Jump to content

helder.nadolny

Membro
  • Content Count

    186
  • Joined

  • Last visited

About helder.nadolny

  • Rank
    Novato

Detalhes

  • Gênero
    Masculino
  • Interesses
    Esportes, malhação, músicas

Anúncios

  • Relacionamento
    NÃO procuro relacionamento
  1. eu sempre tomei com leite DESNATADO no pós treino, vou começar a tomar com água pra ver se da diferença nos resultados
  2. Como eu disse na primeira resposta: O melhor é ir no médico cara! Em nenhum momento falei que era simples, soh gelo ou água quente! Como eu disse, na hora da lesão, o gelo age muito bem! Mas o essencial é procurar um médico urgentemente! Faça a ultrassonografia! Eu me enrolei pra fazer e ferrei mais ainda meu ombro! Daí posta os resultados! Boa sorte!
  3. Então! Gelo só no momento que vc sente a lesão! Depois, sessões de toalha quente ajudam a reduzir os pontos de inflamação. Meu ombro depois da ruptura ficou instável! O tendão em q eu tive a ruptura é responsável pela estabilidade do ombro, então se eu forçar ele se desloca denovo. O que não acontece porque eu não forço ele de jeito nenhum, pq isso poderia piorar a lesão. Evito qualquer tipo de movimento com o braço esquerdo. Mas já tive esses problemas com estralos nos movimentos do ombro, soh que era o ombro direito, não o que eu lesionei. No meu ombro direito, eu tenho uma calcificação na cabeça do úmero (tipo um cisto, um carocinho, uma verruguinha no osso, soh que é sólida, é uma saliência do osso), que dependendo dos movimentos se atrita com a articulação e causa esses estalos. O que é prejudicial, mas controlável. Mas isso eh um caso raro. O que pode estar acontecendo no seu caso eh uma crepitação da articulação por excesso de força. Ou seja, devido ao excesso de peso forçando a articulação, ela não "trabalha" direito, e esses estalos são leves encaixes que acontecem. Quando você vai movimentando, a articulação tem leves deslocamentos que os tendões impedem de aumentarem, e na sequência do movimento os ossos se deslocam minúsculos espaços e voltam ao lugar inúmeras vezes, causando, cada um desses deslocamentos, um estalo. O que pode acontecer é que um dia o peso seja tão excessivo, que os tendões não suportem, daí a lesão é inevitável. É um caso semelhante ao do Ronaldo ("""fenômeno""") que era magrão e quando foi pra Europa trabalhou muito a musculatura que cresceu muito rápido impedindo que os tendões acompanhassem o crescimento, resultado, um dia acabou rompendo. Então o certo é você ter paciência! Querer crescer do dia pra noite só te prejudica! Deixe seu corpo ir se adaptando às mudanças. Sempre faça exercícios que possibilitem reforço nas articulações, alongue muito bem antes e depois dos treinos, e aqueça bem sempre.
  4. Aê Johny, qual foi o resultado? Como vc ficou depois de voltar a malhar? Posta aí pra gente! Valew
  5. gregorio, em maio senti dores semelhantes, continuei a treinar e me auto medicar com antiinflamatórios, e não procurei um ortopedista! A dor soh foi aumentando, e quando fui no médico já era tarde Uma ultrassonografia acusou ruptura parcial de 35% do tendão do subescapular! Estou submetido a remédios bem caros, e 6 meses de fisioterapia. Então, pára de treinar, e evita ao MÁXIMO movimentar esse braço, volta no ortopedista e diz que as dores continuam, peça um exame mais específico e não desista enquanto não tiver um diagnóstivo CERTO. Só depois disso algum médico vai poder indicar um tratamento bom! E cuidado com ortopedistas, hein? Em minha cidade TODOS tinham históricos de receitar tratamentos que não resolviam, remédios que não curavam, e alguns até agravavam as lesões de seus pacientes. Não sei se por má fé, falta de conhecimento, preguiça de estudar o caso, ou o que. Sei que agora surgiu um ortopedista confiável e que está sendo muito eficiente em seus diagnósticos e nos tratamentos que ele indica. Então procura saber mais sobre o ortopedista, e como o tratamento indicado pelo primeiro não funcionou, procura outro. E boa sorte.
  6. Você faz exercícios para o antebraço? Se não faz, o que pode estar ocorrendo é que você ganhou força no bíceps, mas não no antebraço, aí dói mesmo. O antebraço não aguenta o peso que o bíceps levanta, então tem que rever seus exercícios.
  7. Também passei pelo mesmo transtorno. Karmagedon, me falaram a mesma coisa, inflamação em uma membrana do antebraço. Me indicaram exercícios leves específicos para antebraço para aumentar a resistência dele. Fazer exercícios como o puxador alto, à frente, com pegada supinada, que também força bastante o antebraço ajuda. Mas o essencial é mesmo procurar um ortopedista e dar uma evitada nos exercícios que causam a dor, tentar alternar para outros, e diminuir a carga um pouco. O que acontece é que a dor é causada por algo que está irregular. Você ganhou muita força no bíceps, e não tanta no antebraço, que não consegue acompanhar a força que você exerce na rosca scoth, o que causa a dor e posteriormente a inflamação. Cuidado com isso, pode agravar muito. Mas no meu caso apenas uma semana reduzindo a carga nos exercícios, e fazendo resistência para o antebraço a semana toda, já fez as dores diminuirem, e em 2 semanas já estava tudo zerado.
  8. Respondendo a todos que sofrem dessas dores! Já tive tendinite que curei com fisioterapia, e há 3 meses tive uma ruptura parcial do tendão do subescapular (que faz parte do manguito) do outro ombro, kis me auto medicar, e achei que conseguiria acabar com a dor assim, ficando parado um tempo e tomando anti-inflamatórios! Me ferrei, pq soh agravei a lesão! Então, se vocês tem dores anormais, que persistem por 2 ou 3 dias, procurem um ortopedista! É melhor gastar uma grana com consulta e exames, do que agravar uma lesão que a principio pode ser leve, e ter que ficar parado 6 meses como eu, tomando remédios caríssimos, fazendo fisioterapia e impedido de fazer MUITAS coisas, até mesmo jogar futebol, pq o movimento prejudica a recuperação. Espero ter ajudado! Melhoras a todos.
  9. Velhow, liga pro médico! Geralmente os médicos liberam uma reconsulta grátis! Mas aí vai um conselho: qualquer dor fora do comum, o melhor é procurar um médico! Em maio eu tava executando uma fase de força, já estava na 3ª semana, quando fui fazer voador o úmero saiu de leve fora da articulação do ombro! Parei o exercício e achei que alongando um pouco melhor conseguiria! Alonguei mais e consegui fazer os exercícios, mas ainda sentia um leve deslocamento ao começar o exercício! Como não doeu, continuei malhando! Quando a musculatura esfriou começou a doer! Fikei me auto medicando por uma semana, parado, a dor parou, e voltei a malhar, e a dor voltou e se tornou insuportável! Fui num ortopedista que me receitou anti-inflamatórios (como o cataflam) e me pediu uma ultrasonografia do ombro! Resultado: ruptura parcial de 35% do tendão do subescapular! Tratamento: Anti-inflamatório de quase R$ 5 por comprimido, tomar 1 por dia durante 3 dias; 3 a 6 meses de fisioterapia, 2 sessões de toalhas quentes por dia (pois o calor úmido é mais eficiente), e torcer pra que o tendão se "solde", caso contrário: cirurgia! Ou seja, por ficar adiando minha ida ao médico acabei agravando a lesão, e agora além de gastar mto mais do q gastaria com uma consulta e uns exames, ainda estou obrigatoriamente parado, totalmente, sem poder sequer jogar futebol, pois o médico disse que qualquer tipo de corrida movimenta o braço e prejudica o tratamento, durante 6 meses. Então, o conselho é que qualquer dor fora do normal, o melhor é parar de forçar imediatamente, e se a dor persistir por 2 ou 3 dias, procurar um médico. Lembrar SEMPRE de perguntar TUDO ao médico! Como vc não perguntou, procure perguntar, mas em nenhuma hipótese queira fazer exercícios sem ter certeza da lesão! A minha lesão foi num dos tendões componentes do manguito rotador, e o fato de eu ter insistido em malhar, e continuar fazendo tudo como antes, por mais que fossem movimentos leves, prejudicou muito a lesão e o tratamento. Por experiência própria, é melhor ficar um mês parado se tratando perfeitamente, do que acabar tendo que ficar 6 meses parado como eu. Ah, se conseguir uma reconsulta grátis, ou então conseguir apenas falar com seu médico, pergunta se ele acha totalmente dispensável uma ultrassonografia, pois acredito que só com um exame desses para se ter certeza se é uma lesão que precisa tratamento mais apropriado, ou se é uma simples dor por excesso de exercício (o que acho muito pouco provável devido ao tempo da lesão). Melhoras aí, e boa sorte!
  10. naum tenho conhecimento técnico nenhum, mas uma experiencia parecida o problema pode naum ser nem malhar com barra, nem vascular, e sim problemas nas articulações tenho uma pequena assimetria nos ombros tipo, o direito,, devido a um desvio na clavícula, eh "mais curto" q o eskerdo tipo, medindo do final do pescoço, até a metade do músculo deltóide, dá uma diferençazinha, q pode ser notada simplesmente me postando corretamente e olhando no espelho qdo suspeitei disso procurei um ortopedista q confirmou o caso, diagnosticou inclusive uma calcificação no osso do braço, e me receitou fisioterapia para diminuir essa diferença entre os ombros antes da fisioterapia, tb sentia mta diferença, naum soh malhando bíceps, mas tb fazendo supino reto agora a diferença ta bem menor segundo o ortopedista, essa diferença nas articulações fazia com que os braços trabalhassem com intensidades diferentes, pois os músculos estavam alojados de forma diferente procura um ortopedista, que talvez ele te auxilie e boa sorte
  11. Reforçando o que o pessoal falou: 2 semanas na academia é só o princípio Até mesmo suplementos simples, tomar com pouco tempo de academia é desperdício. Malhe com MUITA disciplina, obedecendo todas as fases e formas de treinamento. Afirmo por experiência própria, cada fase, por mais que seja "chata" é essencial futuramente. Não tenha pressa, pois a pressa é inimiga da perfeição. Veja o exemplo do Ronaldo "Fenômeno", ganhou muita massa, e muito rápido, além do que seu corpo tinha condições de se adaptar. Resultado, lesões e mais lesões que atrapalharam muito a carreira dele. Mesma coisa com relação a musculação. O ganho de muita massa rapidamente impede que os tendões e articulações se adaptem. É bem provável que isso cause lesões que impeçam de continuar malhando e você vai acabar perdendo toda a massa que ganhou por não poder malhar. Portanto vá com calma, malhe com DISCIPLINA (essa eh a palavra perfeita), se alimente bem, durma bem e eu garanto que os resultados virão com qualidade. E tente não tomar nada além da sua alimentação, pelo menos nos primeiros meses, pois isso além de desperdício, será prejudicial. Boa sorte.
  12. Repostando minha dúvida: Qto tempo de treino de força? 1 mês? E depois, é válido fazer treinamento de resistência pra dar uma rasgada? Ou isso seria perda de tempo?
  13. Postando treino B: Costas: Puxada costas - 4X6 Remada puxador - 4X6 Remada - 4X6 (Continua com mta máquina, aguardo sugestões) Bíceps: Rosca Scoth barra W - 4X6 Rosca Direta - 4X6 Ou Rosca Alternada - 4X6 (Os dois últimos alternando, um treino um, um treino outro) Reafirmando que meu instrutor sugeriu um mês nesse treino de força, e depois fazer resistência pra dar uma rasgada. Aguardo sugestões! Falow
  14. Concordo napoli, mas eu não peço para contradizê-lo, apenas algumas dicas para que eu leve até ele e possamos melhorar meu treino.
  15. postando treino A iniciado hoje: Peito: Supino Reto - 4X6 Crucifixo - 4X6 Voador - 4X6 Tríceps: Pulley - 4X6 Testa - 4X6 Francês - 4X6 Indicação do instrutor para treino de força. Aguardo avaliação, se possível do tipo: "esse exerc. ta correto, esse eu mudaria isso, esse eu tiraria, esse eu substituiria por esse outro", enfim. Ele explicou q o treino anterior era pra eu ganhar um pouco de força, e não especificamente um treino para força! Enfim, entendi o que ele quis fazer. Quarta e quinta vou treinar B e C e posto os treinos! O instrutor sugeriu um mês nesse treino e depois fazer resistência denovo pra dar uma rasgada. Ainda me acho muito magro e meu objetivo é crescer. Até que ponto é vantagem fazer um mês de força e voltar pra resistência, e até que ponto isso é prejudicial para meus objetivos.
×
×
  • Create New...