menos metade da fonte de energia. Isto porque, para usar gordura como energia, é preciso muito mais oxigênio do que o necessário na utilização de carboidratos. Assim, em exercícios de baixa intensidade nos quais há farto oxigênio, gordura é a principal fonte de energia. Sendo assim, a utilização de gordura diminui à medida em que a intensidade do exercício aumenta. Vamos descatar e falar um pouco sobre a importância do Omega-3 que é um tipo de gordura conhecida como ácido graxo essencial e é muito importante para uma boa saúde. O corpo humano não é capaz de produzir Omega-3, tendo que obtê-lo através da alimentação. Um grande número de pesquisas vem demonstrando os benefícios do Omega-3 para o coração e todo sistema circulatório. Os benefícios do Omega-3 incluem: Atividade antiinflamatória; Atividade anti-trombos (entupimento dos vasos sanguíneos); Redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos e Redução da pressão arterial. Os benefícios do omega 3 estendem-se para a redução do risco de desenvolver diversas doenças, incluindo: Diabetes; Acidente vascular cerebral (derrame); Artrite reumatóide; Asma; Síndromes inflamatórias intestinais (colites); Alguns tipos de câncer; Declínio mental. Alguns estudos também indicam que o Omega-3 traz benefícios para o humor, o aprendizado e para o sistema imunológico. O Omega-3 pode ser encontrado nas nozes, castanhas, peixes especialmente de águas frias, rúcula e nos óleos vegetais, como azeite, canola, soja e milho As melhores fontes de Omega-3 são os peixes, algumas espécies possuem maior quantidade como por exemplo: Cavala, Arenque, Sardinha, Salmão, Atum, Bacalhau. Recomenda-se a ingestão de pelo menos 2 porções de peixe por semana, mas se for possível incluir outras fontes de Omega-3 os benefícios serão maiores. Os peixes devem ser assados, cozidos ou grelhados. Não se deve fritá-los, pois este processo destrói o Omega-3. É de reforçar que o excesso de gordura provoca obesidade e colesterol e que as gorduras de origem animal são particularmente nocivas para a saúde.
  4. Esteroides anabolizantes orais produzem grandes reduções nas concentrações séricas de lipoproteína de alta densidade-HDL (colesterol bom). Nossa hipótese é que este efeito relacionado com a sua via de administração e não estava relacionado com a sua potência androgênica. Nós administrada Stanozolol oral (6 mg/dia) ou doses supra fisiológicas de enantato de testosterona intramuscular (200 mg/semana) a 11 levantadores de peso do sexo masculino durante seis semanas em um desenho cruzado. O Stanozolol reduziu o HDL-colesterol e a subfração HDL2 por 33% e 71%, respectivamente. Em contraste, a testosterona diminuiu a concentração de HDL-colesterol em apenas 9% e a diminuição foi na subfração HDL3. O nível de apolipoproteína A-I (principal componente proteico do HDL) diminuiu em 40% durante o uso de Stanozolol, mas apenas 8% durante o tratamento com testosterona. A concentração de colesterol de lipoproteína de baixa densidade-LDL (colesterol ruim) aumentou 29% com Stanozolol e diminuiu 16% com o tratamento com testosterona. Além disso, o Stanozolol aumentou a atividade hepática da pós-heparina triglicérides Lipase em 123% (a deficiência dessa enzima evolui com hipertrigliceridemia), enquanto a variação máxima durante a terapia com testosterona (+ 25%) não foi significativa. O ganho de peso foi similar com ambas as drogas, mas a testosterona foi mais eficaz na supressão de hormônios gonadotróficos. Conclui-se que os efeitos indesejáveis de lipoproteínas de esteroides 17-alfa-alquilados administrados por via oral são diferentes daquelas de testosterona parentérica (injetada) e que a testosterona pode ser preferível em muitas situações clínicas. Traduzido e adaptado de http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/2915439
×
×
  • Create New...