Pular para conteúdo

Foto
- - - - -

Nutrição para malhadores


  • Por favor, faça o login para responder
1 resposta a este tópico

#1 fisiculturismo

fisiculturismo

    Administrador

  • Administradores
  • 5.164 posts
  • Website
  • Perfil no Facebook
  • Perfil no Twitter
  • Perfil no Google+
  • Perfil no YouTube
  • Procura relacionamento SÉRIO com MULHER
  • Altura: 1,74 cm
  • Peso: 80 kg
  • Gordura: 10%

Postado 26 novembro 2005 - 09:06

Viva Melhor

Nutrição para malhadores

Se você é daquelas pessoas que malham, malham e malham, mas não conseguem colher os resultados de tanto esforço, talvez seja o momento de parar para avaliar sua alimentação

Diego Amorim

Aliar as atividades físicas a uma dieta balanceada pode ser a saída para quem quer, enfim, ter o suor da camisa recompensado. Por mais trágico que soe, os especialistas alertam que, sem certos cuidados alimentares, as horas de exercícios estão fadadas a serem encaradas como pura perda de tempo. Os que malham até certinho, mas não estão nem aí para o que comem acabam se prejudicando, já que – seja para ganhar massa muscular ou perder uns quilinhos – uma alimentação adequada comprovadamente potencializa a malhação.

Vale a pena se esforçar também para manter uma rotina alimentar saudável. A nutricionista Érika Reinehr, sócia de uma clínica especializada em Nutrição Esportiva, afirma que pequenas mudanças nos hábitos alimentares têm o poder de acelerar os resultados das atividades físicas e ainda os fazerem vir à tona de forma muito mais satisfatória. “Assim como uma dieta sozinha pouco adianta, a malhação por si só pode não gerar resultados e até causar frustração”, reforça ela.

A estudante Carolina Rodrigues, 18 anos, malha há cerca de um ano e, nos finais de semana, ainda encontra ânimo para algumas partidas de futvôlei. Em forma, ela revela que, como muitos, já tentou, sem sucesso, seguir à risca as dietas. “Não me privo de nada. De nada mesmo. Como de tudo um pouco. Só que quando me empenho para fazer tudo direitinho, percebo muito mais rápido o efeito dos exercícios”, comenta ela, que, com o verão batendo à porta promete se atentar mais às dicas nutricionais.

O que não pode faltar

Uma alimentação equilibrada só ajuda os “ratos” de academia. Quem não se alimenta direito, malha com menos força e em menor itensidade. Os nutricionistas recomendam que quem costuma fazer uma atividade seguida da outra deve comer no intervalo das duas. E, depois de qualquer atividade é preciso repor a energia perdida.

Mesmo quem malha à noite não pode ir deitar sem antes ingerir alguma coisa leve, como um suco ou uma fruta. “Caso contrário, o rendimento durante a semana será com certeza prejudicado. Na quarta-feira a pessoa já malha menos. Na quinta, malha quase morrendo. Na sexta, nem vai à academia”, diz a nutricionista Érika.

Os laticínios – leite, queijo e iogurte, por exemplo – são alimentos altamente nutritivos e importantes para os esportistas e malhadores. A falta deles pode provocar cãibra durante os exercícios. Entretanto, quem deseja emagrecer deve ficar atento para não cair nas armadilhas desses alimentos do tipo light. “Tem gente que vê uma ricota light e vai logo comendo à vontade. À vontade, só água. Não é porque é light que se pode exagerar”, lembra Érika.

São muitas as dicas para quem está a fim de começar a pôr em prática a malhação aliada aos cuidados alimentares (veja quadro abaixo). O professor de Educação Física e instrutor de uma academia de ginástica no Sudoeste, Valdir Bessa, garante que quem consegue essa tarefa aparentemente difícil vê mesmo os exercícios fazerem efeito mais rápido. “Quando vejo que alguém está alcançando seus objetivos, faço questão de perguntar se a pessoa mexeu na alimentação. Quase sempre a resposta é positiva”, relata Bessa. Muitas academias já colocam à disposição dos alunos os chamados nutricionistas esportivos. No ambiente das academias, as conversas sobre alimentação saudável são cada vez mais comum.

Cuidado com os suplementos!

Para quem já se empolgou com a idéia de aliar alimentação e malhação, vale avisar que ir às lojas especializadas em suplementos e encher o carrinho não é a solução. Suplementos não fazem milagres e, dependendo da dosagem, sobrecarregam o corpo. “O nome suplemento já diz: é algo a mais, serve para recompor o que está em déficit no organismo. Não é algo que pode ser tomado a qualquer momento”, explica a professora de Educação Física da Universidade de Brasília (UnB) Keila Elizabeth Fontana. Segundo ela, antes de recorrer aos suplementos deve-se fazer uma rígida avaliação da alimentação. “Conhecemos pouco o conteúdo dos alimentos. Achamos que estamos comendo direito e, na maioria das vezes, está tudo errado”, completa Keila, doutora em Fisiologia do Exercício.

Entre os suplementos da vez está o Ácido Linoléico Conjugado, conhecido como CLA (Conjugated Linoleic Acid). Na bula, a promessa de perda de peso rapidamente. Para a professora Keila, que por meio de estudos já constatou a eficiência da creatina e a ineficácia da glutamina para aumento da massa muscular, todo cuidado é pouco quando se trata de suplementos. “Na bula, tudo sempre é uma maravilha”, aponta ela.

O endocrinologista Luiz Cláudio Gonçalvez de Castro, secretário geral adjunto da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, ressalta que muitas vezes a composição desses produtos não é o que está ali estampado no rótulo. “Muitos desses suplementos contêm hormônios em sua composição e a pessoa toma sem nem saber disso. O uso sem prescrição médica pode modificar artificialmente o metabolismo e provocar efeitos colaterais indesejáveis”, explica ele. O ideal é mesmo apelar para a malhação e alimentação adequadas e, com isso, desfrutar de uma qualidade de vida invejável!

Dicas

• Quem malha pela manhã nunca deve sair de casa sem comer.

• Antes de malhar, é sempre bom evitar as gorduras – de difícil digestão – e priorizar os carboidratos. É legal comer uma fruta ou uma fatia de pão (sem manteiga, mas com um pedaço de peito de peru ou um pouco de requeijão, por exemplo).

• Para quem deseja a hipertrofia muscular, vale tomar um suco ou uma água de coco durante os exercícios.

• Depois de malhar, os que pretendem aumentar a massa muscular podem optar por algum doce para repor a energia perdida. Já os que querem emagrecer podem optar pelos alimentos ricos em proteína.

• As famosas barrinhas de cereais são saudáveis, mas abusar delas pode tornar a alimentação monótona e pobre em vitaminas. É bom alterná-las com frutas ou biscoitos integrais, por exemplo.

• Nunca tome suplementos por conta própria.

FONTE:
Jornal da Comunidade
http://www.jornaldac... ... rias=98665


1mr

#2 douglas_

douglas_

    Intermediário

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 491 posts

Postado 26 novembro 2005 - 12:30

Bem basico o texto neh!




0 usuário(s) visualizando

0 membros, 0 visitantes, 0 utilizadores anônimos

Lipo 6