Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Resultados para as tags 'secar'.



Mais opções de busca

  • Buscar por Tags

    Digite tags (palavras-chave) separadas por vírgulas, não use hashtags (#).
  • Buscar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fórum

  • Suplementos Alimentares
    • Tópicos sobre suplementação
    • Relatos de uso de suplementos alimentares
  • Anabolizantes Esteroides
    • Tópicos sobre esteroides
    • Relatos de ciclos
  • Treinamento de Musculação
    • Tópicos sobre treinamento
    • Lesões musculares
    • Diário de treino
  • Nutrição Esportiva
    • Tópicos sobre nutrição
    • Relatos sobre dietas
  • Gente
    • Tópicos de evolução do shape
  • Assuntos Diversos
    • Tópicos diversos
  • Fãs do Ronnie Coleman's Tópicos

Calendários

  • Campeonatos de Musculação
  • Cursos, Palestras e Feiras

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Aves
  • Bebidas
  • Carnes
  • Lanches
  • Legumes
  • Ovos
  • Massas
  • Peixes e Frutos do Mar
  • Saladas
  • Sobremesas

Categorias

  • Abdominal
  • Antebraço
  • Bíceps
  • Costas
  • Coxa
  • Glúteo
  • Lombar
  • Ombro
  • Panturrilha
  • Peito
  • Pescoço
  • Romboide
  • Trapézio
  • Tríceps

Pesquisar resultados em...

Pesquisar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    Fim


Data de Atualização

  • Início

    Fim


Filtrar por número de...

Data de Registro

  • Início

    Fim


Grupo


Telefone Celular (WhatsApp)


Telefone Fixo


Interesses


Facebook


Instagram


YouTube


Twitter


Website


Tumblr


Série de Treinamento


Suplementação


Dieta Nutricional


Ciclos de Esteroides Anabolizantes & Drogas Afins


Academia


Altura


Peso


Percentual de Gordura

Encontrado(s) 51 registros

  1. O que é dieta? Antes de mais nada vamos entender o que significa a palavra dieta. Dieta tem origem no latim diaeta, que vem do grego diaita, que significa modo de vida. Normalmente quando as pessoas ouvem a palavra dieta, elas já ligam a sofrimento, a passar fome e a comer o que não satisfaz o paladar, e a emagrecer. Dieta não é apenas para emagrecer. Dieta serve tanto para perda, como para ganho de peso. Aí você pode me perguntar: "como assim para ganho de peso?". Será que você nunca ouviu alguém falar “eu sou muito magro, preciso engordar um pouco”, ou um atleta bodybuilder dizer "eu estou na fase de ganho de peso (OFF)"? Ganhar peso é fácil? Você pode logo imaginar: "mas isso é muito fácil, é só ele comer muito e de tudo que ele ganha peso!". Mas este pensamento está errado. Na realidade, o ganho de peso tem que ser saudável, ou seja, ganhar massa magra com pouca quantidade de gordura. Isso se aplica tanto para a estética quanto para a saúde. Por isso, eu sempre digo que se dieta fosse fácil, não haveria tantas pessoas doentes. Qual é o segredo da dieta? Aí que entra o grande segredo, que é a fórmula matemática para mostrar que tanto para se ganhar peso, quanto para se perder peso, não existem milagres. É necessária uma equação de balanço calórico. Caso o balanço calórico seja positivo há ganho de peso, ou seja, o indivíduo de ingerir mais calorias do que gasta ou gastar menos calorias do que ingere. Caso o balanço calórico seja negativo há perda de peso, ou seja, o indivíduo deve ingerir menos calorias do que gasta ou gastar mais calorias do que ingere. Bem, não vou me aprofundar muito nisso, pois, o assunto é bem extenso, e o objetivo do texto é falar da dieta flexível. Mike Mentzer criou a dieta flexível nos anos 80 O grande criador da dieta flexível foi o atleta Mike Mentzer, nos anos 80. Ele não usava o nome de dieta flexível, porém, usou a seguinte frase: “ Você pode se tornar altamente definido comendo nada além de sorvetes, desde que sua ingestão diária de calorias totais sejam inferior à necessidade de manutenção de calorias, então, você precisará recorrer à gordura corporal para obter energia" ( Mike Mentzer). Foi como já coloquei anteriormente: a perda de gordura se dá a partir do déficit calórico, independentemente do tipo de alimento que você ingere, ao final das contas, a perda tende a ser a mesma. Posso comer um monte de porcaria? Aí você pode estar pensando assim: "farei uma dieta baseada em doces, pizzas, lanches, fast foods e outras guloseimas". Certo? Não, está errado. Essa dieta geraria uma falta de macronutrientes e a alta densidade desses alimentos (ricos em gordura e açúcar) dificultaria a sua saciedade. Não vá pensando que a dieta flexível dá liberdade para ingestão de pizzas, doces, fast foods, bolos, e etc. em todas as refeições. Não é bem assim. A flexibilidade, em qualquer tipo de dieta, deve ser aplicada com consciência, com planejamento, com equilíbrio. O que é a dieta flexível? A dieta flexível consiste em não tornar a sua dieta monótona. Há liberdade na escolha dos alimentos, mas existe um controle para que sejam batidos os macros (fontes de onde vêm as calorias) no final de um dia ou de uma semana. Contando o macronutrientes Macros é a abreviação de macronutrientes. São eles: Proteínas; Carboidratos; Gorduras. Seu organismo deve ter uma quantidade balanceada de macros, por isso que você não deve usar apenas alimentos processados em todas as refeições. Sabemos que o organismo entende da mesma forma quando você consome 300 calorias de um filé de frango com arroz como essas mesmas 300 calorias de uma fatia de bolo. Para o organismo, caloria é caloria. A diferença está no balanço de macros entre uma e outra fonte de calorias, e, também, na saciedade. Coma o que gosta com moderação Resumindo, na dieta flexível você pode ingerir o que você gosta, porém, com moderação. Vou te dar um exemplo daquilo que sempre adotei na minha dieta e apliquei na dieta de alguns atletas que preparei nos últimos campeonatos. Normalmente usava a teoria diária de 90-10 (noventa-dez), que seria 90% (noventa por cento) da dieta com nutrientes mais balanceados e 10% (dez por cento) de comidas mais prazerosas, tipo pizzas, lanches, bolos, sorvetes, e assim por diante. Essa flexibilidade pode ser computada diariamente ou semanalmente. Cada pessoa é diferente. Não dá para montar uma dieta flexível que seja realmente flexível para todos. Cada um gosta de um determinado tipo de alimento mais prazeroso e cada um tem um objetivo diferente para o cálculo de déficit ou superávit calórico por meio dos macronutrientes. Eu recomendo que você procure alguém especializado (nutricionista) para montar sua dieta, pois, existem vários fatores que devem ser levados em conta. Minha experiência com a dieta flexível Para finalizar, vou contar como passei a adotar a dieta flexível. Eu sou bodybuilder competitivo desde 2007. Já fiz dietas bem restritivas, baseada em arroz, batata doce, frangos, peixes e carnes vermelhas, para não errar. Não vou dizer que elas não tenham dado certo, porém, ficava muito estressado. Depois que descia do palco, comia como se não houvesse amanhã. Era normal ter rebote e estragar todo o shape em uma semana. Assistindo a uma palestra de um coach de bodybuilders famoso, gravei quando ele disse que flexibilizava o que os atletas dele ingeriam, e eram todos grandes atletas, indivíduos de nível profissional. Alguns comem hambúrgueres com batata frita, outros comiam bolo de cenoura, doce de leite, farinha láctea, barras de chocolate, e outros alimentos que normalmente são demonizados nas dietas por fazerem mal à saúde e ao shape. Ele citou Mike Mentzer como atleta fisiculturista do Mister Olympia que adotada a dieta flexível. Não acreditei. Fui pesquisar e vi que realmente esse ídolo do fisiculturismo adotava esse princípio (hoje muito divulgado pelo atleta Caio Bottura e por Gabriel Arones). Fiquei pasmo ao saber que ele ganhou um campeonato Mr. Olympia na sua categoria (perdendo apenas o overall), com um shape denso e seco, comendo nada menos que panquecas e sorvetes. Conhecendo a experiência de Mike Mentzer, comecei a testar a dieta flexível na minha rotina e em seguida na rotina alimentar de alguns de meus atletas com sucesso. Caso você queira saber mais sobre essa estratégia excelente para dieta, pesquise mais sobre ela e veja o que se encaixa no seu perfil. Cada indivíduo é diferente. O que dá certo para alguns, não dá certo para outros. Essa é uma dieta que deve ser controlada. Há planejamento de horários e dias para se inserir os alimentos de sua preferência (aqueles proibidos que dão prazer). Procure alguém especializado (nutricionista ou coach) e seja bem-vindo ao grupo que faz dieta com bem menos sacrifícios e muito mais prazer.
  2. ABDOMINAIS...AS 10 MENTIRAS ! Mito 1: "Os abs são um grupo de massas de músculo nodosas. " De fato, o que é geralmente conhecido como o abs é um músculo, o rectus abdominis. Vem do fundo da cavidade costelas até a pélvis. A razão de se parecer com um "pacote de seis" músculos são aqueles tendões verticais e horizontais que criam seções. Os tendões são as linhas divisórias que você vê — bem, talvez você não as veja ainda, contudo, logo as verá! Mito 2: "Você precisa fazer centenas de reps para adquirir grandes abs." Errado! O rectus abdominis é um músculo como os bíceps, peitorais, deltóides e assim por diante. Para ter um abs definido, firme, você tem que construi-lo. Sim, eu disse construir, mas não se apavore. Você não terá uma pança saliente feita de músculos porque o rectus abdominis é relativamente plano, e está sustentado firmemente pelos tendões acima mencionados. Não obstante, para ter esses tendões sulcados a fundo com uma delineação inconfundível, você tem que construir os músculos do abdomen que crescem sobre esses tendões. E como você constrói um músculo? Com resistência progressiva — adicionando pesos aos seus exercícios abdominais sempre que possível — e fazendo entre 8 e 20 reps por série. Mito 3: "Para melhores resultados treine seu abs diariamente." Não mesmo!. Novamente, o rectus abdominis é um músculo como o peitoral, dorsais e assim por diante. Se você treinar seu abs intensamente com uma boa gama de movimentos, eles precisarão de descanso para se recuperar e regenerar. Nunca treine seus abs mais de três dias consecutivos na semana — e dois pode ser ainda melhor se a intensidade for alta. Mito 4: "O "crunch" (N.T. abdominais tradicionais) é o melhor exercício abdominal." Isso é o mesmo que dizer que extensão de pernas é o melhor exercício para quadríceps. Certamente, isola o músculo alvo, mas a maioria dos culturistas sabem que exercícios isoladores não são os melhores para ganho muscular. É o caso dos agachamentos e "leg press" para as coxas. Com o abs, estudos recentes de EMG (N.T. eletromielografia) mostraram que até mesmo o exercício de bicicleta, pedalando as pernas no ar, provê mais resposta elétrica, ou ativação de fibra, no rectus abdominis que o "crunch" plano. Por que? Os músculos são projetados para funcionar melhor em conjunto com outros músculos, o que, com o abs significa em conjunto com os flexores do quadril. Outros exercícios que possibilitam trabalho muscular conjunto são kneeups suspenso (N.T. Flexora em pé), kneeups inclinados e situps inclinados (N.T. Abdominal em prancha declinada). Claro que, se você fizer esses exercícios com impulso, jogando seu torso ou pernas pelo ar em todas as reps, então eles se tornam inferiores aos "crunches" tradicionais. Você tem que possuir completo controle completo para obter os melhores efeitos no abdomen. Mito 5: "O "crunch" padrão é um exercício completo para o rectus abdominis." Se você está fazendo crunches no chão ou em um banco plano, você está treinando só os dois-terços superiores do abs que são responsáveis pelo movimento. Para treinar o outro um-terço, tem que arquear suas costas em 30 graus do centro para colocar seu rectus abdominis em sua posição de extensão. Seu torso superior não pode rebaixar até o chão, assim você tem que fazer o exercício com um pequeno apoio atrás que permita arquear seu torso superior para trás. Isso é a premissa do Banco de Abdominal, ter um bloco arredondou atrás. O cabo puxa sua parte de trás para cima do bloco, assim sua parte de trás será ligeiramente curvada e seu rectus abdominis ficará esticado. De lá você pode puxar um crunch e poderá ter uma contração total de abdomen. Quase todo o mundo que tenta um crunch em um Banco de Ab não acredita como é diferente do exercício do crunch padrão. Tudo se resume na extensão. Bem como, o Banco de Ab torna muito mais fácil e confortável a adição de peso para fazer mais pesado. Lembre-se, você busca resistência progressiva para construir músculos. Se você não tiver um Banco de Ab, você pode simular o exercício com crunches no cabo feito com apoio baixo na parte de trás. Tenha um parceiro posicionado ou a mão dele na parte inferior de suas costas assim você pode arquear as costas para trás e uma extensão em todas as reps, ou faça seu crunch no cabo sentando em um banco de supino com apoio na parte de trás como suporte. Mito 6: "Elevação de pernas feito na ponta de um banco é um dos melhores exercícios de ab." Da anterior discussão sobre trabalho muscular em conjunto, poderia pensar você que elevações de perna possibilitariam trabalho muscular conjunto e bastante estímulo ao rectus abdominis, mas eles tendem a trabalhar só os flexores de quadril, e o rectus abdominis agindo como um estabilizador em uma contração estática. Em outras palavras, de qualquer movimento dinâmico de seu abs, você não ganha muito, somente seus flexores de quadril. Não é o mesmo para o inclinado e elevações suspensas? Pode ser se você não os fizer corretamente. Você tem que rolar seus quadris para cima de seu torso a cada rep — puxe seus joelhos de encontro a seu tórax. Se você não fizer esse rolamento de quadril, você não está treinando efetivamente seu abs, só seus flexores de quadril. A maioria dos iniciantes, a princípio não conseguem rolar os quadris quando na posição suspensa, assim comece com a versão inclinada. Com sua cabeça no final da prancha inclinada e suas pernas ligeiramente curvadas, levante seus joelhos em direção a seu tórax e role seus quadris para fora do banco. Dê uma pausa, então abaixe suas pernas extendendo-as. Você terá que agarrar o topo do banco para se estabilizar. Para a versão suspensa, você os executa o mesmo modo, enquanto aproxima seus joelhos de seu tórax, você rola seus quadris. Você não adquire o importante rolamento de quadril em exercícios de levantamento de perna — que são executados no banco ou no chão — os quais tornam os exercícios de ab ineficientes. Lembrese de rolar os quadris. Mito 7: "Tudo que importa são os situps — ou outro exercício composto para seção medial - para construir grandes abs." Enquanto você pode desenvolver bons abs fazendo um só exercício combinado como situps, que trabalham junto aos flexores de quadril, isto não é o meio mais eficiente para uma seção medial perfeita. A maioria dos iniciantes desenvolverão mais rapidamente trabalhando o rectus abdominis em três posições distintas a cada treinamento com a máxima eficiência de esforço: 1) começe com um exercício de trabalho muscular conjunto, como situps ou kneeups (role seus quadris!). 2) prossiga com um exercício que provê alongamento do rectus abdominis para aumentar o recrutamento de fibras e faixa de treino de movimento. 3) isole o rectus abdominis e force-o a trabalhar em sua posição completamente contraída. Uma rotina que assimila todas essas exigências consiste em situps ou kneeups suspenso (midrange), crunches no cabo cabo com apoio traseiro baixo ou crunches com dois segundos de parada na posição superior (contraído). Veja “Dois Ataques Eficientes para Ab” na página 64 das rotinas. Nota: O crunche tradicional no banco trabalham os Ab nas duas últimas posições — alongado e contraído. Isso significa que você só precisa de um exercício combinado como kneeups suspensos e crunches no banco para um programa completo. Agora, isso é explosão abdominal eficiente! Mito 8: "Treinando abs constantemente com um programa completo, eventualmente lhe trará o "pacote de seis" que deseja." Não se você tem uma camada de gordura cobrindo sua seção medial. Assim esqueça os "pacotes de seis" se você quiser ter um "pacote de seis". Caso sua gordura corporal estiver acima de 12 por cento, seu abs ficarão escondidos não importa como desenvolveu os músculos abdominais. Você tem que fazer uma dieta de baixa gordura para ver seus abs desenvolvidos. Mito 9: "Abdominais laterais ajudarão na estética abdominal." Abdominais laterais pesados, executadas com um halter na mão, construirão os músculos oblíquos laterais de sua cintura, mas nada que fará sua cintura parecer mais larga e dê a ilusão de ombros estreitos. Eek! Não isso que um culturista deseja. Claro que, se você busca força abdominal funcional para um esporte e não se preocupa como olham para seu físico, adicione peso a todos os abdominais laterais de sua rotina. Você ganhará mais força em sua rotação de tronco, coisa que somente um atacante de futebol americano precisa. Também, não pense que abdominais laterais leves ou torções de ombro laterais com um cabo de vassoura queimarão esses amados "pneus". Mito 10: "Treinar abs com mais séries e reps queimarão a gordura e revelarão um "pacote de seis" perfeito." Desculpe, redução localizada só acontece em contos de fada — se deseja que isso de verdade não faça assim. Você não queima a gordura em seu estômago fazendo muitas reps em exercícios abdominais, periodize! Para a maioria dos iniciantes pesados, eles têm dietas restritas e/ou fazem que trabalhos cardio para queimar gordura por todo o corpo. 100 situps não contam como um cardio "queimador" de calorias? Não mesmo. Essas 100 reps queimam menos calorias do que contém uma maçã pequena. Uma estratégia melhor é gradualmente baixar suas calorias — corte 100 a 200 de sua ingestão diária a cada três semanas — e/ou acrescente alguma atividade aeróbia a seus treinamentos. Essa é a forma de eventualmente perder sua gorda seção medial. Quando você estiver com sua porcentagem de gordura corporal abaixo de 10 por cento, você verá seu abs. Se você quer ver seu abs que enquanto estiver relaxado, você terá que chegar em um porcentual de gordura corporal abaixo seis por cento. Para a maioria significará consumir menos calorias ou até mesmo corta-las por duas a três semanas até que calorias diárias fiquem na faixa de 2,000. Se seu nível de bodyfat ainda é inaceitável mesmo que tenha baixado para um nível mínimo de calorias, você terá que acrescentar mais atividade cardio e/ou suplementos termogênicos para elevar seu metabolismo e eliminar esse último pedaço de gordura. O pior em se ter um porcentual de gordura baixo, é continuar magro. Mas não desista. Com persistência, a rotina de treinamento certa e uma métodica redução de calorias, o abmômem perfeito pode ser seu — daí em diante com outros além de você para admirá-lo. TRINCAR SEU ABDÔMEN EM 7 PASSOS 1º Passo: “ALIMENTAÇÃO” Se não estiver adequada, esqueça os resultados !!! Elimine de seu cardápio diário as Gorduras, Frituras, Doces, Açucares e Refrigerantes (todos). Deixe somente p/ Dia do Lixo e olha lá, mesmo assim, sem exageros. Faça uma re-educação alimentar a partir de já, se quer ter seu Famoso Tanquinho ou pare por aqui mesmo sua leitura neste tópico. 2º Passo: “CARGA” Faça exercícios abdominais, c/ carga (Anilha ou Haltéres). Comece c/ Cargas mais baixas e vá subindo gradativamente, conforme sua Lombar aguentar. Se não colocar “carga” em seu abdômen, não conquistará seu Famoso Tanquinho. Não é fazendo 1 zilhão de abdominal por dia, que chegará a ter algum resultado, pelo contrario, pode estar prejudicando o desenvolvimento de seu abdômen. Muitas repetições, significará q vc, terá um abdômen firme e resistente, onde irá aguentar muita pancada, mas nada de definição nos músculos. 3º Passo: “POUCAS REPETIÇÔES E SÉRIES” Quer realmente definir ??? Então siga este exemplo: De 3 a 4 séries no MÁXIMO. De 10 a 15 repetições no MÁXIMO. 4º Passo: “TRABALHE OS 03 MÚSCULOS ABDOMINAIS” Nós temos 3 tipos de músculos no abdômen, q são: Superiores, Inferiores e Laterais. Vc não vai querer ficar só com uma parte do abdômen definido neh ??? 5º Passo: “ENFASE NA DESCIDA” Faça bem lentamente o exercício, PRINCIPALMENTE, na descida !!! Na descida, que se trabalham os músculos pra q se hipertrofiem (cresçam). Então não adianta fazer o abdominal com movimentos rápidos. Por isso, coloque exatamente a Carga que vc irá agüentar pra fazer de 10 a 15 repetições. PS: O Tempo da Descida, é o Dobro do Tempo da Subida !!! 6º Passo: “FORTALECIMENTO DA LOMBAR” No começo, pode acontecer de sentir dores nas costas, mas isso é normal, pois vc não está acostumado(a) a fazer abdominal com Carga. Por isso, faça pelo menos 02 exercícios pra fortalecimento da Lombar. Ex. de exercícios: Stiff (concentre na Lombar e não nas pernas) Levantamento Dorsal ( Akele Deitado que vc põe a Carga (Halteres) na nuca e eleva o tronco pra cima) Faça ao menos 3x10, bem concentrados, mas cuidado pra não forçar/machucar a Lombar !!! 7º Passo: “AERÓBICO” Corra de 15 a 20 minutos e depois Caminhe por 30 minutos, pra que vc consiga manter seus Batimentos Cardíacos numa média entre 60 e 70% (isso depois do abdominal, se possível). Pra controle dos Batimentos, use o da Esteira da Academia ou compre um Monitor Cardíaco. Lembrando que, não é somente os aeróbicos, q vão fazer essa gordura da frente da barriga sumirem por definitivo, logicamente q é primordial, mas acredite se quiser, o aeróbico, é apenas 30%, de seu resultado nessa região, pois a alimentação, se encarrega dos outros 70%. EM RESUMO: Alimentação + Exercícios Corretos + Aeróbicos + Força de Vontade e Determinação; São as Chaves pra se conseguir o sucesso nessa região.
  3. Saudações amigos e amigas. Criei este tópico após ler vários relatos de mulheres que apresentaram diversos efeitos colaterais com o uso de "Oxandrolona" adquirida no mercado negro. O alerta que tenho para dar é sobre a legitimidade da maioria das oxandrolonas deste mercado: a esmagadora maioria não é Oxandrolona. Este derivado é extremamente caro de se distribuir, levando os traficantes a utilizarem outras drogas em seu lugar, como por exemplo o Dianabol, que é imensamente mais barato. O problema é que o Dianabol não é uma droga desejada pela maioria das mulheres, devido ao seu caráter também virilizante, sendo utilizada mais em preparações de construção para homens. A oxandrolona verdadeira cumpre o que "promete". Ganhos pequenos, porém "secos", ótimo estimulante da lipólise, aumento de força muscular. Tudo isso com colaterais extremamente tranquilos. Tomem muito cuidado com drogas do mercado negro. Você não tem garantia alguma de que está levando exatamente pelo que está pagando. Às vezes vale mais a pena pagar uma consulta médica com um profissional que realmente entende o que está fazendo e comprar um produto manipulado em fármacia honesta, do que se aventurar pelos laboratórios undergrounds. Um abraço do doc!
  4. Ola gente, sou iniciante no uso de anabolizantes,estou fazendo um ciclo de stanozolol em comprimidos, tomando três por dia (06h em 06h) + Xantinonb12 (1 por dia) tem três semanas hoje.Minha duvida é quando começa a fazer efeito?? Porque a unica coisa que esta acontecendo é que estou suando mais. De resto não sinto nada. Meu Objetivo é secar com definição.Estou na dieta balançeada. Vou sentir diferença no peso ou em medidas? Com quanto tempo mais ou menos começa a mudar o corpo? Sei que varia de metabolismo, mas só pra eu ter uma referencia...
  5. Eu não sou entendedora desses assuntos de musculação e anabolizantes, por isso preciso de opiniões e ajuda. Eu tenho 30 anos, 1,57, 51,9kg e estou com 23% de gordura corporal (maioria localizada na parte abdominal//flancos/culote). Meu treino não é super pesado e minha alimentação é low carb (média de 70g por dia). O meu objetivo é secar um pouco, nada de muito absurdo, nada de ficar trincada e essas coisas. Acabei comprando oxandrolona, após algumas pesquisas. Vocês podem me dar a opinião de vocês sobre o uso dela?
  6. AnaLiza

    Ox 15mg

    Bom...tenho 1,63, 64 kg e BF por volta dos 26%, treino musculação todos os dias a 4, 5 anos. Tenho memória muscular boa, mas de 2 anos pra cá subi dos 58 a 64 em um momento ruim da minha vida através de várias compulsões. No geral me alimento super bem, o mínimo possível de industrializados, muitos ovos, carne, salada e vegetais. Desde então estou na maior luta para secar, é como se sempre estivesse em "dieta" e nunca sair do lugar...sempre o maximo q noto é um "desinchasso", definição um pouco melhor, mas nunca diminuindo o volume, como a gordura localizada no quadril, braços, costas...tenho uma boa musculatura, mas a camada de gordura por cima está tampando sabe? Me alimento low carb/paleo a 2 anos, mas com muitos furos, a 5 meses peguei firme, cortei até os queijos amarelos permitidos, limpei a dieta, fui a nutricionista lchf, ela mesmo nem sabia como mexer muito na minha alimentação por estar comendo tão bem...sempre gostei de fazer Jejum intermitente, de 16 a 18h. 1x na semana de 24h. Treino em jejum. Aí chegou um momento que quis procurar um endocrinologista, exames perfeitos, testosterona lá em cima(sem suplementação, acredito q por conta do jejum: GH nas alturas) vitamina D excelente, colesterol lindo, não uso mais anticoncepcional...mas BF lá em cima, e não feliz com meu corpo. Ele me deu duas opções: dieta HCG, a qual eu não quis de jeito nenhum, quem está na paleo comendo nas janelas de 6 horas sabe como é libertador...OU o uso da oxandrolona. Fiquei com medo, nunca tomei nada, sempre priorizei saúde. Depois de vai e vem, acabei cedendo e decidi fazer um ciclo de oxandrolona, estou na 2 semana. Minha nutricionista disse q se começasse os primeiros dias já tomando 15mg, eu poderia ter uma retenção de líquido e não gostar desse volume; então optamos nos 3 primeiros dias tomar só 5mg, 2 semanas de 10mg, e depois passar para os 15(8-8-8). Estou indo para a segunda semana, notei uma força maior nos treinos, oxigenação... e então com certa aflição, comecei fazer pesquisas aqui, e tudo que encontrava era que oxandrolona não emagrece( de fato) e sim ainda poderia me aumentar, oq não quero no momento, então agora estou cheia de dúvidas, aflita, não sei se continuo com este ciclo ou não...dor no bolso pq td que gastei desde médico exames e manipulados não foi barato. Com o medo de ganhar, estou treinando Crossfit pela manhã, colocando pra derreter mesmo, e 2x na semana treino membros inferiores com personal na musculação. Iniciei o Cross a 2 semanas, e musculacao já fazia com o personal a 1 ano, sempre com batimento de 160 a 180. Ou seja, bem intenso. Sempre variando. Tenho dificuldade para emagrecer, o peso não sai do lugar. Um dia mais seca outro dia mais inchados...e assim vai. Estou tomando +- 3 L de água por dia, vou iniciar nessa segunda feira um pacote massagem (drenagem) pra ver consigo o maximo afastar esse inchaço. Estou fazendo jejum de 16 a 18h, me alimentando 3 refeições nessa janela de 6/8 horas. 3 ovos salada a vontade / 120g frango salada a vontade, 100g abacate. / 100g frango 2 ovos salada a vontade 50g abacate whey não tomo todos os dias, só nos dias q treino perna. @FitCoupleHim @Viinesilva @AnneB acho q vcs me darão um bom norte respondendo sua segunda pergunta @FitCoupleHimquanto aos manipulados, junto a ox, manipulamos diuréticos(chá branco, coleous, etc), ômega 3, cromo, vit A.. estou para ligar para meu endocrino e agendar um retorno para conversar com ele, mas sei que ele irá me aconselhar a continuar, até pq na primeira consulta eu coloquei em mesa todos meus objetivos, o qual é secar e não aumentar, e ele me deixou tranquila que eu iria secar. Mas depois de todos relatos que li aqui estou com medo. Sera que tomar a ox, comendo baixo carbo vai ser viável? Ela vai ajudar nesse cutting? Vale a pena sofrer todos contras(acne, cabelo, retenção)...é claro que não quero parar, estava muito empolgada com esse" UP", e até mesmo pq estou com todo o tratamento aqui, muiiitas caixinhas de remédio, parar seria jogar dinheiro no lixo então fica aí meu grito de socorro a vcs rsrs, continuo? ligo pro meu médico e paro?
  7. olá pessoal tenho 23 anos 1,73alt e peso 62kg meu bf está em 22%, irei iniciar um ciclo de oxandrolona com o objetivo de secar. a ideia é 10mg a cada 12 hras, somando 20mg diarias. a minha dieta é baixa em carbo como mais proteinas e gorduras, e suplementação uso apenas whey e creatina e uso 5-htp manipulado. gostaria de algumas dicas sobre o ciclo.
  8. Paola Oliveira

    Somatropina

    Olá, acabei de me inscrever e gostaria de relatos e ou conselhos a cerca do uso da somatropina (GH),estou pensando em usar,porém não tenho muito conhecimento dos resultados.Fui ao endocrinologista e fiz uma bateria de exames e ele me receitou 4Ui/dia...que não é barato por sinal.Mas quero tentar e conto com suas opiniões!
  9. E aee,marombada?!Então,pretendo dividir a minha experiencia com o Oxyelite no decorrer do mês.Acho q assim terei um incentivo para continuar.Se tiverem dicas ou sugestões que deram certo,pfvr sintam-se a vontade para compartilhar. Vamos lá: Tenho 15 anos,1,60 de altura.Sim sou nova.Com 60K antes do oxyelite.Decidi fzr o uso de termogênico pois com ansiedade e stress não estava conseguindo seguir uma dieta regrada e assim nada de perder peso,só ganhando.Estudo o dia todo e estava me faltando energia e disposição para malhar.Agora entrei de ferias e vou poder me dedicar mais.Pesquisei e pah,quis encarar! Meta:Perder 10k durante o uso do suplemento(chegar 50 k),aproximadamente 45 dias,ou menos caso atinja meu objetivo antes do esperado. Ter disposiçao para fzr um bom treino continuo. Primeiros 3 dias. Comecei a postar agr,no terceiro dia do oxyelite,ou seja,estou tomando apenas 1 caps. em jejum.Já sinto uma grande diferença no organismo.Nada de fome,muito menos de apetite.Estou super disposta,me surpreendi.Meu treino foi muito bom em relação ao meu próprio antes. Hoje foi dia só de aeróbica e abdominal. ->30min de transport em ritmo rápido e constante. ->Abdominais(reverso;tradicional no chão;no cavalinho): 4 series de 20 repetições. ->30min bicicleta. Não me senti cansada,só finalizei o treino porque minha perna estava pesada,o músculo doendo,fatigado.E bom,tudo tem limite neh.Mas estava com muita energia até o fim do treino(até o resto do dia na vdd).Minha respiração estava tranquila,não muito ofegante,não senti falta de ar nem nada.Senti muita sede,bebi água consideravelmente e senti calor,alem do normal em atividades fisicas,transpirei bastante. Nesses três dias fiquei muito elétrica depois de malhar e depois acessa o tempo todo.Tive um pouco d insonia,nd extremo.Acordei cedo. Alimentação não tah muito regrada,estou comendo bem pouco,por total falta d vontade,então eh só fzr oq td mundo já sb,evitar ao máximo carboidratos,açucares e frituras. Ontem me pesei(dois dias de oxy)e estava com 59,3kg.Espero ter bons resultados ate o fim. Vlw glr,bj.
  10. Fala ai galera, to fazendo um treino ABC novo, pra hipertofia , mas to com um problemão, to com muito fat no abdomen, não tem geito dessa gordura sai daqui, faço abdominal porem não faço aerobio, isso porque não quero perde massa muscular. Como posso resolver isso? To disposto a toma alguma coisa, mais por favor nada injetavel nem muito forte. Tomo Massa, Whey e Malto, isso pra cresce, ta funcionando mas o fat do abdomen tah crescendo mas o geral ta o mesmo Não sei o que fazer Desde já obrigadoo
  11. O uso de anabolizantes esteroides e comum O mundo da utilização de ergogênicos voltados para o aumento do rendimento esportivo, especialmente no fisiculturismo, é repleto de mitos e mistérios. Hoje é de conhecimento público que (a época da ingenuidade já acabou) estas substâncias são largamente utilizadas como meio de melhora da performance pelos atletas profissionais – prática essa que logo se espalhou pelos praticantes amadores e recreacionais. Podemos afirmar com propriedade que este tipo de utilização é lugar-comum na maioria dos esportes, porém muito mais flagrante e evidente nas modalidades onde ocorrem mudanças na composição corporal, como é o caso do nosso Bodybuilding, atletismo e da natação – desculpem, foi inevitável não lembrar da Gusmão (Rebeca) – que, inclusive agora treina powerlifting. Nada mais justo! Mitos no uso de esteroides anabolizantes De um modo geral, o uso destes recursos reserva conhecimentos apurados em bioquímica, metabolismo e bioenergética – muitas vezes inacessíveis para a maioria da população. Empirismo e método de “tentativa e erro” tem sido empregados pelos que se aventuram nesse campo sem a devida bagagem teórica. Em face desta situação, vários tipos de visões equivocadas costumam surgir. Mitos são criados, falsas idéias e conceitos errôneos aparecem. Esteroides para ganhar massa muscular e esteroides para definição? Em relação ao uso de anabolizantes esteroides, há uma série destas lendas. Uma delas é a de que existem drogas que são próprias para definição e outras específicas para volume muscular. Você, a esta altura, deve estar pensando: “Mas isso realmente acontece! Ou não?” A resposta é: SIM, isto de fato ocorre, porém o erro reside em dizer que exista um esteroide anabólico exclusivamente formulado para “definir”, enquanto outro foi criado apenas para incrementar a musculatura. Na verdade, as coisas não funcionam assim e é sobre isto que discutiremos a seguir. Há algumas semanas atrás, recebi uma mensagem de e-mail no qual um leitor de meu blog, cheio de dúvidas a respeito de sua preparação, me perguntou se poderia chegar a um bom nível de definição muscular sem o uso do AAE Winstrol (Estanozolol). Muito provavelmente, a dúvida deste leitor representa um dos maiores mitos em relação ao estanozolol. Este fármaco, notoriamente, tem uma excelente reputação neste quesito, porém há certa confusão em relação aos seus efeitos no que diz respeito à mudança da composição corporal. Muitas pessoas atribuem um físico bem definido e com baixo percentual de gordura ao uso desta substância – “quantas ampolas de Winstrol você tomou para ficar rasgado assim?” – e esta idéia tem sido bastante disseminada pela grande maioria dos usuários deste tipo de recurso. Por um lado, é uma meia-verdade, já que o estanozolol realmente produz efeitos muito interessantes em relação à definição, porém isto não quer dizer que ela seja necessariamente produto de sua utilização. Todos os esteroides tem a finalidade de aumentar a síntese protéica Na realidade, os anabólicos esteroides, de um modo geral, não visam proporcionar máxima definição! TODOS, SEM EXCEÇÃO, foram desenvolvidos para favorecer o anabolismo através do aumento da síntese protéica. Alguns tipos, como a oximetolona, foram desenvolvidos não somente com este propósito, mas também aumentar a produção de hemácias nos quadros de anemia, por exemplo. Seu uso terapêutico se destina a vários estados de convalescença, como os observados nos traumas pós-operatórios, nos tratamentos de AIDS, leucemia, caquexias, queimaduras graves e extensas, hipogonadismos, castrações etc. Paralelamente, estas drogas influem também no metabolismo das gorduras, facilitando a lipólise (queima), especialmente pela diminuição da secreção insulínica, aumento da receptividade dos tecidos à glicose e diminuição da expressão de uma enzima denominada Lipoproteína Lipase (LLP). Diferença entre os esteroides: maior ou menor aromatização (retenção hídrica e acúmulo de gordura corporal) A grande diferença entre esses compostos é que alguns (todos são derivados do hormônio testosterona) tem uma probabilidade menor de conversão em ESTROGÊNIO. Portanto, os mais androgênicos (ésteres de testosterona, metandrostenolona, metandriol etc.) são mais passivos de causar retenção hídrica e aumento de gordura de padrão ginóide, enquanto com outros (conhecidos como anabólicos) não acontece o mesmo. Por quê? Ora, eles convertem mais facilmente em estrogênio – hormônio feminino – e este é que causa aumento de água e gordura subcutâneas, prejudicando a definição. Existem diversas enzimas que mediam outros tipos de conversão, porém algumas reações são mais fáceis de acontecer, enquanto outras são mais difíceis e outras até irreversíveis. Por exemplo, a conversão que leva testosterona até a formação de 5α ou 5β DHT (metabólito responsável por vários efeitos colaterais adversos), pode levar à formação de 5α ou 5β androstanadiol, que por sua vez, pode formar androsterona ou etiocolanona (duas substâncias muito utilizadas em fórmulas de pró-hormonais). Este é uma via enzimática de mão única, ou seja, irreversível. Como a testosterona pode formar DHT ou estradiol (também uma via irreversível), estas reações não se desfazem. É por essa razão que o estanozolol dificilmente levará a conversão em estradiol, pois é derivado do DHT e não apresenta possibilidade de retornar à sua forma original - a testosterona, esta sim, passiva formar estradiol. Estrógenos causam aumento de gordura corporal Testosterona em si não causa aumento de gordura corporal e retenção hídrica (pelo menos, não diretamente), quem provoca isso são os estrógenos produzidos pelo excesso deste hormônio. Por esta razão é que culturistas utilizam inibidores e bloqueadores de aromatase (enzima responsável pela conversão de testosterona em estradiol). Graças a essa confusão, muitos praticantes acham que o estanozolol e outros fármacos semelhantes (drostanolona, metenolona, boldenona, trembolona etc.) irão definir seu físico facilmente. Imaginemos um gordinho que utilize uma destas substâncias e continue com a ingestão calórica alta, comendo à vontade... Certamente se tornará um gordinho com um pouco a mais de músculos, porém ainda gordinho. Então, por qual razão é consenso utilizar este tipo de anabólicos em fase de definição muscular? A resposta é muito simples, inclusive é uma repetição do que já mencionamos acima. Estas drogas tendem a reter menos líquido e são propícias para esta fase. Mas lembre-se, isso não é regra geral. Existem alguns culturistas que utilizam drogas altamente androgênicas mesmo em períodos de preparação. A diferença é que ter de se lançar mão de mais recursos a fim de evitar retenção hídrica do que em uso de drogas menos androgênicas. Ambiente calórico Outro ponto importante é o AMBIENTE CALÓRICO em o atleta se encontra. Costumo dizer, nas rodas de conversa com os colegas, que é preferível utilizar substâncias anabólicas em situações de restrição calórica severa, como as que ocorrem em dietas pré-competição. Ocorre que, neste caso, há uma tendência em utilizar músculos como fonte energética – a temida neoglicogênese – e por esta razão o catabolismo é iminente. Neste contexto, o anabólico entra com a função de preservar (e na melhor das hipóteses, até aumentar) a massa magra obtida a tão duras penas. Não é por acaso que muitos estudiosos atribuem os ganhos proporcionados pelos AAEs muito mais pela sua capacidade anti-catabólica do que propriamente anabólica. Para se chegar a níveis extremos de definição muscular – e ainda assim, preservar massa magra – é fundamental que exista todo um contexto voltado a este propósito: dieta e treinamento específicos, sob adequadas condições metabólicas. Drogas para perda de gordura Entretanto, uma vez que afirmamos que os AAEs não são estritamente responsáveis pela definição muscular, também é importante ressaltar que existem drogas que são, por outro lado, de uso específico para perda de gordura e aumento da definição. Estas drogas, como os AAEs, não foram criadas para este fim, mas proporcionam um real efeito de queima de gordura e (ou) diminuição do percentual hídrico. É o caso de substâncias como os β-agonistas, hormônios tiroidianos, anfetaminas, diuréticos etc. Evidentemente, esta é uma situação de risco-benefício, considerando os perigos quanto à sua utilização. De qualquer maneira, a recomendação é que não se faça uso de substâncias ilícitas não simplesmente pelo fato de serem proibidas pela legislação anti-doping. O principal motivo pelo qual é necessário extremo cuidado na manipulação e administração destes recursos consiste na preservação da saúde, já que seu uso é restrito aos portadores de patologias. Poucos estudos científicos Os estudos conduzidos com estas substâncias são empregados no campo terapêutico e sua administração obedece à conduta condizente de cada caso. A utilização para aumento do rendimento atlético ainda é obscura, embora saibamos que existem, ao redor do mundo, experts que dominam o assunto. Fora deste cenário, pode-se dizer que o conhecimento necessário para lidar com tais recursos é totalmente underground. Conclusão Embora o uso de AAEs e outras substâncias otimizadoras do desempenho seja arriscado para a saúde, não podemos tapar o sol com uma peneira e simplesmente fingir que tal prática não aconteça. Seria extremamente leviano de nossa parte. Tampouco devemos fazer apologia ao uso destes recursos. Todavia, ao nos omitirmos quanto a divulgação de informação séria e verdadeira, teremos alguma responsabilidade quanto aos absurdos que usualmente acontecem. Neste caso, informar é melhor que proibir.
  12. Alguns alimentos podem estar prejudicando o seu processo de emagrecimento. Existem grupos de alimentos que você deve definitivamente eliminar da sua rotina nutricional para que possa secar. São eles: açúcar refinado: não se trata de eliminar carboidratos da dieta (glicose, frutose, sacarose). Existem carboidratos saudáveis, que são os naturais, que não passaram por processo de industrialização ou "refinamento" ou processamento. O problema é o açúcar refinado ou branco (não existe na natureza), que ataca o fígado que prejudica a queima de gordura, além de facilitar o armazenamento de gordura no corpo. Ele gera picos de insulina e também vicia a sua produção, cujos níveis acabam ficando constantemente altos. E insulina alta desta forma faz engordar. glúten: está nos derivados do trigo, que foi modificado geneticamente e que contém aproximadamente 400x mais glúten do que o trigo de antigamente. O glúten é a proteína do trigo, e o corpo tem dificuldade para digeri-la. Acaba circulando no corpo como uma toxina que aumenta a fome. Anote-se que o pão integral não é mais saudável que o pão branco, na medida em que contém ainda mais glúten. Devem ser eliminados da dieta: pão, macarrão, bolacha, biscoito, bolo e qualquer alimento com trigo (glúten). Também gera pico de insulina. glutamato monossódico: é um produto químico que ressalta o sabor dos alimentos. Está presente em muitos alimentos industrializados, tais como biscoitos, salgadinhos, pizzas, bolos, shoyo (existe shoyo sem glutamato monossódico), temperos, etc. Esta substância também gera picos de insulina. refrigerante e suco de caixinha: contêm muito açúcar. Os refrigerantes também contém muito sódio para disfarçar o açúcar em excesso. Geram gigantes picos de insulina. margarina e óleo vegetal hidrogenado (óleo de girassol, óleo de canola, óleo de soja): o processo de industrialização ou "refinamento" retira a bioidentidade ou naturalidade com a adição de hidrogênio. São tóxicos. Não confundir a margarina, que é tóxica, com a manteiga, que é natural e boa para o organismo. A margarina está em diversos produtos industrializados (sorvete, biscoitos, bolachas, tortas, empadas, etc). Ao ser frito, esses óleos ou margarina se tornam ainda mais tóxicos (provocam infartos e AVCs). Eles engordam porque alteram o metabolismo das gorduras, que passam a impregnar o corpo. O fígado passa a produzir enzimas que promovem o armazenamento das gorduras. Para secar, abandone os alimentos industrializados e adote alimentos naturais. Fonte: MENELAU, Dr. Marco. 5 alimentos que você deve parar de comer, se quiser emagrecer. YouTube, 21 ago. 2018. Disponível em: <https://youtu.be/_LGxVN9j8IU>. Acesso em: 27 ago. 2018.
  13. Algumas pessoas são mais geneticamente propensas à obesidade do que outras. Um estudo do Centro do Sono da Escola de Medicina da Universidade de Washington mostrou que a duração do sono foi particularmente importante em pessoas com uma predisposição genética para o ganho de peso. Eles examinaram a obesidade e a duração do sono em gêmeos idênticos e não idênticos. Esta técnica permite que os cientistas possam separar os fatores ambientais e genéticos. As pessoas que dormiram por mais tempo tiveram os menores índices de massa corporal (IMC, proporção entre peso e altura). O sono inadequado aumentou o IMC de pessoas que eram geneticamente propensas a serem obesas. Nestas pessoas, dormir mais de 9h por noite reduziu o risco de obesidade aos níveis normais. O sono é essencial para a boa saúde e o controle de peso. Fontes: Sono, 35: 597-603, 2012 e Revista Muscular Development, janeiro/2013, pg. 76.
  14. Olá! Eu estou com uma dúvida aqui, se alguém puder me ajudar, fico imensamente grata! Sobre ciclo de bolde, qual a dosagem recomendada para mulheres, vi que seria entre 50mg a 100mg, no meu caso eu já fiz uso de 50mg/semana, à época meu ex marido aplicava intramuscular, hoje eu preciso aplicar subcultaneo, e gostaria de saber como calcular essa dose com a agulha de insulina de 0,5ml e quantas vezes por semana? Também gostaria de aumentar um pouco, pois estou regulando a dieta e o treino pra queimar um pouco mais a gordura e melhorar o tônus muscular! 70mg/semana seria recomendável ? E por quanto tempo? Desde já agradeço pela força ! Abçs!
  15. Ola pessoal, estou iniciando uma dieta para secar, da ultima vez que fiz foi a mais ou menos dois anos atras estava muito acima do peso e perdi em torno de 17 kg! Ja praticava musculação mas deixava muito a desejar! Nesse periodo de cerca de 6 meses perdi quase todo o gluteo e o volume de perna, fiquei com muita flacidez! No desespero para recuperar um pouco do volume fiz um "bulking" sujo e acabei ganhando muita gordura junto, porém apesar de estar controlando minha alimentação faz alguns meses , tenho muito medo de fazer o cutting! Qual seria a melhor estrategia para manter o pouco que consegui? Treinar pernas e gluteos todos os dias seria o ideal? para nao faltar estimulos e não perder massa? oque eu faço?😭
  16. Galera, tô afim de fazer um ciclo, que seja de GH ou algo que me ajuda a secar sem perder o pouco de massa que já ganhei. Eu sempre levei o treino a sério, treinei por um bom tempo, tava conseguindo resultados bacanas, apesar de sutis. Mas devido a problemas sérios na minha vida, perdi o rumo e com o tempo fui deixando a unica coisa que me fazia bem de lado.. Enfim, voltei faz alguns meses, mas estou gordo. Já montei um plano de treino até que bom, com os aeróbico incluso, ainda estou me adaptando com a parte aeróbica.. Quero agilizar, quero poder tirar essa carapaça de gordura de mim o mais rápido possível pra poder focar nos ganhos. E o problema é que nunca ciclei, queria saber como fazer um funcional, que não me acarretasse problemas futuros. Se puderem me ajudar a montar um ciclo foda e uma boa TPC também.. Eu ficaria agradecido de verdade. (consigo manter dieta, e treino pesado. Execução do plano não é um problema) (dinheiro para ciclo e TPC também não é problema). Esse tópico é mais para ter uma uma boa ideia inicial, penso em gh, oxandrolona. Mas tenho pouca noção sobre quantidades, rotina de aplicação e TPC. Valeu!
  17. Olá, Bom Dia/Tarde/Noite. Tenho catorze anos e, por conta da idade, não frequento academia (planejo começar aos 15), porém treino jiu-jitsu pelo menos uma vez ao dia, cinco dias na semana, embora na maioria das vezes treine duas vezes ao dia e sigo dieta passada por nutricionista, mesmo assim tenho uma certa dificuldade de perder gordura e, por conta de problemas com ansiedade, minha psiquiatra (não sou deficiente mental) não recomenda que eu ingira cafeína, ou seja, não posso tomar termogênicos, no entanto estava fuçando na internet e descobri o Clenbuterol. Gostaria de saber se haveria algum problema, principalmente atrapalhar meu crescimento, ou a minha produção de testosterona natural (se eu posso passar a brochar, agora ou mais tarde) ou me trazer problemas à longo prazo, se eu tomá-lo, preferencialmente em comprimido, ou até mesmo utilizar sua versão em gel (pulmonil) para auxiliar na minha perda de gordura.
  18. e ai rapaziada quero tirar uma duvida ai , tenho 1,93 e 108kg treino musculacao pesado 3 vezes na semana e kickboxing 2 vezes qual suplemento bom pra secar ? valeu
  19. Olaaaaa! tenho 22 anos, 1,58 de altura e peso 54 quilos! não me considero uma pessoa gorda, porém meu peso ideal considero 50 quilos! por conta de estudos fiquei por anos sem praticar atividade fisica, porém agora em janeiro criei vergonha na cara e voltei pra academia, estou na academia há quase dois meses, vou 5 vezes por semana, e alterno corrida( 5km em 40 minutos) com sppining, alguns dias até faço os dois e mais musculaçào( 3x12 )! porém anda não perdi peso na balança, creio que ganhei massa magra, mas minha barriga insiste em permanecer ali, de forma salie com esse treino vou demorar em torno de quanto tempo pra realmente secar e definir, tomar algum termogênico ajuda?
  20. Intão galera , nunca tomei EA...procurei saber um pouco e resolvi fazer o seguinte ciclo. o que eu quero é que vocês que são experientes possam me ajudar a ajustar esse Ciclo caso esteja algo errado nele! Info: Sexo: Masculino Idade: 19 anos altura: 1,77 cm BF: 23% Peso: 94kg Objetivo : Emagrecer. CICLO: Oxyelite 2 Caps/Dia, uma logo em jejum e outra 8 hrs depois da primeira ... Oxandrolona 3 caps de 20 mg/Dia de 8h em 8hs ... TPC: Eu estou em dúvida se uso Clomid ou Tamox DIETA : Começei com um ortomolecular ele ainda vai me passar uma dieta ainda ...mas enquanto ele não passa vo fexa a boca comer de 3 em 3 horas , logo que conseguir ela posto aqui. TREINO : Série A,B,C (Logo postarei não sei de cabeça ) + Aeróbico logo depois do treino 3x na semana 30min caminhada rápida . Intão o que acham ? Críticas,Sugestões ! Help mE !
  21. Olá Galeraaaa.... Souu novata por aqui, mas vi várias coisas que me interessaram!!! Primeiro, sou novata na arte de malhar também e de suplementação.... Comecei a malhar a um mês e a fazer uma dieta muitoo restritiva... E comecei a tomar oxyelite, mas po incrível que pareça... Tomando Oxy 30 min antes do almoço e 30 antes do treino, não tá fazendo muito efeito no quesito sono, durmo igual pedra e vivo caindo pelas tabelas... briga eterna com a cama!!! Então como tudo que pesquisei e todos diziam que o oxy tirava o sono e dava um gás a mais... isso não aconteceu com a senhora soneca aqui!!! Então, eis a duvida.... Um colega, disse pra eu tomar um pré treino (Jack 3D, 1MR ou C4), Só que sou grilada com essas coisas... demorei uma data pra começar a tomar o oxy.... Então gostaria de saber se algué já tomou oxy com um desses pré-treinos e o efeito que fez??? Obrigadaaa
  22. Alguem conhece alguem que só treinando tenha eliminado a barriga? sem fazer lipoaspiraçao?aquela barriga mole "igual uma pochete",sera que só treinando , tendo uma boa alimentaçao e muita disciplina da para perder?PQ SERA ENTAO QUE MEU INSTRUTOR TEM UM BARRIGAO APESAR DE TER O RESTO BEM DEFINIDO ?To morrendo de medo da lipo
  23. Olá, sou Rafael tenho 1,70 m e 68 kg, GENETICA: MESO. Gostaria de saber como desenvolver uma dieta para ficar com a pele fina. Atualmente estou seguindo da seguinte forma: Chá Verde pela manha e pela noite, Whey isolate definition body action pos treino , BCAA probótica 1 hr antes do treino, Colágeno durante o dia e Dextrose durante os treinos. Nos finais de semana ZERO o carboidrato e vou correr (não malho nos fins de semanas). Na minha alimentação tento reduzir o sódio 70% e estou começando a comer pão integral, bolacha integral e bastante suco de laranja, porém no almoço como mais macarrão e purê, com bastante salada e frango, peixe ou carne. Se alguém puder me ajudar e me dizer se estou no caminho certo ou se falta algo ou se estou errado em algo eu agradeceria desde já.
  24. Boa noite, Antes de mais nada, quero dar os meus parabens aos criadores deste site, pois ajuda bastante pessoas que necessitem de informações sobre dieta/suplementos/musculação/etc... Preciso da vossa ajuda no seguinte: Eu à 3 anos perdi sosinha 12kg, e muito sinceramente não sei como os perdi pois nem tinha pensado nisso.. De à 2 anos para cá comecei a fazer musculação e comecou o peso a subir, pois a percentagem de musculo aumentou. Há cerca de meio ano, comecei a jogar futebol e notei que as minhas coxas aumentaram um pouco o volume e não me sinto bem com isso.. Tenho 20 anos Sexo: Feminino Altura: 1.75 Peso:71.5 o meu objectivo é até ao verão, ou seja 5Meses chegar aos 65kg, tonificada e magra. O meu diario de treino é o seguinte: Segunda : Ginasio Terça: futebol Quarta: descanso Quinta: Ginasio Sexta: Futebol Sabado: Ginasio Domingo: Jogo Será que me podem ajudar nesta matéria, em termos de treino e de dieta? Preciso mesmo da vossa ajuda, pois INFELIZMENTE em Portugal o fisiculturismo e etc não está desenvolvido e no sexo feminino muito menos. Obrigada
  25. A gordura abdominal aumenta em 300% entre 25 e 65 anos – enquanto a massa muscular diminui em 20% entre 40 e 60 anos. O aumento da gordura abdominal promove a inflamação e prejudica a regulação do açúcar no sangue – ambos aumentam o risco de doença cardíaca e diabetes tipo 2. Uma revisão da literatura por pesquisadores da Universidade de Harvard concluiu que o treino com pesos reduz a gordura abdominal e a inflamação e aumenta a massa muscular. A musculação não queima tantas calorias como o exercício aeróbico. No entanto, a massa muscular é uma importante medida de controle de açúcar no sangue. O treinamento com pesos é um exercício crucial para adultos de meia-idade e mais velhos, pois preserva a massa muscular, evita o acúmulo de gordura abdominal, diminui a inflamação e promove o controle de açúcar no sangue. Fontes: Obesity Reviews, publicado online em 2 de março de 2012 e Revista Muscular Development, janeiro/2013, pg. 74.
×
×
  • Criar novo...